Auxiliares, Diáconos e Candidatos

Seminário para

O DEVER DE SERVIR BEM

D.D.D.A
Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares uxiliares

LEITURA BÍBLICA AT. 6.1-7 SETE AUXILIARES PARA OS APÓSTOLOS.
Algum tempo depois, o número de judeus que se tornaram seguidores de Jesus aumentou muito, e os que tinham sido criados fora da terra de Israel começaram a se queixar dos que tinham sido criados em Israel. A queixa deles era que as viúvas do seu grupo estavam sendo esquecidas na distribuição diária de dinheiro. Então os doze apóstolos reuniram todo o grupo de seguidores e disseram: — Não está certo nós deixarmos de anunciar a palavra de Deus para tratarmos de dinheiro. Por isso, irmãos, escolham entre vocês sete homens de confiança, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, e nós entregaremos esse serviço a eles. Assim nós poderemos continuar usando todo o nosso tempo na oração e no trabalho de anunciar a palavra de Deus. Todos concordaram com a proposta dos apóstolos. Então escolheram Estêvão, um homem cheio de fé e do Espírito Santo, e também Filipe, Prócoro, Nicanor, Timom, Pármenas e Nicolau de Antioquia, um não judeu que antes tinha se convertido ao Judaísmo. Esses homens foram levados aos apóstolos, que oraram e puseram as mãos sobre a cabeça deles. A palavra de Deus continuava a se espalhar. Em Jerusalém o número dos seguidores de Jesus crescia cada vez mais, e era grande o número de sacerdotes judeus que aceitavam a fé cristã.

4 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

Conteúdo
SETE AUXILIARES PARA OS APÓSTOLOS. .................................... 4 APRESENTAÇÃO .............................................................................. 6 INICIO DESTE OFÍCIO. ..................................................................... 6 DEFINIÇÃO ........................................................................................ 7 I - DEVERES DOS DIÁCONOS E AUXILIARES............................... 11 II - RESPONSABILIDADES DO DIÁCONO E AUXILIAR .................. 13 III - DA MANIFESTAÇÃO DO INIMIGO NOS CULTOS .................... 18 CONCLUSÃO ................................................................................... 19

O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 5

DIREITOS E DEVERES DOS DIÁCONOS E AUXILIARES
APRESENTAÇÃO
A elaboração desta apostila, tem por finalidade encaminhar as atividades dos Diáconos e Auxiliares em direção a um objetivo bem definido, que é de servir bem à igreja nas suas necessidades cotidianas como também de ajudar a expandir o reino de Deus, através das Boas Novas do Evangelho.

E fundamental a participação e dedicação de todos os Diáconos e Auxiliares por esta obra. "E tudo o que fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus Cristo, dando por Ele graças a Deus Pai" Gol. 3:17. Direitos: Complexo de leis ou normas que regem as relações entre os homens. Deveres: Ter por obrigação; ter de (fazer alguma coisa).

INICIO DESTE OFÍCIO.
No Novo Testamento os diáconos apareceram pela primeira vez na igreja de Jerusalém. Conforme vemos em Atos 6:1-6, as viúvas helenistas (falar grego) estavam sendo esquecidas na distribuição diária. Uma murmuração começou a surgir. Fazia-se necessário tomar prontas medidas para restaurar a paz e a harmonia entre os crentes. Foi então que "o Espírito Santo sugeriu um método pelo qual os apóstolos poderiam ficar isentos da tarefa de repartir com os pobres ou tarefas similares, pois deviam ser deixados livres para pregar a Cristo".
6 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

Os helenistas eram homens e mulheres descendência judaica que nasceram fora de Israel. Eles falavam a língua grega, eram versados (Dedicar-se ao estudo) na cultura helenística e utilizavam a tradução grega do Antigo testamento. Os hebreus eram judeus palestinos que falavam o aramaico e utilizavam o texto hebraico. O trabalho de administrar e distribuir assistência aos necessitados teria de ser contínuo, portanto, um ministério de serviço, diferenciado do ministério da Palavra. Assim surgiu o ofício cristão do diaconato. "Sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria", foram escolhidos para auxiliarem os apóstolos. A decisão agradou a igreja. Após a imposição das mãos saíram eles para cumprir sua função. Sabemos que fizeram um bom trabalho pelos resultados que se seguiram: "crescia a palavra de Deus e, em Jerusalém, se multiplicava o número dos discípulos, também muitíssimos sacerdotes obedeciam à fé." (Atos 6:7)."O fato de terem sido estes irmãos ordenados para a obra especial de olhar pelas necessidades dos pobres, não os excluía do dever de ensinar a fé. Ao contrário, foram amplamente qualificados para instruir a outros na verdade; e se empenharam na obra com grande fervor e sucesso". Todos os nomes dos diáconos que foram escolhidos eram gregos.

DEFINIÇÃO
Em Atos 6:2 "Então os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram: Não é razoável que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas". Aqui encontramos a palavra diakonein que significa "servir", particularmente "servir as mesas". Este é o significado original da palavra "diácono", embora a própria palavra não seja aqui usada. O conceito de servir expresso por esta palavra é bastante esclarecedor. Representa um serviço feito em genuíno amor, uma atividade significativa para a edificação da comunidade.
O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 7

No N.T. diakonía aparece 34 vezes, a forma verbal diakonéo "servir", 37 vezes, e o substantivo diáconos, 29 vezes. Num sentido geral o termo diáconos é aplicado para: a) O "servo" de um rei (Mat.22:13). b) Ministros (Rom 13:4; literalmente "diáconos de Deus," isto é: aqueles através dos quais Deus leva avante sua administração na terra). c) Paulo e outros apóstolos (I Cor 3:5; II Cor 6:3; I Tess 3:2). d) Professores da religião cristã (chamados "diáconos de Cristo" em II Cor 11:23; Col. 1:7; II Tim 4:6) e) Cristo, chamado de "ministro (literalmente, "diácono", Rom 15:8) da circuncisão”. Como dedicando-se para a salvação dos Judeus. No sentido técnico de um "cargo da igreja cristã" a palavra diakonos só aparece duas vezes no Novo Testamento; em Filip 1:1 e em I Tim 3:813. Vale ressaltar que em nenhum momento o uso da palavra transmite a ideia de inferioridade. Consagrar: Dedicar a Deus: consagrar uma pessoa, consagrar seu tempo ao estudo Dedicar-se, empregar todo o tempo a: consagrar-se a uma obra meritória.( mérito; louvável). Dicionário Bíblico Wycliffe: A idéia comum destas palavras hebraicas parece ser a de separar algo ou alguém para o serviço peculiar ao Senhor. Lhes Impuseram as mãos. No NT, a imposição de mãos era usada de cinco maneiras: 1) 2) 3) 4) 5) Em relação a milagres de curas (28.8; Mt 9.18; Mc 5.23; 6.5); Ao abençoar outras pessoas (Mt 19.13,15); Em relação ao batismo no Espírito Santo (8.17,19; 19.6); Na comissão para uma obra específica (6.6; 13.3); e Na concessão de dons espirituais através dos presbíteros (1 Tm 4.14).

8 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

A separação destes principalmente, duas coisas.

sete

homens

importava,

1) Era um testemunho público da igreja de que esses homens tinham antecedentes de perseverança na piedade e na obediência à direção do Espírito Santo (cf. 1 Tm 3.1-10). 2) Era um ato de separar aqueles homens à obra de Deus e um testemunho da sua disposição em aceitar a responsabilidade da chamada divina.

QUALIFICAÇÕES PARA O DIACONATO (Direitos).
Sendo que a obra dos diáconos é de interesse vital para a igreja, quais as qualificações Bíblicas que se espera deles? Para responder a esta pergunta nos voltaremos para Atos capítulo 6 e I Timóteo capítulo 3. Antes, porém uma palavra de esclarecimento. Embora todas as qualidades apresentadas a seguir devam ser encontradas em todas as pessoas que são separadas para este ofício, nenhum diácono possui todas estas qualificações em estado de perfeição. Espera-se que uma pessoa sincera e dedicada ao estar trabalhando para Deus estará desenvolvendo suas habilidades constantemente. Comecemos pelo texto de Atos 6:3: "Mas, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste serviço." "Boa reputação". A palavra grega usada no livro de Atos para "boa reputação" é muito interessante. Quer dizer. ":pessoas de quem os homens falam somente coisas boas" Os homens eleitos para o diaconato devem ser pessoas que gozem de boa reputação no consenso popular. "Cheio do Espírito Santo". Estar cheio do Espírito Santo é estar completamente entregue à sua direção. Significa sinceridade absoluta, dedicação de corpo e alma. Isto constitui o chamado a uma dedicação total, a uma renúncia completa do próprio eu e de tudo, ante a presença de Deus.

O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 9

"Cheio de sabedoria". Este vocábulo no Novo Testamento significa a sabedoria daquele que é dirigido pelo Espírito Santo. Sabedoria aqui não significa que o diácono tem que ser um homem letrado. Na verdade os homens somente escolhem bem quando se entregam para serem dirigidos por Deus "homem de negócios". A escolha dos primeiros sete indica que eles foram escolhidos pelos apóstolos para uma tarefa específica: "aos quais encarregaremos deste serviço". O serviço era de natureza material, o cuidado dos pobres e necessitados, mas com um profundo objetivo espiritual. Sem levar muito longe o significado atual do termo pode-se afirmar que os sete eram homens de negócios. Qualquer serviço que seja necessário para o bem estar dos membros e para colaborar na pregação do evangelho deve estar na preocupação dos diáconos.

OS DIACONOS PRECISAVAM: (Deveres)
Promover a paz nas igrejas. Algo que tornou necessária a criação do diaconato, como vê no capítulo 6 de Atos, foi à proteção e a promoção da paz interna na igreja. Não sabemos até que ponto a igreja de Jerusalém estava dividida. Certo é que a murmuração tomava proporções perigosas. Os diáconos pelo seu zelo e amor desprendido conseguiram curar a ferida e restaurar a harmonia. O grande e principal dever do diácono nas igrejas neotestamentárias é defender e promover a camaradagem entre os irmãos. Deixar desembaraçados os ministros. Numa igreja em franco crescimento como a de Jerusalém, havia muito serviço a ser feito. Os diáconos foram escolhidos como auxiliares dos apóstolos a fim de que estes pudessem se dedicar mais à oração e ao ministério da Palavra. Se os diáconos foram necessários numa igreja de organização simples e rudimentar como a igreja de Jerusalém, quanto mais são necessários hoje nas grandes igrejas. Promover o bem-estar dos crentes. Outro objetivo claro na eleição dos primeiros sete diáconos foi à promoção do bem-estar dos que faziam
10 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

parte da igreja. Os membros precisavam e ainda precisam saber que são amados e apreciados de uma maneira real. Necessita serem atendidos em suas necessidades básicas de alimento, vestuário e moradia. Algumas vezes necessitam instrução e encorajamento. Os diáconos nisto podem prestar excelente serviço. Dar um testemunho mais eficaz. Vê-se claramente que se criou o diaconato para que a igreja pudesse testemunhar mais eficazmente do poder do evangelho. Esta será sempre a empolgante finalidade de toda atividade eclesiástica. O plano deu certo, pois "a palavra de Deus crescia, e em Jerusalém se multiplicava muito o número dos discípulos, e grande parte dos sacerdotes obedeciam à fé" (Atos 6:7). Estas palavras nos fazem ver que há uma promessa divina para toda igreja que conservar e usar devidamente o ofício do diaconato. Reforçar a liderança. A maior justificativa para a criação do diaconato está no fato de contribuir ele no sentido de fortalecer a liderança. Não importa qual a habilidade diretora que o diácono possui ele deve lembrar-se que está contribuindo para maior eficiência da liderança de sua igreja local. Nem todos os diáconos lideram. Mas todos eles devem ser exemplares, e podem desenvolver-se em força e excelência.

I - DEVERES DOS DIÁCONOS E AUXILIARES
1) 2) 3) 4) 5) 6) 7) 8) Ser fiéis e leais ao nosso Deus, como bons discípulos de Cristo; Procurar obedecer e seguir os ensinos doutrinários da igreja; Ser dizimista (Mal. 3:10); Cumprir com as suas obrigações, com amor e servidão; Atender os seus superiores no que for necessário; Cumprir as escalas de cultos; Ser moderado com os atos, principalmente as crianças e idosos; Procurar o seu crescimento espiritual, bem como cooperar no crescimento da igreja, mediante o estudo da Bíblia, da meditação e da oração; 9) Servir fielmente à nossa igreja junto a Mesa do Senhor, prontificando-se a cooperar em toda e qualquer atividade onde sua atuação se faça necessário, sem esperar o reconhecimento e
O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 11

louvor de homem "mas servos de Cristo, fazendo de coração e vontade de Deus"; 10) Cooperar com o pastor da igreja, dando-lhe a leal colaboração, reconhecendo nele o líder que Deus colocou em nossa igreja (Heb. 13:17), para que este possa realizar os seus objetivos dentro do espírito de fraternidade cristã, amor pela obra e fidelidade à Deus; 11) Manter absoluto, sigilo sobre os assuntos reservados confiados pelo pastor da igreja, quando isso for declarado, procurando em tudo ser instrumento de paz; 12) 12) Cultivar o amor fraternal entre os colegas do corpo diaconal através de oração, do jejum, do respeito e conforto mútuos e de ajuda material; 13) Proceder no lar com firmeza espiritual, mantendo, pelo amor, a esposa e filhos no temor do Senhor e levando-os, pelo exemplo a palavra, a uma constante comunhão pessoal com Cristo; 14) Ser íntegro em todas as relações com as pessoas com quem conviver, sendo honesto nas questões financeiras, leais nos compromissos assumidos e cumpridor fiel de todas as obrigações; 15) Promover a harmonia (material e doutrinária / espiritual) em nossa igreja e por onde andar, procurando, sempre com fidelidade, servir a igreja e ao Senhor; 16) Respeitar e obedecer como servo fiel os seus líderes; 17) Os Diáconos e Auxiliares devem ser unidos, orar e vigiar, para que a chama permaneça acesa em suas vidas. A empolgação adquirida no início de indicação para a função e a manifestação do Espírito Santo no momento da separação devem ter a mesma intensidade que aquelas demonstradas hoje, por cada Diácono e Auxiliar, ou seja, o desejo ardente de servir a casa do Senhor, aliada à incessante busca da presença do Espírito Santo em cada vida; 18) Os Diáconos e Auxiliares devem ter o cuidado na forma de vestir nos locais públicos (ruas, supermercados, comércios, etc.) ferindo a doutrina bíblica e os costumes da igreja; 19) Nos cultos de Domingo, Ceia e festas os Diáconos e Auxiliares devem usar traje adequado. Ex.: paletó e gravata. Nas Terças e
12 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

Quintas, que não sejam festivas, traje facultativo. Ex.(: camisa de manga comprida com gravata). Com a eleição e a ordenação abriu-se um novo dia na vida do diácono. Está ele ansioso para cumprir o seu papel. E para tanto é fundamental que seja colocado perante ele seus deveres e responsabilidades.

II - RESPONSABILIDADES DO DIÁCONO E AUXILIAR
1) Não permitir que pessoas embriagadas entrem no templo para tumultuar o culto; 2) Estar sempre atento no seu posto. Dependendo de sua posição, deve ficar atento ao púlpito, pronto a atender qualquer chamamento 3) Tendo em vista a importância do santuário (púlpito) na casa do Senhor, o Diácono ou Auxiliar não deve deixar que as pessoas se dirijam diretamente ao mesmo, principalmente na hora da mensagem; 4) Fazer o possível para impedir que as mensagens (avisos, pedidos de oração, etc.) sejam entregues diretamente ao dirigente do culto, sem antes passar pelo Diácono mais próximo do púlpito. A mensagem deve ser lida (salvo, se for assunto reservado) antes e só deve ser entregue ao pastor quando conferida e até corrigida, se for o caso; 5) Nos cultos, nos momentos de oração, os Diáconos e Auxiliares que estiverem na escala de trabalho, devem orar vigiando em pé, a fim de evitar surpresas desagradáveis para o pastor e/ou obreiros que estejam no púlpito. 6) Sempre que possível, o Diácono deve dar cobertura ao companheiro que faltou, pois assim o trabalho não sofre e o nome do Senhor será sempre glorificado; 7) Os Diáconos/Auxiliares de serviços nas portas do templo devem ser gentis com todos (adultos, jovens, adolescentes e crianças) saudando os irmãos com a paz do Senhor. Nesta ocasião, o obreiro estará sendo visto como o cartão de visita da nossa igreja;
O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 13

8) Nos dias de Santa Ceia, faz-se necessária a presença de todos os Diáconos/Auxiliares (escalados ou não), pois alem de estar participando da comunhão tomando a ceia, o Diácono/Auxiliar deve ser grato a Deus pelo privilégio de estar servindo à mesa do Senhor; 9) Ao servir a Santa Ceia, o Diácono ou Auxiliar, deve fazer citações bíblicas sobre o evento, tais como: Jesus disse: "Tomai e comei, isto é o meu corpo" — ao servir o pão; Jesus disse: "Bebei dele todos — ao servir o vinho); O serviço da Santa Ceia. Os diáconos, juntamente com o pastor e coordenador, devem estar encarregados de planejar e preparar a celebração da Ceia. Cada diácono deve estar bem certo do lugar que deve ocupar e da parte que vai tomar na celebração. "Antes da cerimônia iniciar devem os diáconos colocar a mesa no lugar depois de haver sido posta pelas diaconisas. Depois de haver o pastor pedido a bênção sobre o pão e havê-lo partido, passará ele a bandeja aos diáconos. Estes passarão em seguida o emblema(Figura simbólica) à congregação. Depois de servir o povo, os diáconos devolverão as bandejas ao pastor, o qual serve então os diáconos. ...Todos devem então voltar para sua posição de origem." 10) Vale salientar que a soma da experiência dos Diáconos mais antigos, com a vontade de trabalhar demonstrado pêlos novos Diáconos, inclusive Auxiliares, é a receita certa para o bom servo na casa do Senhor; 11) Não ficar se movimentando no templo, só se for necessário; 12) Aguardar convocação do pastor na hora da oferta; 13) Qualquer reclamação, procurar o coordenador dos diáconos e auxiliares; 14) Acompanhar os visitantes ao púlpito, como por exemplo: pastores, presbíteros, Diáconos que forem convidados pelo pastor da congregação; 15) Ser paciente, atendendo bem todos os irmãos como também os visitantes, não fazendo acepção; 16) Acomodar os irmãos e visitantes no templo; 17) Não retirar as crianças que estiverem sentadas no templo;
14 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

18) Passar a salva com paciência, dando tempo aos irmãos tirarem suas ofertas; 19) Tratar bem a todos os seus irmãos que trabalham na mesma obra; 20) Ter disposição para o trabalho. Não murmurar. Não reclamar, mas fazer tudo para glória de Deus; 21) Não marcar canto (lugar) para tirar ofertas; 22) Não sentar ou conversar, despercebido no seu posto; 23) Esperar pelo outro na hora de tirar as ofertas; 24) Quando tirar as ofertas e os dízimos os dois devem conferir com atenção e depois pedir para o tesoureiro fazer a 2.a conferencia e só depois assinar; 25) Respeitar as moças e senhoras que estiverem fora do templo; 26) Não retirar os casais que estiverem juntos nos bancos, exceto em atitudes inconvenientes; 27) Não deixar que haja namoro dentro do templo ou nas laterais, orientando aos casais com moderação mostrando que não podem estar namorando ali. 28) Ter maior atenção com os idosos nas horas que estiverem saindo do templo como também na chegada; 29) Não deixar que as crianças corram dentro ou fora do templo; 30) Não sair do seu posto quando o pastor der a bênção apostólica, ficar nas portas ate os membros poderem sair; 31) Sempre saudar os irmãos quando estiverem nas portas de entrada; 32) Na hora da oferta entrar em fila e fazer a oração esperando logo após começar o hino; 33) Os Diáconos e Auxiliares que forem tirar ofertas, logo após tirar a oferta, ficar defronte ao púlpito esperando os outros para que possam sair juntos; 34) Ficar atento na hora da oferta aos irmãos que solicitar o troco; 35) A coleta de dízimos e ofertas. Muitas coisas podem ser ditas quanto à coleta de dízimos e ofertas pelos diáconos na hora dos cultos da igreja. Embora eles possam designar outros para procederem a coleta das ofertas, mesmo não sendo diáconos, é recomendável que eles mesmos a façam, pois são as pessoas mais idôneas para tal. Devem estar bem vestidos, e procederem à
O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 15

coleta com toda a dignidade. Para isso é bom que sejam escalados com antecedência. Devem procurar percorrer os bancos ao mesmo tempo demonstrando assim cuidado e esmero no que fazem. Após recolherem as contribuições é adequado postarem-se à frente da igreja para ser pronunciada uma oração pedindo as bênçãos de Deus sobre os ofertantes e as ofertas. 36) A cerimônia batismal. Convém que os diáconos e diaconisas, respectivamente auxiliem os homens e as mulheres que irão se batizar a vestirem suas becas e assentarem-se no lugar devidamente reservado para eles na igreja. Durante o batismo podem orientar os que irão se batizar quanto ao momento e o modo de entrarem no tanque batismal. Se uma pessoa inválida ou muito pesada exigir o auxílio de alguém mais dentro do tanque um diácono poderá auxiliar o pastor que está batizando. Quando os batizando saem do batistério os diáconos e diaconisas encaminham ao local apropriado para estes trocarem as roupas molhadas e os reconduzem para receberem os cumprimentos da igreja. 37) Frequência aos cultos. A presença dos diáconos em todos os cultos públicos da igreja é muito importante. Eles têm sempre algo a fazer nos cultos públicos e por isso sua ausência prejudica mais a congregação do que a ausência de qualquer outro membro. Além do mais é bom lembrar que os únicos oficiais da igreja mencionados no Novo Testamento são o pastor e o diácono. Ele deve se interessar por todas as atividades da igreja fazendo juiz ao lugar de honra para o qual foi eleito. 38) Recepção aos visitantes. Os diáconos geralmente são responsáveis de dar as boas-vindas aos membros e às visitas. Quando alguém chega à igreja pela primeira vez e é bem recepcionado sem dúvida haverá de lembrar-se sempre desta agradável acolhida. Se for necessário o diácono pode ajudá-los a encontrarem lugar. O mais importante é demonstrar-lhes que nos interessamos pelo seu bem estar e que estamos ali para auxiliálos em qualquer necessidade. Um bom atendimento aos que

16 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

chegam à casa de Deus contribui muito para que os visitantes sintam o desejo de voltar outras vezes à igreja. 39) Programa de evangelização. Toda e qualquer organização cristã tem como dever primordial levar avante a grande comissão de Jesus: "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século." (Mat. 28:l9-20). Este é o maior dever de todas as igrejas cristãs. Por isso o diácono deve sentir ser seu primeiro dever ser um ganhador de almas com os talentos que lhe foram confiados por seu mestre. Devido à sua consagração e interesse na obra os diáconos juntamente com o pastor devem organizar um programa de evangelização visando envolver os membros. 40) Visitação aos membros. Outra responsabilidade importante dos diáconos é visitar os membros da igreja em seus lares. Nunca poderá ser suficientemente enfatizada a importância desta obra. Assim como os diáconos dos dias apostólicos visitavam os membros procurando ajudar-lhes em suas dificuldades, assim também os diáconos modernos devem atuar. Em muitas igrejas a visitação aos membros é feita dividindo-se os membros por distritos. A cada diácono se designa um distrito a fim de que este visite cada lar pelo menos uma vez por trimestre. Hoje as pessoas vivem muito solitárias e geralmente sentem que ninguém se interessa por elas. Daí a importância dos diáconos visitarem aqueles que estiverem sob seus cuidados levando a certeza de que a igreja se preocupa por eles. Se algum familiar estiver desempregado ou doente o diácono procurará de todos os modos possíveis trazerem uma solução ao problema. O dinheiro para o cuidado dos enfermos e para o socorro aos pobres deve ser provido pelo Fundo para os pobres da igreja. Mesmo que o diácono não consiga solucionar completamente a questão pelo menos a família sentirá que a igreja cuida e se preocupa pelo bem estar deles.

O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 17

41) Apoiar a igreja. Os diáconos devem ter a firme convicção de a igreja é uma instituição ímpar. Fundada por Jesus, e movimentando-se sob sua orientação pessoal, ela merece toda a lealdade deles. Crer nas doutrinas Bíblicas, devolver um dízimo fiel, viver uma vida exemplar na família e na sociedade são algumas das maneiras pelas quais os diáconos apóiam a igreja. Ao estar participando de comissões, dirigindo um departamento da igreja ou contribuindo com algum trabalho necessário os diáconos estão demonstrando sua lealdade à Cristo e Sua igreja. 42) Apoiar o pastor. O diácono deve sempre lembrar-se que o pastor é chamado por Deus para o ministério da Palavra. Sendo que o diaconato foi criado por Deus para tornar mais eficiente o ministério do pastor, é natural que este o apoie por todos os modos possíveis. Pode haver ocasiões em que o pastor assuma uma atitude egoística e ditatorial. Mas mesmo assim o diácono não deve opor-se ao seu trabalho. Poderá ir até ele em espírito de amor e procurar fazer-lhe ver o seu erro. Mas jamais deve jogar a sua influência contra o homem que Deus dirigiu para estar servindo a sua igreja. É importante lembrar que a obra é de Deus e o próprio Deus cuidará do caso da melhor maneira e no momento apropriado. "Os diáconos devem esperar de seu pastor certas coisas. Devem esperar que ele seja fiel à Bíblia, e que pratique aquilo que prega, estando seu caráter de pleno acordo com suas mensagens. Também o pastor, por sua vez, deve contar com as fervorosas orações dos diáconos e com seu estímulo e animação para bem cumprir seu ministério." Como pudemos ver acima, muitas são as responsabilidades de um diácono. Seu cargo é de grande importância para a igreja local.

III - DA MANIFESTAÇÃO DO INIMIGO NOS CULTOS
Como o Diácono/Auxiliar, conforme vimos no início, é um homem preparado (oração e jejum), deve ficar atento a qualquer manifestação de satanás no momento do culto.
18 - O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares

Caso haja manifestação, deve agir da seguinte maneira: 1) Sentar ao lado do oprimido; 2) Tentar sanar o problema, discretamente; 3) Caso não consiga êxito, tirar a pessoa o mais discreto que puder, para fora do templo; 4) Se houver princípio de escândalo, não tentar resolver o problema no recinto do culto; 5) Deve lembrar-se que o inimigo quer exatamente atrapalhar o andamento do culto, a fim de desviar a atenção dos ouvintes da mensagem, ou do culto em si; 6) Em nenhuma hipótese, pessoas oprimidas, possessas, embriagadas ou submetidas ao poder das trevas deverão ser tratadas com violência ou grosseria. É interessante lembrar que qualquer ato mais rigoroso pode ser interpretado pelo público (não evangélicos) como violência a pessoa humana.

CONCLUSÃO
Depois de estudarmos todos estes direitos e deveres de um diácono e auxiliar, precisamos pedir a Deus graça e orientação divina para que possamos servir bem na casa do Senhor com toda a transparência na obediência de nosso Senhor Jesus Cristo, sabendo que o nosso trabalho não é vão no Senhor. Pesquisado e Elaborado: Ev. José Augusto de França Junior (Conhecido como: Ev. Junior França) - (DEED) Departamento de Ensino da Escola Dominical Bela Vista – Fortaleza – Ce. E-mail e msn: junior.franca1@hotmail.com – Superintendente da EBD/ADBV. Fone: (85) 3226-2753(Igreja). Referência Bibliográfica: Bíblia Pentecostal, Aplicação Pessoal, NVI, DAKE e NTLH, Examinai as escrituras – J. Sidlow Baxter; Comentários Bíblicos, Manual Bíblico SBB, Pequena Enciclopédia Bíblica – Dicionário Bíblico Wycliffe.

O Dever de Servir Bem: Direitos e Deveres dos Diáconos e Auxiliares - 19

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful