Você está na página 1de 1

IDÉIAS BÁSICAS DA CULTURA GREGA(substitui o capítulo 4)

CIDADANIA referia-se à condição daqueles que, pertencendo ao corpo político das cidades
gregas, tinham o direito não apenas de viver em seu território, mas também de participar
diretamente das decisões que determinavam os rumos da vida da cidade. Para que isso fosse
possível, era necessário que os cidadãos fossem iguais, se não em tudo, o que é impossível, pelo
menos em relação ao respeito das leis e quanto à liberdade de agir no interior das instituições
que governavam os destinos da polis, cada uma do seu jeito. Podemos, portanto, associar ao
conceito de cidadania grega dois outros conceitos: o de igualdade e o de liberdade.
MITO E PENSAMENTO RACIONAL a Filosofia emerge entre os Gregos por uma ruptura com
o Mito. Não havendo, por assim dizer, uma continuidade dessa forma de se entender a realidade
com o afloramento de uma nova atitude frente à realidade puramente racional inaugurada pelos
Gregos(embora isto seja controverso). Porém, há um ponto de convergência bastante
interessante: o fato de que o Mito se comporta, apesar de suas peculiaridades, como uma
explicação simbólica sobre a origem das coisas.
RELIGIÃO E MITOLOGIA Mitologia Grega é o conjunto de crenças e práticas ritualísticas dos
antigos gregos. É composta basicamente de um conjunto de histórias e lendas sobre uma
grande variedade de deuses. A mitologia grega desenvolveu-se plenamente por volta do ano 700
a.C. A mitologia grega possui várias características específicas. Os deuses gregos assemelham-
se exteriormente aos seres humanos e apresentam, ainda, sentimentos humanos e os
ensinamentos não incluíam revelações ou ensinamentos espirituais. Práticas e crenças também
variam amplamente, sem uma estrutura formal, como uma instituição religiosa de governo, nem
um código escrito. A religião grega não tinha dogmas e o culto podia ser praticado da maneira
que os fiéis bem entendessem. A religião grega era antropomórfica, isto é, os deuses tinham
forma, defeitos e virtudes humanos, mas eram imortais.
OS GRANDES JOGOS Para homenagear os deuses dos santuários, realizavam-se jogos pan-
helênicos, entre os quais os jogos olímpicos eram os mais famosos. Tinham lugar em Olímpia em
homenagem a Zeus; depois de 776 a.C., passaram a realizar-se de quatro em quatro anos.
Durante o período de jogos era decretada uma paz sagra da sendo proibido atacar os
peregrinos. Os atletas juravam lealdade entre si, disputando em seguida seis provas: corrida,
luta livre, pugilismo, lançamento de dardo, lançamento de disco e corrida de carros. Os
vencedores recebiam uma coroa de louros e o privilégio de serem cantados pelos poetas. As
mulheres não podiam participar. Os atletas homens em geral não usavam roupa.
TEATRO Os gregos criaram os dois estilos básicos do teatro: o drama e a comédia. Do ponto
de vista cultural, Atenas não era superada por nenhuma outra cidade grega. Lá viveram os
maiores pensadores e artistas do mundo grego; e alguns deles da própria humanidade. A
encenação das peças era feita exclusivamente por autores masculinos que usavam máscara e
representavam também os personagens femininos.