Você está na página 1de 26

Redes de Computadores

Conceitos básicos de Redes

Conceitos básicos de Redes

Redes de computadores são estruturas físicas (equipamentos) e lógicas (programas, protocolos) que permitem que dois ou mais computadores possam compartilhar suas informações entre si.

Conceitos básicos de Redes

Evolução das redes:

Necessidades militares e acadêmicas;

Desenvolvimento acentuado na guerra fria;

Transmissões de longa distância (ARPANET);

Redes Locais;

Internet.

Conceitos básicos de Redes

O termo “host” designa, genericamente, um dispositivo (computador, roteador, etc) capaz de estabelecer comunicação em uma rede de computadores.

Conceitos básicos de Redes

Protocolo é um padrão de comunicação entre dois ou mais hosts. Para que a comunicação seja bem sucedida, faz-se necessário que as partes envolvidas utilizem o mesmo protocolo, ou protocolos compatíveis, assim como pessoas que querem conversar devem utilizar o mesmo idioma.

Conceitos básicos de Redes

Conexão é a propriedade da comunicação que acontece quando se dá a criação de um canal dedicado entre dois pontos, quer de forma física ou virtual. Uma ligação telefônica é um exemplo de comunicação com conexão, enquanto que o envio de uma carta é uma comunicação sem conexão.

Conceitos básicos de Redes

O

endereçamento

consiste

em

atribuir

identidades lógicas a hosts, permitindo a comunicação entre eles. Este endereçamento deve ser comum ao protocolo adotado.

Conceitos básicos de Redes

Modulação é o processo no qual a informação a transmitir numa comunicação é convertida em ondas eletromagnéticas. O transmissor adiciona a informação numa onda básica de tal forma que poderá ser recuperada na outra parte através de um processo reverso chamado demodulação. O dispositivo que realiza a modulação é chamado modulador. Modem é um dispositivo que funciona como modulador e demodulador.

Conceitos básicos de Redes

Um multiplexador, mux ou multiplex é um dispositivo que codifica as informações de duas ou mais fontes de dados num único canal. Tal equipamento é utilizado em situações onde o custo de implementação de canais separados para cada fonte de dados é maior que o custo e a inconveniência de utilizar as funções de multiplexação/demultiplexação.

Conceitos básicos de Redes

Numa comunicação, podem haver diferentes níveis de trocas de dados, assumidos por dois ou mais protocolos trabalhando em paralelo. Cada um destes níveis é conhecido por camada e cada uma destas pode suportar diversos protocolos. Dá-se o nome de encapsulamento à operação de colocar o pacote de um protocolo (de uma camada superior) dentro do pacote de outro protocolo.

Conceitos básicos de Redes

PDU (Packet Data Unit, ou Unidade de Pacote de Dados) é o nome que as informações transmitidas recebem em uma determinada camada. Assim, os dados recebem diversos nomes (PDUs) de acordo com as camadas utilizadas.

Conceitos básicos de Redes

Os modelos de referência são formas de padronizar as divisões das funções da comunicação em camadas, de forma a definir o escopo de cada uma delas. Com isso, desenvolvedores podem trabalhar especificamente na camada desejada, pois as demais trabalham dando ou recebendo suporte desta. Além disto, o uso de um modelo comum possibilita a comunicação até entre sistemas diferentes.

Conceitos básicos de Redes

O Modelo OSI (Open Systems Interconnection) foi desenvolvido pela ISO como proposta de padrão de comunicação de redes, dividindo-a em sete camadas, a saber: física, enlace, rede, transporte, sessão, apresentação e aplicação. Apesar do Modelo TCP/IP ter se tornado padrão, devido à popularização da Internet, o modelo OSI continua sendo útil para um melhor entendimento das funções de rede.

Conceitos básicos de Redes

Modelo OSI

Conceitos básicos de Redes Modelo OSI

Conceitos básicos de Redes

O

Modelo

TCP/IP

proposto

por

Vint

Cerf

(considerado o pai da Internet) baseia-se em quatro camadas: interface de rede, inter-redes, transporte e aplicação. A primeira equivale às camadas física e de enlace do Modelo OSI, inter-redes à de rede, transporte à de transporte e aplicação às camadas de sessão, apresentação e aplicação proposta pela ISO.

Conceitos básicos de Redes

Na prática, a camada de interface de rede é responsabilidade do adaptador de rede e do seu respectivo driver, as de inter-redes e transporte da pilha TCP/IP instalada no sistema operacional e a de aplicação do seu desenvolvedor.

Conceitos básicos de Redes

Modelo TCP/IP

Conceitos básicos de Redes Modelo TCP/IP

Conceitos básicos de Redes

Modelos OSI x TCP/IP:

Conceitos básicos de Redes Modelos OSI x TCP/IP:

Conceitos básicos de Redes

Quanto ao destino de um pacote, uma transmissão pode ser unicast (tem um único destinatário), broadcast (destinada a todos os hosts) ou multicast (recebida por um grupo específico).

Conceitos básicos de Redes

Comutação

O

núcleo

de

uma

rede

pode

trabalhar

basicamente de duas formas:

• Comutação de circuitos – um circuito virtual é estabelecido e os recursos da comunicação

estão

dedicados

até

a

sua

conclusão.

Ex:

conexões dial-up. • Comutação de pacotes – a rede gerencia a transferência de pacotes entre múltiplos participantes. Ex: Frame Relay.

Conceitos básicos de Redes

Topografias de Rede:

Barramento; Anel;

Estrela.

Conceitos básicos de Redes

Barramento

Conceitos básicos de Redes Barramento
Conceitos básicos de Redes Barramento

Conceitos básicos de Redes

Topologia em anel

Conceitos básicos de Redes Topologia em anel

Conceitos básicos de Redes

Topologia em estrela

Conceitos básicos de Redes Topologia em estrela

Conceitos básicos de Redes

Taxa de transmissão é a medida da velocidade de um canal de comunicação. Esta é medida em bits por segundo (bps).

Taxa de transferência é a medida utilizada para avaliar velocidades de downloads, mensurada em bytes por segundo (B/s).

Conceitos básicos de Redes

Como um byte tem 8 bits, a relação entre taxa de transmissão e de transferência é de um para oito. Ou seja, um canal de 256 kbps, por exemplo, suporta uma taxa de transferência de 32 KB/s. Por outro lado, uma velocidade de download máxima de 16 KB/s indica que o canal utilizado tem uma taxa de transmissão de 128 kbps.