Você está na página 1de 19
Marcello Megiolaro Wesley Jean da Silva Willian Andrey da Silva
Marcello Megiolaro
Wesley Jean da Silva
Willian Andrey da Silva
Este trabalho tem como enfoque a conversão de sinais analógicos para sinais digitais (A/D). Um
Este trabalho tem como enfoque a conversão de
sinais analógicos para sinais digitais (A/D).
Um conversor A/D é um circuito que converte um nível
de tensão (ou corrente) em um valor numérico
(digital) correspondente. São a base de qualquer
instrumento de medição digital. Existem várias
topologias de circuitos conversores A/D, cada uma
delas com características específicas priorizando a
velocidade de conversão, a resolução, a simplicidade
ou o custo.
Há vários métodos de técnicas para conversão A/D variando em complexidade e velocidade, este trabalho
Há vários métodos de técnicas para conversão A/D
variando em complexidade e velocidade, este trabalho
consiste em um estudo sobre o conversor A/D por
rampa dupla, que é um método simples, porém, mais
lento que os demais conversores.
Através deste trabalho, poderemos compreender a
teoria de funcionamento, as limitações, e comparar as
vantagens e desvantagens entre o conversor A/D por
rampa dupla e os outros conversores existentes.
O sinal de saída na maioria dos transdutores e sensores utilizados em instrumentação analítica é
O sinal de saída na maioria dos transdutores e sensores
utilizados em instrumentação analítica é um sinal
analógico.
Como o sinal analógico pode assumir qualquer valor
no decorrer do tempo e o sinal digital assume sempre
um valor entre duas possiblidades ( 0 ou 1, HI ou LO,
alto ou baixo, etc.), é necessário realizar uma
adaptação da variável para possibilitar a interação do
mundo analógico com os sistemas digitais.
A variável física é qualquer grandeza analógica, como temperatura, pressão, vazão etc, e o transdutor
A variável física é qualquer grandeza analógica, como
temperatura, pressão, vazão etc, e o transdutor é um
dispositivo que converte a variável física em elétrica.
O conversor A/D converte a entrada analógica em uma
saída digital. Esta saída digital é formada por um
conjunto de bits que representam o valor da tensão da
entrada analógica.
Convertem uma tensão desconhecida em tempo, ou seja, no tempo que um capacitor leva a
Convertem uma tensão desconhecida em tempo, ou
seja, no tempo que um capacitor leva a adquirir a carga
e descarga associada a essa diferença de potencial.
O ciclo de descarga tende a minimizar os problemas de
estabilidade e de deriva associados ao conversor de
rampa simples (com apenas a carga do capacitor).
Converter depois tempo para um sinal digital é um
processo muito mais simples.
Circuito A/D de rampa dupla.
Circuito A/D de rampa dupla.
Diagrama de principio de funcionamento do conversor A/D de Rampa Dupla.
Diagrama de principio de funcionamento do conversor
A/D de Rampa Dupla.
O conversor de rampa dupla apresenta alta precisão, visto que seu funcionamento é independente dos
O conversor de rampa dupla apresenta alta precisão,
visto que seu funcionamento é independente dos
valores exatos de R e C. há várias implementações
comerciais do método de rampa dupla, algumas das
quais utilizando a tecnologia CMOS.
Aplicações: Utilizado instrumentos de baixo custo: voltímetros digitais, multímetros digitais e medidores digitais
Aplicações: Utilizado instrumentos de baixo custo:
voltímetros digitais, multímetros digitais e medidores
digitais de painéis;
CHIP comercial: ICL7106
BayLinear e Intersil);
(MAXIM
Innovation,
Custo: Entre R$ 6 e R$ 9.
Tempo de conversão muito maior que o tempo necessário para um conversor por aproximação sucessiva
Tempo de conversão muito maior que o tempo
necessário para um conversor por aproximação
sucessiva realizar a conversão utilizando o mesmo
clock;
Custa muito menos que o conversor por aproximação
sucessiva para uma dada precisão, porque este requer
poucos componentes de precisão.
Diferente do conversor de rampa simples que é fortemente dependente dos valores de R e
Diferente do conversor de rampa simples que é
fortemente dependente dos valores de R e C, a exatidão
depende apenas da tensão de referência, já que a
conversão não depende dos valores de R e C;
Vantagens: Alta resolução(12 a 14 bits), baixo custo, baixo consumo de energia e baixa sensibilidade
Vantagens: Alta resolução(12 a 14 bits), baixo custo,
baixo consumo de energia e baixa sensibilidade ao
ruído e às variações nos valores de seus componentes;
Desvantagens: Lenta taxa de conversão(10 a 100 ms).