FUNCEC - FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA EDUCACIONAL E CULTURAL DE JOÃO MONLEVADE IES - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE JOÃO MONLEVADE

Disciplina: Contabilidade Profª: Marinette S.Fraga Assunto:  Avaliação (1ª)  Exercícios/Trabalho Nome: Turma: Turno: NOITE

Série: 2 º Período Tipo: Curso: ADMINISTRAÇAO Semestre: 2º Ano: 2008 Turma Especial Nº: Data: Segundo semestre de 08

OUTRAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DEMONSTRAÇÃO DE LUCROS E PREJUÍZOS ACUMULADOS E A DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMONIO LIQUIDO ART. 186 – Lei 6.404/76 e 11.638/2007 Introdução: Para elaborar a demonstração de lucros e prejuízos acumulados (DLPA) e a das mutações do patrimônio liquido (DMPL) essencial é o conhecimento da estrutura do balanço patrimônio, bem como a análise que interfere nas contas que integram as demonstrações citadas. Uma das principais observações é em relação a divulgação das demonstrações nos dois últimos exercícios. A apresentação dos relatórios contábeis em dois anos é importante para o acompanhamento das variações que ocorrem na riqueza da célula social e dos acionistas. Você deve observar os comentários da Lei 11.638 de 2007 no item referente a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido. Técnica de Elaboração: Parte do resultado do exercício anterior, mostrando a destinação do mesmo, bem como o resultado do presente exercício adicionado ao saldo anterior. Em seguida evidenciará a destinação para reservas e dividendos, e, finalmente, o saldo que passa para o próximo exercício. Para elaborar a DMPL e a DLPA é preciso que o aprendiz conheça a estrutura do Balanço Patrimonial e a Demonstração do Resultado do exercício. Para uma melhor análise é necessário que observe, também, as notas explicativas. O foco da DMPL é o grupo do capital próprio, veja abaixo:

402 .631 1.123 1.490 6.930 Reserva para Contingências Reserva Estatutária Reservas de Lucros para Expansão Reserva Legal Reserva de Lucros a Realizar Lucros Acumulados ou Retidos Total 149.000 2.829 39.000 3.850 --------34.841 6.140 6.306 3.932 26.245 9.000 132.976 19.991 29.100 13.590 4.104 5.056 218.070 20.000 3.164 11.320 35.000 67.677 7.PASSIVO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social 31-12-2008 31-12-2007 Subscrito Menos: A Realizar Realizado Reservas de Capital Ágio na Emissão de Ações Correção Monetária do Capital Subvenções para Investimentos Reservas de Lucros 7.087 9.000 135.

Lucros retidos . no que se refere as reservas: de capital..... II – o lucro.... 186 – Lei 6...... Ë abreviada por DMPL... 199. .. a assembléia deliberará sobre aplicação do excesso na integralização ou no aumento do capital social ou na distribuição de dividendos....638/2007..... não poderá ultrapassar o capital social..638 de 2007.... 177. § 1o ...... separando todas as contas por colunas e evidenciando as movimentações em linhas horizontais......... Limite do Saldo das Reservas de Lucro Art... aumentativas e diminutivas..........181 da lei 6.... 2o A Lei no 6. de reavaliação e de lucros......... todo acréscimo e diminuição do PL.... Evidencia a movimentação de todas as contas do Patrimônio Liquido. 197.. É uma demonstração não obrigatória.. passa a vigorar acrescida do seguinte art. em decorrência da sua avaliação a preço de mercado......... Técnica de elaboração: é elaborada evidenciando-se todas as contas que formam o PL... por proposta dos órgãos de administração. A assembléia geral poderá..404........404/76) § 3º Serão classificadas como ajustes de avaliação patrimonial........... isto é... exceto as para contingências. Reserva de Lucros a Realizar Art.. veja: Patrimônio Líquido (revoga o art.......... que poderá ser excluída da base de cálculo do dividendo obrigatório (inciso I do caput do art..... rendimento ou ganho líquidos em operações ou contabilização de ativo e passivo pelo valor de mercado. O saldo das reservas de lucros............. de incentivos fiscais e de lucros a realizar...A estrutura e elaboração da DMPL devem atender ao ART. assim. inciso I do caput do art......... 202 desta Lei)... A demonstração é montada.........404/ 76 e modificações da 11. 183 e § 3o do art.. ocorrida durante o exercício (início e fim).... enquanto não computadas no resultado do exercício em obediência ao regime de competência......... 226 desta Lei) e do passivo. destinar para a reserva de incentivos fiscais a parcela do lucro líquido decorrente de doações ou subvenções governamentais para investimentos... por elas sofridas durante o exercício... bem como a formação e utilização das reservas (inclusive aquelas não originadas do lucro).......... Deve-se observar a lei 11... de 15 de dezembro de 1976.. cujo prazo de realização financeira ocorra após o término do exercício social seguinte... bem como as variações. as contrapartidas de aumentos ou diminuições de valor atribuído a elementos do ativo (§ 5o do art.... Atingindo esse limite...... porém mais abrangente que a DLPA....... 195-A. Art. 195-A: Reserva de Incentivos Fiscais Art.......

Exemplos: novas integralizações de capital. ajustes de exercícios anteriores. Estrutura Nome da empresa Demonstração das mutações do Patrimônio Líquido. lucros retidos remanescentes e não distribuídos entre os proprietários ou sem destino certo.Os lucros que ficarem na empresa para reinvestimento devem ser mantidas em conta de Reserva de Retenção de Lucros. representa a Demonstração de Lucros ou Prejuízos acumulados (DLPA). A DLPA também aparece inserida dentro da DMPL. conforme determina a Lei 6. resultado do exercício. dividendos por ações. devidamente aprovados pela Assembléia Geral. O objetivo da DMPL é evidenciar a mutação do patrimônio liquido a nível global. valores : em mil Reais MUTAÇÕES CAPITAL RESERVA DE RESERVA DE CAPITAL LUCROS RCM Doações Contin Contratual gência LUCROS TOTAL ACUMUL ADOS Saldo inicial Ajuste do exercício anterior CM dos saldos Iniciais Aumento de Capital Subscrição Com lucros Lucro do exercício Apropriações Reserva Contratual Dividendos Saldo final 300 45 120 15 480 57 60 8 125 200 10 (10) 100 30 (30) (50) 510 102 210 33 200 100 (50) 855 Podemos verificar.404/76. ou seja. . Na coluna da DLPA é feita toda a destinação do resultado do exercício. Findos em 31 de dezembro de 2008. que a coluna em destaque. reavaliações etc. e é obrigatório que seja formalmente efetuado orçamento e justificativa de tal investimento. quando optarmos pela Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL). dispensando a elaboração da mesma.

e é abreviada por DLPA. a Demonstração de Lucros ou prejuízos acumulados vai explicar as variações ocorridas nesta conta. Correção Monetária : pratica extinta em 1996. e destacada na demonstração. relacionado com o resultado do exercício anterior e não são computados naquele exercício e não podem afetar o resultado do exercício em que eles foram observados. a demonstração das mutações do patrimônio líquido evidencia a movimentação de todas as contas do PL ocorrida durante o exercício. O que temos que fazer é ajustar o saldo inicial da conta de resultados acumulados. pois a correção afetava o lucro do período. lembramos que se trata somente de reservas patrimoniais. Aos administradores é importante e essencial o conhecimento das demonstrações financeiras para a eficácia na tomada de decisões na organização. quando elaborada esta demonstração não há necessidade de se apresentar a DLPA. TERMINOLOGIAS: Ajustes de Exercícios Anteriores: a legislação estabelece certos débitos e créditos. Lucros acumulados: lucros Acumulados significam lucros retidos remanescentes. mas também o de todas as demais contas do Patrimônio Liquido. Embora não seja uma demonstração obrigatória a DMPL é muito mais completa e abrangente. bem como a formação e utilização das reservas e outras não originadas por lucros. A partir de 2010. Transferências para reservas: são apropriações do lucro feitas para formação de reservas. através da lei 9. sendo que esta inserida dentro da DMPL. A DMPL é bem mais útil e informativa. após decisão em assembléia. não distribuídos para os proprietários e sem destino certo (em suspenso). pois não inclui somente o movimento da conta de Lucros e Prejuízos Acumulados. Assim.Ao contrario da DLPA que fornece a movimentação de uma única conta do patrimônio liquido (lucros acumulados ou retidos). Tais reservas são constituídas na forma de estatuto e também conforme a administração.249/95. a DMPL deverá ser elaborada e divulgada pelas empresas que a lei determinar. Existem condições para um credito ou debito ser contabilizado como ajuste do exercício anterior: Os ajustes decorrentes de efeitos da mudança de critério contábil e os ajustes resultantes de efeitos da retificação de erro imputável a determinado exercício anterior. e que não possam ser atribuídos a fatos subseqüentes. deve ser estimulada sua adoção. Lucro líquido do exercício (ou prejuízo): na DRE apura-se o lucro ou prejuízo liquido do ano que é transferido para a conta lucros acumulados. substituindo com vantagem a Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados. às apropriações devem ser mostradas em individual. . Todo acréscimo e diminuição do patrimônio líquido são evidenciados através desta demonstração.

800 220 1400 410 208 109 2.00. b. Lucros a realizar: 4. . Objetivo de divulgar o dividendo por ações: é importante para as empresas de capital aberto.2008. também é um dos fatores que mais influenciam nos valores da ação para o mercado.00. Divulga-Se o dividendo por ação em nota explicativa quando forem muitas às classes de ações com valores diferentes de dividendos. EXERCÍCIOS DE DMPL 1) O grupo do PL do Balanço Patrimonial da ICA S/A. c. a debito de lucros acumulados e a crédito de provisão para dividendos do passivo circulante. era: PASSIVO Circulante Exigível a Longo Prazo Resultado de Exercício Futuro Patrimônio Líquido Capital Reserva de Capital Correção Monetária do Capital Reserva de Lucro Reserva Legal Reserva Estatutária Reserva Contingência Reserva Orçamentária Reserva Lucros a Realizar Lucros Acumulados TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 31.00.Ajuste do Exercício Anterior foi de 100.00.000. O cálculo: divide-se o valor total dos dividendos contabilizados no ano.08 31.00 e de Lucros Acumulados: 380.00.12. Contingência: 40.12.12. no valor de 1.500 100 20 10 950 9.630 DADOS: a.00.000 50 1. 00.000.Dividendo e dividendo por ação: são contabilizados no próprio balanço. Legal: 20.000 2.00.800. Estatutária: 600. pelo número de ações em circulação que é formado o capital social. d. com utilização da Reserva Estatutária. em 31.335 12. Orçamentária: 8.07 8. pois se torna conhecido o valor do mesmo por ação e o investidor saberá qual o valor receberá. calculado a maior.00.Lucro Líquido do Exercício foi de 3.A Correção Monetária dos Saldos Iniciais foram: Capital: 2. Dividendo por ação na lei: São demonstrações de lucros ou prejuízos acumulados que deverá indicar o montante do dividendo por ação do capital social.Houve aumento de Capital.482 7.

00 Lucros a Realizar e Dividendos: 900. 180. elabore a DMPL.00 Orçamentária.00. valores: em mil Reais Res erva Capital RESERVAS DE LUCROS Mutações Saldo Inicial Ajus tes do Exercício Anterior Cor.00 (100.000 24.000 e .596 b – Resultado da Correção Monetária do Capital (revogada pela lei 9. Luc. Luc.00 -100 2800 1000 20 600 -1000 40 8 4 380 3000 3. destacando a DLPA da empresa Maravilha S/A( valores em Reais): a . porém considerar. 95. 100 20 10 950 Total 7. Estatutária Cap.00) 3.000 100.249/95). distribuído: Reserva especial Reserva legal Dividendos 286. 10% Estatutária.Saldos Iniciais: Capital Inicial Lucros Acumulados 1.Ajuste de Exercícios Anteriores foi de 60. orçam.Os seguintes fatos contribuíram para o aumento de Capital .630. a Real.000 170. Acum .700.755 c .00 150 300 -150 -300 0. neste exercício: 277. 9 % Contingência.Monetária Aum ento de Capital Lucro Líquido do Exercício Apropriações Res erva Legal Res. para fins didáticos. ICA / SA Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido Findos em 31 de dezembro de 2008. Re aliz. 1500 Conting.852. CMC Legal 50 Estat.0 2) Através dos dados abaixo.e.358 (a maior) d . PEDE-SE: Elabore a DMPL e destaque a DLPA.Lucro Líquido estava distribuído da seguinte forma: 5% para Reserva Legal.Lucro Líquido do Exercício foi de 480.000 9.000.000.

A Correção Monetária dos Saldos Iniciais foram: Capital: 870. c) A Correção Monetária dos Saldos Iniciais foram: Capital.Houve aumento de Capital. 00.Lucro Líquido do Exercício foi de 1.Subscrição do capital Ágio na colocação das ações 500. 00. d) Houve aumento de Capital. e) Lucro Líquido do Exercício foi de 1. Legal: 28. Reserva de contingência:305 e lucros acumulados:950. no valor de 225. Contingência: 30. 25% Contratual. no valor de 225.x7. Legal: 28. c.00. BOA SORTE!!! . b) Ajuste do Exercício Anterior foi de 85.00. Depois complete o balanço com os respectivos valores e responda: qual a conta de menor variação? PASSIVO Patrimônio Líquido Capital Reserva de Capital Correção Monetária do Capital Reserva de Lucro Reserva Legal Reserva Estatutária Reserva Contingência Lucros Acumulados TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 31.00. 20 % Contingência e Dividendos de 25%. Reserva Contratual: 500.000 3) Ajude o Sr.x7.700 2.00.00. Contratual: 50. DADOS: a) Saldos iniciais: capital: 8.12. com utilização da Reserva Estatutária.Ajuste do Exercício Anterior foi de 85. f) O resultado estava distribuído da seguinte forma: 5% para Reserva Legal.600. 25% Estatutária.12.00. Estatutária: 50. com utilização da Reserva Estatutária. Reserva legal:280.12. e.870.06 8.600 280 500 305 950 DADOS: a.00. correção feita na conta Correção Monetária do capital: .500.00.50 de Lucros Acumulados: 95.00. a estruturar a DMPL e destaque a DLPA da Cia PSIU S/A em 31.50 de Lucros Acumulados: 95. 4) Estruturar a DMPL e destacar a DLPA da Cia PS S/A em 31.000 130. calculado a menor.00.O resultado estava distribuído da seguinte forma: 5% para Reserva Legal.12. Correção Monetária do Capital:2.00. Contingência: 30. d. Serra. 20 % Contingência e Dividendos de 25%. calculado a maior.700.07 31.500.00. b.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful