Você está na página 1de 1

Ignatief 05.

03

05.03S Rádio Guaiba

O primeiro-ministro Viktor Zubkov convocou uma conferência em que foi analisado o projeto prevendo
instituição de uma Bolsa do Petróleo em São Petersburgo para agentes exclusivamente nacionais. Antes, entre
os possíveis organizadores de tal Bolsa aparecia a companhia estadunidense “New York Mercantile
Exchange”. Além de ministros de Estado, dessa reunião participaram executivos de umas companhias
petrolíferas. O Governo confirmou a notícia sobre tal conferência, porém não quis comentar os detalhes.
Segundo o jornal russo “Kommersant”, estava inicialmente previsto que uns pregões experimentais poderiam
ser efetuados já durante o Fórum Econômico de São Petersburgo, a realizar em junho deste ano. Todavia, se a
companhia estadunidense tiver sido excluída do rol de organizadores, a inauguração da Bolsa do Petróleo
poderá demorar.

Na tarde da terça-feira, os suprimentos de gás à Ucrânia foram cortados 50 por cento. A companhia
exportadora “Gazprom” não exclui a eventualidade de novas reduções e convida os sócios a reatar
imediatamente as negociações. O porta-voz da fornecedora russa, Serghei Kuprianov, asseverou que “os
consumidores europeus estão recebendo gás na íntegra”.

Hoje, o ministro dos Transportes da Rússia, Igor Levitin, declarou que investidores estrangeiros seriam
possivelmente autorizados a participar de obras de construção infra-estruturais em portos marítimos. Disse
que para essas atividades poderiam ser convidados investidores estrangeiros para trabalharem com
instalações em propriedade estrangeira. O Estado financiará com recursos orçamentais somente a parte das
obras que pode ser de patrimônio público.

Acaba de ser criado em Moscou um sistema automatizado de registro dos cidadãos estrangeiros hospedados
nos hotéis municipais. Esse sistema tem por missão elevar a eficiência de gestão na área de migrações,
especialmente endurecer o controle sobre a observância das regras de estadia na capital russa por cidadãos
estrangeiros. Permitirá ainda automatizar os processos de recolha e processamento das informações sobre os
estrangeiros residentes em hotéis. Os dados assim obtidos serão encaminhados às entidades municipais da
Secretaria de Serviço Federal de Migrações.

No final deste ano será inaugurado em Sotchi um centro médico de recuperação esportiva, a primeira unidade
para as Olimpíadas de Inverno de 2014 nessa cidade russa. A informação foi hoje divulgada por Viatcheslav
Fetissov, diretor da Agência Federal de Educação Física e Esporte. Disse que esse centro estará dotado dos
mais evoluídos equipamentos de recuperação e reabilitação física e será o primeiro estabelecimento desse
nível na Rússia. O diretor desse órgão governamental asseverou que todas as 20 instalações esportivas
planejadas serão oportunamente construídas em estreita colaboração com as federações internacionais que
apoiaram a escolha de Sotchi para sede dos Jogos Olímpicos.

Depois de concluídas as obras de modernização, o aeroporto “Cheremetievo” inaugurou a segunda pista de


decolagem e aterrissagem. O diretor da Agência Federal de Transporte Aéreo, Ievgheni Batchurin, disse que
agora, uma vez reaberta a referida pista fechada em 2005 para uma reforma, será necessário modernizar a
outra. Ainda no mesmo contexto, indicou que está sendo preparado um novo programa governamental para
promoção do setor dos transportes.