UNIFESO - Centro Universitário Serra dos Órgãos CCS – Centro de Ciências da Saúde

Teste de Progresso 2011
Medicina
Prezado Aluno Você está realizando o Teste de Progresso. Este não objetiva aprovar, selecionar ou classificar, procura dimensionar o seu ganho de conhecimento cognitivo e constatar sua evolução individual no processo de construção de sua aprendizagem. Por isso, ao participar do teste está fazendo o acompanhamento de seu crescimento ao longo do curso. Dependendo do período em que se encontra, muitas destas questões poderão ser desconhecidas. Mesmo assim, esforce-se para respondê-las. O resultado do teste será entregue individualmente, aos alunos que participaram. Boa sorte! Comissão de Avaliação

INSTRUÇÕES: • • • • • • • • • • • Assine o cartão de respostas com caneta azul ou preta conforme assinatura no documento de identidade apresentado. Marque o cartão de respostas preenchendo TODO O ESPAÇO sobre a letra correta ( ) em tinta azul ou preta. NÃO serão permitidas rasuras no cartão de respostas. As questões rasuradas serão consideradas erradas. Somente entregue o cartão de respostas. O caderno de questões poderá ser levado para a conferência do gabarito, desde que tenha decorrido uma hora do início da prova. NÃO é permitido manter telefone celular, ou quaisquer dispositivos eletrônicos ligados na sala de prova. Fica proibido qualquer tipo de consulta. Os professores responsáveis pela aplicação do teste NÃO poderão esclarecer dúvidas. O entendimento dos enunciados faz parte da avaliação. A prova contém 60 (sessenta) questões numeradas, de múltipla escolha, com cinco opções cada, onde há somente única resposta correta. A duração da prova é de três horas improrrogáveis, incluído o tempo para a marcação do cartão de respostas. Ao final deste tempo, os cartões serão recolhidos. Os três últimos candidatos sairão da sala de prova em conjunto. O aluno somente poderá retirar-se da sala, depois de decorrida a primeira hora a partir do início do teste.

Teresópolis setembro de 2011

(E) Refere-se à fauna. e os pais dos bullies podem. Do nicho ao lixo. destaca-se a figura da baiana Maria Quitéria. pois nas regiões temperadas não há diversidade. Em 2010. Dificuldade: Difícil. (A) No Brasil. Sob forte pressão o então presidente da república Getúlio Vargas em 1932. Em relação ao termo biodiversidade é correto afirmar que: (A) Reduz o buraco na camada de ozônio nos distritos industriais. praticados por um indivíduo (do inglês bully.Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 3 de 12 1. A chegada de Dilma Rosseff à Presidência da República marca um momento importante da luta secular das mulheres brasileiras por igualdade e respeito. 2010 foi considerado o Ano Internacional da Biodiversidade. onde os salários são mais baixos. (E) Com a chegada da República em 1889. (D) Não se relaciona aos fungos e micro organismos do meio ambiente. Categoria: Política e cidadania 2. em casos de ilegalidade flagrante. (B) O período do império traz mudanças a partir da abertura dos portos às nações estrangeiras. ser obrigados a pagar indenizações e podem haver processos por danos morais. (D) Além da taxa de desemprego estar subindo. mas proibindo que avançassem para níveis mais adiantados. em comparação a 2007. (B) Ameniza os efeitos das chuvas ácidas nos pólos petroquímicos. A taxa de desemprego. a reciclagem é uma forma de reintroduzir o lixo no processo industrial. limitando-se á fauna das zonas tropicais. (B) As características da globalização tais como a exigência de produtividade máxima com custo mínimo foram responsáveis pelo evento do desemprego. causando dor e angústia. espécies e ecossistemas em uma região ou no planeta. a reciclagem diminui a quantidade de resíduos lançados no meio ambiente. A Organização Internacional do trabalho (OIT) calcula que. a situação mundial do emprego estava em franca ascensão. que em determinados momentos cometem agressões. que requerem tratamento especial. vem caindo desde 2003. marque a falsa: (A) Se relaciona somente à fauna e à flora da zona tropical do planeta. intencionais e repetidos. Também existem as vítimas/agressoras. a qualidade do emprego está caindo. O termo biodiversidade relaciona-se a toda a variedade das formas de vida. Sobre o assunto. nos combates travados para expulsar as tropas portuguesas da Bahia. as terceirizações e.UNIFESO . SCARLATO. Dificuldade: Fácil Categoria: Meio ambiente 4. as indústrias conseguem matéria-prima de forma mais barata e minimizam a exploração de recursos naturais. São Paulo: Atual. ela ficou em 6. o direito de voto feminino. 1992 (adaptado). Ao reutilizarem o lixo no processo de produção. (C) Em 1822 surge a primeira lei relativa à educação feminina. quer viva ou não em harmonia com o meio ambiente. (D) Diminui a possibilidade de formação das ilhas de calor nas áreas urbanas. Das afirmativas que se seguem. ou autores/alvos. o território brasileiro era um vasto espaço ocupado esparsamente por nações com os portugueses estabelecendo-se a partir da costa. mais do que uma forma de responder ao aumento da demanda industrial por matérias-primas e energia. O volume de matéria-prima recuperado pela reciclagem do lixo está muito abaixo das necessidades da indústria. Dificuldade: Difícil Categoria: Sociedade e cultura 3. à flora e a pessoas que vivem em harmonia como ameríndios e aborígines. (E) As práticas mais comuns são o emprego de mão de obra sem direitos trabalhistas reconhecidos. Na área cívil. O choque entre as duas culturas incluía o papel da mulher.7. Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica. PONTIN. institui. (B) Abrange toda a variedade das formas de vida. Assinale a alternativa incorreta: (C) É restringido às espécies uniformemente distribuídas por toda a superfície da Terra. A reciclagem tem um efeito prático e direto nas indústrias de bens de consumo. a partir de 1808 que faz chegar ao Brasil novas idéias e costumes trazidos muitas vezes por estrangeiros. De acordo pelo código penal brasileiro. espécies e ecossistemas em uma região ou em todo o planeta.A definição do termo biodiversidade inclui todas as formas de vida – incluindo o homem.A. a uma situação de sustentabilidade que: (A) Antes da crise. Relatório da entidade registrou a existência de 205 milhões de desempregados no mundo no fim de 2011. no contexto global. No entanto. pois. Dificuldade: Fácil Categoria: Meio ambiente 5. (C) Diminui os efeitos da poluição atmosférica das indústrias siderúrgicas. o que só ocorre com a fauna. as mulheres passam a ter o direito ao exercício do voto. a existência do trabalho infantil ou escravo. e não só a uma determinada zona. com exceção para os números de 2009. a menor registrada nos últimos oito anos. . com o novo Código Eleitoral. medida pelo IBGE. (B) A legislação jurídica do estado brasileiro de São Paulo define assédio escolar como atitudes de violência física ou psicológica. que ocorrem sem motivação evidente praticadas contra pessoas com o objetivo de intimidá-las ou agredi-las. é incorreto afirmar: (A) No início da colonização. (E) Reduz a utilização de matérias-primas nas indústrias de bens de consumo.C. Ao mesmo tempo. (C) As multinacionais transferem fábricas para países pobres. muitas vezes não renováveis. (D) No período da independência. "tiranete" ou "valentão") ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz (es) de se defender. A prática abordada no texto corresponde. J. A crise econômica mundial de 2008-2009 atingiu em cheio o mercado de trabalho em várias regiões do globo. porém também são vítimas de assédio escolar pela turma. 34 milhões de pessoas tenham perdido o emprego até o fim de 2009. a gravidade do ato pode levar os jovens infratores à aplicação de medidas sócio-educativas. F. a negligência com um crime pode ser tida como uma co-autoria. permitindo que as meninas participem dos níveis básicos da escola.

Considerando a imagem e as idéias que ela transmite. Dificuldade: Normal Categoria: Educação (A) Cesare Battisti que integrou o grupo Proletários Armados pelo Comunismo.presidente Lula decidiu no último dia do seu governo. a pacificação dos mais exaltados do PT e a manutenção do desejo da presidente que a Casa Civil se concentre na gestão. frente a uma decisão cujo caminho exige um percurso ético. foi preso e condenado na Itália em 1979 pela participação em ações subversivas. detalhando a agressão. não porque não estão autorizados pelo nosso ordenamento jurídico. Dificuldade: Normal Categoria: Sociedade e cultura 9) A charge abaixo representa um grupo de cidadãos pensando e agindo de modo diferenciado. três horas depois de o Supremo Tribunal Federal determinar sua soltura. o governo viu sua imagem envolvida com a vida pessoal de Palocci. (C) Nos próximos anos é desejo de Battisti se dedicar à literatura.UNIFESO . Daí então a necessidade de uma substituição que mantivesse o apoio do PMDB. mas por desrespeitarem princípios constitucionais do Código Civil. Substituiu o ministro Antônio Palocci: (A) Michel Temer (B) Paulo Bernardo (C) Gleisi Hoffmann (D) Luiz Inácio da Silva (E) Martha Suplicy Apesar do então ministro tentar se justificar por meio da mídia e do apoio oferecido por correligionários e políticos de outros partidos. é de nacionalidade mexicana. quando vivia na França. Após as denúncias sobre a multiplicação do patrimônio do então ministro da Casa Civil. julgado à revelia foi condenado à prisão perpétua. (D) No estado brasileiro do Rio de Janeiro. o fato deixou vulnerável a imagem do governo e da própria presidente. mas por desrespeitarem princípios constitucionais (ex: dignidade da pessoa humana e o Código Civil. nome até então desconhecido por ser a senadora de primeiro mandato e inexperiente em articulação política. A responsabilidade pela prática de atos de assédio escolar não pode se enquadrar no Código de Defesa do Consumidor. A relação entre educação escolar e desigualdade social vem sendo estudada pela Sociologia há mais de um século. A crise que derrubou o ministro Antônio Palocci do governo Dilma Rousseff abriu espaço para a presidente deixar de lado os compromissos de campanha e dar um tom ainda mais pessoal a sua equipe. porque não estão autorizados pelo nosso ordenamento jurídico. Proletários Armados pelo Comunismo. Sobre Cesare Battisti. tendo em vista que as escolas prestam serviço aos consumidores e são responsáveis por atos de assédio escolar que ocorram nesse contexto. Em caso de descumprimento. (C) Proporciona acesso ao mercado de trabalho devido à diminuição da competitividade. (E) Na cidade brasileira de Curitiba todas as escolas têm de registrar os casos de bullying em um livro de ocorrências. (B) Garante empregabilidade compatível com o nível de instrução. uma lei estadual sancionada em 23 de setembro de 2010 institui a obrigatoriedade de escolas públicas e particulares notificarem casos de bullying à polícia. mas teve garantida sua condição de preso político.Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 4 de 12 (C) Os atos de assédio escolar não configuram atos ilícitos. é falso afirmar: (A) Vem acompanhada de um aumento das exigências educacionais do mercado de trabalho. desestabilizou a base aliada do congresso e ofuscou iniciativas importantes a serem lançadas como. avalie as afirmativas que seguem: . Diferentes autores e diversas correntes de pensamento explicam os complexos mecanismos dessa relação. (E) Em 1982. (D) Está relacionada às crises econômicas e favorece o desemprego. a escolarização progressiva da população: 7. Daí ao perceber que o caso além de paralisar a administração. Dificuldade: Normal Categoria: Política/Cidadania 8. (E) Gera equanimidade entre segmentos sociais e diminuição de conflitos culturais. por exemplo.200) para as instituições de ensino. A responsabilidade pela prática de atos de assédio escolar pode se enquadrar também no Código de Defesa do Consumidor. Integrante de um grupo de extrema esquerda. o programa Brasil Sem Miséria que surpreendeu até mesmo Antônio Palocci ao anunciar a substituição pela senadora Glesi Hoffmann. que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indenizar. que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indenizar. como acontecia no governo anterior do ex-presidente Lula. no início da madrugada da quinta feira. Cesare Battisti italiano. ele foi preso no Rio de Janeiro. não extraditar Battisti com o argumento de que ele correria risco de vida em sua Pátria. vivendo de direitos autorais. Mesmo considerando as grandes diferenças existentes entre países e épocas. o nome dos envolvidos e as providências adotadas. (D) Descoberto em 2007. Independente do país os avanços no mercado de trabalho e o emprego de novas tecnologias nos processos de industrialização vem exigindo cada vez mais mão-de-obra qualificada e adequada ao contexto do mundo globalizado. um processo foi aberto na Itália com a acusação de quatro assassinatos. o ex-ativista Cesare Batisti deixou a penitenciária de Papuda. (B) O ex . Os atos de assédio escolar configuram atos ilícitos. tendo em vista que as escolas são prestadoras de serviço e não são responsáveis por atos de assédio escolar que ocorram nesse contexto. Dificuldade: Normal Categoria: Educação 6. em Brasília. Após quatro anos e três meses de prisão. a multa pode ser de três a 20 salários mínimos (até R$ 10. 9 de junho. Após cumprir dois anos de prisão ele fugiu e refugiou-se no México.

O homem se viu diante de problemas imprevistos. mostrando novos recursos de manipulação científica da natureza. É correto apenas o que se afirma em: (A) Estudo de coorte (B) Estudo seccional (C) Estudo de caso –controle (D) Inquérito epidemiológico (E) Ensaio clínico controlado Coorte é um tipo de estudo analítico. antropologia. ecologia. que parece tornar seus possuidores donos da vida e da morte. como compreensão do mundo.Teste de Progresso 2011 9.shvoong. direito.net>.UNIFESO . Apenas descrição de casos. A incidência é utilizada para medir o aumento do nº de casos de uma doença ou agravo quando transmissíveis. III . FÁCIL SAÚDE COLETIVA 14. cada um terá que escolher por si mesmos os seus valores e idéias. seu estudo vai além da área médica. objetivando elucidar e refletir acerca das soluções para questões éticas provocadas principalmente pelo avanço das tecnociências biomédicas. abarcando psicologia.com/social-sciences/1783810que-%C3%A9-bio%C3%A9tica/ Dificuldade: Fácil Categoria: Ética 11. FÁCIL SAÚDE COLETIVA Fonte: http://pt. O tipo de estudo epidemiológico que tem a vantagem de produzir medidas diretas de risco e de permitir avaliar a relação entre a exposição a um ou mais fatores de risco e o surgimento de doenças é: Dom Walmor Oliveira de Azevedo. (B) Mortalidade por tuberculose (C) Prevalência da tuberculose (D) Incidência de tuberculose (E) Prevalência de AIDS. Assim. NORMAL SAÚDE COLETIVA 12. com grupo controle que parte de indivíduos sadios. do mesmo modo que o político pode se reduzir à ética.A ética se dá de fora para dentro. È uma descrição de um a 10 casos. praticar a autoética. isto é.zip. O progresso do saber biomédico. O coeficiente que permite aferir a gravidade de determinada doença é o: (A) I e II (B) II e III (C) I e IV (D) II e IV (E) III e IV A palavra "ética" é derivada do grego e significa aquilo que pertence ao ao caráter. em um processo a serviço do sujeito responsável. observando as diversas culturas e valores. portanto está ligada ao indivíduo e suas atitudes frente à sociedade. ao lado dos benefícios. Incidência é o número de casos novos de tuberculose. quando se decifrou o código genético humano. Essa assertiva refere-se a: (A) De prevalência (B) De mortalidade (C) De incidência (D) De letalidade (E) Endêmico Letalidade é a proporção dos que morreram entre os casos de determinada doença. Os trabalhos de série de casos: (A) Envolvem o seguimento de uma coorte de pacientes com a doença . filosofia etc. tem provocado muita angústia entre aqueles que têm consciência de que. (E) Figuram frequentemente na literatura médica porque dispõem de grande validade científica. na perspectiva do fortalecimento dos valores pessoais. O interesse pela análise deste tema se acelerou ainda mais. NORMAL SAÚDE COLETIVA 13. Quanto mais grave (ou assistência deficiente) maior o número de óbitos entre os casos. Série de casos é um tipo de estudo utilizado quando o profissional/pesquisador se depara com um caso de interesse científico. Acesso em: 30 de julho de 2011 I -A ética não se impõe imperativamente nem universalmente a cada cidadão. Dificuldade: Normal Categoria: Ética 10. Observe a figura MEDICINA Pág 5 de 12 (B) Descrevem com precisão as relações de causas e efeitos (C) Apresentam um grupo-controle em série. II . Este aumento é medido pelas agencias de Vigilância Epidemiológica. (A) Letalidade nos casos de AIDS. sociologia. que na situação descrita ocorrem por aumento de suscetíveis/ pacientes com AIDS. (D) São úteis para delinear o quadro clínico de uma doença rara. teologia. É sabido que a chegada da AIDS aumentou o número de casos de tuberculose. IV . há um grande risco de seu emprego inadequado.A ética política supõe o sujeito responsável por suas ações e pelo seu modo de agir na sociedade. sem grupo controle e sem o uso de qualquer método de inferência estatística. biologia. através do aumento da taxa de: (A) Biomédica (B) Biofilosofia (C) Biomedicina (D) Bioética (E) Biociência O vocábulo "bioética" indica um conjunto de pesquisas e práticas pluridisciplinares. Disponível em: <http://eticabioetica.A ética pode se reduzir ao político.

história prévia de litíase biliar. admitida na UPA com dor abdominal em hipocôndrios direito e esquerdo e também em epigástrio. (C) Vacinação antitetânica (três doses) e soro antitetânico (uma dose). (E) Colangite. devemos pensar em pancreatite aguda biliar. NORMAL 18. assinale a alternativa correta. (D) O teste tem baixa especificidade (E) O teste tem baixa sensibilidade O Valor preditivo positivo é a probabilidade de um individuo com teste positivo realmente ter a doença (inverso para o negativo). Ao interpretar o resultado de um teste ergométrico de um aviador assintomático o médico deverá considerar que: (A) O valor preditivo positivo é baixo. o nível de tgo aumentado faz parte dos critérios prognóstico de ranson na admissão nos casos de pancreatite aguda. (B) Abscesso pancreático. Seu valor depende da sensibilidade. Qual a complicação possível que você pensaria neste caso? (A) Contactantes intradomiciliares (B) Contactantes da mesma sala de aula (C) Médicos e enfermeiros que estiveram com o doente. Recomenda-se a quimioprofilaxia para um caso de doença meningocócica nas seguintes pessoas: (A) A amilase sérica é um fator prognóstico na admissão.Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 6 de 12 15. previne-se hepatite Delta. O impacto. Paciente. Homem de 40 anos de idade deu entrada em serviço de pronto-socorro. já que o paciente está protegido adequadamente contra o tétano. 38 anos. náuseas. das mortes por eventos externos é mais bem percebido no seguinte indicador: (A) A anemia e prova do laço positiva (B) Linfocitose e trombocitopenia (C) Trombocitopenia e hemoconcentração (D) Leucopenia e prova do laço positiva (E) Choque e hemoconcentração. (E) O Governo Federal proporcionou em 1991 a autosuficiência em vacina contra a hepatite B. Tem vacinação antitetânica completa tendo recebido a última dose há três anos. (E) A presença de TGO aumentada é um dos critérios de prognóstico. com ferimento pérfuro-contusos na mão direita. sobre o perfil epidemiológico da cidade do Rio de Janeiro. A antitetânica estava no prazo de validade. Quais os elementos de maior importância para a suspeita de dengue hemorrágico: (A) Soro antitetânico e vacinação anti –rábica. (B) O aumento da lipase e amilase favorecem o diagnóstico de pancreatite aguda. (C) O teste tem elevado valor preditivo positivo. (C) Não existem dados referentes às doenças que cursam com icterícia na região. soro antitetânico e vacinação anti-rábica. do ponto de vista da imunização. No Dengue hemorrágico ocorre o extravasamento de plasma por aumento da permeabilidade capilar que provoca hemoconcentração e baixa de plaquetas. (C) Necrose pancreática. (D) A história de etilismo é critério de prognóstico. constante para cada teste. independentemente dos seus níveis. sexo feminino. NORMAL SAÚDE COLETIVA 21. vômitos e história de litíase biliar. FR=25 irpm e PA=90x50 mmHg. neste caso também há o diagnóstico de sirs (aumento da fc e fr e hipotensão arterial). Paciente com dor abdominal em andar superior. Ratos não transmitem raiva. Relata ter sofrido mordedura de ratazana ao limpar esgoto de casa. . (D) Indicar reforço de vacinação antitetânica. por vacina. Neste caso. DIFÍCIL SAÚDE COLETIVA 16. FC=125 bpm. (B) Existe um potencial endêmico de hepatite C na região. Havia relato de náuseas e vários episódios de vômitos. (D) Contactantes intradomiciliares e da escola. Portanto protegendo contra Hepatite B. O governo do amazonas está implementando um programa de vacinação contra Hepatite B em algumas cidades da região amazônica devido a: (A) A Amazônia é uma região hiperendêmica de hepatite B e hepatite D. NORMAL SAÚDE COLETIVA 17. (B) O valor preditivo negativo é baixo. o procedimento mais adequado é: 19. O vírus D é defectivo e necessita do vírus B para se tornar patogênico. (E) Indicar apenas anti-rábica. Esta mesma paciente após 14 dias de evolução permanece com o nível de amilase elevado. De acordo com este caso. namorados ou outras a serem analisadas) ou contato direto com as secreções respiratórias do paciente NORMAL (A) Pseudocisto pancreático. e freqüência de uma determinada doença na população. (D) Cronificação da pancreatite. EX. (C) A ultrassonografia de abdômen tem sensibilidade maior do que a tomografia de abdômen para o diagnóstico. (A) Swaroop e Uemura (B) Coeficiente de letalidade (C) Anos perdidos de vida produtiva (D) Coeficiente de mortalidade (E) Coeficiente de incidência As mortes por causas externas são predominantemente em jovens com grande impacto no indicador Anos de Vida Perdidos que é a diferença entre a idade média em que as mortes ocorrem e a expectativa de vida.: No caso aviador de 35 anos é provavelmente saudável portanto se o teste der positivo deve ser falso positivo. A transmissão se da através de gotículas e secreções da nasofaringe havendo necessidade de contato íntimo (residentes na mesma casa. (D) A vacina contra hepatite B proporciona um maior estímulo antigênico à tríplice. (E) Todas as pessoas que estiveram com o doente nos últimos 10 dias. (B) Não está indicada nenhuma imunização neste caso. NORMAL SAÚDE COLETIVA 20. (MÉDIA) CLÍNICA MÉDICA 22.UNIFESO . colegas de dormitório ou alojamento.

considera-se trombólise. Dentre estas. Você admite na emergência o Sr. pois não crescimento do ventrículo esquerdo. inclusive na história familiar. (C) Esperaríamos encontrar na ausculta cardíaca um sopro diastólico em foco mitral (D) O achado radiográfico é compatível com aumento de bi ventricular o que. este crescimento pode ser explicado por estenose mitral o que gera sopro diastólico de foco mitral podendo ser irradiado para axila. e os níveis sustentados de amilase é sinal sugestivo. Paciente. fratura óssea sem grande trauma e a presença da proteína de bence jones na urina é característico de mieloma múltiplo. o que justifica a sintomatologia respiratória do paciente. 40 anos. (E) Devemos evitar a hiperhidratação nestes casos. fecha o diagnóstico de insuficiência cardíaca. com história de há mais ou menos um ano iniciou dores nos membros superiores e inferiores. FÁCIL CLÍNICA MÉDICA 24. Durante uma visita domiciliar você atende o Sr. (B) Deve-se iniciar trombolítico já que a história é compatível e o ECG mostra bloqueio de ramo direito. É correto afirmar que: (A) O hemograma mostraria anemia megaloblástica. Não há história de hipertensão arterial e diabetes. (D) É comum o AVE átero-trombótico como complicação da anemia falciforme. É diabético a longo prazo em tratamento regular com hipoglicemiantes orais. A troponina dosada na admissão foi negativa e o ECG mostra o seguinte achado (FIGURA ABAIXO). pois há a possibilidade de precipitar crises vasooclusivas. Paciente com história de síndrome consuptiva. O sinal do duplo contorno é caracteristico do aumento de átrio esquerdo visto na silhueta cardíaca direita na incidência pa. (E) A trombólise é contra indicada. (E) Os achados radiográficos são sugestivos de cor pulmonale. sudorese e palidez cutâneo mucosa. sem sangramento aparente devemos pensar em anemia falciforme. Apresenta quadro de hemiparesia à esquerda. A esposa lhe traz um exame de urina que identificando proteína de Bence-Jones. Estava com o membro superior imobilizado devido à fratura de úmero ocasionada ao se apoiar na cama para levantar-se. Na telerradiografia de tórax há o sinal do duplo contorno e perda da concavidade da 2ª porção do arco médio. (B) Esperaríamos encontrar na ausculta cardíaca um sopro sistólico em foco tricúspide.Teste de Progresso 2011 Pseudocisto é uma complicação tardia esperada nos casos de pancreatite aguda. junto com os comemorativos clínicos observados. você esperaria encontrar: (A) O diagnóstico de insuficiência cardíaca é afastado. 68 anos de idade. aposentado.Wenceslau. (D) É indicada a trombólise. hipocorado (++/4+) portador de anemia crônica e sem história de perda sanguínea. além de radiografias. MÉDIA CLÍNICA MÉDICA . (C) Radiografia de coluna tóraco-lombar mostrando hiperdensidade óssea de corpo vertebral. (C) O quadro é típico de acidente vascular encefálico (AVE) devido à anemia perniciosa. (B) Radiografia das mãos mostrando subluxação metacarpofalangenas. Em vigência de dor torácica típica associada a ecg mostrando bre novo ou supostamente novo. A irmã está em investigação de anemia. com quadro de dor precordial opressiva. iniciados há 50 minutos. irradiada para ombro esquerdo e de início súbito. Para este caso é correto afirmar que: (A) Radiografia de crânio mostrando lesão em “saca bocado”. Para este caso é correto afirmar que: 25. (D) Radiografia panorâmica de bacia mostrando sinal do “livro aberto”. associada à náuseas. na radiografia de crãnio o exame característico é a lesão em saca bocado (lesão hipodensa na calota craniana com limites precisos). pois a dor é classificada como definitivamente anginosa e o ECG mostra bloqueio de ramo esquerdo.UNIFESO . onde faz parte do diagnóstico a eletroforese de hemoglobina. Média CLÍNICA MÉDICA (A) O diagnóstico é de angina instável já que o marcador de lesão miocárdica foi negativo.Agenor. pois esta predispõe a formação de placas ateromatosas. hipertenso e diabético de longa data. (E) Radiografia de mão mostrando anquilose dos ossos do carpo. já a perda da concavidade da 2ª porção do arco médio corresponde ao aumento da auriculeta que é sinal sugestivo de crescimento de átrio esquerdo. (B) Na investigação diagnóstica devemos considerar eletroforese de hemoglobina. pois o achado eletrocardiográfico é sugestivo de pericardite. ortopnéia e tosse de decúbito. média CLÍNICA MÉDICA MEDICINA Pág 7 de 12 23. Você atende um paciente negro. nela há possibilidade de crise embólica devido ao afoiçamento da hemácia. anorexia e emagrecimento em torno de 10 Kg. 50 anos. Paciente negro com anemia. 56 anos de idade. isto explica a síndrome piramidal aguda do paciente (ave isquêmico). fraqueza. afasia de Broca e desvio da rima labial para direita. pois é mais específica do que a troponina para diagnosticar lesão miocárdica. masculino lhe procura no seu consultório com queixa de dispnéia paroxística noturna. (C) Solicitar a dosagem CK-MB. DIFÍCIL CLÍNICA MÉDICA 26.

Godofreda terminar seu almoço e em seguida a examina a fim de avaliar seu risco cirúrgico. 66 anos. FÁCIL CLÍNICA MÉDICA 30. NA AUSCULTA PULMONAR AO EVIDENCIAR SIBILO LOCALIZADO ESPERA-SE ENCONTRAR BRONCOGRAMA AÉREO DE PERMEIO. pois é mais específica para investigação de esplenomegalia do que a ultrassonografia. (B) Esperaria encontrar broncograma aéreo de permeio na região descrita à radiografia de tórax. argumentam estes autores que os sintomas resultantes da cirurgia de hernioplastia ou herniorrafia acrescentaram desconforto na região a quem antes não referia nenhum. Ao exame físico. digoxina e furosemida. NORMAL CLÍNICA CIRÚRGICA (A) Solicitaria ultrassonografia de abdômen para investigar a presença de esplenomegalia. nictúria e edema vespertino de membros inferiores há seis meses. Você aguarda a Sra. Há história aguda de tosse com expectoração amarelada e febre alta. enalapril. Queixa-se de dispnéia de decúbito e aos médios esforços. onde o carvedilol tem contra indicação absoluta. devendo ser prescritos: restrição hídrica. (B) Solicitaria tomografia de abdômen contrastada. O estágio c da insuficiência cardíaca é definido como pacientes com lesão estrutural cardíaca (ictus desviado. hipertensa há pelo menos 20 anos com tratamento irregular. .Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 8 de 12 27. pois aí se encontra o antro gástrico. É correto afirmar que: (A) Faz-se restrição hídrica para evitar a hipervolemia e administrar 100 mg de furosemida no intuito de estimular a diurese. No ambulatório do HCTCO você atende Sra. espironolantona e hidroclorotiazida. (D) O uso de inibidores da ECA aumentou a taxa de mortalidade nestes pacientes devendo. carvedilol. exceto o espaço de Traube que se encontrava maciço à percussão. Você atende na UPA um paciente jovem provindo de um quartel do exército com história de esforço extenuante durante um treinamento no dia anterior. Na ausculta pulmonar que você realiza no Sr. o reflexo cremasterico abolido (estimulo da face interna da coxa com estilete levando a retração do cremaster e movimento do testículo para cima. indicando um risco maior de encarceramento/estrangulamento e podendo também assinalar certa minimização da sintomatologia pelo paciente. Ao exame físico você nota ictus desviado para linha axilar anterior esquerda. TRATA-SE DE UM CASO DE RABDOMIÓLISE PROVOCADA POR LESÃO MUSCULAR DEVIDO A EXERCÍCIOS EXTENUANTES. Com relação a este caso podemos afirmar que: (D) É normal o espaço de Traube ser maciço à percussão. (C) É esperado o aumento nos níveis de CPK e mioglobina. devendo fazer uso de digoxina e furosemida. Ela encontra-se internada para realizar colecistectomia eletiva devido à litíase biliar. oligúria e aumento das escórias nitrogenadas. (B) A hidratação venosa deve ser vigorosa com soluções glicosadas. A causa mais comum do espaço de traube (área ocupada pelo fundo gástrico) maciço à percussão é pós prandial. então. ortpnéia. (E) A radiografia de tórax mostraria infiltrado intersticial na região descrita. enalapril. MÉDIA CLÍNICA MÉDICA 31. (C) Na radiografia de tórax espera-se encontrar imagem hipodensa na região descrita. e reforça a indicação do tratamento cirúrgico? (A) O frêmito tóraco-vocal estaria diminuído na região descrita. a procura por sinais que assinalem uma maior morbidade a hérnia inguinal. (E) O espaço de Traube é timpânico à percussão normalmente. o que colabora para o quadro renal do paciente. o que explica os sibilos auscultados. Não há co-morbidades associadas. (DIFÍCIL) CLÍNICA MÉDICA 28. devendo ser prescritos: restrição hídrica. (C) A paciente encontra-se no estágio A. nestes casos serão prescritos betabloqueadores e inibidores da eca (estes dois com impacto na redução de mortalidade) espironolactona (impacto na remodelação cardíaca) e diuréticos. (E) A paciente encontra-se no estágio C. em que pese a individualidade da resposta e sensibilidade aos pequenos e médios estímulos do corpo. sugerindo crescimento de ventriculo esquerdo) e com sintomas atuais ou pregressos. a abolição de qual reflexo indica a presença da hérnia do mesmo lado. pois aí se encontra o lobo esquerdo hepático. serem proscritos em qualquer estágio que o paciente se encontre. FÁCIL CLÍNICA MÉDICA 29. (D) Deve-se iniciar antibioticoterapia de imediato devido à possibilidade de leptospirose.Epitácia. É correto afirmar: (A) A paciente encontra-se no estagio A. Diante desta situação você: (A) Reflexo orquio peniano (B) Reflexo orquio obturatorio (C) Reflexo cremasterico (D) Reflexo obturatorio superficial (E) Reflexo obturatorio profundo Atualmente vários trabalhos têm questionado a indicação da cirurgia da hérnia inguinal em pacientes completamente assintomáticos. nota-se: sibilo localizado em terço médio de hemitórax direito e estertoração crepitante no mesmo local. UM DOS FATORES CAUSAIS DA IRA NESTES PACIENTES É A PRECIPITAÇÃO DA MIOGLOBINA NOS TÚBULOS RENAIS. cujas hérnias são identificadas apenas ao exame físico. (C) Refaria o exame de abdômen 4 horas após.UNIFESO .Zedélio. na direção do canal inguinal) indica compressão dos nervos e do próprio músculo cremaster. (B) A paciente encontra-se no estágio D. Apresenta hematúria. (D) Na percussão da região evidenciaria hipertimpanismo. O exame físico foi normal. (E) O componente da insuficiência renal aguda neste caso é somente o pré-renal. Pacientes diagnosticados com Hérnia inguinal e que se encontram assintomáticos são hoje fruto de debates acerca da melhor conduta a ser tomada: indicar a cirurgia ao momento do diagnóstico ou esperar o aparecimento de sintomas? No exame físico do paciente com hérnia inguinal. carvedilol.

sinalizam fortemente para a possibilidade de D. e aparece mais a direita. com ileostomia e fechamento do coto retal. é caracterizado por dilatação súbita do colo. Acreditando ser a hérnia de origem traumática. ciclos freqüentes de melhora e agravo. apenas sangue PERDA ESTIMADA DE FLUIDOS E SANGUE CLASSE I CLASSE II CLASSE III CLASE IV (A) O paciente provavelmente tem megaesôfago de origem chagásica. (D) O paciente apresenta pericardite purulenta. de Crohn. com aparecimento de abdome agudo. em modelos animais de colite. Klinklosch. Disfagia e emagrecimento imediatamente sugerem a localização do problema no esôfago e a concomitância de cardiomegalia. (D) Síndrome de Olgive. descreveu a linha semilunar e. em 1764. de Cronh. FÁCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 37. (C) Dilatação súbita do cólon secundaria a intoxicação por mercúrio. seu tratamento é cirúrgico e implica em realizar colectomia total. levando ao choque e com alta mortalidade associada. na maioria absoluta dos pacientes tratados. (E) Síndrome de Olgive – Mattox O megacolon tóxico ocorre tanto na retocolite ulcerativa quanto na Doença de Cronh. hipertensão arterial ou cirurgias previas. Paciente do sexo masculino. relata mal sua historia patológica nos informando que trata “coração grande” a cerca de 3 anos. sendo o primeiro a descrever a formação de uma Hérnia na linha semilunar. evoluindo para perfuração e peritonite difusa. de cor parda. a infestação com Trichuris suis provocou ao longo de 24 meses.lateral do abdome. uma recente e inovadora proposta em relação ao tratamento é a utilização de helmintos para modular a resposta inflamatória reduzindo os sintomas e a necessidade de medicação.UNIFESO . da entrada no pronto de socorro com importante politraumatismo. (B) O paciente tem abscesso pulmonar. anatomista de Pádua. veio ao ambulatório de Cirurgia com queixa de disfagia e emagrecimento. interrupção das queixas e suspensão das medicações. de 50 anos. C – cristalóides e S – sangue. Adrian Van der Spiegel (1578 – 1625). (B) Dilatação súbita do cólon secundaria a retocolite ulcerativa. numa região entre a linha semilunar e a borda lateral do músculo reto do abdome. com alta mortalidade associada. descrever a Hérnia de Spiegel. (3/1) <750 <15% <100 N 750-1500 15-30% >100 N D 20-30 20-30 MA C 1500-2000 30-40% >120 D D 30-40 5-15 A/C CeS >2000 >40% >140 D D >35 0 C/L CeS N ou A 14-20 >30 LA C (A) Súbita do cólon secundaria a intoxicação por Dilatação organofosforados. com leve predomínio do sexo masculino nestas faixas etárias. A faixa etária mais acometida se localiza entre 40 e 70 anos de idade. hipotensão e choque. Qual a Hérnia é considerada uma apresentação pouco freqüente de Hérnia da parede abdominal. a infestação Helmíntica melhora o quadro clinico. (E) O paciente apresenta tumor neuroendócrino de mediastino. com também esta população apresenta um baixo índice de infestação por helmintos. SAN. FÁCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 34. 40 de freqüência respiratória e pressão arterial de 70/ 0. J F Urban Jr.Teste de Progresso 2011 MEDICINA (C) Taenia solium (D) Endolinax nana (E) Trichuris suis Pág 9 de 12 32. de Chagas com megaesôfago e cardiomegalia. Em relação ao divertículo de Zenker podemos afirmar que: Classificação do Choque. DIFÍCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 35. junto a sua região de origem. VOL. em 1746. Paciente vitima de atropelamento em via pública. ocorrendo na parede antero. onde relacionaram a industrialização e o desenvolvimento sócio econômico a uma incidência aumentada da D. J V Weinstock publicaram na revista “Gut” em 2004 o artigo “Trichuris suis therapy in Crohn’s disease”. qual o verme utilizado? (A) Trichuris tricura (B) Ascaris Lumbricoides (A) Sua localização é no esôfago médio. traz consigo RX de tórax de qualidade questionável que mostra apenas um alargamento mediastinal (interroga possível nível hidroaéreo no mediastino). FÁCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 33. 25% dos pacientes são diagnosticados com sinais clínicos de estrangulamento ou encarceramento. em pacientes com D. com baixíssima incidência de bilateralidade ou mais de uma herniação por lado. ocorrendo na parede antero. natural do sul da Bahia. La Chause . com comprometimento mediastinal. (A) Hérnia de Spiegel (B) Hérnia de Strudel (C) Hérnia de Fromnn (D) Hérnia de Franz (E) Hérnia de Frommell A Hérnia de Spiegel é considerada uma apresentação pouco freqüente de Hérnia da parede abdominal. A Doença de Crohn representa um desafio para o clinico e cirurgião pela dificuldade terapêutica. com 160 de freqüência cardíaca.lateral do abdome. A incidência da hérnia é discretamente maior no sexo feminino. PULSO PA PRESSÃO mmHg FR DIURESE ml/h SNC REPO. Marque a melhor alternativa: (A) III e 6 litros de cristalóide (B) V e 8 litros de cristalóide (C) IV e 6 litros de cristalóide (D) VIII e 10 litros de cristalóides (E) V e não é feito cristalóide. perfuração e peritonite. Defini-se megacolon tóxico como: PERDA (ml) % VOL. foi o primeiro a de forma definitiva. Toda Hérnia de Spiegel é de tratamento cirúrgico. numa região entre a linha semilunar e a borda lateral do músculo reto do abdome. FÁCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 36. sendo raros os descritos casos em crianças e adolescentes. . Qual a classificação do choque e a quantidade de cristalóide feita inicialmente para este paciente? R W Summers. os helmintos intestinais de forma rotineira agem atenuando a resposta imune intestinal dos seus hospedeiros e. nega diabetes. R Thompson. diurese zero e com equimose em tórax e abdome. D E Elliott. desenvolvendo abdome agudo. (C) O paciente apresenta perfuração de esôfago e mediastinite crônica.

(D) É um quadro hemorrágico intestinal baixo idiopático. se tornando ferramenta na assistência. passando por CIUR e parto prematuro. (D) Sua localização é no esôfago distal. colo ascendente e transverso secundário a cirurgias abdominais. (D) No momento da produção máxima de progesterona. (E) Gangrena de Reinolds. seja endoscópico ou cirúrgico. após sua “morte”. Este sinal clinico é considerado o principal motivo para o diagnostico precoce deste tipo de câncer no qual. FÁCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 38. O tabaco leva a vaso constrição e elevação temporária da pressão arterial. (C) Maior incidência de abortamento. Nível de Dificuldade: Dificil Ginecologia e Obstetrícia (A) Adenomiose. (C) Não se identifica ainda. (D) É também conhecida como síndrome de Soto ou Ruvacalba – Myhre – Smith. leva a diarréia. da ausência do relaxamento do músculo cricofaríngeo quando da presença do alimento na hipofaringe. onde a identificação precisa dos componentes genéticos orienta desde o tratamento ate a prevenção nos familiares. .Teste de Progresso 2011 MEDICINA (D) Doença inflamatória pélvica. O estudo da genética relacionada aos tumores há muito deixou o campo dos laboratórios e ensaios científicos. Em um ciclo com 36 dias de duração. (C) Sua localização é na parede postero-inferior da faringe. sendo o conhecimento destes dados importantes no aprendizado e tratamento destas neoplasias. eritema. a ovulação costuma ocorrer: (A) Celulite clostridiana (B) Gangrena gasosa (C) Gangrena Streptocócica (D) Gangrena de Brewer. (E) Todas as alternativas são válidas. diversas causas orgânicas e somente depois aparecem a hiperplasia e Ca de endométrio. A infecção de partes moles caracterizada por levar rapidamente a evolução de febre. A Dismenorréia secundaria é quando a dor vem como conseqüência de um outro fator primário e portanto é um fenômeno secundário a uma outra causa. principalmente as pélvicas (em especial urológicas e/ou ginecológicas) cujo tratamento é a descompressão do colo. Assim. Tabagismo durante a gestação pode trazer como conseqüências: (A) É fundamentalmente disabsortiva. na maioria das mulheres. indo à gangrena difusa em até cinco dias é: (A) Dor hipogástrica. (E) Endometriose. (E) Sua localização é duodenal. A causa mais comum é o endométrio atrófico seguida pelos pólipos. NORMAL CLÍNICA CIRÚRGICA 41. NORMAL CLÍNICA CIRÚRGICA 40. O corpo amarelo (corpo lúteo) tem uma vida útil de 12 dias e regride e atrofia após este período. existe uma queda rápida e acentuada da concentração dos hormônios por ele produzidos (estradiol e progesterona). O divertículo de Zenker é fruto da falta de coordenação durante a deglutição. sonolência e topor. o diagnostico é feito no estádio clinico I. DIFÍCIL CLÍNICA CIRÚRGICA 39. bem como a quadros diarréicos. mas seu efeito é cumulativo. (C) Metrorragia. A principal causa da dismenorréia secundária é: (A) Menor desenvolvimento fetal. (E) Antes da produção máxima de estrogênio. (C) Pseudo obstrução colônica que produz distensão. A endometriose é considerada a principal e mais freqüente causa primaria de dismenorréia secundaria. (E) Dor hipogástrica e sensação de tumor abdominal. (B) Maior incidência de parto prematuro. a segunda fase do ciclo é fixa e dura 14 dias (12 + 2) e a variação na duração do ciclo se dá pela variação da primeira fase. Ou seja a ovulação ocorre sempre 14 dias antes da menstruação. É importante atentar no entanto que o câncer de endométrio não é a causa mais freqüente de sangramento na pós menopausa. (B) Sensação de tumor abdominal. Nível de Dificuldade: Normal Ginecologia e Obstetrícia 42. trombose vascular do subcutâneo e síndrome tóxica em 24 h. especialmente na pós menopausa. (C) Aderências pélvicas. (B) Retro-versoflexão uterina. O carcinoma do corpo uterino se manifesta mais freqüentemente por: (A) Cerca de 50% do total de câncer coloretal esta associado à HNPCC. O câncer do corpo uterino se manifesta principalmente e precocemente por sangramento genital. (C) No meio do ciclo. (E) Tumor de colon metastático Olgive descreveu um quadro de dilatação de ceco. miomas. Nível de Dificuldade: Normal Ginecologia e Obstetrícia 43. Em relação ao Câncer Colo retal Hereditário não Polipóide (HNPCC). A característica marcante da gangrena Streptocócica é que a síndrome tóxica antecede o aparecimento da gangrena difusa. (B) 90% das mutações ocorrem em hMLH1 e hMSH2. Nível de Dificuldade: Dificil Ginecologia e Obstetrícia 44. principalmente em relação a tumores de mama e de colo. primário. Pág 10 de 12 (B) Sua localização é no bordo retroperitoneal do colon direito. (B) Esta relacionada à sintomatologia neurológica. principalmente de colo direito e ceco. Como conseqüência cerca de 2 dias depois existe uma hemorragia por deprivação hormonal. (D) Piométrio. Por isso ele causa desde abortamento ate morte intrauterina e neonatal. Sobre a síndrome de Olgive podemos afirmar que: (A) Cerca de 14 dias após o início da menstruação (B) Cerca de 14 dias antes do início da menstruação seguinte. (D) Maior incidência de morte fetal e neonatal. Assim sendo. o local exato das mutações genéticas. mas ele deve ser sempre pensado e investigado. (E) É também conhecida como síndrome de Boot – Root. marque a alternativa correta: Dismenorréia primaria é quando a cólica menstrual ocorre sem uma causa aparente e portanto é considerada como um fator causal.UNIFESO .

(B) Distúrbios da coagulação. rico em imunoglobulinas e o muco cervical que é uma verdadeira barreira imune impedindo a ascensão de bactérias para acima do orifício interno do colo. fato este que pode acontecer especialmente no momento do parto. A oligodramnia e o Doppler. pelo fenômeno de centralização. (C) Hiperprolactinemia. (D) Dopplerfluxometria. provavelmente. Nível de Dificuldade: Fácil Ginecologia e Obstetrícia 50.Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 11 de 12 45. (C) Cardiotocografia intra parto. Ao toque.Coombs direto negativo. paciente afebril. Nível de Dificuldade: Normal Ginecologia e Obstetrícia 49. (C) Trata-se. (B) As chances de ser abortamento por aneuploidia do concepto são pequenas. Alem do mais existe um mecanismo imunológico especialmente por um transudato das paredes vaginais. em vista de ter ocorrido na fase inicial da gravidez. (C) Infecção amniótica. compatível com o tempo de atraso menstrual. já que a dilatação do orifício interno associada a dor e sangramento na gravidez de primeiro trimestre caracteriza o abortamento inevitável. (E) RN RH positivo – Coombs indireto positivo A administração materna de imunoglobulina anti-Rh visa impedir que o sistema imunológico da mãe seja estimulado a produzir anticorpos anti Rh. Devemos internar esta paciente para observação rigorosa. se baseia no fato de que o endométrio só responde a um progestágeno após uma ação previa dos estrogênios. Das hipóteses clinicas apresentadas entre as alternativas acima. . até que iniciou com pequeno sangramento vaginal. sem se notarem restos ovulares. trata-se de um quadro de abortamento inevitável devido ao sangramento e dilatação do colo. tecido rico em elementos de degradação da fibrina e conseqüente liberação de tromboplastina na circulação materna levando a quadro de fibrinólise primaria. (C) RN Rh negativo-Coombs direto positivo. Assinale a alternativa correta com relação ao crescimento e desenvolvimento de Maria Clara: (A) Oligodramnia. podendo a paciente retornar para casa. (B) Anovulação. O teste da progesterona. considerando-se que a gestação anterior foi normal. Os dados clínicos permitem afirmar: (A) Manutenção do pH vaginal baixo graças à metabolização da glicose pelos bacilos de Doderlein (B) Integridade anatômica dos genitais (C) Presença de imunoglobulinas A na superfície da mucosa vaginal (D) Lisozimas no muco cervical (E) Todas as acima. chamado indireto quando medimos a taxa de anticorpos no sangue materno e denominado Direto quando fazemos essa medida no sangue do cordão umbilical. o pH acido e a espessura do epitélio vaginal multiestratificado. A conseqüência é que alem da morte fetal ocorre também a morte placentária. (D) RN Rh positivo. Os mecanismos vaginais de defesa são os responsáveis por manter e proteger a vagina de infecções. mostrando diminuição do fluxo diastólico nas artérias umbilicais. Última menstruação normal há oito semanas. Nível de Dificuldade: Difícil Ginecologia e Obstetrícia 51. mostrando centralização fetal. mede 80 cm. o mais fidedigno para o diagnóstico de Sofrimento Fetal Agudo é: (A) Causa canalicular. (D) O quadro clínico caracteriza ameaça de aborto. são importantes para o diagnostico do sofrimento crônico. pela presença de desacelerações tardias. Nível de Dificuldade: Difícil Ginecologia e Obstetrícia 48. durante o exame ginecológico. observando-se sangramento vaginal em moderada quantidade. Para o Sofrimento fetal agudo. Paciente com 37 semanas de gestação (pela USG de 9 sem). Ele é composto de 2 fatores principais. (B) Apresenta crescimento e desenvolvimentos normais. mas como não houve sua rotura não ocorreu a formação do corpo amarela e não ocorreu a deprivação hormonal natural após a morte do folículo. (E) Miastenia gravis. Nível de Dificuldade: Dificil Ginecologia e Obstetrícia 46. medida feita pelo teste de Coombs. descarta abortamento incompleto. necessitando apenas de repouso. modernamente chamado de Crescimento intrauterino restrito. fonte dos estrogênios. Dos parâmetros de avaliação da vitalidade fetal. só pode ser administrado se a gestante não estiver sensibilizada.UNIFESO . especialmente este ultimo. a CTG tem sido o mais importante teste dinâmico de avaliação intraparto. (A) Apresenta atraso de crescimento e atraso global de desenvolvimento. (B) Avaliação pelo sonar Doppler. referindo teste de gravidez de urina positivo há duas semanas. (D) Embolia amniótica. de abortamento inevitável. refere parada da movimentação fetal há quatro semanas quando realizou USG que mostrou feto morto. Maria Clara é uma pré-escolar de 3 anos. Mulher de 37 anos. colo amolecido com dilatação de cerca de 1 cm. (E) Ausência de restos ovulares na vagina. Imunoglobulina Anti-Rh D deve ser utilizada no período pós-parto em puérpera Rh Negativo e: (A) RN Rh positivo. Não procurou hospital por medo (SIC). baseada na presença de desacelerações tardias na curva de batimentos cardíacos fetal. que pesa 11Kg. Ao exame físico. um parto há 4 anos com nascimento de criança normal. Nível de Dificuldade: Normal Ginecologia e Obstetrícia 47. (D) Sinéquias uterinas. (B) RN Rh negativo. não anda sem apoio e apenas fala pequenas palavras sem formar frases. Trata-se de um caso com ovo morto retido por uma longa duração.Coombs direto positivo. pois há dilatação cervical e sangramento. procura atendimento em pronto-socorro com queixa de sangramento vaginal há cerca de uma hora.Coombs direto negativo. mas somente após a queda da progesterona ministrada. pois o principal risco para ela é o de: (A) Trata-se de um abortamento completo. útero de volume aumentado. Assim sendo. que consiste na administração de progesterona e observar a menstruação ate 10 dias depois. Dos mecanismos abaixo descritos qual é o responsável pela defesa dos genitais contra infecção? (E) Dopplerfluxometria. Assim o teste da progesterona positivo indica que houve um folículo ativo prévio. A causa mais provável da amenorréia é: (A) DPP com hemorragia cataclísmica. (E) Obesidade. Assim o ambiente adequado para a administração da imunoglobulina anti Rh é RN Rh (+) e Coombs indireto e direto negativo. Paciente com amenorréia secundária há sete meses. menstruou após uso de progesterona.

(C) Azitromicina. (B) Ganciclovir. o tratamento e exclusivamente sintomático e consiste na prescrição de antitérmicos e analgésicos com o objetivo de garantir o conforto do paciente durante a doença. Exame físico: orofaringe hiperemiada apresentando úlceras em palato mole e lojas amigdalianas. raiz nervosa. fígado palpável a 3. (D) Bacterioscopia e cultura da secreção faríngea. quais deveriam ser pedidos para triagem de tal suspeita? 53. Nível de Dificuldade: FACIL PEDIATRIA 52. A questão descreve um lactente com quadro de faringoamigdalite. que consiste de levantar-se do chão fixando cada segmento dos membros em extensão. O diagnostico pode ser confirmado através da presença de anticorpos para o vírus Epstein Barr. (C) Dosagem sérica de creatinofosfoquinase. junção mioneural e músculo. Lactente de 20 meses é levado a serviço de prontoatendimento devido a quadro de febre alta (39 graus Celsius) e vômitos há 48 horas. além de quedas freqüentes e dificuldade para correr e subir escadas. (B) Radiografia de quadril em dupla abdução. mais verticalizado. Pode ocorrer exantema em 10-15% dos casos. que se acompanha de báscula da bacia. (D) Apresenta atraso de crescimento e desenvolvimento da linguagem normal. principalmente creatinofosfoquinase (CPK). Nível de Dificuldade: DIFICIL PEDIATRIA (A) Aspirado de medula óssea. ainda. Antônio é um menino de quatro anos de idade. Qual a hipótese diagnóstica provável? (A) Pneumotórax. Sob a denominação genérica de doenças neuromusculares. O quadro descrito no enunciado e bastante sugestivo das doenças neuromusculares. exsudato amigdaliano. além de orientação aos pais. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA 54. Atualmente a mononucleose infecciosa e considerada uma síndrome. Esta criança tem evidente atraso de desenvolvimento motor e de linguagem já que. (E) Penicilina Benzatina. Dada a relativa benignidade da doença e a ausência de terapia especifica.Teste de Progresso 2011 MEDICINA Pág 12 de 12 (C) Apresenta crescimento normal. como no caso apresentado. entretanto em algumas situações. Dr. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA 55. linfonodomegalia. Júlia tem dois anos e este ano é a terceira vez que apresenta pneumonia. foi levado a consulta de pediatria de rotina. (B) Sorologia para vírus da dengue.5 cm do RCD e baço a 2. no primeiro ano de vida. A conduta indicada nesse caso. as crianças andam dos 12 aos 18 meses e já formam frases simples com dois anos. (B) Pneumatocele. Na investigação das doenças neuromusculares. No segundo ano. (D) Aspiração de corpo estranho. em geral. os valores dos níveis de CPK podem ajudar a diferenciar o comprometimento muscular primário. adenomegalia cervical anterior e posterior. Pela presença de exsudato amigdaliano pode ser difícil a diferenciação da faringoamigdalite de etiologia bacteriana.UNIFESO . O diagnostico diferencial das faringoamigdalites agudas e extenso e por vezes muito difícil. Esta localização e facilitada pela posição anatômica do brônquio fonte direito. as evidencias clinicas são suficientes para se chegar ao diagnostico com razoável precisão. (C) Sorologia para vírus Epstein-Barr. do secundário. (C) Pneumonia atípica. dificuldade para levantar do chão. Aspiração de corpo estranho e causa freqüente de pneumonia de repetição sempre na mesma localização (geralmente base direita). O médico suspeita de importante doença pediátrica. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA . o lactente cresce em torno de 24 cm e ganha aproximadamente 6000g. (D) Hemograma completo e dosagem de ferro sérico. (E) Teste rápido para pesquisa de estreptococo do grupo A. O exame laboratorial indicado para confirmação do diagnóstico é: (A) Dosagem de cálcio. Os sintomas prevalentes nesta doença são febre. ou neurogênico por acometimento do neurônio motor periférico. com atraso global (motor e linguagem) do desenvolvimento. Dentre os exames abaixo. Nas crianças deambulantes. agrupam-se diferentes afecções decorrentes do acometimento primário da unidade motora. Exame físico: edema palpebral. cresce cerca de 12 cm e ganha em torno de 2500g. da bacia e da coluna acarreta acentuação da lordose lombar e o característico sinal do levantar miopático (sinal de Gowers). Pedro observa que a imagem radiológica de condensação é sempre em base direita. (E) Radiografia de joelhos e pés. (D) Sintomáticos. está andando na ponta dos pés e dificuldade de subir escadas. da eletromiografia (EMG) e da biópsia muscular. Pré-escolar é levado a consulta por apresentar febre alta há 10 dias.5 cm do RCE. O crescimento da criança depende de fatores genéticos. nas fases iniciais dos processos distróficos é comumente referida. O paciente descrito apresenta ulceras em palato e lojas amigdalianas o que sugere fortemente o diagnostico de herpangina. nervo periférico. O achado semiológico de sibilância localizada e característica. A herpangina e uma faringoamigdalite viral causada na grande maioria dos casos pelo vírus coxsackie A. De forma geral. sendo que o vírus Epstein-Barr e o responsável por cerca de 80% dos casos. ou miopático. sibilância localizada em base direita. endócrinos e ambientais. a alteração da marcha. como se a criança estivesse ascendendo sobre si mesma. O comprometimento preferencialmente proximal afetando a musculatura das coxas. ou ainda através de marcadores moleculares. fósforo e fosfatase alcalina. Apresenta. consiste na prescrição de: (A) Aciclovir. sendo o acompanhamento das curvas de crescimento de fundamental importância para a adequada interpretação dos dados antropométricos. composta pelo motoneurônio medular. (E) Apresenta apenas atraso motor. A mãe queixa-se que o menino vem apresentando quedas freqüentes. petéquias no palato. As causas neuromusculares de hipotonia são classicamente avaliadas através da determinação das enzimas musculares. (E) Malformação congênita. hepatosplenomegalia e faringoamigdalite.

(D) Penicilina benzatina e posterior acompanhamento ambulatorial. Nível de Dificuldade: FACIL PEDIATRIA 60. BI: 14. No início do quadro. A hipótese de icterícia por incompatibilidade materno-fetal e. Ht: 47%. (E) Diarréia crônica por intolerância à lactose. Qual a conduta preconizada para o recémnato? (A) Prescrever antiemético e reiniciar a TRO após 30 min. A presença de icterícia após a primeira semana de vida em recém-nascido a termo torna o diagnostico de icterícia fisiológica improvável e indica. portanto. radiografia de ossos longos. A diarréia osmótica caracteriza-se clinicamente por fezes liquidas acidas (levando a hiperemia peri-anal). além de fezes líquidas. (B) Diarréia persistente por persistência do agente infeccioso. sempre. o tratamento deverá ser feito com penicilina G cristalina.Teste de Progresso 2011 56. perfeitamente normal para sua idade. realizar: hemograma. apresentou por cinco dias vômitos e febre alta. (B) Suspender a TRO e iniciar terapia intravenosa com soro fisiológico. A alergia ao leite de vaca e causa . de anemia hemolítica e pouco provável uma vez que o recém-nascido apresenta hematócrito de 47%. Uma criança com quadro de glomerulonefrite difusa aguda deve ser mantida em observação. A icterícia do leite materno e o hipotireoidismo são causas de hiperbilirrubinemia indireta prolongada no período neonatal e o diagnostico diferencial deve ser realizado neste paciente. a qual e caracterizada pela presença de edema. (D) Trombose da veia renal e derrame pleural. (C) Diarréia persistente por intolerância à lactose. sem tratamento. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA 57. Exames laboratoriais (colhidos em regime de urgência): BT: 15. permaneceu na unidade de saúde para terapia de reidratação oral (TRO). 62mg/dL de glicose e VDRL negativo).000 UI/Kg. (B) Choque hipovolêmico e septicemia. mas tem alteração sorológica (VDRL +) devendo ser tratada.UNIFESO . dose única diária. A glomerulonefrite difusa aguda pos-estreptocócica e a causa mais comum de síndrome nefrítica na infância. O processo inflamatório na membrana basal glomerular tem como resultado a redução da filtração glomerular. flatulência e distensão abdominal. após assegurar que genitora foi adequadamente tratada. pois há risco principalmente de: (A) Acompanhamento clínico e sorológico. causada por diarréia aguda. explosivas. ictérico ate zona III de Kramer. o que acarreta um aumento da reabsorção de sódio e agua. em aleitamento materno exclusivo. (E) Prescrever procinético e manter a TRO. os quais. chega para atendimento com queixa de fezes líquidas. 60mg/de proteínas. O predomínio da fração indireta da bilirrubina e a ausência de colestase são suficientes para afastar o diagnostico de atresia de vias biliares. (E) Encefalopatia hipertensiva e insuficiência cardíaca. Um paciente de três anos de idade. podem culminar em encefalopatia hipertensiva e insuficiência cardíaca congestiva. pois se trata de passagem transplacentária de anticorpos (B) Penicilina cristalina por 10 dias. RX de ossos longos (normal). As hipóteses diagnósticas que devem ser consideradas incluem: (A) Derrame pleural e endocardite bacteriana. Recém-nascido assintomático. então. perda de peso e dor abdominal. (D) Introduzir sonda nasogástrica e iniciar a TRO por gastróclise. vomitou três vezes. O diagnóstico mais provável é: (A) Atresia de vias biliares e hipotireoidismo (B) Icterícia do leite materno e hipotireoidismo (C) Icterícia fisiológica e icterícia do leite materno (D) Icterícia fisiológica e incompatibilidade materno-fetal (E) Incompatibilidade materno-fetal e atresia de vias biliares A questão descreve um recém-nascido com icterícia prolongada e predomínio de bilirrubina indireta. Em caso de vômitos a primeira medida e aumentar a freqüência e reduzir o volume de cada dose de soro oral. por via endovenosa. ou penicilina G procaína 50. previamente hígido. Como conseqüência ocorre edema. Deve-se administrar 50 a 100 ml/kg de soro para reidratação num período de 4 a 6 horas. a necessidade de investigação desses pacientes. hipertensão arterial e congestão circulatória. Se houver alterações clínicas e/ou sorológicas e/ou radiológicas e/ou hematológicas. distensão abdominal e flatulência excessiva há três semanas. e levado a consulta devido a quadro de icterícia. independente do resultado do VDRL do recém-nascido. Traube livre. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA (A) Diarréia persistente por alergia ao leite de vaca. Caso não apresente melhora após a correção da técnica de administração do soro deve-se considerar. durante 10 dias. conduzindo a oligúria e aumento do volume extracelular circulante. Recém-nascido a termo com 16 dias de vida. (E) Apenas acompanhamento clínico e aleitamento materno exclusivo. durante 10 dias. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA 58. Exame físico: corado. por via endovenosa. Segundo o Ministério da Saúde todo recém-nascido filho de mãe que tenha apresentado sífilis não tratada ou inadequadamente tratada na gestação. a conduta adequada é: MEDICINA Pág 13 de 12 freqüente de diarréia crônica e esta mais associada à diarréia menos intensa com presença de sangue. IM. A criança em questão e assintomática. durante 10 dias. hematuria e hipertensão. Nível de Dificuldade: MEDIO PEDIATRIA 59. se houver alteração liquórica. (C) Insuficiência renal crônica e miocardiopatia. (C) Penicilina cristalina por 14 dias. vários episódios por dia. não tem alterações radiológicas ou liquóricas. levando a uma diarréia osmótica. fígado palpável a 1cm do RCD. Um lactente com desidratação moderada.1mg/dl. (D) Diarréia crônica por alergia ao leite de vaca. foram solicitados os seguintes exames no RN: hemograma (sem alterações). mas como genitora não fez pré-natal e teve VDRL positivo de 1/32. Na primeira hora de administração. o tratamento deverá ser feito com penicilina G cristalina.8mg/dl. punção lombar. a administração do soro por sonda nasogastrica ou hidratação venosa. principalmente por rotavirus. em que há grande agressão a mucosa intestinal com prejuízo da digestão de carboidratos. (C) Diminuir o volume das doses e aumentar a freqüência da administração. O quadro diarréico que dura entre 15 e 30 dias e classificado como diarréia persistente e sua principal etiologia e a intolerância a lactose Este quadro ocorre freqüentemente após um quadro de diarréia aguda. A OMS preconiza que crianças que apresentem desidratação leve a moderada por doença diarréica devem receber terapia de reidratação oral sob supervisão no serviço de saúde. VDRL sérico (1/16) e líquor (três células mm. Nesse caso.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful