Você está na página 1de 16

LETRANOVA

Publicação livre e informativa de cultura e assuntos profissionais

Ano I

-

Número 05

- Dezembro/2007

EDITORIAL

Conquistamos nosso primeiro apoio cultural

EDITORIAL Conquistamos nosso primeiro apoio cultural C hegamos à quinta edição. A cada número da LETRA

Chegamos à quinta edição. A cada número da LETRANOVA

procuramos trazer alguma inovação. Seja na linha editorial, seja na diagramação, nas fotografias e ilustrações, nos temas, nos textos, nas

participações especiais

Enfim, nesta edição de dezembro, trazemos a

boa nova de que a partir de agora a Revista contará com o apoio cultural da Livraria Virtual CLIQUELIVROS. Esperamos que seja o primeiro apoio cultural, entre outros que ainda surgirão e que nos ajudarão a manter a LETRANOVA sempre nova e sempre viva. Estamos aí, abertos a novas propostas e a novos apoios, afinal o objetivo é que a revista perpetue e aumente seu público leitor. Tratando, agora dos temas desta edição, abordaremos a educação, a cidadania, a aposentadoria, a liderança estratégica, a hora do conto, e a poesia da hora. E tem mais: indicação de filme,

leitura fundamental, prestação de serviço, classiNOVA , vamos interagir, , indicação musical e muito mais. Assim, esta edição é mais que especial, pois tem diversas sessões que não havia nos números anteriores. É mais que especial, é de Natal. E por falar em Natal, que todos estejam e sejam felizes e que este sentimento possa perdurar por todo o ano vindouro.

CAMPANHA entre Profissionais

Envie o link da LETRANOVA para seus amigos

“A presunção – tão desculpável e divertida nos moços – é o mais certo sinal de burrice nos velhos. O verdadeiro fruto da árvore do conhecimento é a simplicidade. “ (Mário Quintana)

Sumário

2

Tipos de delitos relacionados ao tráfico de seres humanos: o tráfico de trabalhadores

O tráfico internacional de trabalhadores ou aliciamento para o fim de emigração é um dos tipos de delitos associados ao tráfico de seres humanos, tema tratado na edição anterior. Este crime está previsto no nosso Código Penal, que no artigo 206. Página três

LINK PARA ARTIGO CIENTÍFICO

Nesta edição, a LETRANOVA indica

um link. Trata-se de um artigo de W. Glenn Rowe, cujo título é Liderança

Estratégica

e

Criação

de

Valor,

publicado

na

Revista de

Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, volume 42, n.1, jan./mar.2002, p.07-19. Página quatro

A Hora do Conto

O SEQUESTRO

Os quatro homens sentaram-se à mesa nos fundos do bar. Bem vestidos, com cara de poucos amigos, só começaram a falar depois que o

garçom trouxe a cerveja e se afastou. Depois de algum tempo apenas um deles falava, parecendo dar ordens Página sete

QUALIFICANDO A EDUCAÇÃO

MELHORANDO O CIDADÃO

O processo de educação, hoje, muito mais do que em qualquer outro momento,

pode ser identificado como o processo de construção da cidadania. Você cidadão do Brasil, é por extensão cidadão do mundo. Já parou para pensar na implicação lógica e na dimensão desta constatação?

Tudo começou na medida em que deixamos de ser

Página nove

MONOGRAFIA

A Evolução das Mulheres no Mercado de Trabalho: um levantamento de percepções de graduandas em administração

Página doze

“O lugar da alma é onde se tocam o mundo interior e o exterior. Porque ninguém se conhece, a si mesmo, se é só ele mesmo e não também o outro, ao mesmo tempo.” (Novalis)

3

ARTIGO EM DESTAQUE

Tipos de delitos relacionados ao tráfico de seres humanos: o tráfico de trabalhadores

O tráfico internacional de trabalhadores ou aliciamento para o fim de emigração é um dos tipos de delitos associados ao tráfico de seres humanos, tema tratado na edição anterior. Este crime está previsto no nosso Código Penal, que no artigo 206 define-o como “recrutar trabalhadores, mediante fraude, com o fim de levá-los para território estrangeiro”. A pena para tal ato criminoso está prevista na Lei 8683 de 15/07/1993, que determina detenção no período de 1 a 3 anos, e multa.

determina detenção no período de 1 a 3 anos, e multa. Outra figura correspondente ao mesmo

Outra figura correspondente ao mesmo delito é o tráfico

interno de trabalhadores ou aliciamento de trabalhadores de um local para outro do território nacional, que está previsto no art. 207 do Código Penal: “aliciar trabalhadores com o fim de levá-los de uma para outra localidade do território nacional”. A pena é igual à aplicada para o tráfico internacional e já colocada acima. Em seu parágrafo primeiro ainda detalha que “incorre na mesma pena quem recrutar trabalhadores fora da localidade de execução

do trabalho, dentro do território nacional, mediante fraude ou cobrança de qualquer

quantia do trabalhador, ou, ainda, não assegurar condições do seu retorno ao local de

origem.”. Ressalte-se que a pena aumenta em um sexto ou um terço se a vítima do tráfico for criança, adolescente, idoso, gestante ou portadora de necessidades especiais físicas ou mentais.

De acordo com a definição de trabalho formulada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) este é “o conjunto de atividades humanas, remuneradas ou não, que produzem bens ou serviços em uma economia, ou que satisfazem as necessidades de uma comunidade ou provêm os meios de sustento necessários para os indivíduos”. Se refletirmos detidamente sobre esta definição, de cara iremos perceber que se prescinde do vínculo empregatício para qualificar o crime de tráfico de trabalhadores, pois este se dá pelo trabalho executado, incluindo-se, portanto, o trabalho no comércio sexual, no narcotráfico e no contrabando.

Conforme as colocações do Instituto Brasileiro de Inovações Pró-Sociedade Saudável/Centro – Oeste, “é importante lembras que, quanto menor o número de vagas no mercado de trabalho formal mais os trabalhadores são jogados na informalidade e no mercado de trabalho ilícito. É a ilicitude do trabalho que vulnerabiliza de maneira fundante a capacidade de se reconhecer como cidadão de direitos, o que não lhe permite, inclusive, buscar ajuda para libertar a si mesmo e aos demais da rede do tráfico de pessoas” (p.09) 1

O tráfico de trabalhadores, seja ele nacional ou internacional, seja também com

destino ao mercado lícito ou ilegal constitui uma violência e desrespeito aos direitos humanos e aos direitos políticos, e por isso, tem sido objeto de reflexão e de

1 IBISS-CO. Tráfico de seres humanos: responsabilizar é possível. Campo Grande, IBISS-CO, 2004. 48p.

4

produção de uma extensa legislação na tentativa de combate. Há tratados internacionais, resoluções da ONU, legislação nacional, estadual, entre outras. O assunto é tão grave a ponto de ter sido pauta da reunião do G8 em maio de 1998.

Entende-se, por fim, que o processo de globalização também foi acompanhado pelas redes de tráfico de trabalhadores, que hoje operam internacionalmente, e por que não dizer, internacionalmente e mundialmente, utilizando-se inclusive de tecnologias da globalização como o “celular” e a “internet” como instrumentos de aliciamento de trabalhadores.

como instrumentos de aliciamento de trabalhadores. Se você se interessou em saber mais sobre o assunto,

Se você se interessou em saber mais sobre o assunto, e até quem sabe participar de alguma organização de combate ao tráfico de trabalhadores, como uma forma de fazer sua parte para o avanço do respeito aos direitos humanos no Brasil, entre em contato com a Rede Social de Justiça e Direitos Humanos, através do e-mail rede@social.org.br ou acesse o site www.social.org.br

A indiferença é o cenário para a injustiça, para a impunidade e para o avanço do tráfico de trabalhadores. Você não vai querer ficar indiferente, vai?

Edner Braga, psicólogo, mestre em gestão de pessoas, professor universitário e consultor.

LINK PARA ARTIGO CIENTÍFICO

Nesta edição, a LETRANOVA indica um link. Trata-se de um artigo de W. Glenn Rowe, cujo título é Liderança Estratégica e Criação de Valor, publicado na Revista de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, volume 42, n.1, jan./mar.2002, p.07-19.

Rowe é doutor em administração pela Texas A&M University. Professor e reitor associado do programa de pós-graduação e pesquisa da Faculty of Business Administration da Memorial University

Faculty of Business Administratio n da Memorial University of Newfoundland (Canadá). O artigo tem como

of

Newfoundland (Canadá).

O

artigo tem como objetivo definir os diferentes conceitos de

liderança estratégica, gerencial e visionária, e além disso, analisar os diferentes vínculos entre esses três tipos de liderança e a criação de valor.

Para o autor, líderes estratégicos são aqueles que visam objetivos, e sem impor ordens, incentivam seus funcionários a tomarem decisões que alcancem essas metas. Isso em longo prazo, e sem pôr em risco os lucros mensais dos acionistas. Esses líderes estão preocupados com a viabilidade futura e a estabilidade atual da organização.

5

Líderes gerenciais estão sempre na rotina, normalmente se perpetuam no cargo, fazendo com que os processos sejam cumpridos mediante as gratificações ou punições. Estão sempre seguindo normas e têm um estilo linear, buscando sempre a estabilidade financeira da organização em curto prazo. Não investem em mudanças, fazem o que é determinado pelos ambientes interno e externo da organização.

Já, os líderes visionários delegam poderes e correm riscos, tanto de conquistar mais poder, quanto de deixar um subordinado equiparar poder com ele. Molda idéias ao invés de se opor a elas. Tem bom relacionamento, conversa, discute e debate opiniões, e com isso, podem causar grande problemas, como desordem, podendo gerar resultados negativos ou positivos. Procuram a viabilidade da organização em longo prazo, querem inovar e mudar para agregar valor.

A criação de valor é também um tópico abordado pelo autor. Para ele, os líderes

gerenciais manterão na melhor hipótese, o nível de valor gerado no passado, mas com o transcorrer do tempo, podem destruir lentamente esse valor se o seu estilo predomina na organização.

Os líderes visionários podem ou não criar valor, e criando estarão exercendo um

estilo raro e difícil de ser copiado por outras organizações.

E por fim, os líderes estratégicos por se preocuparem com a estabilidade financeira

atual e a viabilidade futura da organização, tomam decisões que elevam ao máximo

o retorno sobre o investimento, e assim, criam valor para sua organização.

O autor conclui que liderar e gerenciar não são tarefas fáceis, mas é possível para

uma massa crítica em organizações que não perderam o controle estratégico.

Os executivos devem começar a se verem como líderes estratégicos, com a necessidade de aceitar e conciliar líder visionário e gerencial, pois os estratégicos sonham e tentam concretizar seus sonhos, sendo uma combinação do líder gerencial, que nunca pára de sonhar, e do visionário, que apenas sonha.

O artigo pode ser melhor compreendido por administradores, gerentes, executivos e

estudantes de administração, por tratar de assuntos que se destinam à liderança e a criação de valor. A obra foi realizada através de pesquisas bibliográficas, pois o autor não cita nenhum tipo de estudo empírico sobre o tema tratado, e baseia-se em vários autores tais como Mintzberg, Pfeffer, Sellers e outros.

O acesso

ao

artigo

na

íntegra

pode

Resenhado por Flávia da Silva Sales

ser

feito

através

do

“ O real não está na saída e nem na chegada, ele se dispõe pra gente é na travessia.” (Guimarães Rosa)

6

LEITURA FUNDAMENTAL

Nossa Senhora das Flores

Frequentemente considerado a obra-prima de Genet, Nossa

Senhora das Flores foi totalmente escrito na solidão de uma cela de prisão. O excepcional valor da obra repousa em sua ambigüidade. A princípio parece ter apenas um tema, a Fatalidade: as personagens

essa

Providência não é senão a uma soberana - na verdade, liberdade, a liberdade do Senhora das Flores é o mais livros. Com diabólica

- autor. Nossa pessimista dos diligência, conduz suas criaturas mesmo assim, na sua estranha decadência como um triunfo. Os que apresenta parecem ser heróis que é mais surpreendente ainda,

e fazer parte dos eleitos, e, o

do

mais deslavado otimismo. As autorida des penitenciárias francesas, convencidas de que o "trabalho é a liberdade", distribuem aos prisioneiros papel para que eles confeccionem sacolas: foi nesse papel marrom que Genet escreveu, a lápis, Nossa Senhora das Flores. Um dia, enquanto os presos caminhavam pelo pátio, um guarda entrou na cela e reparou no manuscrito, e confiscou-o, para em seguida queimá-lo. No entanto, Genet recomeçou. Por quê? Para quem? Havia pouca possibilidade de conservar seu trabalho até ser solto e, menos ainda, de editá-lo; e caso, contra todas essas probabilidades, ele vencesse as dificuldades, certamente o livro seria banido, confiscado e rasurado. Nada mais interessava a Genet, exceto aquelas folhas de papel marrom que um fósforo poderia transformar em cinzas. Autor: GENET, Jean Tradução: Newton Goldman - Editora: Circulo do Livro - Ano: N/C - Formato: Capa dura, 12,5 x 21 cm - Páginas:256p - Detalhes: apresentação de Jean-Paul Sartre e pequena biografia do autor ao final. Você pode encontrá-lo em www.clilquelivros.com.

final. Você pode encontrá-lo em www.clilquelivros.com . são joguetes do destino. Porém, logo descobrimos que

são

joguetes

do

destino.

Porém,

logo

descobrimos

que

impiedosa contrapartida de divina

logo descobrimos que impiedosa contrapartida de divina à decadência e à morte. Mas, linguagem, apresenta a

à decadência e à morte. Mas,

linguagem,

apresenta

a

marginais e

os

desgraçados

o próprio livro

é

um ato

marginais e os desgraçados o próprio livro é um ato CAMPANHA entre Profissionais Fale da LETRA

CAMPANHA entre Profissionais

Fale da LETRANOVA no seu site e a LETRANOVA fala do seu site aqui.

Entre em contato através do ebraga@ebragaconsultoria.profissional.ws

“Lá fora, quando terminar a chuva, haverá sol.” (Oswald de Andrade)

7

A Hora do Conto O SEQUESTRO

Os quatro homens se ntaram-se à mesa nos fundos do bar. Bem vestidos, com cara de poucos amigos, só começaram a falar depois que o garçom trouxe a cerveja e se afastou. Depois de algum tempo apenas um deles falava, parecendo dar ordens, enquanto os demais meneavam a cabeça, concordando.

Mas se alguém tiver

meneavam a cabeça, concordando. Mas se alguém tiver - Então? Sacar am a jogada? É moleza

- Então? Sacar am a jogada? É moleza alguma dúvida, é só perguntar

-Eu tenho uma dúvida: Não enten di bem essa estória dos dois meninos sempre juntos O que parecia dar ordens voltou a falar, desta vez com mais vigor.

- Vou r epetir tudo, mais uma vez. O meu filho é esse da

fotografia. Olhem bem para ela, para não fazer bobagem na hora do seqüestro. Os

dois meninos estão sempre juntos, não se largam, e por isso o rapto deve ser feito na

saída da escola, já quase noite, quando os dois saem separados

O meu filho sempre

sai primeiro e dali a uns dez minutos sai o outro, o que vai ser seqüestrado. Vocês terão todo esse tempo para agir. Na confusão da saída da escola ninguém vai perceber coisa alguma, mas se alguém notar ou estranhar o movimento, não terá

Daí é só levá-lo para o lugar combinado e aguardar as

coragem de fazer nada

minhas ordens

O homem d a direita, que parecia ser o segundo na hierarquia do grupo, perguntou:

- Queria saber, chefe, se há chance de receber o resgate é boa mesmo, e quanto vamos

receber cada um de nós?

- As chances são excelente s, pois o pai do garoto é muito rico e adora o filho. Quanto a vocês, vão receber 5 mil pratas cada um, desde que não tenhamos nenhum acidente de percurso

O outro parcei ro, que estava mais ao fundo, parecendo ser o mais nervoso de todos,

levantou uma questão importante:

- Chefe, se, por acaso, o rapaz cr iar problemas sérios, que a gente não consiga resolver, se ele gritar demais, chamar a atenção, coisas assim, o que faremos?

- Veja bem, disse o chefe – nesse caso, se não tiverem outra saída, e para p roteger nossa identidade, podem matar o rapaz, e depois escondam o corpo, mas não o enterrem, é melhor que o encontrem nalguma beira de estrada por aí

- Outra coisa, chefe, que ainda não decidimos, disse o quarto homem, q ue até aquela hora mantivera-se calado: qual o carro que vamos usar, e as armas, virão de onde?

- As armas, disse o chefe, eu mesmo entrego para vocês amanhã cedo, antes de viaja r. Quanto ao carro, nem se discute, vão ter que roubar, e com cuidado para não serem apanhados e estragar o plano

O homem que parecia o mais ne rvoso dos quatro voltou a falar:

- Chefe, não sabíamos que ia viajar justamente no dia do “trabalh

O chefe já estava perdendo a paciência com tanta pergunta, mas re solveu explicar

novamente:

- Como vocês sabem, eu sou vizinho do rapaz que vamos seqüestrar

Será melhor eu

me ausentar, ficar uns três dias fora, e quando voltar já estará tudo feito. Ai, então, eu

Mais alguma pergunta?

o”

8

vou pedir o resgate, e como o vizinho que sou, vou prestar minha solidariedade à

É claro que minha mulher viaja comigo, mas nem desconfia de coisa alguma, e jamais poderá vir a saber desta nossa

“jogada”

cuida muito bem dele Conversaram mais alguns minutos, tomaram mais cervejas, acertaram alguns detalhes finais e foram embora, cada um tomando o seu rumo. Na volta do chefe, três dias depois, a grande surpresa.

Vou deixar meu filho com a empregada, que

família

surpresa. Vou deixar meu filho com a empregada, que família a Quando parou o carro na

a

Quando parou o carro na porta de c asa, a primeira ssoa que ele viu foi o rap z, que, a esta altura, ele imaginava seqüestrado, penando

pe

no cativeiro.

- Dr. Luiz, onde está o João? Desde que o senhor viajou não o vi mais disse que dev ia ter viajado com os pais.

O Dr. Luiz nem respondeu

Correu para casa.

- Mariana, onde está o João?

- Não sei, Dr., pen sei que tinha viajado com vocês, pois quando eu cheguei já não o

Não consegui falar com

o senhor, pois vi que tinha deixado aqui o seu telefone celular

O Dr. Luiz ficou gelado de medo. Não queria nem pensar na possibilidade que já

estava prevendo. Pegou o carro e saiu pelas ruas, alucinado, co rrendo como nunca antes, na ânsia de chegar a tempo de talvez evitar o pior. Estava angustiado, a dor no peito não o deixava respirar. O suor escorrendo pelo rosto.

encontrei, achei que estava n a escola e que voltaria a noite

Seu coração estava a mil, já antevendo uma tragédia.

A empregada

Chegou ao esconderijo, a casa estava fechada. Silêncio total. Nenhum de seus homens guardava o local.

Arrebentou a porta e entrou. Seu filho estava ali, com um enorme buraco de bala no

peito, o sangue escorrendo , manchando de vermelho a camisa

branca

Euclides Alonso é de Taquarituba, interior de São Paulo.

CAMPANHA entre Blogueiros

Fale

da LETRANOVA no seu BLOG e a LETRANOVA fa do seu BLOG aqui.

la

Entre em contato através do ebraga@ebragaconsultoria.profissional.ws

“ Não apresse o rio, ele corre sozinho” Provérbio Zen

9

QUALIFICANDO A EDUCAÇÃO

MELHORANDO O CIDADÃO

O

po

processo de educação, hoje, muito mais do que em qualquer outro momento

,

de ser identificado como o processo de construção da cidadania. Você cidadão do Brasil, é por extensão cidadão do mundo. Já parou para pensar na implicação lógica e na dimensão desta constatação? Tudo começou na medida em que deixamos de ser um mundo industrial e caminhamos muito rapidamente para uma

que o poder de transformação

estava nas mãos d queles que detinham o controle sobre as informações. Porém,

atualmente, este tipo de poder está cada vez mais enfraquecido, uma vez que todos têm acesso às inform ações sobre os fatos sociais, econômicos e políticos, através do

desenvolvimento dos meios de comunicação. No entanto, a sociedade de informação, foi substituída pela sociedade do conhecimento, em que o poder de mudanças está

nas mãos daqueles que dominam o conhecimento, e não mais daqueles que controlam as informações, já que sobre estas restam pouca ou nenhuma possibilidade

de controle.

Paralelamente ao salto de sociedade industrial para sociedade de conhecimento que modificou o exercício da cidadania, ocorreu outro salto não menos importante. Este

salto refere- se a mudança da sociedade regional para a sociedade global, que transformou-nos a todos em cidadãos do mundo. Para uma primeira tentativa de

compreender isto, basta lembrar dos avanços no campo das telecomunicações, da informática, do fax, da internet, da parabólica, TV à cabo, agora, TV Digital, CD, VCD, DVD, e tantas outras. Isto nos impõe quer gostemos ou não, a necessidade de aprendermos linguagens e visões compartilhadas mundialmente.

É a capacidade de lidar c om este universo de novos símbolos que definirá a

qualidade do exercício da cidadania.

A qualidade do cidadão é que defini rá a qualidade da gestão administrativa e o

compromisso com os bens e serviços públicos. Em resumo, é a qualidade do cidadão que determinará a qualidade das ações de seus

governantes. Então pense: não seria a qualidade da educaç ão que determinaria a qualidade do cidadão? Para responde r a esta questão devem pensar se a Educação praticada no Brasil tem melhorado o exercício da nossa cidadania. Se o processo educacional brasileiro prepara v ocê ou seus filhos para lidar com as linguagens que se impõe no mundo atual, e prepara você ou seus filhos para serem cidadãos do mundo.

Não basta dizer que todos vão à escola, que não falta escola para seu filho, pois esta é uma etapa básica que já deveria estar vencida (e na verdade não es

tá ainda). Mas você já parou para pensar na qualidade da educação

que você ou seus filhos têm recebido? Esta educação tem acompanhado os avanços tecnológicos que melhoram e facilitam o aprendizado? A escola que você ou seus filhos freqüenta utiliza adequadamente os equipamentos e recursos tecnológicos disponíveis na atualidade, e prepara os alunos para serem futuros

tecnológicos disponíveis na atualidade, e prep ara os alunos para serem futuros sociedade de informações em

sociedade de informações em

a

tecnológicos disponíveis na atualidade, e prep ara os alunos para serem futuros sociedade de informações em

10

cidadãos conscientes das dimensões de um mundo cada vez maior e mais interligado? Lembre-se que no futuro só terá trabalho quem dominar conhecimento. A educação que recebemos aponta neste sentido, ou determina que você ou seus filhos estejam afastados dos processos produtivos do futuro? E muito importante e oportuno pensar nisto, pois devemos propor ou aderir a propostas e políticas educacionais modernas e q ue contemplem os aspectos até agora discutidos. Isto deve ser levado em conta para que o cidadão brasileiro receba boa educação e formação p rofissional, e que não precise abandonar o Brasil para ser cidadão do mundo, para ter conhecimento, para ter trabalho. Só qualificando a educação é que podemos melhorar o cidadão. Pense nisto!

PROFISSÃO: APOSENTADO

é um momento muito

no exercício profissional. A importância não está

relacionada com o tempo de duração ou não de um curso, ou seja, fazer uma escolha inadequada de um curso de quatro anos ou de um mês tem conseqüências para a formação pessoal e profissional e para a empregabilidade. As escolhas de formação devem estar diretamente relacionadas com um projeto profissional bem estabelecido e claro para o indivíduo, pois este plano é que deve direcionar se uma pessoa vai investir tempo, dinheiro, energia para este ou aquele curso. O curso escolhido a cada etapa do desenvolvimento profissional deve agregar valor, gerar competências e possibilitar uma melhor empregabilidade devido à melhoria do seu posicionamento no mercado de recursos humanos. Uma forma de melhorar sua assertividade na tomada decisão é a compreensão realista da profissão que escolheu exercer. Quando falo em compreensão realista, me refiro a busca de informações sobre as características da profissão, perfil pessoal necessário, competências requeridas, mercado de trabalho, mercado de recursos humanos, áreas de atuação, possibilidades de carreira, perspectivas e tendências futuras, campos de atuação novos ou emergentes, campos tradicionais ou saturados, entre outros. Só a partir disto é que podemos fazer escolhas de formação continuada que realmente enriqueçam nosso perfil profissional e nos coloque em posição competitiva no mercado de oportunidades. Foi pensando nestas coisas que criei esta seção PROFISSÃO, e em cada edição abordarei em detalhes uma profissão, sugerida pelos leitores. A deste mês, devido a diversos pedidos de leitores que enviaram e-mails será o Aposentado.

Depois de ter trabalhado por muitos anos e contribuído para o sustento da família e para o cre scimento do nosso país, através da produção de bens e serviços, e das contribuições à Previdência e do pagamento da cascata de impostos que incidem sobre o cidadão economicamente ativo, era de se esperar que ao chegar a idade avançada, o cidadão, pudesse ver todo o esforço de uma vida inteira ser recompensado por uma velhice tranqüila e uma aposentadoria segura. Não obstante, não é isto o que acontece. Era de se esperar que nesta altura da vida, o aposentado pudesse se orientar para uma existência saudável, p odendo usufruir do lazer, da cultura, do entretenimento e pudesse buscar alternativas que o mantivesse ativo e produtivo, não mais no sentido laborativo, mas sim, num sentido vocacional e de complemento à realização pessoal. Não há necessidade nenhuma de ser um expert neste assunto, basta um pouco de observação para perceber que via de regra, o idoso ao se aposentar é literalmente colocado de lado. Os jovens de sua família já não o ouvem mais, desconsiderando sua experiência de vida.

A escolha de uma profis importante para o desen

são, de um curso de graduação, extensão ou pós graduação

volvimento de um indivíduo

11

Do ponto de vista da integração social, não há quase espaços planejados para o lazer, a cultura e o entretenimento do idoso, pois quase todas as atividades de cunho social se voltam para os mais jovens. Ao idoso, geralmente, é relegado o quarto, e o máximo de entretenimento são o rádio e a televisão, que diga-se de passagem não inclui em sua programação nada que se volte para este público, exceto por raras e louváveis iniciativas. Há muito que se discutir em relação à questão da aposentadoria e da velhice:

situação econômica, s aúde, integração social, cultura, lazer, direitos, entre outros aspectos igualmente relevantes.

Por haver muito que se discutir é que a LETRANOVA reservará um espaço permanente de debates e reflexõ es, esperan do com isso apoiar e estimular avanços e transformações na forma como nossa sociedade trata os idosos. Convidamos a todos: jovens, adultos, idosos, instituições e entidades para promovermos através deste veículo de comunicação um amp lo debate a respeito deste assunto. Escreva-nos opinando, discutindo, apresentando idéias e sugestões e comunicando iniciativas gove rnamentais ou não que se voltem ao bem estar do idoso. Enriqueça o nosso debate com sua participação. Esperamos por você. Fazer contato através do e- mail ebraga@ebragaconsultoria.profissional.ws. Afinal, os profissionais se aposentam, não é?

INDICAÇÃO DE SITE

CLIQUE LIVROS

A LETRANOVA número 5 indica, novamente, neste mês de dezembro um novo site que começaou a funcionar no primeiro dia de dezembro. É o www.cliquelivros.com, Um site de livros? Uma livraria virtual? É mais do que isto é uma livraria, cdteca, dvdteca, vinilteca. Ou seja, tem livro, cd, dvd, e vinil. Todos de muito bom gosto e bom preço. Novos e usados. Ofertas, promoções, curiosidades, raridades e preciosidades. Se você tiver procurando algum bem cultural que você está com dificuldade de encontrar, faça contato e diga o que é, que eles “garimpam” e encontram para você. Sem cobrar nada a mais por isso. Tem música experimental, jazz, MPB, samba, pop,

drama, história em quadrinho, administração, biografia, história,

documentário,

poesia, romance , teatro. Fácil de pesquisar, de comprar e envio rápido. As formas de pagamento são depósitos bancários, pagseguro e paypal: simples e seguro. Dá uma

conferida! Mas só a partir de primeiro de dezembro. Quem sabe você encontra papai noel por lá e já faz seus pedidos de presentes para o natal!

de primeiro de dezembro. Quem sabe você encontra papai noel por lá e já faz seus
de primeiro de dezembro. Quem sabe você encontra papai noel por lá e já faz seus

12

CLASSINOVA

Orientação Profissional para P ortadores de Necessidades Especi ais

Apenas 15 vagas GRATUITO www.ebragaconsultoria.profissional.ws

DVD Britney Spears – My Prerogative: Greatest Hits DVD Original

R$ 50,00 incluindo despesas de envio

cairob

@gmail.co

m

Curso de Organização d e Vitrines e Espaços Comerc iais

Curso à Distância (EaD)

joseals2003@yahoo.com.br

Prof. José António Lourenço Simas

Livros, CDs, DVDs e Vinil

singulares, raros, curiosos, interessantes www.cliquelivros.com

LETRANOVA

A revista digital para profissionais GRATUITA http://www.ebragaconsultoria.profissional.ws/letranova.html

MONOGRAFIA

A Evolução das Mulher

es no Mercado de Tr

abalho: um

levantamento

de percepções de gra

administração

duandas em

de percepções de gra administração duandas em SILVA , Paula Cristina Ferreira da. A evolução das

SILVA, Paula Cristina Ferreira da. A evolução das mulheres no

m ercado de trabalho: um levantamento de percepções de

graduandas em administração. São Paulo, Faculdade Campos

Elíseos, 2006. 57p. (Trabalho de Conclusão de Curso de Bacharelado em Administração).

Resumo: Esta inv estigação buscou discutir os avan ços da mulher no mercado de tr abalho, enfocando as mudanças ocorridas na família e na sociedade e que propiciaram sua presença e participação como ser economicamente ativo. Senti-me motivada a estudar tal tema, pois como mulher inserida no mercado de trabalho teria maior clareza quanto a minha condição, e porque tenho a crença de que um melhor entendimento dos processos sociais, econômicos e culturais que originaram e que ainda mantém o atual quadro paradoxal de avanço e discriminação do trabalho feminino, poderá trazer compreensão e se transformar em instrumento de combate às barreiras encontradas. Em nossa investigação realizamos procedimentos metodológicos focados na revisão bibliográfica, pois entendemos que esta era mais adequada para lidarmos com análises teóricas e fatores históricos. Entretanto,

13

decidimos complementar os estudos com uma coleta de dados ilustrativa sobre a auto-percepção de algumas mulheres inseridas no mercado de trabalho. Teoricamente partimos de um referencial de base apoiado em Camps (2001), Segnini (1998), Arroio e Régnier (2003), Bruschini e Lombardi (2004) e Beauvoir (1949) e prosseguimos com reflexões sobre o conceito do gênero feminino e a entrada da mulher no mercado de trabalho, terminando com uma apreciação da luta das mulheres por sua consolidação nesse contexto.

Capítulos: Introdução, Revisão de literatura, Reflexões acerca do gênero feminino, Transformações na família e inserção da mulher no mercado de trabalho, A busca da c onsolidação da mulher no mercado de trabalho, A pesquisa, Conclusão e Referências bibliográficas.

Enquanto você está ainda

pensando

já tem gente

anunciando no

cl

assiNOV

A

pensando já tem gente anunciando no cl assi NOV A PRESTAÇÃO DE SERVIÇO ORIENTAÇÃO DE PESQUISA

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

ORIENTAÇÃO DE PESQUISA

Prestação de Serviços de Orientação Metodológica e m Projetos de

Pesquisa, Normas Bibliográfica e Monográficas,

Levantamento

Bib liográfico, Normas de Pesquisa e de Publicação Científica, Assessoria à Pesquisa e Revisão de Monografias, Dissertações, Teses,

Artigos Científicos e outros tipos de Trabalhos Acadêmicos. bibliográfico, busca, localização e reprodução do material

Levantamento

bibliográfico, or ientação para definição do tema (incluindo exercício para escolha do

social e

científica, objetivo, apreciação do método e crítica das fontes de pesquisa e exercício da viabilidade do tema), orientação para fichamento do material bibliográfico

selecionado (incluindo revisão), orientação metodológica da estrutura da monografia (incluindo pré-texto, texto e pós texto), orientação das normas metodológicas (incluindo tipo de fontes, tamanhos, apresentação de títulos, subtítulos, intertítulos, itens, corpo de texto e citações), orientação para elaboração dos instrumentos de

tema, definição

para elaboração dos instrumentos de tema, definição e delimitação do problema, hipóteses, relevância

e delimitação do problema, hipóteses, relevância pessoal,

14

coleta de dados, supervisão crítica da redação dos capítulos (incluindo coerência de conteúdo, citações, resumo de idéias de autor, análise do raciocínio, estrutura lógica e linguagem técnico-científica), formatação de texto (incluindo diagramação com respeito às normas científicas, construção de tabelas, figuras e gráficos, e revisão de texto (incluindo gramática, linguagem científica e ortografia).

Projetos de Pesquisa

Normas Bibliográficas

Normas Monográficas

Metodologia Aplicada à Empresa

Levantamento Bibliográ fico

Normas de Pesquisa e d e Publicação Científica

Assessoria à Pesquisa

Teses

Monografias

Dissertações

Artigo s Científicos

Trabalhos Aca dêmicos

• Artigo s Científicos • Trabalhos Aca dêmicos Não fazemos monografia e nem vendemos mo nografias

Não fazemos monografia e nem vendemos monografias prontas. Nossos serviços são

os d

e sc

ritos anteriormente.

Entre e contato e solicite um orçamento. Você verá que é muito mais acessível do que você imagina!

Acesse http://www.ebragaconsultoria.profissional.ws/orientacao_pesquisa.html e veja resumos de monografias orientadas.

VAMOS INTERAGIR?

CULTURA ORGANIZACIONAL

orientadas. VAMOS INTERAGIR? CULTURA ORGANIZACIONAL refletir, trocar experiências, postar artigos, indicar

refletir, trocar

experiências, postar artigos, indicar livros, e expo r metodologias para diagnóstico e intervenção na cultura o rganizacional. Conta atualmente com quase trinta participantes e já foram postados por lá trinta tópicos, como por exemplo: Liderança masculina e feminina, Direitos Humanos, Assédio Sexual, assédio moral e outras ocorrências no trabalho, Vídeo sobre Cultura

Comunidade para os interessados em discutir,

Organizacional, O que é cultura organizacional?, Cultura Organizacional, Bin Laden e Paradigmas, Film e para trabalhar Gestão de Mudanças, entre outros. Você também

poderá acessar a

partir da comunidade, todos os meses, a última edição da

LETRANOVA.

Acesse http://cultura_organizacional.com.via6.com, faça sua filiação e participe! Abraços

15

INDICAÇÃO MUSICAL

DAÚDE - Simbora

15 INDICAÇÃO MUSICAL DAÚDE - Simbora a seus primeiros álbuns, tendo tações ao prazer de dançar.

a

seus primeiros álbuns, tendo tações ao prazer de dançar. A

sonoridade deste CD funde definitivamente a música de Daúde, a MPB - recriando canções dos tropicalistas Gil e Caetano, traz também Carlinhos Brown e Luiz Tatit e ainda investe numa viagem ao sertão, retomando o compositor Patativa do Assaré e pregões de embolada

Remix o

nde a artista reuniu músicas de

jetivo vincular as novas interpre

como ob

nordestina - e os recursos usados na música eletrônica, afirmando a importância de produtores musicais e DJs como artistas criativos e

necessários nesta atu l cena musical.

Fabricante: Natasha R ecords - Faixas: 01. Casa Caiada (Guia de Nomes Remix) - 02. Véu Vavá (The Vindaloo E xtended Mix) - 03. Quatro Meninas (Hip-hop Remix) - 04. Vênus - 05. Não Identificado - 06. Vamos Fugir (Surf Mix) - 07. Marinheiro Só - 08. Vida Sertaneja - 09.

Ano: 1999 - Gênero: Pop - Procedência: Nacional

Sarambá - 10. Anna (Baião de Ava) - 11. Há (Jazzy Adventure) -12. Vamos Fugir (Drum'n Scat Mix) - 13. Vênus (Cool Version) - 14. Vênus (Extended). Para saber mais acesse www.cliquelivros.com

INDICAÇÃO DE FILME

OS INCOMPREENDIDOS

Cultuado como a obra-prima da carreira do cineasta francês François Truffaut, o filme Os

que, ao retratar a vida nas

ruas de Paris, por um garoto de 12 ou 13 anos, Antoine Doinel, interpretado por Jean-Pierre Léaud, acabou por criar uma obra autobiográfica. O filme constitui-se num dos mais importantes títulos da nouvelle vague e uma das melhores produções do cinema francês de todos os tempos. Desprezado e odiado pela mãe e ignorado pelo padrasto, o personagem Antoine Doinel vive de forma realista o drama da rejeição e da inadequação.Esta obra- prima marca definitivamente a cinematografia francesa e mundial

pela linguagem vibrante, envolvente e telúrica. Diretor:

TRUFFAUT, François. Gênero: Drama. Ano: 1959 Duração: 100

min aprox

Trailers, Menu Interativo, Biografia. Tipo de áudio: Dolby Digital

2.0 Mono. Formato de tela: 4:3 Letterbox Elenco: Albert Rémy,

Cor: P&B. Disponível em

Incompreendidos marcou a

estréia do jovem e irrequieto diretor

marcou a estréia do jovem e irre quieto diretor Linguagem: Francês. Legenda: Português. Extras: Claire

Linguagem: Francês. Legenda: Português. Extras:

Claire Maurier, Jean P erre Léaud. Faixa etária: Livre www.cliquelivros.com

i

“Não é na maneira como uma alma se aproxima da outra, mas da maneira como se

a fasta, que reconheço seu parentesco e afinidade com a outra.” (F. Nietzche)

16

Orientação de Carreira

Coordenado por Prof. Ms. Edner Braga Fevereiro e Junho de 2008 (de 8 a 12 encontros) Sábados das 11h30 às 13h30 Em datas previamente agendadas

As Insc

rições devem ser feitas entre outubro e ja

neiro

Informações e inscrições:

Informações poderão ser obtid as na Faculdade Campos Elíseos at ravés do telefone (011) 3661- 5400 com Eliene ou através de nosso campo de Contato no site www.ebragaconsultoria.profissional.ws

POESIA DA HORA

MISTÉRIO II

Guardo dentro em mim um sim velado com o manto do não com a infinita
Guardo dentro em mim
um sim velado
com o manto do não
com a infinita paciência
de esperar o fim
da minha ausência
e encontrar o sim
desta existência
desvelando enfim
a minha essência
preenchendo então, o não
com minha presença
e revelar o mistério
de mim:
que sou eu
existindo,
preenchendo,
chegando,
vindo,
partindo
revelando
você.
(Nillo Chamas)