Você está na página 1de 48

1.

1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA

» Áreas de aplicação da informática


» Tipos de computadores

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA INFORMÁTICA

Sabemos hoje que muitas das utilizações ou aplicações dos computadores oferecem vantagens
decisivas e que contribuem para alterações qualitativas nas nossas vidas. Algumas dessas aplicações
são:

» A aplicação talvez mais importante - porque virá a reflectir-se em todas as outras e no próprio futuro
da revolução informática - é na área da educação. Para além de contribuírem directamente para o
processo educativo, os computadores podem ajudar os professores a executar tarefas repetitivas (e
pouco ou nada criativas) como a avaliação, elaboração de boletins escolares, etc., libertando-os para
tarefas criativas.

» Há certos sectores da indústria em que qualquer evolução significativa seria impossível sem a
existência de computadores. Ferramentas e instrumentos de alta precisão controlados por
computadores podem produzir pequeníssimos componentes em que a tolerância de manipulação não
poderia ser atingida pelo ser humano. Para não falar de certas linhas de montagem nas quais robôs
controlados por computador executam rápida e precisamente tarefas difíceis ou impossíveis para nós.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA INFORMÁTICA (Cont.)

» Verificação e afinação de montagens complexas, num tempo e com uma precisão impecáveis são
também características de trabalho que praticamente só um computador pode executar sem erros
provocados por cansaço, Um exemplo de tal aplicação são as linhas de montagem de automóveis ou
de aparelhagens de som, vídeo e outras.

» Os computadores tornam possível a médicos e cientistas da área da saúde a condução de


investigações que alargarão as fronteiras do conhecimento médico. Sem os computadores, alguns
dos promissores esforços actuais não poderiam sequer ser tentados.

» Desde o apoio global em processos eleitorais até aos complexos sistemas de impostos e
benefícios, os computadores trouxeram ao sector dos serviços públicos uma eficiência e economia
impossíveis de conseguir com outros processos.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA INFORMÁTICA (Cont.)

» A investigação científica, em todos os seus ramos - desde a física até à linguística pode hoje
desenvolver pianos, hipóteses, conduzir investigações, tomar decisões e controlar actividades de uma
forma rápida e muito segura, graças aos computadores.

» A engenharia e a arquitectura - quer na área da habitação como na da construção de automóveis,


aviões e outros veículos - tem nos computadores um papel vital ao seu desenvolvimento. Os resultados
de uma animação realizada por computador são agora frequentes na televisão; e as administrações
das empresas podem ter acesso a gráficos estatísticos analíticos de situações e previsões que
permitem decisões rápidas e seguras.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA INFORMÁTICA (Cont.)

» Os bancos, e as instituições financeiras em geral, possuem actualmente uma capacidade de resposta


quase instantânea para praticamente todo o tipo de operações, graças ao controlo global rápido das
contas, mercados, câmbios e todas as operações económicas.

» Enciclopédias, tratados especializados em vários sectores das ciências, bancos de dados em


praticamente todo o mundo, redacções de jornais e outras empresas de informação, tudo isso se
encontra ao alcance directo e imediato de qualquer pessoa que possua um computador pessoal, um
modem e um código para acesso a tais terminais.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

ÁREAS DE APLICAÇÃO DA INFORMÁTICA (Cont.)

» Poderíamos continuar uma lista de milhares de aplicações dos computadores na nossa sociedade, desde
sistemas de segurança diversos, passando por conjuntos de análise e previsão meteorológica, controlo
de navegação em aviões, navios, comboios e até automóveis... enfim, nem com elementos escritos nos
conseguiríamos lembrar de todas as aplicações possíveis.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

TIPOS DE COMPUTADORES

» Os computadores podem ser classificados em três tipos, os MainFrames (computadores de grande


porte), os mini-computadores e os micro-computadores.

Grande
Grande porte
porte :: Supercomputadores
Supercomputadores
Mainframes
Mainframes

Médio
Médio porte:
porte: Minicomputadores
Minicomputadores
Estações
Estações de
de Trabalho
Trabalho (Workstations)
(Workstations)

Pequeno
Pequeno porte:
porte: Microcomputadores:
Microcomputadores: (Desktop,
(Desktop, Notebook)
Notebook)

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

TIPOS DE COMPUTADORES

SUPERCOMPUTADORES
São os mais potentes, os mais rápidos, os maiores, mas também os mais poderosos. São concebidos
com o fim de executarem cálculos científicos complexos. Os Supercomputadores processam a
informação na ordem dos BIPS (biliões de instruções por segundo), e são utilizados em aplicações
mais específicas, ligadas à investigação científica e utilização militar.

MAINFRAMES
A sua principal utilização é no processamento de informação na ordem dos MIPS, podendo aceder a
volumes de informação da ordem dos Giga Bytes. A sua principal utilização é no processamento de
grandes quantidades de informação sendo bastante utilizados pelos Bancos, Companhias de Seguros e
Companhias Aéreas, na Internet, principalmente em transacções de Comércio Electrónico.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

TIPOS DE COMPUTADORES

MINICOMPUTADORES
São sistemas mais pequenos, de uso genérico. Diferenciam-se dos Microcomputadores, devido ao
facto de poderem servir múltiplos utilizadores (computador central/servidor de uma Rede de
computadores), e são mais lentos que as Mainframes. Existem Minicomputadores, bastante potentes, a

que é usual designar de Super-Mini, muito próximos das Mainframes.

ESTAÇÕES DE TRANALHO (WORKSTATION)


Correspondem aos computadores já com grande poder de processamento, superior aos micro-
computadores, e em alguns casos permitem ambiente multiutilizador. São geralmente usadas em
aplicações de CAD/CAM.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

TIPOS DE COMPUTADORES

MICROCOMPUTADORES
Correspondem aos computadores da gama mais baixa. São geralmente usados para uso pessoal, daí a
designação vulgar de computador pessoal, PC - Personal Computer. O número de periféricos ligados a
este computador é limitado, pois em geral destinam-se a um único utilizador.
Os microcomputadores, também chamados de computadores pessoais ou simplesmente PCs, surgiram
com o aparecimento do microprocessador na década de 70, desde então muitas famílias tem surgido
superando em larga medida a anterior. Veja-se o seguinte quadro onde aparece a evolução temporal
bem como a evolução na performance das máquinas.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

COMPUTADOR PORTUGUÊS

O protótipo deste computador, concebido na Universidade de Coimbra, foi produzido em Setembro de


1981 e apresentado publicamente na Portugal workshop on signal processing and its applications na
Póvoa do Varzim em Setembro/Outubro de 1982.
O ENER 1000 para além de se apresentar como um PC podia ser configurado como computador
multiposto. A sua configuração máxima podia suportar 4 utilizadores com 7 terminais.
O sistema operativo era o CP/M, então o mais utilizado em processadores de 8 bit.
O subsistema aplicacional compreendia gestão de existências, processamento de salários e
contabilidade (POC - Plano Oficial de Contas).

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

IBM PC/PC-XT - 1985

Fabricado pela IBM nos USA por volta de 1980, foi apresentado em Portugal em Janeiro de 1985 já
com a versão PC-XT disponível, à qual se seguiu uma versão PC-AT.O CPU compreendia uma
memória ROM de 40KB e uma memória RAM de 64KB extensível até 640KB, uma ULA e um
processador Intel 8088 de 16 bit com uma frequência de clock de 4,77 MHZ.
O sistema operativo era o PC/MS-DOS o qual era um MS-DOS desenvolvido pela Microsoft para a
IBM.
A linguagem de programação utilizada era o BASIC.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

IBM PS/2-50 - 1987

Fabricado pela IBM nos USA por volta de 1987. Existiu também uma versão Tower denominado IBM
PS/2-60.
O CPU compreendia uma memória de 639K e uma Extended Memory com 384K o que perfazia um
total de 1 MB. Para além destas podia ser adicionado um bloco de Expanded Memory que lhe conferia
uma capacidade máxima de 2MB.
O sistema operativo fornecido pela IBM era o DOS 3.30. No entanto, o sistema suportou, mais tarde, o
DOS 5.00.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Áreas
Áreas de
de aplicação
aplicação da
da informática
informática

Macintosh SE/30 - 1989

Concebido e construído por Steven Jobs e Steven Wozniak nos U.S.A. por volta de 1989.
O CPU compreende uma memória com uma ROM de 256K, uma UAL e um processador Motorola MC
68030 de 32 bit com uma frequência de clock de 16 MHZ.
O sistema operativo, original, é o S 6.0.3 o qual incluiu o sistema de ligação à rede Appletalk (pode
utilizar a versão S 7.5.3 e o Open Transport para as ligações à INTERNET).

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

PORTÁTEIS

O Toshiba T3200 SX, cujo construtor é a Toshiba empresa japonesa, apareceu entre os anos de
1986/1989.

É um computador portatil que se destacou pelas seguintes caracteristica:


»CPU : 80286 a 8Mhz
»RAM/ROM : 1Mb/4Mb
»Resolução Gráfica : EGA 640x350 Plasma
»Memória de Massa : 1 LD 720 Kb até 1,44Mb, 1 HD 20 até 40 Mb

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

PORTÁTEIS

O Olivetti Notebook S20 (Versão 1), foi construído no inicio da década de 90 (90/92). Este
computador portátil apresenta as seguintes características :
CPU : Intel 386 SX a 20 Mhz
ROM : 128Kb ROM BIOS
RAM : 2Mb expansivel até 6 Mb
Relógio : CMOS a bateria
Drive Disquetes : 3.5'' (1.44Mb)
Disco Duro : 2.5''(40Mb ou 60 Mb). Tempo de acesso médio :19mseg
Resolução Gráfica : 640x480 dot VGA-LCD

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

COMPUTADORES DOS NOSSOS DIAS

CPU’s
» 486
» Pentium
» Pentium II
» Pentium III
» Pentium IV
» Centrino

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


1.
1. CONCEITOS
CONCEITOS DE
DE INFORMÁTICA
INFORMÁTICA Tipos
Tipos de
de Computadores
Computadores

PERSPECTIVAS DE FUTURO

Certos autores consideram-nos já entrados na 5ª geração de computadores, na qual os


computadores têm como referência o cérebro humano, tentando-o imitar com redes neuronais, já que
é o "computador" mais potente que se conhece, introduzindo conceitos no domínio da inteligência
artificial, dotando os computadores com capacidade de aprender e de inferir conhecimento.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL

» Unidade central de processamento


» Caixa
» Fonte de alimentação
» Placa principal
CPU
Memória
Relógio
Slots de expansão
BUS
Portas de entrada e saída
» Memória secundária
Disco rígido
Disquetes
Discos ópticos
CD-ROM
Fita magnética
» Periféricos
Periféricos de input
Periféricos de output
Periféricos de comunicação
» Redes de computadores
Definição e vantagens
Configurações
Tipos
Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04
2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Unidade
Unidade Central
Central do
do Sistema
Sistema

UNIDADE CENTRAL DO SISTEMA

Esta unidade é constituída basicamente por uma caixa (vulgarmente identificada como sendo o
computador), dentro da qual se encontra a fonte de alimentação, as unidades de armazenamento
secundário e a placa mãe (motherboard) ou principal, esta última contem o CPU, a memória e os
slots de expansão que permitem ligar outras placas, como a de vídeo e a de som.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Unidade
Unidade Central
Central de
de Processamento
Processamento

UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO - CPU

Trata-se de um circuito integrado que contém muitos milhares de componentes electrónicos


elementares, organizados de modo a poderem efectuar as operações típicas de processamento da
informação.
A estrutura de um processador, ou microprocessador no caso dos microcomputadores, é algo
bastante complexo e variável consoante a marca ou versão; no entanto podem destacar-se as
seguintes secções e componentes fundamentais:

» Secção de Aquisição e Descodificação de Instruções - onde são recebidas as instruções


provindas de outros componentes (memórias ou dispositivos de input), para, em seguida serem
descodificadas de modo a que a CPU possa determinar quais as operações a realizar;

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Unidade
Unidade Central
Central de
de Processamento
Processamento

UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO - CPU

» Secção de Execução - onde são processadas as instruções e dados recebidos; por sua vez esta é
constituída pelas seguintes componentes principais:

• Unidade de Controlo - UC
Controla e determina quais as operações de processamento a realizar em cada instante, extrai
informação da memória, descodifica-a e dirige as várias unidades de equipamento, enviando sinais
apropriados para fazerem tarefas específicas.

• Unidade Aritmética e Lógica - ALU ou UAL


Secção do processador que efectua as operações aritméticas e comparações matemáticas.

• Registos ou Registers
São componentes capazes de armazenar temporariamente dados intermédios com que a ALU vai
efectuar as operações que lhe são indicadas.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Unidade
Unidade Central
Central de
de Processamento
Processamento

UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO - CPU

Os processadores actuais são fabricados em pequenas pastilhas de silício, usualmente designadas


por chips, dentro das quais são incluídos muitos milhares de componentes electrónicos. Por exemplo
o processador Pentium Pro (da Intel) ocupa uma área de cerca de 4 cm2, integra 5,5 milhões de
transístores e executa mais de 300 MIPS (Milhões de Instruções Por Segundo).

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Caixa
Caixa

A CAIXA OU CHASSIS

A caixa que encerra a parte central do sistema do computador é mais importante do que parece à
primeira vista, pois além de filtrar as ondas electromagnéticas, protege os componentes que o
computador que contém. As caixas podem-se classificar nas seguintes categorias :

• Horizontais - Possuem a vantagem de se poder colocar o monitor em cima das mesmas.

• Verticais - A maior vantagem deste tipo de caixas é a de possuírem capacidade para albergarem
maiores placas mãe e um maior número de drives (para discos, CD-ROM, disquetes, ...).

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Fonte
Fonte de
de Alimentação
Alimentação

FONTE DE ALIMENTAÇÃO

A unidade de alimentação transforma e divide a corrente alterna de forma a fornecer a energia ao


sistema. Assim converte os 220V que se encontram na tomada em várias saídas de corrente
continua : +5V, +12V e -12V. Normalmente vem equipada com uma ventoinha para dissipar o calor
que gera.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

A placa mãe é onde se encontra implantado o CPU, a memória RAM, o BUS e os slots de expansão.
Esta deve dar possibilidade de adicionar placas adicionais sem ter de ser removida da caixa.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

CPU
O desempenho de um computador depende em grande parte do desempenho do processador. A
velocidade de um processador mede-se em Mhz, mas serve apenas para comparar processadores
idênticos, visto que em processadores diferentes um processador que funcione por exemplo a 1.8Ghz
pode ser mais rápido que um a 2.1Ghz. Actualmente existem vários processadores disponíveis para
o PC entre os quais o Intel Pentium IV e o AMD Athlon XP, Intel Pentium M - Centrino

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

MEMÓRIA
Hoje em dia os computadores pessoais trazem de origem um mínimo de 128MB de memória,
podendo ser expandidos até pelo menos 1GB de memória. A quantidade de memória e o tempo de
acesso à mesma afectam o desempenho do computador.

RAM – Random Acess Memory


- Memória onde se pode ler, escrever e apagar
- volátil: quando se desliga da corrente, todo o seu conteúdo desaparece

ROM – Read Only Memory


- Memória que apenas permite operações de leitura e cujo programa foi
gravado pelo fabricante

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

RELÓGIO
O relógio determina a velocidade de funcionamento do sistema, ou seja determina o tempo que o
computador leva a executar as varias operações. A velocidade a que o relógio funciona é indicada
em Mhz (milhões de ciclos por segundo). Alguns processadores podem executar mais instruções por
ciclo de relógio que outros.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

SLOTS DE EXPANSÃO
O número de slots de expansão limita o número de placas que se podem acrescentar ao computador.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

BUS
O BUS é o canal de comunicação que permite ao computador trocar informações com os periféricos
e com a memória. Quanto maior for a velocidade e a largura do BUS, isto é a quantidade de bits que
percorre em simultâneo o BUS, maior será o desempenho do computador.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Placa
Placa Principal
Principal

PLACA PRINCIPAL

PORTAS DE ENTRADA E SAÍDA


Porta Série
Através da porta série pode-se estabelecer a comunicação entre dois computadores, para tal utiliza-
se um cabo próprio, o qual é ligado à porta série de cada um dos computadores. Adicionalmente a
porta série permite estabelecer a comunicação entre um computador e um qualquer dispositivo
(periférico), como é o caso dos modems externos.

Porta Paralela
Normalmente as impressoras são ligadas a esta porta. Esta porta permite a transmissão de vários
bits em simultâneo o que a torna mais rápida que a porta série.

Portas USB
As portas USB permitem a ligação em série dos mais variados periféricos (teclados, impressoras,
ratos, gravadores de CD’s, etc). Tal como a porta série podemos estabelecer a comunicação entre
dois computadores utilizando esta porta. A comunicação é mais rápida que na porta série e na
paralela.
Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04
2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Memória
Memória Secundária
Secundária

MEMÓRIA SECUNDÁRIA

Disco Rígido
Permitem armazenar grandes quantidades de informação, o seu transporte é difícil porque
normalmente estão incorporados na máquina. Devido à posição das cabeças de leitura e à grande
velocidade de rotação, o disco rígido necessita de uma atmosfera rigorosamente livre de poeiras,
estando, por isso hermeticamente fechado.
Actualmente o tamanho mínimo recomendado para um disco rígido é de 40GB e apesar de um PC
poder ter vários discos é aconselhável quando se adquire um PC adquirir um disco com a maior
capacidade possível, uma vez que o tamanho dos programas e documentos é cada vez maior.
O tempo de acesso de um disco e a taxa de transferência do mesmo são dois parâmetros que
influenciam no desempenho do computador.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Memória
Memória Secundária
Secundária

MEMÓRIA SECUNDÁRIA

Disquetes
Apesar de não poderem armazenar grandes quantidades de informação (tipicamente 1,44MB), são
de baixo custo e de fácil transporte. O princípio de funcionamento das disquetes reside numa
superfície magnética rodando a uma velocidade moderada sobre a qual se desloca uma cabeça de
leitura/escrita.
Actualmente os PC trazem drives para disquetes de 1,44 MB, mas no futuro os computadores
deverão deixar de trazer uma unidade de disquetes passando a trazer um gravador de CD’s ou de
DVD’s.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Memória
Memória Secundária
Secundária

MEMÓRIA SECUNDÁRIA

CD-ROM / DVD-ROM
Os CD-ROM permitem guardar som, imagem, animação e dados informáticos, até um máximo de
640MB.
Actualmente todos os PC trazem leitor de DVD ou de CD-ROM, podendo trazer também um gravador
de CD-ROM ou mesmo de DVD’s.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos

PERIFÉRICOS

Para que exista comunicação entre o utilizador e a máquina e vice-versa, são necessários
dispositivos que permitam uma troca de informação entre homem e a máquina.

PERIFÉRICOS DE INPUT (Entrada)


Os periféricos de input são aqueles que permitem ao computador obter informação, nos quais se
incluí aqueles que permitem ao homem transmitir informações (ordens) ao computador (Exemplo :
Teclado, rato, caneta óptica, medidor de temperatura, ...).

Teclado
O teclado é actualmente o principal meio de transmitir informações ao
computador e continuará a sê-lo pelo menos até que a tecnologia de
reconhecimento de voz evolua de uma forma significativa.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos de
de Input
Input (Entrada)
(Entrada)

PERIFÉRICOS DE INPUT (Entrada)

Rato
O rato é um periférico que é normalmente é utilizado nos sistemas
gráficos e que permite ao utilizador transmitir ao computador
informação de uma forma rápida.

Joystick
Os joysticks são dispositivos criados especialmente para jogos.
Dada a grande quantidade de jogos existentes hoje em dia para o PC,
existe também uma grande diversidade de joysticks.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos de
de Input
Input (Entrada)
(Entrada)

PERIFÉRICOS DE INPUT (Entrada)

Touch screen
O touch screen permite ao utilizador através do toque com um dedo no
ecrã transmitir informações ao computador de uma maneira bastante
cómoda. Tal como o rato adapta-se melhor a sistemas gráficos.

Scanner
O scanner é um dispositivo que consegue recolher as imagens
contidas em qualquer papel, normalmente vêm com software que
possibilita o reconhecimento de caracteres a partir de uma imagem.
Assim é possível com a ajuda de um scanner por exemplo passar um
livro na integra para o computador.

Outros periféricos que também podem ser considerados de input são: leitores de códigos de barras,
microfones e mesas digitalizadoras

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos de
de Output
Output (Saída)
(Saída)

PERIFÉRICOS DE OUTPUT (Saída)

Os periféricos de output são aqueles que permitem ao computador mostrar informação, nos quais se
incluí aqueles que permitem ao homem visualizar informações, que podem ou não ser fruto de
manipulação dos dados pelo computador (Exemplo: Monitor, impressora, controlador de
temperatura,..).

Monitor
O monitor é um periférico bastante importante, visto que a maioria das
consultas de informação feitas pelo utilizador são feitas através dele,
assim torna-se importante a dimensão do mesmo, já que quanto maior
for o mesmo, menos cansaço representa para o utilizador (em termos
de visão) a consultar de informação no mesmo.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos de
de Output
Output (Saída)
(Saída)

PERIFÉRICOS DE OUTPUT (Saída)

Impressora
As impressoras são periféricos que permitem passar informação do
computador para o papel. Existem vários tipos de impressoras, entre
estes destacam-se as impressoras de agulhas, as laser e as jacto de
tinta.

Plotter
A plotter é uma máquina especial de desenho, que é normalmente
usada para imprimir projectos de arquitectura, já que podem imprimir
em papel de dimensões superiores àquelas que uma impressora pode

fazer.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Periféricos
Periféricos de
de Comunicação
Comunicação

PERIFÉRICOS DE COMUNICAÇÃO

Modem
O modem possibilita ao utilizador comunicar com outros computadores
e por conseguinte com as pessoas ligadas ao mesmo, em qualquer
parte do mundo, nomeadamente através da internet.

Placa de Rede
As placas de rede permitem interligar vários computadores, de tal
forma que os recursos existentes em qualquer computador podem ser

partilhados pelos vários utilizadores.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

REDES DE COMPUTADORES

É um sistema de comunicações constituído por dois ou mais computadores ligados entre si. Essa
ligação pode efectuar-se de modos diferentes, dependendo das necessidades e limitações do
utilizador.

TOPOLOGIA EM ESTRELA
A topologia em estrela apresenta todos os equipamentos ligados directamente ao servidor de
recursos, através de um suporte único e exclusivo. Se houver algum problema num dos pontos de
ligação entre um terminal e o servidor de recursos, apenas este não conseguirá aceder a um
determinado periférico, por outro lado se ocorrer uma falha no servidor de recursos, toda a Rede
Local ficará desactivada.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

TOPOLOGIA EM ESTRELA

Vantagens:
- Maior resistência às falhas e maior controle no sistema.
- A falha de um cabo para o central apenas afecta um terminal e o resto da rede continua a funcionar
normalmente.
Desvantagens:
- Quando avaria o servidor (central) toda a rede fica paralisada.
- Mais custos de instalação e é necessária mais uma máquina para controlar o sistema.
Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04
2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

TOPOLOGIA EM ANEL
É caracterizada como um caminho de transmissão unidireccional, em círculo lógico, sem um fim
definido. O controle pode ser distribuído ou centralizado.
Neste tipo de topologia, todos os equipamentos estão interligados entre si. Se houver algum
problema na rede local, poderá existir uma rota alternativa, dependendo da implementação, como
contingência para acesso a um determinado periférico.

Vantagens:
- Custos mais baixos, em cabos, e uma máquina a menos (central).
Desvantagens:
- É mais difícil descobrir as avarias numa máquina.
- Mais lenta a transmissão de dados.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

TOPOLOGIA BARRA OU BUS


Na topologia em barra pode ser empregada a comunicação com caminhos bidireccionais. Todos os
nós estão ligados directamente na barra de transporte. Um sinal originado por um nó propaga-se ao
longo da barra de transporte em ambas as direcções. Para este tipo de topologia o controle pode ser
centralizado ou distribuído, ou seja, não reside em uma controladora central, mas em cada nó
individual. Uma interrupção na barra de transporte pode causar uma paragem em todos os nós
ligados por este caminho.

Vantagens:
- Custos mais baixos, gasta-se menos cabo, e não é necessário fechar o circuito.
Desvantagens:
- Uma interrupção na barra de transporte pode causar uma paragem em todo os nós ligados por este
caminho e dificilmente as interrupções podem ser identificadas e isoladas.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

TIPOS DE REDES

Independentemente das topologias, as redes de comunicação podem ser de 3 tipos:

Redes médias (locais) – LAN: Local Area Network


Redes com comprimento até 10 km, para interligação de equipamento situado numa área localizada.

Redes Metropolitanas - MAN: Metropolitan Area Network)


Redes com comprimento até 100 km, interligam computadores e LAN’s a nível regional.

Redes de grande área – WAN: Wide Area Network


Redes com mais de 100 km, para interligação de equipamento situado numa vasta área geográfica.
Normalmente interligam computadores e redes a nível nacional ou continental.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04


2.
2. COMPUTADOR
COMPUTADOR PESSOAL
PESSOAL Redes
Redes de
de Computadores
Computadores

VANTAGENS E DESVANTAGENS DE UM AMBIENTE DE REDES

Vantagens:
» Partilha de recursos, mais recentemente dados ou informação;

» Gestão de Empresas (Stocks, Facturação)


» Diminuição de custos de Meios (Hardware), o que hoje em dia já não é propriamente um grande
problema, já que há empresas que ao instalarem a rede oferecem o equipamento.

Desvantagens:

» A velocidade de transmissão de dados em rede é bastante inferior, em comparação com um PC


isolado.

» Acesso à informação dessa Rede por parte de estranhos, ainda que hoje em dia haja sistemas de
segurança de dados.

» Podemos ter problemas com o servidor que suporta a Rede e ficar com toda a Rede desactivada.

Secretariado e Assessoria de Direcção - 1º Ano 1º Semestre Ano Lectivo 2003/04