Você está na página 1de 16

PASSO A PASSO

No.19 AGOSTO 1994 TUBERCULOSE E AIDS/SIDA

Tuberculose: uma
doença curável? por Sue Hanley

UM DIA pela manhã alguém bateu à completar o esquema de tratamento da


nossa porta em Thiet, no Sudão. Era tuberculose.
um homem com um bebê recém
nascido, muito pequeno. Quando Infelizmente muitas pessoas que sofrem de
tuberculose páram seu tratamento logo
examinamos o bebê, verificamos que
que começam a se sentir melhor. Posterior-
ele havia nascido no tempo certo mas mente a tuberculose irá retornar e elas
que era demasiadamente pequeno e ficarão ainda mais doentes. É então ainda
ficou claro que ele não havia crescido mais difícil para tratá-las e frequentemente
como deveria durante a gravidez. a morte é o triste resultado.
Ficamos intrigados pelo fato da mãe do
bebê não estar presente. Ficamos sabendo A tuberculose pode ser curada se o
através dos seus parentes que ela estava esquema completo de tratamento for
doente. No dia seguinte a trouxeram até cumprido.
nós em uma maca improvisada. Ela parecia
um esqueleto vivo. Foi difícil acreditar que
uma mulher tão doente pudesse ter dado à Sue Hanley trabalhou como enfermeira
luz a um bebê vivo. Infelizmente o bebê obstetra no Sudão e no Quênia durante muitos
faleceu após alguns dias e nossos esforços anos com a Tear Fund.
foram concentrados no sentido de
Angong (acima) antes do tratamento e (à restabelecermos a saúde daquela mulher,
direita) após o tratamento. cujo nome é Angong.
Suspeitamos pelos sintomas apresentados
que ela estava com tuberculose. Ela tinha
VEJA NESTA EDIÇÃO uma tosse forte, frequentemente tossindo
• Tuberculose e AIDS/SIDA sangue, dores no peito e febre à noite.
Começamos o tratamento para a
nos anos 90
tuberculose, o que era barato mas tinha que
• Cartas figuras modelos ser continuado por um ano. Demos-lhe os
destacáveis medicamentos necessários e uma boa
alimentação, apesar dela só poder comer
• Estudo bíblico – um pouco de cada vez. Ela gradualmente
O ministério de Dorcas se recuperou mas foi mantida na clínica até
• Informações atualizadas que se sentisse forte o bastante para ir para
sobre a AIDS/SIDA casa. Antes que partisse, dissemos-lhe que
deveria retornar à clínica regularmente
• Assistência à AIDS/SIDA – para obter seus comprimidos até que o
a perspectiva da Tear Fund tratamento de um ano fosse completado.
Angong ouviu cuidadosamente e retornou
• Idéias de várias partes do fielmente todos os meses para obter seus
mundo medicamentos, sempre com uma melhor
• Recursos aparência cada vez que vinha à clínica.
Fotos: Sue Hanley

Após um ano ela era como que uma nova


• AIDS/SIDA e a pessoa, saudável, sorridente e feliz.
comunidade Angong é um exemplo perfeito para todos
nós e demonstra como é importante
SAÚDE

PASSO A PASSO
ISSN 1353-9868
Tuberculose e AIDS/
SIDA nos anos 90
A Passo a Passo é uma publicação trimestral que
procura aproximar pessoas em todo o mundo
envolvidas na área de saúde e desenvolvimento.
A Tear Fund, responsável pela publicação da
Passo a Passo, espera que esta revista estimule
novas idéias e traga entusiasmo a estas pessoas.
A revista é uma maneira de encorajar os cristãos
de todas as nações que trabalham buscando a
melhoria de suas comunidades.
A Passo a Passo é gratuita para àqueles que pelo Dr Paul Saunderson
promovem saúde e desenvolvimento. É
publicada em inglês, francês, português e
espanhol. Donativos são bem vindos.
Os leitores são convidadas a contribuir com
suas opiniões, artigos, cartas e fotografias.
A TUBERCULOSE foi uma das pessoas infectadas pelo HIV aumenta ao
doenças mais temidas no século 19. redor do mundo, um crescimento rápido é
Editora: Isabel Carter
83 Market Place, South Cave, Brough, esperado no número de pacientes com
N Humberside, HU15 2AS, Inglaterra. Nos últimos 100 anos a tuberculose tem tuberculose. Programas contra a tuber-
Tel/Fax: 0430 422065 sido superada em muitos países culose em muitos países têm hoje pouco
Editora – Linguas estrangeiras: Maria Leake desenvolvidos por duas razões principais. efeito. Como poderão eles ser mais eficazes
Comitê Editorial: A primeira pelo fato de se saber como a quando o número de pacientes crescer
Jerry Adams, Dra Ann Ashworth, Mike Carter, doença se alastra. Isto começou com o
Jennie Collins, Bill Crooks, Richard Franceys,
rapidamente? Neste artigo abordamos
George Goddard, Sue Hanley, Suleiman trabalho de Robert Koch em 1882. Através algumas das soluções possíveis para um
Jakonda, Dr Ted Lankester, Sandra Michie, deste conhecimento, medidas de saúde enorme e crescente problema.
Nigel Poole, Jim Rowland, José Smith, John pública foram introduzidas para reduzir o
Wibberley
Ilustração: Rod Mill
alastramento da doença. A segunda razão Como a tuberculose se
é a melhoria nas condições de vida, com propaga?
Design: Wingfinger Graphics, Leeds
melhor moradia, nutrição e saneamento.
Tradução: A tuberculose se propaga devido a uma
Dr Jorge Cruz, Totoya Dew, Gerard Godon, No entanto, a situação é muito diferente bactéria pequena, o bacilo da tuberculose.
João Martinez da Cruz, María Leake, Nicole
Mauriange, Jean Perry
nos países em desenvolvimento. O risco de Quando uma pessoa com tuberculose ativa
Mailing List:
infecção da tuberculose continua tão alto tosse, os bacilos da tuberculose são liber-
Escreva, dando uma breve informação sobre o como no passado. Aproximadamente 1.7 tados na respiração. É mais comum que a
trabalho que você faz e informando o idioma bilhões de pessoas, um terço da população infecção seja transmitida em lugares
preferido para: Footsteps Mailing List, Tear
Fund, 100 Church Road, Teddington,
mundial, estão infectadas com a fechados ou cheios de pessoas, normal-
Middlesex, TW11 8QE, Inglaterra. tuberculose. mente em casa ou no trabalho. O esputo
Tel: 081 977 9144 (escarro) pode também passar a infecção.
Artigos e ilustrações da Passo a Passo podem ser A tuberculose é ainda uma das doenças O gado também pode ser infectado com
adaptados para uso como material de mais temidas e mata cerca de três
treinamento que venha a promover saúde e
tuberculose e os bacilos da tuberculose
desenvolvimento desde que os materiais sejam milhões de pessoas em cada ano. podem passar para o leite quando este não
distribuídos gratuitamente e que os que usam é pasteurizado.
estes materiais adaptados saibam que eles são
provenientes da Passo a Passo. A única vacina disponível, o BCG, protege
crianças mas não previne o alastramento Previna o alastramento da tuberculose
Publicado pela Tear Fund, uma companhia
limitada, registrada na Inglaterra sob o da tuberculose. Dentro desta situação orientando as pessoas a não tossirem ou
No.265464. deprimente, os efeitos da pandemia do cuspirem em um ambiente fechado.
HIV serão provavelmente devastadores. Encorage as pessoas a não cuspirem no
chão.
A infecção pelo HIV enfraquece a
capacidade do organismo em lutar contra
a infecção. À medida que o número de Onde a tuberculose aparece com
frequência, metade da população é
infectada até atingirem a idade adulta. As
pessoas geralmente não sabem que estão
infectadas. Geralmente não há sintomas.
Na maioria dos casos as defesas do corpo
são fortes o suficiente para prevenir o
alastramento dos bacilos da tuberculose
que simplesmente permanecem nos
pulmões e gânglios linfáticos. Somente
10% das pessoas infectadas chegam a
desenvolver uma tuberculose ativa.
Há dois tipos de tuberculose ativa…
Foto: Mike Webb

■ TUBERCULOSE PULMONAR
■ TUBERCULOSE NÃO PULMONAR
(envolve outras áreas do corpo).

2 PASSO A PASSO NO.19


SAÚDE
Mais de metade da população que desen- Efeitos da pandemia do problema. Que esperança existe para que
volve uma tuberculose ativa desenvolve a se tenha um controle da tuberculose, visto
do HIV no ciclo da
tuberculose nos pulmões (tuberculose que o número de pessoas infectadas com o
pulmonar). Isto é mais comum porque os tuberculose HIV continua a crescer rapidamente? Há
bacilos da tuberculose geralmente entram A infecção do HIV reduz a capacidade do vários problemas sérios que afetam os
no corpo primeiro pelos pulmões, quando a corpo de resistir a doenças e infecções. programas de controle da tuberculose…
pessoa inala as bactérias. Este é o tipo Doenças que um organismo sadio poderia ■ Há no momento demasiados pacientes
infeccioso da tuberculose. Estas pessoas normalmente rejeitar têm condições de se para serem tratados em hospitais durante
transmitem a doença a outras, especial- desenvolver. Os bacilos da tuberculose são os dois meses iniciais. (Após este período a
mente crianças que vivem no mesmo muito comuns e rápidos em se aproveita- pessoa não contaminará a outras).
ambiente. Uma pessoa com tuberculose rem do enfraquecimento das resistências
pulmonar geralmente infecta uma média de do corpo. ■ Muitos tuberculosos não podem desfrutar
20 a 28 pessoas antes que faleça ou se de tratamento hospitalar, por razões
recupere da doença. Duas ou três destas Quando pessoas já infectadas com os econômicas e geográficas.
pessoas infectadas desenvolverão tuber- bacilos da tuberculose se tornam infec- ■ Na mente de muitas pessoas, a tuberculose
culose. Sem tratamento, de 60 a 70% destas tadas com o HIV, mais da metade (ao é agora associada com a AIDS/SIDA.
pessoas infectadas morrem dentro de cinco invés de apenas 10 normalmente) Cresce a tendência de se isolar e rejeitar os
anos. desenvolvem uma tuberculose ativa. pacientes.
Isto leva a um aumento no risco de ■ Pode ser necessário que o tratamento
Isto leva a uma situação estável ou ciclo infecção e destrói o ciclo estável da tenha que ser feito por um período maior
(ver abaixo), com o número de mortes doença. se a pessoa tem sua imunidade afetada
sendo igualado ao número de novos pelo HIV.
casos de tuberculose. Este foi o caso na
É esperado um crescimento rápido no
maioria da região do sub Saara da África Nas próximas duas páginas vamos
número de tuberculosos. Os programas
até a chegada da pandemia do HIV. considerar algumas respostas a esta
existentes provavelmente não darão conta
situação deprimente e difícil.

I N T E R R U PÇ Ã O !
Imunização com o BCG
Oferece uma boa proteção às
crianças contra a tuberculose
durante cerca de 15 anos. I N T E R R U PÇ Ã O !
Boa saúde
Boa moradia e uma dieta sadia
ajudará as pessoas a resistirem e
combaterem os bacilos da
O tuberculose.
ÇÃ
Tuberculose pulmonar C
FE

Trata-se de um sério problema –


IN

tuberculose ativa e infecciosa. Sem


tratamento, a doença geralmente
leva à morte dentro de poucos
O Ciclo
Estável da
anos. A pessoa apresenta tosse
forte, frequentemente com sangue,
febre alta e suor à noite, perda de
peso e cansaço generalizado. Esta
pessoa infetará cerca de 20-28
outras, especialmente crianças e
amigos.
Tuberculose
O tratamento pobre ou incompleto faz
com que a TB se desenvolva novamente.

90% das pessoas infectadas


I N T E R R U PÇ Ã O ! conseguem resistir à doença. Não
10% dos infectados há nenhum sinal da doença.
A história bem sucedida desenvolvem Normalmente as pessoas não
O paciente é corretamente diag- tuberculose ativa após sabem que foram infectadas. (Isto
nosticado como tendo tuberculose anos de boa saúde. inclui até metade da população de
pulmonar. Após um esquema com- Isto se deve ao muitos países). No entanto, se o
pleto de tratamento (de até um ano), enfraquecimento das corpo é enfraquecido pela doença,
a pessoa está completamente defesas do corpo. malnutrição ou infecção pelo HIV,
curada. Uma vez que o tratamento Sem tratamento, 60% a os bacilos que permanecem nos
se inicia, há pouco risco de se 70% dos pacientes com pulmões podem causar uma
transmitir a tuberculose a outros. tuberculose ativa irão falecer. tuberculose ativa.

PASSO A PASSO NO.19 3


SAÚDE

O controle DEFINIÇÕES
BACILOS um tipo de bactéria

da tuber- PULMONAR
com um formato longo
e fino
relativo aos pulmões

culose PANDEMIA

RESISTÊNCIA
envolve o mundo
inteiro
capacidade de
combater a doença

Ilustração: MAP International

MUITAS IDÉIAS DIFERENTES Cuidando do paciente Um tratamento bem ■ Todos os profissionais de saúde devem
foram tentadas e sugeridas. sucedido da tuberculose envolve o uso de estar mais a par do problema da tuberculose
drogas diferentes por um longo tempo. É para que possam testar mais pessoas
Alguns acreditam que a única muito importante que o pessoal de saúde suspeitas de ter a doença.
esperança se encontra em novas compreenda isto. Eles devem explicar aos ■ O público em geral precisa estar mais a
drogas e vacinas. No entanto, há pacientes a importância de se completar o par da tuberculose para que mais pessoas
outras maneiras de se ajudar a tratamento. Os pacientes geralmente se possam se voluntariar a serem testadas.
sentem melhor após algumas semanas de
melhorar programas de controle
tratamento e páram então de tomar a Tratando o paciente
da tuberculose. medicação. Talvez eles não tenham
■ Cada paciente precisa de tratamento com
O tratamento eficaz para a tuberculose foi condições de comprá-la ou não se
a combinação mais apropriada de drogas
inicialmente desenvolvido nos anos 50, importam. Apesar de se sentirem melhor,
para o seu caso (seguindo as diretrizes gerais
mas frequentemente muitos pacientes ao os bacilos da tuberculose não estão
para cada país).
redor do mundo ainda não têm acesso a mortos. Mais cedo ou mais tarde, a
doença ativa retorna. Um novo ■ Os pacientes e suas famílias devem ser
ele. Há três atividades principais que são
úteis no controle da tuberculose nos países tratamento é então necessário mas pode ensinados acerca do tratamento da
em desenvolvimento. não estar disponível. Os programas de tuberculose.
prevenção da tuberculose tentam ■ Previna o aparecimento de resistências ás
Identificando o paciente O primeiro passo é prevenir que esta situação aconteça
identificar as pessoas que procuram drogas contra a tuberculose usando-as
supervisionando os pacientes e corretamente.
tratamento que possam estar com investigando se eles continuam o
tuberculose ativa. Todos os pacientes com tratamento. ■ Previna o roubo e uso indiscriminado de
uma tosse persistente que dure mais do drogas contra a tuberculose.
que 2 ou 3 semanas devem ser testados. Quando um paciente interrompe o ■ Para evitar confusão, todas as drogas
Isto é geralmente feito usando-se tratamento, os bacilos da tuberculose contra a tuberculose dentro de um país
microscópios que localizam os bacilos da podem se tornar resistentes às drogas devem vir de uma mesma fonte com a
tuberculose no esputo de pacientes usadas. Daí então uma doença curável mesma embalagem, quando possível.
infectados. O teste pode também ser feito se torna um risco à vida, não apenas
com o uso de Raio X, que mostrará a ■ Use as drogas mais modernas sempre que
para o doente mas também para outros possível. Apesar de serem mais caras, no
presença da tuberculose nos pulmões,
que podem ser infectados. final a quimioterapia de curto prazo permite
além da prova da tuberculina. Ambos são
caros e não muito precisos na identificação melhores resultados e é mais econômica.
de pacientes com doença ativa. Todas estas ■ Use apenas use uma combinação de
técnicas exigem treinamento simples.
O CAMINHO À FRENTE
drogas que tenham sido comprovadas como
Tratando o paciente Os bacilos da tuberculose Medidas simples podem melhorar estas capazes de prevenir a resistência às drogas e
não são fáceis de destruir, pois rapida- três atividades. Segue abaixo uma que curem quase todos os pacientes. A
mente se tornam resistentes a qualquer variedade de idéias úteis que servem para resistência às drogas é sempre o resultado
tipo de drogas. Por causa disto, é qualquer comunidade… de tratamentos mal feitos.
administrada uma combinação de pelo ■ Reduza o período de permanência no
menos três drogas. O tratamento é longo, Identificando o paciente
hospital até no máximo uma semana (ou
geralmente entre seis a doze meses. ■ Aumente o treinamento do pessoal de nenhuma permanência) para a maioria dos
saúde e o número de microscópios pacientes, a menos que estejam muito
A tuberculose pulmonar pode ser curada disponíveis. Isto não significa que se doentes.
em quase todos os casos. Uma vez que o necessite de laboratórios em todas as
tratamento inicia, o paciente não mais unidades de saúde, desde que o Cuidando do Paciente
infetará a outros. transporte para os laboratórios centrais ■ Promova a informação sobre a
seja eficiente e os resultados dos exames tuberculose tanto por parte do público como
sejam enviados rapidamente. dos que rabalham na área de saúde.

4 PASSO A PASSO NO.19


SAÚDE
■ Tome medidas de supervisionamento e apressar o desenvolvimento da AIDS/ executados para averiguar se isto é
motivação de todo o pessoal de saúde. SIDA. No entanto, a causa de morte de um possível. As três coisas importantes no
■ Envolva os que trabalham na área de
paciente tratado para a tuberculose é pro- controle da tuberculose (Identificar o
saúde comunitária na supervisão da vavelmente devida a outras complicações paciente, prescrever o tratamento correto
comunidade. da AIDS/SIDA. e cuidar do paciente) devem estar
A idéia de se dar medicamentos preventi- funcionando bem em todo o país, antes
■ Melhore a comunicação entre o pessoal que um programa deste tipo possa ter
de saúde e os pacientes. vos a pessoas saudáveis reconhecidamente
em risco de desenvolverem a tuberculose início.
■ Elabore programas de tratamento que ativa, é útil. O tratamento (normalmente
sejam fáceis para os pacientes usarem em isoniazida) é feito por seis meses,
casa. O Dr Paul Saunderson trabalhou no Uganda
normalmente com pessoas com a infecção durante dez anos com a Tear Fund, e no
■ Execute programas de tratamento pelo HIV e que apresentaram um momento é o diretor responsável pelo controle
regionalmente. Isto facilita que se resultado positivo no teste da tuberculose. de lepra e tuberculose na organização ALERT
encaminhe pacientes a unidades de saúde Para a maioria dos países, os números na Etiópia. Ele gostaria de se corresponder
e distritos diferentes. Não execute progra- envolvidos são tão grandes que o dinheiro com leitores. Escreva para…
mas de luta anti-tuberculosa isolados. e a organização necessários faz com que
isto seja quase impossível. No entanto, não ALERT
■ Melhore a qualidade das visitas aos PO Box 165
há dúvidas de que este treinamento
pacientes em seus lares e programas de Addis Ababa
preventivo seria compensador e mais
apoio.
barato do que fornecer tratamento para a Ethiopia.
■ Aumente a quantidade disponível de tuberculose. Várias testes estão sendo
assistência à saúde a todos os pacientes de
várias maneiras…
• física (distância dos centros de saúde)
• econômica (certificando-se de que o Tuberculose – o que você deve e não deve fazer
tratamento está disponível até mesmo
para os mais pobres) ✔ Você deve sempre examinar o esputo se os sintomas (como tosse persistente)
• cultural (provendo quando apropriado, sugerem a existência de tuberculose.
por exemplo, funcionárias do sexo
feminino que cuidam de pacientes do ✔ Você deve certificar-se de que o paciente compreende que o período completo
sexo feminino). de tratamento é necessário, mesmo que os sintomas venham a desaparecer
■ Forneça aconselhamento aos funcio- após pouco tempo (se possível dê um folheto ao paciente explicando isto).
nários e aos pacientes que têm que lidar
com os efeitos penosos da tuberculose e da
✔ Você deve ser amigo e simpático. Assim é mais provável que o paciente volte
AIDS/SIDA. Em muitas áreas, a ligação para obtener a medicação e continuar o tratamento.
entre as duas doenças já é tão forte que as
pessoas pensam que elas se tratam da
✔ Você deve examinar toda a família e contactos, especialmente se estão doentes.
mesma doença. Considere a introdução de ✔ Você deve colocar o nome do paciente no registro de pacientes com tuberculose
algum tipo de aconselhamento antes que
testem o esputo do paciente pois um
e entregar-lhe um cartão com as datas das consultas marcadas. Certifique-se de
resultado positivo pode frequentemente que os pacientes entendem o procedimento e que irão se lembrar da data
indicar que o paciente também é HIV marcada.
positivo. Treine conselheiros em
programas de controle da AIDS/SIDA e ✔ Você deve enviar alguêm à casa do paciente se ele não voltar na data marcada
em questões ligadas à tuberculose. para a consulta.
Questões ligadas à ✔ Você deve avaliar regularmente o seu estoque de medicamentos contra a
infecção pelo HIV tuberculose e assegurar-se de que não venham a faltar.
O desenvolvimento da tuberculose é
frequentemente o primeiro sinal de que a ✘ Você não deve esquecer que qualquer pessoa com uma tosse forte e persistente
pessoa possui a infecção pelo HIV. Um
pode estar com tuberculose, especialmente se ela tem febre e perda de peso.
teste de HIV provará isto, apesar de que às
vezes outros sinais podem indicar que a ✘ Você não deve esquecer de analisar o esputo.
infecção pelo HIV é provável.
O tratamento da tuberculose em pacientes ✘ Você nunca deve dar uma droga única, use sempre a combinação de drogas
com HIV requer as mesmas drogas, que recomendada.
irão controlar (mas geralmente não curar)
a tuberculose. A resistência a múltiplas ✘ Você não deve esquecer de investigar porque um paciente não voltou e persuadí-
drogas pode ser mais comum em pacientes lo a completar o tratamento.
infectados pelo HIV que se esquecem de
Retirado do livro Clinical Tuberculosis (informações na página 14), com permissão da
tomar sua medicação regularmente.
TALC e dos autores.
Há também evidência que a tuberculose
em pessoas infectadas pelo HIV pode

PASSO A PASSO NO.19 5


CARTAS
braço ou perna aumenta a probabilidade Pedido de materiais de ensino
de paralisia naquele braço ou perna em
A ORGANIZAÇÃO CONSEDE, em
20%. Também descobrimos que as
Honduras, pede informações aos leitores.
injeções aumentam a lesão dos músculos
EDITORA
Com outros cinco grupos eles estão
SSO daquele braço ou perna. As injeções
PASSO A PA PLACE preparando um manual para ensino de
MA RKET estavam mais provavelmente
83 Agricultura. A idéia deles é a de
VE
SOUTH CA relacionadas com morte ou falta de
BROUGH SIDE simplificar o ensino e aprendizagem de
recuperação dos músculos. Quase um
N. HUMBER técnicas de Agricultura em seus projetos.
HU15 2AS terço das crianças não teriam tido
A Ficariam muitos satisfeitos em receber
INGLATERR paralisia sem as injeções desnecessárias.
informações dos leitores sobre outras
Muitas injeções (especialmente as usadas publicações úteis que eles poderiam
para febre e diarréia em crianças e bebês) adaptar. Eles acham que a Paso a Paso é
Injeções desnecessárias são desnecessárias. Se outros medica- muito útil e procuram materiais
mentos fossem administrados por via semelhantes. Materiais em espanhol
AS INJEÇÕES são muito populares nos
oral, os efeitos da poliomielite seriam seriam ideais.
países em desenvolvimento. É muito
difícil persuadir os adultos que as então reduzidos. Devemos persuadir as
CONSEDE
injeções são raramente necessárias e que mães que injeções desnecessárias para
Apartado Postal 4339
outros tratamentos seriam melhores e seus filhos que estejam doentes
Tegucigalpa
menos perigosos. As injeções podem deveriam ser evitadas.
Honduras
transmitir doenças ou causar abscessos Dr H V Wyatt C America
se agulhas e seringas não forem Dept of Clinical Medicine
esterializadas apropriadamente para Leeds University Comunicação em
cada injeção. 1 Hollyshaw Terrace tempo de guerra
Estudos recentes também mostraram Leeds A PARTILHA DE IDÉIAS e de
que as injeções aumentam a paralisia LS15 7BG experiências entres agricultores e entre
EDITORA:
causada pela poliomielite. Com um O Dr Wyatt gostaria agricultores e técnicos não é um processo
colega indiano estudei recentemente os de receber cartas de fácil. Se torna ainda mais difícil durante
efeitos de injeções em crianças com qualquer pessoa interessada uma guerra civil. As comunicações se
poliomielite em um hospital no sul da neste assunto. Detalhes tornam muito difíceis e poucas pessoas
Índia. Examinamos 262 crianças com completos destes estudos estão continuam se dedicando a trabalhos de
poliomielite. Entres elas, 174 haviam à disposição. Quaisquer extensão em Agricultura. Por outro lado,
tomado injeções desnecessárias menos informações de crianças com estas mesmas dificuldades fazem com
de dois dias antes do começo da paralisia poliomielite e o uso de injeções que a necessidade de se partilhar
Descobrimos que uma injeção em um seriam muito bem recebidas. informações seja ainda mais importante.

Livro de receitas de soja


O PROJETO DE NUTRIÇÃO DE SOJA
recebeu grande apoio popular na
Zâmbia. Atraves de nosso trabalho, a
soja é cultivada mais amplamente aqui e
1 Limpe os grãos de soja.
Coloque os em água fervente
e deixe-os cozinhar durante 30
nosso manual fornece boas idéias para minutos. Certifique-se de que a
se cultivar, cozinhar e preparar a soja. O água não páre de ferver.
manual de 36 páginas How Can I cook
Soya Beans? custa apenas um dólar. Pode 2 Jogue fora a água usada e
lave bem a soja em água
limpa. Seque a soja no sol.
ser adquirido em Inglês, Bemba, Nyanja,
Lozi e Tonga. Como exemplo, segue
uma receita sobre como preparar café de
3 Torre a soja seca
sem o uso de
óleo até ficar castan-
soja. ha escura.

Renate Schempp
Soya Nutrition Project 4 Triture os
grãos de soja
torrados até que
PO Box 90612
Luanshya 5 Peneire o pó. Triture nova-
mente os pedaços dos
grãos que não passarem pela
formem um pó.

Zambia
peneira. Guarde o pó em um
EDITORA: Provei este café e gostei muito. recipiente hermético. Use-o
como qualquer outro tipo de
café.

6 PASSO A PASSO NO.19


CARTAS
Durante a recente guerra civil, Anotações em ordem alfabética que os problemas começaram quando
trabalhamos com o programa de precisávamos da segunda letra. O nome
A EDIÇÃO desta revista sobre
Agricultura da diocese de Chalatenango Debbe vem antes ou depois do nome
alfabetização (Março de 1994) me fez
(no norte de El Salvador, onde os efeitos da Dobbe? ‘Parece que não consigo lembrar
lembrar de um incidente no hospital
guerra civil foram sérios). Planejamos uma o alfabeto’, explicou Kitengie. Onde ele
onde trabalho. Precisavamos montar um
série de visitas a diferentes igrejas mora há muito poucos livros e não há
sistema de registro após termos tentado
durante as estações do ano agrícola. necessidade de se saber o alfabeto.
guardar os dados em ordem alfabética
Escrevemos o alfabeto e explicamos
O líder de cada igreja anunciou com sem termos tido sucesso.
passo a passo como o sistema
bastante antecedência a nossa visita pois
Era sempre muito difícil conseguirmos funcionava. Colocamos um pedaço de
assim todos os agricultores interessados
descobrir os dados de um paciente. As papel grande na parede com o alfabeto,
poderiam participar. Marcamos as
pessoas aqui usam uma quantidade em frente da mesa onde o Kitengie e o
reuniões para logo após o culto de
limitada de nomes, fazendo com que Mudimbi trabalha. Assim eles poderiam
domingo, por ser o dia em que a maioria
muitas pessoas na mesma área tenham o memorizar as letras e a ordem delas sem
das pessoas não trabalha. Em algumas
mesmo nome e sobrenome. Muitos não que percebessem. Mais tarde, um colega
ocasiões tivemos agricultores de 15
sabem a sua data de nascimento e por do escritório ouviu o Kitengie explicando
comunidades diferentes, todos
isso não podíamos usá-la como referên- com grande entusiasmo para alguém
pertencentes à mesma diocese. Muitos
cia. Decidimos organizar os dados como o sistema funcionava. ‘Agora os
agricultores trouxeram amostras da
primeiro por aldeia e depois por nome. dados sobre nossos pacientes está em
colheita que foram danificadas, que
boa ordem!’
tinham alguma doença ou que foram Mudimbi era um dos atendentes
destruídas por alguma praga de insetos. responsáveis por organizar o novo Nós também aprendemos uma lição.
sistema. Organizamos as pastas primeiro Não devemos supor que as pessoas com
O próximo passo foi achar uma solução
por aldeias, depois por nomes e as quais trabalhamos terão o mesmo
para estes problemas. Ulises pediu que
começamos a usar o sistema no hospital. nível de alfabetização.
todos nos contassem quais eram seus
Após dois dias descobrimos que o
problemas mais sérios e daí preparei Sra C Ostins
sistema não estava funcionando.
uma lista. Perguntamos então quantas Kipushya Hospital
pessoas tiveram os mesmos problemas Nos reunimos com os dois Zaire
pois assim poderíamos lidar primeiro responsáveis e percebemos
com os problemas que afetavam a
maioria das pessoas.
Para que achassemos uma solução para
estes problemas, primeiro pedimos aos
agricultores que dissessem como eles
tentaram resolver os problemas. Às
vezes as soluções vieram dos próprios DA EDITORA
agricultores. Todos nós batemos palmas,
por exemplo, quando o Juan nos contou
como ele controlou um problema com A PREPARAÇÃO DESTA EDIÇÃO foi bastante deprimente. A perspectiva da
ratos, usando as sementes da árvore situação da AIDS/SIDA e da tuberculose é bastante sombria. No entanto, tentei
‘Madre de Cacao’ (Gliricidia sepium) ou a incluir várias idéias úteis dos leitores que possam encorajar os que trabalham com
casca em pó desta árvore misturada com pacientes com AIDS/SIDA e tuberculose. O Dr Paul Saunderson preparou um
arroz ou milho e usada como veneno. artigo muito útil e completo sobre a situação atual da tuberculose. Ele apresenta
Nós oferecemos ajuda apenas quando bons conselhos para projetos de saúde que desejem melhorar a situação da
ninguém presente tinha a solução. tuberculose em suas comunidades. Espero que o ciclo da tuberculose seja útil para
se ensinar a outros sobre a tuberculose. Os meus agradecimentos ao Sir John
Desta forma, todos aprendemos uns dos
Crofton pela sua ajuda no sentido de que este material fosse o mais correto
outros e juntos achamos soluções para
possível. Também incluímos alguns dados atualizados sobre a situação atual da
quase todos os problemas. Após a
reunião os agricultores retornaram às AIDS/SIDA. Juntas, a AIDS/SIDA e a tuberculose apresentam um dos maiores
suas comunidades e contaram a vizinhos problemas de saúde dos anos 90. Espero que esta edição ajude aqueles entre vocês
e parentes o que tinham aprendido. que estão com dificuldade em lidar com o custo humano envolvido.

No trabalho de extensão em agricultura é Continuem por favor a enviar as vossas cartas e artigos. Gosto muito de receber
essencial que se compreenda que informações dos leitores sobre uma variedade de assuntos. Os artigos mais
ninguém pode saber tudo e que todos interessantes são aqueles sobre experiências pessoais. Não hesite, portanto, em
podemos aprender uns dos outros. compartilhar a sua. Nas próximas edições estaremos abordando o meio ambiente,
trabalho de extensão e treinamento e tecnologias de baixo custo.
Wilfredo Morán
3a CP No 9
Chalatenango
El Salvador
C America

PASSO A PASSO NO.19 7


RECURSOS

Figuras modelo destacáveis


C F
G F

C G
D

E
A

F
D

C
F

B
B

G G

8 PASSO A PASSO NO.19


RECURSOS

POSTERS, FOLHETOS E FLANELÓGRAFOS são muito úteis para se


ensinar assuntos diferentes a grupos. Poucas pessoas são capazes de poder
desenhar qualquer coisa. Certamente não a maioria de nós. Temos
dificuldade em desenhar qualquer coisa que outros possam reconhecer! Às
vezes podemos copiar ou aumentar figuras para uso. Mas o que podemos
fazer se não temos nenhum desenho apropriado que se possa copiar?
Talvez alguém queira mostrar um agricultor em posições diferentes –
debruçando-se, inclinando-se ou plantando.
Um profissional de saúde pode ESTUDO BÍBLICO
precisar mostrar uma mulher dando
à luz ou amamentando ao peito O ministério de Dorcas
sentada. Mesmo que não haja por Mary Kanene
nenhuma figura para copiar, esta
figura modelo possibilita NESTE ESTUDO BÍBLICO, vemos o valor de
produzirem-se bons desenhos. O uma mulher em particular no serviço de
Deus: Dorcas.
modelo tem as proporções
corretas de uma figura Leia Atos 9:36–39. Dorcas tinha um grande
amor por Deus. Ela dedicava tempo à oração
humana e permite ser
e ao estudo da Bíblia. Do seu amor a Deus
ajustada para mostrar veio um grande amor por outras pessoas.
qualquer posição. Repare que ela sempre ajudou os pobres, não
apenas quando tinha tempo e recursos, mas
sempre. Qual é o nosso ministério? Deus o
Instruções chamou para fazer o quê? Quem se beneficia
com nosso trabalho? Nós mesmos, nosso

1 Corte as partes do corpo cuidadosamente. Se possível, fotocopie a página pois


assim você não precisará cortar este número da Passo a Passo. É uma boa idéia
colar o papel a um papelão ou plástico fino para que fique mais firme. Os carpinteiros
orgulho ou outros? Estas perguntas não são
fáceis de serem respondidas. Dedique um
pouco de tempo pensando em seu ministério.
podem usar também madeira compensada fina, se tiverem uma serra. Leia Atos 9:40–42. Deus levantou Dorcas dos
mortos pela sua compaixão pelas pessoas que
2 Reúna as peças com o uso de uma agulha e linha, certificando-se de que as
letras nas peças se combinem. A agulha e a linha devem passar pelos pontos
próximos a cada letra. Faça nós na linha de cada lado do papel. O nó deve ser
lamentavam sua morte. Ele usou Pedro para
trazê-la de volta à vida porque as mulheres
que eram suas amigas sentiam muito a falta
grande o bastante para não passar pelo buraco. As peças devem se mover com
dela. Os seus amigos eram os pobres, as
facilidade. Não use pontos pois o modelo não se moveria. viúvas. Quando sairmos de nossa região para
um novo trabalho, as pessoas se sentirão
3 Quando o modelo estiver terminado, você poderá colocá-lo em qualquer posição.
As pessoas não podem fazer todos os movimentos que o modelo faz. Coloque
sempre o modelo numa posição semelhante à do corpo humano!
felizes ou tristes? Quem vai chorar se
morrermos?
Assim como Dorcas, a mulher que iniciou o

4 Desenhe ou copie o modelo colocando-o sobre um pedaço de papel. Você vai


precisar de pelo menos uma pessoa para o ajudar a manter o modelo no lugar.
Uma alternativa é usar um pedaço de vidro ou plástico transparente para manter o
Ministério Dorcas em Lusaka, Zâmbia, foi
também condenada à morte. Ela descobriu
que estava infectada com o HIV. Ela ficou
modelo no lugar. O modelo pode ser ajustado para que o rosto esteja virado para a muito fraca para continuar seu trabalho como
esquerda ou a direita. professora. Deprimida e confusa, se voltou
para Deus para receber orientaçao d’Ele.

5 Uma vez que o contorno esteja terminado, você pode ser creativo! Adicione
cabelo e as roupas, decida se a figura vai ser um homem ou uma mulher, jovem
ou idoso. Use uma caneta com tinta permanente para complementar o desenho.
Através d’Ele ela foi ‘levantada’ apesar de
sua doença. Ele a restaurou com uma nova
vida. Ele lhe deu um interesse por um
Mostramos dois exemplos para dar-lhe algumas idéias. ministério de tempo integral com mulheres
pobres. Hoje, através da visão desta senhora,
Esperamos que goste de usar seu o Ministério Dorcas tem 20 membros que
modelo. Agradecemos à trabalham junto a mulheres pobres, algumas
organização ‘World Neighbours’ com AIDS/SIDA, ensinando atividades
profissionalizantes, provendo amor e
por nos permitir adaptar este
compaixão.
artigo que foi publicado no Volume
19-3E da In Action. Talvez você Leia 1 Tessalonicenses 1:3. Que esta possa
poderia nos enviar uma foto se ser a nossa oração por aqueles no Ministério
usar seu modelo para preparar Dorcas em Lusaka, e por grupos semelhantes
posters ou manuais! ao redor do mundo e por nós mesmos.

PASSO A PASSO NO.19 9


SAÚDE

Foto: Mike Webb


AIDS/SIDA
HOJE A Igreja tem
um papel
fundamental
na educação
por Nyangoma Kabarole sobre a
AIDS/SIDA.

DADOS RECENTES da Organi- AIDS/SIDA se desenvolverá após a comportamento. Nossos profissionais de


infecção pelo HIV, apesar de que isto saúde estão realizando uma pesquisa para
zação Munidal de Saúde (OMS)
poderá levar vários anos. Este diagrama da descobrir o que as pessoas realmente
nos mostra que a situação da OMS mostra o crescimento estimado em compreendem. Os resultados deverão nos
AIDS/SIDA é realmente muito casos de AIDS/SIDA até o ano 2.000. Há ajudar em nosso ensino. As pessoas com as
séria. Em Janeiro de 1994 eles uma preocupação de que os efeitos da quais trabalhamos em Boga frequentemente
estimaram que mais de 15 milhões AIDS/SIDA podem se tornar tão devasta- têm pouca ou nenhuma instrução. O nosso
dores que o crescimento da população irá ensino sobre a AIDS/SIDA deve ser simples e
de adultos e crianças foram na verdade diminuir em alguns países. fácil de ser entendido. Achamos ser útil
infectados com o HIV. Acima de usarmos peças teatrais e figuras que mostram
Estes dados dão uma idéia da necessidade
tres milhões de casos de AIDS/ à qual nós cristãos temos que responder.
SIDA foram registrados até ao As pessoas que estão morrendo de
momento. AIDS/SIDA são principalmente pessoas
jovens em seus 20 ou 30 anos. Frequente-
Certamente muitos casos não são mente estas pessoas são bem preparadas, O sistema de
NOSSO
registrados. A OMS espera mais 10 a 15 ás vezes até mesmo educadas no exterior a imunidade contra TOSSE CORPO
milhões de casos de infecção pelo HIV até um alto custo para nossos governos. Elas ataca uma tosse
final dos anos 90. Muitos serão crianças e a são as pessoas das quais nossos países enquanto nosso
maioria dos casos serão nos países em mais dependem. Quem construirá nossos corpo permanece
desenvolvimento. Hoje em dia, em países? Irão nossas economias entrar em em bom estado.
algumas cidades de África Oriental e colapso? Quem irá cuidar de todos os
Meridional, um terço das pessoas adultas órfãos?
jovens estão infectadas com o HIV. Um o sistema de imunidade do corpo que
alastramento devastador da infecção do A maioria das pessoas em nossa área combate as doenças para nós, como uma
HIV é esperado acontecer na Ásia. A conhecem sobre a AIDS/SIDA hoje em dia pessoa separada. Esta pessoa pode combater a
mas poucos estão prontos a mudar seu maioria das doenças apesar de que algumas
podem nos fazer sentir doentes por algum
800.000 tempo. A AIDS/SIDA, no entanto, é muito
Estimativa de novos África
forte. Ela pode até mesmo destruir o sistema
de imunidade. Daí então nosso corpo pode
casos de AIDS/SIDA contrair todo tipo de doenças, ficamos muito
doentes e morremos.
600.000 por ano Como os cristãos devem
1980 – 2000 responder?
Ásia As igrejas têm um papel importante no
trabalho de educação. A Bíblia ensina que o
Quem cuidará
casamento deve ser para toda a vida e que
400.000 dos órfãos?
homens e mulheres devem ser fiéis em seu
casamento. Ela também ensina que sexo deve
ser desfrutado apenas dentro do casamento.
Agora, mais do que nunca, o mundo precisa
ouvir esta mensagem. A Igreja deve liderar a
200.000 educação sobre a AIDS/SIDA. Podemos
América Latina ajudar as pessoas com AIDS/SIDA em seus
problemas. Devemos dar-lhes a esperança e o
Oceania,
encorajamento que necessitam para continuar.
Europa,
América Muitos pessoas querem se preparar para a
do Norte morte e estão desejosas em aprender sobre a
0
vida eterna.
1980 1985 1990 1995 2000
10 PASSO A PASSO NO.19
SAÚDE

Assistência à
• cuidado aos órfãos ■ Descubra o que mais está sendo realizado
• menos pressão para que os jovens ‘vendam’ seu localmente. Não duplique trabalhos.
corpo para poder comprar comida ou pagar ■ Faça um levantamento das proporções da

AIDS/SIDA –
mensalidades escolares. AIDS/SIDA em sua área.
Muitas outras coisas úteis podem ser adicionadas FORMAÇÃO E TREINAMENTO DE EQUIPES
a esta lista. Devemos procurar que as mudanças ■ Desenvolva um clima de sinceridade e confiança

a perspectiva afetem a comunidade inteira. Encoraje a todos,


incluindo se a pessoa com HIV ou AIDS/SIDA neste
processo de assistência. Oportunidades para se
entre a sua equipe.
■ Descubra onde se pode encontrar treinamento
disponível em sua área.

da Tear Fund
discutir sobre o alastramento da AIDS/SIDA irão
aumentar devido às atividades de assistência. As AVALIAÇÃO
atitudes das pessoas serão desafiadas e menos
■ Planeje o seu trabalho, estabelecendo metas e
pessoas tentarão negar a existência do problema.
por David Evans objetivos.
As pessoas vão começar a vêr que as suas ações e
estilos de vida afetarão as pessoas com as quais ■ Faça questão de ter uma boa avaliação e
COMO CRISTÃOS, qual é a nossa resposta à elas convivem e suas inteiras comunidades. acompanhamento.
AIDS/SIDA? Deveríamos concentrar nossos OPORTUNIDADES
Ao invés de ver o ‘cuidado’ como uma alternativa
esforços em educação e prevenção ou deveríamos
para atividades de ‘prevenção’, os dois se tornam ■ Como podem os resultados das suas atividades
iniciar programas de cuidado à AIDS/SIDA? Como
uma coisa só quando os resultados das atividades de assistência se tornar oportunidades para se
estas duas atividades se encaixam?
de assistência direciona as pessoas para a discutir sobre a prevenção à AIDS/SIDA?
Uma parte importante do trabalho cristão é a idéia prevenção do alastramento da AIDS/SIDA.
de mudança – em todos os níveis da vida. Mudança de
Queremos ver as vidas das pessoas e de suas Palavras chave para comportamento
comunidades transformadas de maneira prática e programas de AIDS/SIDA Abstinência e fidelidade são dois tipos de
espiritual. O apoio que oferecemos como cristãos
comportamento que previnem o alastramento da
deve incluir ajuda pastoral e suporte que vai além PESQUISA AIDS/SIDA. Gostaríamos de receber informações
de apenas fazer as pessoas se sentirem mais ■ Compreenda a atitude das pessoas quanto à sobre projetos que estejam tendo sucesso por
positivas. Nosso apoio deve gentilmente desafiar a AIDS/SIDA, na igreja e fora da igreja. estarem encorajando este tipo de comportamento.
maneira com que elas vêem a vida. Este tipo de
Como você avalia o progresso de seu trabalho?
apoio afetará não apenas aqueles que estão
Gostaríamos de recolher informações sobre como
sofrendo e morrendo mas também suas famiílias e
encorajar discussões na comunidade sobre
comunidades.
questões sexuais e estilo de vida.
Os resultados de programas de assistência à
AIDS/SIDA podem incluir… David Evans é um especialista na área da
AIDS/SIDA na Tear Fund. Favor escrever
• famílias unidas
para ele se você possuir
• pessoas morrendo com dignidade, sabendo que informações
suas crianças serão cuidadas apropriadamente relevantes.
• pessoas morrendo com fé em Deus e em paz
com Ele
A
• menos receio de rejeição por parte da família, da Q UE DADE ção
U
ED MUNI /SIDA. A iSn/fSeIDA s. e
c
igreja e dos amigos

A CO ausa a AoImD que a vAários anos


S I D

S U que
c
faz
c
apó
s
E
Aconselho que você aprenda de outras ■ Como vocês ajudariam as rus empre mente POD V POR
:
o ví e
IV é uase s quent V O CÊ H I
pessoas. Não espere até que você veja mulheres jovens em suas O H
HIV
q fre IR O
lva, TRA xua
is
pessoas morrendo em sua comunidade comunidades? pelo senvo C ON s se a
d e
à O R : e la çõe pesso
antes de começar a fazer algo. Não fique O que você pode fazer no sentido Ê N V PO ■ R m uma
■ VOC O HI c o a inad
o
calado! Muitas pessoas ainda pensam que IR a ctad ntam
de encorajar o tipo correto de N TRA c o mid infe c o
CO rtir ue são
a AIDS/SIDA é um sonho que não está educação sexual em sua casa, igreja e epa ang que
■ R se ■ S lhas uitas
presente em seu país ou comunidade. s ça r g u
escola? o
■ T ar e ab
ra ■ A adas m serem
Esteja preparado ! us s sem
Toc s s
■ Como cuidará nossa comunidade dos ■
s qu ito veze ilizada
o r
■ M itários este tada IV
Pontos de discussão órfãos? an nfec
■ S a s m ãe i itir o H m
n a
Um transm ê recé
■ Por que tantas mulheres jovens contraem isci
Seguem algumas perguntas úteis para ■ P jar e
pod seu be
b
ei e
discussão em sua igreja, comunidade ou AIDS/SIDA? Como cuidará nossa ■ B
a n g u
a Ce ia
p a ra
o .
ar s ant cid
comunidade dos doentes? ■ D ice da S de nas
trabalho… C ál upa E
NT O
Que passos práticos podemos dar para ■ a ro RA
■ U sar pessoa S DU UITO
■ O que a Igreja pode fazer na educação ■ a IVO Z M IV.
mostrar às pessoas com AIDS/SIDA de que outr VAT EDU O H
sobre a AIDS/SIDA? SER LR IR
RE EXUA SMIT
nos importamos com elas? EP S N
S O D ÇÃO T RA
■ Que hábitos culturais temos que O U RELA E SE
A OD
possam estar encorajando o UM RISC
Nyangoma Kabarole é o Diretor dos Serviços Médicos em
alastramento da AIDS/SIDA? Boga, Zaire.

PASSO A PASSO NO.19 11


TROCA DE EXPERIÊNCIAS

M UITOS DE VOCES
mandaram boas idéias
Cuidado familiar
É melhor que todos os membros da família
saibam se alguém esta contaminado pelo HIV.
sobre o trabalho de Pelo menos os líderes da família devem saber.
Muito dinheiro vai ser necessário para cuidar
educação da tuberculose da pessoa e isto dará tempo para a família se
e da AIDS/SIDA. preparar. Às vezes as pessoas se mudam
Seguem algumas destas para uma cidade para se esconderem de seus
familiares. Mas isto significa que eles logo
idéias. Espero que elas- gastam todo o dinheiro, não sobrando nada
lhe sejam úteis. para se cuidar das crianças destas pessoas ou
para que se cuide delas quando ficam muito
doentes. É melhor que elas fiquem com suas
famílias e que ilhes contem.

A tuberculose e as
“Os pacientes em uma enfermaria de tuberculose crianças
Em Pequim, na China, os ‘médicos de pé-descalço’
são geralmente muito pobres e têm bastante Os métodos tradicionais de se diagnosticar a
tuberculose não são muito fáceis com crianças recebem cerca de $1 por cada caso de tuberculose
tempo livre. Atividades como a produção de
pequenas. Elas não sabem como produzir o que eles descobrem. Por cada tuberculoso que
cestos, costura, produção de sabão, colchões e esputo para ser testado. Tenha em atenção o completa o esquema completo de tratamento da
jardinagem podem ajudá-los a ganhar o suficiente seguinte…
tuberculose, o médico recebe $10 de bonus. Estes
para que possam melhorar sua dieta. Estas • malnutrição
incentivos ajudaram a aumentar quatro vezes mais
atividades serão úteis também para o futuro.” • contato com pessoas com tosse crônica
o número de tuberculosos que são descobertos e
• tosse, febre ou diarréia por mais de um mês
tratados. Agora este método está sendo estendido
• controle de peso – a perda inexplicada de
peso pode significar tuberculose a outras partes da China.
Aconselhamento • gânglios do pescoço aumentados
Por que tantas pessoas não voltam para saber • desmaios ou rigidez do pescoço (pode ser
o resultado do teste do HIV, até mesmo após meningite tuberculosa).
terem recebido aconselhamento? Outros, no Uma história incompleta
Se a febre continuar após se averiguarem
entanto, retornam todas as semanas para todas as causas possíveis, e se terem usando Use a idéia de uma história incompleta para
receber ajuda e medicamentos. Isto é difícil de antibióticos e antimaláricos, experimente dar estimular uma discussão. Mostre duas figuras,
entender. Seguem algumas idéias… comprimidos de tiacetazona/isoniazida uma mostrando o problema e a outra os
• Faça tudo com privacidade e em confi- (Cuidado: a tiacetazona pode apresentar resultados do que aconteceu. Peça que o
dência. efeitos colaterais se o paciente tem AIDS/ grupo descreva as duas figuras e o que deve
SIDA). Apenas a tuberculose responderá a ter acontecido para causar aquilo. Em outras
• Não receba os pacientes com AIDS/SIDA
estas duas drogas. Se a febre desaparecer palavras, o grupo ‘completa a história’.
em horários separados dos outros pacientes
para que eles não tenham receio de serem dentro de duas semanas, comece a dar ao
reconhecidos. paciente o tratamento completo da tuber-
culose.
• Seja paciente.
• Dê bastante apoio e estímulo aos O tratamento errado da tuberculose é pior
conselheiros. O trabalho pode ser muito do que não se dar nenhum tratamento pois
solitário. Nós nos reunimos e oramos juntos o paciente pode se tornar resistente às
regularmente. drogas. O paciente pode vir a falecer mas
antes irá contaminar a outros com um tipo
de tuberculose que é resistente às drogas.
Não inicie o tratamento da tuberculose ao
menos que você tenha certeza de que tem
as drogas suficientes para terminar o trata-
mento e fazer um acompanhamento.

“Eu acredito firmemente que você não possa apenas ‘fazer’ o trabalho. Você deve estar ‘com’ a comunidade,
participar das refeições e descontrair-se com eles. Passe um tempo com eles ‘fora do horário de trabalho’.”

12 PASSO A PASSO NO.19


TROCA DE EXPERIÊNCIAS
“Comece de uma maneira pequena e veja se Deus “A AIDS/SIDA é deprimente. Faça coisas
abençoa o trabalho. Depois deixe-o crescer.” diferentes em seu trabalho. Faça coisas
agradáveis, assim como coisas tristes.”

Diminuindo o
custo da morte
Informações para o
A morte é algo muito custoso. As pessoas com
pessoal de saúde
AIDS/SIDA frequentemente vendem suas
propriedades e terras antes que morram, para O vírus HIV pode ser transmitido por
pagar pelo tratamento. No Zimbabue, caixões secreções do corpo – sangue, sémen, fluídos
de papel maché estão sendo produzidos. Têm vaginais que penetram a pele das mãos
havido tantas mortes causadas pela AIDS/ quando esta tem um corte ou irritação. Ao
SIDA que os pastores passam quase todo o cuidar de pacientes ou ao lidar com secreções
tempo em funerais. A demanda por caixões é corporais, usamos sacos plásticos para cobrir
tão grande que os estoques de madeira estão nossas mãos. Luvas são difíceis de serem
chegando ao fim. Os caixões de papel maché Peça teatral e AIDS/SIDA achadas e muito caras.
são muito mais baratos. As substâncias químicas abaixo podem matar
Fazemos uma peça teatral com o uso de
túnicas com a palavra AIDS/SIDA. Aqui a o vírus HIV…
chamamos de UKIMWI. Contamos a história • Glutaraldeído 2% ou VIRKON em pó
do João, que contraiu a AIDS/SIDA. Ele veste • Iodo de Polividona 2%
a túnica. Ele se deita com sua namorada e ela
• Solução de cloro 0.5%
contrai a AIDS/SIDA. Ela então veste a túnica.
• Álcool de limpeza 70%
Ela se casa com uma outra pessoa, que
também contrai a AIDS/SIDA. Ele também • Álcool cirúrgico 70%
veste a túnica. Eles têm um bebê que contrai a • Peróxido de hidrogênio 6%
AIDS/SIDA, etc. É bastante interessante para • Lisol 3%
as pessoas que assistem seus colegas
atuarem. A peça ensina… Savlon e Dettol não são fortes o suficiente
para matar o vírus HIV. Se instrumentos forem
• quão facilmente a AIDS/SIDA é contraída
fervidos em água por 20 minutos, o vírus HIV
• que mais de metade das pessoas que também será destruído. Lisol não mata o vírus
contraem a AIDS/SIDA não são promíscuas. da hepatite (também transmitidos pelas
A AIDS/SIDA não é algo de que se secreções do corpo) e portanto não é sempre
envergonhar. recomendado. Isto tem causado alguma
• o tempo envolvido. Uma pessoa pode ser confusão.
cristã agora mas contraiu a infecção pelo
EDITORA: Pedimos desculpas pois nas
HIV no passado. Quando uma pessoa tem
primeiras edições da Passo a Passo dissemos
AIDS/SIDA não significa que ela vai para o
que o Lisol, às vezes a substância química
inferno!
mais barata, não mata o vírus HIV. Informa-
Apenas eu, o Bispo e Deus Alguns hinos podem ser cantados durante o ções recentes confirmam que sim.
período de ensino para reforçar a mensagem.
Quando cheguei em Dodoma pela primeira Escreva canções relevantes para o contexto
vez, perguntei ao Senhor o que ele queria que local. Ensine uma canção às pessoas presen-
eu fizesse. Ele me mostrou de uma maneira tes para que elas possam cantá-la no caminho NÓS TEMOS QUE MUDAR
muito clara que eu deveria me juntar ao de volta à suas casas.
trabalho da diocese na área da AIDS/SIDA.
Porém eu descobri que não havia programa de
trabalho sobre AIDS/SIDA. Apenas eu e o NÓS TEMOS UM PROBLEMA
Bispo com uma grande visão pela sua
comunidade! Tive que confiar inteiramente em
Deus para que Ele me mostrasse o que queria
ACEITAÇÃO
que eu fizesse e seguir as orientações do
Bispo e do Pessoal do saúde ao meu redor.
HÁ UM PROBLEMA – MAS “Toda comunidade irá reagir à situação da
A visão se desenvolveu até agora e temos
QUE NÃO É APENAS NOSSO AIDS/SIDA por um processo gradual,
uma equipe de sanitaristas. Estamos treinando começando primeiro com uma negação.
voluntários de certas aldeias para ajuda-los a Apenas quando a comunidade atinge um
cuidar dos seus doentes, especialmente aque-
les com AIDS/SIDA. Temos uma série de
NÃO HÁ NENHUM estágio final, mudanças reais são possíveis.”
clínicas e produzimos dois folhetos e uma PROBLEMA
cassete sobre a AIDS/SIDA. Sabemos que o
Senhor tem mais reservados para nós. Nossos agradecimentos a Ruth Chorley
(Tanzania) e Jenny Gibson (Serra Leoa) pela sua
NEGAÇÃO contribuição nestas páginas.

PASSO A PASSO NO.19 13


RECURSOS
Strategies for Hope Series Control of TB Flipchart
Vários folhetos desta série muito prática, Esta publicação enfatisa a participação
foram mencionados em edições anteriores da comunidade no controle e prevenção
da Passo a Passo. Está série apresenta muitas da tuberculose. É produzida pela
informações práticas e vários estudos de organização ‘World Neighbours’ e custa
caso. Os folhetos de 1 a 7 são agora também $6.50, incluindo a postagem (portes). É
publicados em francês. publicado em inglês, espanhol e francês.
No.1 From Fear to Hope Assistência e
World Neighbours
prevenção da AIDS/SIDA no Hospital
4127 NW 122 St
Chikankata, na Zâmbia
Oklahoma City
No.2 Living Positively with AIDS TASO, A OK 73120
Organização de Apoio à AIDS/SIDA em USA
Uganda
No.3 AIDS Management A organização de um
grande programa de AIDS/SIDA na
Zâmbia AIDS is Our Problem
No.4 Meeting AIDS with Compassion O trabalho Esta é uma série de folhetos ilustrados
de uma clínica em Gana com a prevenção Clinical Tuberculosis com seis partes para os que trabalham
da AIDS/SIDA e o fornecimento de por John Crofton, Norman Horne e Fred Miller com a comunidade. Eles podem ser
assistência domiciliar a pacientes Macmillan 210 páginas adquiridos gratuitamente em inglês e
No.5 AIDS Orphans Os efeitos da AIDS no ISBN 0-333-56689-0 (de capa mole) francês para leitores em países em
sistema familiar na Tanzania desenvolvimento.
Este livro é altamente recomendável. E
No.6 The Caring Community Lidando com a bastante completo, prático e fácil de ser Arid Lands Information Network
AIDS nas áreas urbanas de Uganda lido. É um guia útil para qualquer médico Casier Postal 3
e pessoal de saúde que lidam com a Dakar-Fann
No.7 All Against AIDS Projeto Copperbelt de
tuberculose. Custa £3 através da TALC Senegal
Educação de Saúde, na Zâmbia
(Acrescente £2 pela postagem (porte) e W Africa
No.8 Work against AIDS Iniciativas com base embalagem ou 30% extra se mais livros
no local de trabalho ligadas à AIDS/SIDA forem pedidos). Grupos que não têm
em Zimbabue condições para pagar devem escrever para
Todos os folhetos podem ser adquiridos da a TALC, descrevendo o trabalho que
We are on the Radio
TALC e custam £2 (libras esterlinas) cada, fazem e solicitando uma cópia gratuita.
Um livro e uma cassete produzidos pela
incluindo a postagem (portes), exceto o
‘Child-to-Child’ para grupos que querem
No.8, que tem muito mais páginas e custa
envolver crianças na produção de
£2,75. Grupos que trabalham na região do
programas de radio sobre saúde. É uma
Sub-Saara da África podem receber cópias MAP International Aids introdução sobre o que é necessário para se
destes folhetos gratuitamente. Escreva para
a TALC para maiores detalhes.
Traning Manuals planejar e preparar idéias para rádio. O
A MAP é uma organização cristã que livro descreve métodos para se criar
As pessoas do Quênia devem escrever para: apoia organizações missionárias na área histórias, jogos e canções, como dar
AMREF, PO Box 30125, Nairobi. médica e as igrejas locais. Eles entrevistas, fazer anúncios sobre saúde, etc.
As pessoas de Uganda devem escrever recentemente publicaram uma série muito A cassete dá exemplos e conselhos sobre
para: AMREF Uganda, PO Box 51, Entebbe. útil de manuais sobre a AIDS/SIDA para todas estas idéias e inclui um programa de
os que trabalham com treinamento em 20 minutos com crianças apresentando
As pessoas da Tanzania devem escrever notícias sobre saúde. O programa é livre de
Saúde e líderes de igrejas para ajuda-los a
para: AIDS project, AMREF Tanzania, PO direitos de autor e pode ser transmitido.
educar suas comunidades sobre a
Box 2773, Dar es Salaam.
AIDS/SIDA. Há três manuais, no
momento em inglês, mas em breve
também em francês e Eles podem ser
HIV in the Workplace: kiswahili… adquiridos da TALC
dealing with the issues e custam £3,50.
Facts and Feeling about AIDS Adicione £2 pela
Este é um jogo de sete manuais de drama- postagem
AIDS in your community
tização desenvolvidos pelo escritório (portes) e
regional da Ásia e do Pacífico da UNDP. Helpers for a Healing Community
embalagem ou
Eles podem ser adquiridos da TALC. -um manual de aconselhamento
30% se outros
pastoral sobre a AIDS/SIDA
livros forem
MAP International pedidos.
Muitos dos ítems mencionados podem ser PO Box 21663
adquiridos da TALC que estoca muitos outros Nairobi
livros e recursos… Kenya
TALC, PO Box 49
St Albans, AL1 4AX, Reino Unido

14 PASSO A PASSO NO.19


RECURSOS
The 1-4-1-AIDS Game HIV Infection in Children –
O propósito principal deste jogo é o de Slide Set
combinar entretenimento para pessoas Uma nova série de 48 slides com ‘script’,
jovens, diálogo e aprendizasem sobre podem agora ser adquiridos da TALC. É
saúde sexual e AIDS/SIDA. Os jogos dirigido a médicos e outras pessoas da
geralmente relaxam as pessoas.Introduzir
área de saúde que cuidam de crianças
idéias sobre saúde sexual em um jogo
contaminadas pelo HIV. As várias sessões
pode ajudar as pessoas a superarem sua
abordam muitas questões, incluindo a
inibição e ajudá-las a conversar
abertamente sobre estes assuntos. transmissão do HIV em crianças,
diagnóstico, problemas médicos e
O jogo é feito com um forte papel AIDS Action amamentação.
laminado. As regras do jogo estão escritas Este boletim de notícias fornece
em cinco idiomas (português, francês, informações sobre assistência, educação e A serie de slides custa £7,60 (os slides
espanhol, kiswahili e inglês). O jogo inclui prevenção da AIDS/SIDA. É produzido precisam ser montados), incluindo
um dado e ensino sobre saúde sexual e pela AHRTAG quatro vezes por ano. Pode postagem (portes) por via terrestre. Custa
AIDS/SIDA. Dois grupos de perguntas ser adquirido gratuitamente pelos leitores £11 com os slides já montados. Adicione
(apenas disponível em inglês) estão em países em desenvolvimento. Edições £1,80 se você desejar postagem (portes) via
incluídos para que o jogo possa ser jogado anteriores trouxeram uma série muito útil aérea. Adicione £2 a estes preços se você
em dois níveis, dependendo do de seis folhetos destacáveis, Let’s teach mora em um país desenvolvido.
conhecimento das pessoas sobre questões about AIDS, dos quais podem ser
sexuais -básico e avançado. adquiridas cópias.
O jogo custa £2,50 (£3,50 incluindo AHRTAG Una Amenaza, Una Agonia,
postagem/portes por via 1 London Bridge Street
aérea) e pode ser
SIDA
London por Apolos Landa Tucto
adquirida pela TALC. SE1 9SG
Reino Unido Ediciones Puma (CENIP)
ISBN 1-871609-27-5
Este é um livro sobre a perspectiva cristã
ECHO International sobre a AIDS/SIDA, particularmente na
Este é um grupo cristão especializado América Latina. Disponível apenas em
em fornecer medicamentos e espanhol. Os vários capítulos abordam a
equipamento a clínicas e hospitais no situação atual, o alastramento da
exterior. O serviços prestados e os preços AIDS/SIDA na América Latina, os
cobrados são altamente recomendáveis. sintomas e causas da AIDS/SIDA,
Escreva para a ECHO para receber prevenção e responsabilidade da Igreja.
maiores informações e um formulário de O livro estimula os cristãos e líderes de
pedido. Como exemplo, segue o preço igrejas a se comunicarem, educarem,
de algumas drogas contra a tuberculose: cooperarem, consolarem e coordenarem
A Guide to Promote Rural Isoniazida 100mg a sua resposta à AIDS/SIDA. Há muito
Self-Reliant Development 1.000 comprimidos £1,50 que aprender sobre nossa
(A Ghana Experience) Isoniazida/Tiacetazona 300mg responsabilidade como cristãos. O livro é
por Wilbert E Tengey 1.000 comprimidos £7,10 muito útil visto que muito pouco tem
estado à disposição dos cristãos sobre a
ISBN 9964-91-150-5 (de capa mole) Rifampicina 300mg
AIDS/SIDA na América Latina.
100 comprimidos £5,00
Um guia útil para pessoas que trabalham
A ECHO também vende vários kits para
com grupos populares em busca de
o teste do HIV a baixo custo. Testes
desenvolvimento auto dependente. simples HIV-CHEK, que não
Contém capítulos sobre assuntos como a necessitam de uma geladeira
sobrevivência de valores tradicionais, o (frigorífico), podem ser adquiridos
trabalho conjunto, a compreensão das para se fazer transfusões de sangue
necessidades da comunidade, as causas com segurança. O custo destes Pode ser
dos problemas, técnicas de mobilização, testes são subsidiados por adquirido por
animadores e treinamento. O livro tem patrocinadores e kits com 100 $6,00, incluindo a
92 páginas e custa $5,00 para os países testes custam £50. postagem (porte)
em desenvolvimento ($8,00 para os ECHO International de…
outros países), excluindo a postagem Ullswater Crescent Ediciones PUMA
(portes) desde Gana. Coulsdon CENIP
African Centre for Human Development Surrey CR5 2HR Jr Pachitca 266
PO Box 0273 Reino Unido Apdo 1277
Osu-Accra Lima 100
Ghana Peru.

PASSO A PASSO NO.19 15


SAÚDE

A AIDS/SIDA e
pessoa mudar seu comportamento se a
comunidade espera um tipo diferente de
comportamento.

a Comunidade Informações sobre a AIDS/SIDA podem


ser obtidas facilmente hoje em dia, mas
muitas comunidades não sabem o que
fazer com estas informações. Elas não
pelo Dr Ian Clarke conseguem ver como seus valores e estilos
de vida, aceites por todos, afetam o
alastramento da AIDS/SIDA. Elas não

Foto: Mike Webb


MUITOS programas de trabalho conseguem ver como esta nova informação
sobre a AIDS/SIDA envolvem a pode causar uma diferença em suas vidas.
comunidade. Mas apesar dos Elas ainda não vêem como mudar seu
programas trabalharem na comportamento.
comunidade, ela pode não se sentir Primeiro, motive a comunidade a aprender as questões que as estão afetando, elas irão
mais sobre si mesma. Quando as pessoas abandonar as respostas que achavam
envolvida. Há uma tremenda
começam a discutir juntas sobre serem ‘corretas’ e trabalharem suas
diferença entre algo que está AIDS/SIDA, elas começam a avaliar os próprias respostas ao problema. Quando
localizado na comunidade e algo que efeitos da AIDS/SIDA sobre elas. Elas isto acontece, pessoas de fora da
é controlado pela comunidade. começam a compreender como os seus comunidade podem ser úteis oferecendo
valores locais e comportamento afetam a ajuda e apoio. Elas vão precisar de
Localizado na Comunidade: Localizado na situação da AIDS/SIDA. As pessoas de recursos e apoio para manter seu
comunidade mas na verdade controlado fora da comunidade precisam entender os entusiasmo e desenvolver suas idéias.
por pessoas de fora. valores da comunidade e aprender sobre a Em muitos países as igrejas têm um um
Controlado pela Comunidade: A maioria das razão certos tipos de comportamento são papel importante em tudo isto. Elas são
idéias e o controle vem da comunidade. aceites. Isto só pode acontecer quando os parte da comunidade local. Elas podem
que são de fora da comunidade ouvem os mostrar um estilo de vida alternativo e
Uma boa maneira para se entender se há
que são da comunidade. Não é fácil podem demonstrar amor, aceitação e
uma participação real da comunidade é
organizar oportunidades para as pessoas apoio aos pacientes com AIDS/SIDA.
perguntar: ‘Este projeto continuará sem o
se encontrarem e conversarem aberta- Pessoas com AIDS/SIDA ou com a
apoio externo?’
mente. Isto requer certa compreensão de infecção pelo HIV não são necessariamente
No caso da AIDS/SIDA, a participação da como a comunidade funciona e o pessoas ‘ruins’. Elas não são responsáveis
comunidade é muito importante. A entusiasmo para se continuar a motivar as por esta epidemia. Devido às pessoas
prevenção da propagação da AIDS/SIDA pessoas a levarem suas discussões adiante. frequentemente se sentirem culpadas, elas
só será feita quando as pessoas mudarem
O próximo passo é prover oportunidades tentam esconder sua situação. A Igreja
seu comportamento. No entanto, as
para que os líderes da comunidade falem pode mostrar o caminho da aceitação. Os
pessoas são todas parte de suas comuni-
sobre a AIDS/SIDA e o que está aconte- pacientes com AIDS/SIDA não terão que
dades. A comunidade afeta o seu com-
cendo em suas comunidades. Quando as se esconder se existirem pessoas que as
portamento. É muito difícil para uma
pessoas téem a oportunidade de lidar com amem e as apoiem.
Leva muito tempo para que atitudes e
Rapidez no plantio de árvores prioridades mudem dentro das
comunidades. Quando esta mudança
Aqui estão algumas idéias úteis de agricultores de Costa Rica. Dois meses antes que comece a época de acontece, há um grande impacto nas
plantio, os agricultores procuram por árvores com brotos (rebentos) grandes crescendo verticalmente dos pessoas. Quando nossas comunidades se
galhos (brotos epicórmicos). Eles escolhem brotos grossos de três anos (A) e os cortam na base. Se os responsabilizarem pela situação da
brotos tem mais de dois metros de comprimento, eles não serão alcançados por animais de pasto quando AIDS/SIDA e encontrarem suas próprias
plantados. Os brotos mais curtos também podem ser usados. Os brotos são podados e colocados respostas, veremos mudanças no
horizontalmente à sombra por uma semana (B) e então amontoados de pé contra uma árvore por tres comportamento das pessoas, algo que
semanas com os lados que foram cortados para baixo (C), que são depois plantados a uma profundidade desejamos muito.
de 50 cm (D). A maioria (80%) crescem rapidamente.
Estas árvores crescem muito mais rápidamente do que as que crescem de uma semente. Eles usam
espécies locais e devido à sua grande utilidade, este método é usado para se plantare árvores que O Dr Ian Clarke trabalhou por muitos anos
funcionam como cercas por crescerem tão rapidamente. como missionário da CMS em Uganda,
implantando o Hospital Kiwoko.
Tente usar este método em sua área e nos escreva contando os resultados.
Adaptado de um artigo escrito por Dominique Jolin e Emmanuel Torguebiau em Agroforestry Today.
Publicado pela
A B C D

100 Church Rd, Teddington, TW11 8QE, Inglaterra


Editora: Isabel Carter, 83 Market Place, South Cave,
Brough, North Humberside, HU15 2AS, Inglaterra
16