Você está na página 1de 28

Psicologia Evolutiva

Qual o melhor indicador de que uma pessoa tem uma das características de personalidade abaixo? a) Violenta; b) Amorosa; c) Introvertida.

Psicologia Evolutiva

R.: Ter um gêmeo idêntico com uma dessas características.

A resposta está no parente genético mais semelhante.

Psicologia Evolutiva Conexão cromossômica: parentes genéticos próximos dos humanos Homo sapiens Homo neanderthalensis Australopithecus africanus Australopithecus afarensis .

A mente é composta por circuitos neurais criados pela seleção natural para resolver problemas que surgiram durante a história evolucionária.As características selecionadas são aquelas que geram o maior número possível de descendentes. . .Princípios da psicologia evolutiva Psicologia Evolutiva . . .A maioria dos efeitos dos genes no comportamento é probabilística. .A mente humana foi desenhada para a vida nas savanas africanas.A solução dos diferentes problemas é feita por diferentes módulos especializados no cérebro.A maior parte do que se passa na mente é inconsciente. .

” Dawkins. .Psicologia Evolutiva “ Somos arquivos do plioceno africano. 2003.

Psicologia Evolutiva Períodos de crescimento cerebral durante evolução 1º surto de crescimento cerebral 2º surto de crescimento cerebral Genes da mente humana atual .

consciência e pensamento racional. . 4) Linguagem.Psicologia Evolutiva Cérebro do Homo sapiens Fatores evolucionários contribuintes 1) Tecnologia (mãos livres). . . 2) Vida social.Córtex cerebral expandido (maior espaço para memória).A área para controle motor foi diminuída em relação aos primatas.A expansão criou áreas para emoções. . 3) Caça.

Hemisférios.Psicologia Evolutiva Cérebro humano atual tem anatomia padronizada . .Sulcos e giros .Lobos. .

.Psicologia Evolutiva Principal força adaptativa na evolução da mente . .Os genes dos comportamentos e sentimentos mais vantajosos são passados aos descendestes.Gerar o maior número possível de descendentes (cópias dos genes).

. .Senso espacial.Biologia intuitiva: compreender o natureza.Psicologia intuitiva: entender os outros.Lógica. .Física intuitiva: entender como os objetivos interagem.Senso probabilístico: pensar sobre chances de acontecimentos.Economia intuitiva: troca de bens e favores.Linguagem: para compartilhar idéias. . .Psicologia Evolutiva Anatomia da mente: resultado da seleção natural .Senso numérico: pensar sobre quantidades e totais. .Engenharia intuitiva: fazer e entender utensílios. . . . .

A razão da existência de dois sexos: reprodução com duas células haplóides requer o maquinário celular de uma célula diplóide normal (incluindo as mitocôndrias com seu DNA). a seleção natural levou a dos genitores a não ter o maquinário celular completo (espermatozóide). .Razão da relação sexual: mudar o material genético dos descendentes para se defender da ação de parasitas.Diferenças entre machos e fêmeas: origem no tamanho mínimo de seu investimento na prole.Psicologia Evolutiva Diferenças entre os sexos .O óvulo é grande e precioso e o espermatozóide é pequeno e barato. . . Par anular a competição entre dois DNAs mitocondriais. .

competindo com espermatozóides de outros machos. . Seu sucesso reprodutivo depende do número fêmeas com quem acasalam. Sua contribuição limita o número de filhos. Passa 9 meses nutrindo o filho. 2) Investimento masculino: Célula sexual menor. 1) Investimento feminino: Célula sexual maior. Seu sucesso reprodutivo não depende do número de machos com quem acasalam. Pode fertilizar várias fêmeas.Psicologia Evolutiva Diferenças entre os sexos: mulheres investem na prole mais do que os homens.

Atração por fêmeas com bom físico para gerar filhos e alimentá-los enquanto bebês.15 vezes maiores que mulheres). .Psicologia Evolutiva Diferenças entre os sexos: Adaptações nos machos para competir por fêmeas Os testículos ficaram grandes em relação ao tamanho corporal para produzir mais espermatozóides e competir com os de outros homens para cada óvulo. Comportamento de lutar pelas fêmeas e controlar seu comportamento sexual foi vantajoso. A competição masculina pelas mulheres levou a um físico mais forte (1. Comportamento de acasalar sem compromisso e com muitas mulheres foi vantajoso.

Psicologia Evolutiva Diferenças entre os sexos: mulheres escolhem genes e investimento na prole. Adaptações nos fêmeas para sucesso reprodutivo Buscam acasalar com homens com os melhores genes e com o melhor investimento na prole para passar vantagens aos seus filhos e ajudar nos cuidados na infância. O sentimento de ciúme surgiu da seleção natural em machos (garantir que sua fêmea tenha filhos seus) e em fêmeas (garantir que o macho invista em sua prole). . Interesse na relação de longo prazo. Muitas vezes acasalam com os melhores genes e vivem com o melhores investidores na prole. Escolha criteriosa do parceiro sem atração fácil pelo físico.

Psicologia Evolutiva Diferenças entre os sexos: a mente humana é adaptada a um mundo no qual sexo acarreta bebês Sinais físicos visuais de bons genes para reprodução Seios grandes para amamentar Cintura fina indica que ainda não gerou filhos de outros Quadris largos Indicam boa anatomia para o parto Evoluiu na mente o desejo por estas formas físicas. Ombros largos musculosos Abdômen sem gordura Força para caçar e proteger os filhos .

Os mais fortes. o casamento é uma transferência de propriedade de uma mulher. conseguiram fazer valer sua vontade e controlar sua prole.Psicologia Evolutiva Diferenças entre os maridos e esposas: influência do maior investimento na prole para gerar netos. homens. Na maioria das sociedades. do pai para o marido. Evoluiu o sentimento de desejar muitas esposas e não apenas muitas parceiras sexuais. o que inclui controle das esposas e filhas. - - . Muitas parceiras só era possível para os homens poderosos (poligamia existe em mais de 80% das culturas humanas).

O nepotismo e herança evoluíram como vantagens reprodutivas.Psicologia Evolutiva Amigos e parentes: melhor tratamento para ajudar ao um número maior de cópias Amor pelos familiares brota naturalmente. Boa vontade com um parente é proporcional à proximidade genética com este. A estrutura de família como organização . não. Quando se mata parentes. o amor pelos demais. Enteados tendem a receber maus tratos. Um gene que beneficia um parente tem uma grande chance de beneficiar a si mesmo. geralmente se mata não cosangüíneos.

Psicologia Evolutiva Status e dominância: competição no grupo por vantagens Status: condições de ajudar aos outros. Dominância: condições de ferir os outros. Buscar por status de dominância é universal nos humanos. aqueles que têm status são os últimos a sofrer restrições. por fêmeas. Primatas em grupos sociais: fêmeas competem por alimentos. Na limitação de recursos. os dominantes tomam a maior parte para si e para os seus. Quando há dificuldades num grupo. machos. resultando em desigualdade. .

Conceito de justiça (negativa a assassinato. Solidariedade e colaboração. Bondade sincera. . Sentimentos morais. humilhação. escravidão e violência).Psicologia Evolutiva Bons motivos evoluídos na mente humana: resultam em maior vantagem reprodutiva Amor pelos filhos. estupro. Humor. Resistência a abuso de poder. pelo cônjuge fiel. por amigos e aliados.

Egoísmo. Mentalidade pautada em tabus. Etnocentrismo e hostilidades entre grupos. Vingança. Violência masculina. Conflito.Psicologia Evolutiva Maus motivos evoluídos na mente humana: resultam em maior vantagem reprodutiva Inveja. Parcialidade do senso moral. Falsidade. Dominância. .

que pode ser moldada pelo ambiente e pelos pais.Psicologia Evolutiva Universais humanos: características comuns a todos os povos que vivem na Terra Falsas idéias: ausência de violência entre povos isolados e selvagens (bom selvagem). idéia de que a criança nasce como a mente em branco (tábula rasa). Engodos: políticas com concentração de poder e/ou sem transparência administrativa. “pessoas boas” não praticam nepotismo. Utopias: um mundo sem guerras ou conflitos. - .

Liberdade de pensamento. Combate ao racismo. . sexismo e intolerância religiosa. Transparência administrativa e política.Psicologia Evolutiva Mensagem da psicologia evolutiva para uma vida melhor Aumentar as atenções sobre: Situação social das mulheres. Direitos humanos universais.

Aprendizado é mudança no cérebro. Ensinar aritmética e ciência. Ensinar linguagem escrita.Psicologia Evolutiva Educação: finalidades Fazer compreender aquilo que a mente humano é inatamente inepta. Ensinar conhecimentos e habilidades inventados recentemente. para os quais não evoluiu nenhuma aptidão generalizada no Homo sapiens. nepotismo. etc. - . biologia intuitiva. Inserir coisas novas e desativar coisas antigas (tabus.).

Aprender aquilo que a mente humana é inatamente inepta. PLIOCENO MACACOS BÍPEDES PLEISTOCENO HUMANOS Agricultura 10 mil anos Escrita atrás .Psicologia Evolutiva Finalidade da educação .

que pode ser moldada pelo ambiente e pelos pais.Psicologia Evolutiva Mente de bebês Bebês nascem com características mentais herdadas de seus pais e não são uma tábula rasa. - . A criança não nasce com a mente em branco (tábula rasa).

.Psicologia Evolutiva Personalidade das crianças 50% 50% 0% Na competição dentro de seus grupos de iguais. Mudanças na personalidade são mudanças nas conexões no cérebro. crianças selecionam características que serão vantajosas na busca de parceiros no futuro.

Os genes não têm o monopólio do determinismo.“O efeito dos genes no comportamento é como o efeito da fumaça do cigarro nos pulmões.” Richard Dawkins. . .O fato do indivíduo ter um gene particular não implica que ele terá aquele comportamento.Psicologia Evolutiva Os genes não somos nós . 2003. . O capelão do diabo.

2006. 550p CAVALLI-SFORZA. 289p DAWKINS. GARDNER.B. JOHANSON. SILK. São Paulo: Companhia das Letras. Desvendando o arco-íris. Tabula rasa: a negação contemporânea da natureza humana. J. Genes.ed. Inteligência: um conceito reformulado.. R. Como a mente funciona. 2003. H. 2005. PINKER. 1998. 2004. L. DAWKINS. São Paulo: Companhia das Letras. From Lucy to language. PINKER. São Paulo: Companhia das Letras.. 2001. R.L. Rio de Janeiro: Objetiva. São Paulo: Companhia das Letras. São Paulo: Companhia das Letras. 2000. 462p. povos e línguas. How humans evolved. 272p. 347p. S. 4. London: Simon & Schuster. B. O capelão do diabo. 1996.684p.C. Los Angeles: IEWW NORTON. . D. EDGAR.Psicologia Evolutiva Referências bibliográficas BOYD. R. S.