Você está na página 1de 84

1. O sistema inclui as instituições de segurança pública, Ministério Público, Defensoria Pública, tribunais de
1. O sistema inclui as instituições de segurança pública, Ministério Público, Defensoria Pública, tribunais de
1. O sistema inclui as instituições de segurança pública, Ministério Público, Defensoria Pública, tribunais de justiça e sistema penitenciário.

de segurança pública, Ministério Público, Defensoria Pública, tribunais de justiça e sistema penitenciário.
2. A pesquisa completa está disponível nos sites <www.ethos.org.br> e <www.forumseguranca.org.br>.

2. A pesquisa completa está disponível nos sites <www.ethos.org.br> e <www.forumseguranca.org.br>.

2. A pesquisa completa está disponível nos sites <www.ethos.org.br> e <www.forumseguranca.org.br>.

2. A pesquisa completa está disponível nos sites <www.ethos.org.br> e <www.forumseguranca.org.br>.
2. A pesquisa completa está disponível nos sites <www.ethos.org.br> e <www.forumseguranca.org.br>.

3. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/premiopoliciacidada>. 4. O Instituto Sou da Paz é uma
3. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/premiopoliciacidada>. 4. O Instituto Sou da Paz é uma
3. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/premiopoliciacidada>. 4. O Instituto Sou da Paz é uma
3. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/premiopoliciacidada>.
4. O Instituto Sou da Paz é uma ONG sediada em São Paulo e há mais de dez anos trabalha pela prevenção da violência no Brasil, procurando influenciar políticas públicas nessa área. Atua com cinco
temas – controle de armas, gestão local da segurança pública, culturas e valores, adolescência e juventude e polícia –,focando seus projetos nos públicos e locais mais atingidos pela violência.

adolescência e juventude e polícia –,focando seus projetos nos públicos e locais mais atingidos pela violência.
5. Para outras informações, consultar www.fiemg.org.br/minaspelapaz. 6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira,
5. Para outras informações, consultar www.fiemg.org.br/minaspelapaz. 6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira,

5. Para outras informações, consultar www.fiemg.org.br/minaspelapaz. 6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira,

5. Para outras informações, consultar www.fiemg.org.br/minaspelapaz.

6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira, Cenibra, Fiat, Gerdau, Samarco Mineração, Usiminas e V&M.

6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira, Cenibra, Fiat, Gerdau, Samarco Mineração, Usiminas e V&M.
6. Algar, AngloGold, Arcelor, Cedro Cachoeira, Cenibra, Fiat, Gerdau, Samarco Mineração, Usiminas e V&M.

7. Para outras informações, consultar <www.ispcv.org.br/ >. 8. Os quatro grandes projetos são o
7. Para outras informações, consultar <www.ispcv.org.br/ >. 8. Os quatro grandes projetos são o
7. Para outras informações, consultar <www.ispcv.org.br/ >. 8. Os quatro grandes projetos são o
7. Para outras informações, consultar <www.ispcv.org.br/ >.
8. Os quatro grandes projetos são o Dique-Denúncia, a implantação da Secretaria Executiva do Fórum Metropolitano de Segurança Pública, a coordenação do Fórum da Cidadania contra a Violência e a
realização de diagnósticos locais de segurança pública e planos de ação.

da Cidadania contra a Violência e a realização de diagnósticos locais de segurança pública e planos

9. Para outras informações, consultar <www.disquedenuncia.org.br >. 10. Alguns parceiros do Disque-Denúncia:
9. Para outras informações, consultar <www.disquedenuncia.org.br >. 10. Alguns parceiros do Disque-Denúncia:

9. Para outras informações, consultar <www.disquedenuncia.org.br >.

10. Alguns parceiros do Disque-Denúncia: Secretaria de Segurança Pública RJ; Secretaria de Administração Penitenciária RJ; Conselho Tutelar; Vigilância Sanitária Municipal; Vigilância Sanitária Estadual; Polícia Civil RJ; Batalhão de Polícia Militar RJ; Detran; BNDES; Petrobrás; CNSEG; Fundação Getúlio Vargas; Secretaria do Ambiente; Secretaria Estadual de Saúde.

RJ; Detran; BNDES; Petrobrás; CNSEG; Fundação Getúlio Vargas; Secretaria do Ambiente; Secretaria Estadual de Saúde.
RJ; Detran; BNDES; Petrobrás; CNSEG; Fundação Getúlio Vargas; Secretaria do Ambiente; Secretaria Estadual de Saúde.

11. Para outras informações, consultar <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.
11. Para outras informações, consultar <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.
11. Para outras informações, consultar <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.
11. Para outras informações, consultar <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.

11. Para outras informações, consultar <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.

12. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/pracasdapazsulamerica>. 13. Ver nota 9.
12. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/pracasdapazsulamerica>. 13. Ver nota 9.
12. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/pracasdapazsulamerica>.
13. Ver nota 9.

12. Para outras informações, consultar <www.soudapaz.org/pracasdapazsulamerica>. 13. Ver nota 9.
14. Para outras informações, consultar
14. Para outras informações, consultar

14. Para outras informações, consultar

14. Para outras informações, consultar <www.afroreggae.org.br/categoria/projetos-especiais/juventude-e-policia-projetos-especiais/> e <www.ucamcesec.com.br/at_proj_and_texto.php?cod_proj=11>.

e <www.ucamcesec.com.br/at_proj_and_texto.php?cod_proj=11>.
e <www.ucamcesec.com.br/at_proj_and_texto.php?cod_proj=11>.

15. Para mais informações, consultar <www.londrinapazeando.org.br>.
15. Para mais informações, consultar <www.londrinapazeando.org.br>.
15. Para mais informações, consultar <www.londrinapazeando.org.br>.

15. Para mais informações, consultar <www.londrinapazeando.org.br>.
16. Mais informações no site
16. Mais informações no site

16. Mais informações no site <www.caixaseguros.com.br/portal/site/CaixaSeguros/menuitem.9b0da7952f61a59b6cd4ac1230e001ca/?vgnextoid=ec4e1cf28d916110VgnVCM1000009200640aRCRD>.

17. “Fatores determinantes da violência interpessoal entre os jovens do DF”, Brasília, 6 de dezembro de 2006. Disponível em <www.caixaseguros.com.br/CaixaSeguros/arquivos/revista_atuacao_social.pdf>.

6 de dezembro de 2006. Disponível em <www.caixaseguros.com.br/CaixaSeguros/arquivos/revista_atuacao_social.pdf>.
6 de dezembro de 2006. Disponível em <www.caixaseguros.com.br/CaixaSeguros/arquivos/revista_atuacao_social.pdf>.

18. Informações adicionais podem ser encontradas em <www.soudapaz.org/acaonalinha>.
18. Informações adicionais podem ser encontradas em <www.soudapaz.org/acaonalinha>.

18. Informações adicionais podem ser encontradas em <www.soudapaz.org/acaonalinha>.

18. Informações adicionais podem ser encontradas em <www.soudapaz.org/acaonalinha>.
18. Informações adicionais podem ser encontradas em <www.soudapaz.org/acaonalinha>.

19. Para outras informações, consultar <www.serparte.com.br>.

19. Para outras informações, consultar <www.serparte.com.br>.
19. Para outras informações, consultar <www.serparte.com.br>.

19. Para outras informações, consultar <www.serparte.com.br>.
20. Para obter mais informações, consultar < www.vivasp.com.br>. 21. A Ação Comunitária abrange a área
20. Para obter mais informações, consultar < www.vivasp.com.br>. 21. A Ação Comunitária abrange a área

20. Para obter mais informações, consultar < www.vivasp.com.br>.

21. A Ação Comunitária abrange a área circundada pelas seguintes ruas e avenidas: Roque Petroni Jr, Santo Amaro, Verbo Divino, Alfredo Egídio de Souza Aranha e Nações Unidas (até a Roque Petroni Jr).

22. Para uma lista dos parceiros, ver <www.vivasp.com.br/sobre/parceiros_html>.

Unidas (até a Roque Petroni Jr). 22. Para uma lista dos parceiros, ver <www.vivasp.com.br/sobre/parceiros_html>.
Unidas (até a Roque Petroni Jr). 22. Para uma lista dos parceiros, ver <www.vivasp.com.br/sobre/parceiros_html>.

23. Mais informações, consultar <www.seds.mg.gov.br/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=283>.
23. Mais informações, consultar <www.seds.mg.gov.br/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=283>.
23. Mais informações, consultar <www.seds.mg.gov.br/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=283>.

23. Mais informações, consultar <www.seds.mg.gov.br/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=283>.
24. Para mais detalhes, consultar <www.vivaocentro.org.br>. 25. Para ver a lista completa, consultar
24. Para mais detalhes, consultar <www.vivaocentro.org.br>. 25. Para ver a lista completa, consultar

24. Para mais detalhes, consultar <www.vivaocentro.org.br>. 25. Para ver a lista completa, consultar

24. Para mais detalhes, consultar <www.vivaocentro.org.br>.

25. Para ver a lista completa, consultar <www.vivaocentro.org.br/vivaocentro/associados.htm>.

25. Para ver a lista completa, consultar <www.vivaocentro.org.br/vivaocentro/associados.htm>.
25. Para ver a lista completa, consultar <www.vivaocentro.org.br/vivaocentro/associados.htm>.

26. Mais informações, consultar <www.associacaopaulistaviva.org.br/>. 27. Para conhecer a lista completa de
26. Mais informações, consultar <www.associacaopaulistaviva.org.br/>. 27. Para conhecer a lista completa de
26. Mais informações, consultar <www.associacaopaulistaviva.org.br/>.
27. Para conhecer a lista completa de associados, consultar <www.associacaopaulistaviva.org.br/quemsomos_associados.asp>.

conhecer a lista completa de associados, consultar <www.associacaopaulistaviva.org.br/quemsomos_associados.asp>.

1. Souza, RSR & Souza, AMDN. Juventude e violência: novas demandas para a educação e
1. Souza, RSR & Souza, AMDN. Juventude e violência: novas demandas para a educação e

1. Souza, RSR & Souza, AMDN. Juventude e violência: novas demandas para a educação e a segurança públicas. Revista Brasileira de Segurança Pública, n. 06, p. 114-133, 2010.

2. ANDRADE, M.V.; PEIXOTO, B. T. Avaliação econômica de programas de prevenção e controle da criminalidade no Brasil. Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais, 2007 (Textos para Discussão, 311).

controle da criminalidade no Brasil. Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais, 2007 (Textos para Discussão, 311).
controle da criminalidade no Brasil. Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais, 2007 (Textos para Discussão, 311).

1. Estudo lançado em 2008, pela Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla), Instituto Sangari e

1. Estudo lançado em 2008, pela Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla), Instituto Sangari e
1. Estudo lançado em 2008, pela Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla), Instituto Sangari e
1. Estudo lançado em 2008, pela Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla), Instituto Sangari e Ministérios da Saúde e da Justiça.
2.WAISELFISZ, J. J. Mapa da violência dos municípios brasileiros 2008. Brasília: Ritla, 2008.

da Saúde e da Justiça. 2.WAISELFISZ, J. J. Mapa da violência dos municípios brasileiros 2008. Brasília:

1. Em 2008, foi registrado um total de 6.487 crimes de carga, que resultaram em
1. Em 2008, foi registrado um total de 6.487 crimes de carga, que resultaram em
1. Em 2008, foi registrado um total de 6.487 crimes de carga, que resultaram em um prejuízo de R$ 282.263.532,36.

1. Em 2008, foi registrado um total de 6.487 crimes de carga, que resultaram em um
2. Site da Fetcesp: <http://www.fetcesp.com.br>. Site com as informações sobre roubo de carga, produzidas pelo
2. Site da Fetcesp: <http://www.fetcesp.com.br>. Site com as informações sobre roubo de carga, produzidas pelo

2. Site da Fetcesp: <http://www.fetcesp.com.br>. Site com as informações sobre roubo de carga, produzidas pelo

2. Site da Fetcesp: <http://www.fetcesp.com.br>. Site com as informações sobre roubo de carga, produzidas pelo projeto: <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.

sobre roubo de carga, produzidas pelo projeto: <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.
sobre roubo de carga, produzidas pelo projeto: <http://www.fetcesp.com.br/estatisticas_roubocargas.htm>.