Você está na página 1de 17

Federação Espírita do Estado de São Paulo - Casa

Transitória Fabiano de Cristo


Curso de Expositor – Roteiro de Palestra
Elaborado por: Luiz Antonio Rosa
Reflexões da Visão Espírita sobre
os Transplantes de Orgãos
‘A medicina terrena é benção Divina
acompanhada de perto pelos espíritos de
elevada caridade e competência

‘Os progressos da medicina tem o aval e


a contribuição da espiritualidade superior

‘Os transplantes constituem uma sublime


benesse para aliviar dores e prolongar
vidas
As referências encontradas no
L.E. Sobre os transplantes
‘Questão 156 “Há casos em que há sangue
na veia, mas não há vida” (morte cerebral
ou morte encefálica);

‘Questão 257 “O perispírito ouve e sente


o que quer” (desapego da matéria)

‘Questão 723 “No estágio da humanidade,


a carne alimenta a carne (um orgão
substitui outro)
Doação de Orgãos:
Desprendimento material
‘Desprendimento do corpo físico cujo
homem não passa de usuário eventual

‘Ato complementar de amor aos que


tenham sido realizados durante a vida

‘Os benefícios da Lei Divina de ação e


reação em favor do doador desencarnado
As consequências para o
perispírito

‘Não há quaisquer comprometimentos


perispirituais na doação de orgãos

‘O comprometimento do perispírito se dá
unicamente pela vontade

‘Lesão perispiritual é causada por excesso


ou suicidio, nunca por um ato de amor
As Rejeições Psicossomáticas

‘Em razão das diferentes vibrações


energéticas entre doador e receptor

‘Falta de sintonia vibracional no destino


ocasionando a rejeição orgânica

‘Equalização dos fluídos se dá através


do altruismo do doador e gratidão do
receptor
O Corpo Humano Possui:

‘Cerca de 100 quatrilhões de células;


‘Mais ou menos 350 músculos;
‘Em torno de 100 articulações;
‘Mais de 200 ossos;
‘Cinco litros de sangue;
‘Todo um sistema orgânico maravilhoso e
harmonizado
Doação de orgãos:
Partes do corpo transplantáveis

‘Doador vivo:
Rim, parte do figado, parte do pulmão,
medula óssea, células do figado, celulas
do pancreas (produtora de insulina);

‘Doador morto:
Rim, figado, medula óssea, coração,
pulmão, pâncreas, intestino, pele, osso,
veia, córnea
Legislação dos transplantes - Brasil

1968 1988 1991 1992 1997 1998 2000

Lei Constituição Res.CFM Lei 8489 Lei 9434/ CFM/ MP 1.959


5479 proibição 1346 Obriga Dec. 2268 1480 Decisão
expressa do define Notificar Critério em RG e
Médico comércio de Morte Morte SNT e de CNH
define órgãos Encefálica encefálica CNCDO Morte perdem
Morte para Encef. valor
maiores de
C
2 anos P O
R N
E S
S MP 1718: E Lei
U Exigido N 10.211
M Consentimento T
I familiar I
D D
DOAÇÃO CONSENTIDA A A
Pacientes na Lista de Espera de
Transplantes no Brasil em 2001
ÓRGÃOS PACIENTES NA
LISTA DE ESPERA
RIM 22.178
FÍGADO 2.290
PÂNCREAS/RIM 236
CORAÇÃO 164
PÂNCREAS 53
PULMÃO 12
CÓRNEAS 15.471
TOTAL 38.301
Fonte: Associação Brasileira de Transplante de Órgãos
Os entraves da Lei humana
para a Doação de Orgãos
‘Lei 5479 (Agosto/1968)
Consentimento do doador antes da sua
morte;
Se limitava a doadores mortos e não
de orgãos de vivos;
Durante 20 anos não existiu o conceito
de morte encefálica.
‘Os critérios limitavam os transplantes
Os entraves da Lei humana
para a Doação de Orgãos
‘Em 1993 incorporou-se o conceito de
morte encefálica

‘Em 1997 tentou-se incorporar o conceito


de morte presumida, ou seja, todos seriam
doadores potenciais, exceto quando
houvesse manifestação em documento
como “não doador”
O que é a morte Cerebral ou
Encefálica
‘É o momento em que a ciência define a
irreversibilidade da morte
‘todo indivíduo em morte encefálica, está em
coma, mas nem todo indivíduo em coma
está em morte encefálica
‘Diagnosticada a morte encefálica, o espírito
não está mais ligado ao corpo, mas se
estiver, não será o ato de transplante que
afetará negativamente o processo de
desligamento
Exame Complementar para o
Diagnóstico de Morte Encefálica

Angiografia com fluxo Angiografia com ausência


sangüíneo cerebral de fluxo sangüíneo cerebral
Conclusão

‘Os transplantes surgiram como que


para testar as nossas virtudes de
solidariedade humana, altruísmo,
generosidade, piedade, compaixão,
filantropia, benevolência, bondade,
misericórdia, espírito de socorro, e
sobretudo a virtude mais decantada
nos Evangelhos:
“O Amor e a Caridade”
Associação Brasileira de
Transplantes de orgãos - ABTO

Av. Paulista,2001 – 17o. Andar


São Paulo – SP
(11) 3283-1753 / (11) 3262-3353
E-mail: abto@dialdata.com.br
http://www.abto.org.br
Doação de Orgãos
Doação expontânea: Um ato de
amor

Uso Autorizado para o site Mensagens e Palestras / Espiritismo e


Música – www.carlosparchen.net

Você também pode gostar