Você está na página 1de 32

ccoonnttaa::

Turminha do Turminha do
Turminha do
Turminha do

ZEASZEAS

asashistóriashistóriasdodonossonossolugarlugar

Prefeitura Municipal de Rio Branco-Acre Prefeito Raimundo Angelim Vasconcelos Vice-Prefeito Eduardo Farias

Secretaria Executiva do Programa de Zoneamento Econômico, Ambiental, Social e Cultural de Rio Branco-AC - ZEAS

Secretário Municipal de Governo - SEGOV José Fernandes do Rêgo

Secretário Municipal de Meio Ambiente - SEMEIA Arthur Cézar Pinheiro Leite

Secretário Municipal de Agricultura e Floresta - SAFRA Mário Jorge da Silva Fadell

Diretor da Fundação Garibaldi Brasil - FGB Marcos Vinícius Simplício das Neves

Secretária Municipal de Planejamento - SEPLAN Antônia Francisca de Oliveira

Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais - SEMA Eufran Ferreira do Amaral

Chefe Geral do Centro de Pesquisa Agroflorestal do Acre - Embrapa Acre Judson Ferreira Valentim

Grupo de Trabalho – GT

Coordenadora Geral do Programa ZEAS. Nádia W. Valentim Pereira Bióloga – M.Sc. Manejo Ambiental

Eixo Recursos Naturais Lúcio Flávio Zancanela do Carmo Geógrafo – M.Sc. Solos

Marconde Maia Ferreira Biólogo – M.Sc. Ecologia

Raimundo Nonato de Souza Moraes Engenheiro Agrônomo – M.Sc. Fitotecnia

Sonaira Souza da Silva Engenheira Agrônoma

Neide Daiana Soares de Brito Bióloga

Eixo Cultural-político Wladimyr Sena de Araújo Antropólogo – M.Sc. Antropologia Social

Eixo Sócio-econômico Raimundo Cláudio Gomes Maciel Economista – Dr. Economia Aplicada

Técnica Administrativa Neuza Teresinha Boufleuer Bióloga – M.Sc. Ecologia

Turminha do Turminha do ZEASZEAS asashistóriashistóriasdodonossonossolugarlugar ccoonnttaa::
Turminha do
Turminha do
ZEASZEAS
asashistóriashistóriasdodonossonossolugarlugar
ccoonnttaa::

Programa de Zoneamento Econômico, Ambiental, Social e

Cultural de Rio Branco-AC (ZEAS). Material artístico-didático

001

Exemplares desta publicação podem ser obtidos no:

Programa ZEAS Rua Coronel Alexandrino, 301 – Bosque Rio Branco – AC – CEP: 69909-730 Telefones: +55 (68) 3211-2200/3211-2231 zeas@riobranco.ac.gov.br

Tiragem: 1000 exemplares

Revisor de texto: Míriam Aparecida Bueno Designer e diagramação: Thiago Nicheli e Gilberto Lobo Elaboração textual: Cícero Farias Franca Desenhos: Pedras Oliveira Cabral Saraiva Leão e Clementino Almeida de Lima Concepção e organização: Míriam Aparecida Bueno Auxiliar de organização: Allana Igina Maia

1ª edição 1ª impressão, 2008.

Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610)

Dados Internacionais de Catalogação-na-Publicação (CIP)

Turminha do ZEAS conta: as histórias do nosso lugar / Míriam Aparecida Bueno Organizadora. – Rio Branco: Prefeitura de Rio Branco, 2008. 32 p. : il.; 14 cm

1. Zoneamento econômico – Aspectos ambientais – Rio Branco (AC). 2. Política ambiental – Aspectos sociais – Rio Branco (AC). I. Título.

363.70098112

CDD.

Bibliotecária: Vivyanne Ribeiro das Mercês Neves CRB-11/600

Prefeitura Municipal de Rio Branco Programa ZEAS - 2008

APRESENTAÇÃO

O Zoneamento Econômico, Ambiental, Social e Cultural (ZEAS) do Município de Rio Branco é o instrumento e a referência da sociedade e do setor público para orientar o processo de ocupação do território e o desenvolvimento de atividades produtivas com o melhor resultado sócio –econômico sem comprometer o uso continuado dos recursos ambientais. Com este propósito o ZEAS produziu um formidável volume de informações sobre os recursos naturais, a economia, a sociedade e a cultura do município. A finalidade do zoneamento supõe a difusão e disponibilidade das informações para as pessoas, os cidadãos e os diversos atores sociais que precisam, na sua atividade pública e privada, do conhecimento gerado pelo ZEAS. São requisitos básicos desse conhecimento: saber o que é, para que serve e quais informações o ZEAS oferece. Para isto, serão publicados vários documentos pedagógicos de divulgação. A cartilha: A turminha do ZEAS é o primeiro desses instrumentos de difusão. Ela torna acessível, na linguagem simples do universo da arte, a oferta de informações, as oportunidades de conhecimento e as experiências reunidas no ZEAS para uso no saber e no fazer da vida social e cotidiana das pessoas: as crianças, os estudantes, os agricultores, os trabalhadores urbanos, os empresários, entre outros. Estou certo que a cartilha será um canal de comunicação importante com a sociedade para a utilização do conhecimento oferecido pelo zoneamento municipal.

Meus queridos companheiros Permitam-me apresentar O meu nome é Zeamira Descendente do Ceará O meu

Meus queridos companheiros Permitam-me apresentar

O meu nome é Zeamira

Descendente do Ceará

O meu pai é nordestino

Das bandas do Gravatá

E

pra tal coincidência

O

nome dele é Zé A

Minha mãe se chamava Mira Daí juntou com meu pai Para matrimoniar

E foi lá no batizado

Que minha mãe deu: Zeamira

E o nome dos dois pude herdar

Mas pode me chamar Zezi, que é nome mais popular.

Eu sou Marupiara Professor da zona rural Trabalho na Escola Aquiri No ramal Descasca-Pau Mas
Eu sou Marupiara
Professor da zona rural
Trabalho na Escola Aquiri
No ramal Descasca-Pau
Mas pode me chamar Jabuti
Que pra todos é normal
4
4

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

5
5

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Eu sou um Kaxinawá Das terras do Rio Jordão Atravessei várias terras E trago recordação
Eu sou um Kaxinawá
Das terras do Rio Jordão
Atravessei várias terras
E trago recordação
Das pessoas conscientes
Que são contra a devastação
Que se organizam com fé
Pra defender a nação
O meu nome é Shanê
Mas me chame Txai, que é irmão
Eu sou o Mapinguari
O defensor da floresta
Tenho um olho na barriga
e outro olho na testa
Quando quero olhar pra trás
O Curupira me empresta
Eu Sou a Vovó da Mata
Mãe da Matinta Pereira
Quando vejo caçadores
Querendo fazer besteiras
Faço eles se perderem
No meio das capoeiras
E
depois, os desencanto
E
ponho pra dar carreiras
O meu nome é Zenilto Colonheiro do lugar Pesco e planto meu roçado Nasci em

O meu nome é Zenilto Colonheiro do lugar Pesco e planto meu roçado Nasci em Tarauacá Terra de cabra valente Que trabalha sem parar.

em Tarauacá Terra de cabra valente Que trabalha sem parar. Sou seringueiro do Acre Meu município

Sou seringueiro do Acre Meu município é Rio Branco Me chamam Antônio Pontes De filho só tenho um tanto Sou filho do Capitão Ciríaco Que não é Capitão de Barranco Eu tenho um monte de filhos E netos tenho outro tanto Só meu filho Bastião Sem fazer muita pressão Provou que não era santo.

Fez Reginaldo, Reni e Olívia, Marize, Dalila, Ronaldo e João, Sara, Zezé, Crio e Estefânia, Jairo, o caçula, e tem Bastião. Por coincidência ou obra do destino São treze filhinhos do meu coração

Mas aqui no ZEAS eu ainda sou criança Por isso me chame Toinho Que eu sinto mais confiança

no ZEAS eu ainda sou criança Por isso me chame Toinho Que eu sinto mais confiança
no ZEAS eu ainda sou criança Por isso me chame Toinho Que eu sinto mais confiança
6
6

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Jacamim é o meu nome Quem quiser pode chamar Para os mais íntimos é Jaca Não vá confundir com Jacá Sou da área da cultura Gosto de me apresentar Por que sou apresentado Vivo a cantarolar

Toco berimbau de pau

E gosto de recitar

Com o pandeiro bato côco Com a viola entoada Mas na estrada que eu ando Tem que ser bom camarada

Vamos unir nossas forças Para o Brasil melhorar Começando pelo Acre Com bons exemplos pra dar

Também fui bom Seringueiro Lá pelos Capatará Já fui Marujada e Reizado

E no cordão encarnado

Afirmei pra melhorar

E já brinquei ciranda

Com o povo da cirandá

Tinha um cordão amarelo

E tinha uma fita encarnada

As duas fitas tem força

Porque são apresentada

E

E

E

E

Sou um repentista nato Moro aqui dentro do mato canto pro povo animar
Sou um repentista nato
Moro aqui dentro do mato
canto pro povo animar

Com kamalampe ashaninka

ayuaska kaxinawá

todas as etnias que existe

Que sabe se organizar Para a cultura manter Com o ZEAS vou concordar Que gestão participativa

Faz a vida melhorar

para a arte ter força

Precisamos nos unir Toda cultura que existe Do povo do Aquiri Vamos preservar a cultura Pra não deixar de existir.

7
7

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?
Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?
Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?

Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?

Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?
Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?
Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?
Professor Marupiara! O que é o tal do ZEAS?

Zeas?!

Ora! O ZEAS

É o zoneamento econômico,

que além de ser ambiental

É social e cultural

econômico, que além de ser ambiental É social e cultural De Rio Branco! Né Professor Marupiara?
econômico, que além de ser ambiental É social e cultural De Rio Branco! Né Professor Marupiara?
econômico, que além de ser ambiental É social e cultural De Rio Branco! Né Professor Marupiara?
econômico, que além de ser ambiental É social e cultural De Rio Branco! Né Professor Marupiara?
econômico, que além de ser ambiental É social e cultural De Rio Branco! Né Professor Marupiara?

De Rio Branco! Né Professor Marupiara?

8
8

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Com certeza mestre Jacamim! Mas quem está aqui conosco Participando da reunião É a conselheira

Com certeza mestre Jacamim! Mas quem está aqui conosco Participando da reunião É a conselheira Zeamira Que vai dar explicação

Bom dia companheiros Como vocês já sabem

O meu nome é Zezi

Faço parte do conselho Por isso eu estou aqui

Para fazer um bom trabalho

É preciso saber o que

Onde fazer e porque fazer

É

Utiliza uns instrumentos Com qualidade e saber Para nossa administração Esse instrumento Tem o nome de gestão

por isso que a prefeitura de Rio Branco

9
9
Esse instrumento Tem o nome de gestão por isso que a prefeitura de Rio Branco 9

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Gestão é o processo participativo Que todos podem participar Podem trazer sugestões Para juntos avaliar
Gestão é o processo participativo
Que todos podem participar
Podem trazer sugestões
Para juntos avaliar
Para criar esses instrumentos
Foi preciso estudar.
Mas como eu não estudei rima
Eu vou é parar de rimar

O que é gestão, Zezi?

rima Eu vou é parar de rimar O que é gestão, Zezi? 10 Turminha do Turminha
10
10

Turminha do

Turminha do

ZEAZEASS

Que instrumentos são esses?
Que instrumentos são esses?

Esses instrumentos são

O plano diretor de Rio Branco

Que orienta o desenvolvimento

E o ordenamento da expansão

E o a
E
o
a

Urbana do município

serve também para orientação.

Temos ainda

plano diretor

de transporte e trânsito Que é que propõe solução Garantindo os direitos do cidadão:

Com transporte coletivo Pra atender a população Construir calçadas com rampa Para atender nossos irmão Que tem sua deficiência Mas também são cidadão

Temos o plano de regularização

fundiária

Que tem como objetivo a regularização Urbana e fundiária Visando a inclusão social

Definindo novos caminhos Da comunidade local

Para finalizar

explicação desses instrumentos Vamos falar do zoneamento Ecológico, ambiental Conhecido como ZEAS Social e cultural

11
11

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Agora sim Comecei a entender Mas pra que serve o ZEAS? Conte pra gente saber

a entender Mas pra que serve o ZEAS? Conte pra gente saber O Planejar e orientar
a entender Mas pra que serve o ZEAS? Conte pra gente saber O Planejar e orientar
a entender Mas pra que serve o ZEAS? Conte pra gente saber O Planejar e orientar
a entender Mas pra que serve o ZEAS? Conte pra gente saber O Planejar e orientar

O

Planejar e orientar

As políticas públicas Para a zona rural

E

À gestão territorial

Auxiliando as decisões Do setor privado

E da sociedade em geral

Promovendo o

desenvolvimento

Sustentável do nosso

município

E de todo pessoal

ZEAS visa contribuir

dar suporte

12
12

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Isso é interessante Mas me diga: como surgiu o ZEAS? Fale agora nesse instante Bom
Isso é interessante
Mas me diga: como surgiu
o ZEAS?
Fale agora nesse instante
Bom meus amigos
o
ZEAS foi criado
em março de 2006
pelo prefeito
Raimundo Angelim
Que conta com uma
Secretaria Executiva
Que está vinculada
a
Secretaria de Governo
e
como executoras
tem outras secretarias
como SEMEIA, SAFRA
SEPLAN, SEMA e FGB
E
tem também a EMBRAPA
Que não é secretaria
Mas uma empresa
agropecuária
Que trabalha em parceria
Turminha do
Turminha do
ZEASZEAS
13
Mas com tanta secretaria junto Pra que foi criado o ZEAS afinal? Puxe da sua

Mas com tanta secretaria junto Pra que foi criado o ZEAS afinal? Puxe da sua cachola E conte pro pessoal

O

ZEAS foi criado

Pela necessidade

De ordenamento territorial

O

desconhecimento

Da situação fundiária

E

das condições de vida

Da população rural

E

do uso inadequado da terra

Que causou muito conflito

E

degradação ambiental

Que estimulou o desmatamento

E

a expansão da fronteira

Da agropecuária em geral

Quando os administradores Não conhecem os problemas Que acontecem no município Não entendem as necessidades e acabam ficando aflitos

Acabam aplicando mal De forma pouco eficiente Os recursos públicos De toda nossa gente

aplicando mal De forma pouco eficiente Os recursos públicos De toda nossa gente 14 Turminha do
aplicando mal De forma pouco eficiente Os recursos públicos De toda nossa gente 14 Turminha do
14
14

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

15
15

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

15 Turminha do Turminha do ZEAS ZEAS No inicio dos anos 90 O governo federal Criou
15 Turminha do Turminha do ZEAS ZEAS No inicio dos anos 90 O governo federal Criou
15 Turminha do Turminha do ZEAS ZEAS No inicio dos anos 90 O governo federal Criou
15 Turminha do Turminha do ZEAS ZEAS No inicio dos anos 90 O governo federal Criou
No inicio dos anos 90 O governo federal Criou uma comissão Coordenadora do zoneamento Ecológico
No inicio dos anos 90
O
governo federal
Criou uma comissão
Coordenadora do zoneamento
Ecológico e econômico
Do território nacional
A Amazônia foi definida
Como área prioritária
Alguns estados da Amazônia
Iniciaram o zoneamento
A nível estadual

Que legal Vai desenvolvendo e nós vamos aprendendo

É

E

bom pra mim

pra todos curumim

Mas o que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver?

Mas o que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver?

Mas o que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver?
Mas o que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver?
que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver? O estado do Acre
que precisa fazer Para o ZEAS dar certo, E tudo se resolver? O estado do Acre

O estado do Acre

Já tem seu zoneamento Mas para a prefeitura

Fazer um bom planejamento

É necessário ter conhecimento

Fazer um bom planejamento É necessário ter conhecimento Para o ZEAS Atingir seu objetivo Deve ter
Para o ZEAS Atingir seu objetivo Deve ter aceitação Políticas, culturais e ambientais Entre os
Para o ZEAS
Atingir seu objetivo
Deve ter aceitação
Políticas, culturais e ambientais
Entre os diferentes
Grupos sociais
16
16

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Conhecer os caracteres Da cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão
Conhecer os caracteres Da cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão

Conhecer os caracteres Da cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular

Conhecer os caracteres Da cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular
Conhecer os caracteres Da cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região
cultura no lugar Respeitando diversidades Da cultura popular Saber onde estão as áreas Degradadas da região

Saber onde estão as áreas Degradadas da região Tem também mapas temáticos Que espacializam a informação Para potencializar Toda nossa produção Produção de alimento Pra a nossa população

17
17

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Saber onde é a floresta Que seus moradores irão garantir A preservação de suas culturas
Saber onde é a floresta
Que seus moradores irão garantir
A preservação de suas culturas
Para sempre existir
Com as riquezas de arte
Que existe por aqui
Conhecer os rios
Para poder preservar
E saber utilizar
Garantindo a vida do homem
E de todos os animais
Que nessas margens habitar
18
18

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

19
19

Turminha do

Turminha do

ZEASZEAS

Para que o cidadão viva com dignidade na sua comunidade sem ter aperreação

é preciso conhecer

a toda situação

para poder atender

a essa população

a toda situação para poder atender a essa população Seja o homem do campo Da cidade

Seja o homem do campo Da cidade o cidadão

O

povo que faz cultura

E

o povo de toda nação

Seja pobre ou seja rico Pode ter participação Com os trabalhos sociais Sem ter discriminação

povo de toda nação Seja pobre ou seja rico Pode ter participação Com os trabalhos sociais
Produzir esses produtos Pra que possam ser usados E como eu ia dizendo Não ficar
Produzir esses produtos
Pra que possam ser usados
E
como eu ia dizendo
Não ficar aperreado
Na hora que for usar
Por gestores e professores
Alunos e pesquisadores
Com toda essa falação
“Uma formiga sozinha
não tem determinação,
se nós formos unidos
sempre vai ter solução”
Pra fazer planejamento
Com esses conhecimentos
Sem sair do firmamento
Das ações e aplicações
Direta e indiretamente
Para essa comunidade
Viver muito mais decente
é
igual a andorinha
que quando voa sozinha
não pode fazer verão.
20
20

ZEASZEAS

Turminha do

Turminha do

Cícero: cordelista Cícero: cordelista Meus senhores com licença Permitam me apresentar Meu nome é Cícero

Cícero: cordelista

Cícero: cordelista

Meus senhores com licença Permitam me apresentar Meu nome é Cícero Franca Sou filho desse lugar Pinto tela, escrevo texto Também gosto de embolar

E na arte do repente

Sou cantador popular

Acreano da Rua do Côco Por isso eu toco embolada Faço repente de dia De noite, na madrugada Com pandeiro bato côco Com a viola entoada Quando penso que sei muito Descubro que é quase nada Por isso eu vivo estudando Pra não perder a estrada

Quase todo repentista

Tem nome de passarinho Sabiá e beija-flor Curió e até japin

E o nome do tiziu

Foi o que sobrou pra mim Mas prefiro Ciço Franca Por achar mais bonitim.

Cícero: cordelista

Clementino:Clementino: desenhistadesenhista

Nasci nas florestas do Acre De dentro da selva sai Bebi água de taboca Fazendo o que sempre quis Sou filho de seringueiro

E nasci em Xapurys

Tem uma coisa que faço

E nunca que vou deixar

A arte de pintar tela

Para o povo apreciar

Sou clemente de nascença

E a minha única sentença

É não parar de pintar

Esse é o meu destino Mas meu nome é Clementino Pra melhor me apresentar.

de pintar Esse é o meu destino Mas meu nome é Clementino Pra melhor me apresentar.
21
21

ZEASZEAS

Turminha do

Turminha do

Míriam Míriam Aparecida Aparecida Bueno Bueno Míriam Aparecida Apareceu de repente Com a sua concepção

MíriamMíriam AparecidaAparecida BuenoBueno

Míriam Aparecida Apareceu de repente Com a sua concepção Para orientar a gente

Ela criou os personagens

E contratou os agentes

Desenhistas e repentistas

E todos ficaram ciente

Que a nossa orientadora

Soube cuidar bem da gente

E é uma das indicadas pra um Brasil

Pedras:Pedras: desenhistadesenhista

É pedra de responsa

Um artista de firmeza

Que brinca com as cores Fazendo as suas proezas De Natal ficou no Acre Por beber água do rio

É

um ditado acreano

E

quem provou conferiu

E

no meio da floresta

Já passou várias léguas Pra melhor apresentar

O seu nome mesmo é Pedras

22
22

ZEASZEAS

Turminha do

Turminha do

vamos colorir? TTuurrmmiinnhhaa ddoo
vamos colorir?
vamos colorir?
TTuurrmmiinnhhaa ddoo
TTuurrmmiinnhhaa ddoo
vamos colorir? TTuurrmmiinnhhaa ddoo

professor jabuti

vamos colorir?

Zenilto

vamos colorir?

Jacamim vamos colorir?

Jacamim

vamos colorir?

Toinho

vamos colorir?

Vovô mapinguari

vamos colorir?

Instituição colaboradora

Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Acre - SEMA Banco da Amazônia - BASA

Autores:

Míriam Aparecida Bueno miriam.acre@gmail.com

Cícero Farias Franca ciceroartefranca@hotmail.com

Clementino Almeida de Lima tinoxapuriartes@hotmail.com

Pedras Oliveira Cabral Saraiva Leão

psycool2030@gmail.com

Designer e Diagramação Thiago Nicheli e Gilberto Lobo thiagonicheli@hotmail.com

Execução: ISBN 978-85-62289-01-9 9 788562 289019 Proponente Acre Apoio:

Execução:

ISBN 978-85-62289-01-9

9 788562 289019
9
788562
289019
Proponente Acre Apoio:
Proponente
Acre
Apoio: