Você está na página 1de 4

O Papel do Gestor em relação ao Bullying

Todo ambiente escolar apresenta o problema do bullying, a escola que afirma não ter, ou esconde sua existência ou até mesmo não sabe o que é ela precisa urgente de reconhecer, que é o primeiro passo, estudar e pesquisar a fundo o seu significado e o nível em que ela está na escola também é essencial, ela também deve se conscientizar de que esse conflito relacional já e considerado um problema de saúde pública. Por isso, é preciso desenvolver um olhar mais observador tanto dos professores quanto dos demais profissionais ligados ao espaço escolar. Sendo assim, deve atentar-se para sinais de violência procurando neutralizar os agressores, bem como assessorar as vítimas e transformar os espectadores em principais aliados.

A escola não deve ser apenas um local de ensino formal e cultural, mas também de formação cidadã, de direitos e deveres, amizade, cooperação e solidariedade. Agir contra o bullying é uma forma barata e eficiente de diminuir a violência entre estudantes e a sociedade.

O foco do gestor em relação ao bullying deve se voltar para a recuperação de valores essenciais, como o respeito pelo que o alvo sentiu ao sofrer a violência. A escola não pode agir com o autor em forma de agressão, humilhação ou até mesmo puni-lo com medidas drásticas como, por exemplo, fazê-lo se ausentar do intervalo causando assim um mau relacionamento com os colegas.

Já o alvo precisa ter a auto-estima fortalecida e sentir que está em um lugar seguro para falar sobre o ocorrido, muitas vezes quando o aluno resolve conversar, não recebe a atenção necessária, pois a escola não acha o problema grave o bastante e deixa passar. É comum vermos esse tipo de coisa acontecer em muitas escolas por não ter preparação para lidas com esse tipo de problema.

A escola precisa capacitar seus profissionais para a observação para que os mesmos possam identificar diagnosticar e saber intervir nas situações do bullying ou até mesmo aos encaminhamentos corretos levando o tema à

ignorando acontecimentos que vão além dos muros da escola. “Cleo Fante (2005) comenta que a conscientização e a aceitação de que o bullying ocorre com maior ou menor incidente. É importante que educadores. independente características “culturais. A gestão escolar atual não pode mais se fechar em ações isoladas.discussão com toda a comunidade escolar e traçar estratégias que sejam capazes de fazer frente ao mesmo. gestores. uma vez que suas ações alcançam diretamente o dinamismo do trabalho escolar bem como o seu direcionamento na comunidade e na sociedade. aqui. características. das conseqüências relacionadas aos envolvidos a esse tipo de comportamento. É preciso que gestores educacionais e profissionais da área educacional tomem consciência da importância de se estudar o tema. econômicas e sociais dos alunos”. é necessário que a comunidade escolar esteja consciente da existência do mesmo. conceitos e expressões livres de preconceitos. A expressão da violência possui raízes que vão além das aparências e de tudo aquilo que é palpável e visível aos nossos olhos. pais e alunos tomem consciência de que é direito de crianças e adolescentes estudarem num ambiente saudável e isto inclui que todos sejam aceitos e respeitados em suas diferenças e trabalhem para que estes direitos sejam garantidos.” Para desenvolver estratégias de intervenção e prevenção ao bullying em uma escola é necessário que a comunidade escolar esteja consciente da existência de intervenção e prevenção ao bullying em uma escola. Destaca-se. são fatores decisivos para iniciativas no combate a violência no contexto escolar. suas implicações. em todas as escolas do mundo. . sobretudo. a importância do envolvimento da gestão na questão da violência.

o professor deve ser dirigir ao diretor do estabelecimento de ensino. Somente de posse desse conhecimento ele será capaz de compreender por que e quando deverá encaminhar um caso de violência entre alunos a outros profissionais e/ou instituições. uma vez que este é responsável pela vigilância de tudo que ocorre no interior das dependências escolares. .O professor deve possuir pleno conhecimento das suas atribuições. bem como da competência de todos os profissionais da escola. Inicialmente.

CONSIDERAÇÕES FINAIS .

 $#@ $$   .