Você está na página 1de 4

GABARITO EXTRAOFICIAL 1ª FASE EXAME OAB 2010.

3 – DIREITO EMPRESARIAL

As questões abaixo não estão numeradas, pois existem diversos cadernos de prova em que a ordem é modificada, para tanto, o examinando ao conferir o gabarito deve fazê-lo através da comparação dos enunciados e das respostas possíveis. O Gabarito tem base no material que foi levado em primeira mão aos examinandos pelo Curso FMB, já que transmitimos ao vivo via TWITTER (“twitcam”) os nossos comentários sobre a prova.

ENUNCIADO DA QUESTÃO: As Sociedades Anônimas têm uma pesada estrutura, necessitando, assim, de vários órgãos para atingir seu desiderato, cada um com sua função específica. Um desses órgãos é a Diretoria, sendo seus diretores efetivamente os administradores da Companhia. Esses diretores possuem alguns deveres para com a sociedade empresarial e para com o mercado. Entre esses deveres encontra-se o desclosure, que é o dever

(A) De fiscalizar os gastos da sociedade e se ela está cumprindo o que está disposto no estatuto social. (B) Que os administradores possuem de agir de forma diligente, respeitando o estatuto social, de forma a não causar prejuízo aos acionistas, podendo responder de forma pessoal com seu patrimônio caso violem esse dever. (C) Que os diretores possuem de convocar os acionistas para deliberar sobre determinado assunto ou vários assuntos que devem constar de uma pauta previamente escolhida. (D) Que os administradores têm para com o mercado de informar todas as operações em que a companhia estiver envolvida e que possam influir na cotação de suas ações, das debêntures e dos valores mobiliários.

COMENTÁRIOS: Os deveres da Diretoria são DEVER DE DILIGÊNCIA, LEALDADE e de INFORMAR, para tanto, nos parece capricho usar o termo DESCLOSURE, ainda que mera busca no Google pode demonstrar que o termo correto é DISCLOSURE, que demonstra o que se pretende traduzir no já consagrado Direito de informação utilizado pela doutrina e jurisprudência clássica. Para tanto, a utilização do termo é um capricho e a resposta que demonstra tal dever é facilmente percebida na alternativa “D”. A resposta se afastava das bases legal, doutrinária ou jurisprudencial. Alternativa correta: “D”.

ENUNCIADO DA QUESTÃO: A Lei das Sociedades por Ações estabelece responsabilidades para os Administradores, membros do Conselho Fiscal e para o acionista controlador. A

mas não se interpreta um artigo somente com a parte que lhe interessa. tais deveres não sejam de competência de todos eles. pois qualquer acionista tem no mínimo. (D) O acionista controlador é sempre o acionista majoritário. responderá cada administrador especificadamente pelos seus atos. §§ 3º e 4º). A alternativa “B” está errada. ainda que suas atribuições não guardem relação com o dever descumprido. sendo que a maioria de votos que confira a possibilidade de eleição de administradores é uma das hipóteses para que se fale no conceito de acionista controlador. se não fizerem consignar a sua divergência em ata de reunião do órgão da administração de que participam (art. de sua divergência e da comunicação da irregularidade e da divergência à assembléia geral (art. já que os atos omissivos de conhecimento dos sócios e que geram prejuízos a sociedade. o descumprimento de dever dessa ordem somente acarreta a solidariedade dos administradores cujas funções estão relacionadas com a irregularidade. No curso do processo. em ata. teve a sua falência decretada. independentemente do pagamento de todos os . ainda que. Se o dever não é imposto por lei para assegurar o normal funcionamento da companhia. § 3º restringe às sociedades para as companhias abertas. Para isso. aquele com maior número de ações da companhia. logo §2º só quer trazer a questão das SOCIEDADES FECHADAS. a qualquer custo. FUNDAMENTOS DOUTRINÁRIOS: COELHO. (C) Para que os administradores sejam responsabilizados pela prática de seus atos.violação a tais deveres pode causar responsabilidade civil. ou seja. se negligenciar em descobri-los ou se. e apenas se seus atos forem comissivos. (A) Somente nas companhias fechadas é que todos os administradores são responsáveis pelos prejuízos que causarem pelo não cumprimento dos deveres impostos pela lei para assegurar o funcionamento normal da companhia. também acarretam responsabilidade. e os demais também terão responsabilidade solidária. os administradores que incorreram no ilícito responderão solidariamente pelos danos causados (art. devendo usar seu poder de controle para fazer. a alternativa correta é a “A”. A alternativa “C” está incorreta. se a companhia é aberta. com que a companhia tenha uma maior margem de lucro. deles tendo conhecimento. não tendo qualquer outra responsabilidade para com a companhia. A alternativa “D” está incorreta. Finalmente. 158. COMENTÁRIOS: A questão é complexa porque enseja a necessidade de interpretação dos §§ 2º e 3º do art. Curso de Direito Comercial. podendo estes ressalvar a responsabilidade por meio da consignação. a aparência é de que estamos falando de abertas e fechadas. de acordo com o estatuto. pouco antes do ajuizamento do requerimento que resultou na decretação de sua quebra. deixar de agir para impedir a sua prática. ENUNCIADO DA QUESTÃO: A sociedade empresária denominada KLM Fábrica de Móveis Ltda. (B) A única obrigação do acionista é a integralização de suas ações. Assim. A princípio. Alternativa correta: “A”. não havendo solidariedade. administrativa e penal. § 1º). Fábio Ulhôa. já que existia o dever de impedir tais práticas. após toda essa mega interpretação. restou apurado que a sociedade. 158. tanto na companhia fechada como na aberta. que é no sentido de que o descumprimento de dever imposto por lei para assegurar o normal funcionamento da companhia. havia promovido a venda de seu estabelecimento. 158. dever de lealdade. 158. há necessidade de se causarem prejuízos efetivos à companhia. § 2º).

o juiz somente poderá verificar os aspectos formais que levaram à exclusão. O aval considera-se como resultante da simples assinatura do dador aposta na face anterior da letra. A alternativa “B” está errada. Na falta de indicação entender-se-á ser pelo sacador. COMENTÁRIOS: A resposta correta é facilmente percebida no art. como. se se respeito o quorum necessário. A alternativa “A” está errada. o protesto do título é a providência suficiente para o ajuizamento da ação de execução contra o sacado. quando (A) Insuficientes os fundos disponíveis. por exemplo. e sem que lhe restassem bens suficientes para solver o seu passivo. (B) A justa causa é a violação ou falta de cumprimento das obrigações sociais. o aval da nota promissória é entendido como dado em favor do sacador. Exprime-se pelas palavras "bom para aval" ou por qualquer fórmula equivalente. assinale a alternativa correta. é correto afirmar que. de modo expresso ou tácito.Alternativa correta: "D". salvo se se trata das assinaturas do sacado ou do sacador. não podendo examinar o mérito do ato expulsório. sendo que o sócio excluído não perde o valor patrimonial de sua participação societária.O aval é escrito na própria letra ou numa folha anexa. COMENTÁRIOS: Esse é o tipo de questão que a OAB deve trabalhar em seus exames. pois ainda que não seja possível circular o título por endosso. O aval deve indicar a pessoa por quem se dá. ENUNCIADO DA QUESTÃO. a cláusula “não à ordem” impede a circulação do crédito. 129 da Lei de Falências e Recuperações de Empresas. e assinado pelo dador do aval. ENUNCIADO DA QUESTÃO: Com relação à exclusão do sócio da sociedade por justa causa. ou do consentimento destes. . o portador de um cheque pode requerer a responsabilidade cambiária do banco sacado pelo seu pagamento. 31 da Convenção de Genebra. A resposta está objetiva no art. (A) Revogável por iniciativa do administrador judicial. como adiante: “Art.credores ao tempo existentes. (B) Ineficaz em relação à massa falida. A alternativa “C” está errada pois a ação ainda depende da juntada de comprovante de entrega de mercadorias. (B) Presente na letra de câmbio. demonstra estudo legal e doutrinário. (D) Nula de pleno direito. (D) Firmado em branco. (C) Não aceita a duplicata. (A) Se for ajuizada ação para se efetivar a expulsão do sócio. (C) Anulável por iniciativa do administrador judicial. é possível por cessão civil de crédito.” (GRIFO NOSSO). Em relação aos títulos de crédito. pois o banco não paga pelo emitente que não disponibiliza fundos em sua conta. 31 .

A alternativa “C” é polêmica como cita o Professor COELHO. COMENTÁRIOS: A questão é retirada de material bastante específico. Fábio Ulhôa “in” Manual de Direito Comercial. que comenta as questões daquele concurso. e este deverá. em 48 horas. É uma forma de o investidor se proteger contra os feitos da oscilação de preço. COMENTÁRIOS: O conceito verificado na alternativa “B” está correto. p. ele não poderá ser expulso em razão da vontade dos demais sócios.(C) Como o sócio majoritário possui a maioria do capital social. (D) Contrato estimatório. corresponde a que tipo de contrato relacionado à compra e venda empresarial? (A) Hedging ou Hedge. podendo após esse prazo ser feita a devida alteração contratual. 144 e 145. (C) Venda com reserva de domínio. O examinando encontra a resposta por exclusão das demais. ainda que haja justo motivo para tal expulsão. deixar a sociedade. exigindo do aluno conhecimento fora das bases doutrinárias e até jurisprudenciais. . por não constarem daquilo que a legislação trata. fica a crítica. ENUNCIADO DA QUESTÃO: “É a operação que consiste na tomada de uma posição no mercado futuro aproximadamente igual – mas em sentido contrário – àquela que se detém ou que se pretende vir a tomar no mercado à vista. extraído do Vocabulário do Mercado de Capitais. Editora Saraiva. expedido pela Comissão Nacional de Bolsas de Valores em 1990. Alternativa correta: “A”. (D) A deliberação para exclusão do sócio majoritário não remisso deve ocorrer por assembléia convocada especificamente para tal fim. sendo a deliberação comunicada ao sócio que se visa excluir. sendo verdade que a resposta somente seria respondida conscientemente caso o examinando fizesse a leitura acima. Vale dizer que esse tipo de questão não é cobrado nas provas do Ministério Público ou Magistratura. de minha autoria.” O conceito acima. como se pode perceber pela obra DIREITO EMPRESARIAL PARA CONCURSO DE JUIZ DO TRABALHO. (B) Preempção. As alternativas “A” e “D” são facilmente excluídas.