Você está na página 1de 2

Atividade copiada do site da professora Janana

Aluno: __________________________________ data: _____________Turma: ______

Qual a diferena entre uma pilha de pedras e uma parede


de pedras?
Qual a diferena entre linhas com palavras e um bom
texto?
A resposta a ambas as questes seria organizao e coeso, ou seja, o modo como as coisas so
ordenadas e combinadas. Assim como uma parede de pedras, um bom texto cuidadosamente construdo e
todas as partes esto propriamente conectadas; no apenas colocadas uma prxima outra. Palavras so
ligadas de modo a formar oraes. Oraes so ligadas de modo a formar pargrafos. Pargrafos so
ligados de modo a formar um texto.
A. Observe essas duas verses de uma fbula de Esopo. Em termos de organizao e coeso h quatro
coisas que diferem o bom texto do pssimo texto. Quais so elas?
Texto 1

Texto 2

Uma raposa, que tinha quatro


filhotes, estava andando por uma
estrada certo dia, quando ela encontrou
uma leoa com sua cria.
A raposa comeou a se gabar de sua
famlia, dizendo que ela tinha quatro
filhotes, enquanto que a pobre leoa
tinha apenas um.
- Apenas um! enfatizou a leoa
Mas ele um leo!

Uma raposa estava andando por uma


estrada certo dia e tinha quatro
filhotes e uma raposa encontrou uma
leoa com uma cria e uma raposa comeou
a se gabar da famlia de uma raposa e
disse que tinha quatro filhotes e uma
leoa tinha apenas um filhote e uma leoa
disse a leoa tinha apenas um filhote mas
um filhote que era um leo.

1. _____________________________________________________
2. _____________________________________________________
3. _____________________________________________________
4. _____________________________________________________
B. Cama com vista: leia a primeira parte de uma histria ainda sem coeso. Cada idia foi escrita de modo
curto e isolado, alm de no ter ligao com a idia anterior ou posterior. Reescreva cada ideia de modo a
construir uma orao. As seis ideias devem se tornar quatro pargrafos coesos.

Joo e Ubaldo eram dois senhores de idade, ambos os dois acamados. Joo e Ubaldo estavam
dividindo um quarto num asilo.


Joo tinha a cama prxima janela. Joo costumava descrever detalhadamente para seu amigo o que
ele via pela janela: crianas brincando ao pr-do-sol, ces correndo no parque e algumas brigas feias de
rua.

Ubaldo adorava as descries. Ubaldo no demorou a ter muito cimes da cama que o amigo ocupava.

Isso aconteceu durante anos. Certa noite, Joo ficou muito doente. Joo pediu ao seu amigo para
chamar a enfermeira, pois acreditava no passar daquela noite.

Seu amigo at pegou a campainha na mo. Seu amigo pensou que se ele morresse, ele poderia ficar
com a cama prxima janela.

Ele ignorou o pedido. Ele fingiu estar adormecido.


_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
__________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
__________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________