Você está na página 1de 163

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Mari Mancusi – Blood Coven 05 – Night School Esta obra foi digitalizada/traduzida pela Comunidade Traduções

Esta obra foi digitalizada/traduzida pela Comunidade Traduções e Digitalizações para proporcionar, de maneira totalmente gratuita, o benefício da leitura àqueles que não podem pagar, ou ler em outras línguas. Dessa forma, a venda deste ebook ou até mesmo a sua troca é totalmente condenável em qualquer circunstância.

Você pode ter em seus arquivos pessoais, mas pedimos por favor que não hospede o livro em nenhum outro lugar. Caso queira ter o livro sendo disponibilizado em arquivo público, pedimos que entre em contato com a Equipe Responsável da Comunidade tradu.digital@gmail.com

Após sua leitura considere seriamente a possibilidade de adquirir o original, pois assim você estará incentivando o autor e a publicação de novas obras.

Skoob - http://www.skoob.com.br/usuario/mostrar/83127 Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros -

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

BLOOD COVEN 5 NIGHT SCHOOL

Autora: Mari mancusi

Sinopse:

Vampiros, caçadores e

FADAS? Sunny e Rayne McDonald estão prestes a

aprender uma LIÇÃO. Após a revelação chocante de seus pais sobre sua herança faerie e um ataque às suas vidas, as gêmeas McDonald se encontram em uma corrida forçadas a se esconder na Riverdale Academy, uma escola para caçadores de vampiros, nos Alpes Suíços. Sem celulares, sem internet, e sem forma de contatar seus namorados vampiros as gêmeas estão sozinhas. Ser uma vampira presa em uma escola cheia de caçadores não é fácil. Especialmente sem nenhum substituto de sangue estocado no campus. Logo Rayne encontra-se sucumbindo a sua sede de sangue e perdendo o controle especialmente ao

redor do arrogante, mas devastadoramente bonito Corbin Billingsworth, o Terceiro que

não tem certeza se quer beijá-la

Mas quando Sunny começa a agir estranha, Rayne percebe que Riverdale Academy pode estar escondendo algum segredo mortal um confronto na Terra das Fadas que

pode custar à vida das gêmeas.

ou matá-la.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Minha História até Agora

Meu nome é Rayne McDonald e eu sou uma princesa fada:

Argh! Eu não posso nem sequer dizer isso sem sentir dor no estômago! Eu não posso ser uma princesa fada eu sou a antítese de uma princesa fada. Princesas fadas com suas rosas e diáfanos vestidos e suas translúcidas e etéreas (provavelmente rosas) asas assustaria qualquer criatura mortal da noite. Uma vampira. Além de uma caçadora de vampiros. (Longa história, não pergunte.) Minhas roupas são pretas, meu cabelo é preto, inferno, minha alma provavelmente neste momento deve estar negra. Não rosa, pelo amor de Deus. Nunca rosa! Mas eu estou me adiantando aqui. Para aqueles de vocês que só se juntaram a nós agora, tem sido uma viagem longa e estranha até agora. Começando com o dia, na última primavera, quando eu ainda era uma garota típica gótica da escola secundária com uma coisa por vampiros. Team Edward, e tudo mais, LoLz 1 . Só que eu dei um passo adiante eu encontrei-me com um vampiro verdadeiro de uma convenção e me inscrevi para me tornar um deles. (É realmente muito mais fácil do que você poderia esperar, contanto que você não se importe com os deveres de casa.) A certificação leva três meses de aula e, em seguida, eles checam um monte de antecedentes relacionados com seu DNA e sua amostra de sangue. É tudo muito high-tech e sofisticado nestes dias. Afinal, ninguém quer um doente assassino em massa, que não pode soletrar, v-i-d-a e-t-e-r-n-a, certo? Não preciso nem dizer, que eu fui aprovada. Mas na noite escolhida para o nascimento de minha não-morte o vampiro idiota, Magnus, que foi escolhido para ser meu amado imortal acidentalmente mordeu minha irmã gêmea idêntica, Sunny, ao invés de mim! (Sim, sim, nós somos Sunshine e Rayne. Pais hippies ou pelo menos, foi o que sempre pensei.) É claro que minha oh-tão-inocente, jogadora de hóquei de grama, amante de drama, (e até este ponto) normal-como-poderia-ser uma irmã gêmea não tinha ideia que os vampiros existiam. E vamos apenas dizer que ela não estava muito contente de ouvir que ela se transformaria em um deles até o final de semana. Então ela e meu pretendente foram nesta grande aventura para a Inglaterra para encontrar o Santo Graal e reverter a transformação antes da formatura. Durante o processo, vai entender, eles se apaixonaram. (O que foi bom para mim. Magnus é um pouco idiota e não é o tipo com quem eu gostaria de passar a eternidade. Eu preciso de alguém mais

1 Expressão que denota sarcasmo ou risada. Usada na internet.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

sombrio e taciturno.) Seis meses depois, eles ainda estão juntos embora recentemente as coisas ficaram um pouco arriscadas depois que Magnus, que é o novo mestre da Blood Coven, quase teve que conseguir uma nova companheira de sangue para ajudá-lo a governar. Felizmente para Sunny, as coisas não funcionaram muito bem para ele no final. E agora ele jura que os dois vão ficar juntos para sempre e nenhum outro vampiro ou mortal ficará entre eles. (Eu só acredito quando eu ver isso.) Mas, enfim, voltando para mim. Neste ponto, ainda sou humana, ainda sem companheiro de sangue e como se isso não bastasse, um dia nosso professor de teatro me chama para me avisar que sou a próxima caçadora de vampiros. (Sim, como naquela série Buffy.) Dá para acreditar? A garota votada como mais provável de se tornar uma vampira descobre que está destinada a matá-los por toda sua vida? E eu não poderia nem sequer dizer não já que eles oh- tão-docemente me informaram que injetaram em mim algum tipo de nano vírus e que este seria ativado no momento em que eu me ausentasse sem uma licença oficial. Felizmente, o trabalho envolvia matar somente vampiros malvados. E certamente não alguém da própria Blood Coven. O que foi um alívio total, considerando que estacar o namorado de sua irmã gêmea a sangue frio é uma boa maneira de você entrar na lista negra de todas e quaisquer reuniões de família futuras. Em qualquer caso, em minha primeira missão como caçadora, eu me uni com Jareth, o general da Blood Coven, e braço direito de Magnus. No começo, ele era uma espécie de dor no pescoço, se me permitem o trocadilho, mas no fim, descobri que ele era simplesmente mal entendido. Assim como eu. Ele salvou minha vida, também; o vampiro malvado que eu fui encarregada de matar conseguiu injetar um mortal vírus de sangue (sim, todos e sua mãe podem ser envenenados nestes dias) e eu estava enfraquecendo rápido. Até Jareth me morder, é isso. A boa notícia? Eu sou finalmente a vampira que eu sempre quis ser. A má notícia? Por causa do vírus de sangue, eu sou impotente como um cordeirinho. Suspiro. Pelo menos, eu tenho um beneficio que outros vampiros não têm eu posso sair no sol. O que totalmente me ajuda quando estou nas minhas missões de caçadora para salvar a cidade de líderes de torcida lobisomens Mas as esqueça. Temos problemas maiores agora. Como nossos estranhos pais nos dizendo que não são na verdade ex-hippies que escaparam da comunidade para viver uma vida mais urbana, e sim fadas mágicas que escaparam de uma mística ilha na Irlanda, para viver uma

mortal. E agora, ao que parece, as outras fadas vieram até nossa casa para procurar

vida mais

Sunny e eu. E querem que nós voltemos com eles. Nós nunca vimos isso chegando.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 01

Sexta-feira à noite, Las Vegas, Nevada, eu e Sunny estamos nos sentindo infernalmente impressionadas. Afinal, juntas nós salvamos a Blood Coven (de novo) e fomos proclamadas heroínas do mundo dos vampiros livres. Em outras palavras, a vida é boa. Okay, tudo bem, tecnicamente Sunny salvou a maior parte da convenção. Eu estava, humm, bem, vamos apenas dizer que estive um pouco preocupada. (Quero dizer, Vegas, baby! Estes centavos não irão jogar sozinhos, você sabe!) Mas, ei, eu cheguei no exato momento e salvei o dia, então tem que contar para alguma coisa, certo? Em qualquer caso, o mal foi vencido, Magnus e Sunny estão novamente juntos, e o inferno foi congelado (também conhecido como minha mãe e meu pai estão na mesma sala, realmente conversando como adultos civilizados). Nós voltamos para o condomínio de luxo de papai e da nossa madrasta Heather depois de assistirmos a estréia de Sunny em Drácula. (Ela fez um bom trabalho, eu tenho que admitir, embora o diálogo da peça não fosse muito grande.) Então aqui estamos nós, sentados na sala de estilo contemporâneo, bebendo canecas de chá fumegante verde, assumindo que logo iremos para a cama e acordar pela manhã para irmos à Massachusetts, a aventura em Vegas acabou bem. Nós não poderíamos estar mais erradas. “Então, garotas”, mamãe diz, sentando-se em uma pequena cadeira de couro branco. Deve estar matando seu bumbum vegetariano sentar em um esfolado e morto animal como este, mas ela é educada demais para chamar Heather em sua forma bárbara. “Vocês provavelmente estão surpresas em me ver em Vegas.” “Uh, sim”, eu digo. Quer dizer, muito eufemismo? “Qual é o problema? Sentiu muito a nossa falta? Quero dizer, realmente, mãe, nós só ficamos fora um par de dias. Mas eu sei como você pode ser sobre suas filhas”. Faço uma pausa, então acrescento. “Ao contrário de alguns parentes que eu conheço”, enquanto fulmino papai. Ele se contorce em sua cadeira, obviamente desconfortável, o que é bom para mim. Qualquer cara que está perfeitamente disposto a abandonar suas filhas por anos, deveria por direito, se sentir mal sobre isso. Mamãe balança sua cabeça, como se estivesse tentando defendê-lo, mas ela sabe tão bem quanto eu que o cara não será exatamente eleito o Pai do Ano em breve. “Eu gostaria que fosse isso, Rayne.” Seu rosto pálido, de repente, me deixa preocupada. Logo antes de partirmos para Vegas, meu guardião dos Caçadores Inc., também conhecido como David, namorado de mamãe, disse que sua companhia tinha ouvido falar de uma nova ameaça que estava vindo a cidade. Uma ameaça que poderia ser contra nossa mãe.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Há mais na sua mãe do que você conhece, David tinha me dito. Eu tremo. “Mamãe, o que você está tentando dizer?” Sunny pergunta, antes que eu encontre minha voz. “O que está acontecendo aqui? Você está com algum tipo de problema?”

Eu pego mamãe e papai trocando olhares. Ele acena para ela, encorajando-a a continuar.

“Olha, vamos apenas dizer que as coisas não estão exatamente

seguras

para nós em

Massachusetts”, ela diz, parecendo escolher suas palavras com cuidado. “É por isso que eu estava tão disposta em deixar vocês duas saírem esta semana. Achei que iria mantê-las longe do perigo, até que eu descobrisse nossa melhor jogada.” “Mamãe, você está nos assustando”, Sunny diz, seu rosto branco como o de um fantasma. “O que não é seguro?” Mamãe engole com dificuldade. “Vocês tem que acreditarem mim - eu nunca quis envolver vocês duas nisso. Na verdade, foi por isso que eu e seu pai saímos da comunidade e nos mudamos para Massachusetts, para começar. Eu não queria que vocês crescessem no mesmo mundo que nós crescemos. Eu queria que vocês tivessem uma família feliz e normal. E eles nos deixaram sozinhos por muito tempo, eu realmente comecei a pensar que tínhamos conseguido escapar para sempre.” Ela morde o lábio inferior, nervosamente. “Mas agora uma guerra eclodiu entre duas famílias, e eles estão exigindo que nós voltemos para casa e ajude em sua luta. E se não fizermos isso, eles prometeram tornar as coisas muito difíceis para todos nós.” Eu levanto uma sobrancelha. Será que ela está querendo nos dizer que fazemos parte da máfia ou algo assim? Será que eles eram da máfia escocesa?

“Eu não entendo”, Sunny grita em sua estridente voz de Minnie Mouse que sempre aparece quando ela está enlouquecendo. “Alguma briga de família? Por que eles precisam de nós para isso?” “Querida, você está falando com elas por meio de enigmas”, Papai repreende nossa mãe suavemente. “Será melhor se você simplesmente contar a história toda, não importa quão difícil seja acreditar, em primeiro lugar.” Ele se vira para nós. “Olha, meninas, nós sempre dissemos que vocês vinham de antepassados Irlandeses e Escoceses, certo? Bem, há um pouco mais do que isso. Nossas famílias descende de um povo que vive em uma pequena ilha ao longo da costa da Irlanda, conhecida como Tír na nÓg”. Ele faz uma pausa, em seguida, acrescenta. “Alguns nos conhecem como Sidhe.” Eu o encaro, horrorizada. Sidhe? Será que ele quer dizer como ? “O que diabos é um Sidhe?” Exige Sunny. Mas eu sei o que meu pai vai dizer antes que as palavras deixem sua boca. “O termo que poderia ser mais familiar para você”, ele diz para Sunny, suavemente, “seria

fada.”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Que porra é essa? “Então, deixe-me ver se entendi”, eu digo, minha mente tentando colocar sentido em tudo isso. “Você está tentando dizer que somos descendentes de fadas? Fadas verdadeiras?” “Nós não somos apenas descendentes”, mamãe esclarece. “Somos fadas de sangue puro. E agora a corte real está exigindo que todos nós voltemos à terra das fadas imediatamente.” “Ou então”, papai acrescenta, “eles prometeram matar todos nós.” A sala fica em silêncio. Você consegue ouvir um alfinete cair. Mamãe torce suas mãos, preocupada. Papai morde seu lábio inferior. Sunny parece como se fosse desmaiar. Pobre garota ela acabou de passar por uma situação sobrenatural de vida ou morte e agora estamos de volta novamente. Eu balanço minha cabeça, incrédula. Fadas. Fadas verdadeiras. É difícil entrar na minha cabeça. Quer dizer, com certeza, eu sempre achei que vampiros e lobisomens fossem reais, e que houvesse outras coisas lá fora indo colidir pela noite, mas eu nunca pensei que eles acabariam sendo meus parentes próximos. “Olhem”, papai diz, quebrando o silêncio. “Vocês não precisam se preocupar. Isso não vai chegar a esse ponto. Nós vamos descobrir uma solução diplomática para tudo isso. Vocês vão ver.”

“Isso não nos envolve mudando para a Terra das Fadas”, mamãe acrescenta, tomando um gole de seu chá, agora já frio. “Eu posso prometer isso. Não serão minhas filhas que irão crescer para serem princesas fadas, isso é certo.” Eu levanto uma sobrancelha. “Princesas?” “Oh”. Ela ruboriza. “Eu acho que não mencionei essa parte. Antes de fugi, eu era tecnicamente uma princesa das fadas. Herdeira do trono Light Court. Seu pai era meu guarda- costas. Nós nos apaixonamos, mas meus pais reprovaram. Eles queriam que eu me casasse com Apple Blossom, general do exército das fadas reais.” “Apple Blossom?”, eu bufo. “Ele parece, hm, realmente masculino.” Mamãe dá de ombros. “Os nomes das fadas normalmente são assim. Quer dizer, o nome verdadeiro do seu pai é ” “DE QUALQUER FORMA”, papai interrompe, efetivamente cortando-a. “Eu não ia deixar que sua mãe saísse com o viscoso Rotten Apple 2 . Então nós fugimos e deixamos o reino das fadas para sempre. Nós removemos nossas asas cirurgicamente e sua mãe logo ficou grávida de vocês duas. Nós pensávamos que viveríamos felizes para sempre.” “Só que você nos deixou”, eu lembro, explicitamente. “Antes, você sabe, após essa parte.” Papai abaixa a cabeça. “Sim”, ele diz. “Como você pode vê, os romances de contos de fada nem sempre são capazes de sobreviver à dureza do mundo real.” Eu abro minha boca para responder, mas mamãe me corta eficazmente.

2 Maçã Podre

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Vocês têm que entender”, ela continua. “nós nunca estivemos fora da terra das fadas antes. E nós definitivamente não estávamos preparados para o que encontramos aqui. Sem dinheiro, sem qualificações, sem educação inferno, nós não tínhamos nem números de segurança social logo ficamos em apuros. Como qualquer outro imigrante ilegal, nós nos esforçamos para encontrar trabalho e para colocar comida na mesa para vocês duas. Foi um momento difícil e nosso relacionamento sofreu por causa disso.” “Nós éramos tão jovens e estúpidos”, papai diz, sacudindo sua cabeça. “É difícil acreditar que nós pensamos que poderíamos fazer tudo por contra própria, sem qualquer ajuda.” “Mas vocês fizeram”, Sunny lembra. “Quer dizer, obviamente deve ter funcionado de alguma forma. Nós vivemos bem.” Meus dois pais olham um para o outro e sorriem. “Graças a Heather”, dizem em uníssono. Sunny e eu olhamos para nossa madrasta, que tem ficado bem tranquila até agora. Ela acena. “Culpada”, ela brinca, levantando a mão direita. “Eu fui capaz de realocá-los.” “Heather trabalha para os Caçadores Inc.”, papai explica, atirando-me um olhar compreensivo. “Em sua divisão de fadas. Eles ajudam as fadas refugiadas para se reestabelecerem no mundo real.” Encaro minha madrasta, certa de que meu queixo tinha caído no chão neste momento. Heather trabalha para os Caçadores Inc.? E eu aqui pensando que ela era uma stripper ou algo assim? Além disso eles têm uma divisão de fadas? “Heather foi capaz de nos assegurar nosso primeiro apartamento em Massachusetts, novos empregos, números de segurança social – fez funcionar”, mamãe diz, olhando para a mulher anteriormente conhecida como Piranha Destruidora de Lares com olhos agradecidos. “Ela salvou nossas vidas. Nós não estaríamos agora se não fosse sua bondade.” “E então você foi e fez um bebê com ela para mostrar sua gratidão?” Eu pergunto, sarcasticamente. O rosto de papai fica vermelho. Ele olha para nossa mãe que também está corando furiosamente. “Naquela época, embora vivêssemos como seres humanos, ainda pensávamos como

fadas”, ela confessa. “E fadas – pura e simplesmente acreditam na livre expressão do amor. Nós dois crescemos muito perto de Heather, depois ela salvou literalmente nossas vidas, então,

no momento, é só

Eu fico olhando para ela, com descrença. E eu pensando que minha mãe ficaria dilacerada quando soubesse da existência de Stormy. Mas acontece que ela não só sabia ela aprovava também! Sério, fadas são piores do que os hippies! “É claro que depois eu cometi o erro de contar para as mães da Associação dos Pais e Mestres sobre a coisa toda”, mamãe relembra com um encolher envergonhado. “Vocês deveriam

que parecia natural, eu acho.”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

ter visto a expressão em seus rostos. Comecei a me preocupar que tivesse feito algo errado. Algo que nos destacasse como diferentes talvez até mesmo dar o nosso paradeiro para a Light Court. Então eu disse para seu pai que ele parasse de ver Heather completamente. E que nós nunca diríamos a verdade para vocês duas sobre sua meia irmã.” “E é por isso que papai acabou indo com Heather no final?”, eu concluo. “Ele não conseguia lidar em ter que ficar longe dela?” Mas papai me surpreende com um balanço de cabeça. “Não exatamente”, ele diz, enfiando sua mão no bolso e tirando um pedaço de papel. Após desdobrá-lo, ele entrega para Sunny e para mim. Eu dou uma olhada, arregalando-me com o conteúdo. “Um contrato?” Eu pergunto, olhando para cima. “Cerca de quatro anos atrás, nosso disfarce foi descoberto e as fadas nos encontraram”, ele explica. “Sua avó estava furiosa comigo – um plebeu que levou sua filha para longe. Eu pedi para que ela nos deixasse sozinhos e ela finalmente concordou, com uma condição. Eu tinha que sair de cena.” Ele abaixa sua cabeça. “Eu sabia que sua mãe ia tentar me parar se eu lhe contasse a situação. E eu a amava demais para colocar sua própria vida e as suas em perigo por minha causa. Então eu peguei minhas coisas e mudei para Vegas com Heather servindo novamente como minha Relocatária.” Ele balança sua cabeça. “Foi a coisa mais difícil que eu já tive que fazer em toda a minha vida.” Eu o encaro, com descrença. Meu coração na minha garganta. Todos esses que eu supus que ele tinha tomado o caminho mais fácil. Abandonou sua família por uma mulher mais jovem, vivendo uma vida de luxo enquanto nós lutávamos para passar por uma existência sem pai. Era tudo verdade? Ele realmente fez tudo isso para nos proteger? Eu odiei meu pai por todos esses anos sem uma boa razão? “Eu sei que perdi um monte de aniversários”, papai acrescenta, sua voz grossa com pesar. “Mas eu não sabia quanto contato eles me permitiam, sem que ficassem zangados novamente. E eu não queria, inadvertidamente, destruir a vida maravilhosa que sua mãe havia construído para vocês. Então, eu observava de longe, e tentava seguir em frente, o melhor que eu podia.” Sua voz engasga na última frase. “Mas eu senti muita falta de vocês”, acrescenta. “Não houve um dia

que se passasse que eu não quisesse ligar ou visitá-las

Ele para e tanto mamãe como Heather

vão consolá-lo. Eu olho para Sunny, que estava com seus olhos arregalados assim como os meus. Na verdade, eu não sei o que é mais surpreendente: Que somos descendentes de fadas ou que papai não é realmente o bastardo que sempre acreditamos que ele fosse. É uma verdadeira droga, para ser honesta. Decidi me concentrar na parte das fadas. Eu precisava de mais tempo para digerir o resto. “Então, Sunny e eu somos princesas”, eu digo. “Então, por que não temos asas? Ou, eu

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

não sei, poderes mágicos ou algo assim?” “Por que vocês nunca fizeram o ritual”, mamãe explica. “Quando uma fada entra na puberdade, elas devem passar por uma cerimônia mágica para começar sua transformação. Isso envolve um monte de besteiras, como beijar seu cotovelo.” “Isso é mesmo possível?” Sunny pergunta, tentando manobrar seu braço para colocá-lo na posição para beijar seu cotovelo. Os olhos de mamãe se arregalam e ela agarra minha irmã pelos braços.

“Sunny, isso não é algo para se brincar”, ela repreende. “Se você se tornar uma fada, não há como voltar atrás.” Ela olha para papai. “Mesmo sem as asas, nós ainda conservamos nossos poderes. Embora, é claro, nós nunca usamos.” “Nunca?” Heather tosse, olhando direto para nosso pai. “Bem, só de vez em quando”, acrescenta papai, um pouco timidamente. “Quando eu não posso encontrar minhas chaves ” Suspiro. Será que todo mundo tem malditos “poderes”, exceto eu? “Então me deixe ver se eu entendi”, Sunny diz, puxando sua mão de volta. “O nosso pai cumpriu o acordo e mesmo assim eles ainda nos querem de volta?” Nosso pai concorda. “Mas por que eles se importam? Existe uma escassez de fadas ou algo assim?” “Em certo sentido, sim”, mamãe responde. “Algumas semanas atrás, fomos informados que os agentes da Dark Court invadiram e mataram sua avó, a rainha da Light Court.”

Oh, meu Deus. “Vovó morreu?” Eu grito. “E Papai e mamãe trocam olhares.

espere

ela era uma fada?”

“Na verdade, a mulher que vive na Flórida não é sua avó de verdade”, papai confessa.

bem, nós queríamos que vocês tivessem algum senso

de família. Então, nós contratamos alguns atores para interpretar os papéis. Vovó, Tia Edna ” Eu engulo em seco, sentindo meu mundo desabar ao meu redor. Tudo que eu pensei que

era, tudo que eu pensava que sabia, era tudo uma mentira. Meu estômago se contrai e eu estou perto de vomitar. “Em qualquer caso”, papai continua. “o trono da Light Court está agora vazio. E eles precisam coroar o próximo na linha.” Sunny se vira para mamãe.

“Quando vocês duas eram jovens, nós

“Então

“Não, Sunny”, mamãe responde. “Vocês são.”

você deveria ser a rainha das fadas?” Ela pergunta, seus olhos arregalados.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 02

“Isso não é bom. Nada bom!” Sunny murmura depois que ela desconecta e fecha seu celular depois de enviar sua milionésima mensagem para Magnus para que ele, por favor, a ligasse de volta. Depois de assistir o jogo, seu namorado vampiro, tinha pulado em um avião particular de volta para a Nova Inglaterra, onde a sede da Blood Coven estava. Ele estaria incomunicável, ele disse para ela, por pelo menos cinco horas. Na hora, não tinha parecido grande coisa; Sunny tinha assumido que ela passaria uma noite tranquila com mamãe a papai um raro acontecimento e então ela mesma entraria em um avião na manhã seguinte para voltar para casa. Agora tudo tinha mudado. Nossas vidas tinham virado de cabeça para baixo. E não poder compartilhar a notícia com Magnus estava acabando com Sunny. Meu próprio namorado, Jareth, também estava percorrendo o mundo, sem serviço de celular, mas, para ser honesta, eu não tinha nenhuma pressa de mencionar as asas de esqueletos em nosso armário de família. Quero dizer, princesa das fadas? Poderia haver algo mais constrangedor para um vampiro que se prezava? Afinal, todo mundo sabe que vampiros verdadeiros não brilham. Depois que ouvimos a notícia, nós convencemos mamãe e papai para nos deixar sair do apartamento para alguns preciosos momentos de descompressão. Tínhamos encontrado um restaurante local e pegado uma cabine, e cada uma tinha pedido uma xícara de café para manter a garçonete nazista na baía. Eu preferia uma dose de vodka, mas, infelizmente, minha carteira de identidade falsa tinha sido confiscada na noite passada no Excalibur e, além disso, como uma vampira, eu não poderia me embriagar, portanto, o destilado seria inútil, de qualquer maneira. “Sunny, relaxe.” Eu digo para minha gêmea enquanto ela bate a cabeça na mesa em frustração. Eu olho em volta e pego a garçonete nos olhando com desconfiança do outro lado do salão. “Vai ficar tudo bem.” Sunny olha para cima, lágrimas escorrendo por seu rosto. “Em qual universo bizarro você vive em que isso poderia ficar bem?” Ela exige. “Uh”, eu olho para minha caneca e percebo uma mancha de batom rosa fraco na borda. Bom ponto. “Por que isso continua acontecendo comigo?” Sunny lamenta. “Primeiro eu me transformo em um vampiro bizarro. E agora eu descubro que sou uma entediante princesa fada.” “Pelo menos, você provavelmente vai achar o guarda-roupa das fadas preferível”, eu murmuro, desejando que ela mantivesse sua voz baixa. “Muito rosa?” Sunny crava seus olhos em mim. “Tudo que eu quero é ser humana”, ela funga. “Um ser humano normal que cresce e vai

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

para a faculdade, casa-se, tem filhos e vive em uma casa com quatro quartos, dois banheiros e uma cozinha aberta, bancadas de granito e uma piscina no fundo. É tão errado assim?” “É muito especifico, mas eu não acho que seja errado”, eu digo, estendendo a mão para ela, e apertando sua mão. “Mas você sabe, Sun, não podemos ter sempre aquilo que queremos.” “Por favor, não comece a citar músicas dos Rolling Stones. Seriamente, eu vou acabar estacando você.”

Eu não

estou citando George Michael, então não comece. Papai está trabalhando nisso e ele nos assegurou que tudo ficará bem.” “Como ele nos assegurou que iria ao nosso aniversário na primavera passada?” Sunny pergunta, enfaticamente. Ela pega seu celular. “Eu vou tentar ligar para Magnus novamente. Talvez ele tenha feito uma parada ” Eu desisto, afasto-me da mesa e lanço um punhado de moedas pela minha caneca de café não bebida e manchada de batom rosa. “Você sabe que não deveria contar para ninguém sobre isso, lembra? Papai e Mamãe foram bastante claros sobre isso. Eles disseram que isso poderia ser perigoso.” “Não é ninguém”, Sunny diz, colocando o telefone na orelha. “É Magnus. Se alguém pode ajudar, é ele.” “É claro. Assim que conseguir a paz do mundo e resolver a crise financeira da nação, ele estará aí, eu tenho certeza”, murmuro. Para minha irmã, Magnus não era apenas o mestre da convenção, mas o Superman, Batman, e o Incrível Hulk, todos em um. Mas eu não comprava isso. Afinal, o cara não podia nem ao menos perceber que sua própria Companheira de Sangue era uma impostora do mal. “Estou indo para casa.” Eu posso ouvi-la correndo atrás de mim enquanto eu saio da lanchonete e outra pontada de pena morde em meu intestino. Eu não queria ser rude com ela ela tem todo o direito de estar chateada com a situação. Mas eu odeio que ela não me deixe ajuda-la. Eu sou sua gêmea eu

que deveria estar lá para ela. No entanto, ela só se preocupa com seu estúpido namorado. Suspiro. Ela me alcança, mas ainda está com o maldito telefone grudado em seu ouvido, por isso a ignoro e atravesso a rua, indo direto para o edifício de papai. Eu ouço quando ela deixa outra mensagem para seu co-dependente e entra no elevador atrás de mim. “Eu espero que ele não esteja em um acidente de avião”, ela comenta, preocupada, enquanto as portas se fecham. Argh. Se eu não amasse tanto meu cabelo, eu o estaria puxando até que eu tivesse certeza que estava careca. Enquanto as portas se abrem no andar dezessete, eu a agarro pelo ombro e a coloco na minha frente. “Olha, eu sei que você está chateada”, eu digo, minha voz tão severa como eu posso. “Mas

Eu solto sua mão. “Olha. Você tem que ter fé. E não

” Eu ergo minha mão. “

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

tente não ficar dizendo na frente de mamãe e papai, certo? Eles estão fazendo tudo o que podem e mamãe está claramente em pânico. Então não faça com que ela se sinta pior.” Sunny faz uma careta. “Eu não irei fazer nada. Jesus. Me dê um pouco de crédito aqui.” Balançando minha cabeça, eu abro a porta do apartamento. Mamãe, papai e Heather estão enrolados juntos no sofá, comendo uma grande tigela de pipoca e assistindo um filme dos anos oitenta Curtindo a Vida Adoidado. Mamãe engasga, rindo. “Oh, Ferris”, ela diz, rindo. “Ele é um patife.” “Claramente em pânico, hein?” Sunny murmura em meu ouvido. “Então, uh, qual o plano mesmo?” Eu pergunto. Papai pega o controle remoto e pausa o filme e os três olham para nós, surpresos. “Sua mãe e eu voltaremos amanhã para a Terra das Fadas com nosso advogado dos Caçadores Inc.”, papai diz. “para defender nosso caso. Vocês vão ficar aqui com Heather.” “E a escola?” Sunny pergunta. “Nós deveríamos voltar na segunda.” “Considere isso um bônus de férias. Vou conversar com seus professores”, mamãe responde. “Mas eu tenho um jogo de hóquei de grama na terça!” “Então você vai ter que perder”, papai diz, com firmeza. “Desculpe, mas você não pode voltar. Não é seguro.” “A corte sabe onde vocês moram”, Heather acrescenta. “Seus soldados estão vigiando a casa. Se vocês não tivessem esse super sistema de segurança instalado, eu não tenho certeza se sua mãe teria conseguido sair facilmente.David. Eu tive muitas brigas com o cara, mas graças a Deus ele estava lá por mamãe, quando estivemos fora. Eu nunca deveria ter vindo para Vegas em primeiro lugar, depois que ele me disse que ela poderia estar em perigo. Que tipo de caçadora/filha faria isso? “Então, quando poderemos voltar para casa?” Sunny grita, afundando-se em uma cadeira próxima, seu rosto pálido. Sei que ela está pensando novamente em Magnus. Mamãe se levanta e vai lhe dar um abraço. “Eu não sei, querida”, ela diz, alisando o cabelo dela. “Mas estamos juntos e isso é que é importante. E não há como as fadas saberem que vocês estão aqui.” De repente, como se na deixa, um barulho estranho troveja no apartamento. Como um zumbido de mil abelhas. Eu olho pela janela e meu queixo cai quando eu vejo um homem sem camisa pairando lá fora, olhando para dentro Batendo suas asas. “Hm”, eu digo, apontando. “Você tem certeza disso?”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 03

A janela quebra antes que alguém possa me responder. Embora para ser justa, esta era um tipo de pergunta retórica, de qualquer maneira. Eu levanto, minhas mãos sobre minha cabeça, para evitar os cacos de vidro que chovem, enquanto seis homens altos e com asas flutuam na sala da minha outra família, afundando no tapete de pelúcia branco. As fadas chegaram. E só para sua informação, se você acha que “fadas” são criaturas ágeis, estranhas, que brilham, e que você poderia encontrar em uma noite de tributo para David Bowie, deixe-me colocar as coisas em ordem: estes caras são construídos ao máximo. Ombros largos, peitos amplos, abdômen tanquinho e pernas musculosas. Ao mesmo tempo, cada um deles é

com bochechas altas, olhos arregalados

cercados por cílios longos, e dentes brilhantemente brancos. Como as animações de príncipes esportivos com asas da Disney. Deliciosos, mas mortais. Uma fada de cabelos pretos com cara de príncipe encantado da Cinderela, embora muito irritado dá um passo a frente, seus olhos escuros caindo sobre minha mãe. Mamãe está sobre o chão, ombros para trás, e com uma expressão de mamãe urso feroz, tomando conta de seu rosto normalmente sereno e de garota hippie. Uma pontada de orgulho gira em minha espinha enquanto eu a assisto olhando para os grandes e maus invasores, pronta para proteger seus filhotes a qualquer custo. Yeah, toma essa, homem fada. Minha mãe não é uma Shrinking Violet 3 .

estranhamente

bonito, eu acho que você diria isso

“Princesa Shrinking Violet?”, a fada se dirige a ela.

Uh

Bem, você sabe o que eu quis dizer.

“Sir Apple Blossom?” Mamãe responde, com seus dentes cerrados. Meus olhos se arregalam. Este era o cara sexy com que mamãe deveria ter se casado? E ela escolheu papai ao invés dele? Quero dizer, claro, que estou feliz que ela tenha feito isso, já que nós nunca teríamos nascido de outra forma, mas maldição Apple Blossom continua, “Nós viemos pelas garotas.” Eu ouço um grito de medo vindo da minha esquerda e viro para encontrar uma Sunny pálida e encurvada ao meu lado, literalmente tremendo com medo. Eu a agarro pelo braço, puxando-a para perto de mim. Ninguém assusta Sunshine. Pelo menos não sem passar por mim primeiro. Ou meu pai, ao que parece, nesse assunto. Nós observamos enquanto nosso pai dá um passo protetoramente para nossa frente.

3 Shrinking Violet tanto é uma personagem de desenho e histórias em quadrinho como pode significar pessoa tímida.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Eu sou o pai delas”, ele diz, com uma voz que não deixa margem para discussão. “E vocês só vão levá-las por cima de meu cadáver.” Uau. Para um cara que nunca se lembrou de levar um cartão de aniversário, papai poderia realmente se transformar em um parente protetor quando ele sentia que era necessário. Eu olho para Sunny, que está olhando para nosso pai como se nunca o tivesse visto antes. “Sobre seu cadáver?” Apple Crisp 4 sorri afetadamente. “Eu acho que isso pode ser arranjado!” Na deixa, seus amigos desembainham suas espadas flamejantes. Sério, como eles passaram pelo sistema de segurança com tudo isso? Se eu sobreviver a isso, eu irei reclamar a administração do prédio “Violet – pegue!” Aparentemente do nada, meu pai consegue produzir suas próprias espadas (embora, infelizmente, nenhuma delas pareça estar em chamas) e lança uma para mamãe, empunhando a outra ele mesmo. Mamãe boba e hippie que estava sempre criticando Mario Brothers como um violento jogo de videogame pega a espada com facilidade, como se ela fosse a própria Lara Croft ou algo assim. Atrás dela, está Heather que também de alguma forma conseguiu arranjar uma espada de aparência afiada. Onde eles conseguem esses brinquedos maravilhosos? “Sunny! Rayne! Corram!” Mamãe grita, sem se virar. O quê?! Eu não posso correr. Afinal, eu sou uma caçadora. Além de uma vampira. E afinal, tecnicamente, também uma fada. Não há nenhuma maneira que eu saia correndo desta luta. Eu considero procurar pelo condomínio luxuoso alguma outra espada escondida, mas, em seguida, tenho uma ideia melhor. Enquanto mamãe, papai e Heather envolvem as fadas, eu saio da sala para pegar minha bolsa. Procurando, eu jogo fora fichas de pôquer do Caesar‟s Palace, chiclete de laranja, e uma realmente legal Boneca Living Dead que eu encontrei em uma pequena loja gótica fora de Strip, procurando pela pièce de résistance. Minha estaca. Meus dedos se envolvem sobre a madeira lisa, quando Torta de Maçã e Sorvete conseguem passar por Heather e se jogam sobre mim. Eu giro, apunhalando com todas as minhas forças, a estaca indo direto em seu peito. Okay. Boas notícias e más notícias.

BOAS NOTÍCIAS: As fadas não “poof” em uma pilha de fácil-para-varrer cinzas quando seu coração é transpassado por uma estaca de madeira como acontece com os vampiros. MÁS NOTÍCIAS: Com bastante força, uma estaca de madeira no coração = dói como um

4 Aqui a Rayne faz uma brincadeira com o nome da fada. Ele se chama Apple Blossom, que traduzindo, literalmente, seria maçã florescida. E Apple Crisp, fica maçã crocante.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

inferno, mesmo sem que haja o benefício do “poof”.

A fada grita em uma mistura de raiva e dor, apertando seu coração como se ele fosse cair no chão, com sangue jorrando de seu peito. Após um momento de convulsão, seus olhos reviram e ele fica quieto. Náusea passa sobre mim matar fadas é muito mais bagunçado do que matar vampiros mas eu engulo. Não há tempo para vomitar enquanto minha família ainda está em perigo mortal. É então que percebo que todos pararam de lutar e que estão olhando para mim. “Ela matou Apple Blossom!”, grita uma fada pequena. “Oh, Deus, Rayne! O que você fez?” Mamãe sussurra com sua voz rouca. Eu olho para as fadas, então para meus pais, confusão guerreando dentro de mim.

está

acontecendo aqui? Nós não estávamos lutando até a morte?

“Peguem-na!”, a fada grita. As cinco restantes criaturas voam, vindo em minha direção, brandindo suas espadas. Eu tomo uma respiração, seguro minha estaca, perguntando-me como diabos eu vou matar todos de uma vez. “Não”, mamãe, de repente, grita, pulando na minha frente, assim que as fadas mergulham para me bombardear. Elas batem nela e seu corpo magro se amassa como papel de seda enquanto ela cai no chão. “Mãe!” Sunny grita atrás de mim. Leva-me um momento para perceber que eu estou gritando também. Na verdade, eu não consigo parar. E eu não consigo desviar o olhar, tampouco. Mamãe. Branca como um fantasma,

sem se mover. Será que ela

Eu posso sentir meu pai me agarrando e me levando para longe da ação. “Nós iremos para o Plano B”, ele grita para Heather, que está ocupada enfrentando as fadas restantes. “Plano B?” Eu viro. “Qual é o Plano B?” Mas papai não responde. Em vez disso, ele se aproxima com uma sacola e assopra um pó brilhante em nossa direção. O que Eu, acidentalmente, inalo um pouco do pó e meus pulmões agarram isto. Eu começo a engasgar, minha visão se desvanecendo rápido e meus músculos se atrofiando em um ritmo alarmante. “Não lute contra isso”, eu ouço Heather dizer, enquanto a escuridão vem em minha direção em alta velocidade. “Eu te vejo do outro lado.” “Mamãe”, eu grito uma última vez antes de sucumbir à invasão da noite. Não há resposta.

“O que eu fiz?” Eu respondo. “Eu

salvei

quer dizer, eu protegi

O que

Ela poderia estar

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 04

Eu acordo com o som de pássaros, cantando alegremente para alguém em uma árvore próxima. Provavelmente fofocando sobre alguma larva que eles conseguiram, só por que saíram mais cedo da cama. Tão chato. Eu tento puxar os travesseiros sobre minha cabeça para afogar os sons, mas depois me lembro que eu deveria estar supostamente em Las Vegas, um lugar onde até mesmo os pássaros veem o mérito de dormir.

Aves

Penas

Fadas

Tudo começa a voltar para mim. Flashes de asas, espadas flamejantes e gritos de dor.

Minha mãe, pulando na minha frente para me proteger das lâminas das fadas

um solavanco. “Mãe”, eu grito. “Shh”, diz Heather, com sua voz suave. Olho e a encontro sentada em uma cadeira pequena, ao lado da minha cama. “Você está segura.” Meu coração está na minha garganta, olho com preocupação ao redor do cômodo, não reconhecendo qualquer coisa que eu vejo. Onde eu estou? Não é o apartamento de Heather e de papai, isso eu tenho certeza. Minha madrasta nunca aprovaria essa decoração espartana. Paredes pintadas de branco, duas camas de solteiro uma em que eu estava deitada caixas empilhadas no canto, e uma pequena janela. Lá fora eu posso ver a parte superior do que parecem ser grandes pinheiros, soprando ao vento. Definitivamente, não estou em Vegas. “Onde estamos?” Eu exijo.

O lugar cheira a água sanitária, como a enfermaria de um hospital. Mas eu não aparento estar machucada, de qualquer forma. “Onde está mamãe? Onde está papai? O que aconteceu com as fadas?” Uma torrente de perguntas deixa meus lábios, rápida e furiosa, e eu percebo que preciso parar de perguntar e dar uma chance para que Heather possa responder. Heather engole antes de responder, seus olhos traindo sua preocupação. “Aqueles eram mensageiros da Light Court”, ela explica. “Evidentemente, o primeiro- ministro perdeu sua paciência, esperando que seus pais levassem vocês até a corte para que pudesse começar o seu treinamento. Ele decidiu resolver o assunto com suas próprias mãos.” Minha mente volta para o mergulho de ataque das fadas, com espadas flamejantes, batendo em minha mãe, golpeando exatamente em seu peito. Ela caiu no chão, se contorcendo de dor.

Eu paro, não sendo capaz de vocalizar meu maior medo. Um grande nó

tapa minha garganta e lágrimas mancham minha visão. “Quero dizer, ela está ?”

Sento-me com

“Mamãe está

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Heather se aproxima e toca meu braço. “Ela está viva”, ela me garante. “É muito difícil matar uma fada, a menos que você empunhe armas de ferro. Algo que as outras fadas não podem tocar.” Alívio passa por mim como um maremoto. Minha mãe e eu tivemos nossos momentos, isso é certo, mas no fim do dia, ela era como minha melhor amiga e eu a amo até a morte. Se alguma coisa acontecesse com ela Eu balanço minha cabeça. Eu não consigo nem pensar nisso. “Onde ela está, então?” Eu exijo. “Eu preciso falar com ela!” “Isso não será possível. Ela e seu pai se renderam para as fadas e foram escoltadas de volta ao reino das fadas.” Horror bate em minha barriga e eu sinto como se todo meu fôlego tivesse saído de mim. “Po-Porque fariam isso?” Eu grito. Heather me dá um olhar de aço. “Para me dar tempo suficiente para fugir com vocês duas.” Ela olha para a outra cama e eu percebo que a pessoa por debaixo dos lençóis deve ser minha irmã. Na deixa, Sunny senta-se com um sobressalto. “Onde eu estou?” Ela grita, olhando em volta, seu rosto pálido está molhado de lágrimas e com medo. Heather gesticula para que ela atravesse o quarto e sente na minha cama. “Eles chamam esse lugar de Riverdale”, ela explica. “Fica escondido em um vale remoto, situado dentro de uma cadeia de montanhas dos Alpes, apenas um punhado de pessoas sabe de sua existência.” Eu a encaro, chocada além do que se possa imaginar. Não só não estávamos mais em Las Vegas, nós não estávamos nos Estados Unidos? Essa porcaria de pozinho mágico bateu em mim como um inferno. “É uma espécie de internato”, Heather continua enquanto Sunny se junta a mim na cama. “Faz parte de uma filial internacional dos Caçadores Inc. Aqui, eles preparam os adolescentes para se tornarem caçadores. Assassinos que policiam as criaturas do outro mundo que não seguem as regras.” Ela me olha, incisivamente. “Mas você sabe tudo sobre isso, certo, Rayne?” Bem, isso responde a pergunta sobre se ela sabia que eu era uma caçadora. Mas ela sabe

sobre a minha outra

Teifert sabe, mas ele jurou respeitar a confidencialidade. (Já que nem todos na organização ficariam felizes em ter uma vampira/caçadora de vampiros na folha de pagamento.)

Eu decido que é melhor não perguntar, apenas no caso. “Uma escola para caçadores?” Sunny aumenta seu tom. “É sobre que a cada geração nasce uma garota que é destinada para caçar os vampiros?” “Sim, isso contribuiria para que uma classe muito pequena se formasse”, eu acrescento. Heather dá uma risadinha.

condição

também? Quer dizer, o vice-presidente dos Caçadores Inc.,

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“O „a cada geração‟ é uma ideia muito bonita, mas uma metodologia totalmente desatualizada para todos os efeitos práticos”, ela explica. “O outro mundo tem crescido exponencialmente ao longo dos anos com novos vampiros, lobisomens, fadas e outras criaturas que se enquadram na jurisdição policial dos Caçadores Inc. Obviamente não seria realista confiar em apenas um caçador para tudo isso. Então, eles criaram escolas para que os caçadores pudessem treinar seus múltiplos potenciais.” “Espere”, eu interrompo. “Eu nunca fui para esse tipo de escola.” “Nós nos Estados Unidos fazemos as coisas um pouco diferente”, Heather explica. “Nosso vice-presidente de operações, Charles Teifert, prefere treinar seus caçadores um a um.” “Então por que você nos trouxe aqui?” Sunny exige. “Por que estamos em uma escola para caçadores agora?” Heather parece surpresa com essa pergunta. “Por que é o melhor lugar para escondê-las das fadas”, ela explica. “Até que seus pais sejam capazes de resolver as coisas.” Eu abro minha boca para protestar, mas naquele momento uma batida soa na porta. “Entre”, convida Heather, e um momento depois, um cara grande e forte com os braços cheios de caixas entra no cômodo. “Estes são os últimos”, ele informa para nossa madrasta, com um forte sotaque alemão. “Onde é que você gostaria que eu colocasse?” Heather gesticula para uma pilha de caixas no chão. “Aqui está bom”, ela diz. “As meninas podem desempacotar em seu momento de lazer.” Meus olhos se arregalam enquanto meu bichinho de pelúcia do Skelanimals bat 5 , Diego, cai do topo da caixa enquanto ele as coloca no chão. “Nossas coisas?” Eu grito, concretização batendo em mim com a força de um caminhão de dez toneladas. “Você trouxe nossas coisas? Quanto tempo você acha que nós vamos ficar presas aqui, afinal?” Heather dá de ombros. “Eu realmente não sei dizer. Poucas semanas? Alguns meses? Esperemos que seja menos de um ano”. Ela me lança um olhar solidário. “Infelizmente há muita burocracia nas cortes Seelie. Às vezes, os conflitos podem realmente se arrastar”. “Onde está o telefone?” Sunny exclama com um tom de urgência. “Eu preciso fazer uma ligação”. “Desculpe”, diz Heather. “Sem telefones. Estamos à milhas de distancia de qualquer torre de celular e não há telefones fixos no local também.” Sunny olha para mim, horrorizada. “O que?” “É para o melhor”, nossa madrasta acrescenta. “É vital que ninguém saiba que vocês estão aqui. Mesmo aqueles que vocês pensam que podem confiar. Se uma palavra chegar até a corte, eles vêm pegá-las imediatamente. E todas as negociações de seus pais seriam por nada.”

5 É isso aqui: http://bit.ly/hWUB4O

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Mas Magnus

Meu namorado

“Sinto muito, Sunny. Mas é para o bem de vocês. Realmente”, Heather a acalma. Então, ela se levanta. “Eu preciso ir”, ela nos diz. “O helicóptero está esperando. Enviaremos notícias quando pudermos.” Ela estende a mão para abraçar Sunny. Minha irmã se afasta com raiva, olhando para suas mãos. Heather suspira. “Eu sei que você está chateada”, ela diz. “Mas você tem que confiar em mim. Isto realmente é para o melhor.” E com isso, ela se vira e sai do cômodo, deixando-me sozinha com Sunny e nossas caixas. Minha irmã se joga na sua cama, caindo no choro. Eu sinto sua dor. Essa situação é uma grande droga. Eu não posso acreditar que eles nos trancaram em uma distante escola bizarra

para caçadores sem telefone e eu tenho certeza que sem acesso a internet também. E pior nenhum substituto de sangue. Eu engulo em seco. Eu estive sobrevivendo com Sangue Sintético desde que Jareth me transformou em uma vampira na primavera passada. (Sim, sangue real é muito „eca‟ para esta vegetariana.) Mas não há nenhuma maneira na terra que eles tenham no estoque de uma escola para caçadores algum tipo de True Blood, certo? E qualquer tipo de alimento normal, só me faz vomitar. O que basicamente significa que eu vou acabar morrendo de fome na minha primeira semana aqui ou ter que tomar sangue verdadeiro. E vamos apenas dizer que lanchar os alunos da escola não é a melhor maneira de se tornar rainha do baile Na verdade, isso pode até fazer com que eu seja estacada.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 05

Meus pensamentos perturbados são interrompidos por um grito de angústia que atravessa o quarto. Eu estou na cama da minha irmã em dois segundos, atacando-a com meu melhor abraço de irmã gêmea. “Você está bem?” Eu murmuro, abraçando-a apertado. “Claro que eu não estou bem!” Ela chora no meu ombro. Eu a acaricio, tentando não pensar que seu nariz está escorrendo em cima da minha delicada camisola de teia de aranha. “Eu tinha acabado de afastá-lo finalmente de Jane. E eu desisti de Jayden por ele. Nós deveríamos ir para casa e vivermos felizes para sempre. Não é justo.” Oh, nossa. Eu a afasto. Eu deveria ter sabido. Enquanto eu estou ocupada tirando manchas de meleca da minha camisola e me preocupando com o fato de que minha existência no planeta poderá em breve chegar a um extremamente violento (ou pelo menos faminto) fim, minha querida irmã, mais uma vez, só se preocupa com sua vida amorosa. Eu acho que não deveria estar surpresa. Eu vi como ela estava desesperada tentando alcançar Magnus noite passada. A garota não consegue nem sequer ficar incomunicável durante uma viagem de avião de cinco horas. Agora ela está diante da possibilidade muito real de não poder ouvir a doce voz de Maggy Waggy ou ver seu oh, meu deus, tão bonito rosto por quase um ano.

Eu percebo que ela está olhando para mim devo tê-la afastado um pouco mais forte do que eu pretendia. Afinal, embora eu não possa ter a super força dos vampiros, eu estive trabalhando muito no ginásio do Oakridge High desde que me tornei uma líder de torcida. “Desculpe, Sunny”, eu digo, com um encolher de ombros. “Eu sei que é uma droga. Mas o que podemos fazer?” Ela se joga na cama novamente, olhando para o teto miseravelmente. “A pior coisa é que ele nem sabe onde estou. Ou por que não voltei para casa. E se ele achar que eu mudei de ideia? Que eu acabei fugindo com Jayden ou algo assim?” Ela traga com força. “E o que Jayden acha deste assunto? Eu disse a ele que nós ainda seríamos amigos. Ele vai pensar que eu disse isso para me livrar dele.” Eu mordo meu lábio inferior. Embora eu não seja fã destes melodramas de triângulos amorosos que ela está declarando, eu tinha que admitir que ela tinha um ponto. Afinal, os Caçadores Inc. eram os únicos que coordenavam o GPS de nossa localização agora. E não é como se eles fossem mandar a localização de uma escola secreta de assassinos de vampiros para a convenção local, mesmo se nós pedíssemos agradavelmente. O que me traz para meu próprio amante imortal. O que Jareth vai pensar quando ele

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

chegar em casa de sua viagem de relações internacionais para a convenção na próxima semana

e encontrar minha família inteira desaparecida sem deixar vestígios? Ele tem que perceber que

algo não está certo; ele é o General da Blood Coven, afinal. Será que ele vai mandar as tropas para uma caçada mundial? Colocar meu rosto em uma caixa de sangue? E se ele ficar só esperando que eu volte e decida encontrar outra companheira de sangue ou apenas uma garota humana para ficar ao seu lado? Eu balanço minha cabeça, não querendo pensar nisso, e com relutância volto a minha atenção para minha irmã. “Como posso sobreviver um ano sem Magnus?” Ela choraminga. “Eu poderia muito bem estar morta.”

Suspiro. Sério, se ela estivesse narrando essa história, você provavelmente iria começar a ver as mesmas páginas em branco que teve em Lua Nova depois que Edward deixou Bella. (Que, aliás, foi uma perda terrível de árvores, especialmente se considerarmos quanto destes livros existem.) “Eu devo lhe lembrar, querida irmã”, eu digo, levantando-me de sua cama. “que dois dias atrás você estava pronta para romper com seu namorado vampiro por que ele ia pegar outra garota como companheira de sangue? E agora, de repente, você está me dizendo que sua vida é sem sentido e vazia sem ele ao seu lado?” Eu balanço minha cabeça. “Vamos, Sun, você tem mais coragem do que isso!” Sunny abre a boca para retrucar ou talvez para começar a chorar novamente, quem sabe mas uma batida na porta lhe interrompe. Eu olho, nervosa. Quem poderia ser? Fadas malignas vindo nos destruir? Ou apenas mais coisas? A batida soa novamente. “Sunshine? Rayne?” Eu tiro uma caixa de lenços de papel do armário e jogo na direção de Sunny. Não há necessidade de quem quer que seja a veja toda molhada de lágrimas. Então eu me viro para a porta.

“Entre”, eu digo. A pesada porta se abre rangendo, e uma garota com cabelos cacheados laranja que se parece muito com uma Orphan Annie 6 coloca sua cabeça para dentro. Eu estreito meus olhos para ela. Eu juro que ela parecia vagamente familiar, embora eu tenha certeza que lembraria se eu tivesse visto alguém com um corte de cabelo desses antes. “Oi, garotas!” Ela grita com uma animação que realmente me faz pensar que ela pode, em algum momento no futuro, começar a cantar uma versão empolgada de “Tomorrow” 7 . Não é exatamente

o tipo de garota que você esperaria que fosse uma Caçadora em Formação. Mas, efetivamente,

6 É esta personagem: http://bit.ly/eZGtUn

7 É a música cantada pela Orphan Annie no musical.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

essas garotas enormes como Bertha, tem seu processo de seleção sempre um pouco suspeito, se você me perguntar. “Sou Lilli! Bem-vindas à Riverdale! Ou, como gostamos de chamar, Escola para Caçadores! É bom ter vocês aqui! Nós nunca tivemos gêmeas aqui! Vocês são as primeiras!” (Sim, caso você esteja se perguntando, ela realmente fala inteiramente com pontos de exclamação. Que, posso dizer, não está fazendo muito bem para os nervos da minha querida irmã deprimida. Ou para os meus, de qualquer forma.) “Uau, além da cor de seus cabelos, vocês são, assim, totalmente idênticas, hein?! Isso é tão legal! Vocês já se passaram uma pela outra?! Como quando vocês vão encontrar seus namorados?!” Na deixa, Sunny começa a chorar novamente, puxando um travesseiro sobre sua cabeça. Eu me encolho. Oh, ótimo. Ela tinha que dizer a palavra com “N”. “Ela está bem?!” Lilli me pergunta, seus olhos arregalados e preocupados enquanto ela olha para minha irmã depressiva. “Eu disse algo errado?!” “Ela está bem”. Eu chuto a massa por debaixo das cobertas na proximidade do traseiro da minha irmã. “Certo, Sunny?” A última coisa que precisamos é ter uma reputação de piranhas emo no nosso primeiro dia aqui. “Ela só está surtando um pouco agora.” “Oh, meu Deus, eu entendo completamente!” Lilli responde, atirando para a “massa” de Sunny um olhar simpático. “Eu fiquei com taaaanta saudade de casa quando fui transferida para cá há seis meses. Vocês também foram transferidas?!” “Na verdade”, eu digo, “até agora eu estive treinando pessoalmente com o vice-presidente dos Caçadores Inc.”. Eu olho para ela, presunçosamente. Aí. Isso deveria dar algum tipo de credibilidade nas ruas, certo? “Oh, certo. Você faz parte deste grupo dos Caçadores Inc.”, Lilli diz, com conhecimento de

causa.

Eu penso nesta questão. “Há mais de um grupo de Caçadores Inc.?” Eu não tinha ideia. “Bem, tecnicamente eles são da mesma companhia”, Lilli responde. “Mas cada franquia tem suas próprias regras. Como seu grupo, por exemplo. As pessoas aqui os chamam de simpatizantes de vampiros.” Eu olho para ela. “Simpatizantes de vampiros?” O que ela está falando? “Sim, quero dizer, você tem que ser um vampiro mal fazendo alguma coisa muito mal para que seja assassinada por um dos caçadores de Teifert”, ela explica. “Aqui em Riverdale, eles não são tão indulgentes. Eles acreditam que um vampiro bom é um vampiro morto. E eles ensinam os caçadores a estacar primeiro e perguntar depois.” Ela me dá um olhar conhecedor e eu tenho que reprimir um arrepio. Isso não é bom. Agora eu não estou apenas presa em uma escola sem substituto de sangue, mas eu estou correndo o

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

risco de ser estacada pelo corpo discente em qualquer momento. Eu realmente preciso manter minha imortalidade escondida aqui. Lilli dá de ombros. “Bem, hm, afinal, estou aqui para acompanhá-las até o escritório! Diretora Roberta convocou vocês e vocês NÃO querem deixar a Diretora Roberta esperando!” Eu não tenho certeza se isto é inteiramente verdade tanto para mim quanto para minha irmã. Afinal de contas, nós só estávamos aqui para sermos protegidas das fadas, não como estudantes caçadoras preocupadas em se atrasar. Mas eu acho que por causa de nosso disfarce seria melhor seguir o fluxo. Além disso, para ser honesta, eu estava curiosa em ver o que estava por trás da Porta do Dormitório #1. Sem mencionar, conseguir uma suspensão do choro de Sunny.

Então eu arrasto minha irmã para fora da cama, forço-a a lavar o rosto molhado de lágrimas, e assim seguimos Lilli para fora do quarto. Saímos em um corredor ricamente decorado, com um carpete cor carmim sombrio. As paredes eram revestidas com madeira escura e com dourados retratos de adolescentes empunhando estacas emolduradas por toda a superfície. “Estas são nossas irmãs de estaca”, Lilli explica, pegando meu olhar curioso para as pinturas. “Caçadoras de eras passadas. Algumas delas têm histórias verdadeiramente surpreendentes. Como esta garota Abigail Williams. Ela destruiu um grupo de vampiros maus que estavam esperando para atacar a aldeia de Salém, Massachusetts em 1692. É claro que as pessoas estúpidas chamaram sua proteção de obra do diabo e a queimaram na fogueira como uma bruxa. Malditos idiotas.” Ela dá de ombros. “É claro que isso foi antes que os Caçadores Inc. fosse oficialmente formada e sancionada como uma agência de proteção contra vampiros. Naquela época, era cada caçador por si mesmo.” Ela se vira para um retrato ao lado. “Como Amelia Earhart aqui. Ela estaqueou vampiros em todo o mundo, mas foi drenada em sua última missão uma convenção renegada que se estabeleceu em uma pequena ilha no Pacífico.” Ela dá a Amelia um olhar de pena. “Os vampiros canibais a morderam toda e seu copiloto. Seus corpos nunca foram encontrados.” “Todas as mulheres famosas da história eram realmente caçadoras?” Eu pergunto, curiosa. Lilli sorri. “É claro que não”, ela diz. “Alguns deles eram vampiros. Mas não pergunte isso aos professores. Eles ficam um pouco sensíveis com esse tipo de coisa.” Estou prestes a perguntar quem, mas ela muda de assunto enquanto nós chegamos a uma

e com um grande hall de entrada abaixo que mostrava mais

escadaria ao estilo E o vento levou

detalhes sobre a escola que foi fundada há uma centena de anos atrás e que treinaram aqui alguns dos maiores caçadores do mundo, incluindo Sally Ride, primeira caçadora a combater vampiros no espaço. Nossa guia empurra a pesada porta da frente e saímos para o terreno. O ar está fresco,

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

mas seco, e eu percebo que Sunny envolve seus braços ao redor de si mesma. Como uma vampira, nem o calor nem o frio me incomodava muito, mas eu imito suas ações. Não quero que a Caçadora Lilli, tão doce quanto ela parece, desenvolva qualquer suspeita a respeito do meu estado mortal. “Desculpe”, ela diz, olhando para nós. “Eu me esqueci de avisá-las. Fica realmente frio aqui. Especialmente à noite.” Ela atira-nos um olhar de simpatia, então se lança de volta ao tour. “Há dois dormitórios no campus”, ela continua. “O que estamos são casas para garotas, e ali é o lar dos caçadores masculinos.” Ela aponta para uma estrutura gótica quase idêntica do outro lado da estrada. “Obviamente, eles querem manter a mistura no mínimo. O que é ruim, por que alguns dos meninos são completamente sexys.” Eu olho para ela, interrogativamente. “Há caçadores do sexo masculino?” Eu pergunto, surpresa. Eu pensei que esse show fosse só para garotas. Lilli ri. “É claro!”, ela grita. “Ora, alguns dos nossos mais talentosos caçadores ao longo da história são do sexo masculino. Você já ouviu falar de Wyatt Earp? Ele matou um casal de vampiros hardcore atrás do OK Corral em seus dias. Em seguida, houve Jack Ruby, que conseguiu acabar com Lee Harvey Oswald, um vampiro do Grassy Knoll Coven, com uma bala de madeira ” Lilli gesticula para que nós a sigamos através de uma sinuosa estrada de paralelepípedos que se inclina suavemente. Nós passamos por uma antiga mansão de pedra com cornijas elegantes e grandes arcos. Heras grossas sobem pelas colunas de mármores e escalam grandes portas esculpidas com batedores de ouro que marcam cada entrada. Eu não posso evitar olhar fixamente enquanto caminhamos, impressionada com tudo. Esse lugar parece como Hogwarts para Caçadores de Vampiros. Eu me pergunto se serei atribuída para alguma coruja. Eu volto minha atenção para nossa escolta. “Estes são os prédios de sala de aula”, Lilli está explicando. “Embora nós façamos um monte de coisas manual na parte de baixo da colina”. Ela aponta para uma área do tamanho de um grande campo de futebol abaixo, aninhado entre um bosque de pinheiros. O vento passa por nós por um momento e eu inalo o doce cheiro das agulhas. Delícia. Depois de uma semana em Las Vegas, o ar fresco é maravilhoso e eu percebo que estou ansiosa para ir para lá e trabalhar do lado de fora. (Sim, esta coisa de líder de torcida arruinou minha sensibilidade preguiçosa gótica/vampira. Processe-me.) Nós continuamos descendo o morro, que gradualmente começa a ficar mais íngreme à medida que avançamos. “Cafeteria, posto de enfermagem, capela.” Ela gesticula para uma bonita catedral gótica à direita - com vitrais e pilares em abundância. “Nós não somos uma escola religiosa”, ela acrescenta. “Mas nós nos encontramos lá uma vez por semana para anúncios por parte da administração”, ela dá de ombros. “Além disso, é um refugio fantástico se nós estivermos sobre o ataque de uma multidão enfurecida de vampiros.”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Eu dou um passo experimental para a catedral, perguntando-me se a força de Deus vai me afastar ou algo assim, mas nada acontece. Hm. Sua abóbada protetora pode não ser tão

protetora quanto eles gostariam. Não que eu vá compartilhar o fato com eles. Tenho que manter o perfil de vampiro às escondidas por todo o caminho. “O que é isso?” Eu pergunto, olhando ao prédio ao lado enquanto passamos, em frente à capela. Estranho. Enquanto todos os outros prédios no campus se assemelham a uma mansão vitoriana, este parece mais como uma fábrica abandonada. A coisa toda grita “filme de terror esperando para acontecer” e está totalmente fora de lugar neste cenário elegante e gótico. “Oh!” Lilli responde, depois de dar um olhar furtivo para o prédio, em seguida, vira-se com

um calafrio. “Isto é

Oh-kay. Eu espero por uma explicação. Do tipo que ela deu para cada edifício, árvore, e pedra por qual nós passamos na propriedade. Mas ao invés disso, a menina exclamação borbulhante parece, repentinamente, ter ficado muda. Enquanto o silêncio momentâneo deveria me dar alívio, em vez disso, me deixa um pouco nervosa. Eu olho para trás para o edifício, e um calafrio rasteja por mim. O que é esse lugar? E por que está aqui, uma ferida feia no belo campus montanhoso na Suíça?

“Aqui estamos!” Lili grita, interrompendo meus pensamentos perturbados. Sua voz é toda alegre e com pontos de exclamação novamente. “O escritório da diretora e os quartos dos professores!” Eu relutantemente me desvio da misteriosa Night School e sigo Lilli e Sunny até a impressionante mansão de tijolos de dois andares na parte inferior do morro. Dentro nós encontramos um hall de entrada com piso de mármore, com escadaria e lustre majestoso. Eu assobio, impressionada. Sério, esta escola toda estava além do opulento. Matar vampiros deve dar um monte de dinheiro. Eu deveria pedir um aumento ou, vamos enfrentar, um cheque de pagamento para começar quando eu visse Teifert novamente. Uma recepcionista parecendo entediada lia, de todas as coisas, Vampire Academy, acena enquanto passamos e entramos em um grande escritório de paredes carmesim e móveis de mogno. Atrás de uma mesa enorme está sentada uma mulher mais velha, provavelmente ao redor dos sessenta, com olhos azuis lacrimejantes protegidos por óculos bifocais e uma boca firme, delineada por grossas linhas de expressão. Ela veste um terno preto sério com um colarinho alto e um conjunto de pérolas imaculadas descansa em sua garganta. Se você olhasse no dicionário a palavra diretora, você encontraria a imagem desta mulher. Cruzada com a referência de madrasta má e professora de matemática da quarta série. “Aqui estão elas!” Lilli anuncia, alegremente. “Eu as trouxe, assim como você me pediu. Eu até lhes dei um pequeno tour pelo caminho. Você sabia que elas não tinham ideia de quem ” “Isso é tudo, Lilith”, a diretora interrompe com sua voz altiva com sotaque inglês que não deixa margem para discussão.

Night School.”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

O rosto de nossa guia turística se entristece, mas ela balança a cabeça rapidamente e sai da sala. Sentindo o olhar duro da diretora, eu não consigo evitar e gostaria que nós pudéssemos nos juntar a ela. Eu até mesmo aguentaria os pontos de exclamação. “Sentem-se” a diretora ordena, com uma voz de comando mais usada para falar com cães e crianças pequenas. Obrigadas, Sunny e eu pegamos lugares próximos. Eu cruzo meus tornozelos e dobro minhas mãos, minha pele formigando com nervosismo. Nós não estamos em apuros, eu lembro para mim mesma. Nós não fizemos nada errado. Inferno, não é como se tivéssemos pedido para vir para esta escola estúpida, em primeiro lugar. “Sunshine e Rayne”, a diretora lê em um pedaço de papel. Ela olha para nós com olhar cético. “Nomes bastante incomuns, vocês não acham?”

pais incomuns”, eu digo com um encolher de ombros. Na verdade,

“Sim, bem, nós temos

agora eu sei o quão incomum, só estou grata por nenhuma de nós ter se chamado Petunia Bottom. Ela funga. “Então, foi o que me disseram”, ela diz – bem arrogante, se você quer minha opinião. “Bem, eu suponho que não tenho escolha em recebê-las na Riverdale Academy”, acrescenta ela com um suspiro profundo, como se nossa presença lhe causasse um grande inconveniente. “Como sua Realocadora provavelmente lhe disse, somos uma escola de caçadores de vampiros. Crianças vêm para cá em seu décimo segundo aniversário para treinar por seis anos com nossos especialistas. Quando eles fazem dezoito, cada potencial é avaliado para determinar se eles estão aptos para o trabalho de campo ou se devem ser colocados em outras partes da agência.” Ela olha por seus grossos óculos de aro preto, dando-me um olhar duro. Eu acho que esta velha mulher nunca viu um dia no campo. “Eu entendo que você foi treinada uma a uma pelo vice-presidente, Charles Teifert, da divisão americana”, ela diz, com certa má vontade rastejando em sua voz. “Então eu espero que você não tenha problema em ser colocada com os caçadores de sua faixa etária enquanto estiver por aqui.”

Dou de ombros. Teifert poderia não concordar com isso. Afinal, ele estava sempre dizendo que eu sou a pior caçadora de todos os tempos. Sem mencionar, que eu comecei a minha formação há poucos meses atrás, com dezessete. Ao contrário, dessas crianças prodígios caçadoras que, evidentemente, estão aqui em Riverdale. Ainda assim, eu me lembro, eu já combati dois grandes maus neste ponto, sem mencionar, uma matilha de lobisomens líderes de torcida. Eu queria ver essas pirralhas da escola preparatória fazendo algo assim! “Quanto a você, por outro lado”, a diretora continua, olhando para a minha irmã como se ela fosse alguma porcaria que ela esmagou com a sola de seu sapato. “não teve formação alguma.” “Sim, estranho, isto”, eu falo, sentindo a necessidade irritante de defender minha gêmea,

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

que está sentada logo ali parecendo doente e torturada. “Já que, você sabe, ela NÃO É UMA CAÇADORA.” “Acredite em mim”, a diretora Roberta funga. “Eu estou completamente ciente desse fato.Seus olhos perfuram Sunny, que parece perto de irromper em lágrimas novamente. Então ela suspira profundamente. “Eu acho que nós podemos colocá-la na classe iniciante.” ”

Sunny, para seu crédito, tenta falar

algo.

“Hm, ela não pode simplesmente ficar por aí, na biblioteca ou algo assim? Pegar algumas eletivas?” Eu interrompo em seu nome. “Vocês não tem tecelagem de cesta aqui, certo? Escultura de Estacas 101?” “Olha” – os olhos da diretora mais uma vez lacrimejantes estão arregalados agora – “Eu não pedi para ter vocês aqui. Na verdade, eu era muito contra esta ideia, desde o início. Afinal, sua presença aqui coloca meus alunos em risco e isso não é algo que eu tolere.” Ela faz uma careta. “Mas agora que vocês estão aqui, vocês estão sob meu comando. E vocês não vão tratar esta instituição como um acampamento de verão. Vocês vão participar como estudantes em tempo integral, assistindo todas as aulas necessárias e seguindo todas e cada uma das regras. Vão manter um perfil baixo e não causar qualquer perturbação. Se eu achar que vocês deram um deslize, tenho todo o direito de puni-las.” “E nos expulsar?” Pergunto, esperançosa. Talvez o mau comportamento seja a chave para conseguir escapar deste lugar. “Infelizmente não. Mas eu posso tornar suas vidas infelizes. Afinal, você tem o nano vírus dormente em você, não é? Tenho certeza que Teifert ainda faz isso com seus potencias ” Eu faço uma careta. É claro. Nano-cápsulas de madeira nadando através de meu sangue, pronta para causar lesões corporais graves, caso eu desagradasse os figurões dos Caçadores Inc. “Mas Sunny ” “Não tem”, a diretora Roberta termina para mim. “Certo. Bem, então, eu acho que você, Rayne, terá que levar a punição pelas duas”, ela diz com um sorriso. “No caso, você sabe, se

decidirem

Eu posso ouvir minha irmã choramingando ao meu lado. Eu me aproximo e seguro sua mão. Não sei por que ela está enlouquecendo agora. Eu sou a única correndo o risco de ser estacada de dentro para fora. “Olha”, a diretora diz, seu rosto amaciando um pouco. “Eu não quero parecer cruel. Mas isto é para seu próprio bem. Vocês devem agir como estudantes normais em todos os sentidos, ou alguém pode descobrir e denunciá-las.” Ela suspira. “Lembrem-se até mesmo as organizações

mais cuidadosas podem ter raposas em seus galinheiros. E eu temo que Riverdale não seja uma exceção.” Cara, este foi o melhor lugar que Heather pode encontrar para nos manter a salvo das

“Eu tenho que

?

Mas eu não posso

?

Quer dizer

sair da linha.”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

fadas? Boa Realocadora ela é. Quer dizer, por que ela não envia um vampiro para um refúgio ensolarado na praia do Caribe? “Entendo. Bem, não tema, seremos alunas modelos. Phi Beta Kappa, atendimento perfeito. Você tem uma equipe de torcida por acaso? Eu sei tudo sobre atividades extracurriculares nestes dias”. Levanto-me do meu assento, puxando Sunny comigo. “E, uh, obrigada por nos deixar ficar aqui”, eu a contragosto acrescento, forçando-me a engolir o gosto amargo na minha boca. A diretora Roberta funga novamente. Estou começando a pensar que ela deveria checar seu nariz. “Sejam bem-vindas”, ela consegue soltar, finalmente. Embora eu tenha certeza que ela não queria dizer isso. Mas em todo caso, somos dispensadas e andamos para fora do escritório e de volta para o terreno. “Você quer explorar um pouco?” Eu pergunto para minha irmã. “Ou comer algo?” Como

um vampiro eu não posso comer

sangue, eu aposto que Sunny deve estar morrendo de fome. “Não”, ela diz com mau humor. “Eu só quero voltar para nosso quarto e dormir. Talvez acorde e descubra que tudo isso é apenas um pesadelo louco e eu não estou me escondendo de

fadas malignas em uma escola para caçadores de vampiros com meu namorado lindo do outro lado do mundo.” Oh, cara. Será que ela vai ficar assim o tempo todo em que estivermos aqui? Eu deveria ter perguntado para a diretora Roberta se eu poderia mudar para um quarto

único

“Tudo bem”, eu murmuro, começando a subir a colina. Talvez eu a leve para o quarto e depois explore sozinha. Nós estamos a meio caminho do dormitório, quando os sinos da catedral começam a badalar. De repente, nosso caminho é inundado por crianças de todas as idades e adolescentes, saindo dos edifícios de salas de aula e descendo a colina em direção do refeitório. Nós fazemos nosso melhor para passar por eles, e eu me sinto como um salmão nadando rio acima, mas com muito mais dificuldade por causa do número de estudantes que apareceram. Quer dizer, realmente, quantos caçadores a Caçadores Inc. precisa treinar? Eventualmente, a multidão começa a diminuir e somos capazes de fazer progresso. Mas antes de podermos chegar ao dormitório, nosso caminho é obstruído novamente, por um grupo de cinco adolescentes dois caras e três garotas que propositalmente param em nosso caminho. Eles estão vestidos como algo saído de algum tipo de filme de sociedades secretas capa longa vermelha, óculos escuros, expressões arrogantes em seus rostos. Eles parecem muito fora de lugar comparando como normalmente se veste o corpo discente de Riverdale. “Bem, bem, bem”, diz o menino mais alto do grupo, examinando-me com um olhar crítico. “O que temos aqui?”

comida

mas a julgar pelo meu estado atual de sede de

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 06

Eu ajeito meus ombros e estreito meus olhos, preventivamente, enquanto o grupo forma um semi-círculo ao redor de nós, efetivamente bloqueando qualquer chance de escaparmos. Eu posso ver atrás deles outros estudantes dando-nos um amplo espaço enquanto passam, lançando olhares nervosos na nossa direção. Quem são essas crianças?

Eu não acho que eles sejam a comissão de boas vindas de Riverdale, que veio convidar Sunny e eu para comer pipoca e assistir filme à noite no dormitório. Felizmente, eu não gosto de pipoca. “Vocês se importam?” Eu exijo, dando um passo para frente, enfrentando o rapaz alto que está em pé diretamente no meu caminho. Ele tem um cabelo castanho bagunçado, um queixo forte, e bochechas que poderiam cortar vidro. Um tipo sexy, se você gosta de caras idiotas e estúpidos que, naturalmente, eu costumava gostar. Quer dizer, antes de Jareth, de qualquer maneira. “Estamos tentando voltar para o dormitório.”

O idiota me olha calmamente, sem sair do caminho. “Acho que vocês são as novas

garotas”, ele observa. “Eu ouvi que vocês estavam chegando.”

“Vocês tem um perseguidor obsessivo 8 de e-mails”, eu retruco. “Oh, espere. Eu esqueci. Vocês não têm e-mail neste lugar esquecido por Deus.”

caçadora de algum

tipo?” Ele pergunta, dando a Sunny um olhar cético. “Eu juro que eles estão aceitando qualquer um nos dias de hoje”, resmunga a loira à direita do idiota. Ela dá de ombros e sua manta cai de seus ombros, revelando uma perfeita ampulheta

acentuada por um espartilho marrom e uma longa e azul saia Victoriana que vai até seus pés. De repente, eu me sinto muito mal vestida em meu suéter preto acentuado pelo muco seco de Sunny. Mas roupa legal ou não, ela não iria ter o melhor de mim. “Eles permitiram que você entrasse, não foi, Chapeuzinho Vermelho?” Eu sorrio desdenhosamente. Posso sentir Sunny me cutucando nas costelas, mas a ignoro. “Agora, agora, Pequena Caçadora”, o Idiota repreende. “Cuide-se. Aqui em Riverdale, somos ensinados a falar com nossos superiores somente quando nos fazem uma pergunta.” “Eu irei manter isso em mente, caso eu me depare com algum superior.”

O Idiota ri. “De que escola você foi transferida?” Ele pergunta, sua voz cheia de

curiosidade, divertida. “Escola? Por favor.” Reviro meus olhos. “Eu, Rayne McDonald, fui treinada pessoalmente

Sua boca abre-se em um pequeno sorriso. “E você deveria ser uma

8 No original cc’ed que significa ‘Um perseguidor obsessivo de Internet’.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

pelo vice-presidente dos Caçadores Inc., Senhor Teifert, em pessoa.” Aqui, isso deveria dar alguma credibilidade com esses perdedores. Em vez disso, para minha surpresa, o grupo olha uns aos outros, então começam a rir. “Então você foi educada em casa?” A menina que estava com o capuz vermelho ao lado

da loira ri. Ela está usando um vestido dourado curto, com meias pretas e sapatos plataforma altos que é a imagem de Miley Cyrus. “Isso é tão ADORÁVEL.”

ARGH! Eu aperto minhas mãos em punhos, fúria bombeando

em minhas veias. Essa vadia. Eu juro que se eu não fosse uma vampira vegetariana tentando me esconder em uma escola cheia de caçadores, eu a teria mordido. Em vez disso, eu levanto meus punhos. “Eu vou mostrar-lhe o que é adorável. Pega essa sua filha ” “Rayne! Pare com isso!” Sunny assovia, desta vez pisando no meu pé para chamar minha atenção. Eu olho com raiva e ela aponta um dedo para mim. “Lembre-se o que a diretora Roberta disse”, ela avisa. “Sim, Rayne”, zomba o garoto baixinho, que é encorpado e está usando um cinto de ferramentas alinhadas com estacas de madeira. “Lembre-se do que a diretora Roberta disse.Eu engulo em seco, forçando minhas mãos a se abaixarem ao meu lado. “Tudo bem”, eu consigo cuspir. “Mas eu quero que vocês saibam, que eu não sou nenhum bebê em matéria de caçadores só por que eu não fui para algum colégio estúpido. Eu acabei com dois grandes males através deste programa que vocês chamam de educada em casa. Isso sem contar com os lobisomens. Tudo isso enquanto vocês estavam presos lendo, escrevendo e resolvendo problemas matemáticos aqui, eu aposto.” O Idiota sorri maldosamente para mim, então se vira para a jovem Miley Cyrus e acena. “Varuka, você quer dividir seu Dever de Casa?” Varuka retira um pequeno bloco de papel de sua bolsa Betsey Johnson e folheia. “Peter estacou dezessete vampiros no total”, ela lê. “Mara tinha oito em sua correia – mas ela se

transferiu no ano passado. Leanna”, ela acena na direção da garota com espartilho. “matou 27, embora alguns deles durante sua tarefa em um covil. Você tende a matar muitos rapidamente desta forma. Eu apenas bati dezesseis ontem ” “E eu, Corbin Billingsworth Terceiro”, interrompe o Idiota. “matei 63 desde que cheguei a Escola para Caçadores.” Ele tira seus óculos escuros e olha para baixo piscando seus olhos verdes de gato. “Todos estacados, Pequena Caçadora”, ele acrescenta, zombando. “ E todos vampiros.”

Argh! De todos

quer dizer

Eu engulo em seco. Oh-kay, então. Evidentemente, eles são muito

progressivos

aqui

na Escola para Caçadores. Eu, de repente, estou muito feliz por eles não poderem dizer que eu sou uma vampira verdadeira. “Bem, bem.” Eu consigo dizer, finalmente. “Eu me corrijo. E enquanto eu adoraria ficar e

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

celebrar com um champanhe por seus feitos oh-tão-maravilhosos para admirá-los e reverenciá- los, minha irmã e eu temos que voltar para o dormitório. Então, se vocês adoráveis caçadores nos desculpar ” Eu tento passar por eles, mas antes que eu consiga, Corbin acena para Peter que pega uma ferramenta de seu cinto de ferramentas, agarra meu braço, girando em torno de mim e efetivamente prendendo-me contra seu peito. “Deixe-me ir!” Eu resmungo, lutando para me libertar. Mas Peter apenas torce meu braço, fazendo-me involuntariamente gritar de dor. “Sinto muito, Pequena Caçadora”, Corbin diz, suavemente. “Mas você não disse „por favor‟.”

Ooh, era isso. Eu estava prestes a chutar algumas bundas de Estudantes de Caçadores. Sério, valia quase a pena ter o nano vírus livre apenas para conseguir um bom soco na Mas não. Por Sunny, eu precisava aguentar. “Tudo bem”, eu digo, com os dentes cerrados. “Podemos, meu bom senhor, POR FAVOR, ter permissão para se afastar de sua gloriosa presença por um curto período de tempo?” Corbin sorri e por um momento eu acho que ele realmente vai negar, mas então ele acena para Peter. “Deixe-a ir”, ele ordena. Peter me solta e eu acidentalmente-de-propósito piso em seu pé enquanto tropeço para longe. Ele uiva em protesto e os olhos de gato de Corbin olham para os meus. “Você é uma mal-humorada, Pequena Caçadora”, ele ronrona. “Eu gosto disso.” Faz uma reverência debochada, e ele acrescenta. “Eu vou manter meus olhos em você”. Então ele se vira para seus subordinados e gesticula para que o sigam montanha abaixo, felizmente, deixando Sunny e eu sozinhas, finalmente. “Que idiotas!” Eu rosno enquanto eles vão embora. “Você também não foi exatamente a Miss Simpatia”, Sunny me lembra. “O que eu deveria fazer?” Eu pergunto para ela. “Deitar no chão e deixá-los passar por cima de nós? Beijar suas bundas magras de caçadores? Não nesta vida, irmã.” Sunny abre a boca, provavelmente para dizer alguma coisa muito chata como dar a outra face, mas, felizmente, é interrompida por uma ansiosa Lilli, que está parada a poucos metros de distância, torcendo as mãos, seu rosto branco e ansioso. “Vocês estão bem, garotas?!” “Sim, nós estamos bem. Só um pouco com o orgulho ferido.” Eu olho para estrada abaixo enquanto a gangue vai embora. Os outros alunos correm para manter distância à medida que passam por eles com seu dom dado por Deus para assassinar vampiros. “O que acontece com estes perdedores?” Lilli revira seus olhos. “Eles são os Alfas”, ela explica. “O melhor entre os melhores aqui na

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Escola para Caçadores e eles sabem disso também. Provocadores com quem não faz jus às suas habilidades ou normas frias que é para todo mundo, além deles cinco. Confiem em mim,

vocês ficarão melhor evitando-os o máximo possível.” “Não se preocupe”. Eu digo, balançando minha cabeça e afastando meu olhar do grupo. “Não tenho absolutamente nenhum interesse em me tornar amiga deles.” Com eles ou com qualquer outra pessoa nesta escola esquecida por Deus no momento. “De qualquer forma, eu juro que nem todos aqui na Escola para Caçadores são assim. Na verdade, a maioria das pessoas são muito simpáticas.” Lilli insiste. “Por que vocês não vêm para

o refeitório comigo e eu as apresento? Podemos pegar alguma comida ou tipo.” Ela me olha como se pudesse dizer que eu estava morrendo de fome.

Sua oferta faz meu estômago rosnar, mas, infelizmente, não para o que o refeitório da Escola para Caçadores pode proporcionar. Esta crescente sede de sangue vai ser um problema sério. Eu me pergunto por quanto tempo posso ficar sem beber Eu percebo que Lilli está aguardando uma resposta. “Sun? Você quer comer?” Eu pergunto para minha irmã pela segunda vez hoje.

eu só quero

voltar para nosso quarto”, ela diz, triste. “Eu pego algo mais tarde”. E com isso, ela se vira e continua se arrastando pelo morro em direção do dormitório, sem sequer dizer adeus.

“Desculpa”, eu digo para Lilli. “É melhor eu ver como ela está. Ela está realmente com saudades de casa.” Lilli observa Sunny ir. “Eu entendo”, ela diz. “Eu posso pegar alguma comida extra e bebida e levar para vocês.” Eu acho que eu deveria estar grata por haver pelo menos uma pessoa decente nesta escola ridícula, mesmo se ela fosse um pouco chata. Depois de agradecer a ela, eu dou meu tchau e volto para o quarto para encontrar minha irmã. Eu a encontro, não surpreendentemente, eu suponho, enrolada em uma bola, segurando seu celular inútil em seus braços. O viva-voz está ligado e eu posso ouvir a voz de Magnus sobre as ondas aéreas. Uma das últimas mensagens que ele deixou ontem, antes de isto acontecer. É tudo o que ela tem, eu acho. Ouvindo-me, ela senta-se, seu rosto corado de vergonha enquanto ela desliga o telefone. “Você está bem?” Eu pergunto, sentando ao lado dela na cama, aproximando-me para acariciar seu cabelo. Ela está deixando crescer e está super longo atualmente. Provavelmente, para se diferenciar de mim. O pensamento me deixa um pouco triste. “Na verdade, não”, ela responde, olhando para a parede branca na frente dela. “Este é de longe o pior dia da minha vida.” “Eu sei que isto é uma droga”, eu a acalmo. “Mas nós iremos passar por isso. É apenas temporário.”

bebida de algum

Mas, previsivelmente, Lady Infeliz No Amor balança sua cabeça. “Eu só

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Você não sabe disso!” Ela grita com raiva. “E se, depois de tudo, mamãe e papai não conseguirem convencer as fadas a nos deixar em paz? Então, uma de nós terá que se tornar a rainha das fadas!”

Bem, isso não é o fim do mundo, é?” Eu pergunto. “Quer dizer, há

“Sim, mas

provavelmente um monte de vantagens por ser a rainha das fadas. Pense nisso: Riquezas além da imaginação, poderes mágicos, todo o néctar que você pode beber, glitter ilimitado.” Faço uma ”

pausa, então sorrio. “Sem mencionar, um príncipe chamado Dew Drip 9 “Pare com isso!” Sunny grita e vira seu rosto para mim. Seus olhos estão tempestuosos e vermelhos de tanto chorar. “Você não entendeu? Isso não é uma piada! É a minha vida aqui!” Eu levanto minhas mãos em sinal de rendição. “Ok, ok. Eu só pensei Ela se levanta e começa a andar a distância entre as camas. “Claro, não é grande coisa para você. Você já é sobrenatural todo o tempo, de qualquer maneira. E você gosta deste jeito, por alguma razão insondável.” “Bem, sim”, eu dou de ombros. “Agora seria melhor se eu tivesse algum tipo de poder ” Ela se vira para mim, olhando-me, fúria em seu rosto. “Bem, eu não quero. Eu não quero ser uma vampira. Eu não quero ser uma caçadora. E eu certamente não quero ser a rainha das fadas. Eu quero ser uma garota humana e eu só quero ficar sozinha.” Ela balança sua cabeça. “Quer dizer, o que sobrou, Rayne? Será que vamos descobrir que nosso primo há muito perdido é um duende?” “Ooh, isso seria legal. Talvez ele partilhasse seu pote de ouro conosco. Ou, pelo menos, seu Lucky Charms. 10 Sunny olha para mim. “Vamos lá, Sun”, eu a bajulo. “Você tem que olhar pelo lado positivo. Otimismo e tudo mais. Quer dizer, isso é o pior que pode acontecer? Você se tornar a rainha das fadas?” “Eu nunca vou me tornar a rainha das fadas”, Sunny resmunga. “Eu me mato primeiro.” “Bem, você já é a rainha do drama”, eu balanço minha cabeça, levantando da cama, derrotada. Obviamente, ela não está com humor para ouvir a razão. Eu vou para minha própria cama e me jogo nela, olhando para o teto, irritada como todo o inferno. Do outro lado do quarto, eu ouço Sunny pressionando as teclas do celular, para ouvir as mensagens de Magnus novamente desta vez sem viva-voz. O que eu vou fazer? Eu sei que ela não fez bem em ameaçar se matar, mas ao mesmo tempo, eu me sinto terrível que ela esteja tão chateada. Ela é minha gêmea. E como a mais velha por sete minutos, eu suponho que deveria tomar conta dela. E embora eu saiba que, no fim do dia, se as fadas

9 Dew Drip = Gota de Orvalho. 10 É um cereal que tem um duende na frente da caixa.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

quiseram-na como sua rainha, há muito pouco que eu possa fazer sobre isso. Eu me enrosco na cama, e puxo as cobertas sobre minha cabeça, abraçando um travesseiro no meu peito, sentindo as lágrimas fluírem em meus olhos. Eu estive trabalhando todos os dias para ser forte e otimista, por causa da minha irmã, mas agora, sozinha na cama, a realidade está começando a afundar em mim. Se apenas Jareth estivesse aqui; ele saberia o que fazer. E mesmo se ele não soubesse, ele me seguraria em seus braços e infundiria em mim força para enfrentar o que estava vindo em nossa direção. Com ele, eu me sinto invencível. Agora eu só me sinto derrotada. Parte de mim odeia admitir isso. Afinal, uma garota briguenta como eu não deveria ficar toda chorosa por um cara. Eu não sou como minha irmã. Mas ao mesmo tempo, Jareth e eu somos uma equipe tão boa. Eu sinto como se metade de mim estivesse faltando sem ele ao meu lado.

Quando eu me tornei uma garota dependente? Ugh. Eu queria não ser tão confusa quando se tratava de relacionamentos. Eu costumo culpar meu pai, mas agora até mesmo essa desculpa se foi, tudo está nublado em mim. Será que ele realmente foi embora para nos proteger? Será que ele realmente faltou meu último aniversário para salvar minha vida? O nascimento de Stormy realmente não foi um grande problema? Eu fiquei furiosa com ele por tanto tempo que é difícil aceitar o fato que eu possa ter julgado ele mal. Se algum dia eu sair dessa, nós vamos passar algum tempo juntos para descobrir essas coisas. Eu espero que ele e mamãe estejam bem na terra das fadas. Enquanto conflito meus sentimentos por papai, eu morreria se algo acontecesse com mamãe. Minha melhor amiga. Aquela que me ama incondicionalmente, não importa quanta besteira eu faça. Eu não posso perdê-la. Não para as fadas, nem para ninguém. Eu ouço um barulho abafado e espreito por debaixo das cobertas. Sunny está inquieta, tentando ficar confortável na cama. Pobre menina. Sinto-me mal por perder a paciência com ela há poucos minutos. Ela tem todo o direito de expressar sua infelicidade, e é provavelmente muito mais saudável do que esconder no fundo como eu tento fazer. Mas, ao mesmo tempo, eu odeio vê-la parecer tão vulnerável. Tão assustada. Se ao menos houvesse uma maneira de garantir que eu me tornasse a rainha das fadas, e não ela. Não que eu queira ser inferno, por acaso eu pareço com uma coisa terrivelmente rosa mas eu faria isso num piscar de olhos se significasse que lhe permitiram viver para sempre no mundo humano como ela tão profundamente deseja. Eu levanto meu braço no ar e estudo meu cotovelo. Poderia mesmo ser tão fácil como um beijo rápido, como disse mamãe? Um simples beijo para salvar a vida da minha irmã e garantir que ela nunca tenha que se tornar algo que ela não

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

quer ser? Timidamente, eu levanto minha cabeça, pressionando meus lábios na pele enrugada do cotovelo, meu corpo inteiro zumbindo em antecipação. Nada acontece.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 07

Eu acordo na manhã seguinte com a pior dor nas costas que já tive. Por ser uma elegante escola privada, as camas de Riverdale são duras como o inferno. Eu olho para Sunny que ainda está na cama com os lençóis sobre sua cabeça, então para o relógio, que marca dez para às sete. Ugh. Nós temos dez minutos para nos vestir e ir para a aula ou aguentar a ira da Diretora Roberta. “Sunny, acorde!” Eu pulo da cama e atravesso o quarto para sacudir minha irmã. Ela geme em protesto. “Levante-se e prepare-se.” “Só mais cinco minutos”, ela pede. “Que tal mais cinco segundos? Um, dois ” “Okay, okay!” Minha gêmea senta-se, esfregando seus olhos vermelhos. Ela ficou acordada a noite toda chorando? “Nossa, você sempre fica nessa carreira quando o despertador toca? Você está totalmente superqualificada em chatice.” “É para nosso próprio bem, Sun”, eu digo, vasculhando o armário minúsculo do dormitório por algo adequado para vestir. “Você não quer que a diretora maligna chame sua atenção. Ou, você sabe, a minha, de qualquer forma.” Segundo minha agenda, que foi deixada por Lilli quando ela trouxe o almoço de ontem sanduíche de queijo grelhado e uma jarra enorme de suco de morando Kool-Aid, que acabei jogando no lixo já que Sunny não queria comer e eu não podia. Eu tenho treinamento de combate a maior parte do dia, assim eu pensei que suéteres seriam provavelmente mais práticos do que meu vestido rendado preto. Eu tenho que abrir mão da maquiagem, mas eu consigo ter ambas vestidas e no campo, onde as aulas são realizadas, com trinta segundos de sobra. O ar da manhã está frio e fresco e os outros estudantes estão reunidos um perto do outro para se aquecerem. Eu olho em volta procurando nossa única amiga, mas Lilli não está em lugar nenhum. Deve estar em uma aula diferente. Um homem com seus quarenta anos, carregando uma prancheta e ostentando um bigode pornô 11 e massa muscular que tornaria o Mr. Universo extremamente ciumento, caminha até nós e olha sua lista. “Qual de vocês é Rayne?” Ele pergunta. Eu levanto minha mão. “Okay, ótimo. Você está na minha classe. Sunshine?” Ele se vira para minha irmã. “Eles a colocaram com os novatos. Eles estão no interior do ginásio.” Ele aponta para um dos anexos no fim do campo. Sunny me lança um olhar preocupado eu sei que ela não quer se separar de mim

11 Um tipo de bigode, que se assemelha a um C para baixo com os pontos apontando para baixo. Às vezes, só aponta para baixo ligeiramente. No entanto, não aponta para baixo após a boca. O bigode é comum com estrelas pornô, e também associado com policiais dos anos 70.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

mas eu lhe dou um aperto reconfortante no ombro. “Vai ficar tudo bem”, eu sussurro em seu ouvido. “Você vai ficar com o grupo de doze anos. Como poderia ser ruim?” Ela acena, aproximando-se para me abraçar, e me segurando por um segundo muito longo. Professor Estrela Pornô pigarreia, impaciente. Relutante, Sunny vai e desce pelo campo em um ritmo de caracol. Deixo escapar um suspiro frustrado. Eu preciso descobrir uma maneira de tirá-la disso ou ela vai acabar em sérios apuros. “Bem, bem, se não é a Pequena Caçadora.” Falando em problemas. Eu viro e não fico surpresa ao ver Corbin em pé atrás de mim, um sorriso orgulhoso no rosto e seus braços cruzados sobre o peito. Ele abandonou seu manto vermelho para o treino de hoje e está vestindo calça de moletom preta e uma camiseta branca apertada, que acentua seu irritante abdômen. Quero dizer, sim, o cara é um total idiota, mas isso não significa que ele não fosse todo definido. De fato, ele parece exatamente como o esquisito Jason Stackhouse da série True Blood. Se ele fosse tão idiota, também. “Bem, bem, se não é o Grande Otário”, eu digo em minha voz mais doce. “Você está na minha classe?” “Eu estou muito acima de você na classe”, ele responde com um sorriso de escárnio. “Mas sim, eu vou ser seu parceiro hoje.” Espere, o quê? Eu tento mascarar minha surpresa. “Desculpe?” “Sr. Klaus me designou para lhe mostrar o básico”, ele explica. “Então, vamos ser companheiros de treinamento.” Ele sorri. “Em outras palavras, você está prestes a ser surrada, Pequena Caçadora.” “Por você e qual exército?” Alguns de seus amigos dão um passo à frente, olhando para mim com expressões de desdém em seus rostos. Oh, certo. Este exército. Ele ri. “Na verdade, eu não preciso de um exército para fazer isso”, ele me assegura. “Caso você não saiba, eu sou o Alfa aqui em Riverdale.” “Alfa?” Esse termo novamente. “Alfas são os melhores dos melhores”, Leanna diz com altivez. “Caçadores de primeira ordem na linha de frente, depois de se graduarem em Night School.” Night School? A visão da construção de arrepiar em frente ao escritório da administração volta ao meu cérebro. “Espere. Vocês vão para a Night School?” Eu pergunto. “Hm, bem, ainda não.” Corbin responde, parecendo um pouco envergonhado, pela primeira vez desde que o conheci. “Mas nós iremos”, ele acrescenta. “Esperamos que muito em breve.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Estamos apenas esperando nosso convite oficial.” Interessante. Abro a boca para perguntar mais, mas o Professor Estrela Pornô, também conhecido como Sr. Klaus, sopra seu apito. Acho que é hora do clube da luta. Eu tomo uma respiração e viro para o professor, que está tirando estacas de madeira de um saco de veludo vermelho. “Tudo bem”, ele diz. “Vocês sabem o que fazer. Um de vocês é o caçador, e o outro um vampiro. Caçadores tentam matar seu adversário, tocando a ponta da estaca no peito do vampiro. Não se esqueça de mergulhar em tinta vermelha primeiro, para que possamos ser capazes de julgar com exatidão. Vampiros, tentem morder seu caçador. Se você conseguir entrar em contato com o pescoço primeiro, você ganha. Receba uma marca vermelha em qualquer lugar perto do coração, significa que você está morto e precisa deixar o campo.” Okay, então. Estávamos jogando paintball com vampiros. Ou, paint-estaca, eu acho. Ele olha em volta. “Alguma pergunta?” Ele pergunta, atirando-me uma estaca. “Agora, na contagem de três ” Eu viro para Corbin que, como se vê, deve estar contando para o desafio. Antes que o Sr. Klaus conte um, ele me agarra, prendendo meus braços atrás de mim, seus lábios quentes queimando meu pescoço. “Você está morta!” Ele canta. Para a alegria de seus lacaios. “Espere um segundo!” Eu grito. “Eu não estava pronta. O Senhor Klaus nem sequer apitou”, eu protesto, batendo nele para afastá-lo. Deus, que idiota. “Eu tenho notícias para você, garotinha”, Corbin ri, empurrando-me para o chão sem a menor cerimônia. Eu bato com meus joelhos e dor reverbera pela minha coluna. Idiota. “Na vida real, os vampiros não esperam por qualquer apito.” Ele pausa, então acrescenta, “Acho que eles não ensinam isso na educação em casa.” Ele estende a mão e eu estupidamente a alcanço, assumindo que ele estava tentando me ajudar. Ele ri. “Sua estaca”, ele esclarece. Oh. Eu posso sentir meu rosto esquentar enquanto eu lhe entrego a arma e luto para me levantar. Eu o observo mergulhar a estaca em uma lata de tinta, não sentindo nenhuma felicidade por ter meu novo inimigo mortal causalmente empunhando em sua mão a única coisa que pode me matar. Não que eu vá deixá-lo vencer facilmente desta vez. “Você está pronta, Pequena Caçadora?” Ele pergunta, condescendente. “Eu não gostaria de ousar em iniciar antes que você esteja completamente pronta. Devo contar até três? Talvez até cem?” Reviro meus olhos. “Venha, Garoto Caçador”, eu rosno. “Se você acha que pode.” “Oh, eu sei que posso.” Ele vai para frente, tão rápido que não tenho escolha além de me abaixar. Uma vez no

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

chão, eu coloco meus braços ao redor de suas canelas e puxo para frente com todas as minhas forças. Com seu impulso interrompido, ele dá uma guinada para trás, caindo no campo com sua bunda, primeiro. Ele solta um grito de surpresa acho que ele imaginou que seria tão fácil quanto antes. Mas estou pronta para ele agora. Ele rola e pula facilmente para seus pés. Seus olhos dançando com o riso. “Oh, você é mais divertida do que eu pensava, Pequena Caçadora”, ele ronrona, circundando-me com a estaca apertada firmemente em sua mão. “Eu vou desfrutar em derrubar você.”

“Desfrute disto”, eu respondo, devolvendo-lhe a ironia, e já me sentindo bem melhor. Isto é divertido. Eu sigo seus passos, estudando com cuidado, observando e esperando por deficiências, como Teifert me ensinou a fazer. Toda a recente animação de torcida me fez mais ágil e forte, e eu sei que posso conseguir. Eu só preciso esperar pelo certo Corbin ataca novamente, apontando a estaca em minha direção. Eu respondo com um chute, batendo meu pé em seu braço estendido. Ele uiva de dor e a estaca sai voando pelo campo. Ele mergulha atrás dela, mas eu sou mais rápida, dando uma pirueta para a estaca (e, sim, me mostrando um pouco!) e a agarrando em meia pirueta. Quando eu viro de volta e fico em pé, ele está na minha frente. Sem sequer uma pausa, eu empurro diretamente em seu peito, tirando seu equilíbrio. Então eu me jogo em cima dele, usando o peso do meu corpo para derrubá-lo. Um momento depois, eu estou escarranchada nele, minhas mãos prendendo seus ombros na grama, minha boca em seu pescoço para a mordida do vampiro. Eu ganhei! Será que ganhei? Quando meus lábios encostam-se em seu pescoço, eu congelo. Ele é tão quente. E cheira tão bem. Como baunilha, misturado com sândalo. Eu me afasto um pouco, observando a artéria em seu pescoço, sangue circulando através de seu corpo. Meu estômago geme em protesto e eu sinto minhas presas deslizando em posição. Deus, estou com tanta fome. Se eu pudesse dar apenas uma pequena mordida. Eu me inclino, abrindo minha boca. Corbin geme. Sento-me de uma vez, meu rosto em chamas e minha respiração difícil. Que diabos estou fazendo? Eu não posso beber sangue verdadeiro especialmente não diretamente de um humano. Especialmente não de um Caçador em Treinamento em uma escola dirigida pelos Caçadores Inc. Uma mordida e eu viraria pó antes que eu pudesse engolir a coisa doce.

“Rayne

Eu percebo, de repente, que Corbin está olhando para mim, seus olhos vidrados e sua respiração pesada como a minha. Sua arrogância desapareceu, substituída por algum tipo de

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

profunda admiração, misturada com desejo. Ele está bem? Oh, não, eu acidentalmente soltei o Perfume de Vampiro nele enquanto eu estava sonhando com seu sangue?

Vampiros tem feromônios sedutores, você vê, projetado para encantar os mortais infelizes se não fossem cuidadosos. E eu, enrolada em minha sede de sangue, não fui muito cuidadosa naquele momento. Envergonhada e horrorizada, eu rolo para longe de Corbin e me levanto.

Eu ganhei!” Eu digo, acenando com minha mão para seu corpo, tentando

afastar qualquer odor residual, e orando entredentes que suma antes que alguém sinta. Corbin apenas olha para mim, totalmente enfeitiçado. De repente, eu me vejo cercada pelos outros Alfas. “Uau, isso foi incrível”, Varuka grita. “Sim, nós nunca vimos ninguém derrubar Corbin antes”, Mara acrescenta. “Você é uma garota caçadora forte.” “Talvez você seja a próxima Alfa.” Eu sorrio impotente, incapaz de falar e esconder as minhas presas ao mesmo tempo. Eu dou outro olhar preocupado para Corbin. Ele está bem? “Ei, Corbin”, Peter diz, cutucando-o com o pé. “Você apanhou da Educação em Casa.” A magia parece se quebrar e Corbin atrapalha-se para se levantar. Ele me lança um olhar com um profundo ódio vil em seus olhos esmeralda. Acho que o Perfume de Vampiro acabou. E ele não parece satisfeito que a nova garota tenha chutado seu traseiro na frente de seus amigos. “Bom trabalho, Pequena Caçadora”, ele consegue falar, enquanto se recompõe. “Mas eu temo que da próxima vez você não vá ter tanta sorte.” Ele reúne-se aos seus amigos e, juntos, descem a colina. Eu os observo ir, sentindo minhas presas finalmente se retraindo. Sorte? Ele não sabe que sorte ele teve. E na próxima vez? Bem, a fome está crescendo. E eu não sei como vou ser capaz de me

parar.

“Eu

hm

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 08

“Oh, meu Deus, todo o meu corpo dói”, Sunny geme enquanto ela manca pelo corredor da cafeteria, bandeja de comida na mão. Ela senta na minha frente e na de Lilli, que nos convidou para sua mesa para comer com ela e seus amigos. “Eu pensei que você estivesse em uma classe de doze anos”, eu observo, empurrando minha comida ao redor do prato para fazer parecer que estou comendo. Eu pedi um hambúrguer muito, muito mal passado e tentei sugar o sangue dele antes que os outros aparecessem, mas isso só me fez vomitar. Se eu não encontrar Sangue Sintético rápido, estarei em grandes apuros. “Sim. Tente enormes, fortes e absurdamente bem treinados, garotos de doze anos”, ela geme, estendendo o braço para que eu possa ver todos os hematomas azuis e pretos que já estavam se formando. “Que não tem uma gota de respeito pelos mais velhos.” Ela suspira. “Como você se tornou uma caçadora?” Uma das garotas na mesa pergunta, curiosamente. “Se você não consegue lutar?” “Longa história. Não pergunte.” Sunny murmura, jogando uma colher grande de purê de batata na boca. “Ei, Rayne, você quer vir comigo pegar um pouco mais de Kool-Aid?” Lilli pergunta, depois de sorver o que restava de sua bebida. Cara, a garota é viciada nessas coisas. “Você deve estar com muita sede depois de toda aquela prática no campo.” “Não, obrigada, eu estou bem”, eu respondo, fingindo tomar um gole da minha água, não querendo magoá-la. Mesmo como mortal, Kool-Aid nunca foi minha coisa. Lilli dá de ombros e salta de seu assento. “Como queira”, ela diz enquanto vai para o corredor. “Não olhe agora”, sibila sua amiga Evelyn à minha direita, “mas Corbin está olhando para

cá.”

Claro, ela disse não olhe, que sempre me faz automaticamente me virar para fazer exatamente isso. Eu vejo Corbin e seus amigos sentados a algumas mesas de distância, sua mesa cheia de comida. Como era de se esperar, o caçador Alfa tinha se virado para seu grupo e estava me olhando atentamente com seus olhos verdes ansiosos. Quando ele me pega olhando, faz uma careta e se vira. Eu tremo involuntariamente. O que eu fiz com ele? E existe uma maneira de desfazer? Se apenas Jareth estivesse aqui. Ele saberia o que fazer. “Eu ouvi que você o derrubou esta manhã”, Evelyn diz, forçando minha atenção a voltar para meus novos amigos. “Ninguém nunca fez isto antes.” “Sim, todos na escola estão falando sobre isso”, acrescenta Amber, outra da turma do

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

almoço. “Você é, tipo, famosa agora.” Ótimo. E eu deveria estar mantendo um perfil baixo. O que eu estava pensando quando derrubei o grande caçador malvado Alfa? Sério, esqueça a caça entrar em problemas deveria ser meu trabalho de tempo integral. Eu sou certamente boa nisso.

* * *

Nós passamos a tarde dentro da escola, ouvindo palestras sobre a história dos vampiros, a política dos vampiros, os vampiros na literatura, etc. Pelas duas horas tivemos um intervalo da sala de estudos, e eu já estava toda vampirizada. Quer dizer, eu não acho que os vampiros verdadeiros saibam tanto sobre sua espécie como estes monótonos professores da Escola para Caçadores. Ou talvez seja que os vampiros só preferem aprender em seu horário de lazer, já que eles têm várias vidas para absorver tudo. Caçadores Mortais são aqueles que devem estudar muito. Em qualquer caso, a sala de estudo é uma bonita e bolorenta biblioteca com janelas de vidro colorido, mesas de madeira bem surradas, e paredes revestidas do piso ao teto com livros antigos. Há alguns computadores espalhados aqui e ali, mas já que nenhum deles é conectado à Internet, eu não me incomodo em verificá-los. Em vez disso, passo a hora perambulando entre as estantes, passando minhas mãos sobre a linha dos volumes de capa dura, aspirando este delicioso cheiro de livro antigo. Nada aqui foi escrito depois de 1900 e eu meio que gosto disso. Pego uma primeira edição do O Morro dos Ventos Uivantes e folheio, com um suspiro de satisfação. Eu sempre achei a história de Heathcliff e Catherine tão romântica. Depois de alguns minutos, coloco de volta o livro e continuo explorando. O próximo corredor está cheio com “Não-Ficção de Outros Mundos”, segundo uma placa de metal no final da fila. Meu interesse é despertado, eu passo pela fila, envolvendo-me com os grandes e grossos livros de capa dura que descrevem os vampiros, lobisomens, anjos e Fadas. Ooh. Falando em leitura obrigatória. Eu começo a tirar os livros de fada da prateleira até que meus braços estão sobrecarregados e eu mal posso ver a pilha. Então eu os levo para um canto tranquilo, onde eu encontro uma pequena e roída pelas traças poltrona ao lado de uma pequena mesa com uma lâmpada Tiffany. Eu coloco os livros na mesa e me enrolo na poltrona, puxando meus pés para cima e para baixo de mim. Então, eu pego o primeiro livro e começo a folhear. Hora de conhecer um pouco da história da família. Os Sidhe (pronuncia Shee) são também conhecidos como “Povo da Colina”, e eles evidentemente vêm muito antes da história Irlandesa e Escocesa. Eles vivem na Terra das Fadas,

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

uma dimensão além do nosso próprio mundo, sob um sistema monárquico; reis e rainhas que vivem no luxo e em belíssimos palácios no outro mundo. Existem várias cortes diferentes e nenhuma delas jamais se deu bem. Fora suas asas, eles são parecidos com pessoas comuns, ao contrário dos pixies que fazem parte de um monte de contos de fada. Mas seus poderes vão muito além do homem. Além de serem capazes de voar, alguns deles também podem mudar de forma à vontade. Muito legal, se você me perguntar. O que não é tão legal é o quão mesquinhos eles parecem ser. Como, por séculos as famílias Irlandesas tem tentado apaziguar as fadas maliciosas deixando tigelas de leite para eles à noite. (Evidentemente, as fadas são grandes consumidores de leite, assim como de néctar.) Se eles esquecerem ou o gato pegar o leite primeiro a fada sedenta ficava tão enlouquecida que roubava o bebê da família e substituía por uma criança tingida de verde e malvada. Como eu disse, não tão legal. O texto continua. Algumas fadas são incapazes de dizer uma mentira, outras podem conversar com animais e ficar invisível. E a maioria deles é mortalmente alérgica a ferro. Eu viro a página, meus olhos se arregalando quando eu acho a parte do texto que eu estava procurando:

Como iniciar sua transformação em fada.”

Evidentemente além da coisa de beijo no cotovelo, fadas adolescentes devem participar de uma grande cerimônia fantástica quando completar dezesseis anos para iniciar o processo.

(Falando em doce dezesseis anos!) Mas em casos extremos, o texto indica, que você pode começar a transformação sozinha, enquanto você faz a invocação certa para acompanhar a parte do beijo no cotovelo.

E felizmente para mim, eles transcreveram tudo no livro.

Eu olho ao redor da biblioteca: Ninguém nas proximidades. Eu me pergunto se devo realmente passar por isso. Afinal, não há como voltar atrás, como mamãe disse.

E eu realmente quero ser uma fada para o resto da minha vida?

Quer dizer, eu já sou uma vampira. E uma caçadora. Isso já é muito.

Então eu vejo o rosto angustiado de Sunny. Seu desejo desesperado para se manter mortal. Ela é minha irmã, mesmo que ela possa ser às vezes uma dor no traseiro.

E é meu dever protegê-la?

Então, realmente, que escolha eu tenho? Eu olho para o livro, sussurrando o encantamento para mim mesma, enquanto beijo repetidamente meu cotovelo e rezo para que ninguém caminhe por aqui - bem, vamos enfrentar, eu devo estar parecendo uma aberração ridícula para dizer o mínimo. Mas, felizmente, o local permanece vazio e eu termino o ritual, sem interrupções, com uma

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

pequena pirueta, conforme manda o livro. Eu caio na minha poltrona, sentindo-me um pouco envergonhada. Eu realmente acabei de dançar no meio da biblioteca, pensando que iria me transformar em uma fada?

Sério, Rayne, você está se tornando uma perdedora, definitivamente uma perdedora. Mas quando estou prestes a fechar o livro e ir para casa, a sala começa a girar. Eu seguro nos lados da poltrona, meu coração na minha garganta.

O que está acontecendo? Será que o ritual funcionou?

Eu tento olhar para o livro, mas o texto para vacilar dentro e fora de foco. Eu tento ficar de pé, mas minhas pernas estão muito fracas para manter meu peso. Meu coração bate forte em meu peito e minha respiração vem em suspiros curtos.

O que está acontecendo? Estou me tornando uma fada, finalmente?

Antes que eu possa saber com certeza, eu sucumbo à escuridão. “Com licença? Senhorita?” Sinto uma mão áspera em meu ombro, eu acordo com um sobressalto. Um homem de olhos pequenos e redondos com um nariz grande e uma barriga maior ainda olha para mim. Ele está usando um macacão azul claro e segurando uma vassoura. “Desculpe, senhorita”, ele diz. “A biblioteca está fechada. E já passou do toque de recolher. É melhor que você volte para o dormitório antes que Johan a pegue.” Nossa, quanto tempo eu fiquei desmaiada? Eu tento me levantar, esquecendo que a uma pilha de livros ainda no meu colo, e todos vão cair no chão. O zelador olha para baixo, seus olhos se abrem quando ele pega um vislumbre deles.

“Fadas?” Ele pergunta, olhando para mim com desconfiança.

“Hm, sim. Eu tenho um

projeto”, eu respondo, sem saber por que de repente eu me sinto

tão nervosa. O que importa que um zelador veja o que eu estou lendo? “Um ensaio sobre a história dos Sidhe.” O zelador me dá um olhar duro como se ele não acreditasse em mim e eu me encolho sob seu olhar. Estou com problemas aqui? Eu apenas deveria ir embora? Eu tento olhar disfarçadamente por cima do meu ombro para ver se de repente brotaram asas em mim. Eu não vejo nada, mas mesmo assim O zelador dá de ombros e começa a pegar os livros. “Eu guardo eles para você”, ele diz. “É melhor você voltar para seu dormitório.” Eu aceno e pego meu casaco, correndo em direção da entrada da biblioteca, completamente assustada. Eu olho para trás para o zelador, que se sentou na poltrona e está folheando meus livros. Eu balanço minha cabeça. Sério, muita paranoia, Rayne?

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Quer dizer, quem se importa se o zelador sabe sobre o que eu estou lendo? Ou qualquer outra pessoa, de qualquer maneira? Não é como se alguém fosse ficar todo “Ei, ela está lendo livros sobre fadas – aposto que ela é uma!”

Ainda assim, não consigo me livrar do nervosismo enquanto deslizo para fora da biblioteca

e começo a andar pelo caminho de pedras até a porta.

O campus está silencioso e escuro, todos os bons caçadores já foram há muito tempo para

a cama. Com exceção de um edifício onde as luzes estão brilhando e eu posso ver sombras se deslocando através das fendas das janelas. Um estranho barulho de eletricidade no ar, infiltrando

em meus sentidos vampiros. Rastejando nos pelos de meus braços e por minhas costas enquanto eu observo o edifício, curiosa, perguntando-me o que na terra estaria acontecendo lá dentro.

Será que são os Caçadores em Treinamento Alfas lá dentro em segredo? E em caso afirmativo, por que eles estão fazendo isso à noite? Será que eles têm algum tipo de segredo que não querem que os outros caçadores saibam? Dou um passo para mais perto, a curiosidade me oprimindo. De repente, a porta da frente se abre rangendo e uma solitária figura dá um passo à frente, arrastando um grande saco. Eu pulo de lado, tentando me retirar para as sombras, mas os olhos da figura já estão em mim. Droga. Eu fui vista. “Rayne McDonald?” Exige. “O que você está fazendo aqui?” Oh, ótimo. É a diretora Roberta, de todas as pessoas. A última pessoa na terra que eu gostaria de encontrar depois do toque de recolher. Afinal, ela está praticamente procurando uma desculpa para soltar o nano vírus em mim e aqui estou eu, entregando-me em uma bandeja de prata.

“Hm, desculpe, eu só dormi na biblioteca”, eu gaguejo. “Eu não queria estou voltando para o dormitório agora.”

A diretora estreita os olhos para mim, franzindo os lábios em uma careta profunda. No

começo eu acho que ela vai dizer alguma coisa, mas então ela parece mudar de ideia. Ela sacode a cabeça e aponta para cima da colina. “Muito bem”, ela diz. “Mas entre imediatamente. E não me deixe pegá-la no lado de fora depois que escurecer novamente.” Ela faz uma pausa, em seguida, acrescenta com uma voz ameaçadora. “se não.” Eu não tento argumentar e subo o morro no dobro do tempo. Enquanto eu vou, eu posso sentir seu olhar duro atrás de mim. Na verdade, se os olhos pudessem realmente provocar buracos nas costas de alguém eu tenho certeza que eu estaria como um queijo suíço agora. Eu abro a porta do dormitório e deslizo para dentro, incapaz de resistir em dar uma última

Eu estou

Eu

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

olhada para a parte de baixo do morro antes de fechá-la, mesmo eu tendo certeza que vou me transformar uma estátua de sal, se a diretora me pegar fazendo isso. Felizmente, Roberta cansou de me observar indo e voltou a arrastar o saco grande pela rua em direção do edifício de saneamento no final da estrada.

Observo o saco. Isso é o que eu penso que é? E isto está realmente se

movendo?

Eu entro no dormitório, não me importando em bater a porta atrás de mim, provavelmente acordando metade dos Caçadores da Escola. Encostada a parede, eu sugo uma respiração entrecortada, meus pensamentos girando como loucos na minha cabeça. Por que ela estava carregando um saco? Parecia muito com aqueles sacos para cadáver. E o que havia dentro?

Não parecia que estivesse de todo morto. O que diabos está acontecendo em Night School?

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 09

Argh, minhas costas!

Eu acordo na manhã seguinte, sentindo como se duas facas tivessem simultaneamente esfaqueado entre meus ombros. Sério, eu estou começando a achar que a algum tipo de Princesa e a Ervilha acontecendo com o meu colchão. (Já que eu tecnicamente sou uma princesa das fadas, afinal!) Quer dizer, com certeza, eu tenho trabalhado muito ultimamente no campo de treino, mas também estou em muito boa forma por ser uma animadora de torcida. Eu não deveria estar tão dolorida. Eu olho ao redor e vejo que Sunny já está acordada, deitada na cama, olhando para seu celular inútil, provavelmente olhando velhas mensagens de Magnus. “Ei, Sun!” Eu a chamo. “Será que você pode dá uma olhada em minhas costas por um segundo? Diga-me se eu estou com alguma contusão estranha?” Eu saio da cama e caminho até seu lado do quarto, virando-me e levantando minha camisa sobre minha cabeça para que ela possa dá uma boa olhada. “Oh, meu Deus!” Ela grita. Eu giro ao redor, apenas para vê-la tropeçar para trás em sua cama, suas mãos tremendo e tapando sua boca aberta, seus olhos arregalados como pires. “Vamos lá, não pode ser tão ruim”, eu digo, tentando me torcer para ver por mim mesma. ”

Sunny gagueja. Vejo-a engolir em seco. “Rayne, o que você fez?”

Ela pergunta, finalmente, sua voz quase um sussurro rouco. “Eu só briguei por um tempo com Corbin. Mas eu venci. Então eu não vejo ” ”

Ela balança sua

cabeça, em descrença. “O quê?” Eu grito, medo começando a crepitar em mim. “Só diga!” “Será que você beijou o seu cotovelo ou algo assim?” Eu a encaro, de repente, relembrando do ritual que eu realizei na biblioteca ontem à noite, horror batendo através de minhas entranhas. Pulando sobre minha cama, vou até o espelho de corpo inteiro que instalei na porta do meu armário. Torcendo-me, tento pegar um vislumbre de Minhas asas. Bem, não exatamente asas. Ainda não. Mas há definitivamente alguma coisa crescendo lá atrás. Duas grandes protuberâncias, saindo de meus ombros Coberto de plumas brancas. Minha cabeça gira e eu me obrigo a voltar para minha cama, afundando no colchão, uma combinação de medo e excitação girando em meu cérebro. Funcionou. Realmente funcionou. Eu mal posso acreditar.

“Elas são

Elas são

“Eu não estou falando sobre isso”, ela interrompe. “Eu estou falando

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Rayne! Por que você faria isso?” Sunny chora em sua voz angustiada. “Afinal, mamãe e

papai tiveram que fazer, e você só, por vontade própria

travesseiro. “Eu não posso nem olhar. É tão grotesco.” “Legal, Sun”, eu digo, sentindo-me um pouco ofendida. Eu viro minha cabeça para observar o pequeno inchaço com plumas. “Obrigada por me fazer sentir como uma estranha.” Elas eram meio estranhas, sim, mas quando as asas crescessem completamente, eu aposto que ficaria legal. Apesar de ser um pouco difícil de manter em segredo “Por que, Rayne? Por que você fez isso? Quer dizer, de todas as coisas loucas que você ” “Eu fiz isso por você, imbecil”, eu interrompo, irritada. “Assim você pode parar com todo esse julgamento de uma vez?” “Espere, o quê? Por mim?” Ela exige, olhando para cima, seu rosto cheio de confusão. “O que você quer dizer com „por mim‟?” “Olha, é simples, na verdade”, eu digo para ela. “Como você disse, se mamãe e papai falharem em sua conversa, uma de nós vai ter que fazer todo o show de rainha das fadas, certo? Então, quem as fadas vão escolher agora a relutante mortal que não aguenta o gosto de néctar ou a fada completa com asas impressionantes que está pronta e disposta a ir?” Sunny balança sua cabeça em descrença. “Rayne, eu nunca quis que você fizesse ” “Você é minha irmã, afinal”, eu interrompo. “E eu te amo. Mesmo você sendo um bebê chorão, às vezes.” “Uh, obrigada. Eu acho.” Eu sorrio maliciosamente, e depois me viro, séria. “Sunny, eu quero que você consiga o final feliz que você deseja para si mesma. E eu sei que dessa forma você realmente tem chance de ser.” Sunny atravessa o quarto em dois segundos e joga os braços em volta de mim,

escondendo seu rosto em meu ombro. “Ei, ei! Cuidado com as asas! Eu não quero perder nenhuma pluma. Afinal, calvície em fadas não é brincadeira. E eu duvido que Rogaine consiga arrumar algo como isso.” Sunny e ri e cautelosamente estende sua mão até as asas em questão. Quando suas mãos fazem contato, ela grita e foge para o seu lado do quarto. “Eu ainda acho que é totalmente bizarro”, ela diz, esfregando a palma da sua mão em sua toalha de rosto. “Eu também”, admito. “Sem mencionar quando começarem a crescer, elas vão ser um pouco mais do que um problema para esconder de corpo estudantil.” “E eu aqui pensando que você ter que esconder o fato de que você é uma vampira já fosse ruim o bastante.”

UGH!” Ela enterra seus olhos em seu

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Deixo escapar um suspiro frustrado. “Isso é ainda pior. Eu estou com tanta fome por sangue que estou enlouquecendo. Eu tive um pesadelo em que eu invadia um banco de sangue e drenava tudo.” Sunny parece preocupada. “Não há um lugar para conseguir sangue aqui?” Ela pergunta.

“E

Felizmente, eu posso acabar com seu argumento facilmente. “Santo Graal de sangue, lembra?” Eu a lembro. “Venenoso para vampiros de poucos meses.” “Oh, sim”, ela diz, alívio transparecendo em seu rosto. Ela fica em silêncio por um momento, então acrescenta, “Então o que vamos fazer? Você não pode ficar aqui e morrer de fome. E se essas asas continuarem crescendo, elas vão ser um problema.” “Sim”, eu digo, olhando para o espelho para minhas pequenas asas. “Eu não tenho ideia do quão rápido essas coisas vão crescer”. Sacudo minha cabeça, irritada com minha impulsividade. Sério, o que eu estava pensando, passando pelo ritual assim? Eu acho que parecia tão ridículo eu não achei que realmente iria

funcionar “Eu acho que nós não temos escolha”, Sunny diz, interrompendo minha auto-repreensão. “De uma forma ou de outra, temos que sair daqui.” Ela olha para mim, levantando seu queixo com determinação. “Nós iremos fugir da Escola para Caçadores esta noite”.

eu?” Eu posso dizer que ela se esforça para dizer isso e eu aprecio o gesto grandioso.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 10

“Okay, eu acho que o caminho está livre”, eu assobio, depois de espiar pela porta da frente do nosso dormitório e olhar para a esquerda e direita, tomando cuidados especiais para se certificar de que a diretora Roberta não está mais lá fora em sua corrida noturna com um saco de cadáver. (Eu não mencionei isso para Sunny, por que eu não queria enlouquecê-la mais ainda.) Mas o campus ainda está escuro, com apenas uma lua crescente para iluminar nosso caminho. Eu deslizo para fora, tomando cuidado para permanecer nas sombras. Minha irmã sai ao meu lado, sua mochila recheada de coisas até a borda. “Eu pensei que tínhamos combinado com uma viajem leve”, eu observo, levantando uma sobrancelha para a mochila quase transbordando em suas costas. “Eu preciso dessas coisas”, ela protesta. Um momento depois, um top de biquíni cai da mochila. Ela agarra com um olhar envergonhado. “É designer”, ela explica. “E Magnus deu para mim, por isso é sentimental.” Eu suspiro e balanço minha cabeça, em seguida, começo a deslizar ao redor do dormitório, caminhando com minhas costas contra a parede de pedra fria. A temperatura caiu, pelo menos, vinte graus e eu espero que, além de sua coleção do resort da Calvin Klein, Sunny tenha um casaco grande e quente em sua bagagem de fuga. Afinal, não temos como saber o quão longe poderemos ter que viajar esta noite. No começo do dia, eu fui até a biblioteca, tentando fazer alguma investigação sobre exatamente onde no mundo fica a Escola para Caçadores Riverdale. Lilli disse que tinha vindo de helicóptero, mas o meu palpite é que isso é algo que dizem para todos os alunos para que estes fiquem por aqui. Afinal, eles não querem que saiam durante a noite para ir a uma taberna em alguma cidade vizinha se embebedar e danças nas mesas. Já que este não é um bom comportamento para um Caçador em Treinamento. E certamente, depois de folhear um milhão de textos criptografados nenhum livro na biblioteca tem menos de cem anos, eu juro eu consigo ter uma ideia geral de onde fica a escola e informações sobre um pequeno povoado localizado em algum lugar nas imediações. Infelizmente, “em algum lugar nas imediações” não é exatamente coordenadas de GPS, assim teríamos que vagar por algum tempo. Ainda assim, é melhor do que ficar e ter meu status de fada e vampira descoberta pelo corpo discente e docente. Eu suponho que isto seja motivo para expulsão imediata. E não o tipo em que você é simplesmente mandada para casa com vergonha, também. Chegamos à parte de trás do dormitório e nos integramos completamente com a escuridão. Olho para minha irmã e assinto. “Ok, agora!” Eu grito, e nós saímos correndo.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

O ar frio chicoteia contra o meu rosto enquanto eu corro para a floresta vizinha, colidindo contra o mato. Só depois de algumas centenas de metros de “esquivar de enormes pinheiros” atrevo-me a parar e olhar para trás, com as mãos nos joelhos, ofegando para recuperar o fôlego. Sunny se aproxima de mim, um momento depois. A floresta atrás de nós é silenciosa e tranquila. Eu dou risada com minha irmã. Nós fizemos isso. “Fácil”, eu digo. “Nós deveríamos ter tentado isso no nosso primeiro dia aqui.” ”

“Sim, mas temos que ir?” ”

Eu bato em meu queixo com o dedo. “Olha! Há uma trilha. Vamos segui-la. Tem

que haver algum lugar, certo?” “Claro. Como a casa de gengibre onde a bruxa má nos espera para nos atirar no forno.” “Por favor. Isso foi na Alemanha. Nós estamos na Suíça. Um país completamente

diferente.” Eu passo por um tronco podre e caminho pela trilha. “Na verdade, eu aposto que este

é o caminho que eles utilizam para pegar os suprimentos semanais. Afinal, eles tem que pegar a comida dos alunos de algum lugar e helicópteros não são exatamente econômicos.” Sunny me olha desconfiada, mas começa a caminhar, de qualquer maneira. Pegando em meu bolso, puxo uma pequena lanterna LED tudo que eu pude encontrar em pouco tempo. Eu destampo e aponto em direção do chão, mantendo a luz baixa. Não quero que alguém na escola

a veja piscando e alerte os guardas. Enquanto andamos pela trilha, o vento assobia por entre as árvores e sombras altas, criadas pela minha luz, dançam loucamente pela estrada. Sunny aperta meu ombro, suas unhas cavando em minha carne. “Devíamos deixar migalhas de pão ou algo assim?”, ela sussurra, ainda em seu momento João e Maria, eu acho. Eu abro minha boca para lhe responder, mas um barulho atrás de nós faz com que eu a feche novamente. Eu viro, apontando a luz trêmula da minha lanterna para o mato. Um animal selvagem? Ou algo mais letal? De meu lado, Sunny choraminga com medo. Nós esperamos, segurando nossa respiração, mas somos recebidas com nada além de silêncio. Eu dou de ombros para Sunny e a movimento para que continuemos andando. Afinal, é tarde demais para voltar atrás agora. Mas um momento depois, outro ruído irrompe um som de rosnado baixo, em algum lugar

à nossa esquerda. Sunny olhar para mim com olhos selvagens e assustados. “O que foi isso?”, ela sussurra. Dou de ombros, com a mão na minha mochila, procurando pela minha estaca que me deram junto com os papéis de inscrição de Riverdale. Embora o que um bom pedaço pequeno de madeira entalhada vá fazer contra um lobo grande ou um pesado urso seja mero palpite. Medo

Sunny olha ao redor da floresta. “E agora? Você tem alguma ideia para onde

“Bem

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

pulsa em meu coração enquanto eu aponto a lanterna para a floresta. Talvez a luz assuste essas criaturas De repente, eu sou agarrada por trás. Eu grito, mas minha voz é abafada por um pedaço de pano fedorento que enche minha boca, e um capuz preto, puxado por cima da minha cabeça. Duas grandes mãos agarram meus ombros, e mais duas agarram meus tornozelos. Eu chuto tão forte quanto posso, mas eles são muito mais fortes. Eu posso ouvir minha irmã batendo atrás de mim. Oh, Deus quem são essas pessoas, e o que elas querem, também. Após o que parece ser uma eternidade, nossos captores param e me jogam no chão sem cerimônia, minha bunda batendo contra a pedra dura. Eu posso cheirar alguma coisa aqui.

Alguma coisa como

O capuz é arrancado de meus olhos e puxam a mordaça da minha boca. Eu olho para cima, avistando os olhos brilhantes dos Alfas. Mas, precisamente, os sorridentes-idiotas Alfas. “Oh, cara, nós pegamos vocês!” Varuka se gaba, chocando as mãos com Mara. Leanna faz uma dancinha ao redor da fogueira, enquanto Peter trabalha para libertar minha irmã. “Vocês deveriam ter visto suas caras!” Mara grita. “Você estava totalmente em pânico.” “Quem vocês acharam que nós éramos?” Leanna pergunta, alegremente. “Vampiros?” Mas, para meu desgosto final, o rosto de Corbin brilha com mais satisfação ainda. “Hmm”, ele observa. “Talvez você não seja tão corajosa quanto você pensa que é, né, Pequena Caçadora?” Agora livre, minha irmã salta sobre seus pés, seus olhos brilhando com fúria. “Como vocês ousam?” Ela grita com o grupo. “Como vocês puderam ?” Ela para e então eu percebo que ela está prestes a chorar. Eu não a culpo. Todo o meu corpo ainda está trêmulo, com medo e adrenalina. Eu cambaleio para me levantar e cruzo a área de camping para ficar ao seu lado, atirando para Corbin meu melhor Olhar de Morte Raynie. “Legal”, eu rosno. “Um inferno legal.” “O que?” Ele protesta, segurando suas mãos em inocência simulada. “Vocês tiveram sorte que foi nós e não a patrulha. Quer dizer, vamos enfrentar, vocês não foram exatamente sutis, atravessando a floresta desta forma. Nós ouvimos vocês e vimos sua luz a milhas de distância. E se os guardas pegassem vocês, teria consequências graves.” Ele sorri maliciosamente. “Nós te salvamos de um destino pior que a morte, se você quer saber a verdade. Você deveria estar me agradecendo.” Eu faço uma careta. “Bem, da próxima vez não nos faça nenhum favor, okay?” “Ah, não seja assim!” Peter diz, evidentemente, em um clima alegre. Ele chega perto de mim, brincando, e enganchando seu braço em volta do meu ombro. Eu o empurro. “Relaxe um

carne queimada.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

pouco. Nós temos hambúrgueres e cerveja.” “Sim, você deve ficar!” Mara pede. “Eu fiz muita comida – mesmo tendo em conta o apetite dos meninos.” “Você não pode voltar agora, de qualquer maneira”, Leanna interrompe. “Você seria pega pelas patrulhas, com certeza. Nós estamos longe o bastante para não sermos notados aqui, mas vá para mais perto e você será pega.” “Sim”, acrescenta Peter. “Você está presa com a gente por, pelo menos, duas horas. Isso é quanto leva a soneca de vinte minutos de Johan.” Eu estou prestes a dizer que Johan pode enfiar sua soneca de vinte minutos em seu traseiro, mas, de repente, Sunny me corta. “Tudo bem. Nós vamos ficar”, ela diz, indo para longe de mim e sentando-se em um tamborete de tronco. Eu olho para ela. O que ela está fazendo? Corbin pisca para mim com seu sorriso irritantemente sexy. Como se ele tivesse ganhado de alguma forma. “Tudo bem. Eu acho que vamos ficar”, eu dou de ombros. “Mas só para registro? Eu ainda estou completamente chateada com vocês e isso vai ter volta.” “Parece justo”, Corbin responde com outro sorriso. Ele dá para cada uma de nós uma lata de cerveja e eu vou me sentar próxima de Sunny ao lado do fogo. “Eu vou tentar suportar o impacto de sua vingança, Pequena Caçadora.” Reviro meus olhos e dou as costas para ele para me dirigir para minha irmã. “Você está bem?” Eu murmuro.

“Sim”, ela sussurra de volta. “Apenas mais

envergonhada do que qualquer outra coisa.”

“Sim. Imagine como me sinto. Eu deveria ser a grande caçadora de vampiros e mau aqui. E eu fui enganada por um bando de amadores”. Eu suspiro. “Se eu apenas soubesse como pegar todos os cinco de uma vez ” “Nem pense nisso”, ela me adverte. “Mesmo eles sendo idiotas, eles não são os vilões aqui. Eles são seus companheiros caçadores e você não quer se meter em confusão com os Caçadores Inc. acima de tudo. Além disso”, ela acrescenta, “nós vamos ter que adiar o plano de fuga, de qualquer maneira. Caso contrário, um deles pode nos relatar para a diretora e vamos perder nosso avanço.” Ela está certa, eu sei. Nós não podemos confiar nesses caras, tanto quanto não podemos ganhar deles. (E, sem poderes de vampiros, isso admitidamente não irá muito longe.) Ainda assim, é uma droga estarmos presas na escola por mais um dia. Sem mencionar, presas na floresta pelas próximas duas horas com os Alfas. “Quem sabe”, Sunny acrescenta. “Talvez eles possam nos ajudar de alguma forma. Você ouviu o que eles disseram sobre o guarda Johan. Eles podem saber outras coisas úteis como

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

isso.”

“Certo”, eu suspiro, relutantemente concordando com ela. “Você vê, por isso que você é muito melhor para navegar pelos círculos do inferno do ensino médio do que eu. Você é mais diplomática.” Eu tomo um gole da cerveja morna. Como uma vampira não posso comer, mas eu posso beber meu peso em álcool e não sentir nenhuma agitação. Os outros sentam ao redor da fogueira e Mara começa a colocar hambúrgueres crus em uma placa para grelhar. A visão e o cheiro da carne sangrenta assaltam meus sentidos e isso é tudo que eu posso fazer para não lhe pedir para por um prato embaixo e me deixar beber todas as gotas oleosas que cair nele. Infelizmente, eu reconheço que esse tipo de pedido estranho só deixaria as coisas mais difíceis. “Então, hm”, Sunny diz, brilhantemente, obviamente se esforçando para conversar com nossos arqui-inimigos. “Como vocês descobriram que estavam destinados a se tornarem caçadores?” Cinco pares de olhos confusos olham em sua direção. “Destinados?” Mara repete em dúvida. “Ninguém está apenas destinado. Nós somos escolhidos para nos tornar caçadores.” Os outros olham uns para os outros, balançando suas cabeças em concordância. “Espera, o que?” Eu interrompo. “Eu pensei que você tinha que nascer com a coisa toda. Há cada geração uma garota, etc, etc.” “Você obviamente viu muitos episódios de Buffy.” Varuka diz, altiva. “Na vida real, ninguém nasce para ser um caçador. É uma escolha que eles fazem quando nós completamos doze anos. Você se inscreve, faz um teste, vai para o acampamento de recrutas, e se você fizer isso, então você pode vir para cá e começar seu treinamento.” Eles são escolhidos? Cara, isso é tão injusto. Por que não pode ser assim nos Estados Unidos? Quer dizer, então, assim eles teriam caçadores que realmente querem participar do show para começar ao invés de forçar garotas que não estão dispostas a fazer esse trabalho e ameaçar matá-las se recusarem. “Há algo errado, Pequena Caçadora?” Corbin pergunta, docemente. “Você parece um pouco pálida. Quer dizer, mais do que o normal.” Eu posso sentir Sunny olhando fixamente para mim, mas eu não consigo encontrar com seus olhos questionadores. Em vez disso, eu engulo em seco e forço a mim mesma a virar as questões de volta ao grupo. “Então, o que fez vocês decidirem se tornar caçadores?” Eu pergunto. “Bem, eu consegui alguns problemas na escola”, Peter confessa. “E meu pai disse que era a Escola para Caçadores ou o reformatório.” Ele sorri. “E matar vampiros apenas parecia legal. Agora eu sou como Blade!” Ele acrescenta, lançando algum tipo de estranha pose de kung fu que eu tenho certeza que o verdadeiro Blade nunca usaria. “Bem, eu sou uma descendente direta de Van Helsing”, Varuka acrescenta. “Então matar

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

vampiros está em meu sangue.” Eu não tenho coragem de dizer que de acordo com os arquivos da Blood Coven que eu li, Van Helsing não era o grande assassino que Bram Stoker o fez parecer. Na vida real, ele estava secretamente saindo com Mina (enquanto seu noivo, Jonathan, estava fora visitando o Conde Drácula.) e quando Drácula apareceu e escolheu Mina para ser sua companheira de sangue, Van Helsing ficou chateado e jurou vingança. Mara olha para cima de seu livro. “Eu sempre fui Team Jacob.” Ela dá de ombros. “Foi muito injusto que Bella escolhesse aquele brilhante pedaço de lixo perseguidor em vez dele.” ”

Crepúsculo é ficção ou não. Por que não uma convenção Cullen? “E quanto a você?” Eu pergunto virando-me para Corbin. “Você também é Team Jacob?” Eu zombo. Ele faz uma careta. “Eu sou Team Corbin e é isso”, ele rosna. Levantando-se, ele vai em direção da floresta. Eu olho para o resto dos Alfas, intrigada. “É um assunto delicado para ele”, Leanna murmura. “Seus pais foram mortos por vampiros.” Eu levanto minhas sobrancelhas. “Como?” “Nós não temos certeza”, Mara diz com um encolher de ombros. “Ele nunca fala sobre isso. Ele era apenas uma criança quando aconteceu, entretanto.” “Tornar-se um Caçador é sua maneira para se vingar da raça dos vampiros”, Leanna acrescenta. “E ele leva seu papel muito a sério. É por isso que foi uma grande coisa quando você conseguiu levar a melhor sobre ele ontem.” “Seu objetivo na vida é matar todos os vampiros da face da terra”, acrescenta Peter. “Sejam eles bons, maus, ou totalmente neutros como a Suíça.” Uau.

Eu olho para Corbin, uma mistura de piedade e inquietação conflitando dentro de mim. Pena, por que ele, obviamente, teve uma vida difícil. Eu não posso imaginar como eu me sentiria se meus pais fossem drenados. Inquietação, por que eu estou pensando que se ele algum dia descobrir o que eu realmente sou, o treino de estaca, de repente, pode se tornar mortal. E eu não sei se posso garantir que eu consiga vencê-lo todas às vezes especialmente quando ele tem motivação. “Sim, vampiros, junto com qualquer outra criatura do outro mundo, ele consegue rastrear”, acrescenta Varuka, prestativa. “Lobisomem, duende, Papai Noel. Você nomeia: se é sobrenatural, Corbin está pronto para chutar seu traseiro.” “Hm, impressionante?” Quer dizer, o que mais eu posso dizer sobre isso? Sunny chega mais perto e aperta minha mão, confortavelmente. Eu dou-lhe um sorriso

“Mas isso é apenas um

Sunny começa. Eu a chuto. Afinal, não temos ideia se a saga

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

triste, de repente, muito feliz que ela esteja aqui. “Então o que vocês duas estavam fazendo aqui à noite, afinal?” Peter pergunta. “Tentando se ausentar sem permissão da Escola para Caçadores?” “Claro que não!” Interrompe Sunny, com força demais para ser convencível. Mais uma vez

a “atriz” da família é a pior mentirosa de todas. “Nós estávamos apenas

Os Alfas riem. “Claro que sim”, diz Varuka, condescendente. “Por que há tanta coisa para se ver à meia-noite.” “Não se preocupem, não vamos dizer nada”, acrescenta Leanna. “Todos nós tentamos isso uma vez ou duas.” “Sim, eu diria que a maioria dos novos recrutas tem essa ideia depois de um dia ou dois de treinamento”, Peter acrescenta. “Eles, de repente, não tem certeza se querem continuar aqui. Mas Riverdale nunca perdeu um estudante. O mundo lá fora é muito longe para ir a pé. A aldeia mais próxima está, provavelmente, a cento e cinquenta milhas de distância.” Suspiro. Tanto para minha grande capacidade de navegação. Eu juro que parecia tão perto no mapa! “A única maneira de sair é de helicóptero”, Leanna diz. “E, infelizmente, eles o mantém trancado, no telhado da Night School.” “Qual é o negócio com Night School, afinal?” Sunny pergunta, curiosamente. “Passamos pelo edifício e parece assustador.” Os Alfas olham inquietamente uns para os outros. “Hm, bem, nós não estamos inteiramente certos” diz Mara. “Nós apenas sabemos que eles só aceitam uma pequena turma com os melhores e mais brilhantes caçadores.” “Quando você se forma, você é mandada para um destes três trabalhos”, acrescenta Leanna. “Um trabalho de campo onde você é mandada para assassinar vampiros fora, um trabalho de secretária na sede dos Caçadores Inc. em algum tipo de posição administrativa ” “Ou”, Varuka diz. “se você for realmente sortuda, você pode ir para Night School. Um

programa de educação continuada reservado para os seis melhores caçadores de cada turma.” “E o que acontece com eles?”

hm

explorando.”

sabemos exatamente”, Mara diz, após uma pausa. “Mas eles são um tipo de

operação supersecreta. Um Serviço Secreto dos Caçadores.” “Eu ouvi que eles até mesmo fazem uma cirurgia plástica no rosto”, Peter acrescenta. “Para que ninguém possa reconhecê-los. Isso é como uma grande coisa séria.” “Realmente?” Sunny faz uma careta. “E as pessoas se inscrevem para isso por vontade própria?” “É a maior honra que um estudante aqui pode receber”, Leanna diz, reverentemente. “Todo mundo quer se inscrever. Mas apenas seis são escolhidos.” “E este ano, definitivamente vai ser nós.” Varuka sorri, satisfeita. “Eles não nos chamam de

“Nós não

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Alfas por nada. Nós somos o melhor que esta escola tem a oferecer.” “Ei, talvez você possa ser nosso sexto!” Mara acrescenta, entusiasmada, virando-se para

mim. “Se você jogar suas cartas direito. Afinal, você foi surpreendida fora do campo Estou prestes a dizer não, obrigada, mas minhas palavras são cortadas quando Corbin atravessa a floresta para a clareira, seus olhos arregalados de espanto. “Alguém está vindo!” Ele grita. Os Alfas se levantam em um instante. “É Johan?” Peter pergunta. Corbin balança sua cabeça. “Não”, ele diz, sua voz rouca e assustada. “Definitivamente

não é Johan. Na verdade

eu nem acho que seja humano”.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 11

O campo entra em erupção com um turbilhão de atividade enquanto os Alfas correm para

pegar facas e estacas e armamentos diversos que estão espalhados ao redor do fogo. Eu não tinha ideia de onde tinha saído àquelas coisas, tão rápido. Quão perigosas são estas madeiras, afinal?

“Fique perto”, Corbin ordena, fazendo sinal para que todos fiquem distante do fogo. “Fiquem quietos.” Nós nos amontoamos em silêncio. O único som era dos hambúrgueres fritando. Tanto para um jantar. Meu estômago ronca e Varuka me lança um olhar. Eu dou de ombros, desculpando- me.

Então, de repente, eu ouço: um som estranhamente familiar de zumbido. No começo, eu não consigo lembrar. É um som baixo e abrasador, quase como o bater de Oh, meu Deus.

Eu olho para Sunny que, percebo, está olhando para mim com olhos aterrorizados. Eles nos encontraram. De alguma forma, eles nos encontraram. Corbin percebe nossa troca de olhares e nos atira um olhar duro. “O que?” Ele exige com um sussurro rouco.

“Eu acho que

Oh, meu Deus”. Eu engulo em seco. “Eu acho que podem ser

fadas.”

O zumbido aumenta. Como eles nos encontraram aqui? Isso não pode ser apenas um

ataque aleatório. Será que o zelador me traiu? Diretora Roberta? Quem sabe que nós somos fadas? Eu procuro por minha estaca, mas Corbin pega minha mão e oferece uma faca afiada em seu lugar. “Vá para suas asas”, ele sussurra. “É seu ponto fraco.” Apenas a ideia faz com que minhas próprias asas doam um pouco, mas eu aceito com gratidão a faca. Ao meu lado, Sunny agora segura sua própria adaga e eu espero que ela fique longe o bastante da ação para que ela não precise usá-la. Abro a boca para dizer-lhe que fique atrás de mim, mas eles chegam até nós antes que eu possa falar, mergulhando em ataque sobre o campo. Assim como no apartamento de papai, apesar de que há dez deles neste momento. Todos, mais uma vez, parecendo bonitos e plásticos como um pelotão de bonecos Ken com asas e armados com espadas. (Felizmente, estas em particular não são flamejantes ou nós teríamos um sério incêndio florestal em nossas mãos.) Eles descem em alta velocidade, soltando um grito estridente ao se aproximarem. Eu me aproximo da melhor maneira que posso, golpeando seu peito com minha lâmina, então seguindo com um pontapé sonoro em sua virilha. Ele cambaleia para trás, deixando sua espada por suas

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

partes intimas. Eu aproveito sua fraqueza momentânea e me jogo para frente, acabando com seu equilíbrio. Juntos nós caímos no chão. Eu piso com meu pé em suas asas, para que ele não possa se levantar, em seguida, me aproximo e as removo. Ele grita de dor enquanto uma fonte de sangue sai da ferida, espirrando em minhas pernas. E isso é tudo que eu posso fazer para não vomitar na cara dele. “Atrás de você!” Eu ouço Corbin avisando e me viro, apenas a tempo de desviar de uma flecha que vinha em minha direção. Não me acerta e perfura um tronco de uma árvore próxima. Há alguns metros de distância, eu vejo Corbin derrubando o arqueiro. Olho ao redor freneticamente por Sunny, mas não consigo localizá-la na luta e confusão. Eu rezo para que ela esteja bem que os outros Alfas tenham a protegido ou a levado para um lugar seguro. De repente, eu ouço um grito das fadas. Eu olho para cima e percebo que um deles está voando novamente, se preparando para atacar Corbin. O Alfa está ocupado ajudando Peter com outra fada e não o vê chegando. Percebendo que eu tenho fazer alguma coisa, pulo para a briga, e empurro Corbin para fora do alvo. Um momento depois, a fada bate em mim, sua força me jogando. Ele me ataca, sua espada cortando meu estômago, e eu grito de dor. Corbin responde. Já em pé, ele apunhala sua espada nas costas da fada. A fada cai em cima de mim, seu peso esmagando meu estômago ferido. Corbin o chuta, e se ajoelha para examinar minhas feridas. “Você está sangrando muito”, ele diz, sua voz traindo seu medo. “Eu preciso te tirar daqui.” “Não!” Eu protesto fracamente enquanto ele me levanta como um bebê em seus braços. ”

“Eu não posso

“Você não vai ajudar em nada nesse estado”, Corbin repreende. “Os outros Alfas estão cuidando dela. Agora pare de lutar.” Eu faço. A dor é tão forte que mal consigo respirar, muito menos lutar novamente. Corbin atravessa o mato correndo, carregando-me como se eu não pesasse nada. Alguns momentos depois, nós chegamos em uma pequena caverna, escondida na encosta e pelas vinhas verdes e frondosas. Se você não estivesse procurando por isto, você não a encontraria nem em um milhão de anos. Um refúgio perfeito. “Entre”, ele a instrui enquanto a abaixa suavemente para o chão. Consigo me arrastar para dentro e então colapso sobre o chão de terra fria. Ele morde seu lábio inferior. “Eu deveria ficar ” Ele ladeia. “Não! Por favor!” Eu imploro. “Volte. Certifique-se que minha irmã está segura!” Após um momento de indecisão, ele acena e desaparece. Eu posso ouvir seus passos rápidos no meio do mato e rezo para que não seja tarde demais. Se apenas Sunny e eu tivéssemos a coisa de telepatia que as gêmeas parecem ter sempre nos filmes. Então eu poderia

Sunny

Dor apunhala em minha barriga e eu gemo em agonia.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

ter certeza de que ela estava bem. Eu não vou morrer. Afinal, eu sou uma vampira. Mas deixe-me dizer para você, isso não significa que meu estômago não doa como uma mãe em pânico. Eu tento fazer pressão sobre a ferida para parar a hemorragia, mas não parece ajudar. Eu já perdi um monte de sangue. E sem Sangue Sintético para substituir o que eu já perdi, iria levar muito tempo para cicatrizar. Eu espero pelo que parece ser uma eternidade, minha mente pensando nos piores cenários. Eu vejo o corpo de Sunny torcido e quebrado em meio ao fogo abrasador. Eu a vejo amarrada e sendo levada arrastada de volta para a Terra das Fadas para se tornar sua rainha cativa.

Oh, Deus, por que eu tive que ir e me machucar?

Eu congelo com o súbito farfalhar dos arbustos lá fora. Um momento depois, Corbin enfia a cabeça na caverna e deixa escapar um suspiro de alívio. “Sou só eu”, ele diz, rastejando para o meu lado, tendo que engatinhar por causa do teto baixo da caverna. Ele acende uma lanterna sobre meu corpo. “Como está seu estômago?” Ele pergunta, sua voz misturada com preocupação. A grande e má arrogância dos Alfas que ele tinha apresentado anteriormente havia desaparecido. Eu acho que uma experiência de quase morte por fadas faz isso com um cara.

“Sunny

?”

Eu consigo perguntar com a voz rouca.

“Ela está bem”, ele me assegura. “Eles a encontraram se escondendo em um arbusto próximo e a levaram de volta para a escola. Ela tem alguns cortes e contusões, mas é só isso. Acho que ela está mais assustada do qualquer coisa.” Deixo escapar um suspiro de alívio. Graças a Deus. Se alguma coisa tivesse acontecido com a minha irmã “Então nós ganhamos das fadas?” Eu pergunto, percebendo que a batalha deve ter acabado. “Oh, sim”, Corbin diz, seu sorriso arrogante voltando. “Acho que eles não estavam

esperando que nós chutássemos seus traseiros. Nós ferimos três deles e isso foi suficiente para mandá-los correndo. Bem, voando”, ele corrige. Ele sacode sua cabeça. “Cara, eu não consigo parar de tremer. Isso foi muito mais intenso do que a simulação.” “Simulação?” “Você sabe”, ele diz. “As salas de simulação da escola. Quando nós treinamos nossas habilidades.” Eu fico olhando para ele. “Espere um segundo. Aqueles vampiros que vocês estavam se gabando de ter matado foram criados em vídeo game?” Eu grito. Eu começo a rir, mas paro quando meu estômago protesta.

Ele para,

olhando-me com olhos questionadores. “Você está dizendo que os dois assassinatos que você

“Bem, é claro”, ele diz, parecendo ofendido. “O que mais você poderia

?”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

cometeu

“Dã.” “Uau.” Ele abaixa sua cabeça. “Eu acho que nenhum de nós sequer viu um vampiro de verdade, nem mesmo um vampiro morto.” Olhando para cima, ele acrescenta, “Eu acho que lhe devo desculpas, Pequena Caçadora.” Estou prestes a dizer que não é nada demais, quando sinto uma pontada de dor no meu estômago novamente, forçando-me involuntariamente a gritar em agonia. “Você está bem?” Corbin pergunta, preocupado. Ele olha para meu estômago, que começou a sangrar novamente. “Oh, meu Deus. Aqui estou eu falando sem parar e você ainda está machucada. Nós precisamos levá-la para a clínica.” Ele se esforça para se mover. “Você pode andar? Se não, eu levo você.” “Espere”, eu grito. Eu não posso deixar que ele me leve até a clínica. Eles vão descobrir que eu sou uma vampira. Sem mencionar, uma fada. Mas eu não posso apenas lhe assegurar que se eu ficar aqui por um tempo meu corpo irá se curar sozinho. Pelo menos, não sem despertar suas suspeitas. Eu tento lutar para me levantar, mas não há nenhuma maneira que eu consiga. Eu estou muito fraca. Perdi muito sangue. Se eu tivesse algum Meu olhar cai sobre Corbin. Mesmo com pouca luz, meus olhos de vampiro pode observar a veia azul pulsando em seu pescoço De repente, eu sei exatamente o que eu tenho que fazer. “Corbin”, eu digo, engolindo de volta meu desconforto extremo. “Olhe para mim.” Ele faz. E, instantaneamente, seus olhos verdes penetrantes ficam suaves, perdidos em meu feitiço, assim como no campo de treino um dia antes. “Oh, Rayne”, ele murmura. “Você é tão bonita.” Eu desconfio que o Perfume de Vampiro induziu o seu elogio. Mata-me que eu tenha que fazer isso. Principalmente com ele, de todas as pessoas, cujos pais foram realmente assassinados por vampiros. Não que se ele estivesse em seu juízo perfeito, ele seria bom com nada disso. Mas, é claro, ele não estava em seu juízo perfeito. Ele estava completamente nocauteado pela minha sedução de vampiro. E, de repente, ele está me beijando. Seus lábios me atacando com uma fome, pelo qual eu não estou completamente preparada. E quando eu abro minha boca para protestar, sua língua invade, capturando-me, reivindicando-me, fazendo-me dele. Ele tem um gosto doce, como chiclete de menta. Ele é quente e pesado contra minha pele de vampiro fria. Quando ele pressiona todo o cumprimento de seu corpo contra mim, eu posso sentir a pulsação do seu coração batendo forte, duro, rápido, intenso. E quando ele toca em mim, seu toque é firme, com uma doçura subjacente que eu nunca teria previsto, a julgar pela sua fachada arrogante.

foram vampiros verdadeiros?”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Eu inspiro, perdida em seu cheiro de baunilha misturado com sândalo. Jareth, me perdoe, eu penso enquanto me rendo a sua paixão, beijando-o de volta com o mesmo fervor que ele está usando comigo. Eu tento me lembrar de que este é apenas um aperitivo, e não preliminares. Isso levará a uma refeição, e não a sexo. Ainda assim, é mais do que um pouco estranho encontrar-me dando amassos com alguém que definitivamente não é meu namorado. Ainda mais quando meu corpo responde tão avidamente ao seu toque. Mas, é claro, isso é apenas sede de sangue. Eu acho. Ele geme de prazer enquanto meus lábios deixam sua própria trilha de beijos pelo seu rosto, mordiscando a linha da sua mandíbula, em seguida, descendo para seu pescoço.

A ideia é mantê-lo seduzido e não assustado até que seu transe chegue ao ponto ideal.

Essa bela veia que vai salvar a minha vida. Meu corpo treme enquanto eu lambo sua pele

orvalhada, desesperada por seu gosto.

É isso. A primeira vez que eu mordo um ser humano. Não há como voltar atrás depois.

Minhas presas aparecem, ansiosamente, sem hesitação alguma. Elas cortam a pele delicada como se fosse manteiga amolecida, afundando-se dentro e perfurando a veia que permite que o sangue doce flua na minha boca ávida. Eu sugo, tomando bocados do sangue enquanto Corbin geme em êxtase, completamente perdido pela droga do Perfume de Vampiro. Este é o vampirismo antigo. Por isso que temos o perfume, para começar. Apesar de que agora só usamos para conseguir bilhetes de estacionamento, antes que os doadores fossem sancionados, era usado para seduzir as vítimas antes de serem drenadas. Eles oferecem seus corpos por vontade própria, sem imaginar que estavam prestes a ter suas vidas roubadas pelo maior desejo de seus corações. Eu bebo e bebo, a força da vida de Corbin fluindo através de mim em ondas quase orgásticas. Por que eu esperei tanto tempo para experimentar isto? É tão bom. Tão poderoso, rico, delicioso. Nada como o substituto nojento e vil que eu estive bebendo. Não há nenhuma

maneira que eu volte a fazer isso, agora que eu provei a coisa real Meus pensamentos são interrompidos pelo som desesperado do coração de Corbin,

batendo freneticamente no peito, e eu percebo que preciso parar agora antes que eu acidentalmente o drene. Com grande esforço, eu consigo retrair minhas presas.

A decepção é imediata e o desejo dentro de mim quase insuportável. Minha vítima cai ao

meu lado, quase instantaneamente desmaiando. Eu pressiono minha camisa contra a ferida no

seu pescoço, colocando pressão para parar o sangramento.

É então que o medo me encontra, batendo forte e rápido.

O que eu fiz? Como vou explicar isso quando ele acordar? Será que ele vai lembrar que eu fiz isso com ele? Será que ele vai me denunciar se ele lembrar? Ou apenas me matar?

Em pânico, eu o sacudo tentando despertá-lo de seu sono. Ele olha para mim com olhos

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

vidrados. “Deus, Rayne”, ele pronuncia indistintamente. “Você é maravilhosa.”

Maravilhosamente nojenta e horrível, eu penso comigo mesma. Então eu agito minha cabeça. Afinal, não haverá tempo suficiente para culpa depois.

fada. Uma fada

“Não tente falar”, eu digo para ele. “Você foi mordido por uma

desagradável e má. Você tem uma marca no seu pescoço”, eu acrescento. “Mas você vai ficar

bem.”

ele murmura. Então seus olhos rolam para trás de sua

cabeça e ele desmaia novamente. Eu deixo escapar um suspiro frustrado, rezando para que ele se lembre de minhas palavras quando acordar. Então percebo que estou respirando sem dor. Eu olho para a ferida no meu estômago, que

está completamente cicatrizada. A pele está lisa, como se não tivesse sido cortada em tudo. Eu balanço minha cabeça, incrédula. O sangue enganava. Eu estou completamente curada.

“Marca

fadas

tudo bem

”,

Embora

a que custo?

Eu olho para o pescoço machucado e inchado de Corbin, sentindo meu estômago doente. Tão nojento. Tão vil. Tão monstruoso. Quem poderia fazer uma coisa dessas com uma pessoa?

Eu poderia, eu acho. Eu fiz. Mas eu engulo em seco, forçando-me a não vomitar. Afinal, há sangue verdadeiro em meu estômago. Quem sabe quando eu teria a chance de me alimentar novamente. Quando você quiser, uma pequena voz dentro de mim me lembra. Ele é seu para lanchar

agora.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 12

Eu acordo na manhã seguinte novamente na minha cama do dormitório, totalmente e absolutamente faminta. Você pensaria que depois de todas as proteínas que bebi na noite

passada, eu poderia ter me saciado um pouco, mas, evidentemente, sem sorte. Eu queria mais sangue e eu queria muito. E eu não sei onde diabos eu iria conseguir.

eu deixei Corbin inconsciente na caverna e fui

Ontem à noite, após a

alimentação

procurar minha irmã e os outros Alfas. Peter correu de volta para a escola para chamar os médicos enquanto todos nós voltamos para a clareira, e cerca de vinte minutos mais tarde, eu os levei para a caverna para ajudar Corbin. Eu disse a eles que uma fada o tinha mordido e que ele tinha perdido muito sangue. Eles aceitaram minha história sem muitos questionamentos e o colocaram em uma maca para levá-lo de volta para a enfermaria da escola. Culpa rasga meu interior enquanto eu os observo levar o corpo flácido e sem vida para longe. O que eu fiz? E o mais importante, ele iria se lembrar, quando acordasse, que eu tinha feito

isso?

Eu desviei dos exames médicos, insistindo que eu estava bem, e voltando para o meu dormitório onde eu me revirei durante toda a noite, perguntando-me se Corbin estava acordando e quais seriam as implicações de minha mordida. Eu comecei a me convencer de que cada som fora da minha porta era a diretora vindo ativar o nano vírus por causa de meus erros. Que eu nunca mais veria a luz do dia. Mas ninguém veio e eu finalmente caí em um sono agitado, acordando somente pelo incessante canto dos pássaros esta manhã. Olho para a cama da minha irmã e vejo que está vazia. Ela estava dormindo quando eu retornei ao dormitório na noite passada e tinha se recusado a conversar mesmo depois que eu a cutuquei excessivamente. Eu estava morrendo de vontade de falar com ela sobre o que aconteceu para descobrir como a fada nos encontraram mas ela estava muito cansada, então eu a deixei dormir. E agora ela se foi. Eu iria encontrá-la na hora do almoço. Eu levanto da minha cama sentindo-me mais forte do que me sinto há dias e me olho no espelho mais próximo. Minha pele estava ruborizada, meus olhos estavam brilhantes, e meus lábios inchados e vermelhos. Mesmo minhas asas pareciam mais bonitas. Uau eu estava parecendo maravilhosa. Eu acho que não é nenhuma surpresa, considerando o jantar da noite anterior.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Memórias começam a inundar o meu cérebro e culpa corta em meu interior. Lembro-me dos olhos vidrados de Corbin. Seu pescoço suave. Seus lábios nos meus, beijando-me sem relutância. O que Jareth acharia se tivesse nos visto juntos? Quero dizer, ele provavelmente ficaria

feliz de certa forma por eu finalmente ter cedido e bebido sangue verdadeiro, afinal. Mas do jeito que aconteceu Okay, vamos apenas aceitar e dizer isto. Eu traí meu namorado.

Eu dei amassos em outro cara. Mesmo que ele fosse apenas um lanche da meia-noite.

Isso não era como uma boa namorada companheira de sangue deveria se comportar.

Eu balanço minha cabeça. Não, não, eu não posso pensar como um ser humano. Isto não

foi uma coisa sexual. Eu não queria dormir com ele. Eu só precisava beber. E se eu não o tivesse seduzido em primeiro lugar, ele nunca teria me deixado fazer isso. É por isso que os vampiros tem feromônios para começar. É tudo muito natural e normal e eu não devo me sentir culpada. Se eu não tivesse bebido, eu teria, simplesmente, morrido. E Jareth, tenho certeza, preferia me ver beijando um cara qualquer do que me ver morrer. Foi um beijo de autopreservação, isso é tudo.

Eu toco um dedo em meus lábios, ainda inchados por causa da boca de Corbin.

Um muito bom beijo de autopreservação

Eu balanço minha cabeça. Acabou. Já está feito. Siga em frente. E Jareth não precisava

saber.

Isso só acabaria machucando-o sem motivo, certo?

Se

ele apenas estivesse aqui

Eu

fecho meus olhos e imagino meu bonito namorado vampiro na minha mente. Então,

uma vez que eu tenho a imagem, eu mando um grito de socorro. Às vezes, eu posso alcançá-lo

desta forma um dos meus poucos poderes de vampiro.

O problema é que eu não sabia se esta coisa tinha chegado. E Jareth estava

provavelmente do outro lado do mundo. Será que ele poderia me ouvir quando eu o chamo? Infelizmente, o pedido de socorro só ia a uma direção, eu não tinha como confirmar. Depois de tentar algumas vezes, eu desisto e começo a vestir calças de moletom e uma camisa. As aulas da Escola para Caçadores não iam parar só por que eu tive uma experiência de quase morte. Esta manhã, nós iríamos ter treinamento em combate, seguido por aulas à tarde sobre

história dos Caçadores Inc. e Caçando Vampiros 201. Eu me pergunto se Corbin iria estar lá fora.

Eu me pergunto como eu irei encará-lo, se ele estivesse.

É mais um dia frio no campo de treino. Todos os estudantes estão reunidos juntos, tocando suas mãos, desesperados para se aquecerem. Exceto os Alfas, é claro, que tinham seu próprio aquecedor pessoal, um pouco abaixo do campo. Quando eu me aproximo, Mara me vê e acena.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Grata, eu vou em sua direção, sentindo os olhares invejosos dos outros alunos queimando em minhas costas. Eu acho que isso é o que deveria ser popular. Estranho.

“Ei, Rayne!” Leanna me cumprimenta, colocando uma mão enluvada em meu braço e me puxando para o seu círculo. Os outros me lançam sorrisos, ainda parecendo estressados e nervosos por causa dos acontecimentos da noite anterior. Vários deles têm cortes e hematomas nos rostos e provavelmente outros pontos também, debaixo de suas longas vestes vermelhas. “Como você está?” “Estou ótima!” Eu explodo. “Só um pouco com fome!” Espere, o que? Eu cubro minha boca com minha mão enquanto os outros me olham

confusos. Eu não tinha intenção de dizer isso. Eu queria dizer ferida, confusa, assustada. Por que

eu disse que eu estava ótima? Sem mencionar

“Hm, e assustada”, eu acrescento rapidamente, por que, de repente, eu me sinto muito assustada. Assustada do que esses alunos fariam se soubessem a verdade sobre o que eu realmente sou e o que eu fiz com o amigo deles. “Como está Corbin?” “Ainda na clínica”, Mara diz, tristemente. “Eles disseram que ele perdeu uma tonelada de sangue por causa da mordida das fadas.” Ela estremece. “Tão horrível. Eu não posso nem imaginar!” Okay, então eles acreditaram na coisa toda da mordida das fadas. Isso é bom.

aparentemente ficando presas em minha garganta. Eu estava tentando dizer que as fadas realmente o machucaram. Mas por alguma razão, eu não conseguia dizer a mentira. “Estas ”

Eu tento novamente, de repente, gelo nadando em minhas veias. Oh, Deus, o que há de

errado comigo agora?

“ acabaram completamente com ele”, Peter termina, prestativo. “Sem brincadeira.” “Você viu isso acontecer?” Varuka pergunta. Eu engulo em seco. “S-sim”. Eu consigo dizer, então calo minha boca, forçando-me a parar de falar, depois disso. Por que o que eu quero dizer, por alguma louca razão, é que eu não só vi isso acontecer, mas eu mesma fiz isso. O que diabos está errado comigo? “Eu irei visitá-lo após o treino”. Eu deixo escapar, tentando desesperadamente encontrar uma maneira de mudar de assunto. “Para ver como ele está indo.” Felizmente, o Sr. Klaus escolhe esse momento para apitar e começar a aula. Aliviada, eu tomo meu lugar no campo. Desde que Corbin está fora de serviço, Peter toma seu lugar como meu parceiro. “Então o que realmente aconteceu na noite passada.” Ele pergunta, rodeando-me, e acenando com sua estaca perigosamente em suas mãos. “Corbin contou que ele foi mordido por

fadas

com fome

“Sim, estas fadas realmente

Eu começo a dizer, então eu paro, minhas palavras

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

uma fada e que você o arrastou para a segurança.” Eu tento acenar. Eu realmente, realmente, REALMENTE tento acenar com minha cabeça. Mas ao invés disso eu me encontro agitando um não. De repente, eu me lembro da minha pesquisa sobre as fadas. Como alguns Sidhe incluindo a mim, evidentemente são completamente incapazes de dizer uma mentira. Oh, Deus, isso ia tornar as coisas difíceis.

“Não?” Peter mexe sua cabeça em questionamento. “Não foi assim que aconteceu?” Ele espeta sua estaca em minha direção, mas eu o bloqueio facilmente. Ele não é tão bom como Corbin em técnica, graças a Deus.

Oh, Deus, eu tenho que descobrir uma maneira de dizer isso direito. “Uma fada

me atacou. Então, ele me salvou de seu ataque. Estávamos ambos

Aí está. Isso era tecnicamente verdade. Mesmo que seus ferimentos fossem, assim, completamente insignificantes comparados ao que ele sofreu depois em minhas mãos er, presas. “Então ele foi mordido?” Peter pressiona. Felizmente, ele não disse „por uma fada‟, pois assim eu consigo assentir, neste momento. “Eu acho que o que está realmente me incomodando”, ele acrescenta. “é a coisa toda da mordida de fadas. Afinal, eu sou especialista em estudos sobre fadas aqui em Riverdale. E eu

nunca li nada sobre elas beberem sangue. Elas podem ter presas, com certeza, mas é para sugar o suco das frutas que produzem néctar ”

não sei”, eu consigo dizer. “Eu não sei muito sobre fadas.” Embora eu pareça estar

aprendendo um pouco mais a cada segundo. Como, por exemplo, o fato que parece ser impossível para elas mentir. “Vamos lá, garotas!” Sr. Klaus diz. “Esta não é a casa da mamãe. Derrubem já seus parceiros!” Peter faz seu movimento, seu pé batendo em meu peito. No entanto, sua técnica é pobre e

ele não é tão forte. Eu consigo ficar em pé e agarrar sua perna, empurrando-o para trás

“Eu

Eu

feridos.”

“Eu

atravessando todo o campo!

Droga! Eu assisto horrorizada enquanto ele flutua pelo ar e pousa em sua bunda, muito, muito longe no campo para que possa se explicar racionalmente. Eu fiz isso? Eu quase não toquei o cara. Olho ao redor do campo, ansiosamente, mas felizmente ninguém parece prestar muita atenção. Ninguém, exceto Peter, claro, que está tentando se levantar, segurando sua bunda em

agonia. Eu corro para ajudá-lo. “Ugh. Desculpe por isso!.” Eu grito, ajudando-o. Ele olha para mim, uma expressão de choque em seu rosto.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Maldição”, ele diz. “Corbin disse que você era boa, mas eu não tinha ideia sua cabeça em descrença. “Você é a maldita super-mulher.”

Eu me encolho. “Às vezes, eu não conheço minha própria força.” Verdade! Peter levanta e limpa suas costas, então se vira para mim. “Eu acho que está bom por hoje”, ele resmunga, em seguida, vai até o treinador.

” Ele balança

E eu posso ouvi-lo, mesmo de longe, pedindo um passe para a enfermaria.

Eu também posso ouvir os sussurros dos outros alunos enquanto eles olham furtivamente em minha direção. Ótimo. Em dois dias, enviei dois Alfas para a enfermaria. E este último eu nem

sequer podia ser responsabilizada. Quer dizer, eu sou boa, mas não tão boa assim. Isso é como, bons poderes de vampiro. E você sabe que eu não tenho Um pensamento me impulsiona com a força de um caminhão de dez toneladas. Poderes de vampiro. E se eles estavam vinculados com o fato de beber sangue? E se, finalmente, por eu ter bebido de um ser humano, eu consegui de volta todas as coisas que eu tinha perdido? Na verdade, isso faz todo sentido. Por que Jareth conseguiu seus poderes de volta logo após eu ter pegado o vírus do sangue e eu não consegui. Talvez a chave esteja no sangue. Ao beber sintético, eu me mantive fraca.

Talvez, só talvez, eu

consiga descobrir uma maneira sobrenatural para tirar minha irmã e eu do inferno que é a Escola para Caçadores. Um sorriso aos poucos se espalha por todo o meu rosto. Eu tenho que encontrar Sunny!

E se eu tiver poderes de vampiro

e poderes de fada, também

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 13

A hora do almoço parece demorar uma eternidade para chegar, mas eu finalmente ouço o

toque do sino da igreja e faço uma corrida louca até a cafeteria, animada para contar a Sunny o que eu descobri. Eu aposto que ela está surtando por causa da noite anterior. Assustada, desamparada, sozinha

conversando animadamente com Lilli e Amber e Evelyn, com um grande sorriso em

seu rosto. Eu balanço minha cabeça em confusão. Eu esperei vê-la em estado de choque, em pânico, ou talvez até um pouco em estado comatoso. Estresse pós-traumático era o mínimo que eu esperava. Afinal, nós quase perdemos nossa vida para as fadas malvadas que teimam em nos abduzir. Mas ao invés disso, minha irmã estava radiante, parecendo tão feliz como se tivesse acabado de ser coroada rainha do baile. “Rayne!” Ela grita com entusiasmo, batendo no assento ao lado dela. “Vamos, sente-se conosco!” Eu dou a volta na mesa, sentindo-me completamente confusa, e sento. “Como você está se sentindo, Sun?” Eu pergunto. “Estou ótima!” Ela grita. “Na verdade, eu fui promovida da classe infantil. Não mais garotos de doze anos para mim! O professor disse que eu melhorei tanto que eu serei colocada em sua classe a partir de amanhã. Não é demais?” “É um pouco estranho, para ser honesta”, eu digo. Por que eu ainda estou comprometida com aquela coisa de não mentir. “Como você fez ” “Oh, meu Deus! Aí está Peter! Ele é tãooo fofo!” Sunny interrompe, excitada. Todo mundo se vira para o Alfa, que manca até a mesa para se juntar as meninas. Ele atira-me um olhar sujo e se afasta. Sunny se vira para suas amigas. “Ele totalmente salvou a minha vida na última noite das

fadas malvadas que estavam tentando nos matar”, ela diz. “Querem ouvir a história?"

É claro que todas queriam. Então eu fico sentada, completamente perplexa, enquanto ela

começa a contar sobre nossa noite como se fosse um filme muito legal de Michael Bay. O que há de errado com ela?

Ela deveria estar muito assustada e ainda assim ela está contando tudo como se tivesse sido uma grande aventura. Será que ela tem alguma ideia de que eu quase perdi a minha vida na briga? Que eu tive que praticamente vender minha alma ao diabo para sobreviver a esta experiência?

Ou

Eu acho que ela não tinha, mas ainda assim “Então Peter pulou na frente da criatura e ”

alguma coisa sobre isto não estava certo.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

E o que é essa coisa com Peter? Por que, de repente, ela está aficionada pelo Alfa? Quero dizer, ainda ontem a garota não conseguia sair da cama por que ela ficaria longe de seu namorado por muito tempo. Ela não pode agora, de repente, está apaixonada por outro cara, pode? Deus, se for o caso, Hamlet estava certo sobre a fraqueza moral das mulheres. Pobre Magnus. “E olhe para ele agora, todo machucado e tudo mais. Tudo por que ele estava me protegendo”, Sunny diz e suas seguidoras suspiram, sonhadoramente. “Eu vou para lá. Talvez uma massagem nas costas faça com que ele se sinta melhor.” E sem mais delongas, minha irmã levanta da mesa, indo em direção dos Alfas. Ela cobre os olhos de Peter com uma espécie de “adivinha quem é”. Ele se vira, a vê, e começa a rir. Sentando-se na cadeira vazia ao lado dele, ela começa a esfregar seus ombros. Eu só balanço minha cabeça em descrença. Quem é essa menina e o que fizeram com a minha irmã? Meu estômago ronca arrastando minha atenção para longe do flerte de Sunny e voltando para meu próprio problema muito mais preocupante. Eu engulo em seco, tentando ignorar meu vazio interior, que cresce a cada minuto. Se eu não tivesse provado uma vez, tenho certeza que conseguiria ficar faminta um pouco mais. Mas agora que eu tinha provado agora que eu sei o que estava perdendo eu estava tendo muita dificuldade para controlar minha sede de sangue. Bem, isso vai ter que esperar. Não é como se tivéssemos um grupo de doadores ao redor da escola para caçadores “Rayne! Aí está você. Eu a tenho procurado por todo lado!” Eu olho para cima e vejo Corbin em pé na minha frente, todo vestido de preto, exceto pela atadura branca no pescoço. Seus olhos esmeralda olham para mim com um desejo sem defesas. Minha mente volta para a noite passada na caverna meus lábios em sua garganta, sugando seu doce e viscoso sangue enquanto ele gemia em êxtase. Meu rosto ruboriza e meu estômago ronca com a memória. Oh, Deus, isso não é bom. Eu preciso levantar e ir embora. Agora. Antes que seja tarde demais. Corbin estende sua mão. Eu encontro-me estendendo a mão e segurando a sua. Sua pele é quente e convidativa. Ele coloca seus dedos ao redor dos meus e me puxa para meus pés. “Venha comigo, Pequena Caçadora”, ele ordena em uma voz que não deixa margem para discussão. E, contra todo o meu melhor julgamento, eu faço o que ele disse.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 14

Saímos da cafeteria e vagamos pelo caminho de paralelepípedos, de mãos dadas, em torno dos edifícios em direção da floresta. Corbin não diz nada, apenas aperta minha mão, e meu coração bate violentamente em meu peito enquanto ele me puxa para junto dele. Eu não deveria estar fazendo isso eu sei aonde isso vai onde ele está indo. Agora que eu provei do fruto proibido, eu não seria capaz de parar a mim mesma de dar outra mordida, dada a oportunidade. E ficar sozinha com ele na floresta? O cara poderia estar muito bem enrolando seu pescoço em fitas e colocando-se sobre a árvore de Natal. Apenas o que eu sempre quis! Eu sei que eu deveria correr gritando da floresta e nunca mais olhar para trás. Eu deveria dizer-lhe que nunca mais queria vê-lo novamente e que é melhor mantermos distância de agora em diante. Mas eu não consigo. Não há nenhuma maneira. Não quando ele estava disposto a me oferecer a única coisa que eu precisava mais do que tudo, embora eu saiba que a última coisa que eu deveria fazer é aceitar. “Então, hm, como você está se sentindo?” Eu pergunto, tentando parar o desejo que brotava dentro de mim com uma conversa casual. Ele dá de ombros. “Melhor, eu acho”. Encontra um tronco caído no meio de uma clareira, e se senta sobre ele, gesticulando para que eu faça o mesmo. Sento-me, o mais longe possível dele, mas é claro que ele encurta a distância entre nós imediatamente. Senta-se tão perto que nossas coxas se tocam. Eu me contorço com uma mistura de fome e desejo. Eu odeio como eu sou atraída por ele. Faz-me sentir desleal com Jareth. É claro, novamente, que não é como se eu estivesse me apaixonando por Corbin. Eu só queria o que ele podia me dar. Mas ele obviamente se sentia um pouco diferente, aproximando-se e levantando meu queixo com sua mão e virando minha cabeça para que nossos olhos se encontrassem, nossos lábios há apenas escassos centímetros de distância. “Eu queria agradecer a você”, ele diz com sinceridade. “Por salvar minha vida na noite passada.” Oh, Deus. Eu balanço minha cabeça, culpa assaltando-me de todos os ângulos. Ele acha que eu o salvei! Quando, ao contrário, eu fui a pessoa que, acidentalmente, quase acabou com sua vida junto com minha inocência.

“Eu

realmente não ajudei muito”, eu digo. Verdade.

“Eu tinha perdido muito sangue”, ele continua, sem me escutar. “Se você não tivesse me

“Eu só queria que você soubesse que eu sinto muito por atormentá-la antes. Eu sou um idiota, às

arrastado para aquela caverna

Ele sacode sua cabeça. “Não importa”, ele diz, com firmeza.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

vezes. Você é uma pessoa melhor do que eu e agora eu estou eternamente em dívida”. Legal. Então que tal um gole de Eu balanço minha cabeça. Eu sinto que estou ficando louca aqui. “A coisa toda é tão estranha”, ele continua, tocando em seu pescoço enfaixado. “Por que as fadas estavam aqui? O que elas queriam? Por que elas tomaram meu sangue? Os guardiões que me interrogaram mais tarde disseram que as fadas, raramente, talvez nunca, tomam sangue mortal. A maioria deles é uma espécie vegetariana do outro mundo. Preferindo néctar e outras coisas encontradas na natureza”. Eu mordo meu lábio inferior. “Bem, talvez eles tiveram, de repente, um Ataque Mac?” Eu sugiro, referindo-me ao velho comercial do McDonald‟s. Eu acho que eu poderia ir longe com esta “verdade” por que, honestamente, eu não sei o que se passava na cabeça das outras fadas. Inferno, talvez um deles ESTIVESSE desejando Big Mac‟s enquanto caíam sobre nós. Você nunca saberia. Corbin dá uma risadinha. “Bem, de qualquer maneira, os cientistas limparam meu pescoço e estão avaliando a saliva. Esperemos que eles possam descobrir pelo DNA, já que a maioria das fadas foi catalogada no banco de dados dos Caçadores Inc. depois da Revolta da Terra das Fadas em 2002. Talvez, desta forma, possamos descobrir que reino foi responsável pelo ataque.” Eu olho para ele com horror. Teste de DNA nas fadas? Isso não é bom. Quer dizer, com certeza, eles não encontrariam meu DNA no banco de dados das fadas. Mas e se descobrirem durante os testes que esta fada em particular também é um vampiro? Isso colocaria todo o local em alerta vermelho. Parecia como uma ideia boa na ocasião. Beber de Corbin, curar-me, apagar sua memória para que ele nunca saiba o que o mordeu. Mas eu deveria saber que eles nunca deixariam por isso mesmo. Não em uma escola cheia de operações dos Caçadores Inc. E com uma sede de sangue em desenvolvimento, sem mencionar um par de asas em expansão e a súbita incapacidade de contar uma mentira, eu não seria capaz de manter meu perfil baixo por muito tempo. “Não se preocupe”, Corbin diz, evidentemente pegando uma dica do grande pânico em meu rosto. Ele se aproxima e aperta minha mão. “Eu tenho certeza que não é grande coisa.” Ele coloca minha mão em seu rosto e esfrega minha palma contra sua bochecha com barba por fazer, fazendo com que meu estômago comece a roncar. “Eu estou bem, você está bem isso é que é importante.”

“Eu realmente não estou muito bem,

para ser honesta!” Eu deixo escapar, minha voz trêmula assumindo um tom um pouco histérico e esganiçado que me faz soar como minha irmã. Eu preciso levantar e ir embora. Agora. Antes que seja tarde demais. Eu começo a me levantar, mas Corbin agarra minha mão com mais força.

Sua pele é tão quente. Tão

viva

Tão humana

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Por favor.” Ele sorri maliciosamente, capturando meus olhos com seus próprios faiscantes verdes. “Você é muito legal, garota. Na verdade, você está absolutamente linda. Eu já te disse o quão bonita eu acho que você é?” Claro. Um pouco antes que eu o mordi e quase drenei metade de seu sangue. Um momento que eu provavelmente serei obrigada a repetir, se você não me deixar ir embora neste exato momento. Mas eu não posso dizer isso. E eu não posso mentir. Então eu fico sentada lá, indefesa em silêncio, sofrendo miseravelmente enquanto eu olho para seu pescoço. Corbin, é claro, aceita isso como uma dica, inclinando-se, fechando seus olhos, separando seus lábios Eu o empurro para trás, quase o derrubando no processo. Oops. Maldita força dos vampiros. Seus olhos se abrem, aborrecimento misturado com triste confusão. “O que?” Ele pergunta. “Você não gosta que eu beije você?” Diga que não! Tudo dentro de mim grita. Diga-lhe que prefere que sejam apenas amigos! “Sim”, eu digo em voz alta. Por que, infelizmente, essa é a verdade. Agora se ele me perguntasse se eu queria que ele me beijasse ou se ele deveria me beijar ou se eu desejava que ele me beijasse novamente, eu poderia ter tido uma chance. Mas se eu gostava do seu beijo? Deus, sim. Ele sorri preguiçosamente e se inclina para frente novamente. A eletricidade entre nós estala e eu me afasto alguns centímetros. Qualquer coisa a mais e eu iria acabar caindo completamente. “Então me conte sobre seus pais”, eu deixo escapar, desesperada por uma mudança de tema. “Os outros Alfas me disseram que um vampiro os matou?” Ele geme, inclinando-se para trás no tronco. “Uau. Okay, murmúrio assassino 12 .” Eu faço uma careta, como se não fosse aquilo exatamente o que eu queria que acontecesse. “Desculpe.” “Está tudo bem”. Ele passa suas mãos por seu cabelo negro. “Meus pais eram jovens. Eles me tiveram quando tinham apenas dezoito anos. Obviamente, não foi proposital.” Ele atira-me um sorriso e dá de ombros. “Enfim, foi duro para eles. Mamãe teve que abandonar a faculdade e os dois acabaram indo morar com sua mãe minha avó. Papai trabalhava em dois empregos para poder pagar as contas. Basicamente, eles tiveram que crescer muito rápido. Rápido demais, eu acho.”

“Quando eles queriam sair à noite, vovó se voluntariava para ficar de babá. E eles

tentavam compensar o tempo perdido, você poderia dizer. Eles iam para todos esses bares góticos e clubes de fetiche procurando uma emoção adulta que iria fazê-los esquecer as fraudas sujas e as mamadas noturnas. E um dia eles descobriram o Blood Bars.”

bem,

12 Do original, Buzzkill, que significa algo que arruína um evento de uma forma desagradável.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Eu engulo em seco. Oh, Deus, eu podia ver onde isso ia dar e não soava bem. “Veja bem, eu não soube disso no momento”, Corbin acrescenta. “Eu era apenas um garoto, na maior parte fui criado por minha avó, que era maravilhosa, bondosa e amorosa. Na verdade, eu não descobri o que realmente aconteceu com meus pais até que vovó morreu alguns anos atrás. Eu estava escondido no sótão durante seu funeral eu não aguentava todas aquelas pessoas falsas ao redor, fingindo estarem tristes ao mesmo tempo em que enchiam suas caras com comida. Eu achei o diário da minha mãe escondido em uma viga.” Eu penso em meu próprio diário e imagino minha filha tropeçando com ele um dia. O que ela pensaria sobre todas as minhas aventuras? Então, novamente, eu percebo que sou uma vampira. Eu não tenho certeza se posso procriar. O pensamento me deixa um pouco triste.

Eu forço minha atenção de volta para a história de Corbin. “Eu não sei se você estudou sobre o Blood Bars em uma de suas lições”, ele continua. “Mas eles são, basicamente, um tipo de clube de fetiche, onde os humanos se inscrevem voluntariamente para serem sugados pelos

vampiros.” Ele faz careta. “Eles vão para estas salas

para, estremecendo. “É tão nojento, Rayne. Eu não sei como alguém iria se oferecer para algo assim, eu nunca faria algo assim, o que estas pessoas fazem.” O olhar indignado em seu rosto me faz sentir a pior pessoa do mundo. Deus, o que eu fiz?

Meu estômago nada em náuseas. “Enfim, quando cheguei em Riverdale, consegui fazer mais algumas pesquisas. Os Caçadores Inc. realmente tem um arquivo sobre o caso. Segundo eles, em uma noite no Blood Bar um vampiro estava com muita fome e não foi capaz de parar de se alimentar de minha mãe. Drenou sua vida enquanto meu pai assistia impotente em um canto. Quando ele percebeu o que estava acontecendo, ele tentou atacar o vampiro.” Corbin ri amargamente. “O que saiu tão bem quanto poderia se esperar. O vampiro em questão o matou e fugiu, nunca se ouviu falar nele novamente.” Ele sacode sua cabeça. “Os Caçadores Inc. invadiram o Blood Bar e o fecharam, mas além da fita de segurança que documentava o assassino, não havia outras provas. É ainda um caso aberto. Não solucionado.” “Então você decidiu se juntar aos Caçadores Inc.”, eu concluo. “Minha avó morreu quando eu tinha doze anos. Seis anos depois que meus pais tinham sido mortos. Os Caçadores Inc. apareceram no cemitério e me convidaram para treinar. Eu estava mais que disposto.” Ele aperta suas mãos em punhos. “Eu mal posso esperar para me graduar e rastrear o vampiro que matou meus pais. Ele vai desejar nunca ter nascido.” Sua raiva é tão feroz, tão crua, que de repente eu estou com medo. Eu tento me levantar do tronco, mas ele agarra meu braço novamente, puxando-me de volta para perto dele. “Não vá”, ele implora. “Não depois que eu compartilhei isso com você. Você é a única

Ele para, olhando-me, impotente. “Agora estou me sentindo um pouco

em pânico, para ser honesto.”

pessoa que eu contei e

e esperam que o vampiro venha

Ele

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Oh, Corbin”, eu digo, meu coração sentindo por ele. Ele age de um modo duro e arrogante do lado de fora, mas ele está escondendo tanta dor. Eu me aproximo e dou-lhe um abraço reconfortante. É todo o convite que ele precisa. Ele pega minha cabeça em suas mãos e me atrai para ele, clamando minha boca com a sua. Há tristeza frenética em seu beijo esmagador. Uma necessidade de escapar das lembranças que ele há muito tempo enterrou dentro de si. Mas eu não posso fazer isso. Não importa o quanto eu queria ajudá-lo. Eu sou essa garota. Aquela que mente, engana e trai. Eu pertenço a Jareth agora. E isso significa algo para mim. Então eu esforço para me libertar, mas seu aperto é forte e desesperado e até mesmo minhas forças de vampiro não estão ajudando muito aqui. Suas mãos se atrapalham em minha blusa e eu tento afastá-lo. Tudo que posso imaginar é Jareth, entrando na clareira, desapontamento e horror em seu rosto quando ele me vê e não entende. Preciso acabar com isso. Agora. “Corbin, pare!” Eu imploro. Mas ele não para. Ele está perdido em seu mundo de dor e raiva e eu sinto uma lágrima quando ele consegue rasgar minha camisa. Eu engulo em seco. Há apenas uma maneira de para-lo agora. Afastando minha culpa, minhas mãos puxam seu curativo, rasgando de seu pescoço. Minhas presas deslizam para fora da minha boca e afundam em sua carne E, então, começa. A corrida do doce metálico que quase me coloca em êxtase. O sangue inunda minha boca ansiosa e eu trago gole após gole, o mais rápido que eu posso. Eu estou quente, eu estou completa. Eu sou tudo o que eu sempre quis ser em toda a minha vida.

Ele está gostando disso tanto quanto eu talvez até mais. O mesmo cara que, minutos antes, declarou que seus pais eram monstros doentes e ele apreciava a mesma coisa que condenava. Isso não era tão bom. Eu sinto sua força de vida batendo dentro de mim. Tão forte, obstinado e poderoso, como o próprio Corbin. Pergunto-me como os vampiros de antigamente faziam para drenar suas vítimas até secar. Beber alguém completamente - não poderia haver nada mais delicioso. Um momento depois, obrigo-me a retrair minhas presas, embora eu ainda esteja desesperada por mais. Entre ontem e hoje, Corbin perdeu uma quantidade enorme de sangue e outro gole provavelmente iria matá-lo. E então eu serei tão culpada quanto o vampiro que matou seus pais. Eu não sou assim. Eu nem sequer bebo sangue humano. Eu sou um vampiro vegetariano. Ou, pelo menos, eu era. De repente, eu percebo que nunca vou voltar para o sintético novamente. Não agora que eu senti o gosto da coisa real. Na verdade, tudo que posso imaginar, mesmo agora que estou

“Oh, Deus”, ele geme debaixo de mim. “Oh

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

fervendo com sangue, é quando serei capaz de tomar minha próxima bebida. Eu me sinto um pouco mal do estômago. Corbin cai no chão da floresta, ofegando e tremendo. Culpa lava sobre mim quando olho para baixo em direção de sua estrutura tremente. Desapareceu o poder, a arrogância e a raiva eu suguei tudo para fora dele deixando apenas uma sombra de si mesmo. Mas ele vai se recuperar em breve, eu asseguro-me, e ele não terá nenhuma lembrança de qualquer coisa que aconteceu. E ele pode seguir com sua vida com a mesma indignação hipócrita, se graduar na Escola para Caçadores, se tornar um caçador completo, e conseguir sua vingança contra a espécie dos vampiros. E eu vou levar seu segredo para o túmulo.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 15

Eu passei a maior parte da noite, sentindo-me alta pelo sangue e culpada como o inferno, totalmente incapaz de dormir. Fico pensando em Corbin e esperando que ele esteja bem. Depois

lanche, eu consegui substituir seu curativo enquanto ele recuperava a

consciência. Ele ainda meio grogue cambaleou em direção da escola, dizendo que ele não estava se sentindo bem e que precisava de uma soneca. Eu o sigo distante, certificando-me que ele volte bem, embora eu não tenha certeza do que faria se ele caísse na minha frente. Arrastá-lo de volta para a enfermaria? Eles me perguntariam o que aconteceu e, com minha atual incapacidade de dizer mentiras, o questionamento poderia ser muito bem minha sentença de morte. Felizmente ele conseguiu chegar em casa e eu voltei para meu próprio quarto bem, sentindo nojo de mim mesma. Eu nunca, em um milhão de anos, quando me inscrevi para me tornar uma vampiro esperei que as coisas acabassem assim. Eu esperava me tornar uma princesa toda poderosa da noite, viver no luxo ao lado de um quente companheiro de sangue. Não um monstro nojento que roubava o sangue de pessoas inocentes e, em seguida, usava magia para encobrir. Tudo parecia tão perfeito naquela época tão inócuo: vampiros modernos, vivendo civilizadamente em convenções pacificas, bebendo sangue doado como se fosse vinho fino.

Mas o que eu não aprendi na escola para vampiros é que debaixo da superfície oh-tão-

do meu pequeno

plácida existe algo muito mais sombrio. Não importa o que as empresas de RP tentem dizer para você, os vampiros não são “exatamente como nós”. E independentemente das regras rígidas colocadas em prática por organizações como Caçadores Inc., o monstro interior ainda está a espreita, pronto para levantar sua cabeça feia a qualquer momento. Eu lembro que não entendia o desespero de Sunny quando Magnus a tornou uma vampira por engano. Afinal, o que poderia ser tão horrível sobre o dom da vida eterna? Mas agora eu me pergunto se ela talvez tenha sido inteligente o tempo todo. E se eu tivesse sido tão seduzida pela glória e glamour que eu ignorei o mal por debaixo disso tudo?

E agora é tarde demais. Eu sou uma vampira. Uma besta sanguessuga. Pela eternidade. E

não há nada que eu possa fazer sobre isso. Queria tanto que Jareth estivesse aqui. Ele saberia o que fazer. Não que eu fosse uma donzela indefesa em perigo que dependia de uma cara, se você estivesse pensando isso. Mas, às vezes, é bom ter um suporte. Falando em Sunny, onde diabos ela estava?

É quase madrugada e ela ainda não estava em sua cama dormindo. Deus, eu espero que

ela não tenha nenhum problema com o toque de recolher. Minha mente volta para a diretora

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Roberta arrastando o saco de cadáver pela estrada e eu estremeço. Assim que decido sair e procurar por ela (não que eu estivesse prestes a dormir, de qualquer jeito.) a porta do quarto do dormitório se abre e Sunny desliza para dentro na ponta dos pés.

“Onde diabos você esteve?” Eu exijo, apontando para o relógio, que marcava atualmente 4:45 da madrugada. “Eu estava preocupada.” Assustada, ela dá um gritinho. Então ela começa a rir. “Você me assustou!” Ela diz, rindo e estatelando-se na cama. Eu enrugo meu nariz. Ela cheirava mais do que um pouco madura. Será que ela realmente passou a noite acordada? “Sim, bem, você me assustou. São quase cinco horas da manhã, eu estava prestes a

mandar uma equipe de busca.” Percebo que ela ainda está vestindo a mesma roupa do dia anterior. Se fosse qualquer outra pessoa, isso seria chamado de “caminhada da vergonha”. Mas era de Sunny que estávamos falando. Minha irmã. Inocência com um enorme “Eu transei com Aiden”, ela anuncia, animadamente. “Oh, meu Deus, ele é tão sexy.” Eu levanto na cama. “Você o quê?” Eu grito. “Você não quer dizer que você realmente ?

Eu pensei que era Peter por quem você estava

minhas entranhas, não sabendo que pergunta eu faço primeiro. “E Magnus, Sunny? Você está

dizendo que

Eu sinto as paredes da realidade batendo em mim. Poderia ser verdade? Poderia minha irmã, depois de tanto tempo de espera, ter dado sua virgindade para algum cara qualquer na escola para caçadores? De jeito nenhum. De nenhum maldito jeito. Isso tem que ser algum tipo de piada. Com sua silhueta na luz da nossa janela, Sunny dá de ombros, divertida. “Magnus? Quem é Magnus?” Ela diz, com uma risadinha. “Você está brincando comigo?” Eu exijo. “Você esteve sentada aqui durante dias, praticamente em coma por que você não podia entrar em contato com o cara. Falando mais e mais sobre como você ia morrer sem ele. E agora você está me dizendo que você transou com um colega qualquer e pretende fingir que ele não existe?” Eu balanço minha cabeça, incrédula. “Olha, eu estou entediada. E uma garota tem necessidades, você sabe”, ela responde de mau humor. “Sunny, eu conheço você desde que você saiu do maldito ventre. E você nunca teve „necessidades‟”, eu lembro a ela. “Sem mencionar que você me disse um bilhão de vezes que queria que sua primeira experiência fosse especial.” Eu bufo. “Então foi especial, Sun? Transar com Aiden foi tudo que você queria e muito mais?” Sunny parece um pouco surpresa. Mas ela se reanima. “Foi ótimo”, ela retruca. “Absolutamente fantástico. Eu mal posso esperar para fazê-lo novamente.”

Eu paro, confusão e horror rodopiando em

?”

o traiu?”

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Eu posso sentir as lágrimas vindo aos meus olhos e eu não tenho certeza do motivo. Afinal, eu tinha tentado que ela fizesse isso por anos. Eu deveria estar feliz que ela finalmente tinha conseguido fazer, pelo amor de Deus. Mas, ao invés disso, eu só poderia pensar nos olhos tristes de Magnus. Se ele soubesse disso, iria acabar com ele. Absolutamente acabar com ele. Sunny olha para mim e faz uma careta. “Oh, você é tão hipócrita, não é?” Ela diz com desdém. “Você acha que é a única que pode se divertir por aqui?” “Desculpe?” “Não aja toda inocente comigo. Eu já ouvi tudo sobre seu encontro com Corbin na floresta”, ela diz. “E todo o campus. Você não tem um namorado que você supostamente está traindo também?” Oh, Deus. Medo bate em meu coração. As pessoas nos viram? Isso não é bom. E se eles somarem dois mais dois e “Sim, eu achei que fosse assim”, Sunny acrescenta, presunçosamente, tendo meu silêncio como uma admissão de culpa. Eu decido que precisava explicar as coisas. Afinal, eu não tinha ninguém para contar. Eu engulo em seco e sustento-me na cama. “Sunny, eu queria contar a você. Estou na pior situação de todas”, eu digo, sentindo lágrimas brotarem em meus olhos. Blah. Eu odeio chorar. Especialmente já que os vampiros choram sangue. Num piscar de olhos, minha irmã está ao meu lado na cama, olhando para mim com olhos culpados. “O que está errado, querida?” Ela pergunta. Eu respiro um suspiro de alívio. Mesmo com todas as esquisitices de garoto, de repente, ela ainda era a Sunny gentil e atenciosa de sempre.

bebi seu sangue”, eu consigo dizer de uma vez. A necessidade de admitir isso

em voz alta estava sendo construído como um vulcão, desesperado para entrar em erupção. “Eu

bebi tanto que acho que quase o matei”.

“Eu

Eu

Sunny olha para mim, um olhar horrorizado em seu rosto.

“O que? Por que você

?”

“Eu sei, eu sei”, eu lamento, desmoronando de volta na minha cama e olhando para o teto. “Mas eu sou uma vampira, Sun. E eu estava morrendo de fome durante todo esse tempo, não tendo qualquer substituto de sangue no campus. Eu me feri durante o ataque das fadas e eu precisava de algo para me ajudar a curar rapidamente antes que alguém me levasse para a enfermaria e descobrisse que eu não era humana.” Eu aperto meus olhos fechados e então os abro novamente. “Era para ser apenas uma única vez. Mas então Corbin me levou para a floresta

Eu engasgo com minhas lágrimas. “Eu não consegui evitar.” Sunny se aproxima e alisa meu cabelo, olhando para mim com olhos preocupados. “Pobre menina”, ela diz. “Isso deve ter sido horrível para você.”

e

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

“Por favor. Eu gostaria que tivesse sido. Eu gostaria que fosse repugnante, horrível e desagradável e eu nunca quisesse fazer novamente. Mas, ao invés disso, foi incrível. Melhor do que sexo. Eu fiz tudo que pude para não drenar o cara completamente.” Eu fecho minhas mãos em punhos, fazendo uma careta. “Eu não sei o que há de errado comigo.” “Bem, isso soa como se você fosse uma vampira”, Sunny diz, simplesmente. “E é isso o que os vampiros fazem: Eles bebem o sangue das pessoas. Está na sua natureza. Como você pode lutar contra isso?” Eu deixo escapar um suspiro frustrado. “É tão ridículo. Agora eu sou uma vampira, caçadora de vampiros, e me tornei uma fada para terminar. Descobri hoje que não posso mais mentir. Literalmente, não posso dizer nada mais do que a verdade. Isso não é louco?” Sunny olha para mim, terror escrito em seu rosto. “Sim”, eu admito. “A coisa de fada ainda está acontecendo. Eu nunca deveria ter ido e beijado meu cotovelo assim. Eu sou uma idiota.” Sunny abre a boca para dizer alguma coisa, mas naquele momento, os sinos da igreja começam a tocar lá fora. Eu olho para ela e ela dá de ombros. Um momento depois, ouvimos alguém conversando do outro lado da nossa porta. Eu saio da cama e espreito pela janela para ver os estudantes, em massa, correndo em direção da capela. “É um pouco cedo para a igreja”, eu observo. Sunny se junta a mim na janela. “Sem falar, que hoje não é domingo.” Uma batida repentina na nossa porta nos assusta. Nós viramos. Lilli espreita pela porta, carregando sua garrafa de Kool-Aid. “Reunião obrigatória na capela”, ela nos informa. “Vistam-se e cheguem lá rapidamente.” Dez minutos depois, estamos sentadas em um dos bancos da parte de trás. O lugar está cheio de estudantes, todos sussurrando uns para os outros, tentando descobrir o motivo de serem convocados no início da madrugada. Meu coração bate rápido no meu peito e minhas mãos estão tremendo enquanto eu olho para o púlpito ainda vazio. Como uma vampira, colocar os pés em uma igreja já me dá sintomas gripais. Adicione isso aos meus temores crescentes acerca do tema da reunião e eu estou uma confusão. Eu sinto um movimento e me viro para ver Corbin deslizando no banco ao meu lado. Os outros Alfas sentam-se na fileira de trás. O curativo de Corbin está recentemente refeito e ele parece anêmico. Mas pelo menos ele está vivo. “Ei, querida”, ele murmura, colocando suas mãos nas minhas. Sunny me dá um olhar compreensivo, mas eu me viro. O que eu devo fazer? Rejeitá-lo na frente de seus amigos? Além

disso, ficar de mãos dadas não é grande coisa. Não é como

beijar. Ou, você sabe, rasgar sua

garganta e sugar seu sangue. “Você sabe sobre o que é esta reunião?” Eu sussurro, enquanto observamos a diretora caminhar até o altar e seguir para o pódio.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Corbin morde seu lábio inferior, parecendo nervoso. “Bem, eu apaguei ontem. E então eu voltei para a enfermaria para uma consulta de acompanhamento”. Ele engole. “Eles acham que eu fui mordido outra vez”. Eu o encaro, horrorizada. Oh, Deus, por que eu não tinha pensado que ele poderia voltar para a enfermaria? Agora eles sabem que isso não fazia parte de um ataque qualquer das fadas. “Eu sei!” Ele diz, confundindo completamente meu olhar. “É terrível. Eu não sei o que está acontecendo comigo.” Eu posso sentir o olhar duro de Sunny em minhas costas, mas me recuso a reconhecer. Eu já sabia o que ela estava pensando: que eu era um monstro horrível e nojento. E ela estava certa. Para fazer isso com um humano Eu preciso sair desse lugar e rápido. Voltar para a convenção, voltar para o sintético. Ou contratar um doador. O que for preciso para acabar com essa terrível transformação. Esta horrível fome.

Corbin sorri para mim, completamente ignorante. “Você quer tomar o café da manhã depois disso?” Ele pergunta. “Estou com fome por causa de toda a perda de sangue e eu gostaria de passar algum tempo com você.” O que eu fiz com esse cara? Roubei tudo. Seu sangue, sua dignidade. E ele ainda volta por mais. Eu estou tão enojada de mim mesma que eu não posso nem ver direito. “Por favor?” Ele acrescenta e a esperança em sua voz me faz querer estaquear meu coração. Felizmente a diretora começa a falar antes que eu possa responder-lhe. Nós viramos nossa atenção para o púlpito. “Estudantes de Riverdale, obrigado por se reunirem tão cedo esta manhã para essa assembleia sem aviso prévio”, ela diz no microfone. “Eu sei que há boatos por aí e eu queria aproveitar este momento para resolvê-los e também informar o que realmente está acontecendo.” Os murmúrios começam, mas ela silencia todos com um olhar severo. “Como vocês podem ter ouvido, duas noites atrás, alguns dos nossos alunos fizeram uma festa ilegal fora do campus.” Ela lança um olhar de desaprovação na direção dos Alfas, que se contorcem em seus assentos. “Fora do terreno da escola, longe dos guardas, eles foram atacados por criaturas humanoides aladas que acreditamos primeiro ser membros da Sidhe. Também conhecidos como fadas.” Eu olho para ela, confusa. Acreditaram primeiro? O que ela quis dizer com “acreditaram primeiro”? Claro que eram fadas. O que mais elas poderiam ser? “Entretanto, nós analisamos uma marca de mordida que um dos estudantes recebeu supostamente das fadas”, ela continua e uma gota de medo salpica em meu estômago vazio. “E ”

ficam sentados com a respiração suspensa. “De um vampiro.”

embora contenha DNA das fadas, também continha DNA

Ela faz uma pausa dramática e todos

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

A capela toda explode numa conversa animada, mas a diretora os silencia com um gesto

de comando. “Eu não acabei”, ela diz e a sala fica em silêncio novamente. “Nós inicialmente assumimos que foi um ataque aleatório. Mas na noite passada, o estudante mordido voltou para um exame de acompanhamento. Ele desmaiou e perdeu mais sangue. Nós acreditamos que ele pode ter sido mordido uma segunda vez por este Sidhe vampírico. O que significa que é provável que a criatura ainda esteja em liberdade e pode estar escondido em torno do campus.” Desta vez, os alunos não se acalmaram tão facilmente e o barulho da conversa chegou a um nível quase ensurdecedor. “Eu prometo a vocês que nós estamos levando isso muito a sério”, diz a diretora, sua voz

de comando sob o caos. “Nós informamos aos seus pais sobre o incidente e eles concordaram, por enquanto, que é melhor fecharmos tudo até que peguemos o monstro. Não haverá aulas pelo resto da semana e todos vocês vão ficar em seus dormitórios, sob o olhar atento de nossos melhores guardiões.” Isso provoca aplausos iniciais, rapidamente seguidos por gemidos decepcionados. Sem aulas bom. Presos nos dormitórios? Definitivamente não.

A diretora não se importa, no entanto. “Além da limpeza do campus, nós iremos entrevistar

cada um de vocês”, ela acrescenta. “Para saber se algum de vocês tem alguma informação sobre

esse predador. Se vocês conseguirem lembrar-se de algo anormal, por favor, venham me ver a qualquer momento.” “Ai!” Corbin grita ao meu lado. Eu olho e fico envergonhada ao perceber que eu estive apertando sua mão durante todo esse tempo.

“Desculpe”, eu sussurro. “É só

assustador.”

Mas assustador não é nem metade disso. Eu estou presa aqui, trancada e sob vigilância, tornando a possibilidade de fuga ainda mais difícil. E quando eles me levassem para o interrogatório eu conseguiria mentir?

Bem, isso é um adeus Rayne.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 16

Nós somos dispensados pela diretora e seus guardiões vestidos de preto, armados com estacas e outras armas sortidas nos escoltam até a biblioteca. Eles nos dizem que devemos passar o dia aqui e à noite voltamos para nossos quartos. Como se alguém estivesse interessado em estudar neste momento. Os Alfas convidam Sunny e eu para irmos para a sala privada. Lá, entre coleções caras e volumes empoeirados, eles se sentam. Deveria se sentir como um santuário vestido em um fino e macio couro e em uma elegante e rica madeira. Em vez disso, parece uma prisão. Sem mencionar que é abafado como um inferno e me faz espirrar. “Eu estou enlouquecendo aqui!” Mara diz, enquanto ela fecha a porta atrás de nós e vira a chave. “Quer dizer, basicamente o que eles estão dizendo é que há um assassino por aí!” “Bem, não é exatamente um assassino”, eu indico, antes de perceber que eu deveria apenas sentar e ficar de boca fechada. Tarde demais. Todos os Alfas olham para mim. “Quer dizer, ninguém está realmente morto”, eu finalizo, sem jeito. Se eles soubessem que tinham trancado o monstro junto com eles, ao invés de fora. “Sim, por enquanto”, Peter aponta. “Mas como sabemos que essa coisa de vampiro-fada mutante não vai atacar novamente? E se, desta vez, ele drenar sua vítima?” “Eu estive muito perto da morte”, acrescenta Corbin cansado e outra pontada de culpa apunhala nas minhas entranhas. Ele estatela-se em uma poltrona próxima, inclinando a cabeça para trás e fechando seus olhos. “Isso é o que me disseram na enfermaria, de qualquer maneira.” “Você tem certeza que não se lembra de nada, Corbin?” Varuka pergunta, olhando para ele com olhos ansiosos.

“Não”, ele diz, balançando sua cabeça, seus olhos ainda fechados. “É tudo um total e absoluto branco.” Os outros soltam suspiros frustrados. “É tão enlouquecedor”, Leanna reclama. “Ter que ficar aqui sem fazer nada. Talvez pudéssemos pesquisar ou algo assim?” Ela pega um livro que aparenta ser antigo em uma prateleira vizinha e começa a folhear. “Não vai fazer nenhum bem”, exclama Sunny. Eu posso sentir seu olhar diretamente para mim e gostaria que ela não fizesse isso. “Como disse a diretora, essa criatura é totalmente nova, ninguém nunca ouviu falar ou viu antes.” “Isso soa tão horrível!” Mara diz, fazendo uma cara enojada. “Alguma criatura nojenta colocou suas garras no pobre Corbin e sugou seu ”

Eu não aguento mais. Eu levanto do meu assento. “Eu tenho que eu murmuro enquanto caminho para a porta.

vou

pegar um livro”,

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Eu quis dizer ir ao banheiro, mas, infelizmente, como uma vampira, eu já não tenho vontade de fazer xixi. E como uma fada, eu não posso mentir sobre isso. O que é uma combinação vencedora. Eu posso sentir os olhares nas minhas costas enquanto eu destravo e abro a porta, e vou para o corredor da biblioteca, lágrimas de sangue brotando em meus olhos. O que vou fazer? Como é que vou sair daqui? Eu vejo um guarda me olhando do outro lado da sala com olhos desconfiados, então eu limpo minhas lágrimas e viro em um canto. Eu estou presa. Um alvo fácil. É só questão de tempo antes que descubram quem eu realmente sou. O que eu realmente sou. Eu corro como uma louca para a porta da frente, mas está bloqueada e todas as janelas estão trancadas. E, logo, percebo, que mesmo que eu conseguisse sair, não me faria nenhum bem. Há operações dos caçadores em todos os lugares, procurando por tudo lá fora, fortemente armados com balestras, estacas e um machado medieval de aparência assustadora. Eu não andaria dez metros antes de ser interceptada. Eu me inclino contra a parede, sentindo-me derrotada. Eu vou morrer aqui. Eu nunca vou ver meus pais novamente. Nunca vou ver Jareth de novo “Rayne!” Oh, Deus, e agora? Eu viro-me para ver Corbin, correndo pelo corredor em minha direção, seus olhos esmeralda cheios de preocupação. “Você está bem?” Ele pergunta. Eu tento acenar, mas isso seria uma mentira. Então, ao invés, resigno-me em sacudir minha cabeça. Corbin se aproxima e tira uma mecha de cabelo de meus olhos com dedos macios. Eu sei que deveria ser um gesto de conforto, mas isso só serve para me fazer sentir pior. Se ele soubesse a verdade sobre mim. Ele sentiria repulsa. Desgosto. Ele iria querer nada mais do que me jogar no chão, em seguida, e não com suas próprias mãos. E, uma vez que nós todos soubermos a verdade sobre a terra das fadas, eu provavelmente mereço tudo isso e muito mais. Por que mesmo agora, que ele está aqui todo angustiado, eu ainda não consigo parar de pensar em seu sangue. Mas ele não sabe. Ele não tem nenhuma pista. “Não se preocupe”, ele diz, com voz suave e baixa. “Eu vou proteger você. Não importa como. Você não precisa ter medo.” “Obrigada”, eu digo, olhando para meus pés. “Eu não mereço você.” Tão verdade. Ele me leva para um canto vazio e me puxa para o chão. Pressionando minhas costas contra a parede de pedra dura, eu olho para o teto. Ele chega mais perto e pega minha mão fria em sua própria quente e começa a acariciar minha palma enquanto sussurra coisas confortáveis

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

em meu ouvido. Eu sei que não deveria estar fazendo isso. Eu sei que deveria ficar o mais longe possível dele. Mas ainda acho que não posso me afastar. Em vez disso, eu me aconchego contra seu ombro, respirando seu cheiro quente e florestal, tentando bloquear tudo, exceto este único momento de paz. Talvez o último que eu seja capaz de desfrutar durante um longo tempo. Talvez o último para sempre. De repente, um grito nos interrompe. Meus olhos se abrem, medo pressionando meu coração. Um momento depois, minha irmã rodopia pelo salão, seguida por um garoto que eu não reconheço. Eles estão rindo, gritando e ignorando os bibliotecários mandando eles se calarem. “Sua irmã é um pedaço de trabalho 13 ”, comenta Corbin, secamente. Eu observo Sunny desaparecer na esquina. “Ela não costuma ser assim”, eu digo. Na verdade, ela nunca é assim. Será que ela enlouqueceu completamente por causa de todo o estresse que temos estado? Ou outra coisa está a enlouquecendo? “Eu vou falar com ela esta noite”, eu acrescento. “Na verdade, eu estava meio que esperando que você viesse no meu quarto esta noite”, Corbin diz, olhando para mim, timidamente. “Nós podemos nos mover furtivamente, passar pelos guardas ” Oh, Deus. Eu engulo em seco. Eu tenho que parar com isso. Agora. Isso já foi longe demais. Por que por mais que eu adoraria ir ao seu quarto hoje à noite, não é pelas razões que ele pensa. E não há nenhuma maneira de eu me colocar naquela situação novamente. Por que

eu sei o que vai acontecer. Eu não sou forte o suficiente para resistir se eu estiver tão perto. “Olha, Corbin”, eu consigo dizer. “Eu sei que nós temos saído muito ultimamente e que tem ”

sido muito bom. Eu gosto de você. Muito. Mas

forma gentil quando eu só posso lhe dizer a verdade. “Eu tenho um namorado muito sério em

Eu viro meu rosto. Vai ser difícil terminar de uma

casa e eu não acho que devemos cruzar essa linha.” Seu rosto entristece e ele parece ter sido esmagado pelas minhas palavras. Meu coração

dói, uma dor que eu estupidamente lhe causei pela minha fraqueza. Eu nunca deveria ter deixado ele me beijar. Eu deveria ter morrido de fome antes de tomar seu sangue.

Eu não sei. você sabe,

Você é ótimo. E eu passei bons momentos com você. Mas

deixar as coisas

Está me matando ter que dizer tudo isso. Ver as lágrimas em seus olhos e saber que eu sou a razão pelo qual elas caem. Por que eu gosto dele. Muito. E eu não acho que seja só por causa de seu sangue também. Ele é uma boa pessoa, sob seu exterior arrogante. Forte, carinhoso, inteligente. Um grande partido para a garota certa. Mas eu não sou a garota certa. E

“Eu sei que eu deveria ter dito mais cedo”, eu digo com tristeza. “É só que

nós não podemos

Quer dizer, eu já deixei as coisas irem longe demais.”

13 No original ‘Piece of Work’ que é uma expressão que significa: Alguém que - apesar de muito interessante - é difícil se dar bem com em uma base diária.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

se eu não provar isso agora, eu posso acabar matando-o na próxima vez que ficarmos juntos. E eu não poderia viver comigo mesma depois disso. Ele começa a se levantar, raiva ultrapassando sua tristeza. Indo contra mim mesma, eu agarro seu braço. Mas ele o sacode para longe de meu alcance. “Sinto muito!” Eu digo, procurando desesperadamente em seu rosto por algum sinal de perdão. “Eu sei que eu deveria ter dito desde o início.” Ele acena. “Você não tem que explicar”, ele diz. “Eu entendo.” “Por favor, Corbin. Eu realmente gosto de você. Quero que sejamos amigos.” Ele olha para mim, seus olhos um campo de batalha entre ódio e amor. Finalmente, ele suspira, seus ombros caindo. “Venha aqui”, ele diz, puxando-me para perto. “Dê-me um abraço e vamos descobrir isso juntos.” Eu me jogo em seus braços, pressionando meu corpo contra seu corpo robusto. Eu posso sentir seu coração batendo fortemente em seu peito enquanto ele me puxa para mais perto dele. Enterrando seu rosto em meu cabelo, ele esfrega suas mãos para cima e para baixo em minhas costas e

de

repente, congela.

Eu observo com horror enquanto ele tropeça para trás, medo em seus bonitos olhos verde. E, de repente, eu percebo que ele as sentiu. Minhas pequenas asas, que eu venho tentando

esconder sob as roupas soltas. Perdida no momento, eu esqueci completamente que elas estavam lá. E agora ele sabe o que eu sou. Quem eu sou. E o que eu fiz com ele. Lentamente, ele balança sua cabeça, então se vira e caminha pelo corredor, deixando-me ali sozinha, perguntando-me o que na terra ele vai fazer. Eu tenho que sair daqui. Agora.

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Capítulo 17

Eu procuro na biblioteca pelo que parece horas, por minha irmã. Eu finalmente a encontrei

escondida atrás de umas estantes, fazendo com um cara qualquer de aparência horripilante e com enormes espinhas no rosto. Eca. O que ela está fazendo? Tão bruta. “Nós temos que conversar”, eu digo, batendo em seu braço, quando ela para por ar. Ela parece aborrecida. “Não pode esperar? Estou ocupada.” Eu pego o menino por sua camisa e o empurro para longe. “Suma!”

Ele faz uma careta para mim. Eu levanto meu punho. Ele esquiva-se das estantes, saindo para encontrar outra Caçadora em Treinamento aborrecida com probabilidades de chupar seu rosto. Desta vez, alguém, preferencialmente, sem uma gêmea superprotetora. Eu agarro minha irmã e a arrasto pelo corredor até um pequeno escritório desocupado. Eu a empurro para dentro, depois eu mesma entro, fechando a porta atrás de nós. “Qual é o seu problema?” Sunny rosna, apoiando-se em cima de uma mesa vazia. Ela está vestindo uma saia curta que eu nunca vi antes, e nem sequer tem a decência de cruzar as pernas. “Eu estava apenas começando a conhecer Carl lá.” Seu rosto está vermelho e noto que

ela tem chupões na parte de cima e de baixo de seu pescoço. “Ou

si mesma. “Eu sou péssima com nomes.” “Eu não me importo se ele se chama Papai Noel”, eu rosno. “Sunny, eu preciso de você séria por um segundo.” Eu atravesso a sala, parando a poucos metros na sua frente. “Nós temos um grande problema. Corbin sentiu minhas asas. E eu tenho certeza que ele descobriu que fui eu quem o mordeu. Temos que sair daqui. Agora. Antes que ele me denuncie. Ou volte e me mate ele mesmo, de qualquer forma.” “Mas eu não quero ir”, Sunny lamenta, na verdade, lançando seu lábio inferior em um beicinho. “Eu gosto daqui.” “Você fumou pó de fada?” Eu grito. “Você estava morrendo de vontade de deixar esse lugar há apenas alguns dias atrás. E agora você é a grande garota do campus?” Eu balanço minha cabeça, incrédula. “Você não quer encontrar mamãe e papai e se certificar que tudo está correto? Sem mencionar Magnus, que eu ainda não acredito que você o está traindo com esse

idiota nojento nas estantes.” Eu caio em uma cadeira. “Isso não é você. Nestes últimos dois dias

era Chris?” Ela pondera para

é como se você tivesse virado uma pessoa completamente diferente. Como se alguém tivesse roubado seu corpo ou algo assim ” Eu paro, de repente, lembrando do que eu li naquela tarde na biblioteca. Oh, Deus. Mas isso é impossível, certo? Então, novamente, ela começou a agir estranha no dia após o ataque das fadas

Comunidade Traduções e Digitalizações de Livros - http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=65618057

Mari Mancusi Blood Coven 05 Night School

Sem aviso, eu bato nela, agarrando-a antes que ela possa fugir. Ela grita em protesto, contorcendo-se como uma louca. Mas eu sou mais forte. “Quem é você?” Eu exijo. “Dã! Eu sou sua irmã. Sunny. Deixe-me ir!” Eu aperto mais forte. “Não minta para mim!” “Rayne, pare, você está me machucando.” “Qual é a carne que mamãe mais gosta de cozinhar?”

“Hm

Eu não sei

Frango?”

”Sim, certo. Tente tofu. Qual é o nome de sua melhor amiga?” “Você é minha melhor amiga!” “Muito lisonjeiro, mas também está errado.” Eu olho para ela. Ela está ofegante. “Quem Magnus pegou você beijando em Vegas?” Ela olha para mim, seu rosto subitamente desafiador. “A porra do Elvis, puta.” Assustada, eu a deixo ir e ela cai no chão com um baque. Dou um passo cauteloso para trás, pressionando minhas costas contra a porta enquanto Sunny ou, mais precisamente, a fada de troca 14 fingindo ser Sunny levanta-se lentamente, um olhar ameaçador em seu rosto cicatrizado, torcido e pintado de verde. O encanto quebrou e ela não parecia nada com a minha pobre irmã. A fada de troca começa a rir, uma gargalhada do mal que envia arrepios através de meus ossos. “Você descobriu”, ela canta animadamente. “Demorou muito, a propósito”. “Por que vocês estão fazendo isso?” Eu consigo dizer com esforço. “E onde você levou minha irmã?” Eu me sinto como uma idiota. Como eu poderia não ter sabido. Minha irmã gêmea a pessoa que eu sou mais próxima no mundo e eu não conseguia nem reconhecer a diferença entra ela e uma fada de troca do mal. Desperdiçando todo este tempo, pensando que nada estava errado enquanto minha pobre e doce irmã Sunny estava em algum cativeiro na terra das

fadas, provavelmente desesperada querendo saber quando alguém iria resgatá-la. “Seu pai idiota pensava que podia escondê-las e mantê-las seguras.”