Você está na página 1de 1

A ideia de construir um portfólio da formação constitui um factor de auto-reflexão e

introspecção muito importante. O portefólio é um instrumento de Aprendizagem e


de Avaliação e permite-me demonstrar não só uma reflexão/avaliação/observação
do que foi desenvolvido na acção de formação, como também, uma reflexão geral
e particular das minhas conclusões/opiniões da prática pedagógica. Enfatizei
alguns pensamentos, na expectativa de enriquecer e tornar mais interessante este
portefólio

Esta formação permitiu-me também reflectir que um professor deve ser: bom
comunicador, observador, reflexivo, humilde, bom ouvinte, paciente, inovador, etc.
Provavelmente, serão muito poucos professores/supervisores que apresentam
todas estas características. Na verdade, o ser humano não é perfeito nem o
professor é um ser detentor de todo o saber, contudo, considero que a pior atitude
da parte de um professor não implica não possuir algumas das características
atrás mencionadas, mas sim transmitir conhecimentos errados, não reconhecendo
o seu erro, o que naturalmente contribui para um abismo de conhecimentos
falhados para si e para os seus próprios alunos.

“A persistência é o caminho do êxito”, Actor Sir Charles “Charlie” Spencer


Chaplin (16/04/1889 - 25/12/1977) e “A Educação nunca foi uma despesa.
Sempre foi investimento com retorno garantido”, Economista William
Artur Lewis (25/01/1915 - 15/06/1991).

Na tentativa de esboçarmos o perfil do supervisor teremos necessariamente de


fazer uma análise sobre o conceito actual de formação e problematizar o acto de
Supervisão educativa no contexto escolar de hoje.
Gostaria de realçar o cenário reflexivo como aquele que se enquadra mais ao
sistema educativo dos nossos dias, no nosso desenvolvimento pessoal, pois a
aprendizagem por reflexão é um processo contínuo, dependente da flexibilidade
constructiva do saber. O professor e o supervisor têm vindo a oscilar para
profissões autónomas, numa busca constante pela diversidade e alcance do saber.
Sendo assim, a prática reflexiva do conhecimento é uma óptima forma de
consolidar objectivos e construir um cenário de sabedoria ao serviço de todos.