Curso básico de sonoplastia Introdução Este estudo tem o objetivo de treinar pessoas interessadas em executar a função de sonoplasta através

da socialização de algumas informações básicas para o funcionamento do som na igreja. Perfil do sonoplasta. O Sonoplasta deve ser paciente, calmo, interativo, que sabe ouvir as pessoas envolvidas no seu trabalho, disposto, inovador, interessado, descomplicado, compromissado e a característica mais valorizada é saber servir nos bastidores sem querer aparecer mais que aquele que está sendo beneficiados com o seu trabalho, em nosso caso cantores, instrumentistas e pregadores. Nomenclaturas básicas da área. Caixa Ativa x Passiva: As caixas ativas: São aquelas que têm amplificador embutido recomendadas para som de médio e baixo porte elas possuem mixagem individualizada na própria caixa, caixa ativa tem que ligar mesa e na energia elétrica. As caixas passivas: São as tradicionais e mais comuns que usam amplificador externo; essas caixas dependendo da configuração de potência são usadas em qualquer tipo de evento e sua mixagem é feita somente pela mesa de som. Para melhor compreendermos sobre esse assunto que envolve instrumentos e equipamentos de áudio devemos ter a seguinte percepção: Instrumentos ativos e passivos: Ativos são aqueles que necessitam de uma bateria 9v para funciona e o passivo funcionam sem energia extra. Curiosidade: O que é melhor? Ativo ou o passivo? R: No caso do instrumento vai da preferência de cada músico, pois a diferença de ativo para passivo dá-se pela diferenciação de timbre e funcionalidade sonora do instrumento e quanto à caixa, depende da proposta do evento, do profissional que manuseia ou da idéia de custo beneficio que cada um tem.

são dispositivos usados para alterar o sinal de saída de uma fonte sonora. mudando seu nível e impedância. permitindo a conexão de instrumentos musicais eletrônicos a um sistema de som.Direct boxes: Também conhecidos como DI’s. . de forma a adequá-los à entrada do mixer.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful