CES SENAI PACIÊNCIA

MATEMÁTICA
ENSINO MÉDIO

MÓDULO 4

2

SUMÁRIO

ASSUNTO
Progressões
Progressões Aritméticas
Fórmula do Termo Geral da P.A.
Fórmula da Soma dos Termos da P.A
Progressões Geométricas
Fórmula do Termo Geral da P.G.
Fórmula da Soma dos Termos da P.G. finita
Chave de Correção

PROGRESSÕES
NOÇÕES PRELIMINARES
Considere os seguintes conjuntos:
A= Conjunto dos planetas do Sistema Solar
TERRA
PLUTÃO NETUNO
JÚPITER VÊNUS
URANO
MARTE
SATURNO
MERCÚRIO

PÁGINA
3
4
5
6
7
8
9
10

3
B = Conjunto das letras do nosso alfabeto

abcde
fghijlm
no pqrst
uvxz
C = Conjunto dos números naturais ímpares maiores que 1
5

3

15 7 13
9

11

Podemos representar esses conjuntos ordenando seus elementos:
A = (Mercúrio ,Vênus, Terra, ..., Plutão)
B = (a,b,c,d,,...m,n,...v,...,z)
C = (3,5,7,9,11,13,15,...)
Esses conjuntos ordenados, chamamos de sucessões ou seqüências.
É importante notar que, numa seqüência, a ordem de cada elemento indica a posição que
ele ocupa.
Na seqüência B (letras do nosso alfabeto), o a é o primeiro termo, o b é o segundo termo,
o j é o décimo termo, e assim por diante.
Uma seqüência pode ser finita (seqüências A e B) ou infinita (seqüência C).
De uma maneira genérica, representamos uma seqüência assim:
(a1,a2,a3,a4,...an)
a1 - primeiro termo
a2 - segundo termo
a3 - terceiro termo
.
.
.
.
.
.
an um termo qualquer
Assim, na seqüência (3,6,9,12,15,...) temos:
a1 = 3
a2 = 6

a3 = 9

a4 = 12

Na matemática interessam-nos com maior freqüência as seqüências onde os termos são
números reais e obedecem à uma certa lei de formação, isto é, um critério que permita determinar
de modo inequívoco os termos dessa seqüência.

Exemplos:
1- A seqüência dos números pares maiores que 4:
(6,8,10,12,14,16,...)
2- A seqüência dos números reais que obedecem à expressão na = 2 +3n,. com n
∈ N*, é obtida fazendo-se:
Para n = 1 ⇒ a1 = 2+3•1 ⇒ a1 = 5
Para n = 2 ⇒ a2 = 2+3•2 ⇒ a2 = 8
Para n = 3 ⇒ a3 = 2+3•3 ⇒ a3 = 11

4
Assim, essa seqüência pode ser representada por: (5,8,11,...)

EXERCÍCIOS
1- Determine os quatro primeiros termos de cada seqüência nos seguintes casos, sendo
n ∈ N*:
a) an = 1 + n
b) an = 3n - 2
c) an = __n__
n+1
d) an = n + 3
2n
2
e)an = a
2
f) an = 1 - 2n
g) an = 3n
h) an = 2n
n

PROGRESSÕES ARITMÉTICAS
Progressão aritmética (P.A.) é uma seqüência de números reais onde cada termo, a
partir do segundo é igual ao anterior mais uma constante (chamada razão).
Exemplos:
1- Sendo a1 = 1 e a razão r = 2, então:
a2 = a1 + r ⇒ a2 = 1+2 = 3
a3 = a3 + r ⇒ a3 = 3+2 =5
a4 = a4 + r ⇒ a4 = 5 +2 = 7
Assim, a P.A. será (1,3,5,7).
2- Sendo a1 = 7 e r = -4, então:
a2 = a1 + r ⇒ a2 = 7-4 = 3
a3 = a2 + r ⇒ a3 = 3-4 = -1
a4 = a3 + r ⇒ a4 = -1-4 = -5
Assim, a P.A. será (7,3,-1,-5).
É importante notar que, dados os termos de uma P.A., determinamos a razão dessa P.A.
efetuando a diferença entre um termo qualquer (a partir do segundo) e o seu termo anterior).

Exemplos:
1- Na P.A. (1,4,7,10,13):
r = 4-1 = 3 ou r = 7 - 4 = 3
2- Na P.A.(8,5,2,-1,-4):
r = 5-8 = 3 ou r = -4 -(-1) = -3
3- Na P.A.

(

1, 4, 5 ):
3 3
r = 4 - 1 = 1 ou r = 5 - 4 = 1
3
3
3 3 3

5

EXERCÍCIOS
2-Determine os 4 primeiros termos de uma P.A. de razão 3 e primeiro termo igual a 4.
3-Calcule os 6 primeiros termos de uma P.A., dados a1 = 8 e r = -4
4-Determine a razão das seguintes P.A.:
a) (0,4,8,12,16)
b) (5,3,1,-1,-3)
c) (-3,-2,-1,0,1,2,3)

d) (-3,0,3,6)
e) (15,10,5)
f) ( 1, 1, 3 , 2 , 5, ...)
2
2
2

FÓRMULA DO TERMO GERAL DA P.A.
Pela definição de P.A., temos:
a2 = a1+ r
a3 = a2 + r = (a1 + r) + r = a1 +2r
a4 = a3 + r = (a1+2r) + r = a1 +3r
a5 = a4 + r = (a1 +3r) + r = a1 + 4r
a6 = a1 + 5r
a7 = a1 + 6r
e, de um modo genérico:
an = a1 + (n-1) • r
onde n é o número de termos da P.A.
Exemplos:
1- Calcule o décimo termo da P.A.(3,7,11...)
Sendo a1 = 3, r = 4 e n = 10 (pois, como queremos a1, então an = a10) e aplicando a
fórmula an = a1 + (n-1) • r, temos:
a10 = 3+ (10-1) • 3
a10 = 3 +36
a10 = 39
Determine o primeiro termo de uma P.A. em que a8 = 35 e r = 3
Sendo a8 = an e aplicando a fórmula an = a1 + (n-1) • r:
35 = a1 + (8-1) • 3
35 = a1 + 21
a1 = 14
2 - Numa P.A., o primeiro e o último termo são, respectivamente, 15 e 223 e a razão é
igual a 8. Quantos termos tem essa P.A.?
Sendo a1 = 15, an = 223 e r = 8 e aplicando a fórmula an = a1 + ( n-1) •r
223 = 15 + (n-1) • 8
223 = 15 + 8n - 8
8n = 223 - 15 + 8
8n = 216
N = 27

EXERCÍCIOS
5-Calcule o sétimo termo da P.A.(1,6,11)
6- Determine a a15 da P.A. (-3,-1,1,3,...)

6
7- Numa P.A. de 20 termos, o primeiro termo é 5 e a razão é 4. Determine o último termo
dessa P.A.
8-Na P.A. em que a30 = 24 e r = 6, calcule o primeiro termo
9-Na P.A. em que a9 =50 e r = -2, calcule a1 e a18.
10-Calcule o número de termos de uma P.A., sabendo-se que a1 = -14, an = 19 e r = 3.

FÓRMULA DA SOMA DOS TERMOS DA P.A.
Seja a P.A. finita:

(a1,a2,a3,...,an-2, an-1, an)
Sendo Sn, a soma desses n termos, temos:

Sn = a1 + a2 + a3 + ... + an-2 + an-1+ an ou
Sn = an + an-1 + an-2 + ... + a3+a2+a1
Somando membro a membro, temos:

2Sn = (a1 + an) + (a2 + an-1) + (a3 +an-2) + ... + (an-2 + a3) + (an-1 + a2) + (an + a1)
Pela propriedade P2, todos os parênteses são iguais a (a1 + an).

Logo: 25n = (a1 + an) + (a1 + an) + ... + (a1 + an) + (a1 + an)

N fatores iguais a (a1 + an)
Assim:

25n = n • (a1 + an)

ou

Sn = (a1 + an) • n
2

3- Calcule a soma dos 12 primeiros termos da P.A. (2,5,8,...)
S12 = (a1 + a12) • n
2
a1 = 2
r=3
n = 12
a12 = ?

a12 = 2 + (12-1) • 3
a12 = 2 + 33
a12= 35

Assim: S12 = ( 2+ 35) • 12 ⇒ S12 = 222
2

EXERCÍCIOS
11-Calcule a soma dos 15 primeiros termos da P.A. (8,12,16)
12-Sendo a1 =0 e r =2, calcule a soma dos 16 primeiros termos dessa P.A.
13-Qual é a soma dos 30 primeiros números naturais ímpares?
14-Determine a soma dos múltiplos de 5 compreendidos entre 8 e 198.
15-Calcule a soma dos múltiplos positivos de 4 formados por 2 algarismos.

PROGRESSÕES GEOMÉTRICAS
Progressão Geométrica (P.G.) é uma seqüência de números reais onde cada termo,
a partir do segundo, é igual ao anterior multiplicado por uma constante chamada razão.

7

Exemplos:
1- Sendo a1 = -3 e a razão q = 2, então:
a2 = a1 • q ⇒ a2 = 3 • 2 = 6
a3 = a2 • q ⇒ a3 = 6 • 2 = 12
a4 = a3 • q ⇒ a4 = 12 • 2 = 24
a5 = a4 • q ⇒ a5 = 24 • 2 = 48
Assim, a P.G. será (3,6,12,24,48,...)
2- Sendo a1 = 54 e q = 1, então:
3
a2 = a1 • q ⇒ a2 = 54 • 1 = 18
3
a3 = a2 • q ⇒ a3 = 18 • 1 = 6
3
3
4
a4 = a • q ⇒ a = 6 • 1 = 2
3
.
.
.
an = an-1 • q ( Um termo qualquer é igual ao anterior multiplicado pela razão)
Assim, a P.G., será (54, 16,6,2,...)
É importante notar que, dados os termos de uma P.G., determinamos a razão dessa
P.G., dividindo um termo qualquer (a partir do segundo) pelo seu termo anterior.

Exemplos:
1-Na P.G. (1,3,9,27):
q = 3 = 3 ou q = 27 = 3
1
9
2-Na P.G. (100,50,25,...):
q = 50 = 1 ou q = 25 = 1
100 2
50 2
3-Na P.G. (2,-8,32, -128):
q = -8 = -4 ou q = 32 = -4
2
-8

EXERCÍCIOS
16- Determine os 4 primeiros termos de uma P.G. de razão 4 e primeiro termo igual a 2.
17-Calcule os 5 primeiros termos de uma P.G., dados a1 = -5 e q= -2.
18-Determine a razão das seguintes P.G.:
a) (3,9,27,81)
d) (3,3,3,3,...)
b) (2, -6,18,-54,...)
e) (-4, -20,-100,...)
c) (20, 10, 5, 5,...)
f) (-1,5,-25,125,-625)
2

FÓRMULA DO TERMO GERAL DA P.G.
Pela definição de P.G., temos:

8

a2 = a1 • q
a3= a2 • q = (a1 • q) • = a1 • q2
a4= a3 • q = (a1 • q2) • = a1 • q2
a5= a4 • q = (a1 • q3) • = a1 • q2
a6 = a1 • q5
a7 = a1 • q6

e, de um modo genérico: an = a1 • qn-1 onde n é o número de termos da P.G.

EXEMPLOS:
1- Calcule o sexto termo da P.G. (3,6,12,...).
Sendo a1 = 3, q= 2 e n = 6 e aplicando a fórmula an = a1 • qn-1, temos:

a6 = 3 • 26-1
a6 = 3 • 25
a6 = 3 • 32
a6 = 96

2- Determine o primeiro termo numa P.G. em que a6 = 160 e q = 2
Sendo a6 = 160, q = 2 e n = 6 , temos:

a6 = a1 • q6-1
160= a1 • 25
a1 = 160 = 5
2
3- Numa P.G., temos a5 = 64 e a1 = 4. Determine a razão e escreva a P.G.

a5 = a1 • q5-1 ⇒ 64 = 4 • q5-1 ⇒ q4 = 64
4
4
4
4
4
4
q = 16 ⇒ q = 2 ⇒ q = 1 2 ⇒ q = ± 2
q = 2 ⇒ (4,8,16,32,64,...)
q = -2 ⇒ (4, -8, 16, -32, 64,...)

EXERCÍCIO
19-Calcule o sétimo termo da P.G. (5,10,20)
20-Numa P.G. de 4 termos, o primeiro é -4 e a razão é 3.Determine o último termo.
21-Qual o sexto termo de uma P.G. de razão igual a 1 e primeiro termo igual a 4?

2
22- Numa P.G. temos, a5 = 162 e q= -3. Calcule a1 e a7.
23-Calcule a razão de uma P.G., sabendo-se que a5 = 405 e a1 = 5
24- Qual a razão de uma P.G., sabendo-se que a1 = 2 e a4 = 250?
25-Determine o oitavo termo na P.G. ( 1 , 1 , 1 , 1,...)
64 32 16 8
26-Calcule o primeiro termo e o terceiro termo de uma P.G. onde a6 = 1 e q = 1
9
3

9

FÓRMULA DA SOMA DOS TERMOS DA P.G. FINITA
Seja a P.G. finita: (a1, a2,a3,...,na-a,an)
Sendo Sn a soma desses n termos, temos: Sn = a1 + a2 +a3 +a4 +...+ an-1+na
Vamos considerar dois casos de Sn:
1º CASO: Se q ≠, demonstra-se que:
Sn = an • q - a1

q- 1
2º CASO: Se q = 1 , então a1 = a2 = a3 = ... = ane
Sn = a1 + a1 + a1+ ... + a1, ou simplesmente:
Sn = n • a 1

EXEMPLOS:
1- Calcule a soma dos 6 primeiros termos da P.G. (2,6,18,...).
Sendo q ≠ 1, então: Sn = an • q - a1
q -1
a6 = a1 • q6-1
a6 = 2 • 35
a6 = 2 • 243 ⇒ a6 = 486

a1 = 2
q=3
a6 = ?

Assim: S6 + 486 • 3 -2 ⇒ S6 = 728
2- Numa P.G., a1 = - 12 e q = 1. Calcule a soma dos 20 primeiros termos dessa P.G.
Sendo q = 1, então Sn = n • a1
S20 = 20 • (- 12)
S20 = -240

EXERCÍCIOS:
27- Calcule a soma dos 15 primeiros termos da P.G. ( 1 , 1, 1,...)
5
5 5
28- Calcule a soma dos 8 primeiros termos da P.G. ( 3,6,12,...)
29-Calcule a soma dos termos de uma P.G., sabendo-se que a1 = 5 , na = 320 e q = 4.
30- O primeiro e o último termos de uma P.G., são respectivamente, 1 e 8
16
Calcule a soma dos termos dessa P.G., sabendo-se que a razão é 2.

CHAVE DE CORREÇÃO
1- a) a1 = 1 + 1 = 2
a2 = 1 + 2 = 3
b) (1,4,7,10)
e) 1 , 2 , 9 , 8
2
2

a3 = 1 + 3 = 4
a4 = 1 + 4 = 5
c)

1 , 2 ,3 ,4
2 3 4 5

f) ( -1 , -3 , -5 , -7 )

⇒ (2,3,4,5)
d) 2 , 5 , 1, 7
4
8
g) (3,9,27,81)

h) 2,2 , 8 ,4
3

10

2- π = 3 , a1 =4
a2 = 4+3=7

a3 = 7+3 =10
a4 = 10+3=13

3- π = 4

a4 = 0 -4 = -4
a5 = -4-4 = -8
a6 = -8-4 = -12

a1 = 8
a2 = 8 -4 = 4
a3 = 4 -4 = 0

4- a) π = 4-0
d) π = 0 - (-3) = 3

(4,7,10,13)

⇒ (8,4,0,-4,-8,-12)

b) π = 3-5 = -2
e) π = 10 -15 = -5

5- a1 = 1, π =5, a7 = a1 + (7-1) •5 = 31

c) π = -2
f) π = 1 - 1 = 1
2 2

6- a1 = -3 , π = 2, a15 = a1 + (15-1) • 2 = 25
7- a1 = 5 , π = 4 , a20 = a1 + (20-1) • 4 = 81
8-a30 = a1 + (30-1) • 6 ⇒ 24 = a1 + 174 ⇒ a1 = -150
9- a9 = a1 + (9-1) • π ⇒ 50 = a1 + 8 • (-2) ⇒ a1 = 66
a18 = a1 + (18-1) • π ⇒ a18 = 66 + 17 • (-2) = 32
10-an = a1 + (n-1) • π ⇒ 19 = -14 + 3n -3 ⇒ n =12
11-a1 = 8, 1 = 4 , a15 = a1 + (15-1)• π = 8 + 14 • 4 = 64
S15 = (a1 + a16) • 16 = (0 + 15) • 15 = 540
2
2
12- a1 = 0 , 1 = 2 , a16 = a1 (16-1) • π = 0 + 15 • 2 = 30
S16 = (a1 + a16) • 16 = (0 + 30) • 16 = 240
2
2
13- (1,3,5,7,...)
a1 = 1 , π = 2
a30 = a1 + (30 -1) • π = 1 + 29 • 2 = 59
S30 = (a1 + a30) • 30 = (1 + 59) • 30 = 900
2
2
14- 8,9,10, ...195,196,197,198 π = S
a1
an
an = a1 + ( n-1) • π ⇒ 195 = 10 + 5n -5 ⇒ n = 38
S38 = (a1 + 138) • 38 = (10 + 195) • 38 = 3895
2
2
15 – 10,11,12,...,96,97,98,99
π=4
96 = 12 + 4n-4 ⇒ n = 22
S22 = (a1 + a22) • 22 = (12 + 96) • 22 = 1188
2
2
16- q = 41

a1 = 2
a2 = 2 • 4 = 8

17-q = 21

a1 = -5

a3 = 8 • 4 =32
a4 = 32 • 4 = 128 ⇒ (2,8,32,128)
a4 = -20 ( -2) = 40

a5 = 40 • (-2) = -80
⇒ (-5, 10, -20, 40 , -80)

a2 = -5 (-2) = 10
a3 = 10 • (-2) = -20
18-a) q = 9 = 3
3

b) q = -6 = -3
2

c) q = 10 = 1
20 2

d) q = 3 = 1
e) q = 20 = 5
3
-4
19-a7 = a1 q7-1 = 5 • 26 = 320

f) q = 5 = -5
-1

20- a1 = -4, q = 3 a4 = a1 • q4-1 = -4 • 33 = - 108
21- a1 = 4 , q = 1
2

a6 = a1 • q6-1 = 4 • 1
2

22- a5 = a1 •q5-1
162 = a1 (-3)4 ⇒ a1 = 2

2

=1
8

a7 = a1 • q7-1 = 2 • (-3)6
⇒ a7 = 1458

23- a5 = a1 • q5-1 ⇒ 405 = 5 • q4 ⇒ q4 = 81 ⇒ q = 3
24- a4 = a1 • q4-1 ⇒ 250 = 2 •q3 ⇒ q3 = 125 ⇒ q = 5
25- a1 = 1 , q = 2 ⇒ a8 = a1 • q8-1 = 1 • 27 = 2
64
64
26- a6 = a1 • q6-1

a3 = a1 • q3-1 = 27 • 1

2

3
1 = a1 • 1
9
3

5

⇒ a1 = 27

⇒ a3 = 3

27- g = 1 ⇒ S15 = 15 • a1 = 15 • 1 = 3
5
28- a8 = a1 • q 8-1 = 3 • 27 = 384
a8 = a1 • q-a1 = 384 • 2 -3 = 765
q -1
2-1
29- Sn = 320 • 4 -5 = 425
4-1
30- Sn = 8 • 2 - 1/16 = 255
2-1
16

11

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful