INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ Curso Superior Tecnologia em Gestão Pública

ATIVIDADE SUPERVISIONADA

ESTUDO SOBRE A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA VOLTADO PARA RECURSOS HUMANOS E CONTROLE

Demetrio Cesar Tonon Elton Padilha Passos Patricia Jakubowski

Telesala: Câmara Municipal de Pinhais PINHAIS 2011

como requisito para obtenção de nota parcial nas disciplinas de Controle Interno. ESTUDO SOBRE A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA VOLTADO PARA RECURSOS HUMANOS E CONTROLE Atividade supervisionada realizada por solicitação dos professores Marcelo Losso. Telesala: Câmara Municipal de Pinhais PINHAIS 2011 .Demetrio Cesar Tonon Elton Padilha Passos Patricia Jakubowski . Cassiano Iurk. Marina Machado. Gestão de Recursos Humanos e Gestão das Relações Humanas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública.

...............10 ..........................................................................5 3 3 ANÁLISE TEÓRICA.7 4 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS...................................................................................................................................................................................................................................5 2..................SUMÁRIO 1 1 INTRODUÇÃO...............................................4 2 2 PESQUISA DE CAMPO................................. Câmara Municipal de Pinhais..9 R REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...............................................................................................................................................................1 Órgão\...........................................................................................

Publicidade e eficiência1. ética. Moralidade. ou seja. são pautadas nos princípios da Legalidade. estas.1 INTRODUÇÃO Considerando que todas as ações. Assim. ou seja. bem como a obrigação de prestar contas aos órgãos fiscalizadores. os Órgãos envolvidos precisam de pessoas competentes para exercer suas funções. pessoas motivadas e interatividade entre elas. só terão sucesso se trabalharem em equipe. para cumprir com os princípios legais. Impessoalidade. . econômica. na Administração Pública. é a chave para o alcance dos objetivos com eficiência. estes referentes à execução das operações de forma regular. é preciso transparência nos atos do Gestor Público. no decorrer desta pesquisa entrevistaremos pessoas que trabalham em órgãos Públicos com a finalidade de mensurar a teoria apreciada em sala de aula com as ações praticadas no dia a dia das repartições públicas. Lembrando que. é primordial um órgão de Controle Interno para que a fiscalização dos atos seja feita de forma eficaz. eficiente e eficaz. uma excelente comunicação e relação interpessoal. 1 Artigo 37 da CF 1988.

Educação e Assistência Social. orientar e executar planos de trabalho. assumindo toda responsabilidade do setor que esta designado. ou seja. bem como cursos de capacitação e atualização. Assistente Administrativo. pois o fato de saber quais os benefícios que o órgão dispõe para os servidores. bem como fiscalizar as obras executadas no Município. Assistente Administrativo. programas. este é um dos pontos que motiva o pessoal. quanto a legalidade. O Senhor Cristiano. ou seja. operacional e patrimônio. Relata que o Controle Interno tem a função de fiscalizar e sugerir. bem como as demais teorias estudadas em sala de aula. o papel do Controller é agir concomitante e posterior aos atos administrativos. financeiras. legitimidade e economicidade. sempre com o intuito de otimizar as ações. este que proporcionará conhecimentos e promoção na carreira.2 PESQUISA DE CAMPO 2. comenta sobre o plano de carreira. foi contratado através de Concurso Público e declarou conhecer a importância do Controle Interno. Ainda. promovendo a transparências e eficiência dos atos públicos. esclarece que os objetivos do Orgão em que trabalha é elaborar normas de direito de abrangência geral ou individual que são aplicadas à toda sociedade. elaborar. .1 Órgão: Câmara Municipal de Pinhais O senhor Marcio Silva. Já o senhor. eleva a autoconfiança e segurança para desempenhar suas atividades. sejam elas motivacionais. Podemos dizer que as necessidades relatadas por Maslow têm relação com os relatos informados pelo servidor Cristiano. diretrizes de procedimentos administrativos gerais e outros. com o objetivo de satisfazer os grupos de pressão. distribuição de verbas para a Saúde. disse que sua atribuições é Executar atividades de apoio administrativo. os atos e ações do Gestor Público. contratado através de Concurso Público. orçamentárias. Assistente Administrativo. a administração pública. avaliando e fiscalizando. elaborar planos. auto-realização financeira ou profissional. as ações contábeis. não participa diretamente nos processos decisórios. a sociedade e a própria causa. contratado através de Concurso Público. porém contribui para que estes sejam executados de acordo com o que dispõe o Regimento Interno e Lei de Estrutura do Órgão. Alexandre.

contribuem apenas para o Regime Geral de Previdência. As regras dispostas no Art. 2 anos Previdência Própria. c) 10 anos de tempo mínimo de carreira. desde que as devidas contribuições tenham sido recolhidas ao INSS. 3 anos Previdência Própria. considera o tempo trabalhado em outros órgãos. 30 anos de contribuição para mulheres. Pública Tempo contribuição (privada e público) de Regra constitucional Forma de calculo do benefício: última integral remuneração Forma de reajuste: com ou sem paridade e isonomia. e esta. Segundo os entrevistados. as contribuições para o regime de previdência próprio. considera que os servidores do órgão em que trabalha têm um bom relacionamento interpessoal e diz que as pessoas se sentem satisfeitas e se relacionam bem no ambiente de trabalho. Assistente 18 de dezembro de 2008 3 anos Previdência Geral. tendo como base somente a remuneração do cargo de origem. Administrativo . conforme regras estabelecidas em Lei (conforme regra transitória do art. O servidores provenientes de Cargos em Comissão. As regras dispostas no Art. 6 anos Previdência Geral. d) 5 anos no cargo. do cargo ou média aritmética 1. contratados através de Concurso Público. b) 25 anos de tempo mínimo de permanência no serviço público. para efeitos da contagem do tempo de contribuição. Fator esse que minimiza os atritos e contribui para o bom andamento das atividades desenvolvidas por elas. nº 40 da Constituição Federal Média Aritmética. 55 anos de idade para mulheres. nº 40 da Constituição Federal Média Aritmética. QUADRO EXPLICATIVO Cargo do servidor entrevistado Data de ingresso na Adm. por Invalidez ou compulsoriamente aos 70 anos. 3º da emenda nº 47). 3 anos Previdência Própria. Assistente Administrativo e atualmente. Anual (IGPM) E de 03 em 03 de acordo com o plano de carreira 2. nº 40 da Constituição Federal Média Aritmética. Assistente 09 de outubro de 2009 As regras dispostas no Art. responsável pelo setor de Recursos Humanos. Os servidores efetivos ainda poderão ser aposentados: a) 60 anos de idade para homens. Anual (IGPM) E de 03 em 03 de acordo com o plano de carreira Anual (IGPM) E de 03 em 03 de acordo com o plano de carreira Administrativo 3.O Senhor Marcio Silva. e) 35 anos de contribuição para homens. são consideradas apenas para servidores efetivos. Chefe da Divisão de Humanos Recursos 18 de dezembro de 2008 5 anos Previdência Geral. ou mesmo em empresas privadas. esclarece ainda que. o Município dispõe de Previdência própria. f) cálculo do benefício baseado na ultima remuneração.

onde o servidor saberá que a organização investe nele e acredita no seu desempenho. p. há uma grande interação das pessoas. . II – avaliar a execução dos programas e dos orçamentos quanto ao cumprimento das metas físicas e financeiras. pois atualmente não há nada formalizado.497) defende que Treinamento é o processo educacional de curto prazo aplicado de maneira sistemática e organizada. Ainda. e minimizando os conflitos. como dizia Moscovici (2000) a melhor maneira é evitar conflitos.3 ANÁLISE TEÓRICA Com base nas aulas 3 a 8. reprimi-los. menos atestados médicos. através do qual as pessoas aprendem conhecimentos. é evidente o exercício das relações humanas e há indícios de forte Competência Emocional. aguçar as divergências e transformar as diferenças em resolução de problemas. o Controle Interno foi instituído através de Lei (Lei Municipal nº 772 de 2007). pois agregado ao programa. melhora o comportamento emocional das pessoas. A equipe sugere a implementação de Programas de Capacitação Constante que proporcione aos servidores atualização de conhecimentos. 181) “O sistema emunológico é o cérebro do corpo” (como diz o cientista Francisco Varela). na organização pesquisada. Para Chiavenato (2009. Na Organização. com a finalidade de comprovar fatos. impedir erros. atitudes e habilidades em função de objetivos definidos. onde pesquisamos. virá à motivação pessoal. Todo esse processo. e que esta capacitação proporcionará maior eficiência no desempenho de suas atividades e ainda. fraudes e a ineficiência. p. esta defendida por Goleman (1995). p. e com os objetivos de: I – acompanhar e avaliar o cumprimento dos objetivos e metas estabelecidas no Plano Plurianual e Lei de Diretrizes Orçamentárias. ou seja.134) conhecimento é informação estruturada e com significado e que tem valor ou que agrega valor para a organização. onde elas terão mais facilidade em trabalhar em equipe. Gestão das Relações Humanas. o servidor poderá evoluir financeiramente. conforme prevê o plano de carreira (ascensão de níveis e promoções). Oliveira (1997) defendia que a Organização não poderia ficar à parte do universo emocional. Chiavenato (2002. como descreve Goleman (1995.

nas áreas de Gestão Administrativa. VI – fiscalizar o cumprimento das medidas adotadas para retorno das despesas de pessoal aos limites estabelecidos no regramento jurídico. no órgão pesquisado.III – comprovar a legalidade dos atos de gestão de governo e avaliar os resultados quanto à eficácia. II. financeira e patrimonial. Cargos em Comissão são aqueles definidos por lei. 41. sem estabilidade. Já os cargos efetivos são aqueles providos através de concurso público. e que os servidores serão considerados estáveis após o cumprimento de estágio probatório (art. IV – avaliar os custos das obras e serviços realizados pela Câmara Municipal de Pinhais. V – verificar a fidelidade funcional dos agentes da administração responsáveis por bens e valores públicos. sendo destinados exclusivamente para as atribuições de direção. O Servidor apto para a função de Controller. CF/88). ou seja. eficiência e efetividade da gestão orçamentária. cumpre com os requisitos estudados. e VII – acompanhar o cumprimento dos limites de gastos do Poder Legislativo Municipal. cargos de livre nomeação e livre exoneração (art. 37. há servidores comissionados e efetivos. . e que seja servidor efetivo. deverá possuir curso Superior ou estar cursando. FONTE: Os próprios pesquisadores. Gestão Financeira ou Direito. é feita da seguinte forma: Cargos em Comissão e Cargos Efetivos. CF/88). Conforme estudado em sala de aula (aula 2) a distinção do cargos públicos. chefia e assessoramento. O órgão pesquisado. inc.

o desenvolvimento de ações que proporcione interatividade entre as equipes. Na Administração Pública. bem como transparência nos atos administrativos. pois sem motivação é impossível o trabalho em equipe. É primordial a atenção aos assuntos relativos à motivação pessoal. especialmente no que tange a contratação de pessoas. a pesquisa significou muito para a equipe. facilitou o entendimento sobre os assuntos correlatos à gestão de pessoas. Em discussão com a equipe. entre a teoria e prática. bem como. .4 CONSIDERAÇÕES FINAIS Através desta pesquisa. entendemos a importância da autoconfiança e motivação dos servidores. Em síntese. combinadas com a fiscalização dos atos administrativos. pois todas as ações são fiscalizadas em tempo real. estes assuntos de extrema importância para o bom andamento das atividades na administração pública. facilitando a correção dos erros e agilidade no cumprimento dos processos. ou seja. comportamento humano e controle interno. todos os atos devem seguir estritamente o que é previsto em lei. Fica clara a importância do Controle Interno nas repartições Públicas. a equipe conseguiu mensurar as convergências e divergências. resulta na lisura destes e na eficiência no cumprimento dos objetivos e metas estabelecidas. facilita a prestação de contas junto aos órgãos fiscalizadores. O controle destas ações.

D. Lei nº 1047 de 16 de dezembro de 2009 – “Dispõe Sobre o Plano de Carreiras . Inteligência Emocional: a teoria que redefine o que é ser inteligente.“Institui na Câmara Municipal de Pinhais. o Sistema de Controle Interno. Rio de Janeiro: objetiva.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CHIAVENATO. . Lei nº 772. da Lei Orgânica do Município de Pinhais. M. artigo 59 da Lei Complementar nº 101. 70 e 74 da Constituição Federal. Energia Emocional: base para gerência eficaz. 1997. OLIVEIRA. 2009. Idalberto. 2002. 2011 – Gestão de Recursos Humanos – Gestão das Relações Humanas – Controle Interno. Lei nº 1046 de 16 de dezembro de 2009 – “Dispõe Sobre a Estrutura Organizacional da Câmara Municipal de Pinhais e dá Outras Providências”. Barueri. de 04 de maio de 2000 e nos artigos 43 e 46. Recursos Humanos. SP: Manole. São Paulo: Makron Books. GOLEMAN.Cargos e Vencimentos dos Servidores Públicos do Poder Legislativo do Município de Pinhais e dá Outras Providências”. São Paulo: Atlas. Instituto Federal do Paraná. ____________________ Treinamento e desenvolvimento de Recursos Humanos: como incrementar talentos na empresa. LIVRO DIDÁDICO. de 28 de março de 2007 . nos termos dos artigos 31. de. cria a Unidade de Controle Interno da Câmara Municipal de Pinhais e dá outras providências”. 1995.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful