Você está na página 1de 3

Estratégia para ombros saudáveis

Oi pessoal, espero que isso ajude a melhorar o ombro de vocês.

O complexo do ombro é uma região do corpo de que é influenciada extremamente por


outras áreas do corpo acima e abaixo dele. Como uma das junções as mais instáveis e
mais móveis no corpo humano, é extremamente dependente de atividade precisa dos
músculo para sua sustentação. Isto significa que desequilíbrio dos músculo do corpo
human podem dramaticamente alterar os niveis de sustentacao do ombro e conduir a
disfuncoes musculares e e eventualmente a lesao.

Sistema de movimento humano alterado

Sistema muscular alterado - Aliteração da relação do comprimento muscular

Sistema nervosa alterado - Alteração da relação de forca reciproca

Sistema articular alterado - Artrokineatics, Disfuncao de movimento articular

Alteração de alinhamento estrutural

Alteração do controle neuro muscular

Alteração de movimento

Lesões comuns associadas a disfunções do ombro

Lesões locais
Tendinite do bíceps
Síndrome de bloqueio
Dor anterior e posterior do ombro

Lesões acima do obro

Lesões Cervical
Dores de cabeça

Lesões abaixo do ombro

Dor lombar
Disfunção da sacroiliaca
Bíceps femoris quadriceps e dor nas junta iliofemoral

Tendinites patellar
Tendinite Ilio tibial
Medial e lateral dor no joelho
Chondromalacia patellae
Plantar fascitis
Achiles tendinitis
Posterior tibialis tendinite

Por exemplo, a hiperatividade dos músculos anteriores do tórax (peitoral maior e menor,
deltóide anterior, etc.) foi mostrado por conduzir à ativação diminuída ( ou seja,
inibição) do trapézio inferior. O peitoral menor e um músculo que tende a se tornar
dominantes, concentricamente inclinam o omoplata anteriormente e podem conduzir à
ativação diminuída (inibição recíproca alterada) do trapézio inferior, um músculo que
tenda a se transformar inibido. Quando isso ocorre, os movimentos rítmicos
escapulothoracicos e da junta glenohumeral são alterados.

Em conseqüência, o trapezius superior e o levator scapulae, dois músculos que


funcionam synergistically com o trapezius inferior para girar o omoplata, pode se tornar
dominantes e e gerar uma pressão excessiva e sobrecarregar a região cervical. Isto pode
causar lesões no pescoço e igualmente conduzi-los a dores de cabeça.
O latissimus dorci tem inserção no ângulo inferior do scapula. Quando o trapezius
inferior é enfraquecido, o latissimus dorci pode tornar-se dominante para ajudar a
estabilizar a omoplata.
Isto impede a omoplata da rotação ascendente apropriada durante atividades elevação
vertical dos braços. A instabilidade resultada da ativação alterada dos músculos
estabilizadores do ombro vão alterar o eixo mecânico de rotação da junta glenohumeral.
Nesta situação, o omoplata não se move bastante e o úmero pode migrar de seu trajeto
normal do movimento e deslizar superior e anterior na cápsula, conduzindo a um
bloqueio dos tendoes do biceps, tendao do supraspinatus e no arco subacromial.
Isto causa tendenite do bíceps e do supraspinatus, também um " choque syndrome"
bloqueio do ombro. Também, se o latissimus é dominante, pode influenciar a pelve. Isto
pode conduzir aos desequilíbrios no complexo da lombar, pelvis e quadril
reciprocamente.
Estratégia para correção:

1) Mobilização torácica:

http://uk.youtube.com/watch?v=iDWNVp2Ht0Y

2) Alongamento dos músculos dominantes:

Peitoral maior, menor, latissimus dorci, corocobrachialis

2x 30 secs

3) Ativação dos músculos inibidos:

Trapezio inferior, rotator externo do ombro

http://uk.youtube.com/watch?v=koKi2SGd_w8

4/2/1 = ex/iso/con
3 ) Integração muscular:
http://uk.youtube.com/watch?v=LtDXW4rfVBs

3/1/2

Referencias

1. Neumann DA. Kinesiology of the musculoskeletal system: Foundations for


physical rehabilitation. St. Louis: Mosby; 2002.
2. Barlow JC, Benjamin BW, Pirt PJ, Hughes CJ. Shoulder strength and rangeof-
motion characteristics in bodybuilders. J Strength Cond Res.
2002;16(3): 367-72.
3. Janda V. Muscles and cervicogenic pain syndromes. In: Grant R., editor.
Physical therapy of the cervical and thoracic spine. New York: Churchill
Livingstone; 1988. p. 153-66.
4. Sahrmann SA. Diagnosis and treatment of movement impairment
syndromes. St. Louis: Mosby, Inc.; 2002.

Roger Brooking - Corrective Exercise Specialist - National Academy of Sports


Medicine