Você está na página 1de 8
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ELABORAÇÃO DA FOLHA DE REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Todas as obras deverão ser ordenadas alfabeticamente pelo sobrenome do autor, quando este for conhecido; no caso de publicações que não tenham autoria, deve-se citar o órgão responsável pelas informações utilizadas. Exemplo: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Catálogo de teses da Universidade de São Paulo, 1992. São Paulo, 1993. 476 p. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS LIVROS E ASSEMELHADOS Os elementos essenciais de uma referência bibliográfica são: A) AUTOR DA OBRA Cita-se o sobrenome, todo em maiúsculas, seguido de vírgula e o prenome seguido de ponto. Exemplo: HESSEN, Johann. 1 Obra com mais de um autor: COM DOIS AUTORES Cita-se o sobrenome, todo em maiúsculas, seguido de vírgula; prenome seguido do símbolo &, sobrenome do segundo autor, todo em maiúsculas, seguido de vírgula e o prenome seguido de ponto. Exemplo: PARRA FILHO, Domingos & SANTOS, João Almeida. COM TRÊS AUTORES Os nomes dos autores são separados por ponto-e-vírgula, seguido de espaço. Deve ser respeitada a ordem de citação dos autores constantes na obra. Exemplo: CASTRO, Paulo; SOUZA, Antônio Carlos; CARVALHO, José. MAIS DE TRÊS AUTORES Cita-se o primeiro autor, conforme as regras anteriores, seguido da expressão et alii. , que é abreviada como et al. e significa 'e outros'. 2 Exemplo: ALVES, Pedro Chavier et al. B) TÍTULO DA PUBLICAÇÃO Deve ser citado tal qual aparece na publicação. Para que haja destaque do título, utiliza-se a escrita em itálico, negrito e sublinhado, seguido de espaço. Caso haja subtítulo deve vir logo após o título, separado por dos pontos e sem destaque na fonte. Exemplo: VIANA, Solon Magalhães et al. Medindo as desigualdades em saúde no Brasil: uma proposta de monitoramento. Tratando-se de um título muito extenso, palavras podem ser suprimidas, desde que a supressão não incida sobre as primeiras e não altere nem substitua o sentido, essa supressão será indicada com reticências. Exemplo: MARTINS, Joel & CELANI, Maria Antonieta Alba. Subsídio para a redação de tese de mestrado e de doutoramento. Com a supressão, o título terá a seguinte redação: 3 MARTINS, Joel & CELANI, Maria Antonieta Alba. Subsídio para a redação de tese... Quando houver necessidade de acrescentar a tradução, em vernáculo, esta deve figurar entre colchetes. Exemplo: HESSEN, Johann. Teoria del conocimiento. [Teoria do conhecimento]. c) EDIÇÃO Deverá ser citada em algarismo(s) arábico(s), se for o caso, seguido(s) de ponto e da abreviatura da palavra edição. Exemplo: FRANCA, Leonel. Noções de história da filosofia. 16. ed. rev. A palavra edição abreviada deverá ser escrita sempre na própria língua, ou seja, na língua original da obra. Os acréscimos de expressões como ‘edição revisada’ ou ‘edição aumentada’, quando for necessário, devem ser abreviados: edição revisada = ed. rev. edição aumentada = ed. aum. 4 D) LOCAL DE PUBLICAÇÃO O nome do local (cidade) de publicação deve ser indicado tal como figura no documento. Exemplo: SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo. Razão e emoção. São Paulo: Quando a identificação do local não for possível, deve-se indicar entre colchetes a expressão sine loco [s.l.]. Exemplo: KRIEGER, G.; NOVAES, L. A.; FARIA, T. Todos os sócios do presidente. 3 ed. [s.l.]: Quando a cidade não aparece na publicação, mas pode ser identificada, faz-se a indicação entre colchetes. Exemplo: LAZZARINI NETO, S. Cria e recria. [São Paulo]: E) EDITOR O pesquisador deve citar o nome do editor, conforme o registro, na publicação. Os prenomes devem ser abreviados e devem ser suprimidos outros elementos que servem para designar a natureza jurídica ou comercial do mesmo, tais como S/A, Ltda, livraria, entre outros. 5 Exemplo: SALOMON, Délcio Vieira. Como jazer uma monografia: elementos de metodologia do trabalho científico. Belo Horizonte: Interlivros A razão social da editora citada como Interlivros é Interlivros de Minas Gerais Ltda. Quando não houver editor mencionado, mas que pode ser identificado, indica-se entre colchetes. Quando não há possibilidade de identificar o editor utiliza-se a expressão entre colchetes [s.n.] ou [sine nome]. F) DATA O ano de publicação deve sempre ser indicado em algarismos arábicos, como exemplo: 1985. Exemplo: FRANÇA, J. et al. Manual para normatização de publicações técno-científicas. 3. ed. rev. e aum. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 1996. Se a obra não tem nenhuma data de publicação, distribuição, copyright, impressão etc. e não pode ser determinada, deve ser registrada uma data aproximada entre colchetes. 6 Exemplos: [1981?] - para data provável [ca. 1960] - para data aproximada [197 _ ] - para década certa [18 __ ] - para século certo [18 __ ?] - para século provável G) NÚMERO DE PÁGINAS Para as publicações de um só volume, indica-se o número de páginas, seguido da abreviatura p. Exemplo: 540 p. e não 540 páginas. LISTAGEM DAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS A ordem da lista pode ser alfabética, sistemática (por assunto) ou cronológica, e deve ser numerada consecutivamente em ordem crescente. A) AUTOR REPETIDO O nome do autor de várias obras referenciadas sucessivamente deve ser substituído, nas referências seguintes à primeira, por um travessão. 7 Exemplo: POPPER, Karl Raymond. O conhecimento objetivo. São Paulo: Edusp, 1985. _________. Eu e seu cérebro. Campinas: Papirus, 1991. B) TÍTULO REPETIDO O título de várias edições de um documento referenciado sucessivamente deve ser substituído por um travessão nas referências seguintes à primeira. Exemplo: FRANCA, Leonel. Noções de história da filosofia. 1. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1918. _______. ______. 16. ed. rev. 8