Você está na página 1de 2

Técnicas de Modelagem Matemática

Rubén Panta Pazos rpazos@unisc.br O problema de escolher um problema do mundo real para interpretar numa linguagem ou enfoque matemáticos nem sempre é simples. O roteiro depois disso também varia conforme os objetivos a serem atingidos com a modelagem matemática. As ferramentas empregadas para a formulação matemática (e ainda a solução) do problema real denominam-se técnicas de modelagem matemática.
Outras áreas

Formulação
Problema real Formulação matemática Resolução multidisciplina

Interpretação Existem diversas técnicas, em diferentes níveis. 1. Formulação de problemas: (a) Escolha de temas (b) Coleta de dados (c) Formulação de modelos 2. Regressão ou ajuste de curvas (a) Ajuste linear (b) Ajuste quadrático 3. Variações (a) Variações discretas (b) Variações contínuas 4. Equações de diferenças 5. Equações diferenciais ordinárias 6. Equações diferenciais parciais 7. Técnicas probabilísticas.

O Cálculo da raiz quadrada pelos Babilônios
Com apenas poucos elementos, os babilônios puderam obter aproximações de seqüências de números racionais.

 A mediante

Dado um valor inicial inteiro (ou racional) x0 próximo a  A define-se a seqüência de números mediante a fórmula recorrente 1 A x n  1= x n 2 x n , com n = 1, 2, ...

como o espelho de um lago ou um estado. pode ser resolvido mediante o procedimento seguinte: • • • O mapa da região G obtém-se de um impresso ou ainda de um arquivo on-line. em qualquer caso será preferível dispor de um arquivo gráfico *. Depois com a aparição do conceito do limite e de métodos numéricos para aproximar raízes de equações não lineares justificou-se formalmente o cálculo da raiz quadrada desenvolvida pelos babilônios. Dada a região G. Nesse caso. e multiplicando vezes A . cuja área pode ser calculada de um modo rápido. de forma que seja possível ler as coordenadas em pixeis. Duas idéias elementares no procedimento dos babilônios para determinar uma boa x0 aproximação de  A : • • Uso da média aritmética para determinar uma melhor estimativa. então devemos acrescentar o número d pontos sobre a fronteira de forma tal que uma medida de tolerância seja atingida. Quando desejarmos aproximar melhor. obtem se x0 A A o que quer dizer que x 0  A x . x0 A A x1 A x0 Figura 1. Procedimento iterativo para aperfeiçoar as aproximações. Cálculo da área de uma região geográfica O problema de estimar em forma aproximada a área de uma região geográfica.Primeiro vamos supor que x0 <  A . A aproximação x1 é a média aritmética de x0 e A/x0. devemos ter 1 1  . escolhemos um conjunto finito de n pontos sobre a fronteira para serem usados como vértices de uma região poligonal Gn. muitos séculos antes que a matemática grega chegasse a patamares de alto nível. Similar raciocínio será válido no caso que a valor inicial seja  A x 0 . . onde podemos provar que A   Ax 0 . 0 x0 A A  .jpg.