Você está na página 1de 8

defi

Laboratórios de Física

departamento de física

www.defi.isep.ipp.pt

Equações de Fresnel

Instituto Superior de Engenharia do Porto – Departamento de Física Rua Dr. António Bernardino de Almeida, 431 4200-072 Porto. Tel. 228 340 500. Fax: 228 321 159

respectivamente. Introdução teórica Segundo as leis da reflexão e da refracção. distinguem-se os coeficientes de reflexão e de transmissão para os dois casos (Figura 1). dever-se-ão distinguir estas duas situações quanto ao feixe incidente. O restante feixe é refractado. Traçar experimentalmente as leis de Fresnel. Assim. reflectido e refractado. numa direcção que obedece à lei da refracção designada por Lei de Snell (1): n1 sin θi = n2 sin θt (1) A intensidade dos vários feixes é determinada a partir dos coeficientes de reflexão e de transmissão (2). quando um feixe luminoso incide na superfície de separação entre dois meios com diferentes características. Sabendo que qualquer tipo de polarização pode ser sempre decomposto em duas componentes perpendiculares entre si. Determinar o ângulo de Brewster. Departamento de Física Página 2/6 . pois as condições fronteira impostas na zona de separação entre os meios estão condicionadas pela direcção de oscilação do campo eléctrico incidente. r= Er Ei (2) t= Et Ei Figura 1 – Indicação do plano de incidência e das direcções de polarização para os diferentes feixes: incidente. propagando-se no segundo meio com índice de refracção n2. com um ângulo igual ao ângulo de incidência – Lei da Reflexão.Laboratórios de Física Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Objectivos: • • • Compreender o conceito de polarização da luz. que correspondem à razão entre as amplitudes dos campos eléctricos dos feixes reflectido e transmitido (ou refractado) relativamente à amplitude do feixe incidente. uma parte desse feixe é reflectido numa direcção simétrica em relação à normal da superfície.

Neste caso.e. o diâmetro do feixe no segundo meio é maior (se n2 > n1). uma vez que o meio de propagação é o mesmo para os feixes reflectido e incidente. também se distinguem as reflectâncias e as transmitâncias em função dessa polarização. conforme as expressões seguintes indicam: ⎛I ⎞ sen 2 (θi − θt ) R⊥ = ⎜ r ⎟ = 2 ⎝ I i ⎠⊥ sen (θi + θt ) ⎛ I ⎞ tg 2 (θ − θ ) R =⎜ r ⎟ = 2 i t ⎝ I i ⎠ tg (θi + θt ) (7) ⎛n wI ⎞ n cos θt 4sen 2 θt cos 2 θi ⋅ T⊥ = ⎜ 2 t t ⎟ = 2 2 ⎝ n1wi I i ⎠⊥ n1 cos θi sen (θi + θt ) ⎛ w I ⎞ n cos θt 4sen 2θt cos 2 θi ⋅ T =⎜ t t ⎟ = 2 2 2 ⎝ wi I i ⎠ n1 cos θi sen (θi + θt ) cos (θi − θt ) onde (8) wi . Em contrapartida. a transmitância T é proporcional ao quadrado do coeficiente de transmissão. as larguras dos feixes incidente e transmitido. ter-se-á: r = n2 cos θ i − n1 cos θt n1 cos θ t + n2 cos θ i t = 2n1 cos θi n1 cos θt + n2 cos θi (4) A intensidade dos feixes reflectido e transmitido é determinada a partir das suas potências relativamente ao feixe incidente. As quantidades assim determinadas são designadas por Reflectância R e Transmitância T. esta será igual ao quadrado do coeficiente de reflexão. ⎛I R=⎜ r ⎝ Ii ⎛I T =⎜ t ⎝ Ii ⎞ 2 ⎟=r ⎠ (5) ⎞ n2 cos θt 2 ⋅t ⎟= ⎠ n1 cos θi (6) De acordo com as duas situações de polarização do campo eléctrico incidente. i..Laboratórios de Física Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 a) Quando o feixe incidente tem polarização perpendicular ao plano de incidência. com um factor de proporcionalidade designado por factor de expansão do feixe e representado em (6). ter-se-á: r⊥ = n1 cos θ i − n2 cos θ t n1 cos θ i + n2 cos θ t t⊥ = 2n1 cos θi n1 cos θi + n2 cos θt (3) b) Quando o feixe incidente tem polarização paralela ao plano de incidência. Sendo a reflectância R a razão entre as respectivas intensidades. o feixe transmitido ao propagar-se num meio com índice de refracção diferente numa direcção de propagação também diferente. wt representam respectivamente. Departamento de Física Página 3/6 . vai sofrer expansão. t. r (5).

a onda reflectida vai emergir linearmente polarizada.. pois a sua componente paralela anula-se. θi = θt = 0º ..e. R = 1 . O ângulo de incidência para o qual se verifica esta situação é designado por ângulo de Brewster. para diferentes meios. i. nas duas situações de polarização. A reflexão aumenta com a amplitude do ângulo de incidência. i. Para θ i = 90º a reflexão é total para ambas as componentes da onda. Figura 2 .Coeficientes de reflexão para n1=1 e n2= 1. Verifica-se que para meios de transmissão com índices de refracção maiores. resultando em: tg θ B = n2 n1 (9) Incidência normal Quando o feixe incide com direcção normal à superfície.Laboratórios de Física Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 Ângulo de Brewster Quando θi + θt = 90º . podendo ser calculado a partir da lei de Snell.e. apenas com a componente do campo eléctrico perpendicular ao plano de incidência. Na Figura 2 estão representados dois gráficos referentes às reflectâncias observadas em função do ângulo de incidência.3 (cima) e para n1=1 e n2= 2 (baixo) em função do ângulo de incidência (θ). Departamento de Física Página 4/6 . o ângulo de Brewster aumenta. A partir destes gráficos pode-se determinar o valor do ângulo de Brewster para os interfaces representados. as componentes paralela e perpendicular são idênticas e as equações de Fresnel escrevem-se como: ⎛n −n ⎞ R = R⊥ ≡ R = ⎜ 1 2 ⎟ ⎝ n1 + n2 ⎠ 2 e T = T⊥ ≡ T = 4n1n2 (n1 + n2 ) 2 (10) Nesta situação a reflexão é mínima.

Departamento de Física Página 5/6 . Faça incidir a luz laser rasante ao transferidor e apontada para o centro do mesmo de forma a ler a escala correctamente. ATENÇÃO: Existem pelos menos dois feixes reflectidos na placa. i.. Coloque a placa espessa transparente em cima do transferidor graduado. Determinação do ângulo de Brewster 3. originados pela reflexão em cada uma das suas superfícies. procure a incidência para a qual o feixe reflectido pela placa transparente tiver um mínimo de intensidade. 4. oriente o feixe laser de forma a ter o eixo de polarização paralelo ao plano de incidência.e.Laboratórios de Física Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 Material Necessário • • • • • • Laser Fotodíodo Voltímetro Polaroid Transferidor Placa espessa transparente Procedimento experimental 1. Com a ajuda do Polaroid. Verifique se a montagem experimental está de acordo com o esquema representado na Figura 3. 2. Deve considerar somente o feixe reflectido na primeira superfície. Laser Polaroid Fotodíodo Figura 3 – Esquema de montagem. Procure o ângulo de Brewster. Vá rodando a placa de plástico sobre o transferidor de forma ao feixe laser incidir com um ângulo cada vez maior.

considerando que o índice de refracção do ar é nar = 1. 11. 1995. Epp. Represente graficamente as reflectâncias obtidas experimentalmente. 13. Inc. Faça variar os ângulos de incidência.Laboratórios de Física Leis de Fresnel DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 5. Todos os cálculos deverão estar indicados de forma clara. 9. Departamento de Física Página 6/6 . Outras informações Deverá registar todas as medições que efectuar. em intervalos de 10º. Referências Bibliográficas • • Physics Laboratory Experiments (5th edition). Represente graficamente a curva da transmitância para cada uma dos casos de polarização. Represente graficamente a reflectância total 2 RT = R 2 + R⊥ .A. Repita o procedimento anterior mas com a luz do laser polarizada verticalmente. a partir dos resultados experimentais. registe os valores de tensão para cada ângulo. bem como as características dos aparelhos de medida utilizados. 12. Ajuste o Polaroid à saída do laser e rode o laser de forma ao feixe ter polarização horizontal. utilizando unidades consistentes para as várias grandezas. Deve ter cuidado para usar correctamente a fenda que protege o fotodíodo da radiação ambiente. Laboratory Experiments in College Physics (7th edition). 7. Verifique se existe conservação de energia. usando o índice de refracção medido anteriormente. Bernard & Chirold D.S. Wilson. John Wiley & Sons. 1998. Cicero H. Coloque o fotodíodo orientado para o feixe reflectido na superfície da frente da placa (reflexão principal ou primária). Verificação das equações de Fresnel 6. 8. Com o voltímetro ligado ao fotodíodo e usando a escala mais baixa de tensão DC. Verifique também se o feixe laser está a incidir no centro do fotodíodo. Use o valor obtido para determinar o índice de refracção da placa transparente. Jerry D. Houghton Mifflin Company. A saturação é atingida para 450 mV. comparando-as com as curvas teóricas. U. começando por um valor baixo (~10º) até 90º. 10. NOTA IMPORTANTE: O fotodíodo possui uma resposta aproximadamente linear de 4mV/lux.

: Nome: Nome: Nome: -i- .Laboratórios de Física Leis de Fresnel – Anexo A DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 DEFI-NRM-4022 Leis de Fresnel Anexo A Curso: Disciplina: Ano: Turma: Grupo #: Data da realização: Data de entrega: Tabelas Tabela 1: Registo dos Aparelhos de Medição Aparelhos Unidades Resolução Erro de Leitura Tabela 2: Medidas do feixe reflectido polarização horizontal Ângulo θi polarização vertical V// [mV] R// V⊥ [mV] R⊥ 10º 20º 30º 40º 50º 60º 70º 80º <90º Nº Mec.: Nº Mec.: Nº Mec.

: Nº Mec.Laboratórios de Física Leis de Fresnel – Anexo B DEFI-NRM-4022 Versão: 01 Data: 14/11/2008 DEFI-NRM-4022 Leis de Fresnel Anexo B Questões sobre os conceitos de: • • • Conceito de polarização da luz. Leis de Fresnel. Ângulo de Brewster.: Nº Mec.: Nome: Nome: Nome: . Questões Nº Mec.ii - .