Você está na página 1de 3

Há poetas que brincam com as palavras, de modo a cativar e encantar as crianças que ouvem ou lêem os textos poéticos.

Portanto, a escola deveria ter o espaço da leitura poética como algo divertido, despertando o gosto pela leitura. Marque a alternativa que está adequada a essa proposta.

metodológico. Texto I “ A poesia tem tudo a ver com tua dor e alegrias, com as cores, as formas, os cheiros os sabores e a música do mundo. A poesia tem tudo a ver com o sorriso da criança, o diálogo dos namorados, as lágrimas diante da morte, os olhos pedindo pão.” (BANDEIRA, Manuel. Tem tudo a ver. In: Poesia completa e prosa. Editora Nova Aguilar, 1977).

Tom de aconselhamento.

a.

Presença da ludicidade verbal. A escola passa a ser um espaço de alegria e diversão, quando a criança ouve ou participa de jograis ou lê os textos poéticos.

b. c.

Escolha de vocabulário erudito.

Repetição de palavras.

Uso de temas tradicionais O ato de ler e ouvir histórias reside no ato de brincar — via do entretenimento para o imaginário que conduz ao conhecimento. Tal procedimento se deve:

a.

O professor deverá realizar leitura silenciosa em sala de aula, a fim de desenvolver os aspectos cognitivos e sociológicos.

b.

O professor deverá realizar a leitura como ato mecânico sem discussão e debate, priorizando apenas o seu posicionamento.

a. b.

à camada sonora.

c.

às rimas.

O professor deverá realizar a leitura, apenas em voz alta, alternada com a leitura silenciosa, a fim de levar o aluno a compreender e interpretar as idéias do texto.

ao lúdico. Sabe-se que o ato de brincar — via o imaginário — conduz ao conhecimento e às autodescobertas, negando o tom de aconselhamento e temas tradicionais em prol do lúdico e do prazer

d.

O professor deverá realizar a leitura silenciosa promovendo a oralidade.

c.

à metáfora.

ao vocabulário O mundo de leituras traz novos significados à experiência de vida e ampliam os horizontes do aluno a partir do(s) aspecto(s):

O professor deverá realizar a leitura silenciosa e em voz alta, em sala de aula, a fim de desenvolver os aspectos cognitivos, psicológicos e sociológicos O professor deverá estimular a leitura silenciosa e em voz alta na sala de aula e trabalhar o texto, a partir de vários aspectos cognitivos, psicológicos e sociológicos, que perpassam as obras, instaurando, assim, uma rede de saberes. Texto II Lado Bom “Periferia tem seu lado bom Manos, vielas e futebol no campão Meninas com bonecas e não com filhos Planejando assim um futuro positivo Sua paz é você que define Longe do álcool, longe do crime A escola é o caminho do sucesso Pro pobre honrar desde o começo E dizer em alto que somos a herança De um país que não promoveu as mudanças Sem atrasar ninguém, rapaz Fazendo sua vida se adiantar na paz (...)”. (Revista de quem educa: Nova Escola. Era uma vez. Canção de Férrez. Vol. 4. Edição Especial). Texto II Lado Bom

cognitivo.

a. b. c.

sociológico e psicológico.

lúdico.

psicológico.

cognitivo, psicológico e sociológico A aprendizagem da leitura se realiza na interação entre os aspectos: cognitivo, sociológico e psicológico. Tendo como base o poema “Tem tudo a ver” de Manuel Bandeira, o professor deverá trabalhar a partir do aspecto sensorial, associando-o aos sentimentos: de alegria e dor. E, a seguir, pedir ao aluno para recriar o poema e fazer a leitura em voz alta. A proposta em foco estimula o prazer de ler e escrever dos alunos. Marque a opção correta quanto a esse procedimento

d. a escola é o espaço da ética e não cabe o social. rapaz Fazendo sua vida se adiantar na paz (. lhe confere sentido com sua imaginação.. etc. O poeta. a. observando as questões sociais. articulando-o com vários contextos e ainda debater a temática em sala de aula. Criação da paródia.. na paródia. o livro Chapeuzinho Vermelho. longe do crime A escola é o caminho do sucesso Pro pobre honrar desde o começo E dizer em alto que somos a herança De um país que não promoveu as mudanças Sem atrasar ninguém. abordando a cultura da “Paz”. Interatividade. Marque a alternativa correta quanto ao procedimento metodológico em foco. O leitor é produtor de sentidos do texto e irá completá-lo com sua imaginação. b. marque a alternativa correta quanto ao procedimento metodológico dessa releitura.. negando o aspecto coletivo.)” pode-se deduzir que: A LIJ visa à promoção do individuo quanto aos saberes entrelaçados pelos aspectos cognitivos. A LIJ não tem natureza emancipadora. Relendo os versos “(.“Periferia tem seu lado bom Manos. História. a escola é um espaço de esperança e de alegria para o ensinar e o aprender. rapaz Fazendo sua vida se adiantar na paz (. Multidisciplinaridade. 4. A seguir. pois esta é a função do leitor-receptor. enquanto arte. b. a. sociológicos e psicológicos. c. a escola é o espaço de reflexão e de mudanças da sociedade. Interatividade. A LIJ não tem uma prática social visando transformar a sociedade a partir da leitura. enfocada no texto II (saúde. Intertextualidade. Canção de Férrez. d. Texto II Lado Bom “Periferia tem seu lado bom Manos. A seguir. a. O autor utiliza como suporte outro texto. Canção de Férrez. a escola é o espaço de reflexão e não cabe as mudanças do ponto de vista social. Multidisciplinaridade. a. longe do crime A escola é o caminho do sucesso Pro pobre honrar desde o começo E dizer em alto que somos a herança De um país que não promoveu as mudanças Sem atrasar ninguém. marque a alternativa correta. O professor deverá trabalhar o poema no texto II. na obra Chapeuzinho Amarelo. a escola é o espaço da esperança e não deve trabalhar com temas sociais. Transdisciplinaridade. c. resultando. O professor poderá trabalhar a multidisciplinaridade. A LIJ visa à compreensão do homem e do mundo do ponto de vista apenas social. De fato. Interdisciplinaridade. realiza uma ruptura com os valores convencionais da narrativa de Chapeuzinho Vermelho e instaura uma nova leitura da história clássica. sensibilidade e conhecimento de mundo. (Revista de quem educa: Nova Escola. ou seja. Vol. A LIJ visa à promoção individual do sujeito leitor. b. visando à formação integral do ser. d. Transdisciplinaridade.)”. porque propicia novos significados à experiência de vida e promove o autoconhecimento dos leitores. c. c. b. Interdisciplinaridade. Era uma vez. assim. pois. (Revista de quem educa: Nova Escola. Edição Especial). sociológicos e psicológicos. Era uma vez.. O leitor não absorve passivamente as histórias — o texto. com sua visão de mundo e suas percepções. realiza seu papel social. visando à formação integral do ser.. 4. A LIJ é emancipadora e sua prática social tende a transformar a sociedade e os cidadãos a partir de sua arte enquanto um “mundo de Leituras” e saberes entrelaçados pelos aspectos cognitivos.) A escola é o caminho do sucesso / Pro pobre honrar desde o começo (. . Literatura ... músico e escritor Chico Buarque.).. Edição Especial). vielas e futebol no campão Meninas com bonecas e não com filhos Planejando assim um futuro positivo Sua paz é você que define Longe do álcool. A LIJ. Sociologia. vielas e futebol no campão Meninas com bonecas e não com filhos Planejando assim um futuro positivo Sua paz é você que define Longe do álcool.)”. Vol. Explique as condições essenciais para a recepção da leitura pelos pequenos leitores. a escola é o caminho de transformação somente existencial.

onde a escola é a única esperança de transformação social. . dando voz aos anseios e desejos dos moradores da favela. Então. espírito democrático e ruptura com a mesmice. aproxima-se das questões sociais. pergunta-se: por que o poema enquadra-se na estética LIJ contemporânea? Porque há presença do cotidiano.O fragmento do poema: “Lado Bom”. visando uma condição social digna. de valores como solidariedade. texto II.