Você está na página 1de 26

Análise da variância a um factor

 
 
 

A PLICAÇÕES N A Á REA DA EDUCAÇÃO

 
 

E

S T E E S T U D O P R E T E N D E R E A L Ç A R A I M P O R T Â N C I A D A A N O VA E DOS

S

E U S

P R E S S U P O S T O S ,

C O N S I D E R A N D O

A P E N A S

U M A

VA R I Á V E L

I N D E P E N D E N T E .

P R E T E N D E

A I N D A

R E C O N H E C E R

O

S E U

C

O N T R I B U T O

P A R A

O

D E S E N V O L V I M E N T O ,

E M

P A R T I C U L A R ,

N A

Á R E A

D A

E D U C A Ç Ã O ,

S A L I E N T A N D O

A

S U A

U T I L I D A D E

E M

F

E N Ó M E N O S P E D A G Ó G I C O S .

 

A L U N A :

H E L G A

C A R I N A

C O R R E I A

N º :

1 0 0 2 1 5 3

 

D O C E N T E :

T E R E S A

O L I V E I R A

 

D I S C I P L I N A :

E S TA T Í S T I C A

I

 

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

 

1ª Aplicação

1ª Aplicação  Objectivo Irão ser analisados grupos de alunos que frequentaram várias instituições do ensino

Objectivo

Irão ser analisados grupos de alunos que frequentaram várias instituições do ensino superior em Cabo Verde, e verificar se o nº de alunos varia significativamente relativamente ao ano do

curso que frequentam;

Dados

Modelo Fixo

Planeament0 equilibrado

g = 3

n = 5

N= 15

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação   Observações (institutos)   Grupos Uni-Cv J Piaget IESIG ISCEE ISCJS
 

Observações (institutos)

 

Grupos

Uni-Cv

J Piaget

IESIG

ISCEE

ISCJS

Totais

Médias

Desvios

(Anos)

 

1

1166

1045

259

544

242

3256

651,2

433,84

2

1008

710

229

323

169

2439

487,8

359,08

3

591

374

147

167

126

1405

281

199,83

Fonte: Anuário da Educação de 2008/2009

Uni-Cv- Universidade Pública de Cabo verde; J Piaget Universidade Jean Piaget; IESIG Instituto de Estudos Superiores Isidoro da Graça; ISCEE- Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais; ISCJS Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Análise descritiva: • a média do nº de alunos vai diminuindo à medida que

Análise descritiva:

a média do nº de alunos vai diminuindo à medida que o ano do curso aumenta;

alunos vai diminuindo à medida que o ano do curso aumenta; • A diferença maior entre

A diferença maior entre as médias verifica-

se entre o 1º e o 3º ano do curso;

a variabilidade dos dados é maior no 1º ano do curso, o que poderá levar a variâncias heterogéneas.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Independência: O diagrama de dispersão dos resíduos mostra que
1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Independência: O diagrama de dispersão dos resíduos mostra que

Validade dos pressupostos da ANOVA

Independência:

O diagrama de dispersão dos resíduos

mostra que estes se encontram dispersos

aleatoriamente, não apresentando algum tipo de relação, de onde se

presume serem independentes.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: No gráfico dos resíduos versus ajustado, apesar de

Validade dos pressupostos da ANOVA

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: No gráfico dos resíduos versus ajustado, apesar de

Homocedasticidade:

No gráfico dos resíduos versus ajustado,

apesar de existirem observações que estão

mais dispersas, verifica-se que o modelo não

indicia violação dos pressupostos.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: O teste de Bartlett, indica a não rejeição
1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: O teste de Bartlett, indica a não rejeição

Validade dos pressupostos da ANOVA

Homocedasticidade:

O teste de Bartlett, indica a não rejeição de H 0 pois o valor das estatística de teste (1.9944) é

significativo para o p-value 0.3689, ao nível de significância de 5%, ou seja, o pressuposto de que

as variâncias são iguais em cada nível do factor, é válido.

Bartlett test of homogeneity of variances data: values by ind

Bartlett's K-squared = 1.9944, df = 2, p-value = 0.3689

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: O gráfico Normal Q-Q , mostra que os

Validade dos pressupostos da ANOVA

Normalidade:

O gráfico Normal Q-Q , mostra que os

pontos, na sua maioria, tendem a aproximar-

se da recta de 45º mas verifica-se que alguns

valores positivos dos resíduos (extremos)

deveriam ser menores. Ainda assim, este

gráfico não é grosseiramente não normal.

assim, este gráfico não é grosseiramente não normal. Mestrado em Estatística, Matemática e Computação

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: Através do teste de normalidade de Shapiro-Wilk
1ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: Através do teste de normalidade de Shapiro-Wilk

Validade dos pressupostos da ANOVA

Normalidade:

Através do teste de normalidade de Shapiro-Wilk verifica-se que de facto a hipótese inicial de

que os resíduos têm distribuição normal é aceite pois a estatística de teste (0.9075) com p-value

0.1238 para um nível de significância de 5%, é significativa.

Shapiro-Wilk normality test

data: residuos

W = 0.9075, p-value = 0.1238

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação Tabela ANOVA Fonte de Soma de Graus de Média de p F o
1ª Aplicação
Tabela ANOVA
Fonte de
Soma de
Graus de
Média de
p
F o
variação
quadrados
liberdade
quadrados
Anos
344190
2
172095
1.4458
0.2738
Resíduos
1428332
12
119028
Total
14
1772522
Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Análise da Tabela ANOVA Após efectuado o teste F, verifica-se que a estatística de

Análise da Tabela ANOVA

Após efectuado o teste F, verifica-se que a estatística de teste (1.4458) cujo p-value

associado é 0.2738, é significativa para um nível de significância de 5%, ou seja, a

hipótese inicial da igualdade das médias do nº de alunos nos 3 primeiros anos do

curso é aceite. Estatisticamente, as diferenças entre os 3 anos do curso não são significativas.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Conclusão • Existem diferenças entre o nº de alunos a frequentar os diversos anos
1ª Aplicação Conclusão • Existem diferenças entre o nº de alunos a frequentar os diversos anos

Conclusão

Existem diferenças entre o nº de alunos a frequentar os diversos anos do curso, mas estas não

são estatisticamente significativas;

A maioria dos alunos estão no 1º ano e esse nº tende a diminuir de um ano para o outro.

O estudo realizado poderá ser útil por exemplo, para perceber se os alunos tendem a

concentrar-se em determinado ano do curso e porque motivo este facto acontece.

Este tipo de análise será importante também para comparar os 5 anos de um curso e verificar se

neste caso as diferenças são significativas. Neste estudo, não foi possível realizar a análise dos 5

anos pelo facto da maioria das instituições do ensino superior em Cabo Verde serem bastante

recentes, facto este que leva ao nº bastante reduzido de alunos nos dois últimos anos do curso.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

1ª Aplicação

1ª Aplicação Conclusão • Caso se verifiquem diferenças significativas, questões poderão ser levantadas sobre os
1ª Aplicação Conclusão • Caso se verifiquem diferenças significativas, questões poderão ser levantadas sobre os

Conclusão

Caso se verifiquem diferenças significativas, questões poderão ser levantadas sobre os factores

que poderão influenciar essas diferenças:

Estará o programa curricular de cada ano do curso adequado?

A elevada expectativa dos alunos relativamente ao curso, ou até mesmo à instituição

poderá ter levado à desistência dos alunos?

O modelo de avaliação será o mais adequado?

Os métodos de ensino são ajustados?

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação  Objectivo Pretende analisar se existem diferenças significativas no nº de docentes do ensino

Objectivo

Pretende analisar se existem diferenças significativas no nº de docentes do ensino superior relativamente ao seu nível de formação: Doutorado, Mestrado, Licenciado.

Dados

Modelo Fixo

Planeament0 equilibrado

g = 3

n = 5

N= 15

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Grupos   Observações (nº de Docentes por instiuição)   Formação Uni-Cv

Grupos

 

Observações (nº de Docentes por instiuição)

 

Formação

Uni-Cv

JPiaget

IESIG

ISCEE

ISCJS

Totais

Média

desvios

Doutorado

17

13

5

5

3

43

8,6

6,07

Mestrado

108

67

19

89

20

303

60,6

40,23

Licenciado

146

129

66

37

10

388

77,6

58,47

Fonte: Anuário da Educação de 2008/2009

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Análise descritiva: • É ao nível do Doutoramento que se encontram menos docentes mas

Análise descritiva:

É ao nível do Doutoramento que se

encontram menos docentes mas este nº

aumenta significativamente quando o nível

de formação é a Licenciatura;

No diagrama de caixa, verifica-se que

apesar de não existem outliers, a variabilidade dos dados é maior para o nível do Mestrado e Licenciatura, enquanto que para o nível de Doutorado a variabilidade é bem menor.

que para o nível de Doutorado a variabilidade é bem menor. Mestrado em Estatística, Matemática e

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Independência: O diagrama de dispersão dos resíduos mostra que

Validade dos pressupostos da ANOVA

Independência:

O diagrama de dispersão dos resíduos mostra

que estes se encontram dispersos aleatoriamente,

não apresentando algum tipo de relação, de onde

se presume serem independentes.

tipo de relação, de onde se presume serem independentes. Mestrado em Estatística, Matemática e Computação

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: O modelo indicia violação do pressuposto para a

Validade dos pressupostos da ANOVA

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: O modelo indicia violação do pressuposto para a

Homocedasticidade:

O modelo indicia violação do pressuposto para

a igualdade da variância, pois no gráfico dos

resíduos vs valores esperados, verifica-se que os

resíduos tendem a crescer ficando mais

dispersos.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: Neste caso, o teste de Bartlett indica a
2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Homocedasticidade: Neste caso, o teste de Bartlett indica a

Validade dos pressupostos da ANOVA

Homocedasticidade:

Neste caso, o teste de Bartlett indica a rejeição de H 0 , pois a estatística de teste (11.4046), é

significativa com o p-value 0.003338, ao nível de significância de 5%. Assim, conclui-se que o

pressuposto para a igualdade das variâncias não é válido.

Bartlett test of homogeneity of variances

data: values by ind

Bartlett's K-squared = 11.4046, df = 2, p-value = 0.003338

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: Verificando o gráfico Normal Q-Q , e apesar

Validade dos pressupostos da ANOVA

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: Verificando o gráfico Normal Q-Q , e apesar

Normalidade:

Verificando o gráfico Normal Q-Q , e apesar

dos pontos extremos se afastarem mais da recta,

conclui-se que no geral, os pontos tendem a

aproximar-se da recta de 45º o que conduz

à normalidade dos erros.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: A normalidade dos erros também aqui é provada
2ª Aplicação Validade dos pressupostos da ANOVA Normalidade: A normalidade dos erros também aqui é provada

Validade dos pressupostos da ANOVA

Normalidade:

A normalidade dos erros também aqui é provada pelo teste de Shapiro-Wilk pois a estatística

de teste (0.963), cujo p-value associado é de 0.7448, é significativa para o nível de significância

de 5%, ou seja, a hipótese nula de que os erros provêm de uma distribuição normal é aceite.

Shapiro-Wilk normality test

data: residuos

W = 0.963, p-value = 0.7448

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Teste não – paramétrico: Teste de Kruskal-Wallis Uma vez que o pressuposto da igualdade

Teste nãoparamétrico: Teste de Kruskal-Wallis

Uma vez que o pressuposto da igualdade das variâncias para o modelo fixo para não é

verificado, o teste de Kruskal-Wallis poderá ser uma alternativa não paramétrica.

Kruskal-Wallis rank sum test

data: values by ind

Kruskal-Wallis chi-squared = 7.9542, df = 2, p-value = 0.01874

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

2ª Aplicação

2ª Aplicação Conclusão Após aplicado o teste de Kruskal-Wallis, obtém-se como valor para a estatística de

Conclusão

Após aplicado o teste de Kruskal-Wallis, obtém-se como valor para a estatística de teste 7.9542,

com p-value 0.01874, o que leva a rejeitar a hipótese nula para um nível de significância de 5%.

Conclui-se assim que existem diferenças estatisticamente significativas entre o nº de docentes

com os diferentes níveis de formação.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

ANOVA

 

na área da Educação

 
 
 

Existem inúmeras investigações realizadas na área da Educação nas quais é utilizada a técnica da

ANOVA.

O investigador consegue comparar grupos simultaneamente, tendo assim instrumentos para poder

concluir sobre a hipótese inicial

de

onde

parte

a

sua

investigação.

No caso particular da 1ª aplicação da ANOVA, este tipo de análise pretende levantar algumas questões relativamente à organização curricular dos cursos, bem como a métodos de ensino e até modelos de

avaliação, caso se verifiquem diferenças significativas no nº de alunos nos anos do curso. Após

identificar os anos onde as diferenças são mais notórias, tentar encontrar medidas para minimizar

essas diferenças.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

 

ANOVA

na área da Educação

ANOVA na área da Educação  Na 2ª aplicação da ANOVA, seria interessante comparar os resultados

Na 2ª aplicação da ANOVA, seria interessante comparar os resultados mais recentes sobre o nº de docentes, bem como comparar esse nº nos diversos anos escolares, mas devido à dificuldade em obter esses dados não foi possível efectuar esse estudo. De qualquer modo, será importante analisar com particular atenção, o nº reduzido de docentes doutorados e tentar encontrar soluções que deverão ir de encontro às necessidades das instituições, professores e alunos.

A facilidade na atribuição de bolsas de estudo, a formação contínua de professores, a melhoria

das condições de trabalho e salário, poderão ser factores que, entre outros, deverão aumentar o

nº de docentes doutorados nas instituições de ensino superior.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011

ANOVA

na área da Educação

ANOVA na área da Educação  Na Educação, e através da ANOVA, os investigadores procuram a

Na Educação, e através da ANOVA, os investigadores procuram a cada dia encontrar relações entre diversos grupos com determinadas características, avaliar percepções e atitudes de alunos e professores de forma a encontrar métodos que ajudem a compreender e ultrapassar as limitações que surgem nesta área.

Mestrado em Estatística, Matemática e Computação 2010/2011