O

Como ter o melhor aproveitamento dos alimentos ?
nutritiva. direito de escolher a instituição A Fundação Ação Criança que receberá a doação de R$ é uma entidade sem fins lucra- 0,50 por boleto pago. tivos, reconhecida pela Unesco Conheça mais sobre o (Organização das Nações Uni- Projeto Ação Criança pelo site das para a educação, a ciência www.acaocrianca.org.br e a cultura).Foi criada em 1996 com a missão de combater, no Por Joelma dos Santos Brasil, a Aprenda uma das receitas nutritivas do Projeto Ação desnutrição Criança emcrianças carentes até Gratinado de folhas de couve-flor com parmesão 7 anos, fase responsável Ingredientes: pela formação . Folhas de 2 couves-flor; física, psíquica e motora de . 1 colher (sopa) de manteiga; cada indivíduo. A Funda- . 1 colher (sopa) de óleo de girassol; ção Ação Criança foi escolhida . 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado; pelo Centro . 1 colher (café) de sal. Universitário Nove de Julho Modo de preparar: (Uninove) para concorrer com Lave as folhas, escorra e corte-as em tira. Aqueça o a Fundação óleo junto com a manteiga Sou da Paz, e acrescente as folhas e o sal. Refogue em fogo baixo, mexendo com freqüência às doações por 8 minutos. Desligue. Passe o refogado para uma da campanha assadeira untada com social "Boleto manteiga. Polvilhe por cima com queijo parmesão e on-line", um leve ao forno médio, projeto que previamente aquecido por 15 minutos. Sirva em seteve início em guida. julho deste ano Valor nutricional: Vitamina A, E, C, proteínas e fibras. e dá ao aluno o

s alunos da Uninove (unidade Memorial) assistiram à palestra com o tema "Nutrição: melhor aproveitamento dos alimentos", no final de agosto. A nutricionista da Fundação Ação Criança, Maria Lucia Martinez, e a assessora de marketing, Fabiana Carvalho, explicaram sobre a importância de uma boa alimentação e os cuidados necessários com a nutrição de crianças. Martinez ensinou algumas receitas que possibilitam o aproveitamento de partes de frutas e hortaliças que normalmente são descartadas, como sementes, cascas e talos; e falou sobre as técnicas de congelamento para melhor conservação dos produtos. Fabiana apresentou os projetos "Alimentação para a Primeira Infância" e "Incentivo à Economia Local", ambos com foco no combate à desnutrição infantil. Segundo a assessora, as creches e abrigos apoiados pela Ação Criança recebem orientações sobre trabalho educativo para aceitação da alimentação por parte das crianças e treinamentos sobre culinária para uma alimentação

O projeto já beneficia cerca de oito mil crianças apenas no Brasil e pretende crescer com a nova campanha. Nigéria. As crianças convivem com uma mãe social (mãe não biológica que deve ter até 25 anos. entre elas a edificação da 15 ª Aldeia Infantil Brasileira. em parceria com a associação Aldeias Infantis SOS. África do Sul. na Alemanha. Empresas e pessoas físicas que quiserem ajudar podem entrar em contato com o telefone 0800 160 633. Os jogos não serão a única forma de contribuição. No Brasil. 310 Vila Maria Cep: 02117-010 Tel. As doações recebidas serão direcionadas para os países que apresentaram maior necessidade e também popularidade no futebol: Brasil. Em dezembro de 2004. em Recife. um projeto para construção e manutenção de seis novas aldeias em diversos países. México. promove para a Copa do Mundo de 2006. que será construída no município de Igarassu. "Com a construção da Aldeia Infantil SOS de Pernambuco muitos terão a oportunidade de crescer em um lar". que atualmente joga no Lyon.. Ivan Marcos Caminara Bismara Coordenador de Produtos UNINOVE . "Nosso grande desafio é ampliar o número de Amigos SOS. oferece condições de vida digna para crianças abandonadas. 6633-9000 http://www. o jogador Juninho Pernam-bucano foi nomeado embaixador da nova aldeia que será construída no Brasil. FIFA.br Tel. Vietnã e Ucrânia. que sofreram maus-tratos ou nunca tiveram família. intitulada “6 aldeias para 2006”.2 A Futebol contribui para.. ser solteira.Rua Diamantina. Lígia Hernandez. A associação Aldeias Infantis SOS é uma entidade internacional existente há 55 anos e presente em 132 países. 0800-120404 filhos e morar na aldeia) e conhecem o sentido de um verdadeiro lar.uninove. que contribuem regularmente com a organização para garantir também a manutenção de mais esse projeto". Por Natali Alencar Ilustração: Walter Dias Orientador Gráfico Prof. Ozeias Teixeira de Souza Orientador Editorial Prof. afirmou Juninho. Ozeias Teixeira de Souza Produção Gráfica Prof. da França. com o apoio da FIFA e do Comitê Organizador da Copa do Mundo. Renato Vaisbih Editora chefe Diretor do Departamento de Ciências Sociais Prof. desde 1967. sem Expediente Grafite Centro Universitário Nove de Julho Vila Maria . Allan Kozlakowski Coordenadora do Curso de Jornalismo Profª Gabriela Pavanato Sardinha Rissoni Coordenador Adjunto do Curso de Jornalismo Prof. A campanha "6 aldeias para 2006" promoverá jogos amistosos com clubes de futebol e torcedores. explica a diretora de relacionamento e parcerias da associação e coordenadora da campanha no país.

.· Daniel Azulay .Voluntário do Ano 1999 (concedido pela Kanitz & Associados).3 . · Armin Knab . · Empresa que Educa 1999 e 2000 (concedido pelo Senac).Voluntário do Ano 1999 (concedido pela Ka- nitz & Associados). · Bem Eficiente 1998 e 2001 (concedido pela Kanitz & Associados). · Volkswagen .Empresa Voluntária do Ano 2001 (concedido pela Kanitz & Associados).projetos sociais Confira os prêmios concedidos a Associação Aldeias Infantis · Bem Eficiente 2004 (concedido pela Kanitz & Associados)...

4 Eu. Para dar conta da complexidade do tema. deu nó na garganta. Uma das maiores e mais conceituadas coreógrafas brasileiras. Em seu sétimo espetáculo. brusco e sensível. o espetáculo veio para São Paulo. “Nó”. com enorme sucesso de público e crítica. “Nó” é um desfile de sensações antagônicas. onde fez temporada popular durante dois meses. Deborah tem um estilo arrojado e deslumbrante que cativa até as pessoas que nunca tiveram um olhar mais atento para a dança. que. mostra maturidade ao propor um tema tão abrangente quanto singular.fazem um espetáculo que tem altas doses de erotismo. que nos deixam sufocados em relações onde somos ora dominados. Por Janaina Pereira V isceral. Violento e delicado. numa explosão de sentimentos arrebatadores. chocante e amoroso. No Brasil. sofrimento e libertação. Os figurinos ganharam a ousadia de Alexandre Herchcovitch. Não é à toa que os nós somos nós que rima com sós. onde os bailarinos se amarram.incluindo Deborah . fiel ao tema proposto. Os 16 bailarinos . que nos deixa com uma felicidade angustiante. O público é um privilegiado voyer desse espetáculo recheado de elementos fetichistas. mordazes e furiosas. Trata-se de uma proposta inusitada: são 120 cordas emaranhadas. no Festival de Wolfsburgo. nós Teatro João Caetano. você. que tudo que é perverso também é sedutor. tudo que seduz tem um toque de perversão e tudo que nos amarra. como cabelos e cordas. Os nós. Esta é a palavra que melhor define a Companhia de Dança Deborah Colker. em movimentos de aprisionar e libertar. No final de setembro e início de outubro. as cordas provocam prazer e dor. com toques de vermelho e preto. “Nó” fez sua estréia mundial em maio. a companhia modificou o seu sistema de trabalho e. nos liberta. suas coreografias são verdadeiros estudos do que se esconde na alma humana. com lotação esgotada. que dá show num solo emocionante. Com trocadilho. ora dominadores. criou roupas cor de carne. que continuará fazendo parte da equipe. A Companhia Déborah Colker mostra. num espetáculo imperdível que está excursionando pelo Brasil. introduziu aulas de filosofia com o professor Fernando Muniz. Deborah. na Alemanha. no Rio de Janeiro. Assim como o desejo. paralelamente aos trabalhos físicos. ao se desfazerem nos deixam completamente sozinhos. ela trouxe como tema o desejo e as amarras que ele pode nos causar. Rápidas. estreou no .