GIANNI

RODARI

NICOLETTA COSTA

o hornem

da chuva

o hOlllelll
da
chuva

2009

Titulo Original ~omino della pioggia Copyright© Edizioni EI, 2005 Titulo da Edi<;;:ao Brasileira o Hornem da Chuva Texto © Gianni Rodari Ilustra<;;:ao Nicoletta Costa © Tradu<;;:ao Francisco Oegani : Coordena9ao Editorial: Adriano Andrade Editora9ao Eletronica : Cristina Carnel6s 1" edi9ao 2009 Editora Biruta
CIP-BRASIL. CATALOGAQAO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LlVROS,

RJ

R591h Rodari, Gianni, 1920-1980 o homem da chuva / Gianni Rodari ; [tradu9ao Francisco Oegani]. - Sao Paulo:
il.

Biruta, 2009.

Tradu9ao de: ~omino della pioggia ISBN 978-85-7848-025-7 1.Conto infanto-juvenil italiano. I. Oegani, Francisco II. Titulo. 09-0751. 17.02.09 18.02.09
0

coo:

028.5 COU: 087.5 011110

Edi<;;:ao ern conformidade com

acordo ortografico da lingua portuguesa.

Todos os direitos desta edi9ao reservados a. Editora Biruta Ltda. Rua Coronel Jose EuzebiO, 95 Vila Casa 100 - 5 Higienopolis CEP: 01239-030 I Sao Paulo I SP I Brasil Tel.: (011) 3081-5741 (011) 3081-5739 E-mail biruta@editorabiruta.com.br Site vvvvvv.editorabiruta.com.br :A~';;P..f';dlY9aO' qualquer parte desta obra e ilegal, e configura urna d\3. .:,apropr'i.q~,~q i,:,devida dos direitos intelectuais e patrimoniais do autor.
'" ,,",~, <

.

.'

,.

."

~.,.,~-.

<,

'r' •

' • '-~J[ -

">,,,-'''~"1.

Ohomem da chuva

Voce conhece 0 homem da chuva? Eu coriheco o homem da chuva.

E urn homem leve, leve,
que mora nas nuvens,

salta de uma nuvem para outra sem afundar 0 piso macio e vaporoso.

...
t,.

As nuvens tern rnuitas torneiras. Quando 0 hornern abre as torneiras, as nuveris deixarn cair agua sobre a terra.

Quando

0

hornern fecha as torneiras, sernpre abrindo

a chuva para. 0 hornern da chuva tern rnuito trabalho, e fechando todas as torneiras,

e, as vezes, fica rnuito cansado.

Quando

e sra can sa do , cansadissimo,

ele

deita sobre uma nuvenzinha deixou abertas e continua a chover.

e adormece.

Dorme, dorme, dorme e, no entanto, todas as torneiras

Por sorte, um t rovfio mais forte do que todos os outros acorda 0 homem da chuva. Ele da um pulo e exclama: - Pobre de rn irn , quem sabe quanto tempo eu dormi!

Olha para baixo eve as cidades, as montanhas e os campos cinzas e tristes debaixo da ag ua que continua a cairo

Eritao, corneca a saltar de uma nuvem para outra, fechando todas as torneiras.

Assirn a chuva para, as nuvens sao ernpurradas para longe pelo vento, ernbalando docernente 0 hornern da chuva. Ele adorrnece de novo.

Quando acorda, ele exclama: - Pobre de mim, quem sabe quanto tempo eu dormi! Olha para baixo eve a terra seca e fumegante, sem uma gota de agua.

Entao, corre pelo ceu abrindo todas as torneiras. E sempre assim ele vai levando.

e

@~ ..[fO c=
(Y]

Ow

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful