Aluno: Vitor Mateus Tomio Escola: Célestin Freinet Data: 1/09/2008 Profª: Jeanine Disciplina: Artes

A Arte na Idade Média

Citarei sobre muitos tipos de arte como a arte bizantina. dos povos Germânicos e outros.Introdução Neste trabalho eu irei apresentar sobre a arte na Idade Média. . a arte Islâmica. Espero que apreciem o trabalho.

energia ritmica. Palácios. azulejo. . Maior oroximidade formal ao românico Arte . cerâmica.Arte visigótica . pedra de estilo animalista imaginativo (abstracionismo e organicismo).Artes decorativas.Arte religiosa islâmica. pintura e mosaico de caráter bidimensional e simbólico (ícones). Norte de África. mosteiros. . Turquia.) .Arte cristã do império romano do oriente. mosaicos. .C. . mesquitas. iluminura. . padrões. Diversas influências. artefatos em metal. desde a transição da capital para Constantinopla à sua conquista em 1453 pelos turcos. mármore. espírito medieval. ausência de representação humana.Ornamentos com base em citações do Corão (arabescos). Arte carolíngia . abstracionismo.C.Irlanda e GrãArte dos Bretanha. baixos-relevos (Catedral de Aachen .Período da invasão pelos Visigodos da Península Ibérica entre 415 e 711 d. Fusão artística céltico-germânica povos pela influência de tribos germânicas (estilo Hibérnico-Saxão de 600 a germânicos 800 d.Mosteiros. Síria. A Igreja Católica assume neste período um papel de extrema importância filtrando todas as produções científicas e culturais. motivos florais e vegetais.Herança céltico-germânica. Egito. fazendo com que muitas obras artísticas tenham temática religiosa. ausência da figura humana. mosaico. espiritualismo. joalharia.A arte da Idade Média insere-se no período que. convencionalmente. Sicília. Influência da arte romana e da arte oriental. marfins. metal. merovíngia Período de Carlos Magno e seus sucessores. extenso território (Pérsia. Arte bizantina Período pré-românico Arte islâmica . inspiração na arte romana clássica.Arte hibérnico-saxônica e Arte anglo-saxônica . 500 a 750. surge a cripta com deambulatório. Iluminura de caráter ornamental. madeira. . do século V ao século XII. emocional.capela palatina). . joalharia. se chama de Idade Média.Arquitetura religiosa (cúpula). . geometrização. geometrização e elementos zoomórficos. Península Ibérica)..Arquitetura religiosa com pinturas murais. arquitetura com base na geometria e matemática. iluminura de forte dinamismo de traço.Período da dinastia franca dos merovíngios de c.

. Paredes muito espessas e por muito poucas janelas. Iluminura de grande força e intensidade. .Arte otoniana .Catedrais.Baixa Idade Média. abóbada.Influência estilística dos Descobrimentos. hierarquia pela escala das figuras. clarificação da mensagem. portas de bronze em relevo.Arquitetura com influências romanas. grande importância da Arte decoração. As paredes serem mais leves e finas. entre século XI a século XIII. .Portugal. . Império romano-germânico: Otão I e seus sucessores. O horizontalismo dos edifícios ter sido substituído pelo verticalismo. -Alta Idade Média. Os contrafortes serem em menor número. . . catedrais) e outros edifícios tinham planta de cruz latina ou em basílica. elementos florais manuelina e vegetais. arco quebrado. todas elas de pequeno tamanho. As janelas serem Arte gótica predominantes. Durante a Idade Média os templos (igrejas.Arquitetura vigorosa. meados do século X a inícios do século XI. Paredes suportadas e consolidadas por contrafortes gigantes para dar sustentação ao edifício.Escultura realista e expressiva. A utilização do arco de volta quebrada. Nas torres (principalmente nas torres sineiras) os telhados serem em forma de pirâmide. planta basílical. maciça e de equilibradas proporções. do qual recebe grande influência.Alemanha. estilo defensivo. . cordas. Tetos em abóbada que substituíram os tetos de madeira. esfera armilar. e que antecipa formalmente o românico. verticalismo. motivos marítimos. arco de volta-perfeita. possibilitar ascensão ao divino. Estilo que sucede ao carolíngio. Românico e Gótico Arte românica . variedade de matizes. A consolidação dos arcos ser feita por abóbadas de arcos cruzados ou de ogivas. mosteiros (Ordem de Cluny). castelos. estilo arquitetônico simultâneo a gótico final. Europa. vitrais. abóbada de cruzaria. . A consolidação dos arcos ser feita por meio de abóbadas de cruzamento.Arte religiosa citadina de ensinamento ao fiel. complexidade decorativa. arcobotante. entre finais de século XII a finais de século XV com diferenças locais e temporais. Europa.

Devido a estas abóbadas (de estilo bizantino) as paredes tiveram de se tornar espessas para sustentar tanto peso. Conclusão . esses tetos de madeira foram substituídos por abóbadas. o uso de janelas e vitrais passou a ser tão reduzido que quase não se notava os detalhes do interior dos edifícios. deram uma maior luminosidade e claridade ao interior dos edifícios. as paredes eram rasgadas por inúmeras e enormes janelas e vitrais que. ao contrário do estilo Românico. pelo fato de haver muito pouca luminosidade. por isso. Por esta razão. Por isso houve uma diminuição do número de contrafortes utilizados. havia muitos incêndios. Devido a isto. As paredes passaram a ser menos espessas e mais altas.No estilo Românico os principais materiais utilizados para a construção de edifícios eram a pedra e o tijolo. Para as sustentar era necessário o uso de contrafortes em abundância. Para que os edifícios não se desmoronassem. Na altura os tetos dos edifícios eram de madeira e. mas menos extensos. No estilo Gótico os edifícios passaram a ser mais altos.

O estilo românico é um estilo mais pesado. por exeplo: Os vitrais das igrejas. A arte está presente no nosso cotidiano. O estilo gótico é um estilo tipo mais leve. com paredes mais espessas e as torres são mais grossas. Referências . os estilos românicos e góticos e etc.A arte na idade média foi a arte que mais revolucionou a arte. por exemplo: as paredes são menos espessas. tem torres com pontas bem agudas.

wikipedia.org/wiki/Arte_medieval .http://pt.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful