Você está na página 1de 19
Capítulo I A. Grandezas Físicas, Unidades e Dimensões Objectivos: O aluno deve: 1. Compreender a
Capítulo I
A. Grandezas Físicas, Unidades e Dimensões
Objectivos:
O aluno deve:
1. Compreender a distinção entre grandeza física e a unidade em que é
expressa
2. Compreender a importância de um sistema de unidade e quais as
características a que este obedece
3. Compreender
dimensional
e
saber aplicar o princípio da homogeneidade
4. Usar o princípio da homogeneidade dimensional para conversão de
unidades
5. Conhecer os prefixos SI e os respectivos factores multiplicativos
1
A - Grandezas Físicas, Unidades e Dimensões 1.1. Introdução • A observação de um fenómeno
A - Grandezas Físicas, Unidades e Dimensões
1.1. Introdução
• A observação de um fenómeno é incompleta quando dela não resultar uma informação
quantitativa.
• Medir é um processo que nos permite atribuir um número a uma grandeza física como
resultado de comparação entre quantidades semelhantes. Uma dessas quantidades é
padronizada e adoptada como unidade da grandeza em questão.
Grandezas físicas
Fundamentais
Derivadas
aquelas que não são derivadas de outras
aquelas que podem ser expressas em
termos das grandezas fundamentais
2
1.2. Escolha das grandezas fundamentais e suas unidades Grandezas Fundamentais No estudo da mecânica são
1.2. Escolha das grandezas fundamentais e suas unidades
Grandezas Fundamentais
No estudo da mecânica são necessárias apenas três grandezas fundamentais.
Das muitas escolhas possíveis, mantiveram-se duas até à época actual:
1. Comprimento, massa e tempo
Sistemas absolutos
2. Comprimento, força e tempo
Sistemas gravitatórios
Unidades - Sistemas absolutos
1. Metro (m), quilograma (kg), segundo (s)
(sistema MKS, que dará origem ao Sistema Internacional – SI)
2. Centímetro (cm), grama (g), segundo (s)
(sistema CGS)
3
1.3. Sistemas de unidades Grandezas e unidades fundamentais do Sistema Internacional (SI) Grandeza Física Dimensão
1.3. Sistemas de unidades
Grandezas e unidades fundamentais do Sistema Internacional (SI)
Grandeza Física
Dimensão de base
Unidade
Abreviatura
comprimento
L
metro
m
massa
M
quilograma
kg
tempo
T
segundo
s
Intensidade de corrente eléctrica
I
ampére
A
temperatura
θ
kelvin
K
intensidade luminosa
J
candela
cd
quantidade de substância
N
mole
mol
Um sistema de unidades deve ser “coerente”, o que significa que uma unidade
derivada se deve obter à custa das fundamentais por simples produto ou quociente,
sem que apareçam factores numéricos.
4
Algumas unidades SI derivadas com nomes especiais Grandeza Unidade Expressão em termos de outras unidades
Algumas unidades SI derivadas com nomes especiais
Grandeza
Unidade
Expressão em termos
de outras unidades
Expressão em termos das
unidades fundamentais
Frequência
Hertz (Hz)
s -1
Força
Newton (N)
m.Kg.s -2
Pressão
Pascal (Pa)
N/m 2
m
-1 .Kg.s -2
Trabalho
Joule (J)
N.m
m
2 .Kg.s
-2
Potência
Watt (W)
J/s
m
2 .Kg.s
–3
5
Definição das unidades padrão Massa (m) Quilograma (kg): é definido como a massa de um

Definição das unidades padrão

Massa (m)

Quilograma (kg): é definido como a massa de um cilindro de platina-irídio (90% Pt – 10% Ir), que está guardado na Repartição Internacional de Pesos e Medidas em Sèvres (França) (1901).

Comprimento (l)

Metro (m): é a distância que a luz percorre no vácuo num tempo de 1/299 792 458 segundos (1983).

Tempo (t)

Segundo (s): é definido como a duração de 9 192 631 770 períodos da radiação de um certo estado do 133 Ce (1967).

Intensidade de corrente eléctrica (I)

Ampere (A): 1 ampere é a intensidade de uma corrente constante que, mantida em 2 condutores rectilíneos e paralelos, de comprimento infinito e secção circular desprezável, à distância de 1 m no vazio produzem uma força de 2×10 -7 N/m (1948).

Temperatura (T)

Kelvin (K): 1 K é 1/273,16 da temperatura termodinâmica do ponto triplo da água (1967).

Quantidade de matéria (n)

mole (mol): quantidade de matéria de um sistema contendo tantas entidades elementares quanto os átomos que existem em 0,012 kg de 12 C (1971)

Intensidade luminosa (I v )

candela (cd): 1 cd é a intensidade luminosa numa dada direcção de fonte que emite radiação monocromática de frequência 540×10 12 Hz e cuja intensidade nessa direcção é 1/683 W.sr -1 (1979).

6

Grandezas e Unidades Derivadas (alguns exemplos) Dimensão Equação de Grandeza física (símbolo) Unidade SI
Grandezas e Unidades Derivadas (alguns exemplos)
Dimensão
Equação de
Grandeza física (símbolo)
Unidade SI (símbolo)
de base
definição
área (A)
metro quadrado (m 2 )
L
2
l
1 ·l 2
volume (V)
metro cúbico (m 3 )
L
3
l
1 ·l 2 ·l 3
período (T)
segundo (s)
T
frequência (f)
hertz (Hz ou s -1 )
T
-1
F
= 1/T
velocidade angular (ω)
radiano por segundo (rad.s -1 )
T
-1
ω = dθ/dt
aceleração angular (α)
radiano por segundo quadrado (rad.s -2 )
T
-2
α = dω/dt
velocidade (v)
metro por segundo (m.s -1 )
LT -1
v = dr/dt
aceleração (a)
metro por segundo quadrado (m.s -2 )
LT -2
a = dv/dt
massa volúmica (ρ)
quilograma por metro cúbico (kg.m -3 )
ML -3
ρ = m/V
força (F), peso (P)
newton (N)
MLT -2
F
= ma
ML 2 T -2
momento de uma força (M)
newton metro (N.m)
M = r × F
momento linear ou
quantidade de movimento (p)
quilograma metro por segundo (kg.m.s -1 )
MLT -1
p
= mv
momento de inércia (I)
quilograma metro quadrado (kg.m 2 )
ML 2
I = Σ m i r i
2
trabalho (W), energia (E)
joule (J)
ML 2 T -2
dW = F·dr
ML 2 T -3
potência (P)
watt (W)
P
= dE/dt
7
Dimensão Equação de Grandeza física (símbolo) Unidade SI (símbolo) de base definição carga eléctrica (Q)
Dimensão
Equação de
Grandeza física (símbolo)
Unidade SI (símbolo)
de base
definição
carga eléctrica (Q)
coulomb (C)
TI
Q = It
campo eléctrico (E)
volt por metro (V.m -1 )
MLT -3 I -1
E
= F/Q
potencial eléctrico, diferença
de potencial ou tensão (V)
volt (V)
ML
2 T -3 I -1
V
= W/Q
força electromotriz (E)
volt (V)
ML
2 T -3 I -1
E
= dW/dq
força contra-electromotriz (E’)
volt (V)
ML
2 T -3 I -1
E’ = dW’/dq
capacidade eléctrica (C)
farad (F)
M
-1 L -2 T 4
C
= Q/V
resistência eléctrica (R)
ohm (Ω)
ML
2 T -3 I -2
R
= V/I
resistividade eléctrica (ñ)
ohm metro (Ω.m)
ML
3 T -3 I -2
ρ = RS/L
impedância (Z)
ohm (Ω)
ML
2 T -3 I -2
potência eléctrica (P)
watt (W)
ML
2 T -3
P
= VI
campo magnético (H)
ampere por metro (A.m -1 )
L
-1 I
indução magnética (B)
tesla (T)
MT
-2 I -1
F
= I∆l × B
fluxo magnético (φ)
weber (Wb)
ML
2 T -2 I -1
φ = B·S
indutância (L)
henry (H)
ML
2 T -2 I -2
L
= φ/I
8
Grandezas derivadas adimensionais Grandeza física Unidade (símbolo) Dimensão de base Definição da unidade 1 rad
Grandezas derivadas adimensionais
Grandeza física
Unidade (símbolo)
Dimensão de base
Definição da unidade
1 rad é o ângulo plano compreendido entre 2
ângulo plano
radiano (rad)
Adimensional
raios que, na circunferência de um círculo,
intersectam um arco de comprimento igual ao
do raio desse círculo (1960).
1 sr é o ângulo sólido que tendo o vértice no
ângulo sólido
esterradiano (sr)
Adimensional
centro de uma esfera, intersecta na superfície
desta uma área igual à de um quadrado tendo
por lado o raio da esfera (1960).
9
Prefixos SI e as suas abreviaturas Prefixo Abreviatura Factor Prefixo Abreviatura Factor deca- da 10
Prefixos SI e as suas abreviaturas
Prefixo
Abreviatura
Factor
Prefixo
Abreviatura
Factor
deca-
da
10
1
deci-
d
10
-1
hecto-
h
10
2
centi-
c
10
-2
quilo-
k
10
3
mili-
m
10
-3
mega-
M
10
6
micro-
µ
10
-6
giga-
G
10
9
nano-
n
10
-9
tera-
T
10
12
pico-
p
10
-12
peta-
P
10
15
femto-
f
10
-15
exa-
E
10
18
atto-
a
10
-18
10
Distâncias típicas Distância média até ao sol 1.49 × 10 11 m Massas típicas Raio
Distâncias típicas
Distância média até ao sol
1.49 × 10 11 m
Massas típicas
Raio terrestre
6.37 × 10 6 m
Altitude de cruzeiro de um avião
1 × 10 4 m
Massa de um homem
80 kg
Altura de um homem alto
2 × 10 0 m
Massa de uma molécula de O 2
5.31
× 10 -26 kg
Espessura de uma folha de papel
1 × 10 -4 m
Massa de um electrão
9.11
× 10 -31 kg
Diâmetro do átomo de hidrogénio
1 × 10 -10 m
Raio aproximado de um protão
1 × 10 -15 m
Intervalos temporais típicos
Idade da Terra
1.3
× 10 17 s
Um ano
3.2
× 10 7 s
Um dia
8.6
× 10 4 s
Período do batimento cardíaco
10 0 s
Período da maior frequência audível
5
× 10 -5 s
Período de ondas de rádio típicas
1
× 10 -6 s
Período da vibração de uma molécula de O 2
2
× 10 -14 s
Tempo de meia vida de um pião neutro
2
× 10 -16 s
11
Outros sistemas de unidades Unidades Grandezas SI CGS Britânico (fps) Comprimento metro centímetro pé (m)
Outros sistemas de unidades
Unidades
Grandezas
SI
CGS
Britânico (fps)
Comprimento
metro
centímetro
(m)
(cm)
(ft)
Massa
quilograma
grama
libra
(kg)
(g)
(lb)
Tempo
segundo
segundo
segundo
(s)
(s)
(s)
12
Conversão de unidades Comprimento: 1 jarda (yd) 1 milha marítima internacional 1 milha terrestre (mi)
Conversão de unidades
Comprimento:
1 jarda (yd)
1 milha marítima internacional
1 milha terrestre (mi)
1 pé (ft)
1 polegada (in)
= 9.144×10 -1 m
= 1.852×10 3 m
= 1.60934×10 3 m
= 3.048×10 -1 m
= 2.54×10 -2 m
Massa:
1 onça
= 28.4 Kg
1 = 0.4536 kg
lb
1 = 2.205 lb
kg
1 = 1.6604×10 -27 kg
uma
Velocidade:
1 nó (1 milha marít. int./h)
= 5.14444×10 -1 m/s
1
pé por segundo (ft/s)
= 3.048×10 -1 m/s
13
1.4. Dimensões Quando analisamos uma grandeza do ponto de vista das dimensões estamos preocupados com
1.4. Dimensões
Quando analisamos uma grandeza do ponto de vista das
dimensões estamos preocupados com a sua natureza e não propriamente
com as unidades em que vamos exprimi-la.
Diz-se que uma grandeza têm as dimensões de um comprimento,
por exemplo, quando pode exprimir-se em unidades de comprimento ou
que tem as dimensões de uma massa quando se pode exprimir em unidades
de massa.
Por exemplo para representar as “dimensões” da velocidade indicamos: [v]
14
Grandeza Dimensões Comprimento L Massa M Tempo T Velocidade Aceleração Força Trabalho Potência LT -1
Grandeza
Dimensões
Comprimento
L
Massa
M
Tempo
T
Velocidade
Aceleração
Força
Trabalho
Potência
LT -1
LT -2
MLT -2
ML 2 T -2
ML 2 T -3
Pressão
ML -1 T -2
Frequência
T -1
15
1.4.1. Princípio da homogeneidade dimensional É possível expressar qualquer grandeza, G, em função das grandezas
1.4.1. Princípio da homogeneidade dimensional
É possível expressar qualquer grandeza, G, em função das grandezas fundamentais
(M, L, T, θ, I, J, N), designando-se esta representação por equação dimensional:
DIM G = [G] = M α .L β .T γ .θ δ .I ζ .J η .N ϕ
em que α, β, γ, δ, ζ, η e ϕ são os expoentes dimensionais que indicam o número de
vezes que a grandeza fundamental intervém.
No estudo de vários problemas encontramos relações entre grandezas diversas. Por
exemplo no movimento uniforme encontramos:
x = v.t
16
É uma condição necessária para a correcção duma equação que ambos os membros tenham as
É uma condição necessária para a correcção duma equação que ambos os membros
tenham as mesmas dimensões, e este é o princípio da homogeneidade
dimensional.
No exemplo apresentado teremos:
[x] = L
[v.t] = [v][t] = L.T -1 .T = L
Se tivermos:
x = x 0 + v.t
Então:
[x] = [x 0 ] = [v.t] = [v][t] = L.T -1 .T = L
Importante: o argumento de qualquer função matemática tem que ser adimensional
17
Exemplos de aplicação: 1. Conversão de unidades Um corpo tem um peso de 20 N.

Exemplos de aplicação:

1. Conversão de unidades

Um corpo tem um peso de 20 N. Qual é o seu peso em dine (CGS)

O erg é a unidade de trabalho do sistema CGS. Qual o valor, expresso em erg, correspondente ao trabalho de 1 J (Joule = N.s, unidade SI)

2. Relação entre grandezas

As variáveis x, v e a estão relacionadas através da equação v n = 2ax, onde n é um número inteiro adimensional. Indique, justificando, qual deverá ser o valor de n

18

Links : Museu de Metrologia: http://www.ipq.pt/museu/sistema/index.htm SI - Wikipédia:
Links :
Museu de Metrologia:
http://www.ipq.pt/museu/sistema/index.htm
SI - Wikipédia:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_Internacional_de_Unidades
Feira de Ciências:
http://www.feiradeciencias.com.br/SIU.asp
Inst. de P.M. Est. S. Paulo:
http://www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=historia
Bureau International des Poids et Mesures:
http://www.bipm.fr/en/si/
National Institute of Standards and Technology:
http://www.nist.gov/
Sistema Tutorial SUD:
http://www.defi.isep.ipp.pt/~vcm/
19