Você está na página 1de 17

Usando OpenProj em Gerenciamento de Projetos

Facilitadores:

Alice L.A. Corrêa Fernando Meira da Rocha

Usando OpenProj em Gerenciamento de Projetos Facilitadores: Alice L.A. Corrêa Fernando Meira da Rocha CETAF 2009

CETAF 2009

Revendo conceitos-Chave da aula teórica

• Projeto: esforço temporário empreendido para criar um produto ou serviço único;

• Operações: trabalhos contínuos e repetitivos;

Ambos são:

Realizados por pessoas;

Possuem restrições de recursos;

Devem ser planejados, executados e controlados.

Porquê usar OpenProj em GP ?

“Mais do que conceitos técnicos, a idéia é apresentar conceitos comportamentais”

Motivo principal de usá-lo numa organização ?

Motivo principal de usá-lo numa organização ?

Software Livre x Software

Proprietários:

MS Project e seus derivados

Primavera

Prince2

Livres:

OpenProj e Project On Demand (Serena),

dotProject

OpenWorkbench

Comparativo entre ferramentas de software:

Site de Marcos Alexandre Lemos Rodrigues

http://sites.google.com/site/gerenciamentodeprojetossite/Home/comparacao-entre-ferramentas

Software Livre x Software Proprietário

Software Livre x Software Proprietário
A escolha natural pelo OpenProj • É open source • Boa comunidade de desenvolvedores •

A escolha natural pelo OpenProj

É open source

Boa comunidade de desenvolvedores

Apoio de grandes empresas de softwares livres

de desenvolvedores • Apoio de grandes empresas de softwares livres • Chega muito perto dos líderes

Chega muito perto dos líderes do mercado pago

Desvantagem do OpenProj • Manual do Produto é pequeno e só funciona online. • Tutoriais

Desvantagem do OpenProj

Manual do Produto é pequeno e só funciona online.

Tutoriais em português ainda não estão prontos

Poucos facilitadores no BR

Como todo software novo, ainda tem alguns pequenos “bugs”.

Só existe esta bibliografia da Lisa Buchi atualmente

(SET2009)

Porquê usar um software em GP ?

Porquê usar um software em GP ?

Porquê usar um software em GP ?

Porquê usar um software em GP ? e Para melhorar a qualidade minimizar os fracassos

e

Para melhorar a qualidade

minimizar

os

fracassos

Porquê usar um software em GP ? e Para melhorar a qualidade minimizar os fracassos
O que eles não fazem ! • Subs Subs tituir tituir a a inteligência inteligência

O que eles não fazem !

SubsSubstituirtituir aa inteligênciainteligência humhumanaana ee aa susuaa experiexperiêênciancia nono SESEUU negócio.negócio.

EElleess nãonão podempodem consconstruirtruir umum PlanoPlano dede ProjProjetetoo paparraa vvococê.ê.

EElleess nãonão podempodem sserer colocadoscolocados nono pilpiloottoo automautomááttico”ico”

Mas podem:

ConConstruirstruir umum plplanoano ddee proprojjetoeto comcom uumama grangrandezdezaa dede dedettaalhlheses iimpompossívelssível dede conconsegseguiruir manmanualualmenmenttee oouu comcom ououttrara ferramentaferramenta oo oriorientaentadada paparara projprojetosetos MMeelholhorarrar suasua ppercepercepçãoção sobsobrere asas dedepependêndêncianciass entreentre tarefastarefas ee atribatribuiuições,ções, popoisis éé visuvisualal TTeestarstar “o“o qqueue acoacontecentece sese((wwhat-if)hat-if) eemm ddetalhetalheses <<<< SiSimulmulaçõeações!s! MMeelholhorarrar oo enentteendindimenmenttoo ee aa comucomuninicaçãcação,o, qquanuandodo uumm gegerenrenttee nnãoão sasabebe comucomuninicarcar aadedequaquadadamentemente aa suasua eeququipipee oo queque eelele ququerer ouou ppretenretende.de. ConConstruirstruir cencenáriáriosos parapara seseusus stakestakehoholdeldersrs (p(patrociatrocinadnadoresores oouu interveinterveninientes)entes),, sejsejamam eleleses iinternonternoss oouu externexternosos ConConttrrolaolarr ee aattuualalizarizar proprojjetosetos cocomm mamaiorior preprecisãcisão,o, bebemm ccoomomo revreviisarsar aass ininffoormaçõrmaçõeses ddee orçameorçamentonto ee recurecurrssosos rreegugularlarmmeente.nte. FFeechacharr uumm pprojrojeettoo ee aapreprendenderr cocomm eelele

Evolução da aula prática

LLooggaarr nnaa iinnteternrneett ee mmininiimmizizaarr oo nanavveeggaaddoorr AAbbrirrir aa tetellaa iinniiciciaall dodo sosoftwftwaarere CriCriaarr uumm pprroojejettoo ccoomm oo nnoommee ProProjejetoto ++ seseuu nnoommee EExxpplloorarannddoo ooss momoddosos ddee eexxibibiiçãçãoo ee aass bbaarrrraas.s. MMoosstratrarr cocommoo aappaarerececemm aass lliinnhhaass EExxpplloorarannddoo aass aajujuddaass oonn-l-lininee CriCriaarr uummaa lliistasta ddee tatarreefafass bbaasseeaaddaa nnaa aauulala teteóóricricaa InInseserirrir aass tatarerefafass OOrrggaannizizaarr aass tatarerefafass eemm fafassees,s, ccoomm tatarerefasfas--papaii ee ssuubb-ta-tarerefafass ((ususoo ddaa iinnddeenntataçãçãoo ee ddeesisinnddeenntataççããoo)) EEsstitimmaarr aass dduuraraççõõeess ((eexxppllicicaaççãoão dadass hhoorrasas,, ddiiaas,s, hhoorraass ppoorr ddiaia,, eetctc.).) InInclcluuiirr ee eexxccluluiirr umumaa tatarerefafa qquuaallqquueerr VViinncucullaannddoo tatarerefafass (e(exxpplilicacaççããoo ddaass prpreececeddênêncciiaas)s) CoConnfigfigururaannddoo rereccuursrsooss ddee ppesesssooaass ee eeqquuiippaammeenntotoss (i(innseserririr ppeessssooaass ee mmááqquuininaass ddeessttee pprorojejettoo)) InInseserirrir ccusustotoss ddee HHHH ee ddee hhoorara-m-mááqquuininaa oouu ccuusstoto ddoo mmaateteririaall DeDeleletatarr ccololuunnaass qquuee nnããoo seserrããoo uusasaddaass nneesstete pprorojejetoto AAjjuusstatarr oo ppeeododoo dede tratrabbaalhlhoo ddooss rerecucurrsososs ininddiivviidduuaaisis (u(ussoo ddoo cacalelennddááririoo)) AAttribribuuininddoo rereccuursrsooss ààss tatarreefafass ((tatanntoto mmaateteririaaisis qquuaanntoto ddee tratrabbalalhhoo))

Evolução da aula prática

Criando precedências e relações de dependências

Em um Gráfico de Gantt, uma dependência é uma ligação entre tarefas de seu projeto. Existem 4 tipos de dependências, no que diz respeito à ordenação dos elementos terminais (ordenadas na ordem decrescente da frequência de uso):

(ordenadas na ordem decrescente da frequência de uso): • Término a Início (TI) >> finalize A

Término a Início (TI) >> finalize

A TI B = B não inicia antes que A

Início (TI) >> finalize A TI B = B não inicia antes que A (Escavação da

(Escavação da fundação) TI (Vazar o concreto)

Início (TI) >> finalize A TI B = B não inicia antes que A (Escavação da

Evolução da aula prática

Criando precedências e relações de dependências

Início a Término (IT) >> A IT B = B não finaliza antes que A inicie

>> A IT B = B não finaliza antes que A inicie (Nova mudança iniciada) IT

(Nova mudança iniciada) IT (Prévia mudança finalizada

Existem 3 tipos de dependências no que diz respeito a razões da existência da dependência:

Causal (lógica) É impossível editar um texto antes de escrevê-lo

Aprenda a gerenciar projetos e se divirta!

Aprenda a gerenciar projetos e se divirta! COFFE-BREAK • Skypper : Gerente de Projeto • Kowalsky:

COFFE-BREAK

Skypper : Gerente de Projeto Kowalsky: Analista de Processos/Coordenador de Projeto Rico – Cronograma man Private – o estagiário

Fonte: YouTube

Obrigado por não dormirem !!

Obrigado por não dormirem !! En g . Fernando Meira da Rocha fernando@eccomed.com (51) 8427-8619

Eng. Fernando Meira da Rocha fernando@eccomed.com (51) 8427-8619