Você está na página 1de 5

E.E.E.P. Prof Walquer Cavalcante Maia

Informática

Kácio de Lima Evangelista nº 24

Atividade Física Para Grupos Especiais

Russas CE

2011

Trabalho direcionado à avaliação parcial de Ed. Física, ministrada pela Prof. Kélvia.

Introdução

Neste trabalho apresentam-se informações de como são e em que beneficiam as atividades físicas para grupos especiais: diabéticos, idosos, gestantes e hipertensos.

Atividades Física

É bem notável o bem que a pratica de atividades físicas fazem ao corpo e a mente.

Entretanto algumas atividades limitam a participação de grupos com necessidades e cuidados mais específicos e é levando em conta esses grupos que algumas atividades físicas foram trabalhadas para que estes possam exercitar não só o seu corpo, mas sua mente e assim ter

uma vida saudável.

A seguir se encontram algumas atividades físicas de acordo com o grupo:

Gestantes

Um dos maiores perigos na gestação ocorre quando mulheres grávidas passam a fazer exercícios físicos. Se ela antes de engravidar não praticava isso regularmente, ao tentar fazer durante a gravidez pode gerar riscos à saúde sua e do bebê, pois ela não está apta e acostumada a pratica regular de exercício.

Em alguns casos de gestação normal , é benéfica pratica de regular de exercícios, pois ajuda no desenvolvimento fetal e no trabalho de parto. Entretanto deve-se lembrar que a gestação é um estágio de cuidados múltiplos e que se deve visitar o obstetra regularmente e buscar profissionais capacitados e especializados em atividades físicas para gestantes.

Existem atividades que geram um risco maior a gravidez devido à grande movimentação, exigência de equilíbrio e contato direto, pois podem vir a prejudicar o bebê. Algumas dessas atividades são: andar de bicicleta, parques aquáticos, andar a cavalo, jogar futebol ou basquete, ginástica, entre outros.

Idosos

É bem notável que existe uma diferenciação em idade e envelhecimento fisiológico

por que nem todo corpo se desenvolve igual, devido ao tipo de alimentação, exercícios físicos e outros fatores genéticos. Entretanto embora a idade avance e o envelhecimento venha é

necessário fazer exercícios físicos que promovam o que seu corpo vai perdendo conforme a idade.

Durante a terceira idade é comum perder-se a flexibilidade, força, equilíbrio, massa óssea e massa muscular além de acumular gordura corporal. Devido a isso é importante exercitar-se regularmente para a manutenção da saúde e melhoramento do corpo em si, pois o exercício físico é um grande aliado ao retardamento do processo de envelhecimento.

Assim fica claro que algumas atividades físicas como musculação, alongamento, yoga, pilates e caminhada são ótimas para manutenção do equilíbrio e aumento da força, flexibilidade, controle do peso corporal e diminuição de danos mentais.

Hipertensos

A atividade física melhora e muito no tratamento de hipertensão devido à diminuição

do stress e da pressão arterial. Deve-se praticar pelo menos trinta minutos de atividades aeróbicas tais como: pedalar, andar, nadar ou correr em pelo menos cinco dias da semana. Entretanto aqueles hipertensos que apresentam cuidados especiais devem-se consultar antes de fazerem exercícios, pois os ricos de agravamento da doença são causados pelos exercícios físicos. Para estes são direcionados exercícios recreativos comuns em locais fechados ou em academias de ginástica, com o objetivo de manutenção da saúde ou perca de peso e até divertimento.

O exercício físico é recomendado somente para hipertensos que possuem sua hipertensão controlada e quando não há sinais de lesões em órgãos vitais. Alguns benefícios encontrados em hipertensos na prática regular de atividades físicas são: emagrecimento, redução da pressão arterial, diminuição do colesterol ruim e aumento do bom e sensação de bem estar, entre inúmeros outros.

Diabéticos

Para diabéticos o exercício físico tem efeito importante, pois diminui a taxa de glicose no sangue e melhora o controle da diabetes em longo prazo. Entretanto há caso de diabetes em que não pode aumentar os riscos na saúde e por isso deve ser evitada, como é o caso do Tipo

1.

É importante o diabético reconhecer e aprender sobre a importância do exercício na as saúde e a regular sua alimentação, tipos de exercício e intensidade com que os faz.

Bibliografia

Revista Brasileira de Hipertensão Arterial;