Forro de gesso

Conheça as marcações comuns feitas nas plantas de forros de placas de gesso, como locais de fixação, passagem de redes e luminárias

Reportagem: Giovanny Gerolla

Uma planta de forro indica sempre as posições onde será rebaixado e os pontos onde a iluminação será embutida. Os arquitetos costumam representar as áreas de rebaixo com hachuras (riscados) na planta, como na imagem ao lado. Note que o rebaixo representado receberá lâmpadas fluorescentes longas e elas deverão se cruzar num ponto. As placas de gesso têm normalmente 60 cm x 60 cm e possuem ganchos de ferro nas quatro extremidades. Para fixá-las (veja dicas abaixo), arames são presos a pinos de aço chumbados na laje e depois conectados aos ganchos da placa de gesso. Em forros de formato circular ou recortados, é preciso marcar primeiro o desenho do recorte a lápis, na placa, para depois recortar com serra. Nos locais onde serão instalados spots, recorte a placa com serra copo. Muitos gesseiros têm dificuldades de interpretar o que está representado "em vista" e o que está "em corte". O primeiro se refere ao elemento representado como se o observador o olhasse de frente. O "em corte" significa enxergar a seção por dentro, como se tivesse sido recortada. Nas ilustrações apresentadas, o arquiteto mostra o que está representado "em vista" (molduras) e o que está "em corte" (altura do vão do rebaixo).

Revestimentos de paredes. juntas de movimentação etc. Verifique a modulação do forro de modo a utilizar o maior número de placas inteiras. instalações elétricas. Proteja aberturas da obra. impeça a entrada de água de chuva e faça o acabamento das vedações internas e externas e de outros elementos construtivos. Superfícies metálicas que possam entrar em contato com o gesso (caixilhos.) devem ser protegidas. as posições das luminárias. Certifique-se de que já foram feitos os testes de impermeabilização. verifique onde ficarão os pontos de fixação dos pendurais. caixilhos e demais elementos que possam causar interferência no forro também devem estar concluídos. hidráulicas e de arcondicionado. metais sanitários etc. .Dicas de instalação Antes de instalar o forro.

O rejunte dos "bisotes" entre as placas é feito com pasta de gesso. e os comprimentos devem ser uniformes. Pontos de fixação no teto e/ou na estrutura auxiliar devem ser demarcados. Fontes: Arquiteta Lívia Caselani e "Como Construir . Lixe a superfície para reparar possíveis imperfeições. Os tirantes devem ficar na vertical. refaça a camada protetora com tintas ricas em zinco. revista Téchne no 14.Forros suspensos de gesso". Coloque mais dois pontos de fixação em duas outras extremidades. Se usar solda.Fixação A fixação de pendurais na estrutura metálica é feita com prendedores ou solda. Depois de fixar as placas. jan/fev-1995 . niveladas. e as placas. retire o excesso de gesso proveniente do compósito fibroso. Para colocar a primeira placa prenda os pendurais ao sistema de fixação e ao gancho embutido na placa. Em madeiras. use pregos ou parafusos na horizontal.

Essa ligação é chamada de ligação em série. Spot para mini-dicróica que será utilizado (no caso. de 12 volts. .Instalação de spot e extensão 14 04 2008 Para realizar a instalação de spots de embutir no gesso. Transformador de 127v para 12v e 50w (no caso. A instalação que será realizada é de 2 spots para lâmpadas do tipo mini-dicróica. E no meu caso. 4. mostrado na imagem abaixo. pode complicar um pouquinho quando há necessidade de se criar uma extensão ligando um pouco de eletricidade ao outro por cima do gesso. confira os materiais e equipamentos necessários para a realização do serviço: 1. 6. 2). Tester de voltagem. 2). quando o interruptor for acionado. sendo 1 para cada spot). 2m de fio rígido aproximadamente. 3. Cabo flexível para a extensão. 2. mais de um ponto de luz seja ligado ao mesmo tempo. Fita isolante (preta). Alicate de bico e de corte. 2. e o principal intuito desta ligação é para que. eu tenho apenas um ponto com fiação elétrica preparada. onde preciso estender o fio para o outro ponto. Porém. 7. o processo é bem simples. 5. Antes de começar com a instalação. Lâmpada mini-dicróica (no caso. 8.

isolando muito bem as conexões de fios descascados que você estiver fazendo. assim você evita tomar um choque. Se a luz NÃO acender. Para isso. além de acidentes maiores como incêndios. Isso se o seu eletricista tiver feito o certo. encoste o tester nos 2 polos do fio. Isso evitará curto-circuitos indesejados. e descascá-los. Faça então a extensão. basta desligálo e continuar com a instalação. Depois do interruptor desligado. você poderá tocar nos 2 fios sem problema algum. . A fase sempre vai no interruptor.A primeira coisa a se fazer é certificar-se de que o interruptor não esteja acionado. Lembre-se de utilizar a fita isolante de forma adequada. Já se ela se acender. é porque o interruptor está desligado. que é levar para a lâmpada apenas o fio neutro e o retorno. sendo cada pedaço de cabo ligado em um dos fios da instalação elétrica que já existe. ligando 2 cabos flexíveis no tamanho correspondente à distância entre os 2 pontos de iluminação (furos).

até que ele alcance o outro furo onde será instalado o segundo spot. Ligue então um furo ao outro. Dependendo da instalação elétrica que foi feita. a simples tarefa de passar o cabo rígido de um ponto ao outro pode se tornar muito complicada.Ligue a ponta da extensão que foi criada numa ponta do cabo rígido. A função do cabo rígido é guiar a extensão por cima do gesso. . guiando o cabo rígido por cima do gesso. e do acabamento dado pelo gesseiro por cima do forro.

Então eu tive que realizar algumas “intervenções cirúrgicas” com foto e tudo. para caçar o cabo de um ponto ao outro.No meu caso. . Depois de atingido o outro furo com o cabo rígido. No final acabou dando certo. acúmulo de massa e gesso impediam a passagem do cabo rígido de uma só vez. basta puxar a extensão para o outro ponto.

E no tranformador. instale então o spot que será utilizado. .Realize então a instalação do tranformador no fio que sai pelo furo 1. Lembrando que é MUITO importante o isolamento completo de todo fio descascado. utilizando-se de fita isolante.

para depois você instalar o transformador + spot de uma só vez no teto. basta inserir com cuidado. Depois disto. pelo furo. amassar ou cortar. E o acabamento final fica assim: . Faça a instalação do spot no teto. verifique como é que funciona para o seu spot. Isso pode evitar torcicólos desnecessários.Dica: conecte primeiro o transformador no spot em uma superficie plana. Cada modelo de spot possui um sistema de fixação diferente. pois não terá que ficar olhando tanto para cima com os braços levantados. os fios mais o tranformador para cima do gesso. evitando assim também possíveis quedas. para não embolar.

Depois basta repetir o processo de instalação do segundo spot. para o outro furo. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful