Você está na página 1de 23

EXERCÍCIOS 3º ANO ENS. MÉDIO NÚMEROS BINOMIAIS e POLINÔMIOS.

1. Dado o número binomial

a)190

b)180

c)380

20

18

d)220

, temos:

e)n.d.a.

2. Dado

o

binômio

2 x

1

2

5

,

determine

o

polinômio que representa sua solução:

3. O

termo

dependente

x

5

do

polinômio

desenvolvido a partir de x

2

7 é:

a) 64 b)84 c)104 d)114

e)124

4. O termo independente de

a) 32

6

é:

e)n.d.a.

x 1

b) -32

c)1

d)-1

5. O quarto termo T(5) do polinômio que resulta

de x

a)

e)n.d.a.

2

2

5

é:

2

80x b)

80x

2

c)

80x

4

d)

80x

4

6. O termo que representa x³ dado a partir do

binômio

2 x

1

2

6

7.

Calculando o coeficiente numérico do termo

do

polinômio

dado

a

partir

da

resolução

binômio x

a) 2430

9 , temos:

2

b)4032

2

c)4320

d)2340

e)n.d.a

x

8

do

8. Determine o coeficiente numérico de x²

na expressão que resulta de

x 2

4

:

(A)

24

(B)

-24

(C)

4

(D)

14

(E)

n.d.a.

dado

POLINÔMIOS

9. (UFGRS) O polinômio (m² - 4)x³+(m-2)x² -

(m+3) é de grau 2 se, e somente se,

(A)

m= - 2

(B)

m= 2

(C)

m = ±2

(D)

m≠2

(E)

m≠ -2

10. (UFRGS)

O

valor

de

a

2

1x a² a 2x³ ax² x

4

a

para

que

seja

um

polinômio do 2º grau na variável x é:

(A)

-2

(B)

-1

(C)

0

(D)

1

(E)

2

11. (UFRGS) Se P(x) = 3x²+12x-7, então P(-1) vale:

(A)

-16

(B)

-7

(C)

0

(D)

3

(E)

24

12. (UFRGS) O polinomio P(x) do 1º grau tal que P(1)=5 e P(-1)=1 é:

(A)

x+4

(B)

2x+3

(C)

3x+2

(D)

3x+4

(E)

5x

13. Dado o polinômio

então P(-1); P(1) e P(-2), respectivamente são:

P x

x

4

3

x x

2

x 1

,

(A)

-1; 3 ; 9

(B)

-1; -3 ; 9

(C)

-1; 3 ; -9

(D)

1; 3 ; 9

(E)

-1; -3 ; -9

14. A

partir

P x

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

4

x

3

x x

2

1

16

5

16

1

16

1

5

N.d.a.

x 1

do

,então

polinômio

P

1

2

é:

15. Dado o polinômio

calculando p(3) , obteremos:

p

(

x  x x x

)

4

3

2

2

(A)

144

(B)

233

(C)

333

(D)

122

1

,

(E)

N.d.a.

(A)

x²+x-1

 

(B)

x²-x-1

16.

Calcule a e b de modo que os polinômios sejam

(C)

x²+x

idênticos P(x) = (2a +6)x³ + (3b-4)x² e

(D)

x³-2x²+x-2

Q(x)=2x³+5x².

(E)

x³-2x²+x-1

Resp. -2 e 3.

 

17. Dados os polinômios A(x) 2x² 5x 6 e

B(x) x³ 6x 10 , dê o que se pede:

b) a) B(x) A(x) B(x) A(x) . . Resp. Resp. x³ x³ x³   2x² 2x² 2x²  11x x 11x 4 16 16
c)

d) A(x) 5 B(x) 18 . ³ Resp. A(x) 10 ² B(x) 86 .

2 x

5

4

x

x

x

x 60

Resp.

29. (UFRGS)

A(x)=x³+x²-10x+8 pelo binômio x-1, obteve-se o quociente Q(x)=0. As raízes da equação Q(x)=0 são:

Na divisão do polinômio

(A)

0 e1

(B)

-1 e 0

(C)

-2 e 4

(D)

-4 e 2

(E)

-1 e 2

18. Sendo

P

Q

(

x

( x

)

)

2

x

x

3

4

x

3

x

2

x x

2

2

os

x

3

30. Encontre o quociente da divisão do polinômio

Este

e exercício pode ser resolvido pelo dispositivo de Briot-Ruffini.

polinômios

4

x

x x

6

²

6

pelo

binômio

x

+

2.

3

, calcule o valor numérico

de P(2) Q( - 1).

(A) 8

(B)

(C)

(D)

(E)

12

28

90

n.d.a.

19.

Q (

a)

b)

Considere

)

3

4

6

os

³

polinômios

²

2

4

P(x) x³ x ,

Resp.

x x x x x

x

6

4

2

4

3x

3

e calcule:

² 2x²

4x

P(x)² . Resp.

7

6x

6

4x

5

P(x).Q(x).

4x   x   x

23. 22. 21. A(x) A(x) A(x) A(x)     3x³ 7x² x² x³     3x x² 9x² 8 11x por 4 2x por B(x) por 10 B(x) 6 B(x) por por x    B(x) B(x) 3 x x² 1 1   x 3x² 2 2
24.

25. A(x) x

abaixo:

3x

20.

Obtenha o quociente e o resto de cada divisão

4

5x² x

26.

o

p x

(

)

4

x

quociente

e

4

3

x

4

2

x

o

9

resto

por

g

(

da

divisão

x x x

)

2

1

de

.

27. Determine o valor do resto da divisão entre

p

(

x x x x

)

4

3

2

2

1

e

teorema do resto.

g(x) x 2 , usando o

31. (UFRGS) O quociente da divisão de x³+5x-1 por x-2 é:

(A)

x²+2x-19

(B)

x²+x+3

(C)

x²-2x+1

(D)

x²+2x-1

(E)

x²+2x+9

32. Calcule através do dispositivo de Briot-Ruffini

o quociente e o resto da divisão de

p x

(

)

3

x x

8

3

2

5

6

por g(x) x 2 .

33. Determinar o valor de k, de modo que a divisão do polinômio A(x) 3x² x 4 pelo binômio x+k

seja exata.

34. Determinar, usando o dispositivo Briot-Ruffini, o quociente e o resto da divisão do polinômio

A(x) 4x³ 3x² 8 por B(x) x 1

35. (UFGRS)

x³ 2x² 9x 18 0 é -2. A soma das outras raízes é:

polinômio

Uma

das

raízes

do

(A)

-2

(B)

-1

(C)

0

(D)

1

(E)

2

36. O polinômio representado no gráfico abaixo é:

28. (UFRGS) A divisão de P(x) por x²+1 tem

quociente x-2 e resto 1. O polinômio P(x) é:

(A) (B) (C) (D) (E) 37. x ³ x ³ x ³ x ³ 

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

37.

x³ x³ x³ x³     5x² 2x² x² x²     x x x x    2 2 2

N.d.a.

(UFGRGS) Considere o gráfico abaixo.

  2 2 2 N.d.a. (UFGRGS) Considere o gráfico abaixo. Esse gráfico pode representar a

Esse gráfico pode representar a função definida por:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

38. (Unicruz) Uma equação algébrica possui como

raízes os valores 4, 3 e 2. Esta equação é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

x³ x³   5x² 5x²   20 4x 20

4

x

4

x

4

x

  

5x 5 5 x x ³    20 4x² 4 x x    20 20x 4

3 3

2x³ x³ x³   3x² 2x² x²   2x x 4x 8 2    4 0 0 0

x

4

3

x

9 x x

3

3 x ²

x

2

26 2

0 24

0

39. (UFRGS) O resto da divisão de x³+ax²-x+a por

x-1 é 4. O valor de a é;

(A)

0

(B)

1

(C)

-1

(D)

2

(E)

-2

40.

(UFRGS) Para que o polinômio P(x) = x²+(a-

b)x-2a

seja

divisível

por

x-2,

a

e

b

devem

satisfazer:

 

(A)

a qualquer número real e b = 2.

 

(B)

a=2 e b qualquer numero real

 

(C)

(D)

(E)

somente para a=2 e b=2.

somente para a=0 e b=2

a e b qualquer valor real.

ANÁLISE COMBINATÓRIA

C
n

, p

n !

p

!(

n

p

)!

A
n

, p

n !

(

n

p

)!

p

n

n !

p

n

(

!

a b

!

)

n !

a b

!

!

FATORIAL

41. Entre as alternativas abaixo, a verdadeira é:

(A) 4!=8

(B)

(C)

(D)

(E)

42.

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

43.

3!=9

2!=2

0!=0

1!=0

O valor de 5!+2! é:

122

5040

124

120

720

Sabendo-se que

x !

x

1!

10

podemos afirmar

que x vale:

(A)

9

(B)

10

(C)

11

(D)

12

(E)

110

x !

44. O conjunto solução de equação

x 2 !

(A)

{-4;5}

(B)

{-5 ; 4}

(C)

{4}

(D)

{5}

(E)

{4 ;

5}

20

é:

ARRANJO SIMPLES 45. Quantos números de três algarismos distintos podemos formar com os elementos do conjunto

E 1,2,3,4,5?

(A)20

(B)60

(C)30

( D) 89

(E)N.d.a.

46. Uma

empresa

possui

16 funcionários

administrativos, entre os quais serão escolhidos

três, que disputarão para os cargos de diretor, vice- diretor e tesoureiro. De quantas maneiras pode ser feita a escolha?

56. Quantos anagramas podemos formar a partir da palavra LIVRES?

(A) 90

(B) 720

(C) 360

( D)321

(A)3200

(B) 3360

(C)3400

( D)

(E)125

5300

(E)5390

57. Quantos anagramas, que começam com a letra

47.

Júlio deseja pintar a palavra LIVRE em um

S, podemos formar a partir da palavra LIVRES?

cartaz de publicidade, usando uma cor em cada

letra. De quantos modos isso pode ser feito, se ele dispõe de 8 cores de tinta?

(A) 120

(E)328

58. Quantos anagramas, que começam com a letra

( D)329

(B)320

(C) 330

(A)

890

(B)1234

(C) 89021

( D)

podemos formar a

6720

(E)N.d.a.

S e terminam com a letra I, partir da palavra LIVRES?

 

48.

Quantos

números

de

quatro algarismos

(A)

24

(B)25

(C)26

( D) 27

distintos podemos formar a partir dos algarismos 3,4,5,6,7,8 e 9?

( D) 9098

(E)1024

49. Quantos números pares de quatro algarismos

distintos podemos formar a partir dos algarismos 3,4,5,6,7,8 e 9?

(A)

678

(B)840

(C) 422

(E)28

59. Quantos anagramas, que começam com uma

vogal,

LIVRES?

(A) 120

(E)422

( D)720

formar a partir da palavra

podemos

(B) 240

(C)480

60. Quantos anagramas, que começam e terminam

(A)4321

(B) 3262

(C) 360

( D)623

com vogais, podemos formar a partir da palavra

(E)620

LIVRES?

50. Quantos números impares de quatro algarismos

distintos podemos formar a partir dos algarismos

(A) 12

(E)120

(B) 48

(C) 36

( D)56

3,4,5,6,7,8 e 9?

(B) 9078

 

61. Quantos anagramas, que começam e terminam

(A) 480

 

(C) 2521

( D)

com

consoantes,

podemos

formar a partir da

5322

(E)6433

palavra TRAPO?

 

51.

Quantos

números

de

quatro

algarismos

(A)

36

(B) 42

(C) 44

( D)54

distintos podemos formar a partir dos algarismos

3,4,5,6,7,8 e 9 que comecem com 4?

(E)58

62. Quantos anagramas, que começam mantém as

(A)24

(B) 120

(C) 720

( D)64

podemos formar a partir da

(E)243

 

letras I e V juntas, palavra LIVRES?

 

52.

Quantos

números

de

quatro algarismos

(A)

440

(B) 360

(C) 240

( D)120

distintos podemos formar a partir dos algarismos

(E)60

3,4,5,6,7,8 e 9 que comecem com 3 e terminem

63. Quantos anagramas, que mantém as letras IV

com 9?

podemos formar a partir da

(A)

20

(B)10

(C) 2!

( D)

42

juntas e nessa ordem, palavra LIVRES?

 

(E)120

 

(A)

120

(B)32

(C)142

( D)523

53.

Quantos

números

de

quatro algarismos

(E)520

 

distintos podemos formar a partir dos algarismos

64. Sem

repetir

algarismos,

quantas senhas

0,1,2,3,4 e 5?

diferentes podemos

formar com seis dígitos,

(A)

432

(B) 222

(C) 300

( D)523

0,1,2,3,4 e 5?

 

(E)4300

 

(A)889

(B)990

(C) 908

( D)909

54.

Quantos

números

de

quatro algarismos

(E)

720

distintos podemos formar a partir dos algarismos 1,2,3,4,5, e 6?

65. O número de anagramas da palavra FUVEST que começam e terminam com vogais é:

(A)

12

(B)21

(C)100

( D) 360

(A)

32

(B)43

(C)66

( D)45

(E)480

 

(E)

48

55. Quantos números ímpares com três algarismos

podemos formar a partir de 0,1,2,3,4,5 e 6?

(A) 21

(E) 75 PERMUTAÇÃO SIMPLES

( D)44

(B) 32

(C)40

COMBINAÇAO SIMPLES

66. Nove

candidataram a quatro vagas de um congresso, calcular quantos grupos serão possíveis.

matemática se

professores

de

(A) 54

(B)56

(C)66

( D)45

Sendo CDB=150º,então CBD mede:

(E)126

A.

10º

67.

Quantos grupos diferentes de quatro lâmpadas

B.

podem

ficar

acesos

num galpão que tem 10

C.

lâmpadas?

 

D.

(A)120

(B)345

(C)126

( D)645

E.

N.d.a.

(E)210

2.

(EPCAR) Observe a figura abaixo.

68. Quantos subconjuntos de 4 elementos possuem

um conjunto de seis elementos?

(A)1

(B)12

 

(C)24

( D)54

(E)15

 

69.

O número

de

combinações

de

n

objetos

distintos tomados 2 a 2 é 15. Determine n.

(A)

2

(B)4

(C)5

( D)6

 

(E) 16

70.

Quantas comissões de 5 membros podemos

formar numa assembléia de 12 participantes?

membros podemos formar numa assembléia de 12 participantes? Calcule o valor da considerando r//s//t. expressão

Calcule

o

valor

da

considerando r//s//t.

expressão

5z-(5y+4x),

(A)324

(B)235

(C)643

( D)865

A.

60º

(E)792

 

B.

50º

71.

Quantos produtos de 2 fatores podemos obter

C.

70º

com os divisores naturais do número 12?

 

D.

40º

(A)1

(B)2

(C)4

( D)8

(E)15

E.

30º

PERMUTAÇÃO COM REPETIÇÃO

3.

(UCS) Na figura a seguir considere que as retas

72.

Qual é o número de anagramas que podemos

AB e EF são paralelas e que os ângulos BCD,

formar com as letras da palavra URUGUAI?

 

CDE e DEF medem, respectivamente, 98º, 51° e

(A)840

(B)124

(C)543

( D)235

48°.

(E)849

 
(E)849  

73. Qual é o número de anagramas que podemos

formar com as letras da palavra URUGUAIANA?

(A)108870

(B)34990

(C)43000

( D)

100.800

(E)54000

74. Qual é o número de anagramas que podemos

formar com as letras da palavra PÁSSARO?

 

(A) 1230

(B)2309

(C)4890

(

D)100800

(E)1.260

75. Qual é o número de anagramas que podemos

formar com as letras da palavra ARARA?

 

(A) 3

(E)10

(B) 4

(C) 12

( D) 42

Nessas condições, é correto afirmar que o ângulo ABC mede:

76.

A partir da palavra AMADA, o número de

(A)

94°

anagramas formado é:

 

(B)

96°

(A) 20

(B)30

(C) 40

( D) 50

(C)

95°

(E)60

(D)

98°

(E)

99°

GEOMETRIA PLANA

 

4.

(UCMG) Na figura, o ângulo CBD é reto.

1. (UFSM) Na figura AB é paralelo a CD.

GEOMETRIA PLANA   4. (UCMG) Na figura, o ângulo CBD é reto. 1. (UFSM) Na figura
GEOMETRIA PLANA   4. (UCMG) Na figura, o ângulo CBD é reto. 1. (UFSM) Na figura

O valor, em graus, do ângulo CBD é:

(A)

95

(B)

100

(C)

105

(D)

120

(E)

130

5. (UFRGS)

a seguir tem-se que

AB=AC, AD, BD e CD são as bissetrizes do triângulo e o ângulo D vale o triplo do ângulo A, a medida do ângulo A é:

No

triângulo

triplo do ângulo A, a medida do ângulo A é: No triângulo (A) 12° (B) 15°

(A)

12°

(B)

15°

(C)

18°

(D)

24°

(E)

36°

6. (PUCS) Na figura, BC=AC=AD=DE.

24° (E) 36° 6. (PUCS) Na figura, BC=AC=AD=DE. O ângulo CAD mede: (A) 10° (B) 20°

O ângulo CAD mede:

(A)

10°

(B)

20°

(C)

30°

(D)

40°

(E)

60°

7. (UFRGS) Dada a figura.

(D) 40° (E) 60° 7. (UFRGS) Dada a figura. Qual o valor de x? (A) 2,15

Qual o valor de x?

(A)

2,15

(B)

2,35

(C)

2,75

(D)

3,15

(E)

3,35

8. (UFRGS) O retângulo ABCD do desenho abaixo tem área de 28cm². P é o ponto médio do lado AD e Q é o ponto médio do segmento AP.

médio do lado AD e Q é o ponto médio do segmento AP. A área do

A área do triângulo QCP é, em cm², de:

(A)

3,24

(B)

3,5

(C)

3,75

(D)

4

(E)

4,25

9. Na figura abaixo, a malha quadriculada é formada por quadrados de área 1. Os vértices do polígono sombreado coincidem com vértices de quadrados dessa malha. A área escura é:

com vértices de quadrados dessa malha. A área escura é: a) 24 b) 26 c) 32

a)

24

b)

26

c)

32

d)

12

e)

36

10.

A figura abaixo demonstra um quadrado de

lado 4cm, onde se encontra uma circunferência que toca os lados do quadrado como mostra a

figura. Determine a área pintada.

(A)

8cm²

(B)

16cm²

(C)

12cm²

(D)

10cm²

(E)

32cm²

16cm² (C) 12cm² (D) 10cm² (E) 32cm² 11. A figura abaixo determina um losango ABCD inscrito

11. A figura abaixo determina um losango

ABCD inscrito em um retângulo MNOP. Sabendo que do losango a diagonal maior d2 é 10

cm e a menor d1é pintada.

(A)

8cm²

(B)

16cm²

(C)

12cm²

(D)

10cm²

(E)

25cm²

16cm² (C) 12cm² (D) 10cm² (E) 25cm² sua metade, determine a área 12. Determine a área

sua metade, determine a área

12. Determine a área escura na figura abaixo ( Use para PI=3,14): Resp

a área escura na figura abaixo ( Use para PI=3,14): Resp medida da área em hectares

medida da área em hectares de terra e o comprimento da cerca desse sítio. Determine essas medidas completando o anúncio.

sítio. Determine essas medidas completando o anúncio. Vende-se sítio no Litoral com 9 .hectares e 1400

Vende-se sítio no Litoral com 9 .hectares e 1400 metros de cerca.

15. Temos um triângulo eqüilátero (três lados iguais) de lado 4cm. Qual é a área deste triângulo?

(A)

8cm²

(B)

16cm²

(C)

12cm²

(D)

4

3 cm ²

3cm²

(E)

25cm²

 

(A)

(B)

13,76cm²

16cm²

16. Um trapézio tem a base menor com 2cm de

comprimento, a base maior é igual a 3cm e a

(C)

12,25cm²

altura igual a 10cm. Qual a área deste trapézio?

(D)

10,23cm²

(E)

N.d.a.

(A)

25cm²

 

(B)

36cm²

(C)

52cm²

13.

Determine a área pintada no retângulo cujas

(D)

60cm²

medidas, em cm, estão no desenho abaixo:

(E)

N.d.a.

medidas, em cm, estão no desenho abaixo: (E) N.d.a. a) 48cm² b) 36cm² c) 52cm² d)

a) 48cm²

b) 36cm²

c) 52cm²

d) 60cm²

e) N.d.a.

14. Uma porção de terra 100m x 100m determina

uma unidade de área chamada hectare (10.000m²). Sabendo disso, termos abaixo a representação do terreno ocupado pelo sítio anunciado no jornal. O anuncio deve comunicar a

17. (UFRGS) Seis octógonos regulares de lado 2 são justapostos em um retângulo, como representado na figura abaixo. A área escura é:

(A)

25u.a.

(B)

36u.a.

(C)

52u.a.

(D)

60u.a.

(E)

48u.a.

36u.a. (C) 52u.a. (D) 60u.a. (E) 48u.a. 18. (UFRGS) Um triângulo eqüilátero foi inscrito no

18. (UFRGS) Um triângulo eqüilátero foi inscrito no hexágono regular, como mostra a figura abaixo.

Se a área do triângulo eqüilátero é 2 cm², então a área do hexágono regular

Se a área do triângulo eqüilátero é 2 cm², então a área do hexágono regular é:

a)

2

2
2

b)

3

c)

2

3
3

d)

2

2
2

19.

Determine

a

área

da

superfície

total

da

figura dada:

Adote 3,14 para PI.

(A)

25,32cm²

(B)

36cm²

(C)

52cm²

(D)

89,13cm²

(E)

45,89cm².

(C) 52cm² (D) 89,13cm² (E) 45,89cm². 20. No desenho abaixo x ²  y ² é:

20. No desenho abaixo x² y² é:

45,89cm². 20. No desenho abaixo x ²  y ² é: 21. A área pintada entre

21. A área pintada entre os dois quadrados idênticos de área 8cm², cujo vértice de um é o

centro do outro, é:

área 8cm², cujo vértice de um é o centro do outro, é: a) 2cm² b) 4cm²

a)

2cm²

b)

4cm²

c)

6cm²

d)

8cm²

e)

16cm²

22.

Determine

a

área

tracejada

indicada

na

figura abaixo:

a área tracejada indicada na figura abaixo: (A) 25cm² (B) 36cm² (C) 52cm² (D)

(A)

25cm²

(B)

36cm²

(C)

52cm²

(D)

60cm²

(E)

64cm².

23. (UFPR) Um cavalo está preso por uma corda

do lado de fora de um galpão retangular fechado de 6 metros de comprimento por 4 metros de largura. A corda de 10 metros de comprimento e está fixada num dos vértices do galpão, conforme ilustra a figura abaixo. Determine a área total da regia em que o animal pode se deslocar.

a) b) c) d) e) 88  m ² (75   24) m ²

a)

b)

c)

d)

e)

88m²

(7524)m²

176m² 20m²

(10024)m²

24.

Em um círculo de raio r está inscrito um

triângulo isósceles, cujo lado maior está sobre o

diâmetro do círculo e seus vértices tangenciam o mesmo, sendo assim é correto afirma que a área desse triângulo vale:

a)

b) 2r

c) r²

d) ²

e) 4r

POLIEDROS E PRISMAS

25. (UFPA) Um poliedro que tem 6 faces e 8 vértices. O número de arestas é:

a) 6

b) 8

c)10

d)12

e) 14

26. Num poliedro convexo, o número de arestas

é 9. Determine o

o número de vértices desse poliedro:

é

16

e

número de faces

(A)

6 vértices.

(B)

8 vértices.

(C)

9 vértices.

(D)

10 vértices.

(E)

12 vértices.

27.

(FER) Um poliedro convexo possui 10 faces

e 23 arestas. O numero de vértices deste poliedro

é igual a:

A.

91.

B.

17

C.

15

D.

13

E.

11

28.

(FER) Um poliedro convexo possui 10

vértices e o número de arestas igual ao dobro de número de faces. O número de arestas deste poliedro é igual a.

A. 8

B.

10

C.

12

D.

14

E.

16

29.

(FER) Um poliedro convexo possui oito

faces triangulares, cinco faces quadrangulares, seis pentagonais e quatro hexagonais. O número de vértices deste poliedro é igual a:

A. 49

B. 51

C. 24

D. 26

E. 28

30. (UFGRS) Um poliedro convexo de onze

faces tem seis faces triangulares e cinco faces quadrangulares. O número de arestas e de vértices do poliedro é, respectivamente,

A. 34 e 10

B. 19 e 10

C. 34 e 20

D. 12 e 10

E. 19 e 12

31. Quantos vértices têm o poliedro convexo, sabendo-se que ele apresenta uma face hexagonal e seis faces triangulares?

(A)

6 vértices.

(B)

7 vértices.

(C)

9 vértices.

(D)

10 vértices.

(E)

12 vértices.

32. (PUC-SP) O número de vértices de um

poliedro convexo constituído por 12 faces triangulares é:

a) 4

b) 12

c)10

d)6

e) 8

33.

(ACAFE-SC) Um poliedro convexo tem 15

faces triangulares, 1 face quadrangular, 7 faces pentagonais e 2 faces hexagonais. O número de vértices desse poliedro é:

a) 25

b) 48

c)73

d)96

e) 71

34. Um prisma quadrangular regular tem 7cm de aresta lateral e 5 cm de aresta da base. Pense

sobre a planificação desse prisma e determine a área lateral dele.

(A) 140 cm²

(B) 150cm²

(C) 160 cm²

(D) 170 cm²

(E) 180 cm²

35. (UFRGS) Deseja-se elevar em 20 cm o nível

de água da piscina de um clube. A piscina é

retangular, com 20 m de comprimento e 10 m de largura. A quantidade de litros de água a ser acrescentada é:

A.

4000.

B.

8000

C.

20000

D.

40000

E.

80000

36.

Determine

a

área

total

da

superfície

do

prisma abaixo:

(A)

25u.a.

(B)

36u.a.

(C)

52u.a.

(D)

60u.a.

(E)

72u.a.

36u.a. (C) 52u.a. (D) 60u.a. (E) 72u.a. 37. O paralelepípedo tem seis faces, observando o exemplo

37. O paralelepípedo tem seis faces, observando

o exemplo abaixo, determine o valor da superfície desse paralelepípedo em cm².

o valor da superfície desse paralelepípedo em cm². a) 128. b) 192 c) 176. d) 72.

a) 128.

b) 192

c) 176.

d) 72.

e) N.d.a.

38. Na figura abaixo, temos uma face delimitada

pelos vértices ABCD, calcule a área dessa face

sabendo que o cubo tem aresta de 2cm.

a área dessa face sabendo que o cubo tem aresta de 2cm. 39. (UFP) A base

39. (UFP) A base de um prisma hexagonal

regular está inscrita num círculo de 10 cm de diâmetro. A altura desse prisma, para que a área lateral seja 201 cm² mede:

A.

4,5 cm

B.

6,7 cm

C.

7,5 cm

D.

9,3 cm

E.

12,6 cm

40.

Dê a superfície de um prisma hexagonal de aresta da base 3cm e altura 6cm representado abaixo.

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

88cm² 20cm² (100 (75 24)cm² 24)cm² 27( 3  4) cm²
88cm² 20cm²
(100 (75 24)cm² 24)cm²
27(
3  4) cm²
(100 (75 24)cm² 24)cm² 27( 3  4) cm² 41. Um prisma triangular regular tem volume

41. Um prisma triangular regular tem volume de

3 e aresta lateral de 5cm. Calcule a aresta

20

volume de 3 e aresta lateral de 5cm. Calcule a aresta 20 3 cm da base

3cm

da base desse prisma.

a) 4cm

b) 6cm

c) 7cm

d) 8cm

e) 9cm

42.

Dada

a

figura

abaixo,

determine

o

comprimento

da

aresta

x,

sabendo

que

o

segmento AB mede

figura abaixo, determine o comprimento da aresta x, sabendo que o segmento AB mede 50 cm

50cm .

a) 4cm b) 6cm c) 10cm d) 3cm e) N.d.a. 43. Um prisma triangular regular

a) 4cm

b) 6cm

c) 10cm

d) 3cm

e) N.d.a.

43. Um prisma triangular regular tem aresta da

e) N.d.a. 43. Um prisma triangular regular tem aresta da base 2 cm e aresta lateral

base 2 cm e aresta lateral 20 3 cm, determine o volume desse prisma.

a) 6 cm³

b) 60 cm³

c) 270 cm³

d) 35,7 cm³

e) N.d.a.

44. (UFRGS-09)

está

representada a planificação de um prisma hexagonal regular de altura igual à aresta da base.

Na

figura

abaixo

regular de altura igual à aresta da base. Na figura abaixo 45. Um prisma triangular regular

45. Um prisma triangular regular apresenta aresta da base 2m e aresta lateral 10cm, determine a área total da superfície desse prisma.

(Use

3  1,7 ).

3 1,7 ).

(A)

13,76cm²

(B)

63,4cm²

(C)

12,25cm²

(D)

10,23cm²

(E)

N.d.a.

PIRÂMIDES E CILINDROS

46. Determine a área da superfície de uma

pirâmide quadrangular de aresta 10cm e altura

5cm.

a. b. c. 320cm² 200cm² 220cm²

d. 326cm²

e. N.d.a.

47. (PUC) A área da base de uma pirâmide

quadrangular regular é 36m². se a altura da pirâmide mede 4m, sua área total é, em m², igual

a:

A. 38

B. 48

C. 96

D. 112

E. 144

48. (PUC) Se uma pirâmide triangular regular a altura tem 15 cm e o perímetro da base 54 cm, então o apótema da pirâmide, em cm, vale:

A.

3

B.

C.

6

D.

7

E.

49.

Dê o volume da pirâmide inscrita no cubo de aresta 4cm.

Dê o volume da pirâmide inscrita no cubo de aresta 4cm. a. 21,3cm 3 b. 13
a. 21,3cm 3 b. 13 3cm c. 12,5cm 3
a. 21,3cm
3
b. 13 3cm
c. 12,5cm
3

3

d. 43,5cm³

e. N.d.a.

50. (UFRGS)

A

figura

planificação de um sólido.

abaixo

representa

a

O volume desse sólido, de acordo com as medidas indicadas é: A. 180 B. 360

O volume desse sólido, de acordo com as medidas indicadas é:

A. 180

B. 360

C. 480

D. 720

E. 1440

51. Uma pirâmide quadrada tem todas as arestas medindo 2, a sua altura mede:

A. 1

B.

C.

D.

E.

52. (UFRGS) O volume de um tetraedro regular de aresta 1 vale:

A.

1

B.

C.

D.

E.

53.

(UFRGS) Um pedaço de cano de 30 cm de

comprimento e 10 cm de diâmetro interno, encontra-se na posição vertical e possui base inferior vedada. Colocando-se dois litros de água no interior, a água:

A. Ultrapassa o meio do cano.

B. Transborda.

C. Não chega ao meio do cano.

D. Enche o cano até a borda.

E. Atinge exatamente o meio do cano.

54. Dê o volume de uma pirâmide inscrita num

prisma hexagonal de aresta 2cm e altura 3cm.

a. 3

num prisma hexagonal de aresta 2cm e altura 3cm. a. 3 3 cm 3 16 3cm

3cm

3

16 3cm b. 6 3cm 3 c. 3 cm 3 d. 2 e. n.d.a.
16
3cm
b.
6
3cm
3
c.
3 cm
3
d.
2
e.
n.d.a.

3

55. Dê o volume de uma pirâmide inscrita num

prisma triangular reto de aresta da base 4cm e

altura 5 cm. cm 3 a. 3 2 20 b. cm 3 3 3 2
altura 5 cm.
cm
3
a. 3
2
20
b. cm
3
3
3
2
c. 3 cm
3
3
3
cm
3
d. 5

2

e. n.d.a.

56. Dê o volume de uma pirâmide inscrita num

prisma triangular reto cuja aresta da base é 8cm e altura 10 cm.

3cm 3 a. 3 16 3cm 3 b. 10 160 3cm c. 3cm 3 d.
3cm
3
a.
3
16
3cm
3
b.
10 160
3cm
c.
3cm
3
d.
e.
n.d.a.

3

57. Dê o volume de um pirâmide inscrita num

prisma hexagonal de aresta da base 3cm e altura

6cm. 3 cm 3 a. 3 2 27 b. cm 3 3 3 27 c.
6cm.
3
cm
3
a. 3
2
27
b. cm
3
3
3
27
c. cm
3
3
6
27
d. cm
3
3
4

e. n.d.a.

58. (UNISINOS) O valor do raio de um cilindro

circular reto que possui a área lateral e o volume

expresso pelo valor numérico é:

A.

1

B.

2

C.

3

D.

4

E.

5

59.

(UFRGS) O retângulo da figura, com base

BD igual ao dobro da altura AB, é transformado na superfície lateral de um cilindro circular de modo a AB coincidir com CD.

de um cilindro circular de modo a AB coincidir com CD. Se o volume do cilindro

Se o volume do cilindro é 8/π, então o perímetro é:

A. 9

B. 12

C. 16

D. 24

E. 27

60. (UFRGS) Um cilindro de revolução cuja área

total é igual ao quádruplo da área lateral e cuja secção meridiana tem 14 cm de perímetro, tem área da base, em cm², igual a:

A.

π

B.

C.

D.

E.

16π

61.

(UFRGS)

Um

tanque

de

chapa de

comprimento 3 tem a forma de um semicilindro de diâmetro da base 2.

3 tem a forma de um semicilindro de diâmetro da base 2. A área da chapa

A área da chapa é:

A.

B.

C.

D.

E.

62. Determine

um

cilindro cujo raio da base é r = 3 cm e altura h=

5cm.

a

área

da

superfície

de

a. b. 48cm² 45cm² 20cm² 200cm²
c.
d.

e. n.d.a.

63. Determine a área da superfície de um

cilindro cujo raio da base é r =10 cm e altura h=5

cm

b. a. 300cm² 48cm² 45cm² 200cm²
c.
d.

e. n.d.a.

64. Determine a área da superfície e o volume de

um cilindro eqüilátero cujo raio da base é r =

6cm.

a.
b. c. d. 216cm²;433cm 219cm²;422cm 216 cm

e. n.d.a.

243

2

;432 ;433 cm cm

3

3

2

cm

³ ³

65. Determine a área o volume de um cilindro

eqüilátero cuja seção meridional tem 16cm² de área.

cm
b. d. c. 48 48cm²;36cm 48cm²;20cm cm ;16 cm

a. 16

cm

2

2

;48

3

3

e. n.d.a.

³ ³

66.

o eqüilátero cuja diagonal da seção transversal é

de um cilindro

volume

Determine

a. b. 54cm³ 45cm³ 72 cm. 3 c. d. 22cm 27cm 3
a. b. 54cm³ 45cm³
72 cm.
3
c. d. 22cm 27cm
3

e. n.d.a.

67. A razão entre os volumes de dois cilindros

mede o dobro da altura do

cuja altura de um outro.

a. 2

b. 4

c. 8

d. 3/4

e. n.d.a.

68. O volume que ainda podemos encher é de:

3/4 e. n.d.a. 68. O volume que ainda podemos encher é de: a. 800  cm

a. 800cm³
b. d. c. 800080000080000cm³ cm³ cm³

e. n.d.a.

69. Determine

o

volume

do

cilindro

que

comporta exatamente três bolas de diâmetro 5cm.

b. a. 93,75cm³ 54,45cm³

c. 125cm³

d. 132πcm³

e.

n.d.a.

³ 54,45  cm ³ c. 125  cm ³ d. 132πcm³ e. n.d.a. 70. o

70.

o eqüilátero cuja diagonal da seção transversal é

de um cilindro

volume

Determine

a. 45cm³ 72 cm.
a. 45cm³
72 cm.

b. 32πcm³

c. 54cm³

d. 27cm

e. n.d.a.

ESFERAS E CONES.

3

c. 54  cm ³ d. 27  cm e. n.d.a. ESFERAS E CONES. 3 Sb

Sb

Sl

r ²

rg

1 v   r h ² 3 S  4  r ² 4
1
v
r h
²
3
S
 4
r
²
4
v
r ³
3

71. Um cone eqüilátero tem raio

r 3cm

da

base, qual é a área lateral desse cone?

72.

(A) 45cm²

54cm²

18cm² 22cm² 27cm² 54cm³ 45cm³

(B)

(C)

(D)

(E)

Dê o volume de um cone circular reto cuja

altura é 4cm e a geratriz mede 5cm.

(A)

(B)

(C)

(D)

22cm 27cm

3

3

(E) 12cm³

73. A superfície da base de um cone reto mede

16cm² , quanto mede o raio desse cone?

4cm.

(A)

4cm

(B)

10cm

(C)

15cm

(D)

12cm

(E)

13cm

74.

o ampulheta abaixo, sabendo que a mesma ocupa 25% do volume do cone , como mostra a figura.

na

Calcule

volume

de

areia

contida

(A)

(B)

(C)

(D)

54cm³ 45cm³

27cm 22cm

3

3

(E) 25cm³

(E) 25  cm ³ 75. Duas esferas de aço cujos raios são 1 e 2

75. Duas esferas de aço cujos raios são 1 e 2 cm

forma fundidas e modeladas

como um cilindro de altura 3cm. Qual é o raio desse cilindro?

respectivamente,

(A)

1.

(B)

2.

(C)

3.

(D)

4.

(E)

N.d.a.

76. A rotação do triângulo abaixo descreve dois

cones, um com rotação em AC e outro na rotação

de AB, calculando a razão entre o volume do cone de maior raio pelo volume do cone de menor obtemos:

do cone de maior raio pelo volume do cone de menor obtemos: A. 3/2 B. 1/3

A.

3/2

B.

1/3

C.

3/4

D.

3/5

E.

1/2

77.

(UFRGS) Uma esfera de raio 2cm é

mergulhada num copo cilíndrico de 4cm de raio, até encostar no fundo, de modo que a água do copo recubra exatamente a esfera. Antes da esfera ser colocada no copo, a altura da água era:

A. 27/8cm.

B. 19/3cm

C. 18/5cm

D. 10/3cm

E. 7/2cm

78. Uma esfera de raio R = 5 cm é seccionada

por um plano que dista de seu centro d=3cm.

Qual a área dessa secção circular?

de seu centro d=3cm. Qual a área dessa secção circular? (A) (B) (C) (D) (E) 36

(A)

(B)