Coaching Para

Solteiros

O Segredo Para os Relacionamentos

Cristiano Acosta

Coaching Para Solteiros

Conteúdo
Introdução....................................................................................................................... 1
O que não lerá aqui........................................................................................................ 3
Autodiagnóstico.............................................................................................................. 5
A pessoa mais importante do mundo........................................................................10
Síndrome da Rainha Má........................................................................................11
Solidão..................................................................................................................... 13
Felicidade................................................................................................................. 14
Absolvendo os suspeitos............................................................................................. 17
Perdão ao Outro..................................................................................................... 17
Perdão a si............................................................................................................... 18
Meditação do Perdão......................................................................................18
O que eu tenho para dar..............................................................................................21
Pontos Fortes.......................................................................................................... 22
Pontos Fracos......................................................................................................... 22
Oportunidades........................................................................................................ 23
Ameaças................................................................................................................... 23
Definindo um perfil desejado.....................................................................................26
Príncipe Encantado...............................................................................................32
Percebendo as evidências......................................................................................34
Porque Vai ser legal...................................................................................................... 36
Porque pode não ser muito legal................................................................................39
Que valor eu dou.......................................................................................................... 42
Valores éticos.......................................................................................................... 43
Valores estéticos..................................................................................................... 43
Valores religiosos.................................................................................................... 43
Valores políticos..................................................................................................... 43
Valores vitais........................................................................................................... 44
Contextualizando...................................................................................................44
Estratégias...................................................................................................................... 45
Redes Sociais........................................................................................................... 46
2

Cursos...................................................................................................................... 46
Entidades................................................................................................................. 47
Encontros Sociais................................................................................................... 47
Ambiente de Trabalho........................................................................................... 47
Ações.............................................................................................................................. 48
Recursos......................................................................................................................... 50
Manutenção................................................................................................................... 51
Beleza Emocional.................................................................................................. 52
É só o Amor........................................................................................................... 56
Recapitulando................................................................................................................ 62
Bibliografia Comentada...............................................................................................63
Bibliografia.................................................................................................................... 64

3

Introdução

T

Introdução

alvez eu tenha começado a escrever este livro quando entendi a minha
primeira relação, com a minha mãe. No início desta relação, eu chorava
e ela me dava leite. Com a maturidade, no auge dos meus 12 meses de
idade, aprendi a confiar nessa pessoa e a me expressar de outras maneiras para
obter o que eu queria. Atenção, alimento, presentes foram alguns dos meus
objetivos nestes primeiros anos e a consciência de que sozinho dificilmente
sobreviveria.
Com o tempo percebi que além dela (minha mãe) havia meu pai, depois veio
irmão, parentes, amigos, paixões, amores e me vi sem controle da quantidade de
pessoas à minha volta e como lidar com cada uma delas.
Demorou muito tempo para eu entender o princípio destas relações e como
melhorar cada uma delas e entenda que isso não e fácil ou difícil, nem mesmo
posso afirmar que este aprendizado é rápido ou devagar, mas posso afirmar que
cada relação tem um interesse.
Neste livro falarei das relações com interesse em tensão sexual, sejam elas com
homens ou mulheres, hétero ou homossexuais, isto é, namoros, noivados,
casamentos, etc...
O fato é que os seres humanos em sua grande maioria querem boa companhia e
não convivem bem com a solidão. Trataremos disso a partir de agora.
Resisti muito até começar a escrever este livro, porque me perguntava o que
poderia registrar, que auxiliasse o leitor a acertar na escolha, a definir uma
estratégia que pudesse garantir um período longo e prazeroso ao lado da pessoa
escolhida, sim podemos escolher e escolher bem.
Basicamente a vida é feita de escolhas, inclusive escolha nas paixões e amores e
enquanto as pessoas não assumirem a responsabilidade por isso, vão continuar
1

Coaching Para Solteiros
errando, lamentando e o pior de tudo, abdicando do maior poder do ser
humano que é o livre arbítrio.
Não é difícil ouvir de alguém que só atrai pessoas diferentes do que desejam,
que não consegue permanecer muito tempo ao lado de uma pessoa, que se sente
enganado ou usado.
Muitas relações terminam pelo conflito de interesses, falta de sintonia entre
outros fatores que podem ser resolvidos quando temos claro quem somos e o
que queremos. Algumas relações são como aviões sem plano de voo, no meio
do caminho ficam sem combustível e a queda é a consequência natural.
Nosso objetivo é definir o perfil desejado e estratégias para encontrá-lo e como
ganho secundário (será?), a autopercepção, transformação pessoal e
desenvolvimento de habilidades como a perda da timidez, por exemplo.

2

O que não lerá aqui

G

O que não lerá aqui

randes pensadores normalmente tem a experiência como sua fiel
conselheira. Além de poética, a frase é muito verdadeira. Vemos nos
filmes que retratam momentos históricos, anciões dando conselhos
baseados em suas vivências, entendimentos. O histórico que estas pessoas
(anciões) tinham, auxiliava nas decisões. Ajudava a decidir sobre estratégias de
batalhas ou mesmo no dia a dia das pessoas.
- Ah! Se eu soubesse o que sei hoje com meus 20 anos!
No entanto, mesmo eu tendo experiências ricas em aprendizado, cada ser é
único. Sua cultura e ambiente tornariam meus conselhos muito superficiais e até
ineficazes em muitos casos.
O título coaching não é por acaso, coaching é um processo para atingir um
objetivo de maneira acelerada. O coaching turbina a obtenção dos resultados
sem dar respostas, apenas fazendo perguntas poderosas e isso traz resultados
mágicos, sem magia.
A magia do processo, se é que existe, é através das perguntas obter a sua melhor
versão, dentro do seu contexto. A reflexão sobre cada aspecto na busca do
relacionamento ideal vai trazendo maturidade, mudança comportamental e
desenvolvendo habilidades.
Não vou passar uma receita de bolo, de como conseguir um relacionamento
sério ou paquerar, receitas de bolo podem falhar pelo mesmo motivo que os
conselhos e não é meu objetivo dar consultoria sobre relacionamentos.
Não veja este livro como uma apostila, por que não é um curso. Não vou
ensinar ensinamentos em coaching, mas há cocriação. Em vários momentos
você poderá ler algo que faça muito sentido e tome isso como solução, não por
que é um ensinamento, mas por que é uma opção e talvez ela não existisse sem
3

Coaching Para Solteiros
esta leitura.
Algumas feridas podem se fechar e alguns entendimentos surgirão e você
poderá se perguntar se isso é terapia. Também não é terapia, coaching trabalha
no presente com foco no futuro. Se você sofreu traumas e isso atrapalha seus
relacionamentos, procure um terapeuta.
A preocupação do coach, é que seu coachee (cliente) obtenha resultados
acelerados, o que a análise não se compromete.
Convido você a seguir lendo e juntos refletirmos sobre o que deu errado até
agora, entender o que você pode fazer diferente para que o resultado seja
diferente. Quando você muda a ação, você muda o resultado.
Nesta viagem entre as páginas deste livro, o desafio é partir das crenças atuais
para um momento aonde você perceba que pode e merece mais do que já teve
um dia.
Desafio você a criar sua melhor versão. Você aceita este desafio?

4

Autodiagnóstico

A

Autodiagnóstico
tendo pessoas de diversas idades, fases diferentes da vida e o tema
relacionamento amoroso é frequente. De uma forma ou de outra
surge na conversa as insatisfações.

Há pouco tempo atendi uma jovem de 26 anos. Era sua primeira sessão e ela
estava confusa sobre o que faria bem a ela, estava perdida. Para você ter uma
ideia, ela estava tratando sua depressão, se sentindo perdida.
Como o coaching auxilia na formulação de objetivos, ouvi sua história de vida e
fiquei encantado com seu potencial. Maria (nome fictício) tinha dois cursos
superiores completos e seu sonho profissional era ter um escritório.
Entenda que Maria dependia ainda do pai, homem austero que cobrava dela
resultados e ela trabalhando de vendedora de loja se sentia mal. Não parava no
emprego pelos mais variados motivos, normalmente pela pressão que o
vendedor passa.
Maria mora sozinha, os pais e irmãos moram em outra cidade que ela não
desejava retornar, queria ficar aonde está pelas oportunidades profissionais e seu
futuro escritório que montaria em parceria com um profissional de uma área
afim.
Depois de detalhar o processo de depressão, gerada pela dependência financeira,
cobranças do pai e falta de aproveitamento profissional, manifestou sua solidão.
Que passaria pelo processo de cura melhor se tivesse um namorado. Linda, alta,
morena, 26 anos e jamais teve um namoro sério.
Depois de duas horas de sessão, o entendimento que ficou foi de que Maria
procurasse estar perto de cursos, palestras e instituições onde o profissional que
ela procurava participaria. Fazer contatos desta maneira poderia até colocá-la de
frente com um novo amor, Porque não?
5

Coaching Para Solteiros
Como esta sessão é uma sessão gratuita, com objetivo de educar o coachee
sobre o coaching, identificar objetivo e criar empatia. É importante confiar no
seu coach.
Antes dela fazer o contato, pensei em oferecer um processo pro bono (sem
custo), para que ela recuperasse a dignidade de viver com seu dinheiro, melhorar
sua autoestima. Formulei um processo para que ela montasse seu escritório com
o sócio.
Não demorou muito a me procurar pela Internet e me perguntou o valor do
processo e se eu conseguiria casá-la com o amor da vida dela. Mesmo surpreso
eu disse que sim, coaching de relacionamento é muito eficaz, mas antes de
aceitá-la como cliente, comecei a perguntar quem era este amor.
Um ano antes, Maria havia conhecido e encontrado esta pessoa três vezes e ele
fez toda a diferença em sua vida. Desde então não se viram mais e se falavam
por telefone uma vez por mês, pois ele morava em sua fazenda no interior do
pais vizinho e o telefone não pegava bem.
Ele tinha planos de morar no interior de outro estado, mas agora no Brasil e ela
queria ir morar com ele, viver esse amor. Depois de apenas três encontros em
um ano e alguns telefonemas Maria queria muito estar com este homem,
Meu dever como coach é questionar para provocar reflexão e minhas perguntas
eram direcionadas para a convicção que ela tinha de que isso (o casamento) seria
a solução de todos os seus problemas, inclusive a depressão.
Neste ponto eu perguntei se ela abriria mão de seu sonho de montar seu
escritório na cidade onde mora. Motivo pelo qual não retorna à cidade Natal
para viver o sonho do outro e ela disse respondeu: Sim!
O caso da Maria ilustra a supervalorização do outro, e quando ela abre mão de
seus sonhos, talvez submissão. Relações com base nesta premissa de que há um
deus e um adorador não há autodesenvolvimento positivo. Desisti de tê-la como
cliente.
6

Autodiagnóstico
Talvez seja o momento de você se perguntar se o que é mais importante neste
momento da sua vida, se realmente investir em um relacionamento duradouro
vale a energia empenhada. Um relacionamento exige disponibilidade de tempo,
mudança de rotina, dinheiro, em suma: Sair da zona de conforto.
Além disso, você precisa entender que relacionamentos duradouros só
acontecem para quem tem ideia de sua identidade, para pessoas que tem uma
missão definida.
Quem vive por estímulo, pessoas que trocam de parceiro com frequência,
alcoólicos, drogados não conseguem manter um relacionamento por muito
tempo, precisam de novos estímulos.
Este é o momento em que você corre no espelho e se pergunta: Qual a minha
missão? De 0 a 10, qual a importância de ter um relacionamento duradouro?
Para saber a real importância do relacionamento e se isso vai trazer impacto
positivo, na próxima página você terá um exercício simples para fazer. Chama-se
A Roda da Vida.
A roda da vida é dividida em 12 áreas. Você vai dar notas de 0 a 10 sobre o que
você tem feito de maneira intencional nesta área. Procure refletir sobre seu nível
de satisfação em cada área. Se sua nota ficar abaixo de 10, há espaço para se
propor metas e alcançar a plena satisfação.
Se você não está satisfeito com está área, estabeleça metas e datas. Defina as
habilidades necessárias a serem desenvolvidas para alcançar as metas, não há
magia, somente ação.
As metas propiciam o desenvolvimento das habilidades e despertam novos
comportamentos. A prática intencional de ações diárias são efetivas e levam ao
resultado desejado.
Se você quer falar melhor em público, pode fazer um curso, se especializar nisso,
treinar esta habilidade, por exemplo.
7

Coaching Para Solteiros

Roda da Vida

8