Você está na página 1de 3

Referência: NUNES, Manuela Barreto (2003).

Bibliotecas escolares e Internet:


I. Boletim do CRILIJ – Centro de Recursos e Investigação Sobre Literatura
Para a Infância e Juventude. Nº 3, 37-38.

Recursos de Internet: um novo tipo de colecções nas Bibliotecas


Escolares (I)
Manuela Barreto Nunes

Considerando as características forçosamente híbridas das bibliotecas


actuais e a crescente utilização da Internet como fonte de informação, as
bibliotecas escolares não podem já escusar-se a fornecer à comunidade
educativa, e muito concretamente aos alunos dos diferentes níveis de ensino,
serviços bibliotecários em linha, através do acesso a documentos electrónicos
e recursos de Internet de qualidade.
Todos sabemos que, hoje em dia, grande parte das pesquisas realizadas
pelos alunos no âmbito dos trabalhos escolares são feitas directamente na
Internet, e sabemos também que, apesar da rapidez e da facilidade com que se
recupera informação através de motores de pesquisa como o Google ou o
Lycos, a maioria da informação assim recuperada não passa de lixo e,
frequentemente, com a aparência de seriedade são passados dados falsos e
pouco rigorosos.
O papel das bibliotecas enquanto mediadoras do acesso à informação
electrónica em linha torna-se assim fulcral e exige que os profissionais da
documentação abdiquem de uma vez por todas das resistências a um tipo de
informação que é tido, com razão, por caótico, fluído, descontextualizado,
frequentemente inexacto e tão inconsistente como as folhas volantes que são
distribuídas e logo deitadas fora. No entanto, nem todos os documentos
electrónicos sofrem desta falta de rigor e a verdade é que muitos sítios Web
albergam recursos de informação verdadeiramente didácticos e úteis para a
aquisição de conhecimentos variados.

Create PDF with PDF4U. If you wish to remove this line, please click here to purchase the full version
Infelizmente, quando se trata de pesquisa, grande parte das bibliotecas
escolares e públicas continua a deixar os utilizadores entregues à sua sorte ou,
quando têm elas próprias uma página Web, limitam-se a elencar endereços
electrónicos, sem qualquer tipo de tratamento técnico ou descrição que
permitam ao utilizador identificar o documento e seleccioná-lo, da mesma
forma que se escolhe um livro na estante ou de entre as fichas de um catálogo.
A ideia é que passemos a tratar os registos electrónicos com critérios
equivalentes àqueles com que tratamos as colecções de recursos impressos e
audiovisuais, identificando e seleccionando documentos, organizando-os
intelectual e fisicamente e avaliando periodicamente o seu interesse, factor que
se torna de particular importância neste caso específico, já que a volatilidade é
uma das principais características dos recursos de Internet.
A avaliação e selecção deste tipo de documentos, nomeadamente quando
temos propósitos pedagógicos e pretendemos construir colecções que apoiem
a aprendizagem baseada na pesquisa e o desenvolvimento de capacidades de
reflexão crítica e produção autónoma de nova informação reveste-se de
particular sensibilidade, pois há que atender às características específicas do
meio de comunicação.
Alguns dos aspectos a ter em conta na selecção de recursos de Internet
são os seguintes:
1) Quanto ao tema:
a) Amplitude
b) Profundidade
c) Tempo (balizas cronológicas)
2) Quanto ao conteúdo:
a) Autoridade
b) Precisão versus tendências (ideológicas, religiosas, etc.)
c) Actualidade
d) Originalidade
e) Qualidade da escrita
3) Quanto ao acesso:
a) Pesquisa
b) Organização
c) Tempo de download

Create PDF with PDF4U. If you wish to remove this line, please click here to purchase the full version
d) Ambiente informático
e) Ligações hipermédia
f) Língua
g) Ajuda (existência de menu de)
4) Quanto ao desenho gráfico e multimédia:
a) Construção
b) Instruções
c) Gráficos
Como se vê, parte destes critérios estão relacionados com as
características específicas do suporte digital, hipermédia e acessível em linha.
Voltarei a este tema, desenvolvendo as variáveis de avaliação e apresentando
alguns exemplos concretos de bons documentos Web no próximo número do
Crilij.

Create PDF with PDF4U. If you wish to remove this line, please click here to purchase the full version