Você está na página 1de 40
ExcelExcelExcelExcel 2010201020102010 Módulo Avançado
ExcelExcelExcelExcel 2010201020102010 Módulo Avançado
ExcelExcelExcelExcel 2010201020102010
Módulo Avançado
ExcelExcelExcelExcel 2010201020102010 Módulo Avançado

1.1.1.1. SumárioSumárioSumárioSumário

1. Sumário

2

2. Mensagens do Excel

 

4

3. Referências Relativas, Absolutas e

4

4. Funções Matemáticas

6

5. Formatação Condicional

7

6. Funções de Procura e Referência

8

7. Funções

Condicionais

10

Condicional

SE

10

Condicional

OU

10

Condicional

– E

 

10

Condicional

SE aninhado

11

8. Funções

Estatísticas

11

9. Funções de Data e Hora

12

10. Funções

de

texto

13

11. Funções de Banco de Dados

13

12. Importação e Exportação de Dados

14

13. Gráficos

 

15

Tipos de gráficos

 

15

Gráfico de tendência

16

14. Tabela e Gráfico Dinâmico

17

15. Classificações, Filtros e Subtotais

17

16. Proteção de Pastas de trabalho, planilhas e dados

17

17. Macros

 

18

18. Validação de dados

19

19. Formulários

 

20

20. Impressão

21

Visualização de impressão

21

Configuração de

página para impressão

21

Definir a área de impressão

21

21. Programação VBA

21

22. Criação de função em VBA

23

23.

Anotações

24

24. Anexo

26

25. Bibliografia

40

2.2.2.2.

MensagensMensagensMensagensMensagens ddoddooo ExcelExcelExcelExcel

Algumas mensagens são muito importantes dentro das células. Veja a tabela de mensagens retornadas pelo Excel:

Tabela 1 - Mensagens de Erro

Mensagem

 

Significado

#DIV/0!

Você está tentando dividir alguma coisa por zero. Isso não é

possível!!!

 

O

Excel não reconheceu o texto digitado na fórmula ou a célula

#NOME?

escolhida contém um dado errado.

#NUM!

Ocorre quando existe um erro com a formatação do número em uma fórmula ou função.

 

O

valor contido nesta célula é muito grande para sua largura.

####

Aumente o tamanho da coluna.

 

Ocorre quando usamos um tipo errado de argumento. Exemplo:

#VALOR!

usamos um texto quando a fórmula requer um número.

#N/D

Ocorre quando um valor não se encontra disponível para a fórmula.

#REF! e

Ocorre quando o endereço de uma célula não é valido.

#NULO!

Lembrando que, algumas mensagens podem aparecer, mas o que não caracteriza um erro, e sim, falta de referência.

3.3.3.3. ReferênciasReferênciasReferênciasReferências Relativas,Relativas,Relativas,Relativas, AbsolutasAbsolutasAbsolutasAbsolutas eeee Mistas.Mistas.Mistas.Mistas.

a outras células. Exemplo: = A1+B1.

Ao clicarmos sobre uma célula com uma fórmula surge a alça de preenchimento que permite ao usuário

vezes.

Observe, na figura, que ao puxar a alça de preenchimento a fórmula se alterou automaticamente. Nesse caso temos uma Referência Relativa, já que a fórmula vai se alterando "relativamente" à primeira que foi digitada.

"propagar" aquela

As

fórmulas

no

Excel

geralmente

se

referem

fórmula,

evitando

a

redigitação

inúmeras

As fórmulas no Excel geralmente se referem fórmula, evitando a redigitação inúmeras Figura 1- Referência Relativa

Figura 1- Referência Relativa

Mas nem sempre desejamos que a fórmula se "propague". Neste caso colocamos um cifrão ($) antes da letra para evitar que a coluna seja alterada e/ou antes do número, para evitar que a linha seja alterada. Neste caso temos uma Referência Absoluta. Observe que agora a fórmula se manteve constante.

Observe que agora a fórmula se manteve constante. Figura 2 - Referência Absoluta Quando precisamos de

Figura 2 - Referência Absoluta

Quando precisamos de uma combinação das duas situações, colocamos o cifrão à frente apenas da letra da coluna (ex: $A1) ou do número (ex: A$1). Assim, "travamos a propagação" da Coluna ou da Linha. Observe, a seguir, que parte da fórmula está sem o cifrão - e por isso se alterou - e a outra parte ficou "travada" em B1, em virtude da colocação do cifrão antes de B e de 1. Temos agora uma Referência Mista.

antes de B e de 1. Temos agora uma Referência Mista. Figura 3 - Referência Mista

Figura 3 - Referência Mista

Se você criou uma fórmula e deseja alterar as referências relativas para absolutas (e vice-versa), selecione a célula que contém a fórmula. Na barra de fórmulas, selecione a referência que você deseja alterar (no nosso exemplo, clique em qualquer uma das células. Exemplo: clique sobre $B$1) e pressione F4. Sempre que você pressionar F4, o Excel alternará entre as combinações: coluna absoluta e linha absoluta (por exemplo, $C$1); coluna relativa e linha absoluta (C$1); coluna absoluta e linha relativa ($C1) e coluna relativa e linha relativa (C1). Por exemplo, se você selecionar o endereço $A$1 em uma fórmula e pressionar F4, a referência passará a ser A$1. Pressione F4 novamente e a referência passará a ser $A1 e assim por diante. As possibilidades são:

Tabela 2 - Tabela de Referências usando F4

C1

Referência Relativa em linha e coluna

$C$1

Referência Absoluta em linha e coluna

$C1

Referência Absoluta somente em relação à coluna

C$1

Referência Absoluta somente em relação à linha

Além das referências as células, temos também que fazer referência a seleção de seus intervalos. Para isso, fazemos uso dos seguintes operadores:

Tabela 3 - Operadores de intervalo

Operador de

   

referência

Significado

Exemplo

: (dois pontos)

Operador de intervalo que produz uma referência a todas as células entre as duas referências, incluindo-as.

B5:B15

; (ponto e vírgula)

Operador de união, que combina diversas referências em uma única referência.

=SOMA(B5:B15;C5:D15)

(espaço simples)

Operador de interseção, que produz uma referência a células comuns em duas referências. Neste exemplo, B7 é comum a dois intervalos.

=SOMA(B5:B15 A7:D7)

4.4.4.4. FunçõesFunçõesFunçõesFunções MatemáticasMatemáticasMatemáticasMatemáticas

Primeiramente, para iniciarmos qualquer fórmula matemática devemos digitar o sinal de igualdade =. Somente assim o Excel entenderá que os dados digitados fazem parte de uma fórmula e não de um texto. Também precisamos saber a precedência dos operadores quando estes estão todos presentes na mesma fórmula. Considere a fórmula =(K6-O9)-H3%/D4+(D8^2). Qual dessas operações seria a primeira a ser resolvida? A resolução dos operadores ocorre na seguinte ordem:

1º. Potenciação (^) 2º. Multiplicação (*) e divisão (/) 3º. Soma (+) e subtração (-) Operadores de mesma prioridade são executados da esquerda para a direita. Operadores que estiverem entre parênteses têm prioridade em relação aos demais.

ADIÇÃO, SUBTRAÇÃO, MULTIPLICAÇÃO E DIVISÃO: para qualquer das 4 operações

matemáticas os comandos são aos mesmos: inserimos o sinal de = clicamos na primeira célula que será

assim por diante. Para a adição existe outra função

somada + segunda célula que será somada+

chamada soma e é mais usada quando a quantidade de células a serem somadas for muito grande.

e

Tabela 4 - Modos de soma

a serem somadas for muito grande. e Tabela 4 - Modos de soma • PORCENTAGEM: diferente

PORCENTAGEM: diferente das calculadoras de hoje em dia que fazem operações do tipo Valor da compra – 10%, o Excel pode fazer de duas maneiras:

o

Valor da compra * porcentagem: o resultado é o valor (em reais) da porcentagem.

o

Valor da compra – (valor da compra * porcentagem): o resultado é o valor a ser pago com o desconto.

o

Valor da compra + (valor da compra * porcentagem): o resultado é o valor a ser pago com juros, por exemplo.

POTENCIAÇÃO: é representado pelo sinal circunflexo (^). 2 2 = 2^2

RAIZ: usado para achar a raiz quadrado de um valor. A sua sintaxe é: =raiz(num); onde num é o valor do qual se deseja obter a raiz quadrada.

MOD: retorna o resto da divisão de um número pelo divisor. A sintaxe é: =mod(num;divisor); onde num é o número para o qual você deseja encontrar o resto e visor é o número pelo qual você deseja dividir o número. Exemplo: =mod(3;2) o resto da divisão de 3/2 = 1

QUOCIENTE: retorna a parte inteira da divisão. Sua sintaxe é: =quociente(numerador;denominador). Exemplo: =quociente(34;2) 17.

FATORIAL: retorna o fatorial de um número e será do tipo 1*2*3*

*num.

Sua sintaxe é:

=fatorial(num). Exemplo: =fatorial(4) 1*2*3*4 = 24

MMC: retorna o mínimo múltiplo comum. Sua sintaxe é: =mmc(num[num]). Num pode também ser um intervalo de células.

MDC: retorna o máximo divisor comum. Sua sintaxe é: =mdc(num[num]).

ARRED: Esta função força o arredondamento para o número mais próximo, até uma determinada quantidade de casas após a vírgula. Sua sintaxe é: =arred(num;num_digitos). Exemplo:

=arred(2,8973;2) 2,9

ARREDONDAR.PARA.BAIXO: arredonda um dado numérico para baixo. Exemplo:

=arredondar.para.baixo(2,8973;2) 2,89

ARREDONDAR.PARA.CIMA: arredonda um dado numérico para cima. Exemplo:

=arredondar.para.cima(2,8973;2) 2,9

ABS: retorna um dado numérico sem o seu sinal, ou seja, será possível visualizar um dado negativo como positivo. Pode ser útil em cálculos que o sinal não possua importância relevante. Exemplo:

=ABS(A1), onde A1 é a célula que contém o dado que devemos visualizar sem sinal.

INT: força o arredondamento para o número inteiro. Exemplo: =int(2,999) 2; =int(-2,03) -3.

COMBIN: realiza cálculos de análise combinatória, retornando o número de combinações possíveis para um determinado contexto. Exemplo: Digamos que você deseja saber o número de combinações possíveis de um sorteio que escolhe 5 números em 100. A quantidade de itens será 100 e a quantidade de itens agrupados será 5. Desta forma, a fórmula fica: =COMBIN(100;5) e o resultado será 75.287.520.

SOMASE: soma as células especificadas por um determinado critério. Sintaxe:

=SOMASE(intervalo;critérios;intervalo_soma); onde Intervalo: é o intervalo de células que se deseja calcular; Critérios: são os critérios na forma de um número, expressão ou texto, que define quais células serão adicionadas. Por exemplo, os critérios podem ser expressos como 32, "32", ">32", "maçãs" e Intervalo_soma: são as células que serão realmente somadas.

5.5.5.5. FormataçãoFormataçãoFormataçãoFormatação CondicionalCondicionalCondicionalCondicional

A formatação condicional aplica uma formatação especifica nas células que atendam a um determinado critério. Por exemplo, as células que possuírem um valor menor que 500 deverão ser exibidas em vermelho.

Figura 4 - Exemplo de formatação condicional Para acessar a formatação condicional, selecione as células

Figura 4 - Exemplo de formatação condicional

Para acessar a formatação condicional, selecione as células onde deseja aplicar a formatação. Clique na guia “Inicio” e depois em “Formatação condicional”. Selecione a regra ou a combinação de regras que for mais adequada.

6.6.6.6. FunçõesFunçõesFunçõesFunções dededede ProcuraProcuraProcuraProcura eeee ReferênciaReferênciaReferênciaReferência

=hiperlink(local_vinculo;nome_amigavel). Exemplo:=HYPERLINK("http://exemplo.microsoft.com/relatorio/orçamento.xls", Clique para obter orçamento") Clique para obter orçamento. Lembrando que podemos usar a função Hiperlink que está na aba Inserir para abrir documentos, pastas e paginas da internet. PROCV / PROCH: tem por finalidade procura algum dado ou valor em uma matriz e achar seu correspondente, sendo que o que difere das duas é que PROCV faz a procura na vertical (nas colunas) e PROCH na horizontal (nas linhas).

Hiperlink:

cria

um

atalho

que

abre

uma

determinada

pagina

de

internet.

Sintaxe:

Sintaxe: PROCV(valor_procurado; matriz_tabela; núm_índice_coluna; procurar_intervalo) PROCH(valor_procurado; matriz_tabela; núm_índice_linha; procurar_intervalo)

o

Valor_procurado: é o valor a ser localizado na primeira coluna da matriz. Valor_procurado pode ser um valor, uma referência ou uma seqüência de caracteres de texto.

o

Matriz_tabela: é a tabela de informações em que os dados são procurados. Use uma referência para um intervalo ou nome de intervalo, tal como Banco de dados ou Lista. Se procurar_intervalo: for VERDADEIRO, os valores na primeira coluna de matriz_tabela deverão

ser colocados em ordemascendente:

,

-2, -1, 0, 1, 2,

, A-Z, FALSO, VERDADEIRO; caso

contrário, PROCV pode não retornar o valor correto. Se procurar_intervalo for FALSO, matriz_tabela não precisará ser ordenada. Você pode colocar os valores em ordem ascendente escolhendo o comando Classificar no menu Dados e selecionando Crescente. Os valores na primeira coluna de matriz_tabela podem ser texto, números ou valores lógicos. Textos em maiúsculas e minúsculas são equivalentes.

o

Núm_índice_coluna: é o número da coluna em matriz_tabela a partir do qual o valor correspondente deve ser retornado. Um núm_índice_coluna de 1 retornará o valor na primeira coluna em matriz_tabela; um núm_índice_coluna de 2 retornará o valor na segunda coluna em matriz_tabela, e assim por diante. Senúm_índice_coluna for menor do que 1, PROCV retornará o valor de erro #VALOR!; se núm_índice_colunafor maior do que o número de colunas em matriz_tabela, PROCV retornará o valor de erro #REF!.

o

Procurar_intervalo: é um valor lógico que especifica se você quer que PROCV encontre acorrespondência exata ou uma correspondência aproximada. Se VERDADEIRO ou omitida, uma correspondência aproximada é retornada; em outras palavras, se uma correspondência exata

não for encontrada, o valor maior mais próximo que é menor que o valor_procurado é retornado. Se FALSO, PROCV encontrará uma correspondência exata. Se nenhuma correspondência for encontrada, o valor de erro #N/D é retornado. Exemplo: vejamos a tabela abaixo

Tabela 5 - Exemplo

Exemplo: vejamos a tabela abaixo Tabela 5 - Exemplo Tabela 6 - Fórmulas para o Exemplo

Tabela 6 - Fórmulas para o Exemplo 1

Formula

Descrição

=PROCV(1;A2:C10;2)

Pesquisa 1 na coluna A e retorna o valor que está na mesma linha na coluna B (2,17)

=PROCV(1;A2:C10;3;VERDADE

IRO)

Pesquisa 1 na coluna A e retorna o valor que está na mesma linha na coluna C (100).

=PROCV(0,7;A2:C10;3;FALSO)

Pesquisa 0,746 na coluna A. Como nãoexiste correspondência exata na coluna A, é retornado um erro (#N/D)

=PROCV(0,1;A2:C10;2;VERDAD

EIRO

Pesquisa 0,1 na coluna A. Como 0,1 é inferior ao menor valor da coluna A, é retornado um erro (#N/D)

=PROCV(2;A2:C10;2;VERDADE

IRO)

Pesquisa 2 na coluna A e retorna o valor que está na mesma linha na coluna B (1,71)

Tabela 7 - Exemplo 2

está na mesma linha na coluna B (1,71) Tabela 7 - Exemplo 2 Tabela 8 -

Tabela 8 - Fórmulas para o Exemplo 2

Fórmula

Descrição

=PROCH("Eixos";A1:C4;2;VERDADEI

RO)

Pesquisa Eixos na linha 1 e retorna o valor que está na inha 2 da mesma coluna (4)

=PROCH("Rolamentos";A1:C4;3;FALS

O)

Pesquisa Rolamentos na linha 1 e retorna o valor que está na linha 3 da mesma coluna (7)

=PROCH("B";A1:C4;3;VERDADEIRO)

Pesquisa B na linha 1 e retorna o valor que está na linha 3 da mesma coluna. Como B não é uma coincidência exata, será usado o maior valor que

 

seja inferior a B: Eixos (5)

=PROCH("Parafusos";A1:C4;4)

Pesquisa Parafusos na linha 1 e retorna o valor que está na linha 4 da mesma coluna (11)

7.7.7.7. FunçõesFunçõesFunçõesFunções CondicionaisCondicionaisCondicionaisCondicionais

Condicional – SE

Retorna um valor se uma condição especificada for avaliada como VERDADEIRO e outro valor se for avaliada como FALSO. Sintaxe: =SE(teste_logico; valor_se_verdadadeiro;valor_se_falso). Para o teste lógico usamos operadores do tipo:

Tabela 9 - Testes lógicos

Operador

Significado

Exemplo

>

Maior que

A1>A2

<

Menor que

A1<A2

>=

Maior ou igual que

A1>=A2

<=

Menor ou igual que

A1<=A2

=

Igual a

A1=A2

<>

Diferente de

A1<>A2

Condicional – OU

É utilizada para testar se os argumentos envolvidos são ou não verdadeiros. O resultado dessa função

retornará verdadeiro somente se, pelo menos um dos argumentos que compõe a função for verdadeiro. Se todos os argumentos forem falsos, a função retornará falso.

Sintaxe: =OU(condição1;condição2;

Exemplo: irei viajar neste fim de semana se tiver dinheiro ou carro:

;condiçãon);

onde a condição é sempre um teste lógico.

Situação

Resultado

Dinheiro (sim)

Carro (sim)

 

Dinheiro (sim)

Carro (não)

 

Dinheiro (não)

Carro (sim)

 

Dinheiro (não)

Carro (não)

 

Condicional – E

É utilizada para testar se todos os argumentos envolvidos são verdadeiros. O resultado dessa função

retornará verdadeiro somente se todos os argumentos que compõe a função são verdadeiros. Basta que um

argumento seja falso para que a função retorne falso.

Sintaxe: =E(condição1;condição2;

Exemplo: irei viajar neste fim de semana se tiver dinheiro e carro:

;condiçãon);

onde a condição é sempre um teste lógico.

Situação

Resultado

Dinheiro (sim)

Carro (sim)

 

Dinheiro (sim)

Carro (não)

 

Dinheiro (não)

Carro (sim)

 

Dinheiro (não)

Carro (não)

 

Condicional SE aninhado

A função SE pode ser utilizada, através de aninhamentos, o que traz um grande potencial para a função e uma maior praticidade na elaboração de planilhas através deste recurso. A sintaxe permanece a mesma, só que agora, uma dentro da outra. Sintaxe: =SE(teste_logico;se_verdadeiro;SE(teste_logico;se_verdadeiro;se_falso)). OBS.:

É possível aninhar até sete funções SE como argumentos valor_se_verdadeiro e valor_se_falso para construir testes mais elaborados. Consulte o último dos exemplos a seguir.

Se o primeiro teste_lógico for FALSO, a segunda instrução SE é avaliada e assim por diante.

8.8.8.8. FunçõesFunçõesFunçõesFunções EstatísticasEstatísticasEstatísticasEstatísticas

Aqui estão agrupadas as funções mais comuns de contagem, média, máximo e mínimo.

CONT.NUM: conta quantas células estão preenchidas com números e também os números na lista de argumentos.

Tabela 10 - Formula CONT.NUM

na lista de argumentos. Tabela 10 - Formula CONT.NUM • CONT.VALORES: calcula o número de células

CONT.VALORES: calcula o número de células não vazias e os valores na lista de argumentos.

CONT.SE: calcula o número de células não vazias em um intervalo que corresponde a determinados critérios. Sintaxe: =CONT.SE(intervalo;critérios). Intervalo – intervalo de células no qual serão identificados as que correspondem a um determinado critério. Critérios – é estabelecido para a contagem de células. Este critério poderá ser uma palavra ou até uma comparação.

CONTAR.VAZIO: conta a quantidade de células vazias em um determinado intervalo. Células com fórmula que retornam “” também são contadas. Células com valores nulos não são contadas.

contadas. Células com valores nulos não são contadas. • MAIOR / MENOR: Retorna o maior valor

MAIOR / MENOR: Retorna o maior valor de um conjunto de dados. Você pode usar esta função para selecionar um valor de acordo com a sua posição relativa. Por exemplo, você pode usar MAIOR para obter o primeiro, o segundo e o terceiro resultados.

• MÁXIMO / MÍNIMO: retorna o valor máximo/mínimo de um determinado intervalo. • MÉDIA: retorna

MÁXIMO / MÍNIMO: retorna o valor máximo/mínimo de um determinado intervalo.

retorna o valor máximo/mínimo de um determinado intervalo. • MÉDIA: retorna a média aritmética de um

MÉDIA: retorna a média aritmética de um determinado intervalo. Cuidado! A fórmula =média é diferente da formula =med (med faz o calculo da mediana e não da média).

MODO: retorna o valor mais comum em um conjunto de dados. A sintaxe é =modo(num1;num2; )

9.9.9.9. FunçõesFunçõesFunçõesFunções dededede DataDataDataData eeee HoraHoraHoraHora

As funções abaixo apresentadas irão possibilitar a manipulação de horários e datas. O Excel armazena datas como números de série seqüenciais para que eles possam ser usados em cálculos. Por padrão, 1° de janeiro de 1900 é o número de série 1 e 1° de janeiro de 2008 é o número de série 39448 porque está 39.448 dias após 1° de janeiro de 1900. Por isso é muito simples fazer cálculos com datas.

AGORA: Retorna o número de série seqüencial da data e hora atuais. Se o formato da célula era Geral antes de a função ser inserida, o resultado será formatado como uma data. Sintaxe: =AGORA().

DIAS360: Retorna o número de dias entre duas datas com base em um ano de 360 dias (doze meses de 30 dias). Use esta função para ajudar no cálculo dos pagamentos, se o seu sistema de contábil estiver baseado em doze meses de 30 dias. Sintaxe: DIAS360(data_inicial;data_final;método). O método é um valor lógico que especifica que método será usado no calculo, americano ou europeu.

O método é um valor lógico que especifica que método será usado no calculo, americano ou

DIATRABALHOTOTAL: retorna o número de dias entre duas datas. Sintaxe:

=DIATRABALHOTOTAL(data_inicial;data_final;feriados), onde “feriados” é uma matriz que contem a data dos feriados no período entre a data inicial e data final para serem descontados nos dias uteis.

DIATRABALHO: insere os dias posteriores de trabalho a partir de uma data. Sintaxe:

=DIATRABALHO(data_inicial;dias;feriados). Exemplo: =DIATRABALHO(A6;1;$A$1:$E$25)

HOJE: retorna a data atual. Sintaxe: =HOJE().

10.10.10.10. FunçõesFunçõesFunçõesFunções dededede textotextotextotexto

Imagine que você tenha um banco de dados que importou para o Excel e nem sempre ele é exibido da maneira esperada, por exemplo, letra minúscula no lugar de maiúscula e espaços em branco. Nesses casos, usamos as funções de formatação de texto. Funções mais usadas para manipulação de textos.

ARRUMAR: retira os espaços em branco entre as palavras, exceto o espaço único. Sintaxe:

=ARRUMAR(texto) onde texto é o texto do qual se deseja remover espaços.

CONCATENAR: agrupa várias sequencias de caracteres de texto em uma única sequencia. Sintaxe: =CONCATENAR(texto1;texto2;

MAIÚSCULA: converte o texto em maiúscula. Sintaxe: =MAIUSCULA(texto).

MINUSCULA: converte o texto em letras minúsculas. Sintaxe: =MINUSCULA(texto).

PRI.MAIUSCULA: coloca a primeira letra de uma sequencia de caracteres de texto em maiúscula. Sintaxe: =PRI.MAIUSCULA(texto).

SUBSTITUIR: coloca um novo_texto no lugar de um texto_antigo em uma sequencia de caracteres. Use SUBSTITUIR quando quiser substituir texto específico em uma sequência de caracteres de texto. Sintaxe: SUBSTITUIR(texto;texto_antigo;novo_texto;núm_da_ocorrência); onde Texto é o texto ou a referência a uma célula que contém o texto no qual se deseja substituir caracteres; Texto_antigo é o texto que se deseja substituir; Novo_texto é o texto pelo qual se deseja substituir o texto_antigo e Num_da_ocorrencia se especificar núm_da_ocorrência, apenas aquela ocorrência de texto_antigo será substituída. Caso contrário, cada ocorrência de texto_antigo em texto é alterada para novo_texto.

de texto_antigo em texto é alterada para novo_texto. Figura 5 - Exemplo da função SUBSTITUIR. 11.11.11.11.

Figura 5 - Exemplo da função SUBSTITUIR.

11.11.11.11. FunçõesFunçõesFunçõesFunções dededede BancoBancoBancoBanco dededede DadosDadosDadosDados

Neste grupo encontram-se as fórmulas necessárias para manipulação de bases de dados.

BDCONTAR: Conta as células contendo números em uma coluna de uma lista ou de um banco de

dados que corresponde às condições especificadas por você. O argumento de campo é opcional. Se o campo for omitido, BDCONTAR contará todos os registros no banco de dados que coincidirem com os critérios. Sintaxe: BDCONTAR(banco_dados;campo;critérios)

Banco_dados: é o intervalo de células que constitui a lista ou o banco de dados. Um

banco

de

dados é uma lista de dados relacionados na qual as linhas de informações

relacionadas

são

os

registros e as colunas de dados são os campos. A primeira linha da ista contém os rótulos de cada coluna.

Campo: indica a coluna que será usada na função. O campo pode ser dado como texto com o rótulo

número que represente a posição

da coluna dentro da lista: 1 para a primeira coluna, 2

da coluna entre aspas, como "Idade" ou "Rendimento", ou como um

para a segunda coluna e assim por diante.

Critérios: é o intervalo de células que contém as condições especificadas. Você pode

usar

qualquer intervalo para o argumento de critérios, desde que ele inclua pelo menos

e ao menos uma célula abaixo do rótulo de coluna para

um rótulo de coluna

especificar uma condição para a coluna.

BCCONTARA: Conta as células que não estão em branco em uma coluna de uma

lista

ou

de

um banco de dados que corresponde às condições especificadas por você. O

argumento

de

campo

é

opcional. Se o campo for omitido, BDCONTARA contará coincidirem com os critérios. Sintaxe: BDCONTARA(banco_dados;campo;critérios)

todos os registros no banco de dados que

BDEXTRAIR: Extrai um único valor de uma coluna em uma lista ou banco de dados que corresponde às condições especificadas por você. Sintaxe: BDEXTRAIR (banco_dados;campo;critérios)

Comentários: Se nenhum registro coincidir com os critérios, BDEXTRAIR retornará o

valor

de

erro #VALOR!. Se mais de um registro coincidir com os critérios, BDEXTRAIR retornará o valor de #NÚM!.

erro

BDMAX: Retorna o maior número de uma coluna em uma lista ou banco de dados que coincide com as condições especificadas por você. Sintaxe: BDMÁX(banco_dados;campo;critérios)

BDMÉDIA: Calcula a média dos valores em uma coluna de uma lista ou banco de dados que corresponde às condições especificadas por você. Sintaxe: BDMÉDIA(banco_dados;campo;critérios)

12.12.12.12. ImportaçãoImportaçãoImportaçãoImportação eeee ExportaçãoExportaçãoExportaçãoExportação dededede DadosDadosDadosDados

Para que possamos fazer uso de um banco de dados externo, devemos proceder da seguinte maneira:

Guia Dados Obter dados externos Podemos também criar uma conexão com outra planilha do Excel. Assim, sempre que uma planilha for atualizada a outra também será.

13.13.13.13.

GráficosGráficosGráficosGráficos

Gráficas são representações gráficas dos dados de uma planilha. Um gráfico possui os seguintes componentes:

uma planilha. Um gráfico possui os seguintes componentes: 1. Pontos de dados e seqüência de dados

1.

Pontos de dados e seqüência de dados: são valores das células das planilhas, exibidas em forma de barra, linha, colunas, etc. O agrupamento dos pontos de dados que se distinguem pelas cores de preenchimento damos o nome de seqüência de dados.

2.

Área de plotagem: é toda área traçada pelos dados (inclui os eixos e os marcadores). No caso do gráfico do tipo Torta a área de plotagem é dentro do gráfico.

3.

Titulo das categorias (eixo X)

4.

Titulo dos valores (eixo Y)

5.

Título do gráfico

6.

Legenda: identificam os padrões, cores, símbolos e nomes de uma sequencia de dados.

7.

Área do gráfico: toda área, incluindo eixos, legenda, titulo, etc.

Tipos de gráficos

É muito importante a escolha adequada do tipo de gráfico, caso contrário, você poderá criar gráficos ilegíveis. A seguir, os tipos de gráficos disponíveis em Microsoft Excel:

Colunas: padrão do Excel. As categorias são organizadas horizontalmente e os valores verticalmente.

Barras: usado para comparar valores entre itens. Geralmente, as categorias estão organizadas verticalmente e os valores, horizontalmente.

Linha: mostra as mudanças nos dados em um período de tempo, em intervalos uniformes. Enfatiza o fluxo de tempo e a taxa de mudança, e não a quantidade da mudança como no gráfico de Área.

Pizza: mostra as proporções das partes como um todo. Sempre contem uma só sequencia de dados.

Dispersão (XY): mostra a relação entre valores numéricos em diversas sequencias de dados, em intervalos não uniformes.

Área: mostra como cada serie afeta o desempenho do todo, durante um período de tempo, enfatizando a quantidade da mudança.

Rosca: semelhante ao gráfico de Pizza, porem permite exibir mais de uma sequencia de dados.

Radar: mostra as mudanças das sequencias de dados em relação a um ponto central.

Superfície: exibe as melhores combinações possíveis entre duas sequencias.

Bolhas: tipo de gráfico de dispersão.

Ações: utilizado para ilustrar preços de ações.

Cilindro: utilizado para dar um efeito especial em gráficos do tipo barras e colunas.

Cone: utilizado para dar um efeito especial em gráficos do tipo barras e colunas.

Pirâmide: utilizado para dar um efeito especial em gráficos do tipo barras e colunas. A tabela a seguir mostra algumas dicas de como escolher o melhor tipo de gráfico:

Para exibir

Tipo de gráfico

Exemplos

Itens que se alteram com o tempo

Linhas, colunas e misto

Vendas, produção, custo de produtos, controle de preços.

Itens que se alteram com o tempo, mas enfatizam a quantidade da mudança.

Área

Produção durante os seis primeiros meses do ano.

Partes do todo

Pizza, rosca

Percentual de vendas no ano.

Distribuição de frequência

Barras

Número de funcionários com determinada faixa salarial.

Relação entre variáveis

Dispersão (XY)

Nível

de instrução

comparado a tempo de leitura, venda de cobertores comparados aos meses mais

frios do ano.

Região de dados

Ações

Controle de vendas de ações, faixas de temperatura.

Uniformidade dos dados

Radar

Comparação de vitaminas em vários tipos de alimentos, desempenho em grupo X desempenho individual.

Gráfico de tendência

Não são raras às vezes em que é preciso ter um gráfico de colunas com um gráfico de linhas, cada qual apontando para itens distintos, mas pertencentes ao mesmo assunto. Para que a criação do gráfico funcione, utilize o gráfico 2D. Selecione dos dados para criação do gráfico. Selecione a camada que será referente à linha e escolha “linha com marcadores”. Agora você terá uma linha que representa a meta ou a tendência do gráfico. Veja na figura abaixo, onde a linha verde é a linha de meta de vendas do bimestre:

Vendas do Bimestre 1800 1600 1400 1200 Fevereiro 1000 800 Janeiro 600 Meta 400 200
Vendas do Bimestre
1800
1600
1400
1200
Fevereiro
1000
800
Janeiro
600
Meta
400
200
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12

Figura 6 - Gráfico de tendência

14.14.14.14. TabelaTabelaTabelaTabela eeee GráficoGráficoGráficoGráfico DinâmicoDinâmicoDinâmicoDinâmico

Utilizamos o recurso Tabela Dinâmica para elaborar relatórios significativos, agrupando dados, consolidando valores, quantificando informações e outras opções que forem necessárias para gerar um relatório completo. Este recurso se torna extremamente útil para pessoas que possuem trabalhos em planilhas, com uma base de dados relativamente grande, tanto em linhas quanto em colunas, e dificilmente conseguiria agrupar, totalizar ou até mesmo, quantificar os dados que precisa.

15.15.15.15. Classificações,Classificações,Classificações,Classificações, FiltrosFiltrosFiltrosFiltros eeee SubtotaisSubtotaisSubtotaisSubtotais

Estes recursos se encontram na guia “Dados” e também na guia “Início”. A grande utilidade dos filtros é o usuário poder visualizar apenas as linhas de uma tabela que atendam suas necessidades no momento. Se você possui uma grande tabela com os dados de funcionários como nome, endereço, salário, sexo, idade etc., você pode, por exemplo, com esta ferramenta, configurar sua planilha para somente mostrar as linhas em que os salários dos funcionários forem maior que um determinado valor. Ou você pode exibir apenas os funcionários que a idade não for superior a 21 anos, por exemplo, bastando para isto apenas alguns cliques no filtro da coluna Idade. No Office Excel 2010, você pode organizar rapidamente os dados da sua planilha para localizar as respostas necessárias, utilizando classificação e filtragem aprimorada. Por exemplo, você agora pode classificar dados por cor e para mais de 3 (e até 64) níveis.

16.16.16.16. ProteçãoProteçãoProteçãoProteção dededede PastasPastasPastasPastas dededede trabalho,trabalho,trabalho,trabalho, planilhasplanilhasplanilhasplanilhas eeee dadosdadosdadosdados

Você poderá colocar uma proteção para controlar quem pode acessar e alterar seus dados. Na proteção de planilhas você pode proteger elementos em uma planilha – células com fórmulas, por exemplo – do acesso de todos os usuários ou pode conceder acesso a intervalos especificados.

Proteção da estrutura da pasta: esta proteção não permite excluir, inserir, ocultar, reexibir, mover, copiar ou renomear pastas de trabalho. Para proteger sua pasta de trabalho, vá até a guia

“Revisão” e clique no comando “Proteger pastas de trabalho”. Ative a caixa de seleção “Estrutura”. A proteção das “Janelas” impossibilita que ela seja movida, redimensionada ou fechada.

Proteção de pasta contra abertura: permite que você proteja o arquivo, impedindo que este seja aberto. Para isso, clique no botão Office e, em seguida, no comando “Salvar como”. Clique no botão “Ferramentas” e na opção “Opções Gerais”. Na caixa de texto “Senha para gravação”, digite a senha de gravação e em OK. Ao abrir a pasta de trabalho, a caixa de dialogo “Senha” será aberta solicitando a senha. Se não souber a senha, poderá então clicar no botão “Somente Leitura”. A pasta de trabalho será aberta e você poderá fazer alterações, mas somente poderá gravar as alterações se a pasta for salva com nome diferente do original.

Proteção da Planilha Toda: ative a planilha que deseja proteger. Na guia “Revisão”, grupo “Alterações”, clique em “Proteger Planilha”. Na caixa de dialogo que abrirá, digite a senha se quiser e depois selecione as permissões que serão concedidas aos usuários.

Desproteção da planilha toda: a opção “Proteger Planilha” será alterada para “Desproteger Planilha” quando uma planilha estiver protegida.

Destravamento de blocos de células: para que apenas alguns intervalos de células possam ser editáveis devemos clicar em “Permitir que usuários editem intervalos”, selecionar o nomear os intervalos nomeáveis e depois clicar em “Proteger planilha”. Deste modo, somente intervalos que foram previamente selecionados é que poderão ser editados. Se você clicar em qualquer outra área será requerida uma senha – isso se a proteção de planilhas tiver sido feita com senha.

Fórmulas ocultas: para que o usuário não possa ver uma fórmula usada em um cálculo especifico, podemos escondê-la de modo que esta não apareça na barra de fórmula quando a célula for selecionada. Para fazer o ocultamento, a planilha deve estar desprotegida. Selecione a célula ou intervalo que deseja ocultar, clique com o botão direito do mouse e clique em “Formatar célula”. Na janela que se abre clique na guia “Proteção” e ative a caixa de verificação “Ocultar”. A fórmula somente ficará oculta se a planilha for protegida. Caso contrário não surtirá nenhum efeito.

Planilha /Linha /Coluna Oculta: ative o que deseja ocultar. Vá à guia “Inicio” e depois em “Formatar”. Clique no comando “Ocultar e Reexibir” e selecione o quer ocultar ou reexibir.

17.17.17.17.

MacrosMacrosMacrosMacros

Macro é uma ação ou um conjunto de ações que resultam em uma tarefa, que normalmente você teria de usar uma serie de etapas para executá-la. Para criar um macro, gravamos a execução dos comandos e, com um simples acionar de botão, você executa as tarefas gravadas neste macro. Imagine uma ação simples: configurar a impressão no modo rascunho e imprimir. Parece simples, mas na hora da impressão podemos nos esquecer de selecionar a opção Rascunho. Assim, você poderá criar um macro que execute esta ação.

Vamos supor que precisamos criar um macro que faça o preenchimento de três células com cores diferentes. Para gravar o macro, clicamos na guia “Exibição” e depois na seta abaixo de “Macros”. Selecionamos a opção “Gravar macro”.

18.18.18.18. ValidaçãoValidaçãoValidaçãoValidação dededede dadosdadosdadosdados

Use a validação de dados para controlar o tipo de dados que os usuários inserem em uma célula. Por exemplo, é possível restringir a entrada de dados a um certo intervalo de datas, limitar opções usando uma lista ou garantir que apenas números inteiros positivos sejam inseridos. A validação de dados é muito útil para compartilhar uma pasta de trabalho com outros usuários na sua organização e quando você deseja que os dados inseridos nessa pasta de trabalho sejam precisos e consistentes. Tipos de validação:

Qualquer valor: utilizado para validar números inteiros, textos e outros tipos de entrada.

Número Inteiro: utilizado para validar somente números inteiros.

Decimal: utilizado para validação de números decimais.

Lista: utilizado para validação de dados que estejam em uma lista da planilha, como em um menu suspenso.

Data: utilizado para validar data.

Hora: utilizado para validar hora.

Comprimento do Texto: utilizado para definir quantos caracteres podem ser digitados na célula.

Personalizado: permite a configuração de uma validação de dados personalizada, tal como o uso de máscaras de telefone, CEP, etc. Aquilo que os usuários vêem quando inserem dados inválidos em uma célula depende de como você configurou a validação de dados. É possível optar por mostrar uma mensagem de entrada quando o usuário selecionar a célula. Esse tipo de mensagem aparece perto da célula. Você poderá mover a mensagem se quiser, e ela continuará a ser exibida até você acessar outra célula ou pressionar ESC. Mensagens de entrada são geralmente usadas para oferecer aos usuários orientações sobre o tipo de dados que deve ser inserido na célula. Você também pode optar por mostrar um alerta de erro, que será exibido somente depois que os usuários inserirem dados inválidos.

somente depois que os usuários inserirem dados inválidos. É possível personalizar o texto visualizado pelos

É possível personalizar o texto visualizado pelos usuários em uma mensagem de alerta de erro. Se você optar por não fazer isso, os usuários verão uma mensagem padrão. Mensagens de entrada e alertas de erro

aparecem apenas quando os dados são digitados diretamente nas células. Elas não são exibidas nas seguintes condições:

Um usuário insere dados na célula copiando ou preenchendo.

Uma fórmula na célula calcula um resultado que não é válido.

Um macro insere dados inválidos na célula. Algumas dicas para validação de dados:

Para remover rapidamente a validação de dados para uma célula, selecione-a e abra caixa de diálogo Validação de Dados (guia Dados, grupo Ferramentas de Dados). Na guia Configurações, clique em Limpar Tudo.

Para localizar as células na planilha que possuem validação de dados, na guia Início, no grupo Edição, clique em Localizar e Selecionar e clique em Validação de Dados.

Se você planeja proteger a planilha ou a pasta de trabalho, faça isso depois de terminar de especificar configurações de validação. Certifique-se de desbloquear todas as células validadas antes de proteger a planilha. Caso contrário, os usuários não poderão digitar dados nas células.

Se você planeja compartilhar a pasta de trabalho, faça isso somente depois de terminar de especificar configurações de proteção e validação de dados. Após o compartilhamento de uma pasta de trabalho, não será possível alterar as configurações de validação, a não ser que você pare de compartilhar, embora o Excel continue a validar células que foram designadas enquanto a pasta de trabalho estava sendo compartilhada.

19.19.19.19.

FormuláriosFormuláriosFormuláriosFormulários

Quando temos uma planilha muito grande para ser preenchida usamos o recurso Formulário. Este recurso deve ser habilitado para aparecer na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido (canto superior esquerdo ta tela do Excel). Para habilitar a ferramenta clique no botão Office Opções do Excel Personalizar todos os comandos Formulários. Exercício 1:

todos os comandos Formulários. Exercício 1: • Clique no primeiro rótulo da planilha criada e clique

• Clique no primeiro rótulo da planilha criada e clique em Formulário.

• Insira 2 dados manualmente.

• Agora, clique no recurso de Formulário

• Clique em Novo para inserir novos dados.

Exercício 2:

• Na coluna Desconto use a seguinte condição:

Se o produto de quantidade e preço for maior ou igual a R$20,00, então o desconto será de 10%, senão 0%.

Arraste esta fórmula até o último campo preenchido.

Clique novamente em Formulário e veja o que acontece.

As células que contém fórmula ficam desabilitadas para preenchimento.

20.20.20.20. ImpressãoImpressãoImpressãoImpressão

Visualização de impressão

Para visualizar seu documento antes de imprimir, clique no botão Office, clique em “Imprimir” e escolha “Visualizar Impressão”. A guia de Visualização de impressão apresenta os seguintes comandos:

Imprimir: imprime o documento.

Configurar página: mostra a guia “Configurar página”, onde é possível configurar tamanho da pagina, orientação, ajuste do tamanho, configurar margens, centralizar o documento na página, inserir cabeçalho e rodapé e até selecionar a impressão das linhas de grade da planilha.

Zoom: permite ampliar ou reduzir a visualização da página.

Próxima página / página anterior: permite visualizar a próxima página ou a anterior.

Mostrar margens: exibe ou oculta as alças de largura das margens e colunas.

Fechar visualização de impressão: fecha a janela de visualização e retorna ao documento.

Configuração de página para impressão

Primeiramente, ative a planilha que deseja imprimir. Visualize e configure a impressão. impressão propriamente dita, podemos usar uma das opções a seguir:

Para a

Botão “Imprimir” na caixa de diálogo “Configurar página”;

Botão Office e opção “Imprimir” e

Opção “Imprimir” da guia “Visualização de impressão”.

Definir a área de impressão

Área de impressão é um bloco de células selecionadas para impressão. A área de impressão deve ser definida quando você não deseja imprimir a planilha inteira. Para definir a área de impressão, selecione o bloco de células, clique no botão Office e em seguida em “Imprimir”. Não se esqueça de ativar a caixa de seleção “Seleção”, para imprimir o bloco de células selecionado na planilha. Visualize a impressão para verificar se está tudo correto. Irá aparecer na planilha linhas tracejadas que representam a quebra de página (área de impressão).

21.21.21.21. ProgramaçãoProgramaçãoProgramaçãoProgramação VBAVBAVBAVBA

Abaixo temos um código básico em VBA. Este código foi gerado a partir de uma macro chamada “Escreve_no_Centro”. Os passos da macro são:

Selecione a célula A9.

Escreva “Teste de execução da macro”.

Selecione da célula A9 até I9.

Mescle as células selecionadas.

Centralize e coloque em negrito.

Pare a gravação da macro.

e coloque em negrito. • Pare a gravação da macro. Para ver o código como abaixo,

Para ver o código como abaixo, clique na Guia Desenvolvedor e depois em Visual Basic. Na janela que se abre, clique em Inserir e depois em Módulo. As linhas de comando devem se

parecer como acima:

Os comentários do código iniciam com apóstrofo (‘).

Sub/ End Sub indicam o inicio e o final do procedimento do tipo macro.

for função

definida pelo usuário, o inicio e o final serão marcados como Function/End Function.

Os comandos que representam toda ação são colocados dentro das palavras reservadas With/End With.

Comandos “Range” se referem a posicionamento dentro da planilha.

Se o procedimento

ActiveCell.FormulaR1C1 tem por finalidade escrever dentro de uma célula. Para voltar a planilha do Excel, clique no ícone do Excel que aparece na barra de ferramentas do Editor

ou clique em (ALT+F11). Uso de endereço Absoluto e Endereço Relativo Absoluto: grava-se uma macro onde os comandos serão executados sempre na mesma célula. Exemplo:

criar uma macro com o nome de Absoluto e a tecla de atalho será CTRL+SHIFT+A.

Inicia a gravação. Posicione o cursor na

célula A2

e

digite “Magnum

Informática”.

Posicione o cursor na célula C2 e digite

“222-2222”

Posicione o cursor na célula F2 e digite “José Absoluto”

Posicione o cursor na célula A2 e pare a gravação. Execute a macro.

Relativo: as macros, quando executadas, terão endereço relativo a ultima posição. É como se inseríssemos um conteúdo abaixo do outro. A única diferença entre a gravação da macro com endereço absoluto e o endereço relativo é que, assim que começarmos a gravação, devemos clicar em “Usar referencias relativas” que se encontra na guia Desenvolvedor, ao lado de “Macro”.

devemos clicar em “Usar referencias relativas” que se encontra na guia Desenvolvedor, ao lado de “Macro”.

Para verificar a diferença grave a seguinte macro: nome da macro é Relativo e a tecla de atalho será CTRL+SHIFT+R.

Inicia a gravação. Clique em “Usar referencia relativa”

Posicione o cursor na célula A2 e digite “Imobiliária Pavão”.

Posicione o cursor na célula C2 e digite “333-3333”

Posicione o cursor na célula F2 e digite “José Relativo”

Posicione o cursor na célula A2 e pare a gravação. Execute a macro.

Agora, abra o editor de VBA e veja o código das duas macros criadas.

22.22.22.22. CriaçãoCriaçãoCriaçãoCriação dededede funçãofunçãofunçãofunção emememem VBAVBAVBAVBA

Vamos criar uma função personalizada em VBA. Esta função poderá ser usada como as funções padrão do Excel (soma(); máximo(); etc). Exercício: criar uma função que calcula preço com desconto. Para isso, crie uma planilha que contenha:

Nome do Produto, Quantidade; Preço Unitário; Desconto(%) e Preço Final. Preencha com 3 itens, exceto Preço Final. Criação da função: Abra o Editor do VBA. Insira um módulo e digite o código abaixo:

Function CalcularTotal(preco, desconto) CalcularTotal = preco - (preco * desconto) End Function

Volte a planilha criada e vamos usar a função. Clique na célula Preço Final e digite:

=CalcularTotal(selecione a célula que contem o preço ; selecione a célula que contem o desconto). Exercício: Crie uma função que calcule o IMC de uma pessoa. Criação de caixas de texto Podemos também interagir com o usuário apresentando caixas de texto para inserção de dados. Exercício: Pedir para o usuário que insira dois números

e retorne o maior entre eles.

Sub Id_Maior() Dim Valor_1, Valor_2 As Integer Dim Maior As Integer

Valor_1 = InputBox("Digite o 1º numero: ") Valor_2 = InputBox("Digite o 2º numero: ") If Valor_1 > Valor_2 Then Maior = Valor_1 Else Maior = Valor_2 End If

MsgBox "O maior numero inserido é: " & Maior End Sub

Dim é a declaração das variáveis que serão usadas. Todas as variáveis são do tipo inteiro (Integer)

InputBox: apresenta uma caixa para que o usuário digite alguma coisa.

IF, Then e else são as condições impostas para os argumentos (Se, Então, Senão)

MsgBox é a caixa de retorno ao usuário.

& significa concatenção.

Exercício: Crie um botão na planilha que execute a função acima. Exercício: faça uma caixa de dialogo em que o usuário digite dois valores e você irá retornar a soma dos dois

números e depois a multiplicação entre eles. Exercício: Faça uma caixa de diálogo onde o usuário digite o seu nome, seu peso e sua altura e depois retorne o IMC ao usuário.

23.23.23.23.

AnotaçõesAnotaçõesAnotaçõesAnotações

24.24.24.24.

AAnexoAAnexonexonexo

Fórmulas

Função ABS

Matemática e trigonometria:

Retorna o valor absoluto de um

número

Função ACOS

Matemática e trigonometria:

Retorna o arco cosseno de um

número

Função ACOSH

Matemática e trigonometria: Retorna o cosseno hiperbólico inverso de um número

Função AGORA

Data e hora:

Retorna o número de série seqüencial da data e

hora atuais

 

Função ALEATÓRIO

Matemática e trigonometria: Retorna um número aleatório entre 0 e 1

Função ALEATÓRIOENTRE

Matemática e trigonometria: Retorna um número aleatório entre os números especificados

Função AMORDEGRC

Financeira: Retorna a depreciação para cada período contábil usando o coeficiente de depreciação

Função AMORLINC

Financeira:

Retorna a depreciação para cada período contábil

Função ANO

Data e hora:

Converte um número de série em um ano

 

Função ÁREAS

Pesquisa e referência:

Retorna o número de áreas em uma

referência

Função ARRED

Matemática e trigonometria: Arredonda um número até uma quantidade especificada de dígitos

Função ARREDMULTB

Matemática e trigonometria:

Arredonda um número para baixo

até zero

Função ARREDONDAR.PARA.BAIXO

Matemática e trigonometria:

Arredonda um número para baixo

até zero

Função ARREDONDAR.PARA.CIMA

Matemática e trigonometria:

Arredonda um número para cima,

afastando-o de zero

Função ARRUMAR

Texto:

Remove espaços do texto

 

Função ASC

Texto: Altera letras do inglês ou katakana de largura total (bytes duplos) dentro de uma seqüência de caracteres para caracteres de meia largura (byte único).

Função ASEN

Matemática

e

trigonometria:

Retorna

o

arco

seno

de

um

número

Função ASENH

Matemática e trigonometria: Retorna o seno hiperbólico inverso de um número

Função ATAN

Matemática e trigonometria:

Retorna o arco tangente de um

número

Função ATAN2

Matemática e trigonometria: Retorna o arco tangente das coordenadas x e y especificadas

Função ATANH

Matemática e trigonometria: Retorna a tangente hiperbólica inversa de um número

Função BAHTTEXT

Texto:

Converte um número em um texto, usando o formato de

 

moeda ß (baht)

Função BD

Financeira: Retorna a depreciação de um ativo para um período especificado, usando o método de balanço de declínio fixo

Função BDCONTAR

Banco de dados:

Conta as células que contêm números em um

banco de dados

Função BDCONTARA

Banco de dados:

Conta células não vazias em um banco de

dados

Função BDD

Financeira: Retorna a depreciação de um ativo com relação a um período especificado usando o método de saldos decrescentes duplos ou qualquer outro método especificado por você

Função BDDESVPA

Banco de dados: Calcula o desvio padrão com base na população inteira de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BDEST

Banco de dados: Estima o desvio padrão com base em uma amostra de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BDEXTRAIR

Banco de dados: Extrai de um banco de dados um único registro que corresponde a um critério específico

Função BDMÁX

Banco de dados: Retorna o valor máximo de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BDMÉDIA

Banco de dados:

Retorna a média das entradas selecionadas de

um banco de dados

Função BDMÍN

Banco de dados: Retorna o valor mínimo de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BDMULTIPL

Banco de dados: Multiplica os valores em um campo específico de registros que correspondem ao critério em um banco de dados

Função BDSOMA

Banco de dados: Adiciona os números à coluna de campos de registros do banco de dados que correspondem ao critério

Função BDV

Financeira: Retorna a depreciação de um ativo para um período especificado ou parcial usando um método de balanço declinante

Função BDVAREST

Banco de dados:

Estima a variância com base em uma amostra

de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BDVARP

Banco de dados: Calcula a variância com base na população inteira de entradas selecionadas de um banco de dados

Função BESSELI

Engenharia:

Retorna a função de Bessel In(x) modificada

Função BESSELJ

Engenharia:

Retorna a função de Bessel Jn(x)

Função BESSELK

Engenharia:

Retorna a função de Bessel Kn(x) modificada

Função BESSELY

Engenharia:

Retorna a função de Bessel Yn(x)

Função BETA.ACUM.INV

Estatística: Retorna o inverso da função de distribuição cumulativa para uma distribuição beta especificada

Função BIN2DEC

Engenharia:

Converte um número binário em decimal

Função BINAHEX

Engenharia:

Converte um número binário em hexadecimal

Função BINAOCT

Engenharia:

Converte um número binário em octal

Função CARACT

Texto:

Retorna o caractere especificado pelo número de código

Função CÉLULA

Informações: Retorna informações sobre formatação, localização ou conteúdo de uma célula

Função CHAMAR

Suplemento e automação: Chama um procedimento em uma biblioteca de vínculo dinâmico ou recurso de código

Função CÓDIGO

Texto: Retorna um código numérico para o primeiro caractere de uma seqüência de caracteres de texto

Função COL

Pesquisa e referência:

Retorna o número da coluna de uma

referência

Função COLS

Pesquisa e referência:

Retorna o número de colunas em uma

referência

Função COMBIN

Matemática e trigonometria: Retorna o número de combinações de um determinado número de objetos

Função COMPLEX

Engenharia:

Converte coeficientes reais e imaginários e um

número complexo

 

Função CONCATENAR

Texto:

Agrupa vários itens de texto em um único item de texto

Função CONJUNTOCUBO

Cubo: Define um conjunto calculado de membros ou tuplas enviando uma expressão do conjunto para o cubo no servidor, que cria o conjunto e o retorna para o Microsoft Office Excel.

Função CONT.SE

Estatística: Calcula o número de células não vazias em um intervalo que corresponde a determinados critérios

Função CONT.SES

Estatística: Conta o número de células dentro de um intervalo que atende a múltiplos critérios

Função CONT.VALORES

Estatística:

Calcula quantos valores há na lista de argumentos

Função CONTAGEMCONJUNTOCUBO

Cubo:

Retorna o número de itens em um conjunto.

 

Função CONTAR.VAZIO

Estatística:

Conta o número de células vazias no intervalo

especificado

 

Função CONTAR

Estatística:

Calcula quantos números há na lista de argumentos

Função CONVERT

Engenharia:

Converte um número de um sistema de medida

para outro

 

Função CONVERTEREURO

Suplemento e automação: Converte um número em euros, converte um número de euros em uma moeda de membro do euro ou converte um número de uma moeda de membro do euro em outra moeda usando o euro como intermediário (triangulação).

Função CORREL

Estatística: Retorna o coeficiente de correlação entre dois conjuntos de dados

Função CORRESP

Pesquisa e referência: Procura valores em uma referência ou em uma matriz

Função COS

Matemática e trigonometria:

Retorna o cosseno de um número

Função COSH

Matemática e trigonometria:

Retorna o cosseno hiperbólico de

um número

 

Função COVAR

Estatística:

Retorna a covariância, a média dos produtos dos

desvios pares

 

Função CRESCIMENTO

Estatística:

Retorna

valores

ao

longo

de

uma

tendência

exponencial

 

Função CRIT.BINOM

Estatística: Retorna o menor valor para o qual a distribuição binomial cumulativa é menor ou igual ao valor padrão

Função CUPDATAANT

Financeira:

Retorna

a

data

de

cupom

anterior

à

data

de

quitação

Função CUPDATAPRÓX

Financeira:

Retorna a próxima data de cupom após a data de

quitação

Função CUPDIAS

Financeira: Retorna o número de dias no período de cupom que contém a data de quitação

Função CUPDIASINLIQ

Financeira: Retorna o número de dias do início do período de cupom até a data de liquidação

Função CUPDIASPRÓX

Financeira:

Retorna o número de dias da data de liquidação até

a data do próximo cupom

 

Função CUPNÚM

Financeira: Retorna o número de cupons pagáveis entre as datas de quitação e vencimento

Função CURT

Estatística:

Retorna a curtose de um conjunto de dados

 

Função DATA.VALOR

Data e hora: Converte uma data na forma de texto para um número de série

Função DATA

Data e hora:

Retorna o número de série de uma data específica

Função DATAM

Data e hora:

Retorna o número de série da data que é o número

indicado de meses antes ou depois da data inicial

 

Função DECABIN

Engenharia:

Converte um número decimal em binário

 

Função DECAHEX

Engenharia:

Converte um número decimal em hexadecimal

 

Função DECAOCT

Engenharia:

Converte um número decimal em octal

 

Função DEF.NÚM.DEC

Texto:

Formata um número como texto com um número fixo

de decimais

 

Função DEGRAU

Engenharia:

Testa se um número é maior do que um valor

limite

Função DELTA

Engenharia:

Testa se dois valores são iguais

 

Função DESC

Financeira:

Retorna a taxa de desconto de um título

 

Função DESLOC

Pesquisa e referência: Retorna um deslocamento de referência com base em uma determinada referência

Função DESV.MÉDIO

Estatística:

Retorna a média aritmética dos desvios médios dos

pontos de dados a partir de sua média

 

Função DESVPAD

Estatística:

Estima o desvio padrão com base em uma amostra

Função DESVPADA

Estatística:

Estima o desvio padrão com base em uma amostra,

inclusive números, texto e valores lógicos

 

Função DESVPADP

Estatística:

Calcula o desvio padrão com base na população

total

Função DESVPADPA

Estatística: Calcula o desvio padrão com base na população total, inclusive números, texto e valores lógicos

Função DESVQ

Estatística:

Retorna a soma dos quadrados dos desvios

 

Função DIA.DA.SEMANA

Data e hora:

Converte um número de série em um dia da

semana

Função DIA

Data e hora:

Converte um número de série em um dia do mês

Função DIAS360

Data e hora:

Calcula o número de dias entre duas datas com

 

base em um ano de 360 dias

Função DIATRABALHO

Data e hora:

Retorna o número de série da data antes ou depois

de um número específico de dias úteis

Função DIATRABALHOTOTAL

Data e hora:

Retorna o número de dias úteis inteiros entre duas

datas

Função DIREITA, DIREITAB

Texto:

Retorna os caracteres mais à direita de um valor de

texto

Função DIST.BIN.NEG

Estatística:

Retorna a distribuição binomial negativa

Função DIST.HIPERGEOM

Estatística:

Retorna a distribuição hipergeométrica

Função DIST.LOGNORMAL

Estatística:

Retorna a distribuição lognormal cumulativa

Função DIST.NORM

Estatística:

Retorna a distribuição cumulativa normal

Função DIST.NORMP

Estatística:

Retorna a distribuição cumulativa normal padrão

Função DIST.QUI

Estatística:

Retorna a probabilidade unicaudal da distribuição

qui-quadrada

Função DISTBETA

Estatística:

Retorna a função de distribuição cumulativa beta

Função DISTEXPON

Estatística:

Retorna a distribuição exponencial

Função DISTF

Estatística:

Retorna a distribuição de probabilidade F

Função DISTGAMA

Estatística:

Retorna a distribuição gama

Função DISTORÇÃO

Estatística:

Retorna a distorção de uma distribuição

Função DISTRBINOM

Estatística: Retorna a probabilidade de distribuição binomial do termo individual

Função DISTT

Estatística:

Retorna a distribuição t de Student

Função DPD

Financeira: Retorna a depreciação em linha reta de um ativo durante um período

Função DURAÇÃO

Financeira: Retorna a duração anual de um título com pagamentos de juros periódicos

Função E

Lógica:

Retorna VERDADEIRO se todos os seus argumentos

forem VERDADEIROS

Funções É Fornece informações abrangentes sobre as funções individuais mostradas na lista à direita.

Informações: Para cada uma das funções a seguir, retorna VERDADEIRO com base na condição especificada. ÉCÉL.VAZIA Retorna VERDADEIRO se o valor for vazio ÉERRO Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor de erro diferente de #N/D ÉERROS Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor de erro ÉPAR Retorna VERDADEIRO se o número for par ÉLÓGICO Retorna VERDADEIRO se o valor for um valor lógico É.NÃO.DISP Retorna VERDADEIRO se o valor for o valor de erro #N/D É.NÃO.TEXTO Retorna VERDADEIRO se o valor for diferente de texto ÉNÚM Retorna VERDADEIRO se o valor for um número ÉIMPAR Retorna VERDADEIRO se o número for ímpar ÉREF Retorna VERDADEIRO se o valor for uma referência ÉTEXTO Retorna VERDADEIRO se o valor for texto

Função EFETIVA

Financeira:

Retorna a taxa de juros anual efetiva

Função ENDEREÇO

Pesquisa e referência:

Retorna uma referência como texto para

uma única célula em uma planilha

Função EPADYX

Estatística:

Retorna o erro padrão do valor-y previsto para cada

x da regressão

Função ÉPGTO

Financeira: Calcula os juros pagos durante um período específico de um investimento

Função ESCOLHER

Pesquisa e referência:

Escolhe um valor a partir de uma lista

de valores

Funções ESQUERDA, ESQUERDAB

Texto:

Retorna os caracteres mais à esquerda de um valor de

texto

Função EXATO

Texto:

Verifica se dois valores de texto são idênticos

Função EXP

Matemática e trigonometria: Retorna e elevado à potência de um número especificado

Funções EXT.TEXTO, EXT.TEXTOB

Texto: Retorna um número específico de caracteres de uma seqüência de texto começando na posição especificada

Função FALSO

Lógica:

Retorna o valor lógico FALSO

Função FATDUPLO

Matemática e trigonometria:

Retorna o fatorial duplo de um

número

Função FATORIAL

Matemática e trigonometria:

Retorna o fatorial de um número

Função FIMMÊS

Data e hora: Retorna o número de série do último dia do mês antes ou depois de um número especificado de meses

Função FISHER

Estatística:

Retorna a transformação Fisher

Função FISHERINV

Estatística:

Retorna o inverso da transformação Fisher

Função FONÉTICA

Texto: Extrai os caracteres fonéticos (furigana) de uma seqüência de caracteres de texto

Função FRAÇÃOANO

Data e hora: Retorna a fração do ano que representa o número de dias entre data_inicial e data_final

Função FREQÜÊNCIA

Estatística:

Retorna uma distribuição de freqüência como uma

matriz vertical

Função FUNERRO

Engenharia:

Retorna a função de erro

Função FUNERROCOMPL

Engenharia:

Retorna a função de erro complementar

Função GRAUS

Matemática e trigonometria:

Converte radianos em graus

Função HEXABIN

Engenharia:

Converte um número hexadecimal em binário

Função HEXADEC

Engenharia:

Converte um número hexadecimal em decimal

Função HEXAOCT

Engenharia:

Converte um número hexadecimal em octal

Função HIPERLINK

Pesquisa e referência: Cria um atalho ou salto que abre um documento armazenado em um servidor de rede, uma intranet ou na Internet

Função HOJE

Data e hora:

Retorna o número de série da data de hoje

Função HORA

Data e hora:

Converte um número de série em uma hora

Função IDENT.REGISTRO

Suplemento e automação: Retorna a identificação de registro da DLL (biblioteca de vínculo dinâmico) especificada ou o recurso de código anteriormente registrado

Função IMABS

Engenharia:

Retorna o valor absoluto (módulo) de um número

 

complexo

Função IMAGINÁRIO

Engenharia:

Retorna o coeficiente imaginário de um número

complexo

Função IMARG

Engenharia:

Retorna o argumento teta, um ângulo expresso em

radianos

Função IMCONJ

Engenharia:

Retorna o conjugado complexo de um número

complexo

Função IMCOS

Engenharia:

Retorna o cosseno de um número complexo

Função IMDIV

Engenharia:

Retorna o quociente de dois números complexos

Função IMEXP

Engenharia:

Retorna o exponencial de um número complexo

Função IMLN

Engenharia:

Retorna

o

logaritmo

natural

de

um

número

complexo

Função IMLOG10

Engenharia:

Retorna o logaritmo de base 10 de um número

complexo

Função IMLOG2

Engenharia:

Retorna o logaritmo de base 2 de um número

complexo

Função ÍMPAR

Matemática e trigonometria: Arredonda um número para cima até o inteiro ímpar mais próximo

Função IMPOT

Engenharia:

Retorna um número complexo elevado a uma

potência inteira

 

Função IMPROD

Engenharia:

Retorna o produto de números complexos

 

Função IMRAIZ

Engenharia:

Retorna a raiz quadrada de um número complexo

Função IMREAL

Engenharia:

Retorna

o

coeficiente

real

de

um

número

complexo

Função IMSENO

Engenharia:

Retorna o seno de um número complexo

 

Função IMSOMA

Engenharia:

Retorna a soma de números complexos

 

Função IMSUBTR

Engenharia:

Retorna

a

diferença

entre

dois

números

complexos

Função INCLINAÇÃO

Estatística:

Retorna a inclinação da linha de regressão linear

Função ÍNDICE

Pesquisa e referência:

 

Usa um índice para escolher um valor de

uma referência ou matriz

 

Função INDIRETO

Pesquisa e referência:

 

Retorna uma referência indicada por um

valor de texto

Função INFO

Informações:

Retorna

 

informações

sobre

o

ambiente

operacional atual

 

Função

Suplemento e automação: Retorna os dados armazenados em um relatório de tabela dinâmica

INFODADOSTABELADINÂMICA

Função INT.CONFIANÇA

Estatística:

Retorna o intervalo de confiança para uma média

da população

Função INT

Matemática e trigonometria:

Arredonda um número para baixo

até o número inteiro mais próximo

 

Função INTERCEPÇÃO

Estatística:

Retorna a intercepção da linha de regressão linear

Função INV.NORM

Estatística:

Retorna

o

inverso

da

distribuição

cumulativa

normal

Função INV.NORMP

Estatística:

Retorna

o

inverso

da

distribuição

cumulativa

 

normal padrão

 

Função INV.QUI

Estatística:

Retorna o inverso da probabilidade uni-caudal da

distribuição qui-quadrada

 

Função INVF

Estatística:

Retorna o inverso da distribuição de probabilidades

F

Função INVGAMA

Estatística:

Retorna o inverso da distribuição cumulativa gama

Função INVLOG

Estatística:

Retorna o inverso da distribuição lognormal

 

Função INVT

Estatística:

Retorna o inverso da distribuição t de Student

 

Função IPGTO

Financeira: Retorna o pagamento de juros para um investimento em um determinado período

Função JIS

Texto: Altera letras do inglês ou katakana de meia largura (byte único) dentro de uma seqüência de caracteres para caracteres de largura total (bytes duplos)

Função JUROSACUM

Financeira: Retorna a taxa de juros acumulados de um título que paga uma taxa periódica de juros

Função JUROSACUMV

Financeira:

Retorna os juros acumulados de um título que paga

juros no vencimento

 

Função LIN

Pesquisa e referência:

Retorna o número da linha de uma

referência

Função LINS

Pesquisa e referência:

Retorna o número de linhas em uma

referência

Função LN

Matemática e trigonometria:

Retorna o logaritmo natural de

um número

 

Função LNGAMA

Estatística:

Retorna o logaritmo natural da função gama, G(x).

Funções LOCALIZAR, LOCALIZARB

Texto: Localiza um valor de texto dentro de outro (não diferencia maiúsculas de minúsculas)

Função LOG

Matemática e trigonometria: Retorna o logaritmo de um número de uma base especificada

Função LOG10

Matemática e trigonometria: Retorna o logaritmo de base 10 de um número

Função LUCRO

Financeira:

Retorna

o

lucro

de

um

título

que

paga

juros

periódicos

 

Função LUCRODESC

Financeira: Retorna o rendimento anual de um título descontado. Por exemplo, uma obrigação do Tesouro

Função LUCROPRIMINC

Financeira: Retorna o rendimento de um título com um primeiro período indefinido

Função LUCROÚLTINC

Financeira:

Retorna o rendimento de um título com um último

período indefinido

 

Função LUCROVENC

Financeira:

Retorna o lucro anual de um título que paga juros

no vencimento

 

Função MAIOR

Estatística:

Retorna o maior valor k-ésimo de um conjunto de

dados

Função MAIÚSCULA

Texto:

Converte o texto em maiúsculas

 

Função MARRED

Matemática e trigonometria: Retorna um número arredondado ao múltiplo desejado

Função MATRIZ.DETERM

Matemática e trigonometria: Retorna o determinante de uma matriz de uma variável do tipo matriz

Função MATRIZ.INVERSO

Matemática e trigonometria:

Retorna a matriz inversa de uma

matriz

Função MATRIZ.MULT

Matemática

e

trigonometria:

Retorna

o

produto

de

duas

matrizes

Função MÁXIMO

Estatística:

Retorna

o

valor

máximo

em

uma

lista

de

argumentos

 

Função MÁXIMOA

Estatística:

Retorna o maior valor em uma lista de argumentos,

inclusive números, texto e valores lógicos

 

Função MDC

Matemática

e

trigonometria:

Retorna

o

máximo

divisor

comum

Função MDURAÇÃO

Financeira: Retorna a duração de Macauley modificada para um título com um valor de paridade equivalente a R$ 100

Função MED

Estatística:

Retorna a mediana dos números indicados

 

Função MÉDIA.GEOMÉTRICA

Estatística:

Retorna a média geométrica

 

Função MÉDIA.HARMÔNICA

Estatística:

Retorna a média harmônica

 

Função MÉDIA.INTERNA

Estatística:

Retorna a média do interior de um conjunto de

dados

Função MÉDIA

Estatística:

Retorna a média dos argumentos

 

Função MÉDIAA

Estatística: Retorna a média dos argumentos, inclusive números, texto e valores lógicos

MÉDIASE

Estatística: Retorna a média (média aritmética) de todas as células em um intervalo que atendem a um determinado critério

Função MÉDIASES

Estatística: Retorna a média (média aritmética) de todas as células que atendem a múltiplos critérios.

Função

Cubo: Retorna o enésimo membro, ou o membro ordenado, em um conjunto. Use para retornar um ou mais elementos em um conjunto, assim como o melhor vendedor ou os dez melhores alunos.

MEMBROCLASSIFICADOCUBO

Função MEMBROCUBO

Cubo: Retorna um membro ou uma tupla em uma hierarquia de cubo. Use para validar a existência do membro ou da tupla no cubo.

Função MEMBROKPICUBO

Cubo: Retorna o nome, a propriedade e a medida de um indicador chave de desempenho (KPI) na célula. Um KPI é uma medida quantificável, como o lucro bruto mensal ou a rotatividade trimestral de pessoal, usada para monitorar o desempenho de uma organização.

Função MENOR

Estatística:

Retorna o menor valor k-ésimo do conjunto de

dados

Função MÊS

Data e hora:

Converte um número de série em um mês

 

Função MÍNIMO

Estatística:

Retorna

o

valor

mínimo

em

uma

lista

de

argumentos

 

Função MÍNIMOA

Estatística: Retorna o menor valor em uma lista de argumentos, inclusive números, texto e valores lógicos

Função MINÚSCULA

Texto:

Converte texto para minúsculas

 

Função MINUTO

Data e hora:

Converte um número de série em um minuto

 

Função MMC

Matemática

e

trigonometria:

Retorna

o

mínimo

múltiplo

comum

Função MOD

Matemática e trigonometria:

Retorna o resto da divisão

 

Função MODO

Estatística:

Retorna o valor mais comum em um conjunto de

dados

Função MOEDA

Texto: Converte um número em texto, usando o formato de moeda $ (dólar)

Função MOEDADEC

Financeira: Converte um preço em formato de moeda, na forma fracionária, em um preço na forma decimal

Função MOEDAFRA

Financeira:

Converte um preço, apresentado na forma decimal,

em um preço apresentado na forma fracionária

 

Função MTIR

Financeira:

Calcula a taxa interna de retorno em que fluxos de

caixa positivos e negativos são financiados com diferentes taxas

Função MUDAR, MUDARB

Texto:

Muda os caracteres dentro do texto

 

Função MULT

Matemática e trigonometria:

Multiplica seus argumentos

 

Função MULTINOMIAL

Matemática e trigonometria: Retorna o multinomial de um conjunto de números

Função N

Informações:

Retorna um valor convertido em um número

 

Função NÃO.DISP

Informações:

Retorna o valor de erro #N/D

 

Função NÃO

Lógica:

Inverte o valor lógico do argumento

 

Função NOMINAL

Financeira:

Retorna a taxa de juros nominal anual

 

Função NPER

Financeira:

Retorna o número de períodos de um investimento

Funções

NÚM.CARACT,

Texto:

Retorna o número de caracteres em uma seqüência de

NÚM.CARACTB

texto

Função NÚMSEMANA

Data e hora:

Converte um número de série em um número que

representa onde a semana cai numericamente em um ano

 

Função OCTABIN

Engenharia:

Converte um número octal em binário

 

Função OCTADEC

Engenharia:

Converte um número octal em decimal

 

Função OCTAHEX

Engenharia:

Converte um número octal em hexadecimal

 

Função ORDEM.PORCENTUAL

Estatística: Retorna a ordem percentual de um valor em um conjunto de dados

Função ORDEM

Estatística:

Retorna a posição de um número em uma lista de

números

Função OTN

Financeira: Retorna o rendimento de um título equivalente a uma obrigação do Tesouro

Função OTNLUCRO

Financeira:

Retorna

o

rendimento

de

uma

obrigação

do

Tesouro

Função OTNVALOR

Financeira: Retorna o preço por R$ 100,00 de valor nominal de uma obrigação do Tesouro

Função OU

Lógica:

Retorna VERDADEIRO se um dos argumentos for

VERDADEIRO

 

Função PADRONIZAR

Estatística:

Retorna um valor normalizado

 

Função PAR

Matemática e trigonometria: Arredonda um número para cima até o inteiro par mais próximo

Função PEARSON

Estatística:

Retorna o coeficiente de correlação do momento do

produto Pearson

 

Função PERCENTIL

Estatística:

Retorna o k-ésimo percentil de valores em um

intervalo

Função PERMUT

Estatística: Retorna o número de permutações de um determinado número de objetos

Função PGTO

Financeira:

Retorna o pagamento periódico de uma anuidade

Função PGTOCAPACUM

Financeira: Retorna o capital acumulado pago sobre um empréstimo entre dois períodos

Função PGTOJURACUM

Financeira:

Retorna os juros acumulados pagos entre dois

períodos

Função PI

Matemática e trigonometria:

Retorna o valor de Pi