CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM

RELAÇÃO DAS MATÉRIAS DO CURSO RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM

 DIREITO CONSTITUCIONAL  DIREITO ADMINISTRATIVO  DIREITO TRIBUTÁRIO  DIREITO COMERCIAL  DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL  DIREITO PROCESSUAL PENAL  DIREITO CIVIL  DIREITO PROCESSUAL CIVIL  DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO  DIREITO DO CONSUMIDOR  DIREITO AMBIENTAL  DIREITO INTERNACIONAL  ÉTICA E DISCIPLINA  ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL 1. Na esfera das competências legislativas concorrentes, estabelecidas pelo artigo 24 da Constituição Federal, analise as afirmativas a seguir: I. A competência da União para legislar sobre normas gerais não exclui a competência suplementar dos Estados. II. Inexistindo lei federal sobre normas gerais, os Estados exercerão competência legislativa plena, para atender a suas peculiaridades. III. A superveniência de lei federal sobre normas gerais suspende integralmente a eficácia da lei estadual. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. b) se somente a afirmativa II estiver correta. c) se somente a afirmativa III estiver correta. d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. 2. Ao estabelecer que “a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário nenhuma lesão ou ameaça a direito”, o inciso XXXV, do artigo 5º, da Constituição Federal está: a) conferindo aos juízes em geral o poder de controle concentrado de constitucionalidade. b) conferindo a todos os membros do Judiciário o poder de derrogar uma lei que lese ou ameace um direito fundamental. c) conferindo aos juízes e tribunais o controle difuso de constitucionalidade. d) conferindo apenas aos tribunais o controle difuso de constitucionalidade. e) conferindo tanto aos juízes de primeira instância, como aos tribunais, apenas o controle concentrado de constitucionalidade. 3. A respeito da arguição de descumprimento de preceito fundamental, analise as afirmativas a seguir: I. Recebida a petição inicial da arguição de descumprimento de preceito fundamental, o Ministro Relator deverá suspender todos os processos em curso ou os efeitos das decisões judiciais ou de qualquer outra medida que apresente relação com a matéria objeto da arguição, salvo se decorrentes da coisa julgada. II. Qualquer cidadão poderá propor arguição de descumprimento de preceito fundamental perante o Supremo Tribunal Federal. III. A arguição de descumprimento de preceito fundamental pode ter por objeto a compatibilidade com a Constituição de 1988 de leis vigentes anteriormente à sua promulgação. IV. Aplica-se à arguição de descumprimento de preceito fundamental o princípio da subsidiariedade, segundo o qual ela não será admitida se houver outro meio eficaz de sanar a lesividade.

terá efeitos erga omnes e ex tunc. d) se somente as afirmativas III e IV estiverem corretas. nas investigações de sua competência. e) se somente as afirmativas I. III e IV estiverem corretas. b) se somente a afirmativa III estiver correta. b) o princípio da Supremacia da Constituição. É conseqüência da rigidez constitucional: a) o princípio do Estado Democrático de Direito. c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. d) Princípio da reserva da lei. assinale a alternativa correta. c) a inalterabilidade do texto constitucional. a) A quebra de sigilo de movimentações financeiras do indivíduo pode ser decretada por ordem judicial. da declaração jurisdicional de inconstitucionalidade dos atos do Poder Público. Assinale a alternativa que apresente corretamente o princípio básico para distribuição de competência pelas Unidades da Federação. 5. 5o da Constituição Federal de 1988. o controle de constitucionalidade preventivo de projeto de lei é feito exclusivamente pelo Chefe do Poder Executivo. por deliberação das comissões parlamentares de inquérito e pelo ministério público. e) A resolução do Senado Federal que suspende a execução da lei ou ato normativo declarado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal. d) o controle concentrado da constituição. d) No sistema brasileiro. 7. b) Princípio da autonomia das unidades da federação. de normas fundamentais. b) A cláusula de reserva de plenário. em seu texto. e) a presença. prevista na Constituição Federal. 6. Assinale a alternativa correta. no Brasil. c) Princípio da autogestão.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. é feito privativamente pelo Supremo Tribunal Federal. o controle repressivo de constitucionalidade é exercido exclusivamente pelo Poder Judiciário. a) Princípio da isonomia. é condição de eficácia jurídica. como regra. por intermédio do veto jurídico. 4. c) No Brasil. . a) O controle concentrado de constitucionalidade. Considerando o direito fundamental de privacidade assegurado no art. e) Princípio da predominância do interesse. e deve ser observada por todos os Tribunais no controle difuso.

rígida e analítica. rígida e sintética. lavagem de dinheiro e crimes contra a administração pública. legislativo e judiciário. d) A Constituição só permite a interceptação das comunicações telefônicas nos casos de investigação de crimes de terrorismo. d) Possibilidade constitucional excepcional e taxativa de intervenção federal nos Estados-membros e no Distrito Federal. É vedado o ingresso durante a noite. salvo em caso de flagrante delito ou desastre. na forma da lei. d) outorgada. ou para prestar socorro. e) Indissolubilidade da federação. a) Repartição constitucional de competências entre a União. 9. Estados-membros. sendo vedada a aprovação de emenda constitucional tendente a abolir a forma federativa de Estado. Assinale-a. estabilidade e extensão. 8. Considerando os critérios de classificação das constituições quanto à sua origem. tráfico de drogas.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL b) A interceptação das comunicações telefônicas pode ser decretada por ordem judicial em processo de natureza penal. b) Atribuição de autonomia constitucional aos Estados membros. ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador. As alternativas a seguir apresentam características do sistema federativo brasileiro. . Compete ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar originariamente a ação em que todos os membros da magistratura sejam direta ou indiretamente interessados. c) promulgada. por ordem judicial. e) promulgada. I. durante o dia. c) A casa é asilo inviolável do indivíduo. semi-rígida e sintética. podendo tais entes federativos organizar seus poderes executivo. semi-rígida e analítica. c) Participação dos Estados-membros na elaboração das leis federais. analise as afirmativas a seguir. 10. na forma de lei complementar. flexível e analítica. civil ou administrativa. é correto afirmar que a Constituição Federal de 1988 é: a) promulgada. na forma da lei. e) A casa é asilo inviolável do indivíduo. através da eleição de representantes para o Poder Legislativo Federal. ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador. na forma de suas constituições regionais. e aquela em que mais da metade dos membros do tribunal de origem estejam impedidos ou sejam direta ou indiretamente interessados. à exceção de uma. ou. b) outorgada. salvo no cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão. Distrito Federal e Municípios. Distrito Federal e Municípios. Considerando a competência constitucional do Supremo Tribunal Federal. para manutenção do equilíbrio federativo. por determinação judicial.

apenas mediante plebiscito e referendo popular. cada uma delas. devendo submetê-las de imediato ao Congresso Nacional. excepcionalmente. III. c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. não podendo se candidatar a cargos eletivos os estrangeiros residentes no Brasil e os brasileiros naturalizados. A proposta de emenda à Constituição será submetida à discussão e votação em cada casa legislativa. Podem apresentar proposta de emenda à Constituição Federal: o Presidente da República. dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal. A respeito dos direitos políticos regidos na Constituição Federal de 1988. com força de lei. A respeito do processo legislativo. se não forem convertidas em lei no prazo de trinta dias. no mínimo. Em caso de relevância e urgência. c) Os analfabetos podem se alistar como eleitores e se candidatar apenas a cargos eletivos no âmbito do Poder Legislativo. e. a fim de que o Tribunal examine a admissão do recurso. analise as afirmativas a seguir: I. o Presidente da República poderá adotar medidas provisórias. No recurso extraordinário o recorrente deverá demonstrar a repercussão geral das questões constitucionais discutidas no caso. 12. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. com valor igual para todos. d) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. d) A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto. As medidas provisórias perderão eficácia. somente podendo recusálo pela manifestação de dois terços de seus membros. assinale a afirmativa correta. nos termos da lei. Qualquer cidadão pode propor ação direta de inconstitucionalidade perante o Supremo Tribunal Federal. a) Lei complementar poderá estabelecer outros casos de inelegibilidade além dos previstos na Constituição. nos termos da lei. manifestando-se. um terço. na forma de lei complementar. II. e mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades de federação. podendo ser condenado no décuplo das custas o autor da ação considerada temerária. considerando-se aprovada se obtiver três quintos de votos favoráveis dos membros de cada casa. pela maioria relativa de seus membros. em dois turnos. desde que demonstre interesse jurídico na solução da questão constitucional subjacente. e) Serão admitidas candidaturas de brasileiros que não sejam filiados a partidos políticos. O Presidente da República poderá reeditar medida provisória que não tenha .4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL II. 11. b) se somente a afirmativa III estiver correta. b) Apenas os brasileiros natos são elegíveis. desde a edição. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta.

III e IV estiverem corretas. e depois pelo Senado Federal. d) É possível a criação de tribunal de exceção para julgar crimes de terrorismo. em razão do risco de desvirtuamento decorrente da supressão de apenas alguns artigos da lei aprovada. a prisão do réu decretada por juiz anteriormente à condenação transitada em julgado terá sempre natureza cautelar. por decreto. assinale a afirmativa correta. desde que ainda estejam presentes os requisitos da relevância e urgência. b) As provas obtidas por meios ilícitos são inadmissíveis apenas nos processos criminais. O projeto de lei que tenha sido aprovado nas duas casas legislativas será encaminhado ao Presidente da República para sanção. a) A Constituição assegura o direito de permanecer calado apenas ao preso. d) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. b) se apenas as afirmativas I. inicialmente pela Câmara dos Deputados. Ultrapassado tal prazo. IV. Os projetos de lei de iniciativa do Presidente da República com pedido de urgência na tramitação devem ser apreciados. no prazo de quinze dias úteis. II e IV estiverem corretas. Assinale: a) se apenas as afirmativas I.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL sido apreciada pelo Congresso Nacional. cabendo ao Presidente da República. Os prazos de quarenta e cinco dias não correm nos períodos de recesso do Congresso nacional. . II e III estiverem corretas. A respeito do catálogo de direitos fundamentais da Constituição Federal de 1988. quando interrogado por autoridade policial. ficam sobrestadas as demais deliberações legislativas da respectiva casa. Se o chefe do Poder Executivo considerar o projeto inconstitucional ou contrário ao interesse público. c) se apenas as afirmativas II. contados da data do recebimento. regular as relações jurídicas dela decorrentes. pelo voto secreto da maioria absoluta dos Deputados e Senadores. c) Por força do princípio da presunção da inocência. 13. Após a quinta reedição. e) se apenas a afirmativa I estiver correta. vetá-lo-á. na forma da lei. III. a medida provisória não apreciada será havida como rejeitada. e) O contraditório e a ampla defesa não são assegurados em procedimentos administrativos disciplinares se o servidor permanecer revel. até que se ultime a votação. O veto poderá ser derrubado em sessão conjunta das casas legislativas. A Constituição proíbe o veto parcial do projeto. com exceção das que tenham prazo constitucional determinado. no prazo sucessivo de quarenta e cinco dias. podendo ser utilizadas sem restrições nos processos judiciais cíveis e administrativos.

Presidente e diretores do Banco Central. caput. bem como os Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha. A prerrogativa não impede processo criminal por calúnia. 53. c) que os Deputados e Senadores não sejam processados criminalmente por opiniões. Governador de Território. A imunidade parlamentar material prevista no art. para o exercício de função pública. A respeito da composição e competência legislativa do Senado Federal. com mandato de oito anos. do Exército e da Aeronáutica nos crimes da mesma natureza conexos com aqueles. O Senado Federal compõe-se de representantes dos Estados e do Distrito Federal. alternadamente. por um e dois terços. desde que haja conexão entre a ofensa irrogada e o exercício do mandato. b) que os Deputados e Senadores não sejam processados civil e criminalmente por opiniões.6 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL 14. ficando também suspenso o curso do prazo prescricional. . palavras e votos proferidos dentro ou fora do parlamento. eleitos segundo o princípio majoritário. Ministros do Tribunal de Contas da União indicados pelo Presidente da República. palavras e votos proferidos dentro ou fora do parlamento. e) que processos cíveis e criminais decorrentes de opiniões. Cada Estado e Distrito Federal elegerão três Senadores. por oito anos. desde que haja conexão entre a ofensa irrogada e o exercício do mandato. Presidirá a sessão de julgamento o Presidente do Supremo Tribunal Federal e a condenação à perda do cargo com inabilitação. nos casos estabelecidos na Constituição. analise as afirmativas a seguir: I. Compete privativamente ao Senado Federal aprovar previamente. A representação de cada Estado e do Distrito Federal será renovada de quatro em quatro anos. A prerrogativa não impede que os parlamentares sejam civilmente processados pela vítima da ofensa. após argüição pública. 15. somente será proferida por dois terços dos votos dessa casa legislativa. Compete privativamente ao Senado Federal processar e julgar o Presidente e o Vice-Presidente da República nos crimes de responsabilidade. por voto secreto. desde que haja conexão entre a ofensa irrogada e o exercício do mandato. a escolha de Magistrados. mesmo que a ofensa tenha sido irrogada dentro do parlamento e esteja relacionada com o exercício do mandato. II. palavras e votos proferidos pelos Deputados e Senadores dentro do parlamento fiquem automaticamente suspensos enquanto durar o mandato legislativo. palavras e votos proferidos exclusivamente dentro do parlamento. Procurador Geral da República e titulares de outros cargos que a lei determinar. da Constituição Federal assegura: a) que os Deputados e Senadores não sejam processados civil e criminalmente por opiniões. d) que os Deputados e Senadores sejam processados criminalmente apenas pelos crimes de injúria e difamação. III.

dos Estados. . dos Territórios e dos Municípios. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. do Distrito Federal. Compete privativamente ao Senado Federal autorizar operações externas de natureza financeira.7 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CONSTITUCIONAL IV. de interesse da União. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

A remuneração dos serviços públicos não pode abranger parâmetros diferenciados de cobrança em razão do princípio da modicidade. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. d) os agentes putativos e os particulares em colaboração com o Poder Público. 2. c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. Nos termos do Estatuto das Licitações. c) A suspensão de sua execução. d) O atraso superior a 30 dias dos pagamentos devidos pela Administração decorrentes de obras. porque se destina a contratações de menor vulto. ainda que motivada por razões técnicas. do serviço ou do fornecimento. 3. b) os servidores estatutários e os agentes políticos. As concessionárias de serviço público devem observar o princípio da eficiência. e) A não-liberação. por 100 dias. mantendo adequado o serviço executado. São considerados servidores públicos: a) os chefes do Executivo e os militares. Com relação aos princípios inerentes aos serviços públicos. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta.666/93. por ordem escrita da Administração. c) os servidores temporários e os empregados públicos. c) concurso. analise as afirmativas a seguir. por parte da Administração. e) tomada de preços. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. 4. é denominada: a) pregão. II. De acordo com a Lei Federal 8. de serviços no percentual de 20% (vinte por cento) do valor atualizado do contrato. I. assinale a alternativa que apresente um motivo para rescisão do contrato administrativo. d) concorrência. a modalidade de licitação que comporta menor formalismo.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 1. b) Qualquer paralisação da obra. e) os militares e os empregados de uma empresa permissionária de serviço público. b) convite. serviços ou fornecimento. O princípio da continuidade impede que haja suspensão do serviço público. a) A supressão. de área para execução de obra. b) se somente a afirmativa II estiver correta. . III. por parte da Administração. no prazo contratual.

d) se somente as afirmativas I.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO 5. IV. Será aplicada somente em situação de guerra ou de movimentos de origem política. b) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. Assinale a alternativa que explicita essas diferenças. d) forma de criação e personalidade jurídica. b) se somente a afirmativa III estiver correta. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. analise as afirmativas a seguir.987/95 possibilita a revisão das tarifas. c) vinculação. Incidirá apenas sobre bens imóveis. a fim de manter o equilíbrio econômico-financeiro do contrato. analise as afirmativas a seguir. b) personalidade jurídica e forma de extinção. b) veracidade. 6. Terá sempre caráter de definitividade. No direito brasileiro. caso seja devida. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. . A respeito da concessão de serviço público. III. A Lei 8. a) composição do capital e forma jurídica. 7. d) imperatividade. O atributo pelo qual atos administrativos se impõem a terceiros. Com relação à requisição administrativa. existem duas diferenças fundamentais entre as sociedades de economia mista e as empresas públicas. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. III. II. c) se somente as afirmativas incisos II e IV estiverem corretas. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. As concessões podem ser outorgadas por prazo determinado ou indeterminado. c) se somente as afirmativas II e IV estiverem corretas. por motivos de interesse público. 8. d) se somente as afirmativas I. A retomada do serviço pelo poder concedente durante o prazo de concessão. desde que seja garantido o ressarcimento do capital investido. II e III estiverem corretas. Será a indenização sempre a posteriori. e) autoexecutoriedade. IV. II. é denominado: a) competência. As cláusulas contratuais relativas aos direitos e deveres dos usuários para utilização do serviço são consideradas essenciais. e) controle estatal e composição do capital. c) forma jurídica e controle estatal. ainda que de forma contrária a sua concordância. denomina-se encampação. I. I. II e IV estiverem corretas.

a) Segundo jurisprudência dos Tribunais Superiores. de bens imóveis da Administração Pública. c) ao controle legislativo. b) Não cabe Mandado de Segurança contra ato praticado em licitação promovida por Sociedade de Economia Mista ou Empresa Pública. A licitação. nos termos de acordo internacional específico aprovado pelo Congresso Nacional.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO 9. devido à sua natureza. d) As Empresas Públicas e as Fundações Públicas poderão gozar de privilégios fiscais não extensivos ao setor privado. por isso. b) alienação. Compete ao Senado Federal autorizar operações externas de natureza financeira. e) Somente por lei específica pode ser criada Autarquia e autorizada a instituição de Empresa Pública. Assinale a alternativa correta. b) ao controle hierárquico. de acordo com a Lei Federal 8. na desapropriação por utilidade pública. 11. empresa ou representante comercial exclusivo. é inexigível na seguinte hipótese: a) aquisição de materiais e equipamentos que só possam ser fornecidos por produtor. as entidades que a compõem não possuem personalidade jurídica própria. de Sociedade de Economia Mista e de Fundação. de natureza política. de interesse das pessoas federativas. c) A Administração Indireta é o próprio Estado executando algumas de suas funções de forma descentralizada. qualificadas no âmbito das respectivas esferas de governo. Essa competência diz respeito: a) ao controle judicial. 10. a imissão provisória do Poder Público no bem. é inconstitucional à luz da Constituição Federal de 1988. por meio de permuta. e) aquisição de bens. mas sua natureza deve ser determinada na lei. quando as condições ofertadas forem manifestamente vantajosas para o Poder Público. de natureza financeira. d) celebração de contratos de prestação de serviços com as organizações sociais. para atividades contempladas no contrato de gestão. 12. d) ao controle legislativo. Assinale a alternativa correta. . c) celebração de contrato de concessão de direito real de uso. em procedimento expropriatório. e) ao controle administrativo.666/93. a) As Autarquias podem ser organizadas sob a forma de sociedade civil ou comercial.

. e) A declaração expropriatória. assegurados o valor real da indenização e os juros legais. Assinale a alternativa correta. de forma permanente. A Administração Pública Municipal deverá: a) anular seu ato de ofício. para os fins de reforma agrária. c) Na inexigibilidade de licitação. autoriza desde já ao Município propor a ação de desapropriação. e) Os bens imóveis da Administração Pública cuja aquisição haja derivado de procedimentos judiciais ou de dação em pagamento poderão ser alienados por licitação. a) A Lei 8666/93 prevê casos de dispensa de licitação. desapropriar o imóvel com pagamento mediante títulos da dívida pública de emissão prévia. O Município X autoriza um particular a estacionar veículos particulares em terreno público municipal. após a oitiva do particular interessado. é o marco para a indenização das benfeitorias necessárias. se comparada às outras modalidades licitatórias. após a aplicação de outras medidas previstas na Constituição Federal. d) ajuizar ação possessória para reaver o bem. b) O princípio da oralidade é o princípio diferencial do pregão em relação às modalidades clássicas de licitação. Os Estados-membros podem ampliar o rol traçado na lei. Essas serão indenizadas se realizadas até a data da publicação da declaração. o patrimônio do ente federativo expropriante. em regra. c) ajuizar ação de nulidade de autorização. caso o imóvel não esteja cumprindo sua função social. d) Segundo comando constitucional. d) Tomada de Preço é a modalidade de licitação adequada a contratações de grande vulto. b) suspender a autorização concedida. que deverá utilizá-las para o cultivo de produtos alimentícios e medicamentosos. as terras desapropriadas devem integrar. e) revogar o ato de ofício. em parcelas anuais. c) O decreto que declarar o imóvel como de interesse social. poderá o Poder Público Municipal. nas desapropriações por utilidade pública. esta é materialmente possível. iguais e sucessivas. apresenta maior rigor formal em seu procedimento. pois possuem a capacidade de autoadministração. 13. sob as modalidades de convite ou leilão. 14. No entanto. com prazo de resgate de até 10 anos. Passados dois meses. inconveniente. aprovada pelo Senado Federal. nos casos de “desapropriação confisco”. mas.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO b) As desapropriações de imóveis urbanos serão feitas com prévia e justa indenização. um fiscal da prefeitura verifica que tal atividade está gerando danos ao meio ambiente.

O Poder Público é condenado em ação de responsabilidade civil pelos danos causados por seu servidor a terceiro. 17. É correto afirmar que: a) não haverá revisão nem rescisão do contrato. a rescisão do contrato sem indenização ao particular. b) cabe ação de regresso do Estado em face do servidor. devido à desvalorização da moeda. a) Os bens públicos que não cumprem sua função social não são atingidos pela imprescritibilidade. porque a coletividade não pode ser prejudicada. no caso. uma vez que se aplica a teoria da Responsabilidade Objetiva quando a ação envolve o Poder Público. a Teoria da Imprevisão. cujo prazo prescricional é de 3 anos. d) se aplica. e) consórcio especial de serviço público na modalidade administrativa. no caso. b) concessão especial de serviço público na modalidade patrocinada. aplica-se. obrigatoriamente. no caso. b) se aplica. Assinale a alternativa correta. d) consórcio público. o princípio da cláusula rebus sic stantibus. d) basta o procedimento administrativo disciplinar com a aplicação da ampla defesa e do contraditório. não podendo posteriormente acioná-lo. 18. e) o Estado teria que ter denunciado à lide o servidor. não cabendo o ajuizamento de ação regressiva. quer se aplique a Teoria do Fato do Príncipe. em que a álea econômica é elemento característico e cujo fundamento é o princípio da cláusula rebus sic stantibus. no caso. c) cabe ação regressiva do Estado em face do servidor. c) se aplica. e nesta se verificará se a conduta do servidor foi culposa (lato sensu). e seu prazo prescricional é de 20 anos. e há. Em concessão de serviço público precedido por obra. cujo pressuposto é a álea econômica e cujo princípio basilar é o pacta sunt servanda. É correto afirmar que: a) cabe ação regressiva do Estado em face do servidor. há o inadimplemento do contrato por parte da concessionária. e nela não se perquirirá sobre culpa do servidor. . c) concessão especial de serviço público na modalidade administrativa.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO 15. visando à realização de objetivos de interesse comum desses e promovendo a gestão associada de serviços públicos denomina-se: a) concessão de serviço público precedida por obra pública. O negócio jurídico pactuado entre os entes federados. pactuada entre um Município e uma sociedade privada. 16. e) não haverá revisão nem rescisão do contrato quer se aplique a Teoria da Imprevisão. a teoria do Fato do Príncipe. o princípio pacta sunt servanda.

a) Constitui cláusula necessária do contrato administrativo a indicação da legislação aplicável à sua execução e aos casos omissos no instrumento contratual. se tratar de decisão de recursos administrativos e de intimação por meio de publicação oficial. quando.784/99. d) a decadência do direito da Administração de anular seus próprios atos administrativos ocorre irrestritamente em 5 (cinco) anos quando deles se originam efeitos patrimoniais contínuos. quando forem de ordem pública. regulado pela Lei 9. realizado entre o Estado. e) Se a rescisão contratual tiver por fundamento razões de interesse público. d) Na hipótese de contrato de compras. . Assinale-a. e) A autorização de uso de bem público por um determinado particular. c) o órgão competente para decidir o recurso administrativo pode agravar a situação do recorrente. não há vedação no que tange a serem onerados como garantia real. no que toca à densidade de incidência normativa. deve cientificá-lo do fato e permitir que ofereça as alegações de seu interesse. c) Configura-se como cláusula exorbitante dos contratos administrativos aquela em que esteja expresso o poder da Administração de fiscalizar a sua execução. é certo afirmar que: a) a Administração não pode cobrar por despesas processuais. ressalvadas algumas exceções. no entanto. exceder o percentual de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato. pode a alteração contratual. indicando os fatos e fundamentos jurídicos. uma está errada. b) as normas dos processos administrativos específicos. inclusive. exercendo o ius gestionis. inconstitucional a lei que acaso permitisse tal cobrança. b) No caso de suspensão da execução do contrato determinada pela Administração por prazo superior a 120 (cento e vinte) dias.6 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO ADMINISTRATIVO b) Os bens públicos não podem ser penhorados. tem o contratado o direito à indenização por perdas e danos. mas. c) O contrato de compra e venda de imóvel. tem o contratado direito a postular a rescisão do contrato por culpa do ente contratante. sendo. dentre outros casos. aplicam-se subsidiariamente no processo genérico. Em relação ao processo administrativo genérico. e) o administrador público deve motivar minuciosamente seus atos. d) O direito à concessão de uso especial de bem público para fins de moradia só será reconhecido uma vez ao mesmo possuidor. sob pena de violação do princípio da moralidade administrativa. fere o princípio da impessoalidade. como regra. antes da decisão. 19. desde que haja acordo expresso firmado pelos contratantes. e um particular. 20) Das afirmativas a seguir. obedece ao regime jurídico público. inclusive o reembolso relativo ao custo da desmobilização. atendendo primordialmente o interesse deste.

V e) F . na ordem em que aparecem.F b) V . e) remissão. terá ocorrido a) prescrição.V . a) V . .1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO DIREITO TRIBUTÁRIO 1.000. a) As garantias do crédito tributário não estão sujeitas ao princípio da reserva legal. c) Indústria catarinense importou bem destinado ao seu ativo permanente. c) Matéria tributária não está sujeita à iniciativa legislativa privativa.F 4. d) João Silva é proprietário de um jet ski.V .F . a) Prestador de serviço de decoração e jardinagem fornece as mercadorias necessárias à respectiva prestação. d) O princípio do não-confisco deve considerar a incidência específica de cada tributo.V c) V . assinale a alternativa que apresente corretamente seu julgamento. se o processo permanece paralisado. (II) sendo que nesta segunda hipótese o princípio da capacidade contributiva não tem aplicação. por mais de 5 anos. Considerando os verbos e complementos sublinhados. 2. b) Pai doou R$ 1. b) prescrição intercorrente.F . pela inércia do Fisco. em face de exigência de ITCMD objeto de autuação fiscal.00 a seu filho. d) preclusão. c) decadência. b) O princípio da anterioridade é uma regra de vigência. 3. e) Sociedade empresária catarinense interpõe recurso ao Tribunal Administrativo Tributário . assinale a alternativa que contém hipótese não geradora da incidência de tributo instituído e cobrado pelo Estado de Santa Catarina.F .TAT.F d) V . não encontrados os bens do devedor. (III) uma vez que reflete a capacidade econômica dos contribuintes. que impede que a lei seja aplicada antes do próximo exercício fiscal. Considerando as três informações acima e sendo V = verdadeiro e F = falso. Iniciada a execução. e) A vedação às isenções heterônomas impede a concessão de isenções em tratados internacionais. A tributação pode ser usada com fim fiscal e extrafiscal. Assinale a afirmativa correta.

. sob a mesma ou outra razão social ou sob firma ou nome individual. b) integral. Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. industrial ou profissional. a imunidade é tácita. a imunidade é limitação legal à competência tributária. a pessoa jurídica de direito privado que adquirir de outra. imunidade e à não incidência. c) a não incidência não é via de regra expressa. Com base nos Princípios Constitucionais Tributários. A vedação que impede a União. III. II. b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. e a não incidência tem como referencial o princípio da legalidade. interpretação conforme os fins constitucionais. da capacidade contributiva. analise as afirmativas a seguir: I. 7. e continuar a respectiva exploração. o DF e os Municípios de exigir ou aumentar tributo sem lei que o estabeleça consagra o princípio da legalidade tributária. a imunidade. c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. b) a isenção é norma que materializa o princípio da isonomia. indústria ou profissão. responderá pelos tributos. a imunidade. 6. de forma: a) integral se o alienante cessar a exploração do comércio. nova atividade no mesmo ou em outro ramo de comércio. e a não incidência normalmente dispensa norma expressa. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. por qualquer título. dentro de seis meses a contar da data da alienação. se este prosseguir na exploração ou iniciar. O princípio da uniformidade geográfica admite excepcionalmente que sejam concedidos incentivos fiscais destinados a promover o equilíbrio do desenvolvimento socioeconômico entre as diferentes regiões do país. devidos até a data do ato. O princípio da irretroatividade tributária veda a cobrança de tributo no mesmo exercício financeiro em que tenha sido publicada a lei que o instituiu ou majorou. e a isenção é literal. os Estados. e) a não incidência é norma tácita. De acordo com o Código Tributário Nacional. indústria ou atividade. é correto afirmar que a) a isenção é norma de exceção. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. Com relação respectivamente à isenção. e a isenção é presumida. relativos ao fundo ou estabelecimento adquirido.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO 5. d) a isenção requer interpretação literal. fundo de comércio ou estabelecimento comercial. e a não incidência é zona de liberdade fiscal. a imunidade é expressa.

9. na repetição de indébito tributário. c) Os juros moratórios. .imposto de transmissão inter vivos de bens imóveis com base no valor venal do imóvel. a) Segundo a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. e) Medida provisória não poderá instituir ou majorar o imposto de importação. e) É inconstitucional a lei que estabelece alíquotas progressivas para o ITBI . Em relação às medidas provisórias em matéria tributária. são devidos a partir do trânsito em julgado da sentença. d) O STF pacificou o entendimento de que medida provisória tem força de lei. não sendo por isso extensiva aos filmes e papéis fotográficos necessários à publicação de jornais e periódicos. nova atividade no mesmo ou em outro ramo de comércio. assinale a afirmativa incorreta. por isso. como regra. indústria ou profissão. jornais e periódicos é restrita ao papel. b) Medida provisória que implique instituição ou majoração de impostos. 8. dentro de seis meses a contar da data da alienação. já que as dívidas tributárias são daquele. assinale a afirmativa correta. a) Segundo a Constituição Federal de 1988 é vedado o uso de medidas provisórias para instituir ou majorar impostos por violar o princípio da legalidade tributária. mediante Decreto. por serem tributos reservados à lei complementar. se este prosseguir na exploração ou iniciar. b) O mandado de segurança constitui ação adequada para a declaração do direito à compensação tributária. e) exclusiva do alienante. a) É defeso ao Município atualizar o IPTU. 10. exportação. imposto sobre grande fortuna e imposto de importação. Assinale a assertiva correta. a imunidade do papel destinado à impressão de livros. não havendo responsabilidade do adquirente. d) subsidiária com o alienante. nova atividade no mesmo ou em outro ramo de comércio. Com base na jurisprudência sumulada pelo STF e pelo STJ. indústria ou profissão. independentemente se este prosseguir ou na exploração ou iniciar. após seis meses a contar da data da alienação. d) Norma legal que altera prazo de recolhimento de obrigação tributária se sujeita ao princípio da anterioridade tributária. admite-se em qualquer hipótese o seu uso em matéria tributária para instituir ou majorar os tributos previstos na Constituição Federal. só produzirá efeitos no exercício financeiro seguinte se houver sido convertida em lei até o último dia daquele em que foi editada. IPI e IOF por serem tributos extrafiscais. c) É vedado o uso de medida provisória para instituir empréstimos compulsórios.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO c) subsidiária com o alienante. em percentual superior ao índice oficial de correção monetária.

Com base no CTN. e bem assim os relativos a taxas pela prestação de serviços referentes a tais bens. do Distrito Federal ou dos Municípios. os princípios gerais de direito e a eqüidade. responsáveis. desde que por lei complementar. d) A isenção. salvo quando conste do título a prova de sua quitação. 12. em requerimento com o qual o interessado faça prova do preenchimento das condições e do cumprimento dos requisitos previstos em lei ou contrato para concessão. a qualquer tempo. pelas Constituições dos Estados. . pela Constituição Federal. subrogam-se na pessoa dos respectivos adquirentes.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO b) Segundo entendimento do STF. a sub-rogação ocorrerá em relação ao adquirente. quando não concedida em caráter geral. b) Na ausência de disposição expressa. e) Segundo o CTN. perdem a imunidade. pode ser revogada ou modificada por lei. os princípios gerais de direito tributário. Assinale a afirmativa correta. bem como da natureza do seu objeto ou dos seus efeitos. utilizados. ainda que a renda seja revertida para a atividade-fim. já que se trata de um benefício fiscal. para definir ou limitar competências tributárias. por despacho da autoridade administrativa. os imóveis alugados das instituições religiosas. ainda que concedida por prazo certo e em função de determinadas condições. expressa ou implicitamente. a) A lei tributária que define infrações ou lhe comina penalidades interpreta-se da maneira mais favorável ao acusado. bem como quanto à natureza ou às circunstâncias materiais do fato. na ordem indicada: a analogia. c) A União pode instituir. No caso de arrematação em hasta pública. outorga de isenção e dispensa do cumprimento de obrigações tributárias acessórias. pelas Leis Orgânicas do Distrito Federal ou dos Municípios ou pelas leis complementares. a autoridade competente para aplicar a legislação tributária utilizará sucessivamente. c) A lei tributária não pode alterar a definição. por exteriorizarem capacidade econômica. em caso de dúvida quanto à capitulação legal do fato. d) Interpreta-se literalmente a legislação tributária que disponha sobre: suspensão. é efetivada. em cada caso. a isenção. 11. e) A definição legal do fato gerador é interpretada considerando-se a validade jurídica dos atos efetivamente praticados pelos contribuintes. extinção ou exclusão do crédito tributário. a) Os créditos tributários relativos a impostos cujo fato gerador seja a propriedade. ou à natureza ou extensão dos seus efeitos. o conteúdo e o alcance de institutos. o domínio útil ou a posse de bens imóveis. isenções de tributos da competência dos Estados. conceitos e formas de direito privado. desde que com a finalidade de estimular as relações internacionais e a integração dos países do Mercosul. ou terceiros. ou a contribuições de melhoria. assinale a alternativa correta.

. acompanhada. por isso. indústria ou profissão. Os bens penhorados. já que. ou do depósito da importância arbitrada pela autoridade administrativa. industrial ou profissional. tal hipótese não se aplica aos casos de extinção de pessoas jurídicas de direito privado. quando o montante do tributo dependa de apuração. transformadas ou incorporadas. A esse respeito é correto afirmar que: a) será impossível emitir a certidão. se este prosseguir na exploração ou iniciar. com a passagem do tempo. à época em que adquiridos (há 2 anos). 13. e subsidiariamente com o alienante. indústria ou atividade. c) é possível negar a emissão da certidão. sob a mesma ou outra razão social. e) A responsabilidade tributária é excluída pela denúncia espontânea da infração. custaram R$ 1. relacionados com a infração. do pagamento do tributo devido e dos juros de mora. o mero inadimplemento de tributo constitui infração. administradores ou não. depois de seis meses a contar da data da alienação. b) a certidão deve ser emitida. são. d) efetivada a penhora. contrato social ou estatutos. c) A pessoa natural ou jurídica de direito privado que adquirir de outra. ou seu espólio. e continuar a respectiva exploração. em qualquer caso. Não se considera espontânea a denúncia apresentada após o início de qualquer procedimento administrativo ou medida de fiscalização. relativos ao fundo ou estabelecimento adquirido. A Delta quer participar de uma licitação e necessita de certidão positiva com efeitos de negativa. transformação ou incorporação de outra ou em outra é responsável pelos tributos devidos até a data do ato pelas pessoas jurídicas de direito privado fusionadas. cabendo a prova da suficiência ao interessado. d) Na visão do STJ. pessoalmente responsáveis pelos créditos correspondentes a obrigações tributárias resultantes de atos praticados com excesso de poderes ou infração de lei. ou sob firma individual. por qualquer título. se for o caso. se o alienante cessar a exploração do comércio. pois a penhora não incorreu sobre depósito em dinheiro. os sócios. sob a mesma ou outra razão social ou sob firma ou nome individual. está suspensa a exigibilidade do crédito. quando a exploração da respectiva atividade seja continuada por qualquer sócio remanescente. entretanto deve a constrição garantir a execução. responde pelos tributos. devidos até a data do ato: integralmente. A Empresa Delta Ltda. A dívida é de R$ 1 milhão. sofreu penhora em parte de seus bens (maquinário) em função de execução fiscal. fundo de comércio ou estabelecimento comercial. condicionada à penhora de bens suficientes.250 mil.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO b) A pessoa jurídica de direito privado que resultar de fusão. nova atividade no mesmo ou em outro ramo de comércio. dentre os quais o de suspender a exigibilidade do débito. provavelmente o débito não está garantido. visto que a eventual insuficiência da penhora não lhe retira os efeitos próprios. e) a certidão deve ser emitida. Contudo.

c) possível. e) constitui mecanismo de economia fiscal. 15. estando em curso Execução Fiscal. Quanto à Elisão Fiscal é correto afirmar que: a) constitui procedimento lícito de economia de tributos. A proposição de Ação Anulatória. é: a) impossível. inconstitucional. uma vez que o contribuinte deverá opor Embargos. suspendendo inclusive a ação penal tributária em face do executado. 16. c) constitui uma sucessão de atos ou negócios jurídicos realizados para dissimular a ocorrência do fato gerador.6 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO TRIBUTÁRIO 14. só possível quando a lei expressamente o permitir. Prova desse fato é: a) o mix tributário diversificado dos Estados. pois o contribuinte não se furtará aos ônus da Execução. e) possível. portanto. mas depende do depósito integral e em dinheiro do valor executado. b) inócua. d) o tabelamento de preços. em situações de crise. b) a criação de multas elevadas no âmbito fiscal. O Estado Moderno é caracterizado pelas finanças funcionais. . e) a despersonalização dos impostos. geralmente realizado antes da ocorrência do fato gerador. mas a suspensão da exigibilidade do débito só se fará mediante prova do depósito integral do seu valor. c) a extrafiscalidade marcante de alguns tributos. d) constitui prática atentatória ao princípio da solidariedade social e. ou seja. b) constitui procedimento dúbio que pode ser desqualificado e requalificado pela autoridade administrativa. pela atividade financeira do Estado orientada no sentido de influir sobre a conjuntura econômica. d) possível.

e) O documento de propriedade ou contrato de locação do imóvel onde será instalada a sede. qualquer que seja o regime de bens. 3. Não se considera empresário quem exerce profissão de natureza intelectual. O empresário casado. c) As antigas sociedades civis. a) Para os efeitos da Lei Complementar 123/06. b) As sociedades simples têm natureza de sociedades de pessoas. conforme entendimento doutrinário e jurisprudencial majoritários. e) A teoria da desconsideração da personalidade jurídica foi positivada pelo novo Código Civil. assinale a afirmativa correta. 2. pode alienar ou gravar de ônus real os bens imóveis que integrem o patrimônio da empresa. regidas pelo Código Civil de 1916. . consideramse microempresas e empresas de pequeno porte somente as sociedades empresárias e o empresário definido no art. Na sociedade em conta de participação. b) se somente as afirmativas II e IV estiverem corretas. Assinale a afirmativa incorreta. filial ou outro estabelecimento da microempresa e empresa de pequeno porte pode ser exigido pelos órgãos e entidades envolvidos. literária. d) A decretação da falência de sócio é causa ensejadora da resolução da sociedade que integra. analise as seguintes afirmativas: I. c) As sociedades por ações não se incluem no regime diferenciado das microempresas e empresas de pequeno porte. Em relação às microempresas e empresas de pequeno porte. são as atuais sociedades simples. ainda que realizadas com o concurso de colaboradores. 966 do Código Civil. a atividade constitutiva do objeto social é exercida unicamente pelo sócio-ostensivo. d) As microempresas e empresas de pequeno porte estão excluídas da falência. a) Independentemente de seu objeto. e simples as cooperativas. III. b) As sociedades de cujo capital participe outra pessoa jurídica se incluem no regime diferenciado das microempresas e empresas de pequeno porte. Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou serviços. científica ou artística. IV. De acordo com o Código Civil. consideram-se empresárias as sociedades anônimas. salvo se o exercício da profissão constituir elemento de empresa. Assinale: a) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO COMERCIAL DIREITO COMERCIAL 1. II.

d) se somente as afirmativas II. suspensiva ou resolutiva. sobre a compra e venda de suas ações. sem valor nominal. preferência para adquiri-las. estranhos ao capital social e podem ser emitidos por companhias abertas ou fechadas. em conjunto com as entidades sindicais que os representem. a) A falência do devedor empresário pode ser requerida com base em título de crédito prescrito. 4. de representantes dos empregados. ou do poder de controle deverão ser observados pela companhia quando arquivados no Registro do Comércio. b) se somente o item IV estiver correto. analise os itens a seguir: I. II e III estiverem corretos.101/05 não obsta o pedido de recuperação judicial pelo devedor que não houver descumprido obrigação no âmbito da concordata. d) A sentença que decretar a falência fixará o termo legal da falência. d) se somente os itens I. III. Assinale: a) se somente o item III estiver correto. III e IV estiverem corretas. de modo a lhes assegurar o preço igual a 100% (cem por cento) do valor pago por ação com direito a voto. III e IV estiverem corretos. escolhidos pelo voto destes. sem poder retrotraí-lo por mais de 60 (sessenta dias) contados do pedido de falência. direta ou indireta. Os acordos de acionistas. c) se somente os itens II e IV estiverem incorretos. de que o adquirente se obrigue a fazer oferta pública de aquisição das ações com direito a voto de propriedade dos demais acionistas da companhia. O estatuto poderá prever a participação. A alienação. II. do pedido de recuperação judicial ou do protesto por falta de pagamento. Assinale a alternativa correta. b) O devedor na falência deve ser citado para pagamento do valor devido ao credor. 5. integrante do bloco de controle. e) se somente os itens II. em eleição direta. do controle de companhia aberta somente poderá ser contratada sob a condição. organizada pela empresa. e) se todas as afirmativas estiverem corretas.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO COMERCIAL c) se somente as afirmativas I. e) As sociedades de arrendamento mercantil podem se beneficiar do instituto da recuperação. II e III estiverem corretas. no Conselho de Administração. Em tema de sociedades anônimas. desde que devidamente protestado. exercício do direito a voto. c) A existência de pedido de concordata anterior à vigência da Lei 11. . IV. As partes beneficiárias são títulos negociáveis.

ou por convenção posterior aprovada por dois terços dos sócios. b) de comércio praticados tão-somente pelo sócio gerente. os sócios podem limitar entre si a responsabilidade de cada um: a) no ato constitutivo. 7. obrigação líquida materializada em título ou títulos executivos protestados. a qual nenhuma eficácia terá contra o terceiro que dela possa ter conhecimento. c) Simular a transferência de seu principal estabelecimento com o objetivo de burlar a legislação ou a fiscalização ou para prejudicar credor. Assinale-a. o qual nunca poderá ser eficaz perante o terceiro. mesmo que dele tenha ou possa ter conhecimento. podem ser consideradas como atos de falência. d) somente se houver alteração no tipo de sociedade. salvo pacto limitativo de poderes. à exceção de uma. mas que poderá ser eficaz contra o terceiro que dele tiver declarado seu conhecimento.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO COMERCIAL 6. mesmo que exista disposição contrária no contrato social. obrigação assumida no plano de recuperação judicial. b) Transferir estabelecimento a terceiro. As condutas relacionadas nas alternativas a seguir. no prazo estabelecido. quando realizadas pelo devedor. b) no ato constitutivo. seus bens sociais responderão por atos: a) de gestão praticados por qualquer dos sócios. que somente terá eficácia contra o terceiro que o conheça ou deva conhecer. Enquanto não inscritos os atos constitutivos da sociedade em comum. sem prejuízo da responsabilidade perante terceiro. 8. c) no ato constitutivo. e) somente no ato constitutivo. independentemente de pacto expresso limitativo de poderes. e) de gerência praticados pelo sócio ostensivo. a) Deixar de pagar. Em uma sociedade em nome coletivo. ou por unânime convenção posterior. . o qual terá eficácia contra o terceiro tão-somente se este expressamente tiver declarado seu conhecimento. d) Dar ou reforçar garantia a credor por dívida contraída anteriormente sem ficar com bens livres e desembaraçados suficientes para saldar seu passivo. salvo disposição em contrário no contrato social. e) Deixar de cumprir. sem o consentimento de todos os credores e sem ficar com bens suficientes para solver seu passivo. no vencimento. credor ou não. d) de organização praticados pelos sócios participantes. c) de administração praticados pelos sócios cotistas. salvo pacto expresso limitativo de poderes. ou por convenção posterior aprovada pela maioria dos sócios.

d) o capital da sociedade poderá ser reduzido. a nomeação e destituição dos liquidantes e o julgamento das suas contas dependem da deliberação dos sócios. na omissão do contrato. a) Administração compartilhada. é correto afirmar que: a) a investidura do administrado deverá ter anuência da totalidade dos sócios. pois é um órgão de fiscalização e controle. pode ser transferida a terceiros. 10. c) Usufruto da empresa. e) Emissão de valores mobiliários. Em uma sociedade limitada. d) Alteração do contrato societário. e) o pedido de concordata. b) a quota de um sócio. c) o conselho fiscal é obrigatório. b) Redução do capital social. Assinale-a. se o capital já estiver integralizado. à exceção de uma. não podendo o credor quirográfico opor-se a essa redução. As alternativas a seguir constituem meios de recuperação judicial.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO COMERCIAL 9. mas é preciso que haja concordância de todos os demais sócios. de acordo com a Lei n. .101/05.º 11. mediante a correspondente modificação do contrato.

Ao autorizar os pagamentos. João decide apropriar-se de dinheiro pertencente à Prefeitura. respectivamente. a) peculato culposo. José da Silva. Auxiliado por seu irmão. peculato doloso e nenhum crime b) peculato doloso. Sua função é controlar a execução de determinados contratos licitados pela prefeitura.137/90. 1º da Lei 8. João cadastra a conta corrente de José como sendo de uma empresa que efetivamente presta serviços à Prefeitura. c) O Supremo Tribunal Federal autoriza que os processos administrativo e penal caminhem concomitantemente em razão da alta probabilidade de prescrição dos crimes caso fosse necessário aguardar o término do procedimento administrativo. e não de dano. José e Aremitas. 1º da Lei 8. a) O Supremo Tribunal Federal autoriza que os processos administrativo e penal caminhem concomitantemente em razão do princípio da independência das instâncias administrativa e penal. responsável pela conferência e liberação dos pagamentos autorizados por João. Assinale a alternativa que apresente corretamente o crime praticado por João. peculato doloso e peculato culposo c) peculato doloso. . João destina 90% dos recursos à conta verdadeira daquela empresa e 10% para a conta de seu irmão. lotado na Secretaria de Fazenda do Município do Rio de Janeiro. não observa os deveres de cuidado a que estava obrigado. estelionato e peculato culposo d) peculato doloso.137/90 são crimes de perigo. b) O Supremo Tribunal Federal não autoriza que os processos administrativo e penal caminhem concomitantemente em razão do princípio da independência das instâncias administrativa e penal. estelionato e nenhum crime 2. d) O Supremo Tribunal Federal não autoriza que os processos administrativo e penal caminhem concomitantemente porque não está presente uma condição objetiva de punibilidade e porque o lançamento definitivo é elemento do tipo. peculato doloso e nenhum crime e) estelionato. Assinale a alternativa que apresente corretamente como se manifestou o Plenário do Supremo Tribunal Federal acerca da necessidade de se aguardar o término do procedimento administrativo-fiscal para que se possa iniciar o processo penal por delito contra ordem tributária previsto no art. Aremitas Martins.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL 1. e) O Supremo Tribunal Federal autoriza que os processos administrativo e penal caminhem concomitantemente porque os tipos penais do art. e o desvio ocorre. João da Silva é funcionário público municipal concursado. especialmente a autorização para pagamento.

Cansado de cobrar a dívida de Maria pelos meios amistosos. salvo se houver previsão expressa na própria lei 4. assinale a afirmativa correta. José abre a bolsa de Maria. em continuidade delitiva. deixando a bolsa com os pertences de Maria no chão. situação em que prevalecerá a lei intermediária. Ao final das sevícias. Qual(is) o(s) crime(s) praticado(s) por José? a) Atentado violento ao pudor seguido de morte (crime preterdoloso).00 (dois mil reais). d) Estupro e homicídio qualificado em concurso material. como expressamente ressalvado na Constituição. José da Silva obrigou Maria de Souza a praticar com ele sexo oral e anal. c) Estupro seguido de morte (crime preterdoloso). e) Estupro e atentado violento ao pudor. José levou Maria até a beira de um rio. aplicando-se a fatos praticados anteriormente à sua vigência.00 (quinhentos reais). e) A lei penal posterior que de qualquer forma prejudicar o agente não se aplica aos fatos praticados anteriormente. Maria de Souza devia R$ 500.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL 3. A fivela da alça causa uma lesão leve no braço de Maria. 5. José retira a bolsa das mãos de Maria puxando-a com força. A respeito do tema da retroatividade da lei penal. com exceção daqueles que já tiverem sido objeto de sentença condenatória transitada em julgado.00 (quinhentos reais) a José da Silva e vinha se recusando a fazer o pagamento havia meses. ameaçando-a com uma arma de fogo. amarrou seu corpo em uma pedra e a atirou no rio para que morresse afogada e não pudesse noticiar o fato à polícia. desde que trate de crimes hediondos. Ao encontrar Maria fazendo compras no centro da cidade. b) A lei penal posterior que de qualquer forma favorecer o agente aplica-se aos fatos anteriores. constatando que ela levava consigo R$ 2. a) A lei penal posterior que de qualquer forma favorecer o agente não se aplica aos fatos praticados durante a vigência de uma lei temporária. Qual será a punição para o crime praticado por José? a) Incidirá na pena de roubo simples.000. b) Atentado violento ao pudor e homicídio qualificado em concurso material. tortura ou tráfico de drogas. d) Quando um fato é praticado na vigência de uma determinada lei e ocorre uma mudança que gera uma situação mais gravosa para o agente. e pega R$ 500. e homicídio qualificado em concurso material. salvo se houver a edição de uma outra lei ainda mais gravosa. . José decide obter a quantia que lhe é devida de qualquer forma. c) A lei penal mais gravosa pode retroagir. ocorrerá a ultratividade da lei penal mais favorável. b) Incidirá na pena de furto simples.

aplica-se a pena do crime consumado reduzindo-a de 1/3 a 2/3. e) Incidirá nas penas de exercício arbitrário das próprias razões. iniciando a fluência desse prazo no dia em que o ofendido vem a saber quem é o autor do crime. d) Incidirá nas penas de exercício arbitrário das próprias razões. analise as afirmativas a seguir: I. iniciando a fluência desse prazo no dia em que o ofendido vem a saber quem é o autor do crime. 7. II. antes do recebimento da denúncia ou da queixa. por ineficácia absoluta do meio ou por absoluta impropriedade do objeto. d) de dois meses. c) Não se pune a tentativa quando. reparar o dano ou restituir a coisa. é impossível consumar-se o crime. iniciando a fluência desse prazo no dia seguinte ao dia em que o ofendido vem a saber quem é o autor do crime. além da pena de furto simples. c) se apenas as afirmativas I e IV estiverem corretas. Considera-se desistência voluntária ou arrependimento posterior a conduta do agente que. a) Sempre que o agente. . IV. O prazo para o ajuizamento da queixa-crime é: a) de seis meses. III. diminuída de um a dois terços. pune-se a tentativa com a pena correspondente ao crime consumado. depois de consumado o crime. d) se nenhuma afirmativa estiver correta. b) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. Considera-se impossível o crime quando o meio utilizado pelo agente é relativamente incapaz de alcançar o resultado. Assinale: a) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. além da pena correspondente à violência. 6. comissivos e permanentes na forma omissiva não admitem tentativa. b) O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime exclui o dolo. repara o dano causado respondendo o agente somente pelos fatos praticados. sendo o dever de agir descrito no Código Penal. Assinale a afirmativa incorreta. c) de seis meses. e) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. a pena será reduzida de um a dois terços.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL c) Incidirá nas penas de exercício arbitrário das próprias razões. d) A omissão é penalmente relevante quando o omitente devia e podia agir para evitar o resultado. iniciando a fluência desse prazo no dia seguinte ao dia em que o ofendido vem a saber quem é o autor do crime. e) Salvo disposição em contrário. habituais próprios. se previsto em lei. ao passo que no arrependimento eficaz se aplica a pena do crime consumado reduzindo-a de 1/6 a 1/3. 8. por ato voluntário. e) enquanto não estiver prescrito o crime praticado. Relativamente ao Direito Penal Brasileiro. Os crimes unissubsistentes. mas permite a punição por crime culposo. b) de dois meses. Nos crimes tentados.

trata-se de um delito. b) entre a data da publicação da sentença condenatória a data do trânsito em julgado. quando. Assinale a afirmativa incorreta. na realidade. d) entre a data da publicação da sentença condenatória a data do recebimento da denúncia ou queixa. atuando como causa excludente de culpabilidade. o erro quanto à existência de uma causa excludente de ilicitude e o erro quanto aos limites de uma excludente de antijuridicidade são considerados descriminantes putativos. mas o comportamento pode ser punido a título culposo se o erro for escusável. no erro de proibição o agente acredita que nada faz de ilícito. a) O erro de tipo incide sobre os elementos que integram o tipo penal. c) do recebimento da denúncia ou da queixa a data do fato. d) No crime putativo. b) O erro de tipo exclui o dolo. Conforme lei nº 12. o agente crê estar cometendo um delito e age com consciência do ilícito. 10.234/2010. abrangendo qualificadoras. e) O erro quanto aos pressupostos fáticos de uma causa de exclusão de ilicitude. mas não é crime. a prescrição retroativa passou a ser contada somente entre: a) data do fato ao recebimento da denúncia ou da queixa.causas de aumento e agravantes. . c) O erro de proibição incide sobre a ilicitude do fato.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PENAL E PENAL ESPECIAL 9.

assinale a afirmativa incorreta. b) Estando o acusado no estrangeiro. receber a denúncia caso constate que há justa causa para a ação penal. assinale a alternativa correta. a citação far-se-á por carta ou qualquer meio hábil de comunicação. d) as provas requeridas pela Defesa deverão ser deferidas pelo juiz independentemente da pertinência que guardem com o objeto do processo. é correto afirmar que: a) em regra vigora o sistema da íntima convicção. deixar de comparecer sem motivo justificado. não comparecer. b) não sendo possível o exame de corpo de delito. e) são inadmissíveis no processo as provas produzidas por meios ilícitos. pois se aplica aqui o procedimento da Lei 9. no prazo de 10 (dez) dias. o juiz encaminhará o termo circunstanciado ao juízo comum para a adoção do procedimento previsto em lei. Em tema de prova penal.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO PENAL PROCESSO PENAL 01. Com relação ao tema citações. b) Obtida a composição dos danos civis. d) rejeitar desde logo a denúncia. após o interrogatório. o juiz não ficará adstrito ao laudo. Oferecida denúncia em face do acusado. ficarão suspensos o processo e o curso do prazo prescricional. por haverem desaparecido os vestígios. podendo aceitá-lo ou rejeitá-lo. . o Ministério Público deverá promover o arquivamento do termo circunstanciado. c) em crime que deixa vestígios. a) No processo penal o réu que se oculta para não ser citado poderá ser citado por hora certa na forma estabelecida no Código de Processo Civil. caberá ao juiz: a) designar audiência de instrução e julgamento. e) Se o réu estiver preso. d) O processo seguirá sem a presença do acusado que. será pessoalmente citado. 02. c) designar audiência do acusado e. b) examinar se há justa causa para a ação penal e em seguida receber a denúncia. a confissão poderá suprir-lhe a falta. em crime de ação penal pública incondicionada. c) Se o acusado. por escrito. pelo qual o juiz formará sua convicção pela livre apreciação da prova. citado por edital. salvo quando servirem para esclarecer dúvida sobre ponto relevante. citado ou intimado pessoalmente para qualquer ato. e) ordenar a notificação do acusado para oferecer defesa prévia. pela prática do crime de expor à venda drogas (artigo 33 da Lei 11. mandar citar o réu e notificar o Ministério Público e as testemunhas. 03. Em tema de Juizados Especiais Criminais. 04.343/06). a) Não encontrado o acusado para ser citado. estando dispensado de motivá-la. no todo ou em parte. nem constituir advogado.099/95. em lugar sabido.

porque supostamente teria jogado um bebê recém nascido no rio. Há. b) impronunciar o acusado. Os responsáveis pela prisão foram dois policiais civis que realizavam diligências no local a partir de uma denúncia anônima. c) cabe recurso em sentido estrito. . 06. o juiz indeferiu o requerimento do Ministério Público. 07. assinale a alternativa correta.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO PENAL c) Havendo representação ou tratando-se de crime de ação penal pública incondicionada. Dessa decisão: a) não cabe recurso. quando estava em sua casa assistindo à televisão. embora a condenação pelo novo crime tenha sido proferida durante o período de prova do livramento. e) Caberá apelação da decisão que receber a denúncia ou a queixa. e) condenar o acusado como autor de homicídio simples. salvo se o autor da infração tiver sido beneficiado anteriormente. por meio de transação penal. previsto no art. A esse respeito. nos autos. laudo de exame de corpo de delito. pela aplicação de pena restritiva ou multa. d) pronunciar o acusado. b) cabe apelação. d) Não cabe aplicação de penas alternativas ou substitutivas. I. a) Trata-se de flagrante próprio. no prazo de 10 (dez) anos. A primeira fase do procedimento do júri é encerrada sem que as testemunhas arroladas pelas partes tenham sido encontradas e ouvidas. caberá ao juiz: a) proferir decisão de desclassificação e. O Ministério Público requer ao juiz a suspensão e posterior revogação de livramento condicional. após o trânsito em julgado. pois bastam os indícios do inquérito policial para fundamentar essa decisão. Aludindo ao fato de que. isso porque o apenado foi preso durante o período de prova e terminou condenado pela prática de novo crime. o trânsito em julgado somente ocorreu após o término do citado livramento. e) cabe carta testemunhável. o Ministério Público poderá propor a aplicação imediata de pena restritiva de direitos ou multa. determinar a remessa dos autos ao juízo comum. 302. d) cabe agravo. do Código de Processo Penal. 05. c) absolver sumariamente o acusado. Após as alegações finais das partes. Manoela de Jesus foi presa em flagrante. Agá é denunciado como autor de homicídio qualificado por motivo torpe. Ao realizar a prisão os policiais identificaram Manoela a partir da descrição fornecida pela denúncia anônima.

O processo seguiu seu curso ao longo dos anos e o deputado foi reeleito para outros dois mandatos. 302. 09. o deputado renunciou a seu cargo e seu advogado requereu ao Supremo que se declarasse incompetente para processar e julgar aquela ação penal. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. assinale a alternativa correta. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. previsto no art. c) se somente a afirmativa III estiver correta. previsto no art. O juiz poderá ordenar o sequestro ainda antes de oferecida a denúncia ou queixa mediante representação da autoridade policial. Relativamente ao tema medidas assecuratórias. remetendo-a para um dos Tribunais do Júri de Belém. previsto no art.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO PENAL b) Trata-se de flagrante próprio. fixada a competência do foro por prerrogativa de função. ela não se modifica. A esse respeito. Deputado federal do Estado do Pará é acusado de matar sua esposa. III. b) se somente a afirmativa II estiver correta. c) A prisão é ilegal. do Código de Processo Penal. b) O Supremo Tribunal Federal deve acolher o pedido do advogado e declinar da competência para um dos Tribunais do Júri de Belém. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. e) Trata-se de flagrante impróprio. do Código de Processo Penal. O crime ocorreu no curso do mandato parlamentar na cidade de Belém. III. 302. adquiridos pelo indiciado com os proventos da infração. II. já que se trata de competência fixada na Constituição que prevalece sobre a de prerrogativa de foro. do Código de Processo Penal. 08. d) Trata-se de flagrante presumido. a) O deputado federal deveria ter sido processado desde o início perante o Tribunal de Júri. analise as afirmativas a seguir: I Caberá o seqüestro dos bens imóveis. O sequestro será levantado se a ação penal não for intentada no prazo de sessenta dias. II. Encerrado o inquérito policial. pois não está presente nenhuma das situações autorizadoras da prisão em flagrante. c) O Supremo Tribunal Federal deve rejeitar o pedido do advogado. contado da data em que ficar concluída a diligência. mesmo que o réu deixe de ocupar o respectivo cargo. quando finalmente o Ministro Relator da ação penal originária pediu data para que fosse iniciado o julgamento pelo Plenário. . a denúncia foi oferecida contra o deputado perante o Supremo Tribunal Federal. ainda que já tenham sido transferidos a terceiro. IV. Com receio de ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal. pois. 302.

e) Quando necessária para garantir a ordem econômica. 10. é incorreto afirmar que: a) o princípio da presunção de inocência recomenda que em caso de dúvida o réu seja absolvido. seja nas alegações orais.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO PENAL d) O Supremo Tribunal Federal deve rejeitar o pedido do advogado. d) Além de permanecer calado. b) o princípio da presunção de inocência recomenda que processos criminais em andamento não sejam considerados como maus antecedentes para efeito de fixação de pena. a) O silêncio do réu não importará em confissão nem poderá ser valorado pelo juiz em prejuízo da defesa para efeito de condenação. negar a verdade ou mentir durante seu interrogatório judicial. tudo que disser em seu interrogatório poderá ser anulado posteriormente. mas poderá ser valorado na fixação da pena base no aspecto da personalidade do criminoso. c) O réu tem o direito de permanecer calado. b) Quando conveniente para a instrução criminal. 11. 312 do Código de Processo Penal como um dos requisitos para a decretação da prisão preventiva? a) Quando necessária para assegurar a aplicação da lei penal. pois o deputado não tinha o direito de renunciar ao cargo apenas para protelar o julgamento. e) o princípio da vedação de provas ilícitas não é absoluto. 12. a remessa do feito à Justiça Comum do Estado do Pará acabará acarretando a prescrição da pretensão punitiva. Qual dos elementos abaixo não está previsto no art. Relativamente aos princípios processuais penais. e) Se o réu não for previamente advertido de seu direito de permanecer em silêncio. d) Quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria. b) O réu tem o direito de entrevistar-se reservadamente com seu advogado antes de seu interrogatório judicial. dado o tempo já decorrido desde o fato. . seja nas alegações finais escritas. sendo admissível que uma prova ilícita seja utilizada quando é a única disponível para a acusação e o crime imputado seja considerado hediondo. c) Quando imprescindível para apaziguar o clamor público. c) os princípios do contraditório e da ampla defesa recomendam que a defesa técnica se manifeste depois da acusação e antes da decisão judicial. Assinale a afirmativa incorreta. pois. d) o princípio do juiz natural não impede a atração por continência nos casos em que o co-réu possui foro por prerrogativa de função quando o réu deveria ser julgado por um juiz de direito de primeiro grau. o réu tem o direito de recusar-se a fornecer material para exame grafotécnico. e) O Supremo Tribunal Federal deve rejeitar o pedido do advogado. tratando-se de medida claramente protelatória e tumultuária.

dia e hora para seu prosseguimento. e) Adiada. O juiz nomeará curador ao acusado. O exame de sanidade mental somente poderá ser ordenado após iniciada a ação penal. Com relação ao tema intimação. c) se somente a afirmativa III estiver correta. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. a instrução criminal. II. salvo quanto às diligências que possam ser prejudicadas pelo adiamento. do defensor. 15. quando determinar o exame. analise as afirmativas a seguir: I. do que se lavrará termo nos autos. c) em caso de estar alguém sofrendo ou se achar na eminência de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção por ilegalidade ou abuso de poder. a) A intimação do defensor constituído feita por publicação no órgão incumbido da publicidade dos atos judiciais da comarca deve. d) exclusivamente em caso de estar alguém ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção por ilegalidade. do curador. por mandado. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. III. o juiz ordenará.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO PENAL 13. necessariamente. b) exclusivamente em caso de estar alguém ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção por ilegalidade ou abuso de poder. Relativamente ao tema incidente de insanidade. a intimação far-se-á diretamente pelo escrivão. de ofício ou a requerimento do Ministério Público. ou via postal com comprovante de recebimento. c) No processo penal. 14. e) em qualquer caso que alguém sofrer ou se achar na eminência de sofrer ameaça em liberdade individual e não couber a impetração de mandado de segurança ou hábeas-data. contam-se os prazos da juntada aos autos do mandado ou da carta precatória ou de ordem. na presença das partes e testemunhas. ficando suspensa a ação penal já iniciada. assinale a afirmativa incorreta. irmão ou cônjuge do acusado. o juiz marcará desde logo. por qualquer motivo. e não da data da intimação. . descendente. entretanto. d) Quando não houver órgão de publicação dos atos judiciais na comarca. b) se somente a afirmativa II estiver correta. A ordem de habeas corpus deve ser concedida: a) exclusivamente em caso de estar alguém sofrendo violência ou coação em sua liberdade de locomoção por ilegalidade ou abuso de poder. seja este submetido a exame médico-legal. conter o nome do acusado. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. Quando houver dúvida sobre a integridade mental do acusado. o abuso de poder. ou por qualquer outro meio idôneo. sob pena de nulidade. excluindo-se. b) A intimação do Ministério Público e do defensor nomeado será pessoal. do ascendente.

e) responsabilidade pelo risco. c) prescricional de 2 anos. capaz ou não. risco para os direitos de outrem. c) o abuso de direito foi regulamentado pelo Código Civil e traduz-se em um limite ao exercício de um direito subjetivo. e) compensatória. c) responsabilidade objetiva. 2. b) decadencial de 1 ano. Quando a lei atribui a um sujeito de direito o dever de indenizar os danos devidos à ação culposa de outro. é: a) prescricional de 1 ano. b) responsabilidade complexa. . d) responsabilidade por culpa presumida. b) foi adotada a teoria do risco integral quando determina a responsabilidade civil independentemente de culpa daquele que causar danos em decorrência de atividade normalmente desenvolvida que implique. O contrato de fiança. há: a) responsabilidade por simples culpa. Entretanto. é correto afirmar que a) aquele que ressarcir o dano causado por outrem pode reaver o que houver pagado daquele por quem pagou.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL 1. d) educativa. 4. 5. inserido em contrato formulário. salvo se o causador do dano for descendente seu. A principal função da responsabilidade civil é: a) sancionatória. b) punitiva. d) legítimo. d) decadencial de 2 anos. a abordagem do Código não permite que o abuso de direito dê azo à reparação civil dos danos alegadamente causados. sem observância dos requisitos legais. b) ineficaz. que contenha cláusula de renúncia antecipada de benefício de ordem é: a) irregular. por sua natureza. c) anulável. 3. O prazo para anular venda de ascendente para descendente. e) nulo. e) prescricional de 6 meses. Em sede de responsabilidade civil e de acordo com o Código Civil vigente. c) retributiva.

Mévia convida Tícia. Nero tem direito à reparação integral dos danos causados. III. apodera-se das chaves do veículo de propriedade de Caio. sua melhor amiga. menor de idade. analise as afirmativas a seguir: I. objetiva. Neste caso. na vigência do atual Código Civil.0. para cujo pagamento se estabeleceu prazo certo. V. inclusive moral. 7. Assinale a alternativa correta. pelos danos por ela causados. quando a prestação devida tornar-se inútil por mora do devedor. e) O credor. os eventos são de responsabilidade exclusiva e pessoal da menor Mévia. Diante do exposto acima. Mévia. genitor de Mévia. com treze anos de idade a realizar um passeio pela aprazível cidade de Macapá. Conduzindo o veículo citado. c) A mora do credor possui o condão de afastar do devedor a responsabilidade pela conservação da coisa. com quem habita diante do falecimento de sua mãe. IV. a constituição da mora é automática. b) O devedor em mora sempre responde pela impossibilidade da prestação. composta de esposa e quatro filhos. que responderá com os bens do seu patrimônio pessoal. a) A mora ex re deriva de inadimplemento de obrigação. a condutora colide com um poste. . d) Os juros de mora são contados desde a constituição do devedor em mora. Caio. mesmo que este último atue dolosamente. e) a obrigação de indenizar e o valor dela decorrente são pautados pela justa medida do dano causado aliado ao princípio da restitutio in integrum. tem direito de regresso contra a sua filha. derrubando-o e atingindo a residência de Nero que estava no local na hora do evento com sua família. pode exigir deste a satisfação das perdas e danos cumulada com a prestação de obrigação alternativa. considerado possante e capaz de desenvolver grande velocidade. sem necessidade de interpelação judicial ou extrajudicial do credor. à revelia do seu genitor Caio. na mesma medida da improcedência da ação penal por insuficiência probatória. Dada a ausência de habilitação regular. do seu veículo e de um quarto de hóspedes. no momento do acidente desocupado. a responsabilidade civil de Caio é. apenas prejuízos provocados pela perda total do veículo e pela destruição da garagem da residência de Nero.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CIVIL d) a ação que versa sobre responsabilidade civil depende da procedência da ação criminal quanto à existência do fato e à sua autoria. ainda que esta decorra de caso fortuito ou força maior. 6. a ausência de culpa por parte de Caio não é capaz de elidir sua responsabilidade. positiva e líquida. II. dotado de motor 2. Não houve danos físicos às pessoas envolvidas. contando quatorze anos. no caso da mora ex persona.

9. II e V forem verdadeiras. O contrato foi iniciado em 2003 e teve término em 2004. A consequência desta cláusula é a assunção integral do risco da evicção pelo evicto. com viagens constantes. há regra especial que estabelece prazo quinquenal como sendo de prescrição. expressamente. c) nos contratos de consumo. IV e V forem verdadeiras. Restou pendente pagamento correspondente a R$ 50. . c) sendo a relação de trato sucessivo.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CIVIL Assinale: a) se somente as afirmativas II. no caso. é correto afirmar que: a) a pretensão de Terêncio segue a regra geral de dez anos como prazo prescricional. o produtor responde objetivamente pelos produtos postos em circulação. a interpretação adotada será favorável ao aderente. Terêncio. temos a nulidade da compra. para prestar serviços profissionais de consultoria jurídica. mesmo que a alienação ocorra em hasta pública. as partes podem acordar. em contrato paritário. em geral. Citada a empresa. é correto afirmar que: a) nos casos de onerosidade excessiva superveniente.000. exceto se este apôs qualquer cláusula no contrato em questão. e) se somente as afirmativas I e V forem verdadeiras. mas o fornecedor de serviços responde sempre que verificada a existência da sua culpa.00 (cinquenta mil reais). e) na ambiguidade ou contradição das cláusulas de contrato de adesão. Terêncio somente pode promover a ação de cobrança no ano de 2010. a prescrição é renovada mês a mês. c) se somente as afirmativas II e III forem verdadeiras. por servidores públicos. d) na evicção. ou que estejam sob sua administração direta ou indireta. Diante de tais fatos e à luz da legislação civil em vigor. à parte prejudicada cabe a possibilidade de resolver o contrato judicialmente. 8. de bens e direitos da pessoa jurídica a que servirem. falar de prescrição. alegou a existência de prescrição da pretensão autoral. foi contratado pela empresa Caçarola e Cuia Ltda. d) se somente as afirmativas I. advogado. b) há limitações legais ao princípio da liberdade de contratar em razão do princípio da moralidade. Em relação aos contratos. b) no caso em tela. brasileiro. Como exemplo. mas não de pleitear a sua revisão. b) se somente as afirmativas II e IV forem verdadeiras. Tendo em vista suas inúmeras responsabilidades profissionais. que abre mão do direito de receber o preço que pagou pela coisa evicta. não se podendo. III. sendo baldadas todas as tentativas de recebimento amigável. a exclusão da responsabilidade pela evicção.

b) se somente a afirmativa II for verdadeira. Semprônio realiza contrato de mútuo com Terêncio. O contrato de fiança somente estabelece a responsabilidade do fiador no período avençado no contrato. na condição de fiador. intercede Esculápio. credor e devedor ajustam a prorrogação do contrato. e) se todas as afirmativas forem verdadeiras. deveria haver reembolso diante do prazo prescricional incidente.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO CIVIL d) caso a ré pagasse a dívida. incidentes juros legais. sem correção monetária. e) o prazo prescricional em tela seria de três anos. o devedor. Para garantir a avença. Diante do exposto. emprestando a quantia de R$ 20. II. renunciando ao benefício de ordem. credor e fiador estão proibidos de estabelecer a referida garantia no contrato. pelo período do contrato. a fiança pode se prorrogada. 10. Assinale: a) se somente a afirmativa I for verdadeira. Após o período de dificuldades. não informando tal situação ao fiador. deixa de quitar algumas prestações. I. analise as afirmativas a seguir. Não concordando o devedor com a fiança. d) se somente as afirmativas I e III forem verdadeiras. Mediante aquiescência do credor. . do devedor e do fiador.000. No curso da avença. c) se somente as afirmativas I e II forem verdadeiras.00 para pagamento em dez prestações. por motivos de doença da família. III.

entre duas demandas. os advogados Semprônio Silveira e Esperidião Matoso. formulando pedido condenatório contra ambos. os réus contratam. é vedado ao autor desistir da ação sem o consentimento do réu. considera-se prevento aquele que realizou a citação válida em primeiro lugar. a reconvenção e a exceção de incompetência relativa do juízo devem ser oferecidas simultaneamente e em peças autônomas. aos autos. d) Indeferida a petição inicial e apresentada apelação tempestiva pelo autor. 2. d) O prazo. e) Quando. Assinale-a. em qualquer hipótese. houver identidade de partes e de causa de pedir. ainda que especial. . ações conexas perante juízes de mesma competência territorial. respectivamente. e) Dentre todas as questões preliminares que os réus devem alegar em preliminares de contestação. abranger o das outras. mas o objeto de uma. é vedado. assinale a alternativa correta. c) Ultrapassado o prazo para apresentação das contestações. aos réus. À EXCEÇÃO DE uma alternativa. c) Transcorrido o prazo para a resposta. deduzir novas alegações. antes de encaminhar os autos ao tribunal competente. a) As competências fixadas em razão do valor e do território podem ser modificadas por conexão ou continência.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL 1. a) Os prazos para cada um dos réus será computado em quádruplo para contestar e em dobro para recorrer e falar nos autos. para que apresentem as respectivas respostas. b) A contestação. por ser mais amplo. sendo a segunda consequência da primeira. Caio da Silva propõe demanda em face de Tício Fonseca e Mévio da Cunha. As afirmações abaixo são verdadeiras. 3. do respectivo mandado de citação devidamente cumprido. a) As ações relativas a imóveis situados no território nacional somente podem ser propostas no Brasil. b) Correndo. em separado. darse-á a continência. exercer prévio juízo de retratação no prazo de 48 (quarenta e oito) horas. a única matéria que o juiz não pode conhecer de ofício é a existência de compromisso arbitral eventualmente existente entre as partes. é facultado ao juiz. Devidamente citados. para a contestação de cada réu começa a correr da data da juntada. Relativamente aos atos processuais e às respostas dos réus. razão pela qual se trata de hipótese de competência internacional exclusiva. em razão da preclusão temporal e/ou consumativa. Assinale a afirmativa INCORRETA.

A audiência é una.2009. de critério absoluto de fixação de competência. Após. houve contradita pelas partes em relação a três testemunhas arroladas. o procedimento foi realizado corretamente. o ato realizou-se.07. consoante disposição legal. analise as afirmativas a seguir. que declinará de competência para o juízo de domicílio do réu. 4.2009. foi designado o dia 14. IV. qualificação e endereço e duas novas testemunhas. o valor da causa é critério irrelevante para a escolha do procedimento. sem a remessa dos autos ao órgão que eventualmente fosse considerado como o competente. c) A incompetência absoluta do juízo é vício relacionado a pressuposto processual de existência. e) se somente as afirmativas II. sendo certo que as audiências posteriores são designadas como de continuação. d) se somente as afirmativas I. b) se somente a afirmativa I estiver correta. Pelo teor da matéria discutida. I.00. Finda a audiência.06. razão pela qual pode ser declarada de ofício pelo juiz. sendo interposto recurso retido nos autos. razão pela qual seu reconhecimento deve gerar a extinção do processo. III e V estiverem corretas. Mantido o procedimento sumário. requerendo sua oitiva no dia 14. III. .2009. d) Quando. portanto. buscando indenização. não sendo possível qualquer acordo. V. mas seus atos podem ser realizados em momentos temporais distintos. A audiência de instrução e julgamento restou designada para o dia 30. anexa aos autos. rol com nome. e) Ainda que a competência territorial seja. Caio Túlio. sendo a audiência de conciliação designada para o dia 02 de abril de 2009. às 14:00 horas. por falta de comprovação de qualquer circunstância de incapacidade. II.2009.07. A oitiva de novas testemunhas requeridas pelo autor seria possível uma vez que foi apresentado o rol no prazo legal. por meio do procedimento sumário. em face de B e B S/A. dando à causa o valor de R$ 100. entre dois juízos. às 14:00 horas para o término do ato. em regra. a fixação de cláusula de eleição de foro em contrato de adesão é vício cuja sanção é de nulidade. impedimento ou suspeição dos depoentes. inconformado com o teor dos depoimentos de suas testemunhas. Pelo adiantado da hora. tratando-se. por dano moral e material. com a oitiva das testemunhas arroladas e com o depoimento pessoal das partes.07. II e III estiverem corretas. Diante de tal enunciado. Aberta a audiência. c) se somente as afirmativas III e IV estiverem corretas.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO CIVIL b) A competência dos órgãos recursais é de natureza funcional. fica evidenciada a divergência sobre a competência dos órgãos jurisdicionais. Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. Caio Túlio propõe ação condenatória. surge controvérsia acerca da reunião de processos distintos. presidida pelo ilustre magistrado Mévio da Silva. relacionada a critério relativo de competência. sendo o requerimento rejeitado. poderá o magistrado proferir sentença.000. aos 07. razão pela qual deve ser iniciado o incidente processual denominado conflito de competência.

b) se somente a afirmativa I estiver correta. com domicilio em Belém/PA. e) se somente as afirmativas I. c) se somente a afirmativa III estiver correta. I. O recurso da decisão que julga a exceção de incompetência é o agravo de instrumento. sendo o valor da causa de R$ 10. brasileiro. havendo recurso. d) se somente as afirmativas II e IV estiverem corretas. sendo recolhida a diferença de custas. pendente de exame pelo órgão judiciário responsável pela revisão do julgado. Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. exceção de incompetência e reconvenção. casado. aduzindo a quebra de contrato para fornecimento de materiais a serem utilizados em planta industrial. como questões preliminares. A apresentação de exceção de incompetência e de impugnação ao valor da causa tem condão de suspender o processo. Após os trâmites de estilo. economista. A autoridade coatora indicada foi o Procurador-Geral da República. aduzindo contestação.Observado o enunciado acima. A prescrição não está arrolada no Código de Processo Civil como matéria preliminar. a exceção foi rejeitada. o processo tramitou normalmente. mantida a competência do Juízo. A decisão final do Tribunal competente concluiu que não houve a caracterização de ato abusivo ou ilegal por parte da autoridade indicada no mandamus. O réu. O processo foi suspenso para decidir a exceção de incompetência e a impugnação ao valor da causa. Aduziu. sem que ter concluído o tempo de atividade jurídica exigido após a Emenda Constitucional nº 45. apresenta defesa.00 (cem milhões de reais). Caio Túlio.000. pelo procedimento ordinário. O magistrado identificou a necessidade de prova pericial. que incluiu tal requisito. Após o processamento dos recursos. e a impugnação foi acolhida. II. além de peça autônoma. nomeando perito. IV. pretende candidatar-se ao cargo de Procurador da República. As decisões que julgam a impugnação ao valor da causa e a exceção de incompetência são consideradas sentenças.00 (dez milhões de reais).3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO CIVIL 5. II e III estiverem corretas. . agora sobre as preliminares.000. Diante de tal enunciado. analise as afirmativas a seguir. sendo prolatada sentença de procedência do pedido. em face da empresa HXO S/A. Belém/PA. 6. que foram rejeitadas. III. A medida liminar foi deferida e o candidato obteve aprovação em todas as fases do concurso público. impugnando o valor da causa. C e D Ltda. tendo a prova seguido os trâmites normais O processo prossegue. sendo proferida nova decisão. regularmente citado. a inépcia da exordial e a prescrição da pretensão autoral. apresenta ação. As partes recorreram das decisões proferidas. residente à Rua do Bispo nº 01. O edital do concurso foi redigido em obediência à decisão do Conselho Nacional do Ministério Público.000.000. analise as afirmativas a seguir.A parte ré apresentou recurso retido nos autos. fixado o novo valor em R$ 100.

No Mandado de Segurança. sem vinculação a caso concreto. comerciante. Assinale: a) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. III. pode ser comprovado. o recurso ofertado contra sentença seria recebido no duplo efeito. I. O recurso indicado no texto e adequado contra a decisão que negou provimento ao recurso que atacou a sentença seria o especial ou o extraordinário. o que foi rejeitado pelo magistrado. b) se somente as afirmativas I e IV estiverem corretas. II. Após tal período. com o fito de depositar todos os valores devidos em Juízo. regra geral. que. 7. O tempo de atividade jurídica exigido pela Constituição. Belém/PA. Mandado de Segurança depende. o adquirente do imóvel propõe ação de Consignação em Pagamento. casado. Belém/PA. e) se somente as afirmativas II. novo recurso. proferiu sentença de procedência do pedido. brasileiro. mediante o pagamento de cinquenta prestações. Surgem dúvidas quanto ao local do pagamento. mensais e sucessivas. impedindo a execução provisória. residente à Rua da Matriz nº 1000. casado. Observadas tais circunstâncias. II. A norma do edital do concurso pode ser atacada por meio de Mandado de Segurança. A inadmissão do recurso especial na origem implica a formação de coisa julgada. Em uma das cláusulas contratuais ficou estabelecido o pagamento da prestação até o quinto dia útil de cada mês subsequente. Sendo a autoridade impetrada o Procurador-Geral da República. sem exame de mérito. improvido. Após a constatação de que o autor havia paralisado os depósitos das prestações vincendas. No caso concreto. O réu foi regularmente citado e apresentou contestação. Orientado por advogado. de prova préconstituída. advogado. inadmitido na origem e provido mediante agravo. por testemunhas. com Marco Aurelio Comodo. por decisão proferida por Ministro do Superior Tribunal de Justiça. a liminar deve sempre ser deferida. Houve recurso. Obrigadoa). o órgão competente para julgamento seria o Supremo Tribunal Federal. após a emenda constitucional nº 45. caracterizada a falta de interesse. não formulando reconvenção e nem propondo ação de cobrança ou de rescisão contratual. no Mandado de Segurança. .4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO CIVIL I. bem como os pertinentes aos seis meses subsequentes à distribuição da peça exordial. residente à Rua do Bispo nº 100. III. estabelece contrato de compra e venda de um bem imóvel. a seguir. requereu o réu a extinção do processo. analise as afirmativas a seguir. não ocorrendo a conciliação extrajudicial. brasileiro. V. c) se somente as afirmativas IV e V estiverem corretas. Caio Túlio. III e IV estiverem corretas. não mais existem depósitos apresentados. III e IV estiverem corretas. O depósito inicial é realizado. Em seguida. d) se somente as afirmativas I. IV.

Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta.00. Diante das circunstâncias. como ato de resposta. contrato de abertura de conta corrente com o Banco do Povo S/A. é possível a execução provisória do julgado. Pendente recurso especial. Baldados foram os esforços no sentido de obter o pagamento da dívida. tendo o valor da dívida atingido R$ 20. A dívida originária do denominado cheque especial deve ser cobrada mediante execução baseada em título extrajudicial. permitindo a ação monitória. O trâmite da ação monitória ocorre através de procedimento especial de jurisdição contenciosa. III. analise as afirmativas a seguir. incluído no contrato empréstimo. no ano de 1996. e) se somente as afirmativas II. A ação monitória permite a apresentação de embargos. III e V estiverem corretas. Caio Túlio realiza.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO PROCESSO CIVIL IV. mediante concessão de crédito automático. c) se somente as afirmativas III e V estiverem corretas. b) se somente a afirmativa I estiver correta. Em fevereiro de 2009. II. d) se somente as afirmativas II. IV. por ter sido dela dispensado. .000. que depositava o seu pagamento em conta-corrente. V. II e V estiverem corretas. postulando a citação do devedor e a realização de penhora on line. c) se somente as afirmativas III e V estiverem corretas. I. Na ação de consignação em pagamento os depósitos das prestações vincendas não acarretam falta de interesse. b) se somente a afirmativa I estiver correta. Durante longos anos.Observados tais fatos. tendo se desligado da empresa PEÇAS E PEÇAS Ltda. denominado de cheque especial. não mais quitou a dívida o correntista.. Não cabe exceção de pré-executividade em execução lastreada em título extrajudicial. para impugnar o postulado na peça exordial. a instituição financeira atualizou o valor da dívida e requereu a execução extrajudicial. O contrato de abertura de crédito é um documento que exprime o valor certo da dívida. e) se somente as afirmativas I. V. 8. Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. O réu foi regularmente citado e apresentou exceção de pré-executividade. d) se somente as afirmativas I. IV e V estiverem corretas. IV e V estiverem corretas. o correntista recebeu o empréstimo e realizou sua quitação.

observada a Lei 7. As estabilidades da gestante. c) O afastamento da mulher vítima de violência por até 6 meses é caso de interrupção do contrato de trabalho. A empresa terá alguns incentivos. II e IV estiverem corretas. No que tange ao Trabalho do Menor. do dirigente sindical e do acidentado são garantidas durante o curso do contrato de trabalho. desde que respeitado o prazo máximo de dois anos previsto no caput do art. mas o empregador continua obrigado ao depósito do FGTS e o tempo de serviço é computado para todos os efeitos.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO 1. a) A participação de empregado em movimento grevista implica suspensão do contrato de trabalho. d) Quando dirigente sindical tiver que se ausentar por motivo de viagem internacional representando o sindicato. IV. no entanto. em qualquer caso. 2. ficando o empregador. Em relação ao contrato de trabalho instituído pela Lei de Estímulo aos Novos Empregos . assinale a afirmativa correta. trabalhadores substitutos. as horas de trabalho computadas não poderão ultrapassar 40 horas semanais. O valor da indenização de rescisão antecipada devida pela parte que der causa imotivada a ela será previsto na norma coletiva. Assinale: a) se apenas as assertivas I.783/89. II e V estiverem corretas. podendo. entre eles. b) Durante a suspensão do contrato o empregador não pode despedir os empregados que aderiram ao movimento grevista. II. e) A partir do 15º dia do acidente de trabalho. II. V. é correto afirmar que: a) quando o menor de 18 (dezoito) anos for empregado em dois estabelecimentos. 445 da CLT. c) se apenas as assertivas II. A prorrogação por mais de uma vez é permitida. o contrato é suspenso. uma redução na ordem de 2% (dois por cento) na contribuição para o FGTS ao mês. tendo em vista a intenção social da lei. III. A respeito do tema Suspensão e Interrupção do Contrato de Trabalho. b) se apenas as assertivas I. e) se todas as assertivas estiverem corretas. IV e V estiverem corretas.601/98 considere as seguintes assertivas: I. hipótese de suspensão do contrato. . 3. III e IV estiverem corretas. autorizado a não efetuar o pagamento dos salários nos dias de paralisação. portanto. d) se apenas as assertivas I. estando garantido o pagamento dos salários do período. contratar.Lei 9. o tempo de ausência caracteriza-se como licença não-remunerada. Ao término da duração do contrato será indevida a indenização sobre os depósitos do FGTS e aviso prévio.

de acordo com a CLT. mas no período de férias escolares deverão ser compensadas as faltas ocasionadas nos dias de prova. a concessão fracionada das férias. O trabalho noturno da mulher é permitido. Considere as seguintes assertivas sobre o Trabalho da Mulher e a Proteção à Maternidade: I. . d) se somente quatro assertivas forem falsas. é necessária a existência de creches para assistência gratuita aos filhos e dependentes do trabalhador do sexo feminino ou masculino desde o nascimento até 6 (seis) anos de idade. sendo devido o adicional noturno de 25% (vinte e cinco por cento) no mínimo. Assinale a alternativa que indique o princípio do Direito do Trabalho que prevê a proteção dos salários contra descontos não previstos em lei. A mãe adotiva tem direito à licença-maternidade pelo período de 120 (cento e vinte) dias e ao salário-maternidade. c) de cobrar o salário em dobro após três meses de mora. Para amamentar o próprio filho até que complete 6 (seis) meses. VI. V. de meia hora cada um. O atraso no pagamento dos salários dará direito ao empregado: a) de exigir recibo expresso do não-pagamento dos valores. b) Princípio da primazia da realidade. 6.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO b) o empregador é obrigado a conceder ao menor o tempo necessário para a freqüência às aulas. c) se somente três assertivas forem falsas. e) de aplicar justa causa ao empregador. Assinale: a) se somente uma assertiva for falsa. Ao empregador é vedado utilizar a empregada em atividades que impliquem o emprego de força muscular igual ou superior a 20 (vinte) quilos para o trabalho contínuo. b) de receber multa de 30% sobre os valores devidos. Em consonância com a Constituição Federal/88. c) aos menores de 18 anos é proibida. 5. a mãe terá direito a três intervalos especiais. a idade mínima para trabalhar com produtos farmacêuticos e em minas de subsolo é de 21 anos. d) ao menor é proibido cumprir horas extraordinárias em razão de exigências rotineiras e permanentes da empresa. a) Princípio da unidade salarial. e) se todas as assertivas forem falsas. II. e) a capacidade plena é concedida ao trabalhador a partir de 18 anos. b) se somente duas assertivas forem falsas. d) de reduzir a carga horária de trabalho. 4. no entanto. III.

d) Princípio da legalidade. no valor de trinta vezes o salário mínimo vigente na data do ajuizamento da reclamação. e) salário absoluto. 11. No Direito do Trabalho. c) paralisação. 9. Nos termos da Consolidação das Leis do Trabalho. originariamente. e) Tribunal Superior do Trabalho. e) Princípio da intangibilidade. Assinale a alternativa que apresente o Tribunal competente para julgar. . b) Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. d) descontinuidade. sem que haja pagamento total ou parcial dos salários. a) Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região. 10. dissídio coletivo em que seja parte entidade sindical dos bancários. e) formal. d) Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. b) salário garantido. d) especial. 8. b) interrupção. c) material autônoma. c) ordinário. c) salário-base. o acordo coletivo é classificado como uma fonte: a) jurisprudencial. o período de sustação das cláusulas do contrato de trabalho.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO c) Princípio da materialidade salarial. e) inatividade. c) Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região. é chamado de: a) suspensão. d) costumeira. b) material heterônoma. No Direito do Trabalho. O valor do piso salarial determinado em norma coletiva é denominado de: a) salário diferido. ficará submetida ao procedimento: a) sumário. b) sumaríssimo. 7. d) salário relativo. e) comum. a demanda trabalhista contra uma empresa de economia mista. envolvendo o território do Estado de Santa Catarina.

no primeiro momento em que puder falar nos autos. analise as alternativas a seguir: I. Os dissídios coletivos de natureza jurídica são aqueles destinados a reavaliar normas e condições coletivas de trabalho preexistentes. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. A nulidade do ato não prejudicará senão os posteriores que dele dependam ou sejam consequência. II. em que se discute interesses concretos de acordo com as normas já existentes no mundo jurídico. que se hajam tornado injustas. ou se houver prejuízo ao direito financeiro ou econômico. A incompetência do juízo não poderá ser declarada ex officio pelo magistrado. Assinale a alternativa que apresente um pressuposto processual subjetivo dos recursos da Justiça do Trabalho. III. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. . 14. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. O dissídio coletivo é o processo que visa a dirimir controvérsias entre pessoas jurídicas e grupo de empregados determinados. A competência no Tribunal Superior do Trabalho para julgamento dos dissídios coletivos é da Seção Especializada em Dissídios Coletivos. III. e) Preparo. Com relação às nulidades nos processos sujeitos à apreciação da Justiça do Trabalho. c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. b) se somente a afirmativa III estiver correta. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO TRABALHO E PROCESSO DO TRABALHO 12. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. Haverá nulidade quando do ato processual puder resultar prejuízo às partes litigantes. mas somente arguida pela parte interessada. b) se somente a afirmativa II estiver correta. II. a) Previsão legal. Com relação aos Dissídios Coletivos. d) Tempestividade. b) Capacidade. Assinale: a) se somente a afirmativa I estiver correta. c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. decorrente do conflito de direito material. analise as alternativas a seguir: I. c) Adequação. 13.

b) As sociedades integrantes dos grupos societários são subsidiariamente responsáveis pelas obrigações decorrentes do Código de Defesa do Consumidor. b) Concretude.078/90. tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos nãoduráveis. respeitadas as variações decorrentes de sua natureza. estado de insolvência. c) O fornecedor está obrigado a informar sobre seus produtos e serviços oferecidos e colocados no mercado. rotulagem ou mensagem publicitária. e) A hipossuficiência do consumidor é a única condição que vincula o juiz a decidir pela inversão do ônus da prova. 3. encerramento ou inatividade da pessoa jurídica. regulado pelo Código de Defesa do Consumidor – Lei n. à exceção de uma. Assinale-a. As cláusulas gerais do contrato de adesão. com as indicações constantes do recipiente. não pode assumir a condição de consumidora. têm as seguintes características apresentadas nas alternativas a seguir. assinale a alternativa correta. a) Rigidez. d) O juiz poderá desconsiderar a personalidade jurídica da sociedade quando houver falência. por não se enquadrar na condição de hipossuficiente.º 8. c) A pessoa jurídica. d) Uniformidade. d) As associações legalmente constituídas há pelo menos cinco anos e que incluam entre seus fins institucionais a defesa dos interesses e direitos protegidos pelo CDC têm legitimidade concorrente para defesa coletiva dos . c) Preestabelecimento. da embalagem. b) Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou indequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor. assinale a afirmativa incorreta a) O Estado pode intervir diretamente para proteger de forma efetiva o consumidor em consonância com os princípios da dignidade da pessoa humana e da isonomia. e) Unilateralidade. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor. 2. provocados por má administração. assim como por aqueles decorrentes da disparidade.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO CONSUMIDOR DIREITO DO CONSUMIDOR 1. Com base no Código de Defesa do Consumidor. a) O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em noventa dias.

d) Arnaldo dos Santos está certo. 51 do CDC: a) são ineficazes. b) são tidas por inexistentes. e) Arnaldo dos Santos está certo. pois o prazo de garantia do produto é de pelo menos 90 dias. já que a declaração de sua ocorrência interessa à coletividade. arrepende-se um dia após.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO CONSUMIDOR interesses e direitos dos consumidores e das vítimas. para o consumidor exercer o direito de arrependimento. Expostos os fatos. c) os serviços públicos são excluídos da tutela. por serem objeto de leis . mas o dono da loja pode impor multa compensatória pela devolução imotivada. 6. por sua natureza de bem durável. em qualquer situação. por nãoter gostado do modelo. Arnaldo dos Santos adquiriu terno em loja famosa na praça. se a aquisição ocorrer fora do estabelecimento. 4. pois o consumidor só pode exercer seu direito de arrependimento em sete dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto. As cláusulas abusivas nas relações de consumo previstas no art. pois o CDC prevê o prazo de sete dias a contar da aquisição do produto. sendo imprescindível a autorização assemblear. d) dependem de provocação do Ministério Público. c) Arnaldo dos Santos está certo. b) a reparação dos danos materiais e morais é limitada de acordo com leis especiais reguladoras de setores das relações de consumo. pois não existe direito de arrependimento. 5. em qualquer situação. e procura a loja para devolvê-lo. por estar no prazo de reflexão. sob o fundamento de estar no prazo de reflexão previsto no Código de Defesa do Consumidor. pois são anuláveis. a) O dono da loja está certo. assinale a alternativa correta. b) O dono da loja está correto. O dono do estabelecimento se nega a acatar a justificativa. especialmente por telefone ou em domicílio. e) dependem de provocação do consumidor para serem reconhecidas. No sistema que tutela o consumidor. é correto afirmar que: a) é garantido o direito de modificação ou de revisão das cláusulas contratuais. mas por sua natureza especial dependem da provocação do consumidor para seu reconhecimento. c) são nulas de pleno direito. e) As ações coletivas reguladas pelo CDC têm autoridade de coisa julgada erga omnes. Após tê-lo experimentado. se o produto não é defeituoso ou não apresenta vício de qualidade.

Assinale a afirmativa incorreta. independente da data e que o defeito se exteriorizar e ficar evidenciado. na hipótese de engano justificável do credor. c) o prazo prescricional para o exercício da pretensão de reparação por danos . a cobrança indevida acarreta o direito de o consumidor: a) obter indenização correspondente ao dobro do valor cobrado indevidamente. c) receber pagamento em dobro do valor demandado. 8. b) As sociedades consorciadas são solidariamente responsáveis pelas obrigações previstas no CDC. fixada pela lei no valor igual ao dobro do que foi indevidamente cobrado. b) apenas a instauração de inquérito civil obsta o decurso da decadência para reclamar vícios aparentes em produtos e serviços. e) inexistência de defeito na prestação de serviço. Segundo o Código de Defesa do Consumidor: a) tratando-se de vício oculto. A exclusão de responsabilidade do fornecedor não pode ser alegada com fundamento na: a) inexistência de nexo causal. o prazo para reclamar por vício do produto ou serviço inicia-se com a entrega da mercadoria. d) O pedido de indenização por perdas e danos. não prejudicará eventual multa existente. independente do efetivo pagamento. 9. b) ser restituído do valor pago em excesso. c) A defesa dos interesses e direitos dos consumidores e das vítimas só poderá ser exercida em juízo por meio de defesa coletiva. 7. d) culpa exclusiva de terceiros. b) superveniência de caso fortuito ou força maior. e) As sociedades coligadas somente responderão por culpa. e) ser indenizado por perdas e danos materiais e morais somente nos casos em que o consumidor prove o efetivo pagamento do valor indevido. d) o ônus probatório será sempre invertido em benefício do consumidor. se procedente. d) pleitear indenização por perdas e danos materiais e morais. por sua presumida hipossuficiência.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO CONSUMIDOR próprias. c) culpa exclusiva do consumidor. salvo a hipótese de justificável engano do credor. acrescido de correção monetária e juros legais. 10. a) As sociedades integrantes de grupos societários e as controladas são subsidiariamente responsáveis pelas obrigações previstas no CDC. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

são considerados entidades de caráter público. contados a partir da ocorrência do dano. Sobre a responsabilidade por fato e por vício dos produtos e serviços . c) observadas as normas administrativas correspondentes. 12. a veiculação de anúncios publicitários informando sobre a periculosidade. sem necessidade de informação prévia ao consumidor. d) as informações negativas a respeito do consumidor podem permanecer no banco de dados por um período de até 10 anos. d) se o conhecimento da periculosidade de um produto for descoberta apenas após sua introdução no mercado de consumo. bem como à preservação da saúde e segurança do consumidor. é permitida a venda de produtos e serviços potencialmente nocivos ou perigosos à saúde dos consumidores. independente do conhecimento da autoria. 13. e) os órgãos públicos de defesa do consumidor. na divulgação anual das reclamações realizadas contra fornecedores. aos Estados e Municípios. b) as regras de proteção da saúde e segurança são aplicáveis apenas aos consumidores adquirentes dos produtos ou serviços nocivos. duráveis e não duráveis. c) é permitida aos fornecedores a manutenção de banco de dados e cadastros de inadimplentes. cabe à União. e) o lançamento de um produto tecnologicamente mais avançado e mais seguro implica a obrigação de recolhimento do produto similar anteriormente colocado no mercado e que não tenha o mesmo grau de segurança.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO CONSUMIDOR resultantes de fato do produto ou serviço é de 5 (cinco) anos. e não ao fornecedor do produto. d) a contagem do prazo para reclamar por vícios aparentes ou de fácil constatação ser inicia com o conhecimento do dano pelo consumidor e não com a efetiva entrega do produto ou término da execução dos serviços. desde que a potencial nocividade ou periculosidade seja clara e adequadamente informada pelo fornecedor. b) os bancos de dados e cadastros relativos a consumidores. fica obrigado a indenizar o consumidor pelo valor correspondente ao dobro daquele que lhe tenha sido cobrado indevidamente. são proibidos de divulgar aquelas formuladas por consumidores que se encontrem inadimplentes. Com base nas disposições contidas no CDC. é correto afirmar a) o fornecedor. incluindo os serviços de proteção ao crédito. Considerando as disposições do Código de Defesa do Consumidor no que se refere à qualidade dos produtos e serviços. têm natureza decadencial. 11. é correto afirmar que a) a comercialização de produtos industriais que envolvam riscos normais e previsíveis à saúde e segurança dos consumidores depende de autorização da autoridade sanitária estadual. ainda que demonstre ausência de culpa ou erro escusável. e) os prazos de 30 (trinta) e 90 (noventa) dias para reclamar de vícios aparentes e de fácil constatação em produtos e serviços.

c) para fins de responsabilidade decorrente de fato do produto. a restituição da quantia paga ou o abatimento proporcional do preço. o produtor ou o importador não puderem ser identificados. o construtor. d) o comerciante é igualmente responsável pelo fato do produto quando o fabricante. . equiparam-se a consumidores todas as vítimas do evento danoso. a substituição do produto. ainda que não integrantes da relação contratual de consumo.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO DO CONSUMIDOR prevista no Código de Defesa do Consumidor. e) a ignorância do fornecedor não o exime de responsabilidade por vício de qualidade por inadequação do produto vencido. é INCORRETO afirmar que a) constatado pelo consumidor vício de qualidade do produto. o fornecedor terá um prazo máximo de 45 dias para saná-lo. b) não sendo sanado o vício de qualidade no prazo legal. o consumidor pode exigir do fornecedor.

em caráter supletivo. Os produtos e subprodutos da fauna não perecíveis poderão ser destruídos. fundações ou entidades assemelhadas. c) Reserva de fauna. possuir em seus quadros ou a sua disposição. d) se somente as afirmativas I. As madeiras ilegalmente extraídas poderão ser doadas a instituições hospitalares e penais. a) Reserva biológica. quanto à destinação dos objetos apreendidos. devendo ser entregues a jardins zoológicos. 2. sem prejuízo de outras licenças exigíveis. IV. a) O licenciamento do órgão ambiental estadual estará vinculado aos estudos técnicos procedidos pelos órgãos ambientais dos municípios. profissionais legalmente habilitados. garantida a sua descaracterização por meio da reciclagem. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. analise as afirmativas a seguir. b) se somente as afirmativas II. para exercerem suas competências licenciatórias. Os instrumentos utilizados na prática da infração serão vendidos. consideradas efetiva e potencialmente poluidoras dependerão de prévio licenciamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis – IBAMA. III e IV estiverem corretas. b) Os municípios. d) Área de proteção ambiental. III. e de órgão estadual competente. II e III estiverem corretas. assinale a alternativa que indique a Unidade de Proteção Integral. Observadas as categorias de unidades de conservação. assinale a alternativa correta. uma vez que lhe compete o licenciamento ambiental dos empreendimentos e atividades cujos impactos ambientais diretos ultrapassem os limites territoriais de um ou mais Municípios. No que se refere a Licenciamento Ambiental. I. com caráter deliberativo e participação social e. II. deverão ter implementados os Conselhos de Meio Ambiente. . c) se somente as afirmativas I. 3. Os animais que estiverem presos não poderão mais ser libertados. Assinale: a) se somente as afirmativas I. b) Reserva extrativista. ainda. III e IV estiverem corretas. c) As atividades utilizadoras de recursos ambientais.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL DIREITO AMBIENTAL 1. e) Área de interesse ecológico. II e IV estiverem corretas. No que se refere à apreensão pela autoridade de produtos e instrumentos em razão de infrações administrativas ambientais.

2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL

d) A legislação ambiental estadual e municipal pode prever prazos de vigência das licenças diferentes dos estabelecidos pelas diretrizes federais básicas, constantes na Resolução do CONAMA n.º 237/97, se as peculiaridades regionais e locais assim exigirem. e) O Poder Público expedirá a chamada Licença Prévia para autorizar a instalação de empreendimento ou atividade, de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, incluindo as medidas de controle ambiental. 4. Nos termos da Lei n.º 9.985/2000, a unidade de conservação que compreende uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objetivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas, é denominada: a) Área de Proteção Ambiental. b) Estação Ecológica. c) Parque Nacional. d) Floresta Nacional. e) Monumento Natural. 5. Constituição Federal/88 assevera que “todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida”. A esse respeito, é correto inferir que a concepção constitucional sobre meio ambiente é: a) holística. b) panteísta. c) pragmática. d) antropocêntrica. e) criacionista. 6. Com base na PNMA, julgue as afirmativas a seguir: I. Entende-se por recursos ambientais a atmosfera, as águas interiores, superficiais e subterrâneas, os estuários, o mar territorial, o solo, o subsolo, os elementos da biosfera, a fauna e a flora. II. O órgão consultivo e deliberativo do Sisnama é o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), com a finalidade de assessorar, estudar e propor ao Conselho de Governo diretrizes de políticas governamentais para o meio ambiente e os recursos naturais e deliberar, no âmbito de sua competência, sobre normas e padrões compatíveis com o meio ambiente ecologicamente equilibrado e essencial à sadia qualidade de vida. III. Compete ao Conama decidir, como última instância administrativa em grau de recurso, mediante depósito prévio, sobre as multas e outras penalidades impostas pelo Ibama.

3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL

Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. 7. Segundo a Lei 9605/98, as penas restritivas de direito por condutas e atividades lesivas ao meio ambiente estão relacionadas nas alternativas a seguir, à exceção de uma. Assinale-a. a) prestação de serviços à comunidade b) interdição temporária de direitos c) prestação pecuniária não inferior a um salário mínimo nem superior a quatrocentos e vinte salários mínimos d) suspensão parcial ou total de atividades e) recolhimento domiciliar 8. Com base no artigo 225 da Constituição da República Federativa do Brasil, analise as afirmativas a seguir: I. As condutas e atividades consideradas lesivas ao meio ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas, a sanções penais e administrativas, independentemente da obrigação de reparar os danos causados. II. São indisponíveis as terras devolutas ou arrecadadas pelos Estados, por ações discriminatórias, necessárias à proteção dos ecossistemas naturais. III. As usinas que operem com reator nuclear deverão ter sua localização definida em lei estadual e federal, sem o que não poderão ser instaladas. Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. 9. A respeito do Zoneamento Ambiental Urbano, julgue as definições a seguir: I. As Zonas de Uso Industrial são aquelas cuja localização se dá em função de um planejamento econômico resultante de determinada política do governo. II. As Zonas de Uso Predominantemente Industrial são destinadas preferencialmente à localização de estabelecimentos industriais cujos resíduos sólidos, líquidos e gasosos, ruídos, vibrações e radiações possam causar perigo à saúde, ao bem-estar e à segurança da população, independente da aplicação adequada de métodos de controle de efluentes. III. As Zonas de Uso Estritamente Ambiental se destinam preferencialmente à instalação de indústrias cujos processos, submetidos a métodos adequados de controle e tratamento de efluentes, não causem incômodos sensíveis às demais atividades urbanas e nem perturbem o repouso das populações.

4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL

Assinale: a) se nenhuma afirmativa estiver correta. b) se somente a afirmativa I estiver correta. c) se somente a afirmativa II estiver correta. d) se somente a afirmativa III estiver correta. e) se todas as afirmativas estiverem corretas. 10. Assinale a afirmativa incorreta a respeito dos crimes ambientais. a) Comercializar motosserra ou utilizá-la em florestas e nas demais formas de vegetação, sem licença ou registro da autoridade competente: Pena – detenção, de um a três anos, e multa. b) Destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou utilizá-la com infringência das normas de proteção: Pena – detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. c) Exportar para o exterior peles e couros de anfíbios e répteis em bruto, sem a autorização da autoridade ambiental competente: Pena – reclusão, de um a três anos, e multa. d) Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora: Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa. e) Promover construção em solo não edificável, ou no seu entorno, assim considerado em razão de seu valor paisagístico, ecológico, artístico, turístico, histórico, cultural, religioso, arqueológico, etnográfico ou monumental, sem autorização da autoridade competente ou em desacordo com a concedida: Pena – detenção, de seis meses a um ano, e multa. 11. São definições citadas na Lei 6.938/81: I. Meio ambiente: o conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas. II. Degradação da qualidade ambiental: a alteração adversa das características do meio ambiente. III. Poluidor: a pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado, responsável, direta ou indiretamente, por atividade causadora de degradação ambiental. IV. Recursos ambientais: a atmosfera, as águas interiores, superficiais e subterrâneas, os estuários, o mar territorial, solo, o subsolo e os elementos da biosfera. V. Poluição: a degradação da qualidade ambiental resultante de atividades que indiretamente prejudicam somente a saúde, a segurança e o bem-estar da população humana.

13. licença ou autorização da autoridade competente. Assinale: a) se apenas I. e) se apenas as afirmativas IV e V estiverem corretas. larvas ou espécimes da fauna silvestre. II e V estiverem corretas. b) se apenas as afirmativas I. sem licença. IV. a) É possível a dispensa de licenciamento ambiental para obras públicas potencialmente poluidoras de relevante interesse social. guarda. II e III estiverem corretos. vender. c) se apenas II. O tipo de licença ambiental. A respeito do licenciamento ambiental e do Estudo Prévio de Impacto Ambiental. c) se apenas as afirmativas II. d) se apenas III e IV estiverem corretos. V. expedida na fase preliminar do planejamento do empreendimento. utiliza ou transporta ovos. tem em cativeiro ou depósito. preservação ou arborização urbana. nativa ou em rota migratória. exporta ou adquire. produtos não madeiráveis contendo insetos degradadores e seus inimigos naturais. d) se apenas as afirmativas III e V estiverem corretas. sem a devida permissão. utilizar espécimes de peixes ou crustáceos nativos ou em migração. licença ou autorização da autoridade competente. IV. e) se apenas III. extrair de florestas de domínio público. 12. autorização ou em desacordo com a licença obtida. II. bem como produtos e objetos dela oriundos. V estiverem corretos.5 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL Asssinale: a) se apenas as afirmativas I. . abrigo ou criadouro natural. entre outras finalidades. danifica ou destrói ninho. a atestar a sua viabilidade ambiental e a estabelecer as condições para a sua instalação denomina-se: a) Estudo Prévio de Impacto Ambiental b) Auditoria Ambiental c) Licença Prévia d) Relatório Ambiental Preliminar e) Licença de Instalação 14. A Lei de Crimes Ambientais ou da Natureza (Lei 9. II e V estiverem corretos. destinado. quem pratica os seguintes crimes contra a fauna: I. penaliza com detenção de seis meses a um ano e multa.605/98). III e IV estiverem corretas. modifica. III e V estiverem corretas. expõe à venda. apanhar. provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão. III. impedir a procriação da fauna. b) se apenas I. II. assinale a afirmativa incorreta. IV e V estiverem corretos.

c) A defesa do meio ambiente é um dos princípios gerais da atividade econômica e deve ser observada inclusive mediante tratamento diferenciado para produtos e serviços em razão do impacto ambiental decorrente de sua produção ou execução. d) O artigo 225 da Constituição da República consagra o princípio da intervenção estatal obrigatória na defesa do meio ambiente. licença de instalação e licença de operação. . e) A Constituição da República consagra o princípio da solidariedade intergeracional. em regra. são expedidas. e) Os estudos ambientais necessários à análise dos pedidos de licenciamento ambiental são realizados às expensas do empreendedor. licença prévia. ao conferir ao Poder Público e à coletividade o dever de defender e preservar o meio ambiente para as presentes e futuras gerações. a ausência de certeza científica absoluta não deverá ser invocada como razão para se adiar a adoção de medidas eficazes. b) Pelo princípio da prevenção. 15. a) A orientação do princípio poluidor-pagador é pela internalização das externalidades ambientais negativas das atividades potencialmente poluidoras. A respeito dos princípios fundamentais do Direito Ambiental. sempre que houver perigo da ocorrência de um dano grave ou irreversível. buscando evitar a socialização dos ônus e a privatização dos bônus. c) A realização de audiência pública poderá ser requerida por entidade civil.6 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO AMBIENTAL b) O Estudo Prévio de Impacto Ambiental é obrigatório somente nos procedimentos de licenciamento ambiental de atividades potencialmente causadoras de significativa degradação do meio ambiente. pelo Ministério Público ou por 50 ou mais cidadãos. assinale a afirmativa incorreta. d) No procedimento de licenciamento ambiental. a fim de evitar a degradação ambiental.

declarações. recomendações. a) Aos estrangeiros que não sejam residentes no Brasil não se aplicam os direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição Federal. A respeito do Mercosul assinale a opção correta. projetos. A respeito da condição do estrangeiro em território brasileiro assinale a opção incorreta. 3. em caso de conflito na aplicação ou interpretação de tratados prevalecerá o espanhol c) A Secretaria do Mercosul está localizada em Buenos Aires d) O Parlamento do Mercosul não tem competência para promulgar leis. c) O Conselho de Segurança é composto por 15 membros. na qualidade de sócia. 4. c) A deportação se dá quando da entrada ou estada irregular de estrangeiro. lhe compete julgar as lides envolvendo a ONU e um Estado. b) A concessão de visto é uma mera expectativa de direito.§único da CF). 4. d) O julgamento a respeito da extradição de estrangeiros compete ao Supremo Tribunal Federal. quando este não se retira voluntariamente dentro do prazo legal. porém.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO INTERNACIONAL DIREITO INTERNACIONAL 1. informes e ditames. A integração latino-americana é um dos princípios constitucionais que regem as relações internacionais brasileiras (art. . nesse sentido o Brasil vem se engajando em uma nova organização internacional nesta região. identifique-a. a) Alba b) Mercosul c) Unasul d) UE 2. enquanto órgão judicial. portanto já está em condições de participar plenamente de todas as atividades do Mercosul b) As línguas oficiais do Mercosul são o espanhol e o português. podendo ser negada a entrada do estrangeiro no País ainda que lhe tenha sido conferido o visto. A respeito da ONU assinale a opção correta. a) A Venezuela foi recentemente incorporada como membro. dos quais 5 são permanentes e 10 não-permanentes. cabendo-lhe emitir resoluções. d) O Conselho Econômico e Social é composto por todos os membros da ONU. a) A Assembléia Geral é o órgão competente para tratar exclusivamente de assuntos relacionados à paz e segurança internacionais b) À Corte Internacional de Justiça.

A respeito da Convenção de Viena sobre o Direito dos Tratados de 1969 assinale a opção correta. por maioria absoluta. . b) Compete ao Congresso Nacional autorizar o presidente da República a denunciar tratados. 7. No que diz respeito ao MERCOSUL. 6. d) Uma norma de jus cogens não poderá ensejar a nulidade de um tratado. entre Estados. com prevalência do espanhol em caso de dúvida sobre a aplicação ou interpretação dos tratados constitutivos. Assinale a opção correta quanto às competências dispostas na Constituição Federal acerca das relações internacionais. c) Os idiomas oficiais do MERCOSUL são o espanhol e o português. c) As obrigações e direitos convencionais sempre terão efeito ex-tunc.º da Constituição Federal prevê a submissão do Brasil à jurisdição de tribunais penais internacionais e tribunais de direitos humanos. a) Compete ao Congresso Nacional resolver definitivamente. assinale a opção correta. acordos ou atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional. a) O Tribunal Penal Internacional prevê a possibilidade de aplicação da pena de morte. Acerca de tribunais internacionais e de sua repercussão.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO INTERNACIONAL 5. ao passo que a Constituição brasileira proíbe tal aplicação. sobre tratados. que criou o Tribunal Penal Internacional. assinale a opção correta. c) Compete ao presidente da República. c) O Estatuto de Roma não permite reservas nem a retirada dos Estadosmembros do tratado. b) O § 4. 5. acordos ou atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional. b) É vedado ao MERCOSUL celebrar acordos de sede. permitir que tropas estrangeiras transitem pelo país nos casos previstos em lei complementar. operando a primeira entre um Estado e o mencionado tribunal e a segunda.º do art. não obstante os esforços brasileiros para a criação de um instrumento sobre tal matéria. e) Compete ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgar o litígio entre Estado estrangeiro e o Distrito Federal. estabelece uma diferença entre entrega e extradição. a) O MERCOSUL possui personalidade jurídica de direito internacional. sem necessidade de autorização do d) Congresso Nacional. d) O Estatuto de Roma. d) O MERCOSUL ainda não possui um tratado sobre defesa da concorrência. quando este a permitir. b) Um Estado pode invocar qualquer dispositivo de sua legislação interna como justificativa para o inadimplemento de uma obrigação convencional. a) A reserva é o meio pelo qual um Estado se exime de aplicar uma disposição específica de um tratado. 8.

b) Poderão ser admitidos como membros da ONU todos os Estados que o desejarem. c) Principal órgão da ONU. tendo cada Estado-membro direito a apenas um representante e um voto. havendo exceções a esse respeito. além de desempenhar outras funções que lhe forem atribuídas por esses órgãos. do Conselho Econômico e Social e do Conselho de Tutela. a) A mala diplomática não pode ser aberta. devendo estes últimos cumprir mandato de dois anos. Acerca do que dispõe a Convenção de Viena sobre relações diplomáticas. d) O secretário-geral da ONU. Com relação à ONU. assinale a opção incorreta. a) O Conselho de Segurança da ONU compõe-se de cinco membros permanentes e de dez membros não permanentes. independentemente de condições de natureza política ou de qualquer outro teor. c) Qualquer membro de uma missão diplomática pode ser declarado persona non grata pelo Estado acreditado. eleito pelo Conselho de Segurança mediante recomendação dos seus membros permanentes. d) O agente diplomático goza de isenção de impostos e taxas. b) Os locais onde se estabelece missão diplomática são invioláveis. a Assembleia Geral é composta de todos os membros da organização. tem o dever de atuar em todas as reuniões da Assembleia Geral. 10.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM DIREITO INTERNACIONAL 9. . sem que este precise apresentar qualquer justificativa. assinale a opção correta. do Conselho de Segurança. exceto nos casos de fundada suspeita de tráfico ilícito de entorpecentes ou atividade terrorista. todos indicados pelo próprio Conselho.

sobrevieram conflitos de interesse entre os constituintes. e) não ser recolhido preso. e. b) pode ser preso em flagrante. senão em sala de Estado Maior. cartórios. por duas vezes. na ativa. e) pelos membros do Ministério Público e dos Conselhos de Contas. tendo Júlio deixado de concordar com Lauro com relação aos pedidos. 02. antes de sentença transitada em julgado. qualifica-se como de impedimento o exercício da advocacia: a) por militares de qualquer natureza. secretarias. d) está sujeito à sanção de exclusão no caso de ter sofrido. b) reclamar. em prisão domiciliar.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ÉTICA ÉTICA 01. Constituem direitos do advogado: a) retirar. suspensão ou exclusão. c) ser publicamente desagravado. com instalações e comodidades condignas. No curso do processo.juntos. pelo prazo de dez dias. como regra. Entre as hipóteses abaixo. 4. contra a inobservância de preceito de lei. Júlio e Lauro constituíram o mesmo advogado para. ajuizarem ação de interesse comum. a aplicação de suspensão. perante qualquer juízo. assim reconhecidas pela OAB. não constituindo desacato punível qualquer manifestação de sua parte. b) por ocupantes de cargos ou funções de direção em órgãos da Administração Pública. multa. contra ou a favor das pessoas jurídicas de direito público. censura. 03. no caso de infração. c) pode. d) pelos membros do Poder Legislativo. É correto afirmar que o advogado: a) tem imunidade profissional. serviços notariais e de registro. d) ingressar livremente nas salas e dependências de audiências. ofícios de justiça. c) por ocupantes de cargos ou funções que tenham competência para a fiscalização de tributos. autos de processos findos. tribunal ou autoridade. por motivo de exercício da profissão. no exercício de sua atividade. na sua falta. verbalmente ou por escrito. . em caso de crime grave contra a honra. quando ofendido no exercício da profissão ou em razão dela. regulamento ou regimento. mesmo sem procuração. e) não tem direito a vista de processo judicial que tramite sob regime de segredo de justiça. sujeitar-se às sanções de advertência.

após a sentença penal transitada em julgado. resguardando o sigilo profissional. b) O estagiário inscrito na OAB pode praticar. foi condenado pela prática de crime hediondo e. isoladamente. resguardando o sigilo profissional. De acordo com o Estatuto da Advocacia e da OAB. 7. um advogado de sua confiança. a) A penalidade de exclusão somente poderia ter sido aplicada caso Mário tivesse recebido três suspensões. tendo sofrido. 5. b) suspensão preventiva decidida pelo Tribunal de Ética e Disciplina. a diretoria ou o conselho da subseção é indelegável. visto que não preenche o requisito de idoneidade moral. advogado regularmente inscrito na OAB. c) cancelamento da inscrição obtida com falsa prova. b) assumir. assinale a opção correta. c) designar. diploma de bacharel em direito. tem efeito suspensivo recurso contra a) A decisão que trate de eleições de membros dos órgãos da OAB. não suprindo sua falta nenhum outro documento. d) optar. regularmente registrado. Assinale a opção correta de acordo com as disposições do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB. Mário. deve o advogado a) manter com os constituintes contrato de prestação de serviços jurídicos no interesse da causa. d) decisão não unânime proferida por conselho seccional.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ÉTICA Nessa situação hipotética. por um dos mandatos. em ações individuais. c) Ainda que se reabilite criminalmente. com prudência e discernimento. Mário não poderá mais se inscrever na OAB. penalidade de exclusão da Ordem. aguardando o julgamento. b) Supondo-se que o processo disciplinar tenha ficado paralisado por mais de três anos. . desde que sua inscrição esteja regular. a) É vedado ao requerente pleitear inscrição nos quadros da OAB sem ter. dado o impedimento do exercício do mandato em razão da sanção disciplinar aplicada. e renunciar ao outro. como consequência. Considerando a situação hipotética apresentada e o Estatuto da Advocacia e da OAB. respondeu a processo disciplinar. haja vista sua natureza solene e personalíssima. com prudência e cautela. d) Serão considerados inexistentes os atos privativos de advogado praticados por Mário após a exclusão. com a cautela que lhe é peculiar. c) O compromisso que o requerente à inscrição nos quadros da OAB deve fazer perante o conselho seccional. todos os atos próprios de advogado. a pretensão à punibilidade de Mário estaria prescrita e ele não poderia ser excluído da Ordem. 6. o patrocínio de ambos. por substabelecimento com reservas.

deverá responder por infração disciplinar e pelo crime de charlatanismo. à compensação com honorários que ele alegue devidos. a) Cometerá infração disciplinar o advogado que receber dinheiro de cliente para pagar parcelas de financiamento e proceder. b) A relação de emprego. a) O prazo prescricional da ação de cobrança de honorários depende do tipo de trabalho profissional contratado e é contado a partir do trânsito em julgado da decisão que os fixar. fora da relação de emprego. 9. assinale a opção correta. d) Considere que uma advogada inscrita na OAB receba. aos advogados empregados. d) Nas causas em que for parte empregador de direito privado. deverá o advogado arcar com o ônus processual de sua conduta. empregador. o advogado deve ser assistido por um representante da OAB. os honorários de sucumbência serão devidos a ele. visto que o advogado deve atuar de acordo com as orientações de seus superiores hierárquicos. Referentemente à cobrança de honorários advocatícios. tampouco ao de busca e apreensão. a) Considera-se jornada de trabalho o período em que o advogado esteja à disposição do empregador. embora não incida em nenhuma infração disciplinar perante a OAB. c) O advogado que esteja em débito com plurais contribuições e multas perante a OAB e que. e não. mas reduz a independência profissional. Nessa situação hipotética. aguardando ou executando ordens no âmbito do escritório. sem prejuízo da atuação de seu defensor. 10. a advogada tem direito à quantia recebida. Nessa situação hipotética. adiantadamente. honorários contratuais de seu cliente.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ÉTICA d) Toda vez que figurar como indiciado em inquérito policial. assinale a opção correta. . b) Considere que um advogado. no que se refere ao advogado. não sendo consideradas as horas trabalhadas em atividades externas. visto que sua conduta não configura locupletamento à custa do cliente. por qualquer espécie de infração. mantenha-se inadimplente. não atenda ao mandado. mesmo regularmente intimado. após ser notificado pelo juiz para devolver os autos que retenha além do prazo. mas não preste o serviço jurídico contratado. 8. c) O advogado empregado não está obrigado à prestação de serviços profissionais de interesse pessoal. não retira a isenção técnica inerente à advocacia. sem autorização. Acerca das infrações e sanções disciplinares. de acordo com as disposições do Estatuto da Advocacia e da OAB. Assinale a opção correta acerca da situação do advogado como empregado.

cuja juntada é imprescindível. d) fiscalizar as funções e atribuições do conselho seccional.ª instância da justiça do trabalho. o advogado que. para decisão do conselho seccional. no juizado especial cível. Prescinde-se de constituição de advogado regularmente inscrito na OAB para o ajuizamento de ação na 1. 11.4 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ÉTICA b) O advogado substabelecido com reserva de poderes pode cobrar honorários proporcionais ao trabalho realizado. c) A decisão judicial que arbitrar honorários e o contrato escrito que o estipular são títulos executivos e constituem crédito privilegiado na falência e na liquidação extrajudicial. no valor de até vinte salários mínimos. b) e mandado de segurança. 12. não mais deseje continuar patrocinando determinada causa deve a) fazer um substabelecimento sem reservas de poderes para outro advogado e depois comunicar o fato ao cliente. Em obediência ao que dispõe o Estatuto da Advocacia e da OAB. ação. para julgamento pelo Conselho Federal. a partir do vencimento do contrato. c) e habeas corpus. instruindo e emitindo parecer prévio. a) habeas corpus e mandado de segurança. contratado pelo cliente. salvo se este constituir novo advogado antes do término do prazo 13. obrigatoriamente. sem a intervenção daquele que lhe conferiu o substabelecimento. c) representar a OAB no Conselho de Segurança do MERCOSUL. o qual deve ser. b) comunicar ao cliente a renúncia ao mandato e funcionar no processo nos dez dias subsequentes. . necessariamente. sendo o prazo contado. b) receber pedido de inscrição nos quadros de advogado e estagiário. caso outro advogado não se habilite antes. d) A ação de cobrança de honorários prescreve em cinco anos. d) habeas corpus e ação popular. Ao conselho da subseção compete a) instaurar e instruir processos disciplinares. entre outras situações. d) renunciar ao mandato e continuar representando seu cliente por trinta dias. por motivos pessoais. c) comunicar ao cliente a desistência do mandato e indicar outro advogado para a causa.

a) É dever do Estado assegurar atendimento gratuito. que será inscrita no registro civil mediante mandado. Considerando o que dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente. administrativamente. biológicos e adotivos. Em relação às medidas socioeducativas previstas no ECA. b) É proibida a venda de bilhetes da Mega-Sena a crianças e adolescentes. administrativamente. certidão somente ao adotado e aos pais. a) É dever do Estado assegurar atendimento gratuito. o membro do MP procederá à apresentação de denúncia contra o adolescente. certidão somente ao adotado e aos pais. sendo admissível sua aplicação somente após a instrução processual em sede de sentença de mérito. Assinale a opção correta conforme as disposições do ECA. o encaminhamento a tratamento psicológico ou psiquiátrico. são organizadas em âmbito municipal. a) O prazo máximo previsto para a medida de internação é de três anos. 3. assinale a opção correta. 4. assinale a opção correta. Considerando o que dispõe o Estatuto da Criança e do Adolescente. b) É proibida a venda de bilhetes da Mega-Sena a crianças e adolescentes. sem expressa autorização judicial. entre as medidas aplicáveis aos pais ou responsável do menor. às crianças de zero a sete anos de idade. órgão com poderes jurisdicionais. d) O vínculo da adoção constitui-se por sentença judicial. biológicos e adotivos. c) As eleições para o conselho tutelar. à vista de documentação comprobatória. que será inscrita no registro civil mediante mandado. . às crianças de zero a sete anos de idade. do qual se fornecerá. 2.1 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE 1. a) As medidas socioeducativas de semiliberdade e de internação por prazo indeterminado não podem ser incluídas na remissão. à vista de documentação comprobatória. c) Criança ou adolescente desacompanhados dos pais ou do responsável estão proibidos de viajar para fora da comarca onde residem. do qual se fornecerá. c) Criança ou adolescente desacompanhados dos pais ou do responsável estão proibidos de viajar para fora da comarca onde residem. em creche e préescola. b) Não havendo arquivamento dos autos ou concessão de remissão. em creche e préescola. d) Inclui-se. d) O vínculo da adoção constitui-se por sentença judicial. devendo ser prefixado pelo magistrado na sentença. sem expressa autorização judicial. assinale a opção correta.

5. 6. b) não poderá ser presa senão em flagrante ou mediante ordem judicial fundamentada. d) receberá. a autoridade policial poderá deixar de liberar o adolescente. d) o adolescente mantido privado de liberdade pela autoridade policial será encaminhado ao Ministério Público no prazo de 05 dias.2 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE b) A obrigação de reparar o dano à vítima não constitui medida socioeducativa. Tratando-se de procedimento para apuração de ato infracional praticado por adolescente. c) fora dos casos de flagrante a autoridade policial. c) os tutores e curadores não poderão adotar antes de prestarem contas de sua administração e saldarem eventuais débitos. d) é possível a adoção por casais divorciados ou separados judicialmente. a autoridade judiciária. desde que em local separado dos adultos. ajustem sobre alimentos. em regra. encaminhando ao final para o Ministério Público. deverá instaurar inquérito policial para apurar o ato infracional. considere a alternativa correta: a) a formalização de sua apreensão em flagrante pela autoridade policial será efetivada por auto de apreensão. b) atento a gravidade do ato infracional e a sua repercussão social. guarda e direito de visitas. c) será encaminhada ao Conselho Tutelar ou. depende do consentimento dos pais ou do representante legal do adotando. conforme a necessidade de assegurar a garantia pessoal do adolescente e a ordem pública. . para assegurar a ordem pública e garantir a integridade do adolescente. A criança que praticar ato infracional: a) somente será privada de liberdade mediante o devido processo legal. desde que previamente. que poderá ser substituído por boletim de ocorrência circunstanciado. na sua falta. c) A medida socioeducativa de prestação de serviços à comunidade pode ser aplicada pelo prazo de até um ano. Assinale a alternativa incorreta: a) a adoção. 7. b) a doutrina chama de adoção póstuma a adoção permitida a pessoa que falecer no curso do processo. medida sócio-educativa não privativa de liberdade. tendo manifestado de forma inequívoca a sua vontade. os quais poderá permanecer em repartição policial. antes de prolatada a sentença. mediante portaria. d) A advertência somente pode ser aplicada se houver provas suficientes da autoria e da materialidade da infração. após procedimento judicial contraditório.

promovendo o arquivamento. nos termos do artigo 198 do ECA. a remissão ou oferecendo representação para aplicação de medida sócio-educativa ao adolescente. quando poderá ser dispensado. . b) o estágio de convivência é obrigatório para crianças com idade inferior a dois anos. assinale a alternativa correta: a) na adoção internacional a legislação do país de acolhida da criança tem importância no processo de adoção e deverá ser apresentada com prova de sua vigência. comprovadamente.3 CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES PARA O EXAME DA ORDEM ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE 8. b) realizará a audiência informal. 9. convivência importante entre adotantes e adotado. aguardará o pronunciamento do ofendido ou de seu representante legal. necessários para oferecimento de representação. descrevendo os fatos pormenorizadamente. c) requisitará novas diligências policiais para reunir indícios de autoria e materialidade. trazendo desde já o rol de testemunhas. c) a sentença concessiva da adoção por estrangeiro residente fora do país se submete ao regime de reexame necessário e. d) tratando-se de ato infracional que corresponda a crime de ação penal privada. a criança só deixará o território nacional com o transito em julgado. d) as regras especiais referentes a adoção internacional se aplicam a qualquer estrangeiro que pretenda adotar uma criança nascida no território nacional. Em relação a atuação do Promotor de Justiça na fase pré-processual do procedimento de apuração de ato infracional é correto que: a) oferecerá denúncia. salvo se já há. Em relação a adoção internacional.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful