Ano Letivo 2011/12 Curso Técnico de Eletrónico, Automação e Comando – 10ºB PORTUGUÊS MÓDULO 2

Nome: ___________________________________________________________________________ N.º ________

FORMAÇÃO

DAS PALAVRAS

As palavras estão em constante processo de evolução, o que torna a língua um fenómeno vivo. Enquanto alguns vocábulos caem em desuso (arcaísmos), outros nascem (neologismos) e outros mudam de significado com o passar do tempo. Na Língua Portuguesa, em função da estruturação e origem das palavras encontramos a seguinte divisão: • Palavras primitivas - não derivam de outras ex: casa, flor • Palavras derivadas – formadas a partir de uma outra palavra pré-existente ex: casebre, florzinha • Palavras simples – palavras que só possuem um radical ex: couve, flor • Palavras compostas – palavras que se formam a partir da junção de duas ou mais palavras (ou radicais) ex: couve-flor, aguardente Na criação das palavras portuguesas, é necessário ter em conta os seguintes processos de formação:

1 - Derivação - processo em que à palavra primitiva se juntam afixos (prefixos e/ou sufixos), dando origem a: a) Palavras derivadas por prefixação: junta-se um prefixo à palavra primitiva ex: inútil, afónico, insensível, antítese, contradizer, remexer b) Palavras derivadas por sufixação: junta-se um sufixo à palavra primitiva ex: claramente, trabalhador, dentada, laranjal, americano c) Palavras derivadas por prefixação e sufixação: acréscimo simultâneo de prefixo e sufixo, à palavra primitiva ex: enlatado, infelizmente, inclassificável,

tais como: • Onomatopeia: reprodução imitativa de sons ex: pingue-pingue. Ex: biblioteca (bibli-o.. moto. ou para palavras que adquirem um novo significado. couve-flor • Um verbo e um nome. polítco-cultural. shopping. Amor-perfeito • Dois nomes. sendo o sentido do primeiro modificado pelo valor semântico do segundo. cardiologia (cardi-o-logia). a língua portuguesa também possui outros processos para a formação de palavras / renovação do léxico. pizza. herbívoro (herb-i-voro). obs. guarda-sol Além desses processos. Ex: rádio--gravador. exigindo. frequentemente raízes gregas ou latinas). Ex: abre-latas. ex: croissant. luso-descendente b) Composição morfo-sintáctica: consiste na associação de duas ou mais palavras. zunzum. baleia .modelo. pneu. foto. lusoafricano. a) Composição morfológica: consiste na junção de dois ou mais radicais (unidades não autónomas.fêmea. Ex: aluno . surf. surdo-mudo. dr. software. guarda-jóias. b . A junção origina uma só unidade com um novo significado. de um modo geral. Essas palavras podem ser: • Dois nomes ou adjectivos com o mesmo grau de importância. miau • Abreviação vocabular: redução da palavra até o limite de sua compreensão ex: metro. a presença de uma vogal de ligação (-o ou –i).A composição consiste em juntar bases de palavras para formar uma nova palavra.2.teca). • Siglas: a formação de siglas utiliza as letras iniciais de uma sequência de palavras ex: OMS: Organização Mundial de Saúde RTP: Rádio Televisão Portuguesa ONU: Organização das Nações Unidas • Neologismo: nome dado ao processo de criação de novas palavras. quebra-mar.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful