Tradução Do Google do site: http://www.zyworld.com/cosmiccreeper/OTpseudigigrapha/jubilees.

htm O Livro dos Jubileus

Data: segundo século antes de Cristo

primeira página Esta é a história da divisão dos dias da lei e do testemunho dos acontecimentos dos anos, de seu (ano) semanas, de seus jubileus em todos os anos do mundo, como o Senhor falou a Moisés no Monte Sinai quando ele subiu para receber as tábuas da lei e da ordem, de acordo com a voz de Deus, disse-lhe: "Vá até o topo do Monte. [Capítulo 1] 1 E aconteceu que no primeiro ano do êxodo dos filhos de Israel do Egito, no terceiro mês, no décimo sexto dia do mês, que Deus falou a Moisés, dizendo: Sobe a mim sobre o Monte, e eu te darei duas tábuas de pedra da lei e da ordem, que 2 Tenho escrito que tu podes ensinar-lhes. " E, subindo Moisés ao monte de Deus, e os 3 glória do Senhor repousou sobre o monte Sinai, e uma nuvem cobriu por seis dias. E Ele chamou a Moisés no sétimo dia, do meio da nuvem, e o aparecimento da glória do 4 SENHOR era como um fogo flamejante no topo do monte. E Moisés estava no monte quarenta dias e quarenta noites, e Deus lhe ensinou o mais cedo e mais tarde a história da divisão de todos os dias 5 º da lei e do testemunho. E ele disse: "Incline o teu coração a cada palavra que vou falar-te neste monte, e gravá-los em um livro para que as gerações podem ver como eu não ter abandonado por todo o mal que tem feito em transgressão o pacto 6, que estabeleço entre mim e ti para as suas gerações este dia no Monte Sinai. E assim vai acontecer quando todas estas coisas sobre eles, que eles vão reconhecer que eu sou mais justo do que eles em todas as suas decisões e em todas as suas ações, e eles reconhecem que 7 I foram verdadeiramente com eles. E não te escrevo para te todas estas palavras que eu vos declaro, te neste dia, pois eu sei que sua revolta e sua rigidez de nuca, antes de eu trazê-los para a terra que jurei a seus pais, a Abraão e Isaque e Jacó, dizendo: "vossas sementes 8 darei uma terra que mana leite e mel. E comerão e serão saciados, e eles vão voltar para deuses estranhos, para (deuses) que não podem entregá-los a partir de alguma coisa de sua tribulação, e essa testemunha será ouvida como testemunha contra eles. Para eles vai esquecer todos os meus mandamentos, (mesmo) tudo o que eu comando, e eles andarão após os gentios, e após a sua impureza, e após a sua vergonha, e servirá aos seus deuses, e estes serão 10 provar-lhes uma ofensa e uma aflição e uma angústia e uma armadilha. E muitos morrerão e serão levados cativos, e vai cair nas mãos do inimigo, porque abandonaram as minhas ordenanças e os meus mandamentos, e os festivais de minha aliança e os meus sábados, e o meu santuário, que santifiquei para mim mesmo no meio deles, e meu tabernáculo, e o meu santuário, que santifiquei para mim mesmo no meio da terra, que eu devo o meu nome 1

11 em cima dele, e que deve habitar (lá). E eles vão fazer para si lugares altos e os bosques e as imagens esculpidas, e eles vão adorar, cada um o seu próprio (imagem de escultura), de modo a se desviar, e eles 12 vai sacrificar seus filhos aos demônios, e para todas as obras do erro de seus corações. E eu vou enviar-lhes testemunhas, para que eu possa testemunhar contra eles, mas eles não querem ouvir, e vai matar as testemunhas também, e eles vão perseguir aqueles que procuram a lei, e eles vão revogar e alterar 13 tudo de modo a funcionar mal diante dos meus olhos. E eu vou esconder meu rosto deles, e vou entregar nas mãos dos gentios para o cativeiro, e à rapina, e para devorar, e vou retirá-los do meio da terra, e os espalharei entre os gentios. 14 E eles vão esquecer tudo direito meu e de todos os meus mandamentos e todos os meus juízos, e vai 15 desvia a luas novas e sábados, e festivais, e jubileus, e ordenanças. E após isso, eles vão se virar para mim, de entre os gentios de todo o coração e com toda a sua alma e com toda a sua força, e eu vou recolhê-los de entre todos os gentios, e eles vão me procurar, de forma 16 que deve ser encontrado um deles, quando eles me procuram com todo seu coração e com toda a sua alma. E eu vou revelar-lhes paz abundante, com justiça, e vou retirá-los da planta de retidão, com todo meu coração e com toda a minha alma, e eles serão uma bênção e não para 17 a maldição, e eles serão a cabeça e não cauda. E eu vou construir o meu santuário no meio deles, e eu vou morar com eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo na verdade e na 18, 19 justiça. E eu não vou abandoná-los nem deixar-lhes, porque eu sou o Senhor seu Deus. " E Moisés caiu sobre seu rosto e orou e disse: 'Ó Senhor, meu Deus, não o abandone teu povo ea tua herança, de modo que deve vaguear no erro de seus corações, e não entregá-los nas mãos de seus inimigos, os gentios, para que não se pronuncie sobre eles e levá-los a pecar contra 20 Vós. Seja a tua misericórdia, Senhor, ser levantado sobre o teu povo, e criar neles um espírito justo, e não deixe que o espírito da regra Belial sobre eles para acusá-los diante de Ti, e envolvê-lo 21, todos os caminhos da justiça, de modo que eles podem perecer diante de ti. Mas eles são o teu povo e a tua herança, que livraste com o teu grande poder das mãos dos egípcios: criar neles um coração puro e um espírito santo, e não deixá-los ser enredados em 22 os seus pecados a partir de agora até a eternidade. " E o Senhor disse a Moisés: 'Eu sei que a sua contrariedade e os seus pensamentos e suas stiffneckedness, e eles não vão ser obediente até confessam 23 seu próprio pecado, e o pecado de seus pais. E após isso, eles vão se virar para mim em todos os retidão e com todos (o coração) e com todos (sua alma), e eu vou circuncidar o prepúcio do seu coração e do prepúcio do coração de sua semente, e eu vou criar em -lhes um espírito santo, e eu vou purificá-los para que eles não devem desviar-me de que a eternidade a cada dia. 24 E suas almas se unir a mim e a todos os meus mandamentos, e eles vão cumprir meu 25 mandamentos, e eu serei o seu Pai, e eles serão meus filhos. E todos eles serão chamados filhos do Deus vivo, e todos os anjos e todo espírito se sabe, sim, eles saberão que estes são meus filhos, e que eu sou o seu Pai em retidão e justiça, e que 26 Eu os amo. E não te escrever para ti todas estas palavras que eu declaro a ti nesta montanha, o primeiro e o último, que deve vir a passar em todas as divisões do dia na lei e nos depoimentos e nas próximas semanas e os jubileus toda a eternidade, até que eu descer e habitar 27 com eles por toda a eternidade. " E disse ao anjo da presença: Escreva para Moisés 28, o início da criação até o meu santuário foi construído entre eles por toda a eternidade. E o Senhor vai aparecer aos olhos de todos, e todos saberão que Eu sou o Deus de Israel e o Pai de todos os filhos de Jacó, e o Rei no Monte Sião para toda a eternidade. E o Sião e Jerusalém será 29 ser santo. " E o anjo da presença que ia diante do exército de Israel tomou as tabelas das divisões do ano, a partir do momento da criação da lei e do testemunho da semana dos jubileus, de acordo com os anos individuais, de acordo com o número de todos os jubileus [de acordo, a] cada ano, 2

desde o dia da criação [novo], quando os céus e a terra será renovada e toda sua criação de acordo com os poderes do céu, e de acordo com toda a criação da terra, até o santuário do Senhor deve ser feita em Jerusalém, no Monte Sião, e todos os astros ser renovada para a cura e para a paz e para bênção para todos os eleitos de Israel, e que, portanto, pode ser de naquele dia e até todos os dias da terra. [Capítulo 2] 1 E o anjo falou da presença de Moisés, segundo a palavra do Senhor, dizendo: Escreve a história completa da criação, como em seis dias o Senhor Deus terminou todas as suas obras e tudo o que Ele criou e manteve no sábado sétimo dia e o santificou para todas as idades, e 2 designou-o como um sinal para todas as suas obras. Para que no primeiro dia Ele criou os céus e que estão acima da terra e as águas e todos os espíritos que servem antes dele, os anjos da presença, e os anjos de santificação, e os anjos [do espírito do fogo e da anjos] do espírito do vento, e os anjos do espírito das nuvens e da escuridão e da neve e do granizo e geada, e os anjos das vozes e dos trovões e dos relâmpagos, e os anjos dos espíritos do frio e do calor, e do inverno e da primavera e do outono e do verão e de todos os espíritos de suas criaturas que estão nos céus e na terra, (que criou) e os abismos da escuridão , anoitecer (e noite), e da luz, madrugada e dia, o que ele tem 3 preparados no conhecimento do seu coração. E então nós vimos Suas obras, e elogiou ele, e elogiou perante ele por conta de todas as suas obras; para sete grandes obras que Ele fez criar, no primeiro dia. 4 E no segundo dia Ele criou o firmamento no meio das águas, e as águas dividiram-se que o meiodia deles foi em cima e metade deles foi abaixo do firmamento (que foi) no meio sobre o face de toda a terra. E esta foi a única obra (Deus) criou Cinco no segundo dia. E no terceiro dia Ele comandou as águas para passar a face do 6 toda a terra em um lugar, e a terra seca aparecer. E as águas fizeram como ele lhes ordenara, e aposentou-se da face da terra em um lugar fora do firmamento, 7 e a terra seca apareceu. E, nesse dia, Ele criou para todos os mares de acordo com suas distintas de coleta de lugares, e todos os rios, e os encontros das águas nas montanhas e em toda a terra, e todos os lagos, e todo o orvalho da terra, a semente que é semeada, e todas as coisas brotando, e árvores frutíferas e árvores da floresta e do jardim do Éden, no Éden 8 e todos. Estes quatro grandes obras que Deus criou no terceiro dia. E no quarto dia Ele criou o sol e a lua e as estrelas, e os pôs no firmamento do céu, para alumiar toda a terra, e para governar o dia e a noite, e dividir o 9 de luz e as trevas. E Deus designou o sol é um grande sinal sobre a terra por dias e 10 para os sábados e durante meses e por festas e por anos e anos para sábados e jubileus e para todas as estações do ano. E reparte a luz da escuridão [e] para a prosperidade, que todas as coisas que podem prosperar e crescer disparar sobre a terra. Estes três tipos que ele fez no quarto dia. E no quinto dia criou grandes monstros do mar, nas profundezas das águas, pois estas foram as primeiras coisas da carne que foram criados por suas mãos, os peixes e tudo que se move no 12 águas, e tudo que voa, os pássaros e todo o tipo deles. E o sol subiu acima deles para prosperar (eles) e, acima de tudo o que estava sobre a terra, tudo o que atira para fora da terra, e todos os 13 árvores frutíferas, e toda a carne. Estes três tipos Ele criou no quinto dia. E no sexto dia 14 Ele criou todos os animais da terra, e todo o gado, e tudo que se move sobre a terra. E depois de tudo isso Ele criou o homem, um homem e uma mulher os criou, e deu-lhe domínio sobre tudo o que está sobre a terra e nos mares, e sobre tudo que voa, e sobre animais e sobre o gado, e sobre tudo que se move sobre a terra, e sobre toda a terra, e sobre tudo isso deu 15-lhe o domínio. E estes quatro tipos Ele criou no sexto dia. E lá foram totalmente 16 vinte e dois tipos. E acabou toda a sua obra no sexto dia, tudo o que está nos céus e na terra e nos mares e nos abismos, e na luz e na escuridão, e em 3

17 tudo. E Ele nos deu um grande sinal, o dia de sábado, que devemos trabalhar seis dias, mas 18 guardar o sábado no sétimo dia de toda a obra. E todos os anjos da presença, e todos os anjos de santificação, estas duas grandes classes, Ele tem nos ordenado a guardar o sábado com Ele. 19 no céu e na terra. E disse-nos: "Eis que eu vos eu mesmo separar um povo de entre todos os povos, e estes devem manter o dia de sábado, e eu vou santificá-los para mim mesmo como meu povo, e abençoá-los, como já santificados o dia de sábado e fazer santificar (it) até 20 Eu, mesmo assim vou abençoá-los, e eles serão o meu povo e eu serei o seu Deus. E eu escolhi a semente de Jacó, de entre todas as que eu já vi, e escrevi-o como meu filho primogênito, e santificou-o para mim mesmo para sempre e sempre, e eu vou ensiná-los a 21 dias de sábado, que pode manter nela sábado de todo o trabalho. " E assim criou nele um sinal de acordo com o que eles deveriam guardar o sábado com a gente no sétimo dia, para comer e beber, e para abençoar aquele que criou todas as coisas que Ele tem abençoado e santificado para Si 22 um povo peculiar de todos os povos, e que eles deveriam guardar o sábado junto conosco. E fez os seus mandamentos para subir como um doce sabor aceitável diante dele todos os dias. . . Há 23 (foram) vinte e dois chefes da humanidade, desde Adão até Jacó, e vinte e dois tipos de trabalho foram feitas até o sétimo dia, que é bendito e santo, e também a primeira é abençoado e 24 santos, e este serve com aquela para a santificação e bênção. E para isso Jacó (e sua descendência), foi concedida que deverá ser sempre o bem-aventurado e os santos do primeiro depoimento 25 e da lei, assim como Ele havia santificado e abençoado no dia de sábado no sétimo dia. Ele criou os céus e a terra e tudo o que Ele criou em seis dias, e Deus fez o sétimo dia santo, para todas as suas obras, por isso Ele ordenou que em seu nome, quem faz todo o trabalho nela 26 é morrer, e que quem contamina deve, certamente morrerás. Por isso não te comando dos filhos de Israel a respeitar este dia e que pode mantê-lo santo e não fazer qualquer trabalho nele, e não 27 contaminá-lo, como é mais santo do que todos os outros dias. E quem profana ele morrerá, e quem pensa nela qualquer trabalho morrerá eternamente, que os filhos de Israel, pode-se observar este dia nas suas gerações, e não ser erradicado da terra, porque é um dia sagrado e abençoado De 28 dias. E todo aquele que a observa e mantém nela sábado de toda a obra, será santo e 29 abençoado durante todos os dias, como para nós. Declarar e dizer aos filhos de Israel o direito deste dia, tanto que eles deveriam manter nela Sabate, e que não deve abandonar-lo no erro de seus corações, (e) que não é lícito fazer qualquer trabalho que nela é inconveniente, para fazer nela seu próprio prazer, e que não deve preparar alguma coisa nela para ser comido ou bebido, e (que não é legal) para tirar água, ou trazer ou tirar nela através de suas portas a todos os encargos, 30, que eles não tinham preparado para si no sexto dia nas suas habitações. E eles não devem pôr em nem tirar de casa em casa naquele dia, para que o dia é mais santo e abençoado do que qualquer dia do jubileu dos jubileus, neste sábado, manteve nos céus antes era feito 31 conhecida a qualquer carne para manter nela sábado sobre a terra. E o Criador de todas as coisas abençoou-o, mas ele não santifica todos os povos e nações para manter nela Sabate, mas Israel só: eles 32 Só ele permitido comer, beber e manter nela sábado sobre a terra. E o Criador de todas as coisas abençoadas neste dia que Ele havia criado para a bênção e santidade e glória, acima de tudo De 33 dias. Esta lei e o testemunho foi dado aos filhos de Israel como uma lei para sempre para as suas gerações. [Capítulo 3] 1 E sobre os seis dias da segunda semana que nós trouxemos, segundo a palavra de Deus a Adão todos os animais, e todo o gado, e todos os pássaros, e tudo que se move sobre a terra, e tudo que se move no água, segundo a sua espécie, e de acordo com seus tipos: as feras no primeiro dia, o gado, no segundo dia, os pássaros no terceiro dia, e tudo o que se move sobre a terra, no quarto dia, e que 4

se move na água, no quinto dia. 2 E Adão deu nome a todos por seus respectivos nomes, e como ele os chamava, era assim seu nome. 3 E nestes cinco dias de Adão viu tudo isso, masculino e feminino, de acordo com cada tipo que estava no 4 a terra, mas ele estava sozinho e não encontrou nenhum companheiro para ele. E o Senhor dissenos: "Não é 5 bom que o homem esteja só: vamos fazer uma companheira para ele. " E o Senhor nosso Deus causou um profundo sono a cair sobre ele, e ele dormiu, e ele tomou a mulher de uma costela, entre 6 costelas, e este reforço foi a origem da mulher de entre as costelas, e ele construiu a carne em seu lugar, e construído a mulher. E ele despertou Adão para fora do seu sono e acordar ele subiu no sexto dia, e ele a trouxe para ele, e ele sabia que ela, e disse-lhe: 'Esta é agora osso dos meus ossos e carne da minha carne; ela serão chamados 7 [minha mulher], porque ela foi tirada de seu marido. " Assim, o homem e a mulher deve ser uma e, portanto, o homem deixará seu pai e sua mãe, e apegai-vos à sua esposa, e eles serão 8 uma só carne. Na primeira semana foi criado Adão e da costela-esposa: na segunda semana Mostrou-lha, e por esta razão, a ordem foi dada para manter em seu aviltamento, 9 para um macho de sete dias, e para uma fêmea, duas vezes sete dias. E depois de Adão havia completado quarenta dias na terra onde tinha sido criado, nós o trouxemos para o jardim do Éden, para lavrar e mantê-lo, mas sua esposa trouxeram no dia de oitenta anos, e após isso, ela entrou para o jardim 10 do Éden. E por isso o mandamento está escrito nas tábuas celestes em relação a ela que dá à luz: "Se ela tem um macho, ela deve permanecer em sua imundícia sete dias de acordo com a primeira semana de dias, e trinta e três dias, ela permanecem no sangue da sua purificação, e ela não deve tocar em qualquer coisa sagrada, nem entrar no santuário, até que ela realiza essas 11 dias que (são intimados), no caso de uma criança do sexo masculino. Mas, no caso de uma criança do sexo feminino, ela deve permanecer em sua imundícia duas semanas de dias, de acordo com as primeiras duas semanas, e sessenta e seis dias 12 no sangue da sua purificação, e eles estarão em todos os oitenta dias. " E quando ela tinha terminado estes oitenta dias que trouxe para o jardim do Éden, pois é mais santo do que toda a terra e além 13 Toda árvore que é plantada em que é santo. Portanto, não foi ordenado a respeito dela que leva um homem ou uma criança do sexo feminino o estatuto de naqueles dias que ela deve tocar em nenhuma coisa sagrada, nem 14 entrará no santuário até que esses dias para a criança do sexo masculino ou feminino são realizadas. Esta é a lei e o testemunho que foi escrito para Israel, a fim de que eles devem observar (é) de todos os De 15 dias. E na primeira semana do primeiro jubileu, Adam e sua esposa estavam no jardim do Éden para lavrar sete anos e mantê-lo, e demos-lhe trabalho e que o instruiu a fazer tudo 16, que é adequado para plantio. E ele lavrados (o jardim), e estava nu e não sabia, e não se envergonhou, e ele protegia o jardim das aves e animais e gado, e reuniu os seus frutos, e comer, e deixar de lado o resíduo para si e para para [sua esposa e pôr de lado o que era 17 sendo mantido]. E após a conclusão dos sete anos, que tinha terminado ali, exatamente sete anos e, no segundo mês, no décimo sétimo dia (do mês), a serpente veio e se aproximou da mulher e a serpente disse à mulher: "Deus vos ordenou, 18 dizendo: Não comereis de toda árvore do jardim? " E ela disse a ele: 'De todos os frutos das árvores do jardim tem Deus nos disse: Coma, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim de Deus tem nos disse: Não comereis º, nem nele tocareis, para que não morrais. " E a serpente disse à mulher: "Certamente não morrer: Porque Deus sabe que no dia vós comerá dela, seus olhos se abrirão, e sereis como deuses, e vocês sabem bem e 5

20 mal. E a mulher viu que a árvore era agradável e agradável aos olhos, e que seus frutos 21 foi boa para se comer, e ela tomou seu e comer. E quando ela tinha coberto o seu primeiro com avental de folhas vergonha, ela deu a Adão e seu coma, e seus olhos se abriram e ele viu que ele estava 22 nu. E tomou avental de folhas e costurou (deles) juntos, e fez um avental para ele, e 23, 24 cobriu de vergonha. E Deus amaldiçoou a serpente, e se indignou com ela para sempre. . . E Ele se indignou com a mulher, porque ela seguiam a voz da serpente, e comeu, e disse-lhe: "Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua dor: em dor darás à luz 25 crianças, e devolver o teu marido será tua, e ele te dominará ". E a Adão disse: "Porque tu seguiam até a voz de tua mulher e comeste da árvore de que te ordenei que tu não deverias comer mesmo, maldita seja a terra por tua causa: espinhos e cardos trazer a ti, e comerás o teu pão com o suor de teu rosto, até que tornes à terra de onde tu foste tomado, porquanto és terra, e tu a terra até 26 voltes. E que Ele fez por eles casacos de pele, e os vestiu, e os enviou de 27, o Jardim do Éden. E no dia em que Adam saiu do jardim, ele se ofereceu como um doce perfume de uma oferta, incenso, gálbano, estoraque e, especiarias e na parte da manhã com o 28 nascer do sol do dia, quando ele cobria sua vergonha. E naquele dia estava fechado a boca de todos os animais e de gado e de aves, e em todas as caminhadas, e de tudo se move, de modo que não podia mais falar, pois tinha uma falado com todos os outros com um lábio e com uma língua. 29 E Ele enviou para fora do Jardim do Éden, toda a carne que estava no Jardim do Éden, e toda a carne era espalhada de acordo com seus tipos, de acordo com seus tipos até os lugares que tinha sido criado 30 para eles. E a Adão só deu Ele (os meios), para cobrir sua vergonha, de todos os animais e 31 bovinos. Por conta disso, ele é prescrito nas tábuas celestes como tocar todos aqueles que sabem o julgamento da lei, que deve cobrir sua vergonha, e não deve revelar-se como a 32 gentios descobrir-se. E na lua nova do quarto mês, Adam e sua esposa foram 33 diante do Jardim do Éden, e que habitou na terra de Éden, na terra de sua criação. E 34 Adão chamou o nome da sua esposa Eva. E não tinham filho até o primeiro jubileu, e após isso ele 35 conhecia. Agora, cultivavam a terra que ele tinha sido instruído no Jardim do Éden. [Capítulo 4] 1 E, na terceira semana do jubileu segundo ela deu à luz a Caim, e na quarta ela deu à luz a Abel, e na quinta ela deu à luz sua filha Awan. E no primeiro (ano) do jubileu terceiros, Caim matou Abel porque (Deus) aceitou o sacrifício de Abel e não aceitou 3, a oferta de Caim. E ele matou-o no campo: o seu sangue e gritou do chão ao céu, 4 reclamando porque ele tinha matado ele. E o Senhor reprovou Caim por Abel, porque ele havia matado, e ele fez um fugitivo sobre a terra por causa do sangue de seu irmão, e ele 5 amaldiçoou a terra. E nessa conta está escrito nas tabelas celestiais, "Maldito seja, aquele que fere seu vizinho traiçoeiramente, e todos que viram e ouviram dizer que assim seja, e 6 o homem que viu e não declarados (TI), seja anátema que a outra. " E por isso nós anunciamos quando chegarmos diante do Senhor, nosso Deus, todo o pecado que está empenhada no céu e 7 sobre a terra, e à luz e na escuridão, e em toda parte. E Adão e sua esposa lamentou Abel quatro semanas de anos, e no quarto ano da quinta semana, eles se tornaram alegres, e Adão conheceu sua mulher, e ela lhe deu um filho, e chamou o seu nome Sete, pois ele disse 'Deus 8 levantou uma descendência segundo nós na terra em lugar de Abel, porquanto Caim o matou. " E na sexta 9 semanas que gerou a sua filha Azura. E Caim tomou Awan sua irmã para ser sua esposa e ela lhe deu Enoque no encerramento do jubileu quarto. E no primeiro ano da primeira semana do quinto Jubileu, casas foram construídas na terra, e Caim construiu uma cidade, e chamou o seu nome após o nome de 6

10, 11 seu filho Enoque. E Adão conheceu Eva, sua mulher e ela deu ainda nove filhos. E na quinta semana do jubileu quinto. Sete tomou Azura sua irmã para ser sua esposa, e no ano (quarta a sexta 12,13 por semana), ela deu-lhe Enos. Ele começou a invocar o nome do Senhor na terra. E no sétimo jubileu na terceira semana Enos tomou Noé sua irmã para ser sua esposa, e ela lhe deu um filho 14 no terceiro ano da quinta semana, e ele chamou o seu nome Kenan. E no encerramento da oitava jubileu Kenan Mualeleth levou sua irmã para ser sua esposa, e ela lhe deu um filho no ano do jubileu nono, 15 na primeira semana, no terceiro ano desta semana, e ele chamou o seu nome Maalalel. E na segunda semana do décimo jubileu Maalalel tomou-lhe a esposa Dinah, a filha de Barakiel a filha do irmão de seu pai, e ela lhe deu um filho, na terceira semana do sexto ano, e ele pôs o nome de Jared, porque nos seus dias os anjos do Senhor desceu sobre a terra, aqueles que são nomeados os Vigilantes, que devem instruir os filhos dos homens, e que eles devem fazer 16 juízo, e retidão na terra. E no ano do jubileu décima primeira Jared tomou para si uma esposa, e seu nome era Baraka, a filha de Rasujal, a filha do irmão de seu pai, na quarta semana deste jubileu, e ela lhe deu um filho na quinta semana, em Pelo quarto ano do jubileu, e 17 chamou o seu nome Enoque. E ele foi o primeiro entre os homens que nascem na terra que aprendeu a escrever e conhecimento e sabedoria, e que escreveu para baixo os sinais do céu de acordo com a ordem de seus meses em um livro, que os homens pudessem conhecer as estações do ano de acordo com o ordem de 18 os meses separados. E ele foi o primeiro a escrever um testemunho e ele deu testemunho aos filhos dos homens entre as gerações da terra, e recontou as semanas do jubileu, e fez-lhes saber o dia do ano, e pôr em ordem os meses e contou dos sábados do ano 19, nós fizemos (eles), conhecido por ele. E o que foi e o que será que ele viu em uma visão de seu sono, como vai acontecer com os filhos dos homens em suas gerações, até o dia do julgamento, ele viu e entendeu tudo, e escreveu seu testemunho, e colocou o testemunho sobre Terra para todos 20 os filhos dos homens e para as suas gerações. E no ano do jubileu XII, na sétima semana mesmo, ele tomou para si uma esposa, e seu nome era Edna, filha de Danel, a filha do irmão de seu pai, e no sexto ano nesta semana, ela lhe deu um filho e chamou o seu nome 21 Matusalém. E ele foi, aliás, com os anjos de Deus, estes seis jubileus de anos, e mostrou-lhe tudo o que está na terra e nos céus, a regra do sol, e ele escreveu 22 tudo. E ele deu testemunho da sentinelas, que pecaram com as filhas dos homens, pois estes tinham começado a se unirem, a fim de ser contaminado, com as filhas dos homens, e Enoque 23 testemunhou contra (eles) tudo. E ele foi tirado dentre os filhos dos homens, e que o conduziu para o Jardim do Éden, em majestade e honra, e eis que ele escreve a con24denação e julgamento do mundo, e toda a maldade dos filhos dos homens. E por conta dele (Deus) trouxe as águas do dilúvio sobre toda a terra do Éden, para que ele foi criado como um sinal e que ele deveria testemunhar contra todos os filhos dos homens, que ele deveria contar toda a 25 obras das gerações até o dia de condenação. E ele queimou o incenso do santuário, 26 (par) aromático aceitável diante do Senhor do Monte. Porque o Senhor tem quatro lugares na Terra, o Jardim do Éden, e o Monte do Oriente, e essa montanha em que tu és o dia de hoje, o Monte Sinai e Monte Sião (que) será santificado na criação de um novo santificação da terra, por isso a terra será de todos os santificados (sua culpa) e a sua imundícia por27 as gerações do mundo. E, no décimo quarto jubileu Matusalém tomou para si uma esposa, Edna, filha de Azrial, a filha do irmão de seu pai, na terceira semana, no 28 anos antes de esta semana, e gerou um filho e chamou o seu nome Lameque. E no ano do jubileu décimo quinto na terceira semana Lameque tomou para si uma esposa, e seu nome era Betenos filha de Baraki'il, a filha do irmão de seu pai, e esta semana ela deu à luz um filho e chamou o seu nome Noé , dizendo: 'Este será um conforto para mim para os meus problemas e todo o meu trabalho, e para o chão 7

29, que o Senhor amaldiçoou. E no encerramento do jubileu XIX, na sétima semana em seu sexto ano, Adam morreu, e todos os seus filhos, sepultaram-no na terra de sua criação, e ele 30 foi o primeiro a ser enterrado na terra. E ele não tinha setenta anos de mil anos, por mil anos são como um dia no testemunho dos céus e, portanto, foi escrito acerca da árvore do conhecimento: "No dia em que comerdes desse haveis de morrer." Por esta razão ele 31 não completaram os anos neste dia, pois ele morreu durante a mesma. No final deste jubileu Caim foi morto depois dele, no mesmo ano, para a sua casa caiu em cima dele e ele morreu no meio da casa dele, e ele foi morto por suas pedras, pois com uma pedra, ele matou Abel, e por uma pedra que ele foi morto em 32 julgamento justo. Por este motivo, foi ordenado nas tábuas celestes: Com o instrumento com o qual um homem mata o seu vizinho com o mesmo ele deve ser morto, depois da forma que 33 Ele feriu, na forma como eles devem lidar com ele. " E no ano do jubileu vigésimo quinto Noé tomou para si uma esposa, e seu nome era Emzara, filha de Rake'el, a filha do irmão de seu pai, no primeiro ano na quinta semana e, no seu terceiro ano ela deu à luz Sem ele, no seu quinto ano ela deu-lhe Ham, e no primeiro ano na sexta semana ela deu-lhe Jafé. [Capítulo 5] 1 E aconteceu que quando os filhos dos homens começaram a multiplicar sobre a face da terra e as filhas nasceram-lhes que os anjos de Deus viram-los em um determinado ano do jubileu, que eram bonitas de se olhar; e tomaram para si mulheres de todas as quais 2 escolheu, e eles vos deu à luz filhos e eles eram gigantes. E aumento da ilegalidade sobre a terra e toda a carne corrompido o seu caminho, tanto homens como animais e feras e pássaros e tudo o que anda sobre a terra, todos eles corrompido o seu caminho e os seus pedidos, e eles começaram a devorar uns aos outros, e aumento da ilegalidade sobre a terra e toda a imaginação dos pensamentos de todos os homens 3 (era) assim má continuamente. E Deus olhou para a terra, e eis que estava corrompida, e toda a carne havia corrompido suas ordens, e todos os que estavam na terra havia feito todo o mal 4 antes de seus olhos. E Ele disse que iria destruir o homem e toda a carne sobre a face da terra 5,6 que Ele havia criado. Mas Noé achou graça diante dos olhos do Senhor. E contra os anjos que Ele havia enviado a terra, Ele era extremamente indignado, e deu ordem para arrancá-las de todo o domínio de si, e ele pediu-nos para ligá-los nas profundezas da terra, e 7 Eis que eles são obrigados, no meio deles, e são (mantido) em separado. E contra os filhos saíram de um comando antes de seu rosto, que devem ser ferido com a espada, e ser removido 8 de debaixo do céu. E ele disse: "Meu espírito não é sempre respeitar o homem, pois eles também são carne 9 º e seus dias serão 120 anos. E Ele enviou o Seu espada no meio deles que cada um deve matar o seu vizinho, e eles começaram a matar uns aos outros até que todos caíram à espada 10 e foram extintos da terra. E seus pais eram testemunhas (de sua destruição), e após isso, eles foram obrigados, nas profundezas da terra para sempre, até ao dia da condenação grande, quando o julgamento é executado em todos aqueles que têm corrompido o seu caminho e os seus trabalhos antes 11, o Senhor. E ele destruiu tudo a partir de seus lugares, e não havia deixado um deles quem 12 Ele não foi julgado de acordo com todas as suas maldades. E ele fez para todas as suas obras uma nova natureza e justo, para que eles não devem pecado em toda a sua natureza para sempre, mas devem ser todos 13 justo cada um em seu tipo de caminho. E o julgamento de todos é ordenado e escrita nas tábuas celestes na justiça, mesmo (o julgamento de) todos os que se afastam do caminho que é ordenado para eles em pé, e se eles não andam aí, o julgamento é anotado para cada criatura e 14 para cada espécie. E não há nada no céu ou na terra, ou na luz ou no escuro, ou no inferno ou no 8

fundo, ou no lugar de trevas (que não é julgada), e todas as suas decisões são 15 ordenado, escrito e gravado. No que diz respeito a todos os julgará, o grande acordo com a sua 16 grandeza, e os pequenos de acordo com a sua pequenez, e cada um segundo a sua maneira. E Ele não é aquele que conta a pessoa (de qualquer), nem é Ele quem vai receber presentes, se Ele diz que irá executar juízo sobre cada um: se deu tudo o que está na terra, Ele não conta o 17 presentes, ou a pessoa (de qualquer), nem aceitar qualquer coisa em suas mãos, pois Ele é um juiz justo. [E dos filhos de Israel que tem sido escrito e ordenado: Se eles se voltam para ele na justiça Ele perdoará todas as suas transgressões e perdoe todos os seus pecados. Ele é escrito e ordenado que 19 Ele irá mostrar misericórdia para com todos os que se desviarem da sua culpa, uma vez por ano.] E, como para todos aqueles que corromperam os seus caminhos e seus pensamentos antes do dilúvio, nenhuma pessoa do homem foi aceite a ressalva de que de Noé sozinho, porque a sua pessoa foi aceite em nome de seus filhos, a quem (Deus), salvo das águas da inundação em sua conta, pois seu coração era justo em todas as suas formas, de acordo como foi com20 comandado quanto ele, e ele não tinha partido de alguma coisa que foi ordenado por ele. E o Senhor disse que iria destruir tudo o que havia sobre a terra, homens e gado, e 21 feras e aves do céu, e que se arrastam sobre a terra. E Ele ordenou a Noé que 22 fazer-lhe uma arca, que ele poderia se salvar das águas do dilúvio. E Noé fez a arca em todos os aspectos, como Ele ordenou, no vigésimo sétimo jubileu do ano, na quinta semana 23, no quinto ano (na lua nova do primeiro mês). E ele entrou na sexta (ano) da mesma, no segundo mês, na lua nova do segundo mês, até o décimo sexto, e ele entrou e tudo o que lhe trouxe, na arca, e o Senhor fechou de fora, na noite XVII. 24 E o Senhor abriu sete comportas do céu, E as bocas das fontes do grande abismo, sete bocas em número. 25 E as comportas começou a derramar a água do céu, quarenta dias e quarenta noites, E as fontes do abismo também enviado para as águas, até que o mundo inteiro estava cheio de água. 26 E cresceram as águas sobre a terra: quinze côvados que as águas subam acima de todas as altas montanhas, ea arca se elevou acima da terra, E ele se movia sobre a face das águas. 27 E as águas prevaleceram sobre a face da terra cinco meses, cento e cinquenta dias. 28, 29 e passou a arca e descansado no topo da Lubar, uma das montanhas de Ararate. E (na lua nova), no quarto mês, as fontes do grande abismo foram fechadas e as comportas do céu foram contidos, e na lua nova do sétimo mês, todas as bocas dos abismos 30 da terra foram abertos, e a água começou a descer ao abismo abaixo. E na lua nova do décimo mês, os topos das montanhas foram vistos, e na lua nova do mês de 31 a primeira terra se tornou visível. E as águas desapareceram acima da Terra na quinta semana em seu sétimo ano, e no décimo sétimo dia do segundo mês a terra estava seca. 32 E no seu vigésimo sétimo abriu a arca, e enviou dela animais, gado e aves, e cada coisa em movimento. [Capítulo 6] 1 E na lua nova do terceiro mês que ele saiu da arca, e construiu um altar em 2 montanha que. E ele fez a expiação para a terra, e tomou um cabrito e fez expiação pelo seu sangue por toda a culpa da terra, por tudo o que tinham estado em que tinham sido destruídos, salvo 3, os que estavam na arca com Noé. E ele colocou a gordura sobre o altar, e ele tomou um boi, e uma cabra e um carneiro e crianças, e sal, e uma rola, e os jovens de uma pomba, e colocou um holocausto sobre o altar e derramou nela uma oferta amassada com azeite e polvilhada de vinho e 9

incenso espalhado sobre tudo, e causou um cheiro agradável a surgir, aceitável antes 4, o Senhor. E o Senhor sentiu o cheiro agradável, e ele fez um pacto com ele que não deve ser mais um dilúvio para destruir a terra, para que todos os dias do tempo terra de sementes e colheita nunca deve cessar; frio e calor, e verão e inverno, dia e noite, não deve 5 alterar a sua ordem, nem deixará para sempre. "E vós, aumente e se multipliquem sobre a terra, e tornar-se muitos em cima dela, e ser uma bênção sobre ele. O temor de vós e o pavor de vós eu 6 inspirar em tudo o que está na terra e no mar. E eis que Eu vos dei todas as feras, e todas as coisas com asas e tudo que se move sobre a terra, e os peixes nas águas, e todos os 7 coisas para o alimento, como a erva verde, tenho dado todas as coisas para comer. Mas a carne, com sua vida, com o sangue, não comereis, porque a vida de toda carne está no sangue, para que o sangue de suas vidas se necessário. Ao lado de cada homem, na mão de todos os animais () vou exigir que o Oito sangue do homem. Quem derrama o sangue do homem pelo homem terá seu sangue derramado, para a imagem de 9,10 Deus fez o homem. E vós, aumentar e multiplicar-se sobre a terra. E Noé e seus filhos juraram que não comeriam todo o sangue que estava em carne alguma, e ele fez um pacto antes da 11 Senhor Deus para sempre por todas as gerações da terra neste mês. Nesta conta ele falou para ti que deves fazer um pacto com os filhos de Israel no mês passado sobre a montanha com um juramento, e que tu polvilhe sangue sobre eles por causa de todas as palavras 12 do pacto que o Senhor fez com eles para sempre. E este testemunho está escrito que você deve observá-lo continuamente, de modo que você não deve comer em qualquer dia todo o sangue de animais, pássaros ou animais durante todos os dias da terra e do homem que come o sangue de animais ou de gado ou de aves durante todo o dia da terra, ele e sua semente deve ser erradicado da terra. 13 E se tu comando dos filhos de Israel não comem sangue, para que seus nomes e suas sementes 14 pode ser perante o Senhor nosso Deus continuamente. E esta lei não há limite de dias, pois é para sempre. Eles devem observá-lo durante as suas gerações, para que eles possam continuar suplicando em seu nome com sangue diante do altar, a cada dia e na hora de manhã e à noite devem pedir perdão em seu nome perpetuamente diante do Senhor que eles possam manter 15 não é e ser erradicado. E deu a Noé e seus filhos, um sinal de que não deve haver mais 16 ser um dilúvio sobre a terra. Ele colocou seu arco nas nuvens como um sinal da aliança eterna que há 17 não deve ser novamente um dilúvio sobre a terra para destruí-la todos os dias da terra. Por este motivo, é ordenado e escrita nas tábuas celestes, que eles deveriam comemorar a festa das semanas neste 18 meses, uma vez por ano, para renovar o convênio todo ano. E esta festa toda foi comemorado no céu a partir do dia da criação até os dias de Noé-26 jubileus e cinco semanas de anos, e Noé e seus filhos observaram que durante os sete jubileus e uma semana de anos, até o dia de Noé morte, e desde o dia da morte de seus filhos de Noé acabou com (ele) até os dias de Abraão, e 19 que comer sangue. Mas Abraão observados, e Isaque, Jacó e seus filhos observaram que até os teus dias, e nos teus dias os filhos de Israel se esqueceu até vós comemorou-la novamente na montanha. 20 E tu não comando dos filhos de Israel a respeitar este festival em todas as suas gerações, por um 21 mandamento eles: um dia no ano, neste mês, devem celebrar o festival. Pois é a festa da semana ea festa dos primeiros frutos: a festa é dupla e de uma dupla natureza: 22 de acordo com o que está escrito e gravado sobre ele, celebrá-la. Por eu ter escrito no livro da lei em primeiro lugar, o que tenho escrito para ti, que tu celebrá-lo em sua estação, um dia no ano, e eu expliquei a ti seus sacrifícios que os filhos de Israel deve se lembrar e deve celebrá-lo nas suas gerações, neste mês, um dia em cada ano. 23 E a lua nova do primeiro mês, e na lua nova do mês em quarto lugar, e na lua nova do sétimo 10

mês, e na lua nova do décimo mês são os dias de comemoração, e os dias de as estações do ano nas quatro divisões do ano. Estes são escritos e ordenados 24 como um testemunho para sempre. E Noé ordenou para si mesmo como festas para as gerações para sempre, 25 para que eles se tornaram, assim, até um memorial dele. E na lua nova do primeiro mês, ele foi ordenado a fazer para si uma arca, e nesse dia (), a terra tornou-se seco e abriu 26 (da arca) e vi a terra. E na lua nova do quarto mês as bocas das profundezas do abismo abaixo foram fechadas. E na lua nova do sétimo mês, todas as bocas de 27 os abismos da terra foram abertos, e as águas começaram a descer em si. E sobre o novo 28 lua do décimo mês, os topos das montanhas eram vistas, e Noé foi feliz. E nessa conta que ele ordenou para si mesmo como um memorial para as festas de sempre, e assim eles são ordenados. 29 E eles colocaram nas tábuas celestes, cada um tinha treze semanas, de um para outro (passado) o seu memorial, do primeiro para o segundo e do segundo para o terceiro, e do 30 terceiros para o quarto. E todos os dias do mandamento será duas semanas e cinquenta dias, e (estes) faz todo o ano completo. Assim, é gravado e ordenado em celestial 31 comprimidos. E não há negligência (este mandamento) para um único ano ou de ano para ano. 32 E tu comando dos filhos de Israel que observe os anos de acordo com este cálculo, 364 dias, e (eles) constituem um ano completo, e eles não vão perturbar o seu tempo de seus dias e das suas festas ; por tudo vai cair em si de acordo com 33 o seu testemunho, e eles não vão deixar de fora qualquer dia nem perturbar qualquer festa. Mas se eles fazem negligência e não observá-los de acordo com o seu mandamento, então eles vão perturbar todas as suas estações e os anos vão ser desalojado desta ordem (), [e eles vão perturbar as estações e os anos 34 será desalojado] e negligenciam as suas próprias ordenanças. E todos os filhos de Israel vai esquecer e não encontrar o caminho dos anos, e esquecer as luas novas, e as estações, e sábados 35 e que vai dar errado a toda a ordem dos anos. Porque eu sei e de agora em diante vou declará-la a ti, e não é de minha própria invenção, pois o livro (mentiras), escrito antes de mim, e nas tábuas celestes a divisão de dias é ordenado, para não esquecer as festas de o pacto 36 e andar de acordo com as festas dos gentios após seu erro e depois da sua ignorância. Para que haverá aqueles que irão seguramente fazer observações da lua- como (isto) perturba as 37 estações e vem de anos para dias a dez anos muito cedo. Por esta razão, os anos virá sobre eles quando irá perturbar (a ordem), e faz abominável (dia) no dia do depoimento, e um dia imundo um dia de festa, e eles vão confundir todos os dias, o santo com o imundo, e no dia imundo com o sagrado, porque vai dar errado quanto ao mês e sábados e as festas e 38 jubileus. Por esta razão, o comando e o testemunho que te possas testemunhar a eles, para depois os teus filhos, tua morte vai incomodar (deles), de modo que eles não vão fazer o ano de 364 dias apenas, e por esta razão que vai dar errado quanto às novas luas e as estações e os sábados e festas, e eles vão comer todos os tipos de sangue com todos os tipos de carne. Capítulo [7] 1 e na sétima semana, no primeiro ano do mesmo, neste jubileu, Noé plantou vinha na montanha em que a arca descansou, chamado Lubar, uma das montanhas de Ararate, e eles produziram frutos no quarto ano, e ele guardava o seu fruto, e reuniu-lo neste ano na Dois meses em sétimo. E daí que ele fez vinho e colocá-lo em um navio, e manteve-o até o quinto Três anos, até o primeiro dia, na lua nova do primeiro mês. E ele comemorou com alegria o dia da festa, e deu um holocausto ao Senhor, um novilho e um carneiro, e sete carneiros, cada um ano de idade, e um bode, que ele poderia fazer expiação assim para si próprio 4 e seus filhos. E ele preparou o primeiro filho, e colocou alguns de seus sangue na carne que estava no altar que tinha feito, e toda a gordura que ele colocou sobre o altar, onde ele fez o holocausto, 11

5 º e do boi e do carneiro e da ovelha, e colocou todo o seu corpo sobre o altar. E ele colocou todas as suas ofertas misturada com azeite em cima dela, e em seguida ele aspergiu o vinho sobre o fogo que ele havia feito anteriormente sobre o altar, e ele colocou o incenso no altar e causou um cheiro doce 6 ascender aceitáveis perante o Senhor seu Deus. E alegrou-se e bebeu do vinho, ele e seus 7 crianças com alegria. E era noite, e ele entrou em sua tenda, e estar embriagado, deitou-se 8 e dormiu, e foi descoberto em sua tenda, enquanto ele dormia. E Cam viu Noé seu pai nu, e 9 saiu e contou a seus dois irmãos sem. Sem e tomou a sua capa e se levantou, ele e Jafé, e colocou o vestido sobre seus ombros e fui para trás e cobertos de vergonha 10 de seu pai, e seus rostos estavam atrasadas. E Noé acordou do seu sono, e todos sabiam que seu filho mais novo tinha feito com ele, e ele amaldiçoou o seu filho e disse: "Maldito seja Canaã; um 11 servo escravo será ele a seus irmãos. " E abençoou Sem, e disse: "Bendito seja o 12 Senhor Deus de Sem, e Canaã será seu servo. Deus deve ampliar Jafé, e Deus 13 moram na residência de Sem, e Canaã será o seu servo. Ham e sabia que seu pai havia amaldiçoado seu filho mais novo, e ele estava descontente que ele amaldiçoou o seu filho. e ele se separou de 14 de seu pai, ele e seus filhos com ele, Cuche, Mizraim e Pute e Canaã. E ele construiu para 15-se uma cidade e chamou o seu nome após o nome de sua esposa Ne'elatama'uk. Jafé e viu, e ficou com inveja de seu irmão, e ele também construiu para si uma cidade, e chamou o seu nome depois 16, o nome de sua esposa Adataneses. Sem e habitou com seu pai Noé, e ele construiu uma cidade próxima a seu pai sobre a montanha, e ele também chamou o seu nome após o nome de sua esposa Sedeqetelebab. 17 E eis que estas três cidades são perto de Monte Lubar; Sedeqetelebab frente do monte em seu 18 leste e no sul Na'eltama'uk; »Adatan'eses para o oeste. E estes são os filhos de Sem: Elão, Assur, e Arfaxade, filho este (), nasceu dois anos depois do dilúvio e 19 Lud e Aram. Os filhos de Jafé: Gomer, Magogueue, Madai, Javã, Tubal e 20 Meseque e Tiras: Estes são os filhos de Noah. E no ano do jubileu vigésimo oitavo Noé começou a intimar a filhos de seus filhos os preceitos e mandamentos, e todos os julgamentos que ele sabia, e exortou os seus filhos a respeitar a justiça, e para cobrir a vergonha de sua carne, e para abençoar seu Criador, e honrar pai e mãe, e amar o próximo, e guarda a sua alma 21 da fornicação ea impureza e toda a iniquidade. Para que devido a estas três coisas veio o dilúvio sobre a terra, ou seja, devido à fornicação onde os Sentinelas contra a lei de suas ordenanças se prostituíram, seguindo as filhas dos homens, e tomaram para si mulheres de todas as que 22 escolheu: e eles fizeram o início de impureza. E gerou os filhos do Naphidim, e eles estavam todos ao contrário, e eles comeram um ao outro, e o matou a Naphil Giants, eo 23 Naphil matou o Eljo e Eljo a humanidade, e um outro homem. E cada um vendido a si mesmo 24 a iniquidade e derramou muito sangue, e a terra se encheu de iniquidade. E depois eles pecaram contra os animais e aves, e tudo o que se move e caminha sobre a terra, e muito sangue foi derramado sobre a terra, e toda a imaginação e o desejo dos homens imaginaram vaidade e do mal 25 continuamente. E o Senhor destruiu tudo de sobre a face da terra, por causa da maldade das suas ações, e por causa do sangue que haviam derramado no meio da terra 26 Ele destruiu tudo. "E ficamos, eu e você, meus filhos, e tudo o que entrou conosco na arca, e eis que vejo os seus trabalhos antes de mim vós que não andam na justiça, no caminho da destruição vos ter começado a andar e vós sois um divisor de outro, e é um invejoso de outro, e (por isso se trata) que vocês não estão em harmonia, meus filhos, cada um com seu irmão. 27 Pois eu vejo, e eis que os demônios começaram a (sua) seduções contra si e contra seus filhos e agora tenho medo em seu nome, que depois da minha morte vai derramar o sangue dos homens sobre a terra, 28 e que vós, também, serão destruídos da face da terra. Para derramar o sangue do homem aquele 12

que é, e come aquele que o sangue de qualquer carne, todos serão exterminados da terra. 29 E não deve ser deixada qualquer homem que comer sangue, ou que derramar o sangue do homem sobre a terra, Também haverá deixou-lhe qualquer semente ou descendentes que vivem sob o céu; Para a túmulo eles devem ir, e no lugar de condenação, eles devem descer, E na escuridão das profundezas é que todos sejam removidos por uma morte violenta. 30 Não haverá sangue visto em cima de você de todo o sangue não deve ser todos os dias em que vocês mataram animais ou qualquer gado ou qualquer voa sobre a terra, trabalho e vos um bom trabalho no seu 31 almas, cobrindo o que foi derramado na face da terra. E não sereis como quem come com sangue, mas guardai-vos de que ninguém pode comer de sangue antes de você: cobrir o sangue, 32 para, assim, eu fui mandado para testemunhar a você e seus filhos, juntamente com toda a carne. E não sofrem a alma para ser comidos com a carne, que o seu sangue, que é sua vida, não pode ser exigido 33 na mão de qualquer carne que verte (isto) sobre a terra. Porque a terra não vai ser limpo do sangue que foi derramado sobre ela, para (apenas) com o sangue daquele que o derramou vai ser a terra 34 purificados em todas as suas gerações. E agora, meus filhos, escutai acórdão trabalho: e a justiça que vocês podem estar plantadas na justiça sobre a face de toda a terra, e seu 35 glória levantada antes de meu Deus, que me salvou das águas do dilúvio. E eis que vos vão para as cidades e construir-se e planta-los em todas as plantas que estão sobre a terra, e além disso 36, todas as árvores frutíferas. Durante três anos os frutos de tudo que é consumido não serão recolhidos, e no quarto ano do seu fruto será contabilizado [santo e eles vão oferecer a] primícias, aceitável perante Deus Altíssimo, que criou o céu e a terra e todas as coisas. Deixe que eles oferecem em abundância o primeiro vinho e azeite (as) primeiros frutos no altar do Senhor, que o recebe, e 37 o que resta deixar os servidores da casa do Senhor, come diante do altar, que recebe (it). E no quinto ano fazei o lançamento de modo que a liberação de vós em justiça e retidão, e sereis bc justo, 38 e tudo o que você planta deve prosperar. Pois assim que Enoque, o pai de seu pai comando Matusalém, seu filho, e seu filho Lameque Matusalém, Lameque e ordenou-me todas as coisas 39, que seus pais lhe ordenara. E eu também lhe dará mandado, meus filhos, como Enoque ordenou a seu filho no jubileus primeira: enquanto ainda vivo, o sétimo de sua geração, ele comandou e testemunhou a seu filho e aos filhos de seu filho até o dia de sua morte. » [Capítulo 8] 1 No vigésimo nono jubileu, na primeira semana, no início desta Arpachshad tomou para si uma esposa e seu nome era Rasu'eja, a filha de Susan, a filha de Elam, e ela 2 lhe deu um filho no terceiro ano, nesta semana, e ele chamou o seu nome Kainam. E o filho cresceu, e seu pai lhe ensinou a escrever, e ele passou a procurar por si mesmo um lugar onde ele poderia aproveitar para 3-se de uma cidade. E ele encontrou um escrito que o ex-(gerações) tinha esculpido na rocha, e ele leu o que estava nela, e ele transcreveu e pecou devido a ele, pois ele continha a doutrina da Sentinelas em conformidade com o que eles usaram para observar o presságios do sol e da lua e 4 estrelas em todos os sinais do céu. E ele escreveu e não disse nada a respeito dele, pois ele foi 5 medo de falar sobre isso a Noé para que ele não deveria ficar bravo com ele por conta disso. E no ano do jubileu trigésima, na segunda semana, no primeiro ano dele, ele tomou para si uma esposa, e seu nome era Melka, a filha do Madai, filho de Jafé, e no quarto ano, que gerou um filho, e 6 chamou o seu nome Selá; pois ele disse: 'Em verdade vos foram enviados. [E no quarto ano ele nasceu], e Selá cresceu e tomou para si uma esposa, e seu nome era Mu'ak, filha de Kesed, irmão de 13

seu pai, em um trigésimo do jubileu e, na quinta semana , no primeiro ano 7 º. E ela lhe deu um filho, no quinto ano do mesmo, e ele pôs o nome de Eber, e ele tomou para si uma esposa, e seu nome era "Azurad, filha de Nebrod, no trigésimo segundo 8 Jubileu, na sétima semana, no seu terceiro ano. E no seu sexto ano, ela deu-lhe o filho, e chamou o seu nome Pelegue, pois nos dias em que ele nasceu os filhos de Noé começou 9 de dividir a terra entre si: por isso chamou o seu nome Peleg. E eles 10 dividido (isto) secretamente entre si, e disse que a Noé. E sucedeu que, no início do jubileu trigésimo terceiro que divide a Terra em três partes, por Sem e Jafé e Cam, segundo a herança de cada um, no primeiro ano na primeira semana, quando um de nós 11 que tinham sido enviados, foi com eles. E chamou seus filhos, e se aproximaram a ele, eles e seus filhos, e ele dividiu a terra em lotes, que seus três filhos estavam a tomar posse, e estendeu suas mãos, e teve a redação de no seio de Noé, seu pai. 12 E lá veio a escrever como muito Sem é o meio da terra que ele deveria ter como herança para si e para seus filhos, para as gerações de eternidade, a partir do meio da serra de Rafa, a partir da foz do água do rio Tina, e sua parcela vai para o oeste pelo meio deste rio, e se estende até que se chegue a água dos abismos, dos quais o rio avança e despeja suas águas no mar Me'at, e este rio desagua no mar grande. E tudo o que é para o norte é Jafé, e tudo o que é para o 13 sul pertence Sem. E estende-se até alcançar Karaso: este é no seio da língua 14, que olha para o sul. E a sua parte se estende ao longo do mar grande, e se estende em linha reta até atingir o oeste da língua, que olha para o sul: por esse mar é 15 nomeado a língua do mar do Egito. E acontece daqui para o sul em direção à foz do grande mar na costa do (a) As águas, e se estende até o oeste para 'Afra, e estende-se até alcançar as águas do rio Giom, e ao sul das águas do Gião, a 16 margens deste rio. E isso se estende para o leste, até chegar ao Jardim do Éden, para o sul do mesmo, [a] ao sul e do leste de toda a terra de Éden e de todo o leste, ele se vira para o leste e prossegue até que atinge o leste da montanha chamado Rafa, e desce 17 para o banco da boca do rio Tina. Esta parte saiu por sorteio para Sem e seus filhos, 18 que deveriam possuir para sempre aos seus gerações para sempre. E Noé alegrou-se que esta parcela saiu de Sem e para seus filhos, e ele se lembrou de tudo que tinha falado com a boca na profecia, pois ele havia dito: "Bendito seja o Senhor Deus de Sem E que o Senhor habita na casa do Sem. 19 E ele sabia que o Jardim do Éden é o santo dos santos, ea habitação do Senhor, e Mount Sinai no centro do deserto, e Monte Sião, o centro do umbigo da terra, esses três 20 foram criados como locais sagrados frente para o outro. E abençoou Deus dos deuses, que tinha colocado o 21 Palavra do Senhor em sua boca, e o Senhor para sempre. E ele sabia que uma parte abençoado e uma bênção tinha chegado a Sem e seus filhos até as gerações para sempre, toda a terra do Éden e toda a terra do mar Vermelho, e toda a terra do oriente e na Índia, e na Mar Vermelho e as montanhas dos mesmos, e toda a terra de Basã, e todas as terras do Líbano e as ilhas de Kaftur, e todas as montanhas de Sanir e 'Amana, e as montanhas da Assíria, no norte, e toda a terra do Elam, Assíria, e Babel, e Susan e Ma'edai, e todas as montanhas de Ararate, e toda a região além do mar, que é além das montanhas da Assíria, para o 22 norte, uma terra abençoada e espaçoso, e tudo o que é muito bom. E para Ham saiu a segunda parcela, além do Giom em direção ao sul, à direita do Jardim, e que se estende em direção ao sul e que se estende a todas as montanhas de fogo, e se estende em direção ao oeste com o mar de «Atel e se estende em direção ao oeste até atingir o mar de Ma'uk que (mar) em que 23 tudo o que não é destruído desce. E ela sai em direção ao norte até os limites de Gadir, e sai para a costa das águas do mar para as águas do grande mar até que se aproxima para o rio Giom, e vai ao longo do rio até que Giom atinge o direito do Jardim 14

24 do Éden. E esta é a terra que saiu de Ham como a parte que ele estava a ocupar 25 para sempre para si e seus filhos até suas gerações, para sempre. E para Jafé saíram da terceira parte além do rio Tina ao norte da vazão de suas águas, e se estende ao norte26 de leste a toda a região de Gog e de todos os países do leste da mesma. E isso se estende para norte até ao norte, e se estende até as montanhas de Quelt em direção ao norte, e para o mar de 27 Ma'uk, e sai para o leste de Gadir na medida em que a região das águas do mar. E isso se estende até que se aproxima do oeste de Fara e retorna para "Aferag, e que se estende de leste 28 para as águas do mar de Me'at. E isso se estende para a região do rio Tina, em direcção nordeste, até que se aproxima do limite de suas águas para a montanha Rafa, e gira 29 rodada para o norte. Esta é a terra que saiu de Jafé e seus filhos como parte de sua herança que ele deve possuir para si e para seus filhos, para as suas gerações para sempre; 30 cinco ilhas grandes, e uma grande terra no norte. Mas é fria, e as terras de Ham está quente, e as terras de Sem é nem quente nem fria, que é misturado a frio e calor. [Capítulo 9] 1 E Ham dividido entre seus filhos, e a primeira parte saiu para Cush em direção ao leste e ao oeste de Mizraim para ele e para o oeste a ele para colocar, e ao oeste com ele 2 [e para o oeste º] do mar para Canaã. Sem e também dividido entre seus filhos, e a primeira parte saiu para Ham e seus filhos, a leste do rio Tigre até que acesse o leste, toda a terra da Índia, e no Mar Vermelho, na costa, e os águas de Dedã, e todas as montanhas de Mebri e Ela, e todas as terras de Susan e tudo o que está do lado de Pharnak 3 para o Mar Vermelho e o rio Tina. E para Assíria veio a segunda parte, toda a terra do 4 Assur e Nínive e de Sinar, e até à fronteira da Índia, e sobe o rio e saias. E para Arpachshad saiu a terceira parte, todas as terras da região dos caldeus, a leste do Eufrates, na fronteira com o Mar Vermelho, e todas as águas do deserto perto da língua do mar, que olha para o Egito, toda a terra do Líbano e Sanir e 'Amana à fronteira do 5 Eufrates. E para Aram lá saiu a quarta parte, toda a terra da Mesopotâmia entre o Tigre e o Eufrates, ao norte dos caldeus da fronteira das montanhas 6 º da Assíria e da terra do "Arara. E lá veio a Lud a quinta parte, as montanhas da Assíria, e pertencente a todos eles até chegar ao Mar Grande, e até que atinja o leste do 7, 8 Assíria seu irmão. Jafé e também dividiu a terra de sua herança entre os filhos. E a primeira parte saiu de Gomer para o leste a partir do lado norte do rio Tina, e no norte lá saiu para Magogue todas as partes internas do norte até chegar ao mar de 9 Me'at. E por Madai saiu como a sua porção que ele deve possuir a partir do oeste de seus dois 10 irmãos para as ilhas, e as costas das ilhas. E para Javan saiu o quarto 11 porção cada ilha e as ilhas que estão em direção à fronteira da Lud. E para Tubal lá saiu a quinta parcela, no meio da língua que se aproxima em direção à fronteira da parte da Lud à segunda língua, para a região até além da segunda língua a língua terceiros. 12 E para Meseque saiu da sexta parte, toda a região além da terceira língua, até que se 13 se aproxima do leste de Gadir. E para Tiras lá saiu a sétima porção, quatro grandes ilhas no meio do mar, que chegam à parte Ham [e as ilhas de Kamaturi 14 saiu por sorteio para os filhos de Arfaxade como sua] herança. E assim os filhos de Noé dividido a seus filhos, na presença de Noé, seu pai, e ele obrigado a todos por um juramento, Rogar instantemente 15-A maldição sobre todo aquele que procurou aproveitar a parte que não tinha caído (para ele) por sua sorte. E todos disseram: “Que assim seja, assim seja para si e seus filhos, para sempre nas suas gerações, até o dia do julgamento, em que o Senhor Deus deve julgá-los com uma espada e com o fogo de toda a maldade do imundo seus erros, com o qual eles têm enchido a terra com a transgressão e impureza, prostituição e pecado.” 15

[Capítulo 10] 1 E, na terceira semana deste jubileu dos demônios imundos começaram a desviar os filhos de 2 Os filhos de Noé, e fazer errar e destruí-los. E os filhos de Noé, Noé veio a seu pai, e disseram-lhe sobre os demônios que estavam levando ao erro, e cega e filhos matando três de seus filhos. E orou perante o Senhor, seu Deus, e disse: "Deus dos espíritos de toda carne, que tens misericórdia para mim E tu me salvou e meus filhos das águas do dilúvio, E tu não me causou a perecer como Tu fizeste os filhos da perdição; Para Tua graça tem sido ótimo para mim, E grande foi a Tua misericórdia para minha alma; Deixe Tua graça é levantar a meus filhos, E não deixe regra espíritos malignos sobre eles Para que não se deve destruir-los da terra. 4 Mas se tu me abençoe e aos meus filhos, para que possamos crescer e multiplicar e encher a terra. 5 E Tu sabes que o teu sentinelas, os pais desses espíritos, atuou no meu dia e como para esses espíritos que estão vivendo, aprisioná-los e mantê-los rapidamente no lugar de condenação, e que eles não trazem a destruição sobre os filhos de o teu servo, meu Deus, porque estes são malignos, e 6 criado para destruir. E deixá-los sem dominar os espíritos dos vivos, pois só Tu podes exercer domínio sobre eles. E que eles não têm poder sobre os filhos dos justos 7,8 a partir de agora e para sempre. " E o Senhor nosso Deus nos mandou para prender a todos. E o chefe dos espíritos, Mastema, veio e disse: 'Senhor, Criador, deixar alguns deles permanecem diante de mim, e deixá-los escutar a minha voz, e fazer tudo o que vou dizer-lhes, pois, se alguns deles são não me resta, não vou ser capaz de executar o poder da minha vontade sobre os filhos dos homens, pois estes são de corrupção e levando desviar antes da minha decisão, porque grande é a maldade dos filhos dos homens ". 9 E ele disse: Vamos a décima parte deles permanecem diante dele, e deixe nove partes de descer para o 10 lugar da condenação ". E um de nós, Ele mandou que nós devemos ensinar Noé todos os seus 11 medicamentos, pois Ele sabia que não andaria em retidão, nem lutar na justiça. E nós fizemos de acordo com todas as Suas palavras: todos os malignos mal, obrigado, no lugar de condenação 12 e uma décima parte deles deixamos que eles possam estar sujeitos diante de Satanás sobre a terra. E explicamos a Noé todos os remédios de suas doenças, juntamente com suas seduções, como ele 13 pode curá-las com ervas da terra. E Noé anotou tudo em um livro como o instruiu sobre todo o tipo de medicamento. Assim, os espíritos malignos estavam impedidos de 14 (ferir) os filhos de Noé. E deu tudo o que tinha escrito para Sem, o filho mais velho, pois ele 15 o amava muito acima de todos os seus filhos. E Noé dormiu com seus pais, e foi sepultado em 16 Monte Lubar na terra de Ararate. Novecentos e cinquenta anos, ele completou em sua vida, dezenove 17 jubileus e duas semanas e cinco anos e, em sua vida na terra, ele destacou os filhos dos homens salvar Enoque por causa da justiça, em que ele era perfeito. Para o escritório Enoque foi ordenado por um testemunho para as gerações do mundo, a fim de que ele deve contar todos os feitos da geração de Geração de até 18, até o dia do juízo. E nos três e jubileu trigésimo, no primeiro ano na segunda semana, Peleg tomou para si uma esposa, cujo nome era Lomná filha de Sina'ar, e ela lhe deu um filho no quarto ano desta semana, e ele chamou o seu nome Reu, pois ele disse: 'Eis que os filhos dos homens tornaram-se mal com o ímpio propósito de construir para si 19 a cidade e uma torre na terra de Sinar. " Para eles partiram da terra de Ararate leste de Sinar, para 16

nos seus dias, eles construíram a cidade e a torre, dizendo: "Vá, deixe-nos subir assim em 20 céu. E eles começaram a construir, e na quarta semana fizeram tijolos com fogo, e os tijolos serviram-lhes de pedra, e barro com que cimentaram juntos era asfalto que 21 sai do mar, e de fontes de água, na terra de Sinar. E eles construíram: quarenta e três anos eles foram construindo, a sua largura era de 203 tijolos, e a altura (de um tijolo) era o terceiro de uma, sua altura era de 5433 cúbitos e 2 palmos, e (a extensão de um parede 22 foi) treze estádios (e dos outros trinta estádios). E o Senhor nosso Deus disse para nós: Eis que o povo é um, e (isso) eles começam a fazer, e agora nada será retirada a partir deles. Ir para, desçamos e confundamos a sua linguagem, para que não entenda um a língua do outro, e eles podem ser dispersos em cidades e nações, e uma finalidade já não cumprir com 23-los até o dia do juízo. " E o Senhor desceu, e desceu com ele para ver o 24 cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam. E confundiu a língua deles, e eles já não compreendida a língua do outro, e então deixou para construir a cidade e os 25 torre. Por esta razão, toda a terra de Sinar é chamada Babel, porque o Senhor fez ali confundiu toda a linguagem dos filhos dos homens, e dali se dispersaram em suas 26 cidades, cada um segundo a sua linguagem e sua nação. E o Senhor mandou um vento forte contra a torre e derrubou-a sobre a terra, e eis que estava entre Assíria e Babilônia, no 27 terra de Sinar, e chamaram o seu nome "Derrota". Na quarta semana no primeiro ano do seu início nas quatro e trigésimo jubileu, eles estavam dispersos da terra de Sinar. 28 E Ham e seus filhos foram para a terra que estava a ocupar, que ele adquiriu em sua porção 29 na terra do sul. E Canaã viu a terra do Líbano até o rio do Egito, que era muito bom, e ele não entrou na terra de sua herança para o oeste (que é) o mar, e habitou na terra do Líbano, a leste e oeste da fronteira da Jordânia e da fronteira 30 de mar. E Cão, pai, Cuche, Mizraim e seus irmãos disseram-lhe: «Tu resolvido em uma terra que não é teu, e que não cabem a nós por muito: não faça isso, pois se tu fazer isso, tu e teus filhos cairão na terra, e (ser) amaldiçoado por sedição, por sedição 31 tendes resolvido e, por sedição teus filhos vão cair, e tu deverás ser erradicado para sempre. Habitar 32 não na residência de Sem, pois para Sem e seus filhos, ele chegou a sua sorte. Maldito és tu, e tu serás maldito seja além de todos os filhos de Noé, da maldição que nos obrigados a nossa, 33 autos por um juramento na presença do juiz santo, e na presença de nosso pai, Noé ". Mas ele não escutar-lhes, e habitou na terra de Hamate do Líbano para a entrada de 34,35 Egito, ele e seus filhos até hoje. E por esta razão que a terra é chamado Canaã. E Jafé e seus filhos foram para o mar e habitou na terra da sua parte, e Madai viu a terra do mar e não agradá-lo, e ele pediu uma porção () de Ham, Assur, Arfaxade, irmão de sua esposa , e habitou na terra de Mídia, próximo ao irmão de sua esposa até 36 dias isso. E chamou o seu local de habitação, e a morada de seus filhos, Media, após o nome de seu pai Madai. [Capítulo 11] 1 º e no jubileu trigésimo quinto, na terceira semana, no primeiro ano do mesmo, Reu tomou para si uma esposa, e seu nome era "Ora, a filha de 'Ur, filho de Kesed, e ela lhe deu um filho, e 2 Ele chamou o seu nome Seroh, no sétimo ano desta semana neste jubileu. E os filhos de Noé começou a guerra em si, ter em cativeiro e matar uns aos outros, e para derramar o sangue dos homens sobre a terra, e comer sangue, e para construir cidades fortes, e as paredes e torres, e indivíduos (começou) a exaltar-se acima da nação, e para fundar o início dos reinos, e para ir para a guerra contra o povo povo, e nação contra nação e cidade contra cidade, e todos (começou) de fazer o mal, e para adquirir braços, e para ensinar os seus filhos da guerra, e eles começaram a capturar as cidades e para vender 17

três escravos do sexo masculino e feminino. E 'Ur, filho de Kesed, construiu a cidade de "Ara dos caldeus, e chamou o seu nome após o seu nome e o nome de seu pai. E eles fizeram para si imagens de fundição, e adoraram cada um ídolo, a imagem de fundição que tinham feito para eles, e eles começaram a fazer imagens de escultura e simulacros imundo, e os espíritos malignos 5 assistida e seduzido (eles) em cometer a transgressão e a impureza. E o príncipe Mastema esforçou-se para fazer tudo isso, e ele enviou outros espíritos, os que foram colocados sob a sua mão, para fazer toda espécie de mal e do pecado, e toda sorte de transgressão, de corromper e destruir, 6 e para derramar sangue sobre a terra. Por esta razão, ele chamou o nome da Seroh, Serugue, para cada um 7 virou-se para fazer todo tipo de pecado e transgressão. E ele cresceu, e habitou em Ur dos Caldeus, junto com o pai da mãe de sua esposa, e ele adorou ídolos, e ele tomou para si uma esposa no ano do jubileu trigésimo sexto, na quinta semana, no primeiro ano º, e seu nome era Melka, a filha 8 º da Kaber, a filha do irmão de seu pai. Naor e ela lhe deu, no primeiro ano desta semana, e ele cresceu e habitou em Ur dos Caldeus, e seu pai ensinou-lhe as pesquisas dos 9 caldeus e augura nada de divino, de acordo com os sinais do céu. E no ano do jubileu trigésimo sétimo na sexta semana, no primeiro ano dele, ele tomou para si uma esposa, e seu nome era "Ijaska, o Filha de 10 Nestag dos caldeus. Terah e ela lhe deu no sétimo ano desta semana. 11 E o príncipe Mastema enviou corvos e aves para devorar a semente que foi semeada na terra, para destruir a terra, e roubar os filhos dos homens do seu trabalho. Antes que pudessem arar 12 na semente, os corvos escolhido (isto) a partir da superfície do solo. E por isso chamou o seu nome Terah, porque os corvos e as aves reduziu-os à miséria e devorou suas 13 sementes. E os anos começaram a ser estéril, devido às aves, e comeram todas as frutas das árvores das árvores: era só com muito esforço que eles poderiam poupar um pouco de todos os frutos do 14 a terra em seus dias. E, neste jubileu trigésimo nono, na segunda semana no primeiro ano, Terah tomou para si uma esposa, e seu nome era "Edna, a filha de" Abrão, a filha da irmã de seu pai. E no sétimo ano desta semana ela deu-lhe um filho, e chamou o seu nome Abrão, 15, o nome do pai de sua mãe, pois ele havia morrido antes de sua filha havia concebido um filho. 16 E a criança começou a entender os erros da terra que todos se extraviaram, após imagens de escultura e depois de a imundícia, e seu pai lhe ensinou a escrever, e ele foi de duas semanas de anos, e ele 17 se separou de seu pai, que ele poderia não adorar ídolos com ele. E ele começou a orar ao Criador de todas as coisas que Ele pode salvá-lo dos erros dos filhos de homens, e que 18 a sua parte e não deve cair de erro após a impureza e vileza. E o tempo veio de sementes para o plantio de sementes sobre a terra, e todos eles saíram juntos para proteger suas sementes contra a 19 corvos, e Abrão saiu com aqueles que foram, e que a criança era um rapaz de quatorze anos. E uma nuvem de corvos passou a devorar a semente, Abrão e correu para encontrá-los antes que se estabeleceram no chão, e gritou para eles antes de eles se estabeleceram na terra para devorar as sementes, e disse: 'Desce 20: não voltar ao lugar de onde vocês vieram, e que passou a girar para trás. E causados nuvens do ravens (corvos)a voltar setenta vezes a dia e tudo a ravens (corvos)toda a terra 21 Quando Abrão estava lá não resolvida há muito como um todo. E todos os que estavam com ele em toda a terra o viu chorar, e todos os corvos voltar, e seu nome tornou-se grande em todos os 22 a terra dos caldeus. E lá veio a ele este ano todos aqueles que desejavam semear, e foi com eles até o momento da semeadura cessou, e que semeou sua terra, e esse ano eles trouxeram 23 casa bastante grão e comer e ficaram satisfeitos. E no primeiro ano da quinta semana Abrão ensinou aqueles que fizeram implementos para os bois, os artesãos em madeira, e eles fizeram uma 18

embarcação acima do solo, de frente para a armação do arado, a fim de colocar os respectivos semente, e a semente daí caiu em cima da parte do arado, e estava escondido na terra, e eles já não temia a 24 corvos. E desta maneira que eles fizeram (navios) acima do solo em todos os quadros do arado, e semeadas e cultivadas todas as terras, conforme Abrão lhes ordenara, e já não temia as aves. [Capítulo 12] 1 E aconteceu na sexta semana, no sétimo ano da mesma, que disse Abrão a sua Terah 2 pai, dizendo: "Pai!" E ele disse: 'Eis-me aqui, meu filho. " E ele disse: "O que ajuda e o lucro que temos de adorar os ídolos que tu, E antes que tu te curvar? 3 Pois não há espírito neles, Porque são formas mudo, e um enganador do coração. A adoração não lhes: 4 adorar o Deus do céu, Quem faz a chuva e o orvalho a descer sobre a terra E faz tudo em cima da terra, E criou tudo pela Sua Palavra, E toda a vida é, antes de seu rosto. 5 Por que fazer coisas que adorais sem o espírito neles? Para eles é o trabalho do (homens) nas mãos, E sobre seus ombros fazeis sustentá-los, E não tendes a ajuda deles, Mas eles são uma grande causa de vergonha para aqueles que as fazem, E um enganador do coração para aqueles que adoram: Adorá-los não. 6 E o seu pai lhe disse, eu também sei que, filho meu, mas o que devo fazer com as pessoas que têm 7 fez-me para servir antes deles? E se eu lhes digo a verdade, eles vão me matar, porque a sua alma se unir a eles para adorá-los e honrá-los. Manter em silêncio, meu filho, para que não te matar. " E 9 estas palavras que ele disse a seus dois irmãos, e eles estavam com raiva dele e ele ficou em silêncio. E no ano do jubileu quadragésimo, durante a semana em segundo lugar, no ano sétimo do mesmo, Abrão levou consigo a mulher, 10 e seu nome era Sarai, a filha de seu pai, e ela se tornou sua esposa. E Harã, seu irmão, tomou para si uma esposa, no terceiro ano da terceira semana, e ela lhe deu um filho no 11 anos sétimo desta semana, e chamou o seu nome ló. Naor, seu irmão, tomou para si 12 a mulher. E, no sexagésimo ano da vida de Abrão, ou seja, na quarta semana, no quarto ano do mesmo, Abrão se levantou durante a noite, e queimaram a casa dos ídolos, e ele queimou todos os que estavam na 13 casa e ninguém sabia disso. E levantaram-se durante a noite e tentou salvar os seus deuses da 14 meio do fogo. E Haran se apressou para salvá-los, mas o fogo ardeu em cima dele, e ele foi queimado no fogo, e morreu em Ur dos Caldeus, antes Tera, seu pai, e foi sepultado em Ur dos 15 dos caldeus. E Terah saiu de Ur dos Caldeus, ele e seus filhos, para ir para a terra do Líbano e para a terra de Canaã, e habitou na terra de Harã, e habitaram com Abrão 16 Tera, seu pai, em Harã duas semanas de anos. E na sexta semana, no seu quinto ano, Abram sentou-se durante toda a noite na lua nova do sétimo mês, para observar as estrelas da noite para a manhã, a fim de ver qual seria o personagem do ano com Tendo em 17 e as chuvas, e ele estava sozinho quando ele se sentou e observou. E a palavra entrou em seu coração e ele disse: Todos os sinais das estrelas, e os sinais da lua e do sol estão todos na mão do 19

Senhor. Por que eu procuro (eles) para fora? 18 Se Ele quer, Ele faz com que a chuva, de manhã e à noite; E se ele quiser, ele retém, E todas as coisas são na sua mão. " 19 E orou naquela noite e disse: "Meu Deus, és Deus Altíssimo, Tu sozinho, meu Deus, E Ti e teu domínio eu tenho escolhido. E criaste todas as coisas, E todas as coisas que são obra das tuas mãos. 20 Livra-me das mãos dos maus espíritos que têm domínio sobre os pensamentos do coração dos homens, E deixá-los não me desencaminhar de Ti, meu Deus. E estabelecer Tu eu e minha descendência para sempre Que não se desvie a partir de agora e para sempre. " 21 E ele disse: 'Será que eu volte até Ur dos Caldeus, que buscar a minha face que eu possa voltar a eles, sou eu para ficar aqui neste lugar? O caminho diante de ti prosperar, nas mãos do teu servo para que ele possa cumprir (isto) e que não podem andar no engano do meu coração, ó meu Deus. " 22 E ele fez um fim de falar e de oração, e eis que a palavra do Senhor foi enviada a ele através de mim, dizendo: 'Levanta-te! Da tua terra, e da tua parentela e da casa de teu pai uma terra que Eu vou te mostrar, e eu farei de ti uma grande nação e numerosas. 23 E eu te abençoarei E eu engrandecerei o teu nome, E tu serás abençoado na terra, E em ti todas as famílias da terra serão abençoados, E eu os abençoarei os que te abençoarem, E maldição que te amaldiçoar. 24 E eu vou ser um Deus para ti e teu filho, e filho de teu filho, e a todos a tua semente: não o medo, a partir de 25 e até agora todas as gerações da terra, eu sou o teu Deus. " E o Senhor Deus disse: "Abra a boca e os ouvidos, para que ele possa ouvir e falar com a boca, com a linguagem que foi revelado", porque tinha deixado de boca de todos os filhos dos homens a partir da data de o 26 derrubada (de Babel). E eu abria a boca e orelhas e lábios, e eu comecei a falar 27 com ele em hebraico na língua da criação. E tomou os livros de seus pais, e estes foram escritos em hebraico, e ele transcreveu-los, e ele começou a partir de agora a estudá-los, e eu fiz-lhe-ei que não podia (entender), e estudá-los durante seis 28 meses chuvosos. E sucedeu que, no sétimo ano da sexta semana que ele falou para o pai e lhe informou que ele iria deixar Haran para ir para a terra de Canaã, para vê-lo e 29 voltar para ele. Tera, seu pai disse-lhe: Vai em paz; Que o Deus eterno fazer o teu caminho em linha reta. E o [Senhor (a) contigo,] te proteger de todo mal, E conceder-te graça, misericórdia e graça diante de quem te ver, E ninguém pode, os filhos dos homens têm poder sobre ti, para te prejudicar; Vai em paz. 30 E se tu vês uma terra agradável para os teus olhos para habitar, em seguida, levantar-se e levarme a ti e tomar 31 Lote contigo, filho de Haran, teu irmão, como filho de tua própria: o Senhor é contigo. Naor teu irmão deixar comigo até tornes em paz, e vamos contigo todos juntos. " [Capítulo 13]

20

1 E Abrão partiu de Harã, e ele tomou Sarai, sua mulher, e ló, seu irmão, filho de Harã, para a terra de Canaã, e ele veio a Assíria, e passou a Siquém, e morava perto 2 Carvalho sublime. E ele viu, e eis que a terra era muito agradável, desde a entrada de Hamate até 3 carvalho nobre. E o Senhor disse-lhe: «A ti e à tua descendência darei esta terra. E 4 edificou ali um altar, e ofereceu nele um holocausto ao Senhor, que pareciam 5 ele. E-se dali para a montanha. . . Betel ao ocidente e Ai ao 6 Oriente, e armou ali a sua tenda. E viu, e eis que a terra era muito grande e boa, e tudo nela cresceu, vinha e figos e romãs, carvalhos e ilexes e carvalhos e árvores de petróleo, e os cedros e ciprestes e data, e todas as árvores do campo, e não havia água no 7 montanhas. E abençoou o Senhor, que o levaram para fora de Ur dos Caldeus, e tinha trazido 8-o a esta terra. E aconteceu que no primeiro ano, na sétima semana, na lua nova do primeiro mês, que ele construiu um altar na montanha, e chamou o nome do Senhor: "Tu, Nove do Deus eterno, és meu Deus ". E ele ofereceu sobre o altar um sacrifício queimado ao Senhor para que Ele 10 deve ser com ele e não abandoná-lo todos os dias da sua vida. E partiu dali e fui em direção ao sul, e ele chegou a Hebron e Hebron foi construída nessa época, e morava há dois anos, e ele foi (dali) para a terra do sul, a Bealote, e não havia a fome 11 em terra. E Abrão foi para o Egito, no terceiro ano da semana, e habitou no Egito 12 cinco anos antes de sua esposa foi arrancado dele. Agora Tanais no Egito, naquela época embutido 13 sete anos depois de Hebron. E sucedeu que, quando Faraó apreendidos Sarai, mulher de Abrão, que o Senhor a Faraó e a sua casa com grandes pragas, por causa de Sarai, mulher de Abrão. 14 E Abrão foi muito glorioso, em virtude das posses em ovinos e bovinos, jumentos e cavalos, camelos, servos e servas, e em prata e ouro excessivamente. E também Ló filho de 15, seu irmão, era rico. E Faraó deu a volta Sarai, mulher de Abrão, e mandou-o para fora da terra do Egito, e viajou para o local onde tinha a sua tenda no início, para o lugar do altar, com Ai no leste e Betel ao ocidente, e abençoou o 16 Senhor, seu Deus, que tinha trazido de volta em paz. E aconteceu que no ano do jubileu quadragésimo primeiro, no terceiro ano da primeira semana, que voltou a este lugar e ofereceram nela um holocausto, e invocou o nome do Senhor, e disse: 'Tu, a mais Deus Altíssimo, és meu Deus para sempre 17 e que nunca. " E no quarto ano desta semana Ló partiu dele, e habitou Ló em Sodoma, e 18 os homens de Sodoma eram extremamente pecadores. E pesou-lhe em seu coração que seu irmão 19 filho tinha partido dele, porque ele não tinha filhos. Nesse ano, quando Ló foi levado cativo, o Senhor disse a Abrão, depois que Ló se apartou-se dele, no quarto ano desta semana: "Ergue os olhos do local onde habitação és tu, norte e sul e oeste e 20 para o oriente. Para toda esta terra que vês eu darei a ti e à tua descendência para sempre, e farei a tua descendência como a areia do mar: se um homem número pode o pó da terra, ainda 21 tua semente não deve ser numerada. Levanta-te, anda (a terra) no seu comprimento e sua largura, e ver tudo, porque à tua descendência a darei. E Abrão foi para Hebrom, e habitaram ali. 22 E este ano veio Quedorlaomer, rei de Elam, Anrafel, rei de Sinar, e Arioque, rei de Sellasar e Tergal, rei das nações, e matou o rei de Gomorra, e o rei de Sodoma 23 fugiram, e muitos caíram por feridas no vale de Sidim, no Mar Salgado. E eles levaram em cativeiro Sodoma e Adão e Zeboim, e tomaram cativo também Ló, filho do irmão de Abrão, e 24 todas as suas posses, e eles foram para Dã. E aquele que escapou veio e disse a Abrão que filho de 25, seu irmão tinha sido feito prisioneiro e (Abram) armado seus domésticos. . . . . . . de Abrão, e para sua semente, um décimo dos primeiros frutos ao Senhor, e o Senhor ordenoulo como um decreto para que eles nunca devem dar aos sacerdotes 26, que serviu, antes dele, que eles devem possuir para sempre. E com esta lei, não há limite de dias, pois Ele ordenou-lo para as gerações para sempre, que eles deveriam dar ao Senhor o dízimo 21

de tudo, das sementes e do vinho e do azeite e do bovino e do das ovelhas. E deu 27,28 (isto) até os seus sacerdotes a comer e a beber com alegria diante dele. E o rei de Sodoma veio até ele e prostrou-se diante dele e disse: "Nosso Senhor a Abrão, dai-nos a 29 almas que tens resgatado, mas deixar que o espólio seja teu ". Abrão e disse-lhe: "Eu levanto as mãos para Deus Altíssimo, que a partir de uma discussão com um cordão de sandália não deve ter qualquer coisa que é teu para que não deves dizer, eu enriqueci a Abrão; salvar apenas o que o mancebos comeram, e a parte dos homens que foram comigo, Aner, Escol e Manre. Estes devem ter a sua parte. " [Capítulo 14] 1 Depois destas coisas, no quarto ano desta semana, na lua nova do terceiro mês, a palavra do Senhor foi dirigida a Abrão, em sonho, dizendo: «Não temas, Abrão, eu sou teu defensor, e 2 tua recompensa será muito grande. " E ele disse: 'Senhor, Senhor, que me darás, visto que eu vou, portanto, sem filhos, e o filho do Maseq, filho de minha escrava, é o Eliezer Dammasek: ele 3 será o meu herdeiro, e para mim não tens dado semente. E disse-lhe: "Este homem () não 4 seja o teu herdeiro, mas aquele que sairá das tuas entranhas, ele será o teu herdeiro. E Ele o levou fora, e disse-lhe: "Olhe para o céu e conta as estrelas se és Número art 5 poder-los. " E ele olhou para o céu e vi as estrelas. E Ele disse: 6-lhe: «Assim será a tua descendência." E acreditou no Senhor, e isso lhe foi imputado a ele para 7 justiça. E disse-lhe: "Eu sou o Senhor que te tirei de Ur dos Caldeus, para te dar a terra dos cananeus, para possuí-la para sempre, e eu serei Deus para ti e para 8 tua descendência depois de ti. " E ele disse: 'Senhor, Senhor, segundo a qual deve Sei que herdarão (ela)? " 9 E disse-lhe: «Toma-me uma novilha de três anos, e uma cabra de três anos, e uma ovelha 10 de três anos, uma rola e um pombo. E ele tomou todas estas no meio do mês 11 e habitou no carvalho de Mambré, que está perto de Hebron. E edificou ali um altar, e sacrificou todos estes, e derramou seu sangue sobre o altar, e dividiu-os no meio, e 12 colocou-os sobre um contra o outro, mas as aves não partiu. E as aves desciam sobre os 13 peças, e Abrão as enxotava, e não sofrem as aves para tocá-los. E sucedeu que, quando o sol se punha, um êxtase que caiu sobre Abrão, e eis! um horror da grande escuridão caiu sobre ele, e foi dito a Abrão: Sabe com certeza que a tua descendência será peregrina em terra (que é) não o deles, e eles devem levá-los em cativeiro, e afligem os quatro cem 14 anos. E o país também a quem vai estar em cativeiro vou julgar, e depois que eles são 15 sairão dali com muita substância. E tu irás a teus pais em paz, e ser enterrado 16 em boa velhice. Mas na quarta geração que eles devem voltar para cá, porque a iniquidade dos 17 amorreus, não está ainda cheia. " E ele despertou de seu sono, e ele se levantou, e o sol se punha, e havia uma chama, e eis! um forno estava fumando, e uma chama de fogo passaram entre a 18 peças. E naquele dia o Senhor fez um pacto com Abrão, dizendo: "À tua semente darei esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio, o rio Eufrates, os queneus, o Kenizzites, o cadmoneu, os ferezeus, e os refains, o Phakorites, e os heveus, e os 19 amorreus, os cananeus, os girgaseus, e os jebuseus. E o dia passou, e Abrão ofereceu as peças, e as aves, e as suas ofertas de frutas, e as suas libações, e 20, o fogo devorou. E nesse dia, fizemos um pacto com Abrão, conforme tínhamos convênio com Noé, neste mês, e Abrão renovou o festival e ordenação por si 21 para sempre. E Abrão se alegrou, e todas estas coisas conhecidas Sarai, sua mulher, e ele acreditava 22, que ele teria de sementes, mas ela não suportar. E Sarai avisou marido Abrão, e disse-lhe: 'Vá em Agar, a minha serva egípcia: pode ser que eu criar sementes para ti 23 por ela. " E Abrão seguiam até a voz de Sarai, sua mulher, e disse-lhe: "Não (isso)." E Sarai 22

tomou Hagar, sua serva, a egípcia, e deu-lhe a Abrão, seu marido, para ser seu 24 mulher. E ele entrou a ela, e ela concebeu e deu à luz um filho, e chamou o seu nome Ismael, no quinto ano desta semana e este foi o ano octagésimo sexto na vida de Abrão. [Capítulo 15] 1 º e no quinto ano da quarta semana do jubileu, no terceiro mês, no meio do Dois meses, Abram celebrou a festa dos primeiros frutos da colheita de grãos. E ele ofereceu novas ofertas sobre o altar, as primícias do produto, para o Senhor, uma novilha e uma cabra e um carneiro sobre o altar como um sacrifício queimado ao Senhor, as suas ofertas de frutas e as suas libações ele 3 ofereceu sobre o altar com incenso. E o Senhor apareceu a Abrão, e disse-lhe: 4 'Eu sou Deus Todo-Poderoso; aprovar a ti mesmo diante de mim e sê perfeito. E eu farei minha aliança entre mim e ti, e eu te multiplicarei. Então caiu Abrão sobre o seu rosto, e falou Deus com ele, e disse: 6 "Eis o meu ordenança é contigo, E tu serás o pai de muitas nações. 7 Nem Teu nome mais serás chamado Abrão, Mas o teu nome desde agora e para sempre, será Abraão. Para o pai de muitas nações te tenho posto. E farei de ti muito grande, E farei de ti em nações, E reis sairão de ti. Nove E vou estabelecer minha aliança entre Mim e ti, e a tua descendência depois de ti, todo o seu gerações, por aliança eterna, para que eu possa ser o teu Deus, e à tua descendência depois de ti. 10 a terra onde tens sido um estrangeiro, 11, a terra de Canaã, que tu podes possuí-lo para sempre, e eu serei o seu Deus ". E o Senhor disse a Abraão: "E quanto a ti, não te guardarem o meu pacto, tu e a tua descendência depois de ti: e vós circuncidar todos os homens entre si, e circuncidar seu prepúcio, e será um símbolo da 12 uma aliança eterna entre mim e você. E a criança no oitavo dia vos será circuncidado, todo macho nas vossas gerações, aquele que é nascido na casa, ou quem vos comprou 13 com o dinheiro de todo estranho, a quem vós tenham adquirido que não é da tua descendência. Aquele que é nascido em tua casa, certamente será circuncidado, e aqueles a quem tu comprou com o dinheiro deve ser cir14 Deve ter cuidado, e minha aliança estará na vossa carne por um decreto eterno. E o homem incircunciso, que não é circuncidada a carne do seu prepúcio no oitavo dia, aquela alma será cortada de 15 do seu povo, porque ele quebrou a minha aliança. " E Deus disse a Abraão: "Quanto a Sarai, tua mulher, 16 seu nome não será mais chamado de Sarai, mas Sara será o seu nome. E vou te abençoe ela e dar-te um filho dela, e eu os abençoarei, e ele passa a ser uma nação, e os reis das nações são 17 proceder-se dele. ' E Abraão caiu sobre seu rosto, e se alegrou, e disse em seu coração: 'Será um filho nascer para o que está cem anos, e Sara, que tem noventa anos, levar adiante? 18,19 E disse Abraão a Deus: 'O que viva Ismael diante de ti! " E Deus disse: 'Sim, e também sara te dará à luz um filho, e lhe porás o nome de Isaque, e eu estabelecerei a minha 20 aliança com ele, uma aliança eterna, e sua semente depois dele. E quanto a Ismael, também te ouvi, e eis que vou abençoá-lo e torná-lo grande, e multiplicá-lo excessivamente, 21 e ele deve gerar doze príncipes, e dele farei uma grande nação. Mas a minha aliança vai 22, estabelecerei com Isaque, sara quem deve suportar a ti, nestes dias, no próximo ano. E ele deixou 23

23 de falar com ele, subiu Deus de Abraão. E Abraão fez como Deus havia dito a ele, e ele tomou seu filho Ismael, e a todos os que nasceram em sua casa, e quem tinha 24 comprou com seu dinheiro, todo o homem em sua casa, e circuncidou a carne do seu prepúcio. E no mesmo dia foram circuncidados Abraão e todos os homens de sua casa, e todos aqueles, a quem ele tinha comprado com o dinheiro dos filhos dos estrangeiros, foram 25 circuncidados com ele. Esta lei é para todas as gerações, para sempre, e não há a circuncisão dos dias, e não omissão de um dia de oito dias, porque é uma ordenança eterna, ordenado 26 e escrita nas tábuas do céu. E todo aquele que nasce, a carne do prepúcio, cuja não é circuncidado ao oitavo dia, não pertence aos filhos da aliança que o Senhor fez com Abraão, mas para os filhos de destruição, nem há, além disso, qualquer sinal em que ele é o senhor, mas (ele se destina), a ser destruída e que foi morto desde a terra, e deve ser erradicado da 27 a terra, para que ele tenha quebrado a aliança do Senhor, nosso Deus. Para todos os anjos da presença e todos os anjos de santificação tem sido assim criado desde o dia da sua criação, e diante dos anjos de presença e os anjos de santificação Ele santificou de Israel, que eles deveriam 28 estar com Ele e com Seus santos anjos. E se tu comando dos filhos de Israel e deixá-los observar o sinal desta aliança para as suas gerações como uma ordenança eterna, e elas não serão 29 erradicado da terra. Para o comando é ordenado para uma aliança, que deve observá-lo 30 para sempre entre todos os filhos de Israel. Para Ismael, seus filhos e seus irmãos e Esaú, o Senhor não causa a abordagem dele, e ele escolheu não porque eles são filhos de 31 Abraão, pois sabia, mas Ele escolheu Israel para ser o Seu povo. E Ele santificou, e recolheu-o entre todos os filhos dos homens, pois há muitas nações e muitos povos, e todos são dele, e sobre tudo Colocou espíritos de autoridade para liderá-los desviar dele. 32 Mas sobre Israel, Ele não nomear qualquer anjo ou espírito, porque só Ele é o seu governante, e Ele irá preservá-los e exigir-lhes nas mãos de seus anjos e seus espíritos, e na mão de todos os seus poderes a fim de que Ele pode preservá-los e abençoá-los, e que pode ser dele e ele 33 pode ser seu a partir de agora para sempre. E agora eu te anunciar que os filhos de Israel não manterá fiel a esse decreto, e não circuncidar os seus filhos de acordo com esta lei, pois na carne de sua circuncisão vão omitir este circuncisão dos seus filhos, e todos os deles, 34 filhos de Belial, vai deixar seus filhos circuncidados como eles nasceram. E haverá grande ira do Senhor contra os filhos de Israel. porque abandonam a sua aliança e se desviaram da Sua Palavra, e provocou e blasfemado, na medida em que não observar a ordenança da presente lei, para que eles trataram os seus membros, como os gentios, para que eles possam ser removidos e raízes de a terra. E não haverá mais a indulto ou perdão até eles [a fim de que deve haver perdão e] o perdão de todos os pecados do erro eterno. [Capítulo 16] 1 E na lua nova de quatro meses que apareceu a Abraão, o carvalho de Manre, e nós falamos com ele, e anunciou-lhe que o filho seria dado a ele por sua esposa sara. 2 E Sara riu, pois ela ouviu que havia falado estas palavras com Abraão, e que admoestados 3, e ela ficou com medo, e negou que ela riu por conta das palavras. E nós dissemos-lhe o nome de seu filho, como seu nome está escrito e ordenado nas tábuas celestes (ie) Isaque, 4,5 e (que), quando voltou para a sua em um horário definido, ela teria concebido um filho. E neste mês o Senhor executado os seus juízos sobre Sodoma e Gomorra, e Zeboim, e toda a região do Jordão, e ele queimou com fogo e enxofre, e destruiu até este dia, assim como [] lo tenho declarado te todas as suas obras, que são extremamente perversos e pecadores, e que se contaminam e se prostituírem na sua carne, ea impureza trabalho na terra. 6 E, da mesma maneira, Deus vai julgar sobre os locais onde fizeram acordo com a 7 imundícias dos sodomitas, como ditou a sentença de Sodoma. Mas muita coisa que salva, pois Deus 24

8 se lembrou de Abraão, e enviou-o para fora do meio da destruição. E ele e suas filhas cometido pecado sobre a terra, como não tinham sido na terra desde os dias de Adão até a sua 9 tempo, porque o homem estava com suas filhas. E eis que ele foi ordenado e gravado sobre toda a sua descendência, nas tábuas celestes, para removê-los e arrancá-las, e para fazer juízo sobre eles como o julgamento de Sodoma, e não deixar nenhuma semente do homem sobre a terra em do dia 10 da condenação. E neste mês Abraão passou de Hebron, e partiu, e habitou entre 11 Cades e Sur nas montanhas de Gerar. E no meio do quinto mês, mudou-se de 12 dali, e habitou no Poço do Juramento. E no meio do sexto mês, o Senhor visitou 13 sara e fez-lhe: como ele tinha falado e ela concebeu. E ela deu à luz um filho no terceiro mês, e no meio do mês, no momento em que o Senhor falou a Abraão, em 14, a festa das primícias da colheita, Isaque nasceu. E Abraão circuncidou a seu filho no oitavo dia: ele foi o primeiro que foi circuncidado segundo a aliança que é ordenado 15 para sempre. E no sexto ano da quarta semana, chegamos a Abraão, a bem do juramento, e apareceu-lhe [à medida que sara tinha dito que deveríamos voltar para ela, e ela teria 16 concebeu um filho. E voltamos no sétimo mês, e sara encontrado com a criança antes de nós], e nós abençoado, e nós anunciamos a ele todas as coisas que tinha sido decretada a respeito dele, que ele não deve morrer até que ele deve gerar mais seis filhos, e deve ver (eles) antes de morrer, mas 17 (que) em Isaque deve o seu nome ser chamado e sementes: E (que) toda a descendência de seus filhos deve ser gentios, e ser contado com os gentios, mas dos filhos de Isaque um deve tornar-se um santo 18 sementes, e não deve ser contado entre os gentios. Para ele deveria tornar-se parte do Altíssimo, e toda a sua descendência havia caído para a posse de Deus, que deve ser para o Senhor um povo para o (seu) poder sobre todas as nações e que deve tornar-se um reino de sacerdotes e 19 a nação santa. E fomos nosso caminho, e anunciamos a sara tudo o que lhe tinha dito, e 20, ambos alegraram-se com grande alegria. E edificou ali um altar ao Senhor que lhe tinha entregue, e que o fazia se alegrar na terra de sua peregrinação, e celebrou uma festa de alegria neste mês sete dias, junto ao altar que tinha construído no Poço do juramento. 21 E ele construiu as cabines para si e para os seus servos sobre este festival, e ele foi o primeiro a celebrar 22, a festa dos tabernáculos sobre a terra. E, durante esses sete dias, ele trouxe a cada dia para o altar em holocausto ao Senhor, dois novilhos, dois carneiros, sete ovelhas, um bode, para oferta pelo pecado, 23, que ele possa expiar assim para si e para sua descendência. E, como oferta de gratidão, sete carneiros, sete crianças, sete carneiros, e sete bodes, e as suas ofertas de frutas e as suas libações, e queimou toda a gordura sobre o altar, uma oblação escolhidos pelo Senhor para cheiro suave. 24 E pela manhã e à noite queimou substâncias aromáticas, incenso e gálbano e stackte e nardo e mirra, e especiarias, e costum, todos esses sete, ele ofereceu, triturados, misturados em 25 partes iguais (e) puro. E ele comemorou a festa durante sete dias, regozijando-se com todo seu coração e com toda a sua alma, ele e todos aqueles que estavam em sua casa, e não havia nenhum estranho com ele, 26 nem que foi circuncidado. E abençoou seu Criador, que o havia criado em sua geração, pois Ele havia criado de acordo com a sua boa vontade, pois Ele sabia e perceberam que dele resultaria a planta de justiça para as gerações eternas, e com ele uma semente santa, de modo que 27 deve ser como aquele que fez todas as coisas. E abençoou e se alegraram, e chamou a 28 Nome do festival a festa do Senhor, a alegria aceitável para Deus, o Altíssimo. E nós abençoou para sempre, e toda a sua descendência depois dele em todas as gerações da terra, porque 29 ele comemorou o festival em sua estação, segundo o testemunho dos comprimidos celeste. Por este motivo, é ordenado nas tábuas celestes sobre Israel, que devem celebrar a festa dos tabernáculos sete dias com alegria, no sétimo mês, antes do aceitável, Senhor de um estatuto para 30 já nas suas gerações a cada ano. E para isso não há limite de dias, porque é ordenado para 25

sempre sobre Israel que eles deveriam celebrá-la e habitarão em tendas, e grinaldas em conjunto 31 de suas cabeças, e tomar galhos frondosos e salgueiros do ribeiro. E Abraão tomou ramos de palmeiras, e os frutos de árvores formosas, e cada dia a volta ao altar com ramos sete vezes [a] os dias de manhã, ele elogiou e agradeceu a Deus por todas as coisas com alegria. [Capítulo 17] 1 º e no primeiro ano da quinta semana Isaque foi desmamado neste jubileu, e Abraão fez 2 um grande banquete no terceiro mês, no dia de seu filho Isaque foi desmamado. E Ismael, filho de Hagar, a egípcia, foi diante do Abraão, seu pai, em seu lugar, e Abraão se alegrou 3 e bendisse a Deus, porque ele tinha visto os seus filhos e não tinha morrido sem filhos. E ele se lembrou das palavras que Ele tinha falado com ele no dia em que Ló se apartou dele, e ele se alegrou porque o Senhor lhe tinha dado semente à terra para herdar a terra, e abençoou com todas as suas 4 boca do Criador de todas as coisas. E viu Sara que Ismael, tocando e dançando, e Abraão regozijo com grande alegria, e ela ficou com ciúmes de Ismael e disse a Abraão: "Expulsa esta 5 escrava e seu filho, porque o filho desta serva não será herdeiro com meu filho, Isaque. E a coisa foi grave aos olhos de Abraão, por causa de sua serva e por causa de seu filho, 6 que ele deve levá-los a partir dele. E Deus disse a Abraão: "Não seja duro aos teus olhos, por causa da criança e por causa da escrava, em tudo o que Sara te disse: 7 escutar suas palavras e não (eles), porque em Isaque será o teu nome e de sementes de ser chamado. Mas, como para 8, o filho desta serva farei dele uma grande nação, porque ele é da tua descendência. " Então se levantou Abraão de manhã cedo, e tomou o pão e uma garrafa de água, e colocou sobre os ombros 9 de Hagar e o filho, e mandou-a embora. E ela partiu e foi andando errante pelo deserto de Berseba, e da água na garrafa foi gasto, e sede da criança, e não foi capaz de ir adiante, 10 e caiu. E sua mãe levou ele e expulsá-lo sob uma oliveira, e foi sentar-se em frente dele, à distância de um tiro de arco, pois ela disse: 'Deixe-me não ver a morte de meu 11 crianças, e como ela se sentou, ela chorou. E um anjo de Deus, um dos santos, disse-lhe: 'Por que choras, Hagar? Levanta-te toma o menino e pega-lhe na mão, porque Deus ouviu tua 12 de voz, e viu a criança. " E ela abriu os olhos e viu um poço de água, e ela correu e encheu a garrafa com água, e ela deu o seu filho a beber, e ela se levantou e foi para 13 no deserto de Parã. E o menino cresceu e se tornou um arqueiro, e Deus estava com ele, e sua 14 mãe tomou-lhe uma esposa entre as filhas do Egito. E ela lhe deu um filho, e chamou 15 Nebaioth seu nome, pois ela disse: "O Senhor estava próxima a mim quando eu liguei para ele." E sucedeu que, na sétima semana, no primeiro ano do mesmo, no primeiro mês deste jubileu, no décimo segundo mês, houve vozes no céu sobre Abraão, que ele foi fiel em tudo o que Ele 16 Disse-lhe, e que ele amava o Senhor, e que em cada aflição que ele era fiel. E o príncipe Mastema veio e disse a Deus: "Eis que Abraão ama seu filho Isaque, e ele se deleita nele acima de todas as coisas; oferta lhe oferecer a ele como um holocausto sobre o altar, e tu vê se ele vai fazer este comando, e tu sabe se ele é fiel em tudo em que tu fazes experimentá-lo. 17 E o Senhor sabia que Abraão era fiel em todas as suas aflições, pois Ele já havia tentado com ele pelo país e com fome, e tentou-o com a riqueza dos reis, e ele tentou de novo através de sua esposa, quando ela estava rasgada ( dele), e com a circuncisão, e tentou-o através 18 Ismael e Hagar, sua serva, quando ele os despediu. E em tudo em que ele tentou, ele foi encontrado fiel, e sua alma não estava impaciente, e ele não demorou a agir, pois ele foi fiel e amante do Senhor. [Capítulo 18]

26

1,2 E Deus disse-lhe: "Abraão, Abraão, e disse: Eis aqui, (aqui) sou eu" E disse: Toma o teu filho amado a quem amas, (mesmo) Isaque, e vai até o país de alto, e oferecer-lhe 3 sobre um dos montes que eu indicarei a ti. " E ele levantou-se cedo pela manhã e albardou o seu jumento, e tomou as suas duas jovens com ele, e Isaque, seu filho, e fenderam a madeira do 4 holocausto, e ele foi para o lugar no terceiro dia, e viu que o lugar de longe. E chegou a um poço de água, e disse aos seus jovens, "Ficai aqui com o jumento, e eu e os Cinco menino deve ir (lá), e quando temos adorado vamos voltar para você. " E tomou a lenha do holocausto e a pôs sobre Isaque, seu filho, e ele tomou em suas mãos o fogo e a 6 faca, e foram ambos juntos a esse lugar. E Isaque disse ao seu pai: 'Pai', e ele disse: 'Eis-me aqui, meu filho. " E disse-lhe: 'Eis aqui o fogo e a faca, e os 7 lenha, mas onde está a ovelha para o holocausto, pai? " E ele disse: "Deus proverá para si um cordeiro para o holocausto, meu filho '. E ele se aproximou para o lugar do monte de 8 Deus. E ele construiu um altar e pôs a lenha no altar, e amarrou Isaque, seu filho, e colocou-o sobre a lenha que estava sobre o altar, e estendeu a mão para pegar a faca 9 para matar seu filho Isaque. E eu estava diante dele, e antes de o príncipe Mastema, eo Senhor disse: 'Bid-lhe que não ponha a mão sobre o rapaz, nem fazer nada para ele, pois eu tenho mostrado que ele tem medo 10, o Senhor. " E eu chamei-lhe do céu, e disse-lhe: "Abraão, Abraão, e ele 11 estava apavorada e disse: "Eis que (aqui) sou eu" E eu disse-lhe: "Não estendas a tua mão sobre o moço, e não fazer nada para te-lo, pois agora eu tenho mostrado que temes o Senhor, e tu 12 não retido o teu filho, filho primogênito de ti, de mim. " E o príncipe Mastema estava envergonhado, e Abraão levantou os olhos e olhei, e eis um carneiro preso. . . pelos chifres, e Abraão 13, e tomou o carneiro e o ofereceu um holocausto no lugar de seu filho. E Abraão chamou àquele lugar 'O Senhor visita », pelo que é dito que o Senhor visita: que é 14 Monte Sião. E o Senhor chamou Abraão pelo seu nome pela segunda vez desde o céu, como ele fez 15 nos apareça para lhe falar em nome do Senhor. E ele disse: 'Por mim mesmo jurei, diz o Senhor, Porquanto fizeste isto, E não fizeste retenção filho teu amado filho teu, de mim, Que a bênção te abençoarei, E em multiplicarei a tua descendência Como as estrelas do céu e como a areia que está na praia. E a tua descendência herdará as cidades de seus inimigos, 16 E em tua semente todas as nações da terra serão benditas; Porquanto obedeceste à minha voz, E eu mostrei tudo o que tu és fiel até a mim em tudo o que eu te disse: Vai em paz. " 17 E foi Abraão aos seus moços, e eles se levantaram e foram juntos para Berseba, e Abraão 18 habitou junto ao poço do juramento. E ele comemorou o festival a cada ano, por sete dias com alegria, e ele chamou-lhe a festa do Senhor de acordo com os sete dias durante o qual ele foi e 19 voltou em paz. E nesse sentido tem sido ordenado e escrita nas tábuas celestes sobre Israel e sua semente que deve observar este festival por sete dias com a alegria do festival. [Capítulo 19] 1 º e no primeiro ano da primeira semana no ano do jubileu quadragésimo segundo, Abraão voltou, e habitou 2 Hebrom oposto, isto é, Quiriate Arba, duas semanas do ano. E no primeiro ano da terceira semana 3 deste jubileu os dias da vida de sara foram realizadas, e ela morreu em Hebrom. E Abraão foi 27

lamentar-la e enterrá-la, e nós tentamos lhe [para ver] se o seu espírito estava doente e ele não estava indignada com as palavras da sua boca, e ele foi encontrado neste paciente, e não foi 4 perturbado. Para a paciência de espírito que ele conversava com os filhos de Hete, com a intenção de que eles 5 deve dar-lhe um lugar onde enterrar seus mortos. E o Senhor deu-lhe graça diante de tudo que viu, e ele rogou a gentileza dos filhos de Hete, e deram-lhe a terra do casal 6 caverna defronte de Manre, que é Hebrom, para quatrocentas peças de prata. E rogaram-lhe, dizendo: Vamos dar-te por nada, mas ele não iria levá-la de suas mãos para nada, pois ele deu o preço do lugar, o dinheiro na totalidade, e ele curvou-se diante de si duas vezes, e depois 7 isso, ele enterrou seus mortos na gruta de casal. E todos os dias da vida de Sara foram 127 anos, que é, dois jubileus e quatro semanas e um ano: estes são os dias da Oito anos da vida de sara. Este é o décimo julgamento com o qual Abraão foi tentado, e ele foi encontrado 9 fiel, paciente no seu espírito. E ele não disse uma única palavra sobre o rumor, na terra como é que Deus tinha dito que lhe daria a ele e à sua descendência depois dele, e ele pediu um lugar lá para enterrar seus mortos, pois ele foi encontrado fiel, e foi gravado nas tábuas celestes como o amigo de 10 Deus. E no seu quarto ano, ele tomou uma esposa para seu filho Isaque e seu nome era Rebeca [a filha de Betuel, filho de Naor, irmão de Abraão], a irmã de Labão e uma filha de Betuel, e Betuel, filho de Melca, que era a mulher de Naor, irmão de Abraão. 11 E Abraão tomou para si uma terceira esposa, e que se chamava Quetura, dentre as filhas dos servos de seu lar, para Hagar tinha morrido antes de sara. E ela deu-lhe seis filhos, Zimram, 12 e Jocsã, e Medan, e Midiã, e Isbaque e Suá, nas duas semanas de anos. E em 13, a sexta semana, no seu segundo ano, Rebeca nua para Isaque dois filhos, Esaú e Jacó, e [2046 AM] Jacó era um homem bom e reto, e Esaú foi feroz, um homem do campo, e peludo, e Jacó 14 habitava em tendas. E os jovens cresceram, e Jacó aprendeu a escrever, mas Esaú não aprender, pois ele 15 foi um homem do campo e um caçador, e ele aprendeu a guerra, e todas as suas obras eram ferozes. E Abraão 16 Faixas Jacó, mas Isaque amava a Esaú. E Abraão viu as obras de Esaú, e ele sabia que em Jacó deve o seu nome ser chamado e sementes, e chamou Rebeca e deu ordem a respeito 17 Jacó, pois ele sabia que ela (também) ama Jacó muito mais do que Esaú. E disse-lhe: Minha filha, cuidar do meu filho Jacó, Pois ele deve estar em meu lugar na terra, E, por uma bênção no meio dos filhos dos homens, E para a glória de toda a semente de Sem. 18 Porque eu sei que o Senhor irá escolhê-lo para ser um povo de posse até mesmo, acima de tudo 19 povos que há sobre a face da terra. E eis que o meu filho Isaque ama mais do que Esaú Jacó, mas vejo que tu amas verdadeiramente Jacó. 20 Adicione ainda mais a tua benevolência para ele, E os teus olhos esteja com ele em amor; Para ele será uma bênção que nós na Terra a partir de agora até todas as gerações da terra. 21 Que tuas mãos ser forte E deixe-se alegrar teu coração no teu filho Jacó; Porque eu o amei muito além de todos os meus filhos. Ele será abençoado para sempre, E sua semente, deve preencher toda a terra. 22 Se alguém puder contar a areia da terra, Suas sementes também devem ser numeradas. 23 E todas as bênçãos com que o Senhor me abençoou e minha semente deve pertencer a Jacó e 28

24 sempre sua semente. E em sua semente é o meu nome será abençoado, eo nome de meus pais, Sem, e 25 Noab, e Enoque, e Maalalel, e Enos, e Sete, e Adam. E estas devem servir Para estabelecer as bases do céu, E para reforçar a terra, E para renovar todas as luminárias, que são no firmamento. 26 E chamou Jacó diante dos olhos de Rebeca, sua mãe, e beijou-o e abençoou-o, e 27 disse: "Jacó, meu filho amado, a quem ama a minha alma, que Deus te abençoe sempre acima do firmamento, e que Ele te dê todas as bênçãos com que Ele abençoou Adão e Enoque e Noé, e Sem, e todas as coisas de que Ele me disse, e todas as coisas que Ele prometeu dar-me, ele pode causar ao pegará a ti e à tua descendência para sempre, de acordo com os dias de céu acima do 28 terra. E os espíritos dos Mastema não te dominará ou sobre a tua semente para transformar-te dos 29 Senhor, teu Deus, que é a partir de agora para sempre. E que o Senhor Deus é um pai para ti e 30 tu, filho primogênito, e sempre no povo. Vá em paz meu filho. " E ambos saíram 31 junto de Abraão. E Rebeca amava Jacó, com todo seu coração e com toda a sua alma, muito mais do que Esaú, mas Isaque amava a Esaú muito mais do que Jacó. [Capítulo 20] 1 º e no jubileu quadragésimo segundo, no primeiro ano da sétima semana, chamado Ismael Abraão, 2 º e seus doze filhos, e Isaque e seus dois filhos, e os seis filhos de Quetura, e seus filhos. E ordenou-lhes que devem observar o caminho do Senhor, que eles deveriam trabalhar bem, e amam seu próximo, e agir sobre esta forma entre todos os homens, que cada um deve 3, para andar no que diz respeito a eles como fazer juízo e justiça na terra. Que devem circuncidar seus filhos, segundo o pacto que tinha feito com eles, e não se desviar para a direita ou a esquerda de todos os caminhos que o Senhor tinha ordenado a nós, e que devemos manter-nos de toda a fornicação e a impureza [e renunciar de entre todos nós e prostituição 4] impureza. E se alguma mulher ou a empregada cometer fornicação entre vós, queimá-la com o fogo e que eles não cometem fornicação com ela depois de seus olhos e seu coração, e não deixá-los tomar para si esposas dentre as filhas de Canaã, para a semente de Canaã será ser erradicado de 5 o da terra. E disse-lhes o julgamento dos gigantes, eo julgamento dos sodomitas, como tinham sido julgados em virtude da sua maldade, e tinha morrido por conta da sua prostituição, a impureza e corrupção mútua através da prostituição. 6 "E guardai-vos de toda a fornicação e a impureza, E de toda a poluição do pecado, -Vos de fazer o nosso nome uma maldição, E toda a sua vida um assobio, E todos os seus filhos para serem destruídos pela espada, E vos torneis maldito como Sodoma, E todo o resto como o dos filhos de Gomorra. 7 Eu te imploro, meus filhos, amo a Deus do céu E vós unir a todos os Seus mandamentos. E não andar atrás dos seus ídolos, e depois de suas imundícias, 8 E não para vós deuses de fundição ou de escultura; Pois elas são a vaidade, E não há espírito nelas; Pois eles são o trabalho do (homens) nas mãos, E todos os que confiam neles, confie em nada. 29

9 Serve não eles, nem adorá-los, Mas servi ao Deus Altíssimo, e adorá-Lo continuamente: E a esperança de Seu semblante sempre, Trabalho e retidão e justiça perante ele, Que ele pode ter prazer em você e lhe conceda sua misericórdia E chover em cima de você de manhã e à noite, E abençoe todas as suas obras que tendes feito em cima da terra, E abençoará o vosso pão e tuas águas, E abençoará o fruto do teu ventre e o fruto da tua terra, E os rebanhos dos teus animais, e os rebanhos de ovelhas teu. 10 E sereis uma bênção sobre a terra, E todas as nações da terra se desejar, E abençoar seus filhos em meu nome, Que eles sejam abençoados como eu sou. 11 E ele deu a Ismael e seus filhos, e aos filhos de Quetura, presentes, e despediu-os 12 de seu filho Isaque, e ele deu tudo para o seu filho Isaque. E Ismael, seus filhos e os filhos de Quetura e seus filhos, fomos juntos, e habitou do Paraná para a entrada de Babilônia, no 13 toda a terra que está a Leste de frente para o deserto. E estes misturavam uns com os outros, e seu nome foi chamado de árabes, e ismaelitas. [Capítulo 21] 1 º e no sexto ano da sétima semana do jubileu Abraão chamou seu filho Isaque, e [2057 (2050?) AM] ordenou-lhe:, dizendo: 'Eu me tornei velho, e não sabemos o dia de minha morte, e estou completo do meu Dois dias. E eis que estou 175 ano velho, e por todos os dias da minha vida eu ter lembrado o Senhor, e procurou com todo meu coração para fazer a Sua vontade, e andar em retidão 3 em todos os Seus caminhos. Minha alma tem odiado ídolos, 4 dado meu coração e espírito que eu pudesse observar a fazer a vontade daquele que me criado. Pois Ele é o Deus vivo, e Ele é santo e fiel, e Ele é justo além de tudo, e não é com ele não aceitar de () homens e as pessoas não aceitação de presentes, porque Deus é justo, e executa a julgamen5 mento a todos aqueles que transgridem os Seus mandamentos e desprezam a sua aliança. E tu, meu filho, observar os seus mandamentos e os seus juízos e os seus juízos, e não andarem após a 6 abominações e depois as imagens esculpidas e depois as imagens de fundição. E comer nenhum sangue em todos os 7 animais ou gado, ou de qualquer ave que voa no céu. E se tu matar uma vítima como uma oferta de paz aceitável, matar-vos, e derramar o seu sangue sobre o altar, e toda a gordura da oferta de oferta sobre o altar com a farinha e a oferta de carne misturada com azeite, com o seu libação oferecê-los todos juntos no altar do holocausto, é um cheiro suave perante o Senhor. 8 E tu queres oferecer a gordura do sacrifício de agradecer a oferta sobre o fogo que está sobre o altar, ea gordura que está sobre a barriga, e toda a gordura no interior e os dois rins, e toda a gordura que 9 é sobre eles e sobre os lombos e tu fígado remove, juntamente com o rim. E oferecer todos estes para um doce sabor aceitável diante de Deus, com sua oferta de carne e com a sua bebida10 oferecendo, de cheiro doce, o pão da oblação ao Senhor. E comer sua carne nesse dia e no segundo dia, e não deixe que o sol, no segundo dia descer sobre ele até que é comido, e deixe nada sobrar para o terceiro dia, pois não é aceitável [para ele não é aprovado] e deixá-lo deixar de ser comido, e todos os que dele comer levará sobre si o pecado, porque assim eu achei escrito nos livros dos meus antepassados, e nas palavras de Enoque, e nas palavras de Noé . 11 E em todas as oblações teu sal espalha tu, e não deixe que o sal da aliança faltar em todos os 30

12 oblações teu diante do Senhor. E no que diz respeito a madeira dos sacrifícios, cuidado para que não sejas trazer (outros) de madeira para o altar, para além desses: cipreste, a baía, a amêndoa, o abeto, pinheiro, cedro savin(salva), figueiras, oliveiras, 13 mirra, louro, Aspalathus. E um desses tipos de madeira estava em cima do altar sob o sacrifício, como foram testados quanto à sua aparência, e não estava (nela), ou qualquer desdobramento de madeira escura, (mas) dura e limpa, sem culpa, um som e novo crescimento, e não estava (nela) madeira velha, [para a sua 14 fragrância é ido] porque há perfume já não é como antes. Além desses tipos de madeira que não há outro lugar que tu (no altar), para a fragrância é disperso, e o cheiro do seu 15 fragrâncias não sobe para o céu. Observe este mandamento e fazê-lo, meu filho, que tu podes 16 vertical estar em todas as tuas obras. E em todas as vezes ser limpo em teu corpo e lava-te com água antes de aproximar-se te oferecer sobre o altar, e lavar as tuas mãos e teus pés antes drawest nisso tu 17 perto do altar, e quando tu fez o sacrifício, lavar as mãos mais uma vez teu e os teus pés. E não deixe o sangue aparecem em cima de você, nem em cima de sua roupa, guarda em teu ser, meu filho, contra o sangue, está na tua 18 guarda excessivamente; cobrir com pó. E não comer nenhum sangue para ele é a alma, o sangue não quer comer. E não ter dons do sangue do homens, sob pena de ser derramado impunemente, sem julgamento, pois é o sangue que é derramado que faz com que a terra para o pecado, ea terra não podem ser limpos da 20 sangue do homem salvar pelo sangue daquele que o derramou. E tome nenhum presente ou do presente para o sangue do homem: sangue por sangue, para que possas ser acolhido perante o Senhor, o Deus Altíssimo, porque Ele é a defesa do bem, e que possas ser preservados de todo mal, e que Ele pode te salvar de todo o tipo de morte. 21 Eu vejo, meu filho, Que todos os trabalhos dos filhos dos homens são o pecado e a maldade, E todas as suas ações são impureza e uma abominação e uma poluição E não há nenhuma justiça com eles. 22 Cuidado, não te devias andar nos seus caminhos E pisar em seus caminhos, E o pecado pecado para morte, antes de Deus Altíssimo. Else Ele [esconder o rosto de ti E] dar-te de volta para as mãos da transgressão de teus E raiz te tirei da terra, e a tua descendência igualmente de debaixo do céu, E o teu nome e a tua descendência perecer toda a terra. 23 Desvia de todos os seus atos e de toda imundícia deles, E observe a ordenança do Deus Altíssimo, E fazer a Sua vontade e ser justos em todas as coisas. 24 E Ele te abençoará em todas as tuas obras, E levantará do meio de ti uma planta de justiça em toda a terra, por todas as gerações da terra, E o meu nome e o teu nome não será esquecido para sempre debaixo do céu. 25 Vai, meu filho em paz. Maio, o Altíssimo Deus, meu Deus e vosso Deus, fortalecer-te a fazer a Sua vontade, E que Ele abençoe a todos a tua descendência e o resíduo de tua descendência, para as gerações para sempre, com todas as bênçãos justo, Que sejas uma bênção para toda a terra. " 26 E ele saiu-lhe alegria. [Capítulo 22]

31

1 E aconteceu que, na primeira semana no ano do jubileu quadragésimo quarto, no segundo ano, ou seja, o ano em que morreu Abraão, Isaque e Ismael, que veio do Poço do Juramento para celebrar a festa das semanas - isto é, a festa das primícias da colheita, a Abraão, a sua 2 pai, e Abraão alegrou-se porque seus dois filhos, tinha chegado. Para Isaque tinha muitas posses em 3 Berseba, e Isaque estava acostumado a ir ver os seus bens e o direito de regressar ao seu pai. E naqueles dias Ismael chegou a ver seu pai, e ambos se uniram, e Isaque ofereceu um sacrifício 4 para o holocausto, e apresentou-o no altar de seu pai, que tinha feito em Hebron. E ele ofereceu uma oferta de gratidão e fez um banquete de alegria antes de Ismael, seu irmão, e Rebeca fez novos bolos de grão novo, e lhes deu a Jacó, seu filho, para levá-los a Abraão, seu pai, desde os primeiros frutos da terra, para que pudesse comer e te abençoe o Criador de todas as coisas antes de morrer. 5 E Isaque, também, enviado pela mão de Jacó, a Abraão uma melhor oferta de gratidão, para que pudesse comer e 6 bebida. E ele comer e beber, e bendito o Deus Altíssimo, Quem criou o céu e a terra, Quem fez todas as coisas que a gordura da terra, E deu-lhes para os filhos dos homens Que eles possam comer e beber e abençoe o seu Criador. 7 'E agora eu dou graças a Ti, meu Deus, porque me fizeste ver este dia: eis que sou cem sessenta e quinze anos, um homem velho e cheio de dias, e todos os meus dias têm 8 foi até a paz comigo. A espada do adversário não me superar em tudo o que tens dado 9 eu e meus filhos todos os dias da minha vida até este dia. Meu Deus, que a Tua Misericórdia e Tua paz esteja com o teu servo, e mediante as sementes de seus filhos, para que sejas um povo escolhido e uma herança de entre todas as nações da terra, daqui em diante até todos os dias da 10 gerações da terra, até todas as idades. " E chamou Jacó e disse: 'Meu filho de Jacó, o Deus de todos os te abençoe e te fazer justiça, e sua vontade perante Ele, e Ele pode escolher a ti e tua descendência, para que vos torneis um povo para Sua herança, de acordo a Sua vontade 11 sempre. E tu, meu filho, Jacó, se aproximar e me beijar. " E ele se aproximou e beijou-o e disse: "Bendito seja o meu filho Jacó E todos os filhos de Deus Altíssimo, até todas as idades: Que Deus dê a ti a semente da justiça; E alguns dos teus filhos que Ele santifica no meio de toda a terra; nações podem te servir, E todas as nações curva-se perante a tua descendência. 12 Seja forte na presença dos homens, E exercer autoridade sobre toda a descendência de Sete. Em seguida, os teus caminhos e as formas de teus filhos será justificado, Assim que passa a ser uma nação santa. 13 de maio, o Altíssimo, Deus te dê todas as bênçãos Com que Ele tem me abençoado E com que abençoou Noé e Adão; Que descansem sobre a cabeça da tua semente sagrada de geração em geração, para sempre. 14 E que Ele te purificar de toda injustiça e impureza, Para que sejas perdoado todas as transgressões, que tens cometido por ignorância. E Ele pode te fortalecer, E te abençoe. E tu herdarão a terra inteira, 15 E que Ele possa renovar sua aliança contigo. Para que sejas para ele uma nação para sua herança para todas as idades, E que Ele pode ser a ti e à tua descendência, um Deus na verdade e na justiça em todos os dias da 32

terra. 16 E tu, meu filho Jacó, lembre-se as minhas palavras, E observar os mandamentos de Abraão, teu pai; Separar-te de entre as nações, E não comer com eles: E não segundo as suas obras, E não se tornam seus associados; Para as suas obras são imundos, E todos os seus caminhos são uma poluição e uma abominação e impureza. 17 Eles oferecem seus sacrifícios aos mortos E eles adoram os espíritos maus, E eles comem sobre as sepulturas, E todas as suas obras são vaidade e nada. 18 Eles não têm coração para nos entender E os olhos não vêem o que suas obras são, E como eles erram em dizer que um pedaço de madeira: "Tu és o meu Deus", E à pedra: "Tu és o meu Senhor, tu és o meu libertador." [E não têm coração.] 19 E quanto a ti, meu filho de Jacó, Maio Altíssimo te ajuda de Deus E o Deus do céu te abençoe E remova-te da sua impureza e de todos os seus erros. 20 Cuide tu, meu filho Jacó, de ter uma mulher de qualquer semente das filhas de Canaã; Por toda a sua descendência, deve ser erradicado da terra. 21 Pois, devido à transgressão de Cam, Canaã, cometeu um erro, E todos os seus descendentes devem ser destruídos de fora da terra e todo o resíduo do mesmo, E nada brota dele será salvo no dia do juízo. 22 E como para todos os adoradores de ídolos e o profano (B) Não deve haver nenhuma esperança para eles na terra dos viventes; (C) E não haverá memória deles sobre a Terra; (C) Porque eles descerão ao abismo, (D) E no lugar de condenação, eles devem ir, Como as crianças de Sodoma foram tirados da terra Assim, serão todos aqueles que adoram ídolos será tirado. 23 Não temais, meu filho de Jacó, E não te espantes, ó filho de Abraão: Maio Deus Altíssimo te preservar da destruição, E de todos os caminhos do erro, ele pode te livrar. Esta casa tem 24 eu construí para mim mesmo que posso colocar meu nome em cima dele na terra, [é dado a ti e à tua descendência para sempre], e ele será chamado a casa de Abraão, que é dado a ti e à tua descendência para sempre, pois tu queres construir minha casa e estabelecer o meu nome diante de Deus para sempre a tua descendência e o teu nome estará em todas as gerações da terra. " 25,26 e ele deixou ordenando-lhe a bênção e ele. E os dois estavam deitados em uma cama, e Jacó dormiam no seio de Abraão, o pai de seu pai e que ele beijou sete vezes, e sua 27 afeto e seu coração se alegrou por ele. E abençoou-o com todo seu coração e disse: "o Altíssimo Deus, o Deus de todos, e Criador de tudo, que me trouxe diante de Ur dos Caldeus de que ele poderia me dar esta terra, para herdá-la para sempre, e que eu possa estabelecer uma santa semente abençoada 28 é o Altíssimo para sempre. " E abençoou Jacó e disse: 'Meu filho, sobre os quais, com todo meu coração e meu carinho Eu me regozijo, que a Tua graça e Tua misericórdia se levantar contra ele e à 33

sua descendência 29 sempre. E não abandoná-lo, nem colocá-lo em nada a partir de agora até o dia da eternidade, e pode ser aberto teus olhos sobre ele e à sua descendência, para que sejas preservá-lo, e 30 abençoá-lo, possas e consagrá-lo como uma nação por tua herança; E abençoá-lo com todas as Tuas bênçãos de agora em diante até todos os dias da eternidade, e renovar a tua aliança ea Tua graça com ele e com sua descendência de acordo com todo o prazer o teu bem até que todas as gerações da terra. " [Capítulo 23] 1 E ele colocou dois dedos de Jacó sobre seus olhos, e abençoou o Deus dos deuses, e ele cobriu o rosto e esticou o pé e dormiu o sono da eternidade, e foi reunido a seus pais. 2 E não obstante tudo isso Jacó estava deitada em seu colo, e não sabia que Abraão, seu pai 3 pai estava morto. E Jacó acordou do seu sono, e eis que Abraão era frio como gelo, e ele 4 disse: 'Pai, pai, mas não houve ninguém que falou, e ele sabia que ele estava morto. Então ele se levantou de seu colo e correu e disse Rebeca, sua mãe, e Rebeca foi Isaque na noite, e disse-lhe, e eles foram juntos, e Jacó com eles, e uma lâmpada estava em sua mão, e 5, quando eles tinham ido em que Abraão encontrou morto. Isaque e caiu sobre o rosto de seu pai 6 e chorou e beijou-o. E as vozes foram ouvidas na casa de Abraão, Ismael, seu filho nasceu, e foi para seu pai Abraão, e chorou por seu pai Abraão, ele e toda a casa 7 de Abraão, e chorou com grande pranto. E seus filhos Isaque e Ismael o sepultaram na caverna de casal, perto de sua esposa sara, e chorou durante quarenta dias, todos os homens de sua casa, e Isaque e Ismael, e todos os seus filhos, e todos os filhos de Quetura em seus lugares, e os dias de 8 chorando por Abraão foi encerrado. E ele viveu três jubileus e quatro semanas de anos, cem 9 e setenta e cinco anos, e completou o dia de sua vida, velho e cheio de dias. Para o dia dos antepassados, da sua vida, foram dezenove jubileus, e após o Dilúvio começaram a crescer menos do que dezenove jubileus, e diminuir em jubileus e envelhecer rapidamente, e estar de seus dias por motivo de tribulação múltiplas e da maldade dos seus caminhos, com excepção dos 10 Abraão. Para Abraão foi perfeito em todos os seus atos com o Senhor, e bem agradável à justiça todos os dias da sua vida, e eis que ele não completar quatro jubileus em sua vida, quando ele tinha 11 envelhecido por causa da maldade, e estava cheio de seus dias. E todas as gerações, que deve surgir a partir deste momento até o dia do grande julgamento deve envelhecer rapidamente, antes que eles completem dois jubileus, e seu conhecimento deve abandoná-los em razão da sua idade Terreno todo o seu conhecimento 12 deve desaparecer]. E naqueles dias, se o homem viver um jubileu e meia de anos, eles dirão a respeito dele: "Ele viveu muito tempo, e a maior parte de seus dias são a dor e a tristeza e 13 tribulação, e não há paz: Por calamidade segue em calamidade, e ferida na ferida, e tribulação sobre tribulação, e más notícias sobre a má notícia, e da doença sobre a doença, e todas as decisões judiciais mal como esses, uns com os outros, a doença e destruição, e da neve e da geada e gelo, e febre e calafrios, e torpor, e fome, e morte, e espada, e cativeiro, e todos os tipos de calamidades e 14 dores. " E todos estes virão de uma geração perversa, que transgride a terra: seus trabalhos 15 são imundícia, e prostituição, poluição e abominações. Em seguida, eles dirão: "Os dias dos antepassados eram muitos (mesmo), até mil anos, e eram bons, mas eis que os dias da nossa vida, se um homem viveu muitos, são três anos e dez pontuação, e , se ele é forte, quatro anos de pontuação, 16 e os maus, e não há paz nos dias de esta geração perversa. " E em que a geração dos filhos deve condenar seus pais e os mais velhos do pecado e da injustiça, e das palavras da sua boca e os grandes maldades que praticam, e de seus abandonando a aliança que o Senhor fez entre eles e ele, que deve observar e fazer todos os Seus mandamentos e os seus juízos e todas as suas leis, sem se afastar nem para a direita ou a esquerda. 34

17 Porque todos fizeram o mal, e toda a boca fala iniquidade e todas as suas obras são uma impureza e 18 abominação, e todos os seus caminhos são a poluição, a impureza e destruição. Eis que a Terra será destruída por conta de todas as suas obras, e não haverá nenhuma semente da videira, e não de petróleo, para as suas obras são completamente infiel, e eles devem morrer todos juntos, bestas e gado e aves, e 19 todos os peixes do mar, por conta dos filhos dos homens. E eles devem lutar uns com os outros, os jovens com a idade, e os velhos com os jovens, os pobres com os ricos, os humildes com os grandes, e do mendigo com o príncipe, em virtude da lei e da aliança, para eles esqueceram o mandamento, e aliança, e festas, e meses, e sábados, e jubileus, e todas as decisões. 20 E eles devem estar espadas e guerra para transformá-los de volta para o caminho, mas eles devem 21 não retornar até que muito sangue foi derramado sobre a terra, um pelo outro. E aqueles que escaparam não deve retornar de sua maldade para o caminho da justiça, mas todos devem exaltar-se para o engano e de riqueza, que pode cada ter tudo o que é seu vizinho, e eles serão o nome do grande nome, mas não em verdade, e não na justiça, e eles contaminam o santo de 22 Santos com sua impureza e da corrupção de sua poluição. E um grande castigo recairá sobre os atos desta geração do Senhor, e Ele lhes dará mais a espada e 23 e julgamento para o cativeiro, e para ser pilhado e devorado. E ele vai acordar contra eles os pecadores dentre os gentios, que não tem nem piedade nem compaixão, e que deve respeitar a pessoa de ninguém, nem velho nem jovem, nem qualquer um, pois eles são mais perversos e forte para fazer o mal de todos os filhos dos homens. E eles devem usar a violência contra Israel e contra a transgressão de Jacó, E muito sangue será derramado sobre a terra, E não haverá ninguém para recolher e enterrar. 24 Naqueles dias, eles devem chorar em voz alta, E chamar e ore para que eles possam ser salvos das mãos dos pecadores, os gentios; Mas nada será salvo. 25 E os chefes dos filhos deve ser de cor branca, com cabelos grisalhos, E uma criança de três semanas deve aparecer como um homem velho de cem anos, E a sua baixa estatura devem ser destruídos por tribulação e opressão. 26 E naqueles dias os filhos devem começar a estudar as leis, E a procurar os mandamentos, E para voltar ao caminho da retidão. 27 E os dias começam a crescer muito e aumentar entre os filhos dos homens Até os dias nos aproximarmos de mil anos. E para um maior número de anos que (antes) era o número de dias. 28 E não haverá velho Nem aquele que está satisfeito com seu dia, Para todos devem ser (as) jovens e crianças. 29 E todos os dias, eles deverão preencher e viver em paz e na alegria, E não deve haver nem Satanás destruidor do mal; Para todos os seus dias serão dias de benção e cura. 30 E naquele momento o Senhor vai curar os Seus servos, E eles devem se levantar e ver uma grande paz, E expulsar os seus adversários. E os justos o verão e ser grato, E se alegrar com a alegria para todo o sempre, E veremos todas as suas decisões e todas as suas maldições sobre seus inimigos. 31 E os ossos devem descansar na terra, 35

E seus espíritos devem ter muita alegria, E eles sabem que é o Senhor, que executa juízo, E mostra misericórdia para com centenas e milhares e para todos os que o amam 32 E tu, Moisés, escrevo estas palavras, porque assim está escrito, e registro (deles) nas tábuas celestes, em testemunho para as gerações para sempre. [Capítulo 24] 1 E aconteceu depois da morte de Abraão, que o Senhor abençoou seu filho Isaque, e ele levantouse e Hebron, e habitou no Poço da Visão no primeiro ano da terceira semana [2073 AM] 2 deste jubileu, sete anos. E no primeiro ano da quarta semana de fome começou na terra, [2080 AM] Três, além da primeira fome, que havia sido nos dias de Abraão. E Jacó sod sopa de lentilhas, e veio Esaú do campo com fome. E disse a Jacó, seu irmão: "Dê-me deste guisado vermelho. E Jacó disselhe: "Vender a mim teu [primogenitura, direito de primogenitura] e eu te darei 4 pães de ti, e também algumas da sopa de lentilha. E Esaú disse no seu coração: "Vou morrer; de 5 o lucro para mim é este patrimônio? 'E ele disse a Jacó: "Eu dar-te." E Jacó disse: 6 'Jura-me, neste dia, e jurou-lhe. E Jacó deu a seu irmão Esaú pão e o guisado e ele comer até que ele estava satisfeito, e desprezou Esaú o seu direito de primogenitura, por esta razão era o nome de Esaú. 7 Edom chamado, por conta do guisado vermelho que Jacó deu-lhe o seu direito de primogenitura. E Jacó tornou-se 8 o mais velho, e Esaú foi trazido para baixo de sua dignidade. E a fome era sobre a terra, e Isaque foi para descer ao Egito, no segundo ano desta semana, e fui o rei do Philis9 dentes para Gerar, Abimeleque. E o Senhor apareceu-lhe e disse-lhe: "Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser, e peregrina nesta terra, e eu vou 10 seja contigo e te abençoe. Para a ti e à tua descendência darei toda esta terra, e eu estabelecerei a minha juramento que tenho jurado a Abraão teu pai, e eu vou multiplicar a tua descendência como as 11 estrelas dos céus, e darei à tua descendência toda esta terra. E em tua semente todas as nações da terra serão abençoados, porque teu pai obedeceu à Minha voz, e guardou o meu mandamento e os meus mandamentos e minhas leis e os meus juízos, e minha aliança, e agora ouve a minha voz e moram em 12,13 esta terra. " E habitou em Gelar três semanas de anos. E mandou Abimeleque a respeito dele, [2080-2101 AM] e sobre tudo o que era dele, dizendo: "Qualquer homem que deve tocá-lo ou qualquer coisa que se deve a sua 14, certamente morrerás ". Isaque e se fortalecia entre os filisteus, e ele tem muitas posses, bois 15 e ovelhas, camelos e jumentos e uma família grande. E ele semeou na terra dos filisteus e trouxe uma centena de vezes, e Isaque tornou-se excessivamente grande, e os filisteus o invejavam. 16 Ora, todos os poços que os servos de Abraão haviam cavado durante a vida de Abraão, os filisteus 17 haviam entulhado depois da morte de Abraão, e encheram de terra. E Abimeleque disse a Isaque: "Vá por nós, pois tu és muito mais poderoso do que nós", e Isaque partiu dali em 18, o primeiro ano da sétima semana, e peregrinou nos vales do Gerar. E cavou os poços de água que os servos de Abraão, seu pai, tinha cavado, e que os filisteus tinham fechado após a morte de seu pai Abraão, e chamou os seus nomes como Abraão, seu pai 19 tiveram o nome deles. E os servos de Isaque cavou um poço no vale, e encontraram água viva, e os pastores de Gerar porfiaram com os pastores de Isaque, dizendo: "A água é nossa", e Isaque 20 chamou o seu nome do bem "perversidade", porque tinham sido perverso com a gente. E eles cavaram um segundo poço, e eles se esforçaram para que também, e ele chamou o seu nome 36

"inimizade". E ele, levantando-se dali e cavou outro poço, e para que eles não se esforçaram, e chamou o nome dele 'Room', e Isaque disse: "Agora o Senhor fez o quarto para nós, e têm aumentado nos 21 terra. E ele subiu dali para o Poço do Juramento, no primeiro ano da primeira semana no [2108 AM] 22 Jubileu quadragésimo quarto. E o Senhor lhe apareceu naquela noite, na lua nova do primeiro mês, e disse-lhe: «Eu sou o Deus de Abraão teu pai, não temas, porque eu sou contigo, e te abençoará e, certamente multiplicar a tua descendência como a areia da terra, por causa de Abraão, meu 23 servo. E edificou ali um altar, que Abraão, seu pai pela primeira vez construído, e ele chamou 24, o nome do Senhor, e ofereceu sacrifícios ao Deus de Abraão, seu pai. Então cavaram 25 a bem e eles encontraram água viva. E os servos de Isaque cavaram outro poço e não encontrar água, e eles foram a Isaque e disse que eles não haviam encontrado água, Isaque e disse: "Eu jurei 26 dias isso os filisteus e essa coisa foi anunciada para nós. " E chamou o nome daquele lugar do Poço do Juramento, pois lá ele havia jurado Aüzate Abimeleque e seu amigo e 27 Ficou prefeito ou o seu hoste. E Isaque sabia que dia que sob constrangimento, ele havia jurado que lhes 28 para fazer a paz com eles. E Isaque naquele dia amaldiçoado os filisteus e disseram: "Maldito seja os filisteus até o dia da ira e indignação do meio de todas as nações, Deus pode fazer-lhes um escárnio e uma maldição e objeto de ira e indignação nas mãos de os pecadores, os 29 nações e nas mãos do Quitim. E quem foge da espada do inimigo e Quitim, que a raiz nação justa no julgamento de debaixo do céu, porque eles serão os inimigos e inimigos dos meus filhos nas suas gerações sobre a Terra. 30 E nenhum resto deve ser deixado para eles, Nem aquele que será salvo no dia da ira do juízo; Para a destruição e arrancar e expulsão da terra é a semente inteira dos filisteus (reservado), E não deve deixar de ser deixado para estes Caftorim um nome ou uma semente na terra. 31 Pois se ele subir ao céu, Daí ele deve ser trazido para baixo, E apesar de ele tornar-se forte na terra, Daí ele será arrastado para fora, E embora ele se esconder entre as nações, Mesmo a partir daí, ele deve ser erradicado; E apesar de ele descer ao Abismo Há também deve ser grande a sua condenação, E lá também ele não terá paz. 32 E se ele irá para o cativeiro, Pelas mãos dos que procuram a sua vida, eles matá-lo no caminho, E nem o nome nem as sementes devem ser deixadas para ele em toda a terra; Para a maldição eterna ele partir. " 33 E assim está escrito e gravado sobre ele nas tábuas celestiais, para fazer-lhe no dia do juízo, de modo que ele pode ser erradicado da terra. [Capítulo 25] 1 º e no segundo ano desta semana neste jubileu, Rebeca chamado Jacó, seu filho, e falou [2109 AM], dizendo: 'Meu filho, não toma uma mulher das filhas de Canaã, como Esaú, teu irmão, que levou duas mulheres das filhas de Canaã, e eles têm amargurado minha alma com todos os seus atos imundos, para todos os seus atos são fornicação e luxúria, e não há justiça com eles, 2 para (suas ações) são maus. E eu, meu filho, te amo muito, e meu coração e meu carinho 37

3 te abençoe a cada hora do dia e assistir da noite. E agora, meu filho, ouve a minha voz, e fazer a vontade de tua mãe, e não tomarás para ti mulher, das filhas desta terra, mas apenas da casa de meu pai e de meu pai parentes. Tomarás para ti mulher da casa de meu pai, o Deus Altíssimo te abençoarei, e teus filhos serão uma geração justos e 4 a semente santa ". E então Jacó falou com Rebeca, sua mãe, e disse-lhe: «Eis, mãe, eu tenho nove semanas de anos, e eu nem sei, nem tenho tocado qualquer mulher, nem tenho noiva 5-me a qualquer, nem sequer pensar em tomar-me uma mulher das filhas de Canaã. Para que eu me lembro, a mãe, as palavras de Abraão, nosso pai, porque ele mandou-me para não tomar uma mulher das filhas 6 de Canaã, mas para me levar uma mulher a partir da semente da casa de meu pai e de minha família. Eu tenho ouvido antes que as filhas nasceram para Laban, teu irmão, e eu tenho o meu coração sobre eles 7 a tomar uma mulher de entre eles. E por isso eu tenho guardado em mim meu espírito contra o pecado ou ser corrompido em todos os meus caminhos em todos os dias da minha vida, pois conta com a luxúria 8 e fornicação, Abraão, meu pai, me deu muitos comandos. E, apesar de tudo o que ele me mandou, esses vinte e dois anos meu irmão tem lutado comigo, e falado com frequência para mim e disse: 'Meu irmão, levar a mulher a irmã de minhas duas esposas, mas eu me recuso a fazer como ele fez. 9 Juro diante de ti, mãe, que todos os dias da minha vida não vai me levar uma mulher das filhas 10 da descendência de Canaã, e não vou agir perversamente como meu irmão fez. Não temais mãe, ser 11 certeza de que vou fazer a tua vontade e andar em retidão, e não corromper os meus caminhos para sempre. " E então ela levantou o rosto para o céu e estendeu os dedos das mãos e abriu a boca e abençoou o Deus Altíssimo, que criou o céu e a terra, e deu-lhe 12 graças e louvor. E ela disse: "Bendito seja o Senhor Deus, e que Seu santo nome seja abençoado para sempre e sempre, que me deu Jacó como um filho puro e uma semente santa, porque ele é teu, e tua 13 º de sua semente ser continuamente e em todas as gerações, para sempre. Deus o abençoe, ó Senhor, 14 e colocar na minha boca a bênção da justiça, para que eu possa abençoá-lo. " E nessa hora, quando o espírito de justiça desceu em sua boca, ela colocou as duas mãos sobre a cabeça de Jacó, e disse: 15 Bendita és tu, Senhor, Deus de justiça e de todos os tempos E que Ele te abençoe além de todas as gerações de homens. Ele pode te dar, meu filho, o caminho da justiça, E revelar a justiça à tua descendência. 16 E que Ele possa fazer teus filhos, muitos durante a tua vida, E eles podem surgir de acordo com o número dos meses do ano. E que seus filhos se tornam muitas e grandes além das estrelas do céu, E os respectivos números ser mais do que a areia do mar. 17 E que Ele possa dar-lhes esta formosa terra, como Ele disse que lhe daria a Abraão e à sua descendência depois dele sempreE eles podem mantê-lo como uma possessão para sempre. 18 E eu posso ver (nascido em) a ti, meu filho, filhos abençoados durante a minha vida, E uma abençoada e santa semente pode tudo a tua descendência. 19 E como tu atualizado espírito de tua mãe durante sua vida, O ventre da mulher que te deu te abençoa, assim, [] O meu carinho e meus seios te abençoe E a minha boca e minha língua te elogiar muito. Aumento de 20 e espalhar sobre a terra, 38

E que a tua descendência ser perfeito, na alegria do céu e da terra para sempre; E que a tua alegria de sementes, E no grande dia da paz que pode ter paz. 21 E que o teu nome ea tua semente resistir a todas as idades, E que o Deus Altíssimo o seu Deus, E o Deus da justiça habitará com eles, E por eles pode ser seu santuário edificado todas as idades. 22 Bendito seja aquele que te abençoarem, E toda a carne que te amaldiçoarem falsamente, que seja amaldiçoado ". 23 E ela beijou-o e disse-lhe; "Que o Senhor te amo do mundo Como o coração de tua mãe e seu afeto alegria em ti e te abençoe. " E ela deixou de bênção. [Capítulo 26] 1 º e no sétimo ano desta semana Isaque chamou Esaú, seu filho mais velho, e disse-lhe: 'Eu sou [2114 AM] 2 de idade, meu filho, e eis que meus olhos estão vendo no falta de brilho , e eu não sei o dia da minha morte. E agora ter armas de caça tua aljava e o teu arco, e sai ao campo, e caçar e apanharme (veado), meu filho, e me faz uma comida saborosa, como ama a minha alma, e trazê-lo para mim que eu pode 3 comer, e que minha alma te abençoe antes de morrer. " Mas Rebeca ouviu falar de Esaú Isaque. 4,5 e Esaú saiu cedo para o campo para caçar e capturar e trazer para casa a seu pai. Rebeca e chamado Jacó, seu filho, e disse-lhe: "Eis que eu ouvi Isaque, teu pai, falar a Esaú, teu irmão, dizendo:" caça para mim, e me faz uma comida saborosa e trazer (ele) para mim que 6 eu coma e te abençoe diante do Senhor antes de morrer. "E agora, meu filho, ouve a minha voz naquilo que eu te ordeno: Vá para o teu rebanho e traze-me dois bons cabritos das cabras, e eu vou fazê-los guisado saboroso para teu pai, como ele ama, e tu trazer (ele) ao teu pai que ele 7 de maio comer e te abençoe diante do Senhor antes de morrer, e que tu podes ser abençoado. " E disse Jacó a Rebeca, sua mãe: "Mãe, eu não reter qualquer coisa que meu pai iria comer, e que lhe agradar: só tenho medo, minha mãe, que ele vai reconhecer a minha voz e vontade de tocar 8 mim. E tu sabes que eu sou bom, e Esaú, meu irmão, é peludo, e eu vou aparecer diante de seus olhos como um malfeitor, e deve fazer uma ação que ele não tinha me mandado, e ele será 9 indignado comigo, e eu vou trazer sobre mim uma maldição, e não uma bênção. " E Rebeca, sua 10 mãe, disse-lhe: «Em mim esta maldição, meu filho, só ouve a minha voz." E Jacó obedeceu à voz de Rebeca, sua mãe, e foi buscar dois bons filhos e gordura das cabras, e 11 trouxe a sua mãe, e sua mãe fez um guisado saboroso como ele amava. E Rebeca teve o melhores vestes de Esaú, seu filho mais velho, que estava com ela na casa, e ela vestiu a Jacó, seu filho mais novo, (com eles), e ela colocou as peles das crianças sobre suas mãos e em 12 as partes expostas do pescoço. E deu a carne e o pão que tinha preparado em 13, a mão de Jacó seu filho. E Jacó a seu pai e disse: 'Eu sou o teu filho: Eu tenho feito como me disseste; surgem e se sentar e comer o que eu travei, o pai, que a tua alma 14,15 me abençoe. " E disse Isaque a seu filho: "Como achaste tão depressa, meu filho? "E Jacó 16 disse: "Porque (o Senhor teu Deus fez-me encontrar." E disse Isaque a ele: Chegai, que 17 Eu posso sentir-te, meu filho, se és meu filho Esaú ou não. " E chegou Jacó a Isaque, seu pai, 18 e ele o apalpou e disse: "A voz é a voz de Jacó, mas as mãos são de Esaú, e ele não o reconheceu, porque era uma dispensa do céu para remover seu poder de percepção e 19 Isaque não discerniu, para as suas mãos estavam peludas como seu irmão Esaú, para que ele abençoou. E ele disse: "Tu és meu filho Esaú? E ele disse: "Eu sou o teu filho" e disse: 'Traga para 39

perto de mim que 20 eu posso comer de tudo o que tens travado, meu filho, que minha alma te abençoe. " E ele trouxe 21 próximo a ele, e ele comeu, e trouxe-lhe vinho e ele bebeu. E Isaque, seu pai, disse22 a ele: 'Aproxima e beija-me, meu filho. E ele se aproximou e o beijou. E ele cheirou o cheiro das suas vestes, e abençoou-o e disse: 'Eis que o cheiro do meu filho é como o cheiro de um campo (inteiro) que o Senhor abençoou. 23 E o Senhor te dê do orvalho do céu E o orvalho da terra, e abundância de milho e óleo: Sirvam-te povos, E os povos se encurvem a ti. 24 Sê o senhor dos teus irmãos, E os filhos de tua mãe se encurvem a ti; E que todas as bênçãos com que o Senhor me abençoou e abençoou Abraão, meu pai; Ser dado a ti e à tua descendência para sempre; Malditos sejam os que te amaldiçoarem, E benditos sejam os que te abençoarem. 25 E aconteceu que, logo que Isaque tinha acabado de abençoar seu filho Jacó, e tinha ido 26 diante de seu pai Isaque, ele se escondeu e Esaú, seu irmão, veio de sua caça. E ele também fez um guisado saboroso, e trouxe (TI) para seu pai, e disse a seu pai: "Deixe o meu pai 27, e come da minha caça que a tua alma me abençoe. " E Isaque, seu pai, disse-lhe: «Quem és tu? "E disse-lhe:" Eu sou o teu primeiro filho, teu filho Esaú, fiz como tu 28 ordenou-me. " E Isaque era muito grande espanto, e disse: 'Quem é aquele que tem perseguido e capturado e trazido (ele) para mim, e eu comi de tudo antes de tu chegaste, e abençoou-o: 29 (e), ele será abençoado, e toda a sua descendência para sempre. " E sucedeu que, quando Esaú ouviu as palavras de seu pai Isaque que gritou com um grito de grande e mui amargo, e disse a seu pai: 30 'pai Abençoa-me, (ainda) me também. " E disse-lhe: "Teu irmão veio com astúcia e tomou a tua bênção." E ele disse: 'Agora eu sei porque seu nome é chamado Jacó: Eis que ele me tem suplantado por duas vezes: tirou meu direito de primogenitura, e agora ele tirou 31 a minha bênção. " E ele disse: "Porventura, não reservaste uma bênção para mim, pai?" e Isaque respondeu, e disse a Esaú: 31 Eis que eu fiz-lhe o teu Senhor, E todos os seus irmãos lhe tenho dado por servos, E, com abundância de trigo e vinho e azeite que eu reforço a ele: E agora o que devo fazer por ti, meu filho? ' 32 E disse Esaú a Isaque, seu pai: "Porventura, mas uma bênção, ó pai? Abençoa-me, (ainda) me também o pai: ' 33 E levantou Esaú a sua voz e chorou. E Isaque respondeu, e disse-lhe: "Eis que, longe do orvalho da terra será a tua habitação, E longe do orvalho do céu de cima. 34 E pela tua espada queres viver, E tu queres servir o teu irmão. E ela deve vir a passar quando tu becomest grande E te sacudir seu jugo do teu pescoço, Tu serás um pecado a morte completa do pecado, E tua semente será erradicado de debaixo do céu. " 35 E Esaú mantidos ameaçando Jacó por causa da bênção com que seu pai o tinha abençoado, e ele: disse em seu coração: "Que os dias de luto por meu pai, agora, para que eu possa matar o meu 40

irmão Jacó. [Capítulo 27] 1 E as palavras de Esaú, seu filho mais velho, foram orientados a Rebeca em um sonho, e Rebeca enviados e 2 Jacó chamou seu filho mais novo, e disse-lhe: "Eis que Esaú, teu irmão vai se vingar de 3 ti, de modo a matar-te. Agora, pois, meu filho, ouve a minha voz, e levanta-te e refugia-te a Labão, meu irmão, em Harã, e fica com ele alguns dias até que a ira de teu irmão se afasta, e remover sua raiva de ti, e esquecer tudo que fizeste, então eu vou enviar e trazer-te de 4,5 dali. " E Jacó disse: "Eu não tenho medo, se ele quiser me matar, eu vou matá-lo." Mas ela disse 6-lhe: "Deixe-me não ser privado de ambos os meus filhos um dia." E disse Jacó a Rebeca, sua mãe: Eis que tu sabes que o meu pai tornou-se velho, e não vê, porque seus olhos estão sem brilho, e se eu deixá-lo será o mal em seus olhos, porque eu deixá-lo e ir embora de você, e meu pai vai ficar com raiva, e vai me xingar. Eu não vou, quando ele me envia, então só vou ir ". 7,8 e Rebeca disse a Jacó: "Vou entrar e falar com ele, e ele vai mandar-te embora. ' E Rebeca entrou e disse a Isaque: "Eu odeio a minha vida por causa das duas filhas de Hete, a quem Esaú tomou-lhe como esposas, e se Jacó tomar mulher dentre as filhas da terra, tais 9 como estes, para quê eu ainda vivo, para as filhas de Canaã eram más. " E Isaque chamado 10 Jacó eo abençoou, e admoestou-o e disse-lhe: "Não tomarás para ti mulher de qualquer uma das filhas de Canaã; surgir e ir para a Mesopotâmia, à casa de Betuel, pai de tua mãe, 11 e te levar uma mulher a partir daí, uma das filhas de Labão, irmão de tua mãe. E Deus TodoPoderoso te abençoe e te crescer e multiplicar-te para que possas tornar-se uma sociedade de nações, e te dê a bênção de meu pai Abraão, a ti e à tua descendência depois de ti, para que possas herdar a terra de tuas peregrinações e todas as terra que Deus deu a Abraão: vai, meu 12 filho, em paz. " E despediu Isaque a Jacó, e ele foi para a Mesopotâmia, a Labão, filho de 13 Betuel, arameu, irmão de Rebeca, mãe de Jacó. E sucedeu que, depois de Jacó 14 levantou-se para ir à Mesopotâmia que o espírito de Rebeca entristeceu depois que seu filho, e ela chorou. Isaque disse a Rebeca: "Minha irmã, não choreis por conta de Jacó, meu filho, porque ele anda em paz, e 15 em paz que ele vai voltar. Altíssimo Deus o guardará de todo mal, e será com ele; 16 para Ele não vai abandoná-lo todos os dias, pois sei que seus caminhos serão prosperou em todas as coisas 17 onde quer que vá, até ele voltar em paz para nós, e vê-lo em paz. Medo não em sua conta, minha irmã, pois ele está no caminho para cima e ele é um homem perfeito, e ele é fiel e não perecerá. 18,19 Não chores ". Rebeca e Isaque consolado por conta de seu filho de Jacó, e o abençoou. E Jacó do Poço do Juramento de ir para Harã sobre o primeiro ano da segunda semana do jubileu quadragésimo quarto, e ele veio para a Luz nas montanhas, que é Betel, na lua nova do primeiro mês desta semana, [2115 AM] e ele veio para o local e ainda desviou o caminho para o oeste do 20 da estrada naquela noite, e dormia lá, pois o sol se punha. E tomou uma das pedras que 21 lugar e colocou debaixo da árvore, e ele estava viajando sozinho, e ele dormiu. E ele sonhou naquela noite, e eis uma escada criado sobre a terra, e o topo chegava ao céu, e eis que os anjos de Deus subiam e desciam sobre ele, e eis que o Senhor estava sobre ele. 22 E falou a Jacó e disse: 'Eu sou o Senhor Deus de Abraão, teu pai, e o Deus de 23 Isaque, a terra em que dormir tu, te hei de dar, e à tua descendência depois de ti. E tua semente será como o pó da terra, e aumentar a tu a oeste e ao leste, para o 24 ao norte e ao sul, e em ti e na tua semente todas as famílias das nações serão abençoadas. E eis que estarei contigo, e te guardarei aonde quer que fores, e te trará novamente a esta terra em paz, porque eu não te deixarei até que eu faça tudo o que eu te disse de. 41

25 E Jacó acordou do seu sono, e disse: "Verdadeiramente este lugar é a casa do Senhor, e eu sabia que não." E ele estava com medo e disse: 'terrível é este lugar que não é outro senão a casa de 26 Deus, e esta é a porta dos céus. " E Jacó surgiu no início da manhã, e tomou a pedra que tinha posto em sua cabeça e configurá-lo como um pilar de um sinal, e derramou azeite em cima dela. E chamou o nome daquele lugar Betel; mas o nome do lugar era na Luz o primeiro. 27 E Jacó fez um voto ao SENHOR, dizendo: 'Se o Senhor estará comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer e vestes para vestir, para que eu volte para casa de meu pai em paz, então o Senhor será o meu Deus, e esta pedra que tenho criado como pilar de um sinal neste local, será a casa do Senhor, e de tudo o que tu dás-me, vou dar a décimo a ti, meu Deus '. [Capítulo 28] 1 E ele seguiu seu caminho, e vieram para a terra do oriente, a Labão, o irmão de Rebeca, 2 e ele estava com ele, e serviu-lhe para Raquel, sua filha uma semana. E no primeiro ano da terceira semana [2122 AM] disse-lhe: «Dá-me minha esposa, por quem tenho servido a ti sete anos, e 3 Labão disse a Jacó: "Vou dar-te a tua mulher." E Labão deu um banquete, e tomou Lia, sua filha mais velha, e deu (a sua) a Jacó como esposa, e lhe deu sua serva Zilpa por uma mãoQuatro empregada, e Jacó não sabia, pois pensava que ela era Raquel. E ele entrou a ela, e eis que, ela era Leah e Jacó estava irritado com Labão, e disse-lhe: 'Por que fizeste assim comigo? Eu não te servir e não para Raquel Leah? Porque tu me enganaram? 5 Take tua filha, e eu irei, porque fizeste mal para mim. " Para Jacó amava a Raquel mais do que a Léia; para os olhos de Lia eram fracos, mas sua forma era muito bonito, mas tinha bela Raquel 6 olhos e uma forma linda e muito bonito. Labão disse a Jacó: "Não é assim em nosso país, se dá a menor antes da pessoa idosa. E isso não é correto fazer isso, porque assim está escrito e ordenado nas tábuas celestes, que ninguém deveria dar a sua filha mais nova antes da mais velha, mas o mais velho, dá-se primeiro e depois dela a mais jovem e o homem que faz isso, puseram a culpa contra ele no céu, e não é justo que faz esta coisa, para esta ação é mau aos olhos do 7 Senhor. E dá ordem aos filhos de Israel que não essa coisa, nem deixá-los tomar 8, e nem dá a menor antes de terem dado a mais velha, por isso é muito mau. Labão disse a Jacó: "Que os sete dias da festa deste passar por um, e eu vou te dar a Raquel, que possas me servir outros sete anos, que possas pastagem minhas ovelhas como fizeste na semana anterior. » E no dia em que os sete dias da festa de Leah passou, Raquel Labão deu a Jacó, para que pudesse servir outros sete anos, e ele deu a Raquel Bila, irmã de 10 Zelfa, como uma serva. E serviu ainda outros sete anos para Raquel, por Leah tinha sido dado 11 a ele por nada. E o Senhor abriu o ventre da Lia, e ela concebeu e deu a Jacó um filho, e chamou o seu nome Rúben, no décimo quarto dia do nono mês, no primeiro ano de 12, a terceira semana. [2122 AM] Mas o ventre de Raquel foi fechada, pois o Senhor viu que Lia era desprezada e 13 Raquel amava. E novamente Jacó a Lia, e ela concebeu, e deu a Jacó o segundo filho, e chamou o seu nome Simeão, no vigésimo primeiro do décimo mês, e no terceiro ano desta 14 semanas. [2124 AM] E novamente Jacó a Lia, e ela concebeu e deu à luz um terceiro filho, e ele 15 chamou o seu nome Levi, na lua nova do primeiro mês do sexto ano desta semana. [2127 AM] E novamente Jacó a ela, e ela concebeu, e deu-lhe um quarto filho, e chamou o seu nome Judá, 16 na décima quinta do terceiro mês, no primeiro ano da quarta semana. [2129 AM] E por conta de tudo isso Raquel Leah inveja, pois ela não suportava, e ela disse a Jacó: "Dá-me filhos", e Jacó 17 disse: "Tenho retido de ti os frutos do vosso ventre? Te deixei? " E quando Raquel viu que Leah tinha dado quatro filhos de Jacó, Rúben e Simeão, Levi, Judá, ela disse: 18 a ele: 'Vá em até minha serva Bila, e ela irá conceber, e ter um filho para mim. " (E ela deu (ele) Bila, sua serva, por mulher). E ele entrou a ela, e ela concebeu e deu à luz um filho, e chamou o seu 42

nome de Dan, no nono do sexto mês, no sexto ano do 19 semanas terceiros. [2127 AM] e Jacó Bila de novo para uma segunda vez, e ela concebeu, e deu a Jacó um filho, e chamou o seu nome Raquel Naftali, no quinto dia do sétimo mês, no 20 anos de segunda a quarta semana. [2130 AM] E quando Leah viu que ela havia se tornado estéril e não ter, ela invejava Raquel, e ela lhe deu também a serva Zilpa a Jacó por mulher, e ela concebeu e deu à luz um filho, e Leah chamou o seu nome Gade, no décimo segundo do oitavo mês, no terceiro ano de 21, a quarta semana. [2131 AM] E foi novamente a ela, e ela concebeu, e lhe deu um segundo filho, e chamou o seu nome Leah Asher, na segunda parte do décimo primeiro mês, no quinto ano do quarto 22 semanas. [2133 AM] E Jacó a Lia, e ela concebeu e deu à luz um filho, e chamou o seu nome Issacar, no quarto do quinto mês, no quarto ano da quarta semana, [2132 AM] e ela deu-lhe 23 a uma enfermeira. E Jacó passou novamente a ela, e ela concebeu e deu à luz dois (filhos), um filho e uma filha, e chamou o nome do filho de Zabulon, eo nome da filha Dinah, 24 no sétimo do sétimo mês, no sexto ano da quarta semana. [2134 AM] E o Senhor foi gracioso para Raquel, e abriu seu ventre, e ela concebeu e deu à luz um filho, e chamou o seu 25 José, na lua nova do quarto mês, no sexto ano nesta quarta semana. [2134 AM] E nos dias em que José nasceu, Jacó disse a Labão: "Dá-me as minhas mulheres e filhos, e deixe-me ir para o meu pai Isaque, e deixe-me fazer-me uma casa, porque eu terminei o ano em que eu 26 serviram de ti por tuas duas filhas, e eu irei para a casa de meu pai. " Labão disse a Jacó: "Fica comigo para o teu salário, e meu rebanho de pastagem para mim novamente, e ter o teu salário." 27 E eles concordaram um com o outro que ele deveria dar a ele como os seus salários dos cordeiros e cabritos 28, que nasceram a preto e branco e manchado, (estes) eram para ser seu salário. E todas as ovelhas trouxe malhados e salpicados e preto, diversamente marcados, e que trouxe novamente cordeiros como eles, e todos os que foram vistos foram Jacó e aqueles que não estavam foram 29 Labão. E bens de Jacó multiplicaram, e ele tinha bois, ovelhas e 30 jumentos e camelos, servos e servas. Labão e seus filhos invejado Jacó e Labão tomou de volta as ovelhas, e ele observou-o com má intenção. [Capítulo 29] 1 E sucedeu que, quando Raquel teve a José, que Labão ido tosquiar as suas ovelhas, porque Dois estavam distantes dele a uma viagem de três dias. E Jacó percebeu que Labão estava indo para tosquiar as suas ovelhas, e Jacó chamou Lia e Raquel, e lhes falou ao coração que eles devem vir com 3-o para a terra de Canaã. Para ele contou-lhes como tinha visto tudo em um sonho, mesmo que tudo o que Ele lhe dissera que ele deveria voltar para a casa de seu pai, e disseram: "Para todo lugar 4 vais para onde vamos contigo. E Jacó abençoou o Deus de Isaque seu pai, o Deus de Abraão, o pai de seu pai, e ele se levantou e montou suas esposas e seus filhos, e levou todos os seus haveres e atravessaram o rio e chegaram à terra de Gileade, e Jacó escondeu sua intenção 5 de Laban e lhe disse que não. E no sétimo ano da quarta semana Jacó virou (o rosto) para Gilead no primeiro mês, no vigésimo primeiro do mesmo. [2135 A.M.] Labão perseguiu-o e 6 Jacó alcançou na montanha de Gileade no terceiro mês, no décimo terceiro da mesma. E o Senhor não lho ferir Jacó, para que ele lhe apareceu em sonho de noite. Labão 7 falou para Jacó. E no décimo quinto daqueles dias Jacó fez uma festa para Laban, e para todos os que vieram com ele, e jurou Jacó a Labão naquele dia, e também Labão a Jacó, que não deve 8 montanha da cruz de Gilead para o outro com o propósito mal. E ele fez ali um monte de 9 A testemunha, por isso o nome daquele lugar se chama: "o monte de testemunha," depois deste heap. Mas antes eles costumavam chamar a terra de Gileade à terra dos refains, pois era a terra dos 43

refains, e os refains nasceram (lá), gigantes cuja altura era de dez, nove, oito para baixo 10 sete côvados. E a sua habitação foi a partir da terra dos filhos de Amom, a Monte Hermon, 11 e as cadeiras de seu reino foram Carnaim e Astarote, e Edrei, e Misur e Beom. E o Senhor os destruiu por causa da maldade das suas obras, pois eram muito malignos, e os amorreus habitavam em seu lugar, ímpios e pecadores, e não há pessoas a-dia que tem feito 12 para o pleno todos os seus pecados, e eles não têm mais tempo de vida sobre a terra. E Jacó despediu Laban, e ele partiu para a Mesopotâmia, a terra do Oriente, e Jacó voltou para a terra de 13 Gileade. E ele passou o Jaboque no nono mês, no décimo primeiro do mesmo. E, nesse dia, Esaú, seu irmão, veio ter com ele, e ele se reconciliou com ele, e afastou-o até 14 a terra de Seir, mas Jacó habitava em tendas. E no primeiro ano da quinta semana, neste jubileu [2136 AM] atravessou o Jordão, e habitavam além do Jordão, e pastavam ovelhas do mar do 15 heap até Bete-Seã, e até Dothan e até a floresta de Acrabim. E ele enviou a seu pai Isaque de todos os seus bens, roupas e alimentos, ea carne, e beber, e leite e manteiga, e 16, queijo e algumas datas do vale. E a sua mãe Rebeca também quatro vezes por ano, entre as épocas do mês, entre lavoura e colheita, e entre o outono ea chuva (estação) 17 e entre o inverno ea primavera, para a torre de Abraão. Para Isaque tinha voltado do poço do juramento e foi até a torre de seu pai Abraão, e ele morava lá além de seu filho 18 Esaú. Pois no dia em que Jacó foi para a Mesopotâmia, Esaú tomou para si uma esposa Mahalath, filha de Ismael, reuniu todos os rebanhos de seu pai e suas esposas, e foi 19 Up e habitou no monte Seir, e deixou seu pai Isaque, no Poço do Juramento sozinho. E Isaque subiu de Poço do Juramento, e habitou na torre de Abraão, seu pai nas montanhas 20 de Hebron, e ali Jacó enviou tudo o que ele enviou ao seu pai e sua mãe de vez em quando, tudo que eles precisavam, e abençoou Jacó com todo seu coração e com toda a sua alma. [Capítulo 30] 1 º e no primeiro ano da sexta semana [2143 AM] subiu para Salem, a leste de Siquém, na paz, na Dois meses do quarto. E ali levados Dinah, filha de Jacó, na casa de Siquém, filho de Hamor, o heveu, príncipe da terra, e ele se deitou com ela e contaminou-la, 3 e ela era uma menina, uma criança de doze anos. E rogava seu pai e seus irmãos que ela poderia ser dado a ele a mulher. E Jacó e seus filhos foram irado por causa dos homens de Siquém, porque havia contaminado a Diná, sua irmã, e disseram-lhes com más intenções e tratados 4 deceitfully com eles e enganou-los. E Simeão e Levi chegou inesperadamente a Siquém, e executou o juízo sobre todos os homens de Siquém, e mataram todos os homens que encontraram nela, e não deixou uma única restantes: eles mataram todos em tormentos, porque tinha desonrado 5 Dinah sua irmã. E assim não vamos voltar a ser feito a partir de agora que a filha de Israel se contaminem; para o julgamento é ordenado no céu contra eles que eles deveriam destruir com a espada 6 todos os homens da siquemitas porque eles tinham feito vergonha em Israel. E o Senhor entregou nas mãos dos filhos de Jacó que poderia exterminá-los com a espada e juízo sobre eles, e que não poderia, assim, voltar a ser feito em Israel de que uma virgem 7 Israel deve ser contaminada. E se há qualquer homem que deseja, em Israel para dar a sua filha ou irmã de alguém que é da descendência dos gentios, certamente morrerá, e eles o apedrejarão com pedras, para que ele operou vergonha em Israel, e devem queimar a mulher com fogo, porque 8 ela desonrou o nome da casa de seu pai, e ela deve ser erradicado de Israel. E não deixe que uma mulher adúltera e não imundícia ser encontrada em Israel durante todos os dias das gerações da terra, porque Israel é santo ao Senhor, e todo homem que tem contaminado (ele) morrerá: 9 º que o apedrejarão com pedras. Pois assim tem sido ordenado e escrito em tábuas celestiais sobre toda a descendência de Israel: quem contamina (isto) morrerá, e ele será apedrejado com 10 pedras. E com esta lei, não há limite de dias, e não dispensa, nem expiação, mas o homem que 44

tem contaminado sua filha deve ser erradicado no meio de todo o Israel, porque ele deu 11 da sua descendência a Moloque, e forjado impiedosamente, a fim de contaminá-lo. E tu, Moisés, o comando dos filhos de Israel, e os exortava-os a não dar suas filhas para os gentios, e não levar para 12 os filhos de qualquer das filhas dos gentios, para isso é abominável diante do Senhor. Por esta razão, eu escrevi para ti, nas palavras da lei todos os atos dos siquemitas, que fazia contra Dinah, e como os filhos de Jacó falou, dizendo: 'Nós não vamos dar a nossa filha 13 a um homem que é circuncidado, pois isso seria uma vergonha para nós. " E é uma vergonha para Israel, para aqueles que vivem e para aqueles que levam as filhas dos gentios, para isso é imundo e 14 abomináveis para Israel. E Israel não ficará livre a partir desta impureza se tem uma mulher das filhas dos gentios, nem deu qualquer uma de suas filhas para um homem que seja de qualquer dos gentios. 15 Pois não haverá praga em praga e maldição maldição, e qualquer decisão judicial e praga e maldição virá: se ele faz isso, ou esconder os olhos para aqueles que cometem a impureza, ou aqueles que contaminam o santuário do Senhor, ou aqueles que profanam o seu santo nome, (então) será o 16 nação inteira juntos ser julgado por toda a imundícia e profanação desse homem. E não haverá nenhuma relação de pessoas [e sem consideração de pessoas] e não receber em suas mãos de frutas e ofertas e holocaustos e da gordura, nem o perfume de cheiro suave, de modo a aceitá-la, e 17 Assim tarifa cada homem ou mulher em Israel, que contamina o santuário. Por esta razão te ordenei, dizendo: 'testificar este testemunho para Israel: ver como se saíram os siquemitas e seus filhos: como eles foram entregues nas mãos dos dois filhos de Jacó, e eles os mataram sob tortura, e 18 foi (contada)-lhes justiça, e é escrito para eles por justiça. E a semente de Levi foi escolhida para o sacerdócio e para levitas, que poderia ministrar diante do Senhor, como nós, continuamente, e que Levi e seus filhos possam ser abençoados para sempre, pois era zeloso 19 para executar julgamento e justiça e vingança contra todos aqueles que se levantaram contra Israel. E assim eles inscrevem como um testemunho em seu favor a bênção celestial comprimidos e justiça perante 20, o Deus de todos, e nos lembramos da justiça que o homem cumpriu durante sua vida, em todos os períodos do ano, até mil gerações vão gravar-lo, e viremos a ele e à sua descendência depois dele, e ele foi gravado nas tábuas do céu, como um amigo e um justo 21 homem. Tudo isto em conta que tenho escrito para ti, e te mandei dizer aos filhos de Israel, que não se deve cometer o pecado nem transgredir as ordenanças, nem quebrar o pacto que 22 foi ordenado para eles, (mas) que devem cumpri-la e ser registados como amigos. Mas se eles transgredir e impureza trabalho em todos os sentidos, que será gravado nas tábuas celestes como adversários, e eles serão destruídos para fora do livro da vida, e eles serão registrados no livro de 23 aqueles que vão ser destruídos e com quem vai ser erradicado da terra. E no dia em que matou os filhos de Jacó a Siquém uma escrita foi gravado em seu favor no céu que tinha executado a justiça ea retidão e vingança contra os pecadores, e foi escrito para uma bênção. 24 E trouxeram a Diná, sua irmã, fora da casa de Siquém, e eles levaram tudo o que cativo que estava em Siquém, suas ovelhas e seus bois, seus jumentos, e toda a sua riqueza, e todas as suas 25 rebanhos, e trouxe-os todos a Jacó, seu pai. E repreendeu-os por terem colocado a cidade ao fio da espada porque temia aqueles que habitavam na terra, os cananeus e os perizeus. 26 E o temor do Senhor sobre todas as cidades que estão em torno de cerca de Siquém, e não aumentar a perseguiram os filhos de Jacó, para o terror tinha caído sobre eles [Capítulo 31] 45

1 E na lua nova do mês Jacó falou com todas as pessoas de sua casa. dizendo: "vocês purifica e mudai as vossas vestes, e vamos levantar e subamos a Betel, onde fez um voto a ele no dia em que fugiu da face de Esaú, meu irmão, porque ele tem estado comigo e 2 me trouxe para esta terra em paz, e revesti-vos fora os deuses estranhos que o arco entre vós. " E deram-se os deuses estranhos e que estava em seus ouvidos e que estava em seus pescoços e os ídolos que Raquel roubou de seu pai Labão deu inteiramente a Jacó. E ele queimou e quebrou-los em pedaços e os destruiu, e os escondeu debaixo do carvalho que está na terra de 3 Siquém. E ele foi até na lua nova do sétimo mês a Betel. E ele construiu um altar no local onde ele havia dormido, e ele pôs uma coluna lá, e ele mandou um recado para o pai 4 Isaque para vir com ele para o seu sacrifício, e sua mãe Rebeca. Isaque e disse: 'Deixe meu filho 5 Jacó vir, e deixe-me vê-lo antes de eu morrer. " E Jacó a seu pai Isaque e sua mãe Rebeca, para a casa de seu pai Abraão, e tomou dois de seus filhos com ele, Levi e Judá, e ele veio a seu pai Isaque e sua mãe, Rebeca. 6 E Rebeca saiu da torre para a frente para beijar Jacó e abraçá-lo, pois seu espírito reviveu quando ouviu: "Eis o teu filho Jacó veio ', e ela beijou 7 dele. E ela viu seus dois filhos, e ela reconheceu-os, e disse-lhe: «São estes os teus filhos, meu filho? ' e ela abraçou e beijou-os e os abençoou, dizendo: "Em vós o 8 descendência de Abraão, tornar-se ilustre, e vos revelar uma bênção sobre a terra. " E Jacó a Isaque, seu pai, para a câmara onde ele estava, e seus dois filhos estavam com ele, e ele tomou a mão de seu pai, e abaixando-se, beijou-o e Isaque agarrou o pescoço de Jacó, seu filho , 9 e chorou sobre o seu pescoço. E a escuridão deixou os olhos de Isaque, e viu os dois filhos de Jacó, 10 Levi, e Judá, e disse: "São estes os teus filhos, meu filho? para eles são como ti. E disse-lhe que eram verdadeiramente os seus filhos: "E tu realmente visto que eles são verdadeiramente meus filhos". 11 E eles chegaram perto dele, e ele virou-se e beijou e abraçou os dois juntos. 12 E o espírito de profecia veio em sua boca, e ele tomou Levi pela sua mão direita e 13 Judá por sua esquerda. E ele virou-se para Levi em primeiro lugar, e começou a abençoá-lo primeiro, e disse-lhe: Que o Deus de todos, o Senhor muito de todas as idades, te abençoe e os teus filhos, em todas as 14 séculos. E que o Senhor te dê a ti ea tua descendência, grandeza e glória, e causar ti ea tua descendência, de entre toda a carne, para aproximar-se dEle para servir em seu santuário como os anjos da presença e como os santos. (Mesmo), como eles, são a semente de teus filhos, seja para glória e grandeza 15 e santidade, e que Ele possa fazê-los a grandes todas as idades. E eles serão os juízes e os príncipes e chefes de todas as sementes dos filhos de Jacó; Eles devem falar a palavra do Senhor em justiça, E eles devem julgar todos os Seus julgamentos na justiça. E eles devem declarar meus caminhos a Jacó E meus caminhos para Israel. A bênção do Senhor deve ser dada na boca Para abençoar toda a semente do ser amado. 16 Tua mãe se chama o teu nome Levi, E justamente ela tem chamado teu nome; Tu serás unido ao Senhor E ser o companheiro de todos os filhos de Jacó; Deixe sua mesa seja teu, E se tu e teus filhos comem da mesma; E pode até ser a tua tabela completa de todas as gerações, 46

E teu alimento não deixar-vos todas as idades. 17 E que todos os que te odeiam caem diante de ti, E deixe todos os adversários teu ser erradicado e perecem; E bendito seja aquele que te abençoa, E maldito seja toda a nação que te amaldiçoa. 18 E Judá disse: "Que o Senhor te dê força e poder Para atropela todos os que te odeiam; Um tu ser príncipe, tu e um dos teus filhos, sobre os filhos de Jacó; Maio o teu nome eo nome dos teus filhos, ir adiante e atravessar toda a terra e região. Então, o medo gentios diante da tua face, E todas as nações do terremoto [E todos os povos] terremoto é. Em ti serão a ajuda de Jacó, E em ti se encontra a salvação de Israel. 20 E quando te assentas no trono de honra da tua justiça Haverá uma grande paz para toda a descendência dos filhos do amado; Bendito seja aquele que te abençoarem, E todos os que te odeiam e te afligem e te amaldiçoar Deve ser erradicado e destruiu a terra e ser amaldiçoado. 21 E, voltando-se novamente beijou e abraçou-o, e alegrou-se muito, pois ele tinha visto o 22 filhos de Jacó, seu filho, na verdade, muito. E ele saiu de entre seus pés e prostraram-se e inclinou-se para ele, e ele abençoou-os e descansou lá com Isaque, seu pai naquela noite, e eles 23 comemos e bebemos com alegria. E ele fez os dois filhos de Jacó do sono, um à sua direita, e Outros 24 na sua esquerda, e isso lhe foi imputado por justiça. E Jacó disse a seu pai tudo durante a noite, como o Senhor lhe havia mostrado grande misericórdia, e como ele tinha prosperado (ele em) todos 25 os seus caminhos, e protegeu-o de todo mal. E Isaque abençoou o Deus de seu pai Abraão, que 26 não retirou sua misericórdia e justiça dos filhos de seu servo Isaque. E na manhã Jacó disse a seu pai Isaque a promessa que ele havia prometido ao Senhor, ea visão que ele tinha visto, e que ele tinha construído um altar, e que tudo estava pronto para o sacrifício para ser 27 feita perante o Senhor como ele havia prometido, e que tinha vindo para vê-la em um jumento. E disse Isaque a Jacó, seu filho: "Eu não sou capaz de ir contigo, porque estou velho e não são capazes de suportar o caminho: vai, meu filho, em paz, porque eu sou 165 anos neste dia , eu não sou mais capaz de 28 viagem; conjunto tua mãe (em um burro) e deixá-la ir contigo. E eu sei, meu filho, que tu entrar em minha conta, e que este dia seja abençoado em que tu viste-me vivo, e também tenho 29 te ver, meu filho. vosse pode prosperar e cumprir a promessa que tu prometeu e não pôr fora teu voto, porque tu serás chamado para tocar em conta como o voto, pois agora se apressam a executar, e que Ele seja o prazer que fez todas as coisas, a quem tu prometeu o voto. " 30 E disse a Rebeca: "Vá com Jacó o teu filho", e Rebeca foi com Jacó, seu filho, e 31 Deborah com ela, e vieram a Betel. E Jacó lembrou-se da oração com que seu pai o havia abençoado e seus dois filhos, Levi e Judá, e se alegrou e louvou o Deus do seu 32 pais, a Abraão e Isaque. E ele disse: 'Agora eu sei que tenho uma esperança eterna, e meus filhos também, perante o Deus de todos ", e assim é ordenado sobre os dois, e registrá-lo como um testemunho eterno los nas tábuas celestes como Isaque abençoou. [Capítulo 32] 1 E ficou aquela noite em Betel, e Levi sonhei que tinha ordenado e tornou o sacerdote de Deus 47

Altíssimo, ele e seus filhos para sempre, e ele acordou de seu sono e abençoado 2 o Senhor. E Jacó levantou-se cedo pela manhã, no décimo quarto dia deste mês, e ele deu o dízimo de tudo que veio com ele, tanto de homens e gado, ambos de ouro e todos os navios e de vestuário, 3 sim, ele deu o dízimo de tudo. E naqueles dias Raquel ficou grávida com seu filho Benjamin. E Jacó contou a seus filhos de Levi-lo para cima e caiu para a porção do Senhor, ea sua Quatro pai vestiu com as vestes do sacerdócio e encheu suas mãos. E no décimo quinto do mês, que ele trouxe ao altar de bois quatorze entre o gado e 28 carneiros, ovelhas e quarenta e nove e sete cordeiros, e 21 bodes como um holocausto em o 5 altar do sacrifício, bem agradável de cheiro suave diante de Deus. Esta foi a sua oferta, em conseqüência do voto que ele havia prometido que daria um décimo, com seus frutos e suas ofertas de bebidas, 6 ofertas. E quando o fogo tinha consumido, queimou incenso no fogo sobre o fogo, e por uma oferta de gratidão e dois bois e quatro carneiros, quatro carneiros, quatro bodes, ovelhas e dois de um ano de idade, Sete e dois bodes, e assim ele fazia diariamente durante sete dias. E ele e todos os seus filhos e os seus homens estavam comendo (presente) com alegria lá durante sete dias e bênção e agradecer ao Senhor, que 8 o livrou de todas as suas tribulações e lhe tinha dado seu voto. E ele dizimou todos os animais limpos, e fez um holocausto, mas os animais imundos que ele deu (ou não) para seu filho Levi, e ele 9 deram-lhe todas as almas dos homens e Levi alta do ofício sacerdotal em Betel antes de Jacó, seu pai, em detrimento de seus dez irmãos, e ele era um padre lá, e Jacó deu o seu voto: assim 10 Ele tithed novamente o dízimo para o Senhor eo santificou, e se tornou santo para ele. E para isso, é ordenado nas tábuas celestes como um direito novo para o dízimo do dízimo para comer antes de o Senhor a cada ano, no lugar onde é escolhido o seu nome que deve habitar, e com esta lei 11 não há limite de dias para sempre. Este decreto-lei está escrito que podem ser cumpridas a cada ano em comer o dízimo segundo antes de o Senhor no lugar em que tiver sido escolhido, e nada 12 devem permanecer ao longo do mesmo a partir deste ano para o ano seguinte. No seu exercício deve ser comido a semente até o dia da coleta das sementes do ano, e do vinho até o dia do vinho, 13 e do petróleo até os dias de sua época. E tudo o que resta da mesma e se torna velho, que seja considerado 14, poluída: deixá-lo ser queimado no fogo, porque é imundo. E, assim, deixá-los comer juntos na 15 santuário, e não deixe que eles sofrem a tornar-se velho. E todos os dízimos dos bois e ovelhas será santo ao Senhor, e pertencem aos seus sacerdotes, que eles vão comer antes dele, de ano para 16 anos, pois assim é ordenado e gravado quanto ao dízimo nas tábuas celestes. E na noite seguinte, no vigésimo segundo dia deste mês, Jacó resolveu construir esse lugar, e para cercar a quadra com um muro, e para santificá-lo e torná-lo santo, para sempre, para si e para seus filhos 17 depois dele. E o Senhor lhe apareceu de noite, e abençoou-o e disse-lhe o nome: "Tua 18 não deve ser chamado Jacó, mas Israel será o nome que o teu nome. " E disse-lhe novamente: "Eu sou o Senhor, que criou o céu ea terra, e eu vou aumentar a ti e te multiplique excessivamente, e reis sairão de ti, e eles devem julgar todos os lugares onde o pé 19 dos filhos dos homens tem trilhado. E eu darei à tua descendência, toda a terra que está debaixo do céu, e eles devem julgar todas as nações de acordo com seus desejos, e depois que eles devem obter a posse 20 de toda a terra e herdar-lo para sempre. " E ele acabou de falar com ele, e ele subiu 21 dele. e Jacó parecia até que Ele havia ascendido ao céu. E ele viu em uma visão da noite, e eis que um anjo desceu do céu, com sete comprimidos em suas mãos, e lhes deu a Jacó, e ele lê-los e sabia de tudo que foi escrito nele que acontecem a ele ea seus filhos 48

21, em todas as idades. E ele mostrou-lhe tudo o que foi escrito em tábuas, e disse-lhe: "Não criar esse lugar, e não torná-la um santuário eterno, e não morar aqui, porque este não é o lugar. Vá para a casa de Abraão, teu pai e morar com Isaque, teu pai, até o dia 23 da morte de teu pai. No Egito tu morrer em paz, e nesta terra tu ser enterrado 24 com honra no sepulcro de teus pais, a Abraão e Isaque. Não temas, porque tu visto e lido, assim, deve ser tudo, e faze anote tudo o que tu tens visto e lido. 25 E Jacó disse: "Senhor, como posso lembrar de tudo que tenho lido e visto? 'E ele disse: 26 a ele: 'eu vou trazer todas as coisas a tua lembrança. E ele subiu, e ele acordou de seu sono, e lembrou-se tudo o que tinha lido e visto, e ele escreveu todas as 27 palavras que ele tinha lido e visto. E ele comemorou há ainda outro dia, e sacrificou nele de acordo com tudo o que ele sacrificados no dia anterior, e chamou o seu nome Adição ',' para 28 dias e este foi adicionado o dia anterior ele chamava de "A Festa". E assim se manifestou que deveria ser, e está escrito nas tábuas celestes: Pelo que foi revelado a ele que ele deveria 29 celebrá-la e adicioná-lo aos sete dias da festa. E seu nome foi chamado de "adição", uma vez que foi gravado entre os dias de festas, de acordo com o número de 30 dias do ano. E à noite, no vigésimo terceiro deste mês, a enfermeira Deborah Rebeca morreu, e eles enterraram debaixo da cidade debaixo do carvalho do rio, e chamou o nome deste 31 lugar, "O rio de Deborah, e do carvalho," O carvalho do luto de Deborah. E Rebeca foi e voltou para sua casa de seu pai Isaque e Jacó enviadas por carneiros e ovelhas a mão dela e 32 bodes que ela deve preparar uma refeição para seu pai, como ele desejava. E ele seguiu a sua 33 mãe até que ele veio para a terra de Kabratan, e habitou lá. E Raquel deu à luz um filho no meio da noite, e chamou o seu nome "Filho do meu sofrimento", pois ela sofreu em dar-lhe o nascimento, mas seu pai chamou-lhe Benjamim, no décimo primeiro do oitavo mês nos primeiros da sexta semana desse 34 Jubileu. [2143 AM] E Raquel morreu e foi enterrada na terra de Efrata, o mesmo é Belém, e Jacó construiu um pilar sobre o túmulo de Raquel, na estrada acima de seu túmulo. [Capítulo 33] 1 Jacó, e habitou o sul de Magdaladra'ef. E ele foi para seu pai Isaque, ele 2 e Lia, sua mulher, na lua nova do décimo mês. E Reuben viu Bila, serva de Raquel, 3, a concubina de seu pai, tomar banho em água num lugar secreto, e ele a amava. E ele escondeuse na noite, e ele entrou na casa de Bila [at] à noite, e encontrou-a dormindo sozinho em uma cama 4 casa dela. E ele se deitou com ela, e ela acordou e viu, e eis que Reuben estava deitado com ela na cama, e ela descobriu a fronteira de sua cobertura e agarrou-o e gritou para fora, e descoberto 5, que era Reuben. E ela estava com vergonha por causa dele, e lançou mão dele, e ele 6,7 fugiram. E ela lamentou por causa dessa coisa extraordinariamente, e não contar a ninguém. E quando Jacó retornou e procurou, ela disse-lhe: 'Eu não estou limpa para ti, para eu ter sido contaminado quanto de ti, Reuben me contaminou, e se deitou comigo no meio da noite, e eu estava 8 dormindo, e não descobrir até que ele descobriu minha saia e dormiu comigo. E Jacó foi extremamente indignado com Reuben, porque ele se deitou com Bila, porque ele havia descoberto sua 9 saia pai. E Jacó não se aproximar dela de novo porque Rúben havia contaminado a ela. E, como para qualquer homem que descobre que seu pai saia de sua ação é extremamente perverso, pois é abominável diante 10, o Senhor. Por este motivo, está escrito e ordenado nas tábuas celestes que um homem não deve deitar com a mulher de seu pai, e não deve revelar a nudez de seu pai, para isso é imundo que morrerá em conjunto, o homem que se deita com a mulher de seu pai ea mulher também, pois eles têm 49

11 imundícia forjado na terra. E não haverá nada imundo diante do nosso Deus no país 12, que Ele escolheu para Si mesmo como uma posse. E, novamente, está escrito uma segunda vez: "Maldito seja aquele que se deitar com a mulher de seu pai, porque ele tem descoberto vergonha de seu pai", e todos os 13 santos do Senhor disse: 'Que assim seja, assim seja. " E tu, Moisés, o comando dos filhos de Israel que observe esta palavra, pois ele (exige) a pena de morte, e que é impuro, e não há expiação para sempre, para expiar o homem que cometeu este, mas ele deve ser condenado à morte e assassinado, e apedrejaram com pedras, raízes e fora do meio do povo de nosso Deus. 14 Pois nenhum homem que faz de Israel é autorizado a permanecer vivo um único dia na terra, para ele 15 é abominável e imundo. E não deixe que eles dizem: Reuben foi concedida a vida eo perdão depois que ele se deitou com a concubina de seu pai, e ela também se tivesse um marido, e seu marido 16 Jacó, seu pai ainda estava vivo. Para que até aquele momento não havia sido revelada a portaria, o juízo ea lei em sua plenitude para todos, mas os teus dias (que foi revelado), como uma lei de 17 estações e dos dias, e uma lei eterna para as gerações eterna. E esta lei não há consumação dos dias, e nenhuma expiação por ele, mas ambos devem ser erradicado no meio 18 da nação: a whereon dia em que cometeu, devem matá-los. E tu, Moisés, escrever (é) abaixo para Israel que eles possam observá-lo, e não de acordo com estas palavras, e não cometer um pecado para a morte, porque o Senhor nosso Deus é o juiz, que não respeita as pessoas e não aceita doações . E dizer-lhes estas palavras da aliança, que pode ouvir e observar, e estar em guarda com respeito a eles, e não podem ser destruídos e arrancados da terra, para uma impureza, e uma abominação e uma contaminação, e uma poluição são eles que cometem sobre a terra antes de 20, nosso Deus. E não há pecado maior do que a fornicação que cometem na Terra, porque Israel é uma nação santa do Senhor seu Deus, e uma nação de herança, e uma nação sacerdotal e real e para a (sua) a posse, e não deve não aparecem como impureza no meio dos santos 21 países. E no terceiro ano desta sexta semana [2145 AM] Jacó e todos os seus filhos, e habitou na casa 22 Abraão, perto de seu pai Isaque e Rebeca, sua mãe. E esses eram os nomes dos filhos de Jacó: Reuben o primogênito, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulon, os filhos de Lia, e os filhos de Raquel, José e Benjamim, e os filhos de Bila, e Dan Naftali, e os filhos de Zilpa, Gade e Aser, e Dinah, a filha de Lia, a única filha de Jacó. E eles 23 vieram e inclinaram-se para Isaque e Rebeca, e quando eles viram que abençoou Jacó e todos os seus filhos, Isaque e se alegrou muito, pois ele viu os filhos de Jacó, seu filho mais novo e os abençoou. [Capítulo 34] 1 º e no sexto ano da semana do jubileu quadragésimo quarto [2148 AM] Jacó enviou seus filhos para sua pastagem Duas ovelhas, e os seus servos com eles para as pastagens de Siquém. E os sete reis dos amorreus, se ajuntaram contra ele, para matá-los, escondendo-se sob as árvores, e 3 a tomar o seu gado como uma presa. E Jacó, Levi, Judá e José ficaram em casa com seu pai Isaque, por seu espírito estava triste, e não poderia deixá-lo, e Benjamin foi 4 o mais jovem, e por esta razão ficou com o pai. E lá veio o rei [s] de Taphu eo rei [s] de "Aresa, eo rei [s] de Seragan, eo rei [s] de Selo, eo rei [s] de Ga'as e o rei da Bethoron, eo rei de Ma'anisakir, e todos aqueles que residem nestes Cinco montanhas (e) que habitam nos bosques, na terra de Canaã. E anunciou que este Jacó dizendo: "Eis que os reis dos amorreus ter cercado os teus filhos, e pilharam os seus rebanhos. 6 E ele se levantou de sua casa, ele e seus três filhos e todos os servos de seu pai, ea sua própria 50

Sete funcionários, e foi contra eles com seis mil homens, que carregavam espadas. E ele matou-los nas pastagens de Siquém, e perseguiram os que fugiram, e ele matou com o fio da espada, e ele matou 'Aresa e Taphu e Saregan e Selo e "Amani8 Sakir e Ga [ga] ", como, e ele recuperou seus rebanhos. E ele prevaleceu sobre eles, e um tributo que lhes são impostas que eles deveriam pagar-lhe tributo, cinco produtos fruto de suas terras, e ele construiu Robel 9 e Tamnatares. E ele voltou em paz, e fez as pazes com eles, e se tornou seu 10 funcionários, até o dia em que ele e seus filhos desceram para o Egito. E no sétimo ano da semana [2149 AM] mandou José para aprender sobre o bem-estar dos seus irmãos de sua casa para a terra de Siquém, 11 e achou-os na terra de Dothan. E eles se portaram aleivosamente com ele, e formaram um complô contra ele, para matá-lo, mas mudar as suas mentes, eles venderam a mercadores ismaelitas, e levaram-no para o Egito e venderam-lhe a Potifar, eunuco de Faraó, 12-chefe dos cozinheiros, o padre da cidade de 'Elew. E os filhos de Jacó, mataram um cabrito, e tingiram a túnica de José no sangue, e enviou (it) a Jacó, seu pai sobre o décimo dia do sétimo mês. 13 E ele chorou a noite toda que, por terem trazido a ele, à noite, e ele tornou-se febril, com luto por sua morte, e ele disse: "Uma fera o devorou [José", e todos os membros de sua casa chorou com ele aquele dia, e eles] estavam de luto e luto com 14 o dia todo isso. E seus filhos e sua filha levantou-se para consolá-lo, mas ele se recusou a ser 15 confortado pelo seu filho. E naquele dia Bila ouviu que José tinha morrido, e ela morreu de luto, e ela estava morando em Qafratef e Dinah também, sua filha, morreu depois de José 16 morreram. E lá vieram os três lutos a Israel em um mês. E sepultaram 17 Bila, defronte do túmulo de Raquel, e Dinah também. sua filha, elas estão ali enterrados. E ele lamentou a José um ano, e não deixará, pois ele disse: 'Deixe-me descer à sepultura de luto 18 para o meu filho '. Por este motivo, foi ordenado aos filhos de Israel que eles deveriam afligir-se no décimo dia do sétimo mês, no dia em que a notícia de que o fez chorar por José veio a Jacó, seu pai e que eles deveriam fazer expiação por si mesmos com um cabrito no décimo dia do sétimo mês, uma vez por ano, por seus pecados, porque havia ofendido o 19 carinho de seu pai quanto seu filho José. E este dia foi ordenado que eles deveriam afligir-se nela para seus pecados, e para todas as suas transgressões e todos os seus erros, de modo que eles 20 pode purificar-se nesse dia uma vez por ano. E depois de José morreu, os filhos de Jacó tomou para si mesmos esposas. O nome da esposa de Reuben é "Ada, eo nome da mulher de Simeão é" Adlba'a, um cananeu, eo nome da mulher de Levi's é Melka, das filhas da Síria, da descendência dos filhos de Tera, e os nome da mulher de Judá, Betasu'el, um cananeu, eo nome da mulher de Issacar, Hezaqa: eo nome da mulher de Zabulon, o Ni'iman, eo nome da esposa de Dan, "egla, eo nome da mulher de Naftali, o Rasu 'u, da Mesopotâmia, eo nome da mulher de Gad, Maka, eo nome da mulher de Asher, "Ijona, eo nome da esposa de José, Asenath, o egípcio, eo nome 21 da esposa de Benjamin, "Ijasaka. E Simeão se arrependeu, e teve uma segunda esposa da Mesopotâmia como seus irmãos. [Capítulo 35] 1 º e no primeiro ano da primeira semana do quadragésimo quinto jubileu [2157 AM] Rebeca chamado Jacó, seu filho, e ordenou-lhe a respeito de seu pai e sobre seu irmão, que ele deve honrálos todos os Dois dias de sua vida. E Jacó disse: 'Vou fazer tudo como mandaste-me, por isso será honra e grandeza para mim, e retidão perante o Senhor, que eu deveria honrá-los. 3 E tu também, mãe, sabes a partir do momento em que nasci até este dia, todos os meus atos e tudo o que está em 4 meu coração, que eu sempre bom pensar sobre tudo. E como eu não deveria fazer essa coisa que 51

tu 5 Tu me mandou, que eu deveria honrar meu pai e meu irmão! Diga-me, mãe, o que 6 tu perversidade visto em mim e me afastar dele, e misericórdia sobre mim. " E ela disse-lhe: 'Meu filho, eu não vi em ti todos os meus dias não perversa, mas (apenas) feitos em pé. E ainda vou te dizer a verdade, meu filho: vou morrer este ano, e não vou sobreviver este ano na minha vida, pois tenho visto em sonho o dia da minha morte, que eu não deveria viver além de uma centena de e cinqüenta e cinco anos, e eis que tenham completado todos os dias da minha vida que estou a 7 live. E Jacó riu com as palavras de sua mãe. porque sua mãe disse-lhe que ela deveria morrer, e ela estava sentada em frente a ele na posse de sua força, e ela não estava enfermo em sua força, pois ela entrou e saiu e viu, e os dentes eram fortes, e sem doença 8 tinham tocado todos os dias da sua vida. E Jacó disse-lhe: «Bem-aventurado sou eu, mãe, se meus dias abordagem os dias de tua vida, e minha força ficar comigo, assim como a tua força, e tu 9 murcha não morrer, porque tu estás comigo jesting preguiçosamente sobre a morte de ti. " E ela foi para Isaque e disse-lhe: "Um pedido que faço a ti, faça Esaú jura que não vai machucar Jacó, nem persegui-lo com inimizade, porque tu sabes pensamentos Esaú que eles são perversos da sua juventude, 10 e não há nenhuma bondade nele, pois ele quer depois da morte de teu matá-lo. E tu sabes tudo o que ele fez desde o dia Jacó, seu irmão foi para Harã até hoje: como ele abandonou-nos com todo o seu coração, e fez mal para nós, tuas ovelhas, ele tomou para si, e levado 11 Todos os teus bens em tua presença. E quando nós implorou e suplicou-lhe para o que era 12 nossa, ele fez como um homem que estava tomando piedade de nós. E ele é amargo contra ti, porque tu te abençoe Jacó teu filho perfeito e justo, pois não há nenhuma bondade mal, mas apenas nele, e desde que ele veio até Harã, neste dia ele não roubou-nos alguma coisa, pois ele traz-nos tudo em sua temporada de sempre, e alegra-se com todo o seu coração quando se tem em suas mãos e ele nos abençoa, e não se separaram de nós desde que ele veio de Harã até este dia, e ele permanece conosco continuamente 13 em casa nos honrar. Isaque e disse-lhe: «Eu, também, conhecer e ver as obras de Jacó, que está conosco, como que, com todo o coração que nos honra, mas eu amava a Esaú anteriormente mais de Jacó, porque ele era o primogênito, mas agora Eu amo mais do que Esaú Jacó, pois ele fez múltiplas maldades, e não há retidão nele, para todos os seus caminhos são a injustiça ea violência, [e 14 não há justiça em torno dele.] E agora meu coração está perturbado por causa de todos os seus atos, e nem ele nem a sua semente deve ser guardado, pois são aqueles que irão ser destruídos da terra e que serão expulsos de sob o céu, pois ele abandonou o Deus de Abraão e foi 15 depois de sua esposa e após a sua impureza e depois o seu erro, ele e seus filhos. E o lance tu me faz jurar que não vai matar seu irmão Jacó, mesmo se ele jura que não vai cumprir 16 por seu juramento, e ele não vai fazer bem, mas o mal só. Mas se ele deseja matar Jacó, seu irmão, nas mãos de Jacó ele vai ser dado, e ele não vai escapar de suas mãos, [de que ele vai descer em sua 17 mãos.] E tu não temer por conta de Jacó, pois o guardião de Jacó é o grande e poderoso 18 e honrado, e elogiou mais do que o guardião de Esaú ". Rebeca e mandou chamar Esaú e ele veio, e ela disse-lhe: «Tenho uma petição, meu filho, para fazer de ti, e não 19 promessa de fazê-lo tu, meu filho. " E ele disse: 'Vou fazer tudo o que dizes a mim, e 20 Eu não vou recusar a tua petição. E ela disse-lhe: «Peço-vos que o dia que eu morrer, tu queres levar-me e me enterrar perto de sara, mãe de teu pai, e que tu e Jacó vai amar uns aos outros e que nem desejo má vontade contra os outros, mas só o amor mútuo, e (assim) irá prosperar vós, meus filhos, e ser honrado no meio da terra, e nenhum inimigo se deleitará em ti, e sereis 21 a bênção e misericórdia aos olhos de todos aqueles que te amam. " E ele disse: 'Vou fazer tudo o que tens me disse, e eu vou te enterrar no diest tu próximo dia sara, mãe de meu pai, como 22 tu queria que seus ossos podem estar perto de teus ossos. E Jacó, meu irmão, também, eu amo acima de toda a carne, pois tenho um irmão não em toda a terra, mas ele só, e isso não é grande 52

mérito para mim se eu o amo, porque ele é meu irmão, e nós foram semeadas em conjunto de teu corpo, e junto veio 23 que diante de teu ventre, e se eu não amo meu irmão, a quem devo amar? E eu, eu, te imploro para exortar Jacó sobre mim e sobre meus filhos, porque sei que ele certamente vai ser rei em cima de mim e meus filhos, para no dia do meu pai o abençoou, ele fez o maior e me 24, o menor. E eu juro-te que vou amá-lo, e não desejo o mal contra ele todos os 25 dias de minha vida, mas apenas bons. " E jurou-lhe sobre toda esta matéria. E chamou Jacó diante dos olhos de Esaú, e lhe deu o mandamento de acordo com as palavras que 26 que ela tinha falado com Esaú. E ele disse: 'Vou fazer a tua vontade, eu acredito que nenhum mal irá proceder de mim ou de meus filhos contra Esaú, e vou ser o primeiro em salvar nada no amor apenas. 27 E comeram e beberam, ela e seus filhos naquela noite, e ela morreu, três jubileus e uma semana e um anos de idade, naquela noite, e seus dois filhos, Esaú e Jacó, enterraram na caverna perto de dupla sara, mãe de seu pai. [Capítulo 36] 1 º e no sexto ano da semana [2162 AM] Isaque chamou seus dois filhos, Esaú e Jacó, e vieram a ele, e ele disse-lhes: "Meus filhos, eu vou pelo caminho de meus pais, para o eterno casa 2, onde meus pais são. Pelo que me enterre perto de Abraão, meu pai, na caverna de casal no campo de Efrom, o heteu, onde Abraão comprou uma sepultura para enterrar em; no sepulcro que 3 Eu cavei para mim, não me enterrar. E isso eu te ordeno, meus filhos, que vos pratica a justiça ea retidão na terra, para que o Senhor pode trazer a você tudo o que o Senhor disse que 4 Ele faria a Abraão e à sua descendência. E amar um ao outro, meus filhos, seus irmãos como um homem que ama a sua alma e deixe que cada um procura no que ele pode beneficiar o seu irmão, e agir em conjunto sobre a terra, e que eles amam uns aos outros como suas próprias almas. E quanto à questão dos ídolos, eu comando e adverti-lo para rejeitá-los e odiá-los, e amor não, porque eles estão cheios 6 de decepção para aqueles que adoram e para aqueles que se curvam a eles. Lembrai-vos, meus filhos, o Senhor Deus de Abraão, vosso pai, e como eu também adoraram e serviram-lo na justiça e na alegria, para que você possa multiplicar e aumentar a sua descendência como as estrelas dos céus em multidão, e estabelecê-lo sobre a terra como a planta de justiça que não vai ser erradicado 7 out até todas as gerações, para sempre. E agora vou fazer você jurar um grande juramento, pois não há juramento que é maior do que pelo nome glorioso e honrado, grande e magnífico e maravilhoso e poderoso, que criou os céus ea terra e todas as coisas juntos, vós que vontade 8 temem e adorá-Lo. E que cada um ama a seu irmão com carinho e justiça, e que nem o desejo vai mal contra o seu irmão a partir de agora para sempre todos os dias da sua vida 9 para que possais prosperar em todos os seus atos e não podem ser destruídos. E se qualquer um de você concebe o mal contra o seu irmão, saiba que a partir de agora toda a gente que inventa o mal contra o seu irmão deve cair em sua mão, e deve ser erradicado da terra dos vivos, ea sua descendência será destruído, 10 debaixo do céu. Mas no dia de turbulência e execração e indignação e raiva, com chamas de fogo devorador que queimou Sodoma, assim também Ele vai gravar a sua terra e sua cidade e tudo o que é seu, e ele deve ser apagado do livro da disciplina dos filhos dos homens, e não pode ser registrado no livro da vida, mas em que é nomeado para a destruição, e ele deve afastar-se em maldição eterna, de modo que a condenação pode ser sempre renovada em ódio e execração e na ira e em tormento e indignação e, pragas e doenças para sempre. Eu digo e testemunhar a vocês, meus filhos, de acordo com o julgamento que virá sobre o homem que deseja 12 ferir seu irmão. E ele repartiu todos os seus bens entre os dois no mesmo dia e deu a maior parte para ele que era o primogênito, e da torre e tudo o que estava sobre ele, e tudo o que 53

13 Abraão possuía no Poço do Juramento. E ele disse: "Esta parcela maior darei ao 14 primogênito. E Esaú disse: "Eu vendi a Jacó e dado o meu direito de primogenitura a Jacó, que lhe deixe ser 15 dado, e eu não tenho uma única palavra a dizer sobre isso, pois é dele. " E disse Isaque, Maio resto uma bênção sobre vós, meus filhos, e sobre a tua semente hoje, para vós me deram descanso, e meu coração não é 16 perversidade trabalho shouldest sobre doía o direito de primogenitura, para que não sejas por conta dele. De Maio, o A maioria dos 17 High Deus abençoe o homem que pratica a justiça, ele e sua descendência para sempre. " E ele acabou ordenando-los e abençoá-los, e eles comeram e beberam juntos antes dele, e alegrou-se porque não havia uma mente entre eles, e saíram dele e descansou nesse dia e 18 dormia. E Isaque dormiu em sua cama que alegria dia e dormia o sono eterno, e morreu um cento e oitenta anos de idade. Ele completou vinte e cinco semanas e cinco anos, e seus dois filhos 19 Esaú e Jacó o sepultaram. E Esaú foi para a terra de Edom, até às montanhas de Seir, e 20 habitaram ali. E Jacó habitava nas montanhas de Hebron, na torre da terra do peregrinações de seu pai Abraão, e ele adorou o Senhor com todo seu coração e de acordo com o visível 21 comandos conforme Ele havia dividido os dias de suas gerações. E Lia, sua mulher morreu no quarto ano da segunda semana do jubileu quadragésimo quinto, [2167 AM] e ele enterrou na cova dupla 23 perto de Rebeca, sua mãe, à esquerda da sepultura de Sara, mãe de seu pai e todos os seus filhos e seus filhos chegaram a chorar durante sua esposa Leah com ele e consolá-lo sobre ela, para ele 24 foi lamentar-la para que ele a amava muito depois de sua irmã Raquel morreu, pois ela era perfeita e vertical em todas as suas formas e honrado Jacó, e todos os dias em que ela morava com ele, não ouvi da sua boca uma palavra dura, para ela era gentil e pacífico e justo e honrado 24 E lembrou-se todas as suas ações que ela tinha feito durante sua vida, e lamentou sua excessivamente, para que ele a amava com todo seu coração e com toda a sua alma. [Capítulo 37] 1 E no dia em que Isaque, pai de Esaú e Jacó morreu, [2162 AM] os filhos de Esaú ouviu que Isaque Dois tinham dado a parte do mais velho ao seu filho mais novo de Jacó e eles estavam muito irritados. E eles lutaram com o pai, dizendo: "Por que teu pai Jacó dada a parte do mais velho e passou 3 sobre ti, embora tu és o mais velho e mais novo Jacó? E disse-lhes: 'Porque eu vendi meu direito de primogenitura a Jacó por um prato de lentilhas pequenas, e no dia meu pai me mandou para caçar e capturar e trazer-lhe algo que ele deve comer e abençoa-me, ele veio com astúcia e trouxe Quatro pai, minha comida e bebida, e meu pai o abençoou e me colocou debaixo da sua mão. E agora o nosso pai nos fez jurar, eu e ele, que não são mutuamente maquinam o mal, quer contra o seu irmão, e que vamos continuar no amor e na paz, cada um com seu irmão e não fazer os nossos caminhos 5 corruptos. E disseram-lhe: 'Não vamos dar ouvidos a ti fazer as pazes com ele, porque a nossa força é maior do que a sua força, e nós somos mais poderosos do que ele, nós iremos contra ele e matá-lo e destruí-lo e seus filhos. E se não fores conosco, faremos ferido 6 a ti também. E até agora ouvir-nos: Vamos enviar para a Síria e Filistia e Moabe e Amom, e vamos escolher para nós mesmos homens que são escolhidos para a batalha ardente, e subamos contra ele e fazer a batalha com ele, e vamos exterminá-lo de a terra antes que ele cresça forte. " 7 E seu pai, disse-lhes: 'Não vá e não fazer a guerra com ele para que não caiais antes dele. " 8 E disseram-lhe: "Isto também, é exatamente o teu modo de ação desde a tua mocidade até hoje, e 9 tu colocar o teu pescoço sob o seu jugo. Nós não devemos dar ouvidos a estas palavras. " E 54

mandaram a Síria, e "Aduram ao amigo de seu pai, e eles contrataram junto com eles mil 10 homens de combate, escolheu homens de guerra. E lá veio a eles de Moabe e os filhos de Amom, aqueles que foram contratados, mil homens escolhidos e, a partir Filistia, mil homens escolhidos de guerra, e de Edom e das horeus mil homens escolhidos de combate, e de o 11 Quitim homens poderosos de guerra. E eles disseram: seu pai: Sai com eles e levá-los, 12 mais vamos matar-te. " E ele estava cheio de ira e indignação, ao ver que seus filhos estavam forçando-o a ir antes que (eles) para conduzi-los contra o seu irmão Jacó. Mas depois ele se lem13 Berede todo o mal que estava escondido em seu coração contra o seu irmão Jacó, e ele não se lembrou da promessa que ele havia jurado a seu pai ea sua mãe que iria elaborar o mal todos os dias 14 Jacó contra seu irmão. E não obstante tudo isso, Jacó não sabia que eles estavam vindo para a batalha contra ele, e ele estava de luto por Lia, sua esposa, até que se aproximou muito perto da 15 homens torre com quatro mil guerreiros e escolhido de guerra E os homens de Hebron enviado para ele, dizendo: "Eis o teu irmão veio contra ti, para te combater, com quatro mil cingida com a espada, e eles carregam escudos e armas; porque amaram mais de Esaú Jacó. Então disseram-lhe, por 16 Jacó foi um homem mais liberal e misericordioso de Esaú. Mas Jacó não iria acreditar, até que veio 17 muito perto da torre. E ele fechou as portas da torre, e ele estava nas ameias e falou para seu irmão Esaú, e disse: "Nobre é o conforto com o qual tu vem me consolar para minha esposa que morreu. É este o juramento que juraste a teu pai ea tua mãe novamente antes de morrer? Tu quebrou o juramento e, no momento em que juraste a 18 foste teu pai condenado. " E então, Esaú respondeu, e disse-lhe: "Nem os filhos dos homens, nem as feras da terra possui o juramento de posse na justiça que eles têm jurado (um juramento válido) para sempre, mas cada dia eles inventam um mal contra o outro, e como cada 19 de maio a matar o seu adversário e inimigo. E tu me odeiam e os meus filhos para sempre. E não há 20 não observar o vínculo de fraternidade contigo. Ouvi estas palavras que eu declaro a ti, Se o javali pode mudar a sua pele e fazer suas cerdas tão suave como a lã, Ou se ele pode causar chifres para brotar na sua cabeça, como os chifres de um veado ou de uma ovelha, Então eu vou observar o vínculo de fraternidade contigo E se os seios se separado de sua mãe, e não para tu tens sido um irmão para mim. 21 E, se os lobos fazer a paz com os cordeiros, para não devorar ou fazê-los da violência, E se seu coração está em direção a eles para o bem, Em seguida, haverá paz no meu coração para ti 22 E se o leão torna-se amigo do boi e faz as pazes com ele E se ele está ligado com um jugo com ele e arados com ele, Então eu vou fazer a paz contigo. 23 E quando o corvo torna-se brancas como a raza, Então saiba que eu te amei E deve fazer as pazes contigo Tu deves ser erradicado, E teus filhos deve ser erradicado, E não haverá paz para ti " 24 Quando Jacó viu que era (assim) evilly eliminados para ele com o coração e com toda a sua alma como matá-lo, e que ele viera surgindo como o javali, que vem a 25, a lança que fura e mata-lo, e não recua dele, então ele falou para o seu próprio e aos seus servos que eles devem atacar e todos os seus companheiros. [Capítulo 38] 55

1 E depois que falou a Judá de Jacó, seu pai, e disse-lhe: «Bend teu arco, pai, e envia as tuas flechas e derrubarem o adversário e matar o inimigo, e tu podes ter o poder, pois não é matar o teu irmão, pois ele é como tu, e ele é como te vamos dar-lhe 2 (este) honrar. Então Jacó dobrado seu arco e enviou a seta e bateu Esaú, o irmão dele (na Três no peito direito) eo matou. E mais uma vez ele enviou uma seta e bateu 'Adoran o aramaico, 4 sobre o peito esquerdo, e levou-o para trás e matou ele e depois saíram os filhos de Jacó, 5 Eles e os seus agentes, dividindo-se em empresas nos quatro lados da torre. E Judá saiu na frente, e Naftali Gade e com ele e com ele cinqüenta funcionários no lado sul da torre, e mataram todos os que encontraram, antes deles, e não individual um deles escapou. 6 E Levi e Dan Asher e saiu do lado leste da torre, e cinqüenta anos (homens) com eles, 7 e mataram os homens da luta de Moab e Amon. E Rúben, Issacar e Zebulon saiu no lado norte da torre, e cinqüenta homens, com eles, e matou os homens da luta do 8 filisteus. E Simeão e Benjamim, e Enoque, filho de Rúben, saiu do lado oeste da torre, e cinqüenta anos (homens) com eles, e mataram de Edom e os horeus quatrocentos homens guerreiros, robusto e seiscentos e fugiu, e quatro dos filhos de Esaú, fugiu com eles, e deixou seu pai 9 deitado morto, como ele tinha caído no morro, que está em "Aduram. E os filhos de Jacó perseguiu até às montanhas de Seir. Jacó e seu irmão enterrado na colina que está em 'Aduram e 10 ele retornou para sua casa. E os filhos de Jacó pressionou sobre os filhos de Esaú na monta11 tains de Seir, e inclinou os seus pescoços para que eles se tornaram agentes dos filhos de Jacó. E eles 12 enviou a seu pai (para saber) se devem fazer as pazes com elas ou matá-los. E Jacó mandou seus filhos que eles deveriam fazer a paz, e fizeram as pazes com eles, e colocou o 13 jugo da servidão em cima deles, para que eles pagaram tributo a Jacó e seus filhos sempre. E eles 14 continuaram a prestar homenagem a Jacó até ao dia em que ele desceu ao Egito. E os filhos de Edom não tenho sair do jugo da servidão, que os doze filhos de Jacó impôs a 15 deles até este dia. E estes são os reis que reinaram em Edom antes que reinasse rei algum 16 sobre os filhos de Israel [até o dia], na terra de Edom. E Balaq, filho de Beor, reinou 17, em Edom, eo nome da sua cidade era Danaba. E Balaq morreu, e Jobabe, filho de Zara de 18 Boser, reinou em seu lugar. E morreu Jobabe, e 'Asam, da terra de Temã, reinou em seu lugar. 19 E 'Asam morreu, e' Adath, filho de Barad, que matou a Midiã no campo de Moabe, reinou em seu 20 lugar, eo nome da sua cidade era Avit. E 'Adath morreu, e Salman, de' Amaseqa, reinou 21,22 em seu lugar. Salman e morreu, e Saul de Ra'aboth (pelo rio), reinou em seu lugar. E Saul 23 morreram, e Ba'elunan, filho de Acbor, reinou em seu lugar. E Ba'elunan, filho de Acbor, e 'Adath reinou em seu lugar, eo nome de sua esposa foi Maitabith, filha de 25 Matarat, filha de Metabedza'ab. Estes são os reis que reinaram na terra de Edom. [Capítulo 39] 1,2 e Jacó habitava na terra de peregrinações de seu pai na terra de Canaã. Estas são as gerações de Jacó. E José tinha dezessete anos quando o levaram para dentro 3, a terra do Egito, e Potifar, eunuco de Faraó, o cozinheiro chefe comprou ele. E pôs José durante toda a sua casa ea bênção do Senhor veio sobre a casa do egípcio em 4 conta de José, e do Senhor prosperou-lo em tudo o que ele fez. E tudo o egípcio cometidos nas mãos de José, pois ele viu que o Senhor estava com ele, e que o 5 Senhor prosperou-lo em tudo o que ele fez. E a aparência de José era formoso [e muito bonita foi a sua] aparência, e mulher do seu senhor levantou os olhos e viu José, e ela o amava 6 e suplicou-lhe para se deitar com ela. Mas ele não entrega a sua alma, e ele lembrou-se do Senhor 56

e as palavras que Jacó, seu pai, costumava ler de entre as palavras de Abraão, que nenhum homem deveria cometer fornicação com uma mulher que tem marido, que para ele o pena de morte foi ordenado no céu antes de Deus, o Altíssimo, eo pecado 7 será registrada contra ele nos livros eternos continuamente perante o Senhor. E José 8 lembrar essas palavras e se recusou a se deitar com ela. E rogou-lhe por um ano, mas ele 9 recusou e não ouvir. Mas ela abraçou-o e prendeu-o rapidamente na casa, a fim de forçá-lo a se deitar com ela, e fechou as portas da casa e segurou-o rápido, mas ele deixou 10 a sua roupa em suas mãos e quebrou a porta e fugiu sem partir de sua presença. E a mulher viu que ele não iria se deitar com ela, e ela lhe caluniado, na presença de seu senhor, dizendo: "Teu servo hebreu, a quem amas, tentou me forçar para que ele pudesse se deitar comigo, e aconteceu quando eu levantei a minha voz que ele fugiu e deixou a sua roupa em 11 as minhas mãos quando eu tinha, e ele de freio através da porta. " E os egípcios viram a peça de vestuário de José e da porta quebrado, e ouvi as palavras de sua esposa, e expressos em José 12 de prisão para o lugar onde os prisioneiros foram mantidos os quais o rei aprisionado. E lá estava ele na prisão, eo Senhor deu a José graça aos olhos do chefe dos guardas da prisão e da compaixão diante dele, pois ele viu que o Senhor estava com ele, e que o Senhor 13 fez tudo o que ele fez prosperar. E todas as coisas que ele cometeu em suas mãos, eo chefe dos guardas da prisão sabia de nada que estava com ele, por José fez cada coisa, e os 14 Lord aperfeiçoaram. E ele ali permaneceu dois anos. E naqueles dias Faraó, rei do Egito estava irado contra os seus dois eunucos, contra o copeiro-mor e contra o padeiro-chefe, e ele colocou 15 deles na enfermaria da casa do cozinheiro chefe, no cárcere onde José estava mantida. E o chefe da 16 guardas da prisão nomeado José para os servir, e serviu antes deles. E ambos 17 teve um sonho, o copeiro-mor eo padeiro-chefe, e eles disseram que a José. E, como ele explicou-lhes por isso lhes aconteceu, e Faraó restaurado o mordomo-chefe de seu gabinete e 18 (Chief) padeiro matou, como José lhes havia interpretado. Mas o copeiro-mor esqueceu José na prisão, embora tivesse informado a ele que iria suceder-lhe, e não se esqueça de informar o faraó como José tinha dito, porque ele esqueceu. [Capítulo 40] 1 E, naqueles dias, Faraó sonhou dois sonhos em uma noite sobre a fome que era para ser em toda a terra, e ele acordou de seu sono e convidou a todos os intérpretes de sonhos que estavam no Egito, e mágicos, e disse-lhes que os seus dois sonhos, e eles não foram capazes de declarar (eles). 2 E então o mordomo-chefe lembrou José e falou com ele ao rei, e trouxe-lhe 3 diante da prisão, e ele a] d seus dois sonhos antes dele. E disse Faraó que seus dois sonhos eram um, e ele disse-lhe: «Sete anos entra (na qual não deve ser) bastante sobre toda a terra do Egito, e depois de sete anos de fome, como a fome como um Não foi em todos os 4 a terra. E agora vamos Faraó nomear bispos em toda a terra do Egito, e deixá-los acumular alimentos em toda a cidade durante os dias dos anos de abundância, e não haverá alimento para os sete 5 anos de fome, ea terra não pereça de fome, pois será muito grave. " E o Senhor deu a José graça e misericórdia aos olhos de Faraó, e disse Faraó a seus servos. Não vamos encontrar um homem tão sábio e discreto, este homem, o espírito do Senhor está com 6 ele. E ele nomeou o segundo em todo o seu reino e lhe deu autoridade sobre todos os 7 Egito e levou-o a andar no segundo carro do faraó. E ele vestiu com as vestes linho fino, e pôs um colar de ouro ao pescoço, e (um arauto) proclamou diante dele 'El' wa El 'Abirer', e colocou um anel na mão e fez reinar em todos os seus casa, e ampliou-o, e 8 disse-lhe. "Somente no trono eu serei maior que tu." E José governou sobre toda a terra do Egito, e todos os príncipes de Faraó, e todos os seus servos, e todos os que fizeram o negócio do rei 57

amava, porque ele andou em retidão, pois ele estava sem orgulho e arrogância, e ele não tinha respeito das pessoas, e não aceitar presentes, mas ele julgou com retidão todos os povos da terra. 9 E a terra do Egito, estava em paz diante de Faraó por causa de José, pois o Senhor estava com ele, e deu-lhe graça e misericórdia para todas as suas gerações antes de todos aqueles que o conheciam e que ouviram a respeito dele, eo reino do Faraó foi bem ordenada, e não houve nenhum mal e Satanás 10 pessoas (aí). E o rei chamou Sephantiphans nome de José, e deu a José a esposa do 11 filha de Putifar, a filha do sacerdote de Heliópolis, o cozinheiro chefe. E no dia em que 12 José se diante de Faraó, ele tinha trinta anos [quando ele estava diante de Faraó]. E nesse ano Isaque morreu. E sucedeu que, como José tinha dito na interpretação de seus dois sonhos, como ele havia dito que havia sete anos de fartura em toda a terra do Egito, e os 13 da terra do Egito, abundantemente produzidos, uma medida (produção) de mil oitocentos medidas. E José recolheu os alimentos em cada cidade, até que estavam cheios de milho, até que já não podia contar e medir a sua multidão. [Capítulo 41] 1 º e no jubileu quadragésimo quinto, na segunda semana, (e) no segundo ano, [2165 AM] Judá tomou para a sua 2 Er primogênito, uma mulher das filhas da Síria, chamada Tamar. Mas ele odiava, e não se deitar com ela, porque sua mãe era uma das filhas de Canaã, e queria levá-lo a esposa do Três parentes de sua mãe, mas Judá, seu pai, não permitiria a ele. E isso Er, o primogênito de Judá, 4 foi mau, eo Senhor o matou. Então Judá disse a Onan, seu irmão "Vá em mulher teu irmão e fazer o dever de vos marido, irmão dela, e suscita semente a teu irmão." E 5 Onan sabia que a semente não seria dele, (mas) de seu irmão apenas, e ele entrou na casa da esposa de seu irmão, e derramou a semente na terra, e ele era mau aos olhos do Senhor, e Ele enorme quantidade 6 ele. Então disse Judá permanecer até Tamar, sua nora: 'em casa de teu pai como uma viúva até 7 Selá, meu filho, seja grande, e eu te darei a ele a mulher. E ele cresceu, mas Bedsu'el, a esposa de Judá, não permitir que seu filho Sela se casar. E Bedsu'el, a esposa de Judá, morreu [2168 A.M.] 8 no quinto ano desta semana. E, no sexto ano de Judá subiu a tosquiar as suas ovelhas em Timna. [] 2169 A.M. 9 E disseram-Tamar: "Eis que teu pai partiu-de-lei até Timna para tosquiar as suas ovelhas. E ela colocou as roupas de viúva, e colocar um véu, e se adornava, e sentou-se na porta ao lado do 10 caminho para Timna. E como Judá estava indo junto, ele encontrou-a, e pensei que ela fosse uma prostituta, e ele disse-lhe: «Deixe-me entrar em ti", e ela disse-lhe: Entra, e ele foi 11 pol e ela disse-lhe: «Dá-me o meu salário", e disse-lhe: "Não tenho nada em meu 12 mão salvar meu anel que está no meu dedo, e meu colar e minha equipe que está na minha mão. " E ela lhe disse: 'Dê-me, até tu me enviar o meu salário ", e disse-lhe:" Vou enviar-te um cabrito ", e ele deu a ela, e 13,14 ela concebeu dele. E Judá foi para as suas ovelhas, e ela foi até a casa de seu pai. E Judá enviou um cabrito por mão do seu pastor, um adulamita, e não a achou, e ele pediu ao povo do lugar, dizendo: 'Onde está a prostituta que estava aqui?' E eles disseram: 15 a ele; "Não há nenhuma prostituta aqui conosco." E ele voltou e informou-o, e disse-lhe que não tinha encontrado o seu: "Eu perguntava para as pessoas do lugar, e disseram-me:" Não 16 não é prostituta aqui. "'E ele disse:' Deixe que ela se manter (os) para que não se tornar uma causa de escárnio." E quando ela completou três meses, era evidente que ela estava grávida, e disseram Judá, 17 dizendo: "Eis que Tamar, tua nora, está grávida do adultério." E Judá foi para a casa de seu pai, e disse-lhe: pai e seus irmãos: 'Traga sua frente, e deixá-las queimar 58

18, pois ela operou impureza em Israel. " E sucedeu que, quando eles trouxeram para queimar diante que ela enviou ao pai-de-lei do anel e colar, e os funcionários, dizendo: 19 'Discernir quem são estes, para por ele que estou com a criança. " E Judá reconheceu, e disse: "Tamar 20 é mais justo do que eu sou. E, portanto, não deixe queimar o seu "E por isso ela foi 21 não dado a Selá, e ele não se aproximar dela de novo e depois que ela deu à luz dois filhos, Perez [2170 AM] 22 e Zerá, no sétimo ano da segunda semana. E então os sete anos de fecundidade 23 foram realizadas, das quais José falou a Faraó. E Judá reconheceu que a ação que ele fez foi mal, pois ele tinha ficado com a sua nora, e ele estima que ódio em seus olhos, e ele reconheceu que tinha transgredido e desencanado, pois ele havia descoberto a saia de seu filho, e ele começou a lamentar-se e suplicar ao Senhor por causa de sua transgressão. 24 E disse-lhe num sonho que ele foi perdoado porque ele suplicava fervorosamente, e lamentou: 25 e não mais cometê-lo. E ele recebeu o perdão, porque ele voltou do seu pecado e de sua ignorância, porque ele transgrediu muito antes de nosso Deus, e todo aquele que age assim, todo aquele que se deitar com sua sogra, deixe-as queimá-lo com o fogo que ele pode gravar nele, pois não há 26 impureza e da poluição sobre eles, deixá-los com o fogo queimá-los. E se tu comando dos filhos de Israel para que não haja impureza, entre eles, para cada um que se deita com sua filha-de-lei ou com a sua mãe fez-in-law forjado imundícia; deixá-los com o fogo queimar o homem que tem permanecido com ela, e também a mulher, e ele irá transformar a ira e punição 27 a partir de Israel. E Judá foi dito que seus dois filhos, não tinha ficado com ela, e por esta razão 28 a sua descendência foi estabelecido para uma segunda geração, e não ser erradicado. Para que na sinceridade do olho que ele tinha ido e procurado para aplicar a pena, ou seja, de acordo com a decisão de Abraão, que ele tinha ordenado a seus filhos, Judá tinha procurado queimá-la com o fogo. [Capítulo 42] 1 º e no primeiro ano da terceira semana do jubileu quadragésimo quinto a fome começou a entrar na [2171 AM] Dois terrenos, ea chuva se recusou a ser dado à terra, pois ninguém quer cair. E a terra estéril cresceu, mas na terra do Egito havia comida, por José tinha recolhido a semente da terra no 3 sete anos de fartura e tinha preservado. E os egípcios a José que ele poderia dar-lhes comida, e ele abriu a loja em locais onde era o grão de primeiro ano, e vendeu-a para 4, o povo da terra do ouro. E Jacó soube que havia comida no Egito, e enviou os seus dez filhos que eles deveriam procurar comida para ele no Egito, mas ele não Benjamin enviar e chegou entre os 5, que passou (lá). E José reconheceu-os, mas eles não o reconheceram, e ele falou-lhes e perguntou-lhes, e disse-lhes, "Não sois vós espiões e não tendes vindo a 6 explorar as aproximações com a terra? 'E ele colocá-los na ala. E depois que ele libertá-los 7 novamente, e detidos Simeão sozinho e mandou seus nove irmãos. E encheu os sacos com o milho, 8 e ele colocou o seu ouro em seus sacos, e eles não sabiam. E mandou trazer 9 seu irmão mais novo, pois tinha-lhe dito seu pai estava vivo e seu irmão mais novo. E subiram da terra do Egito, e chegaram à terra de Canaã, e contaram tudo o que seu pai lhes havia acontecido, e como o senhor da terra tinha falado aproximadamente para eles, e 10 Simeão tinha apreendido até que eles devem trazer Benjamin. E Jacó disse: 'Me tereis luto dos meus filhos! José não é e não é também Simeão, e haveis de levar Benjamim. Em mim tem o seu 11 perversidade vir. "E ele disse: 'Meu filho não vai ficar com você para que por ventura ele adoecer, porque a sua mãe deu à luz dois filhos e um morreu, e este também vos levará de mim. Se 59

por ventura ele pegou uma febre na estrada, vos traria a minha velhice com a morte a tristeza. " 12 Pois ele viu que seu dinheiro tinha sido devolvido para cada um no seu saco, e por esta razão ele 13 temia enviá-lo. E a fome aumentou e tornou-se grave na terra de Canaã, e em todas as terras, salvo em terra do Egito, para muitos dos filhos dos egípcios tinha guardado as suas sementes para a alimentação a partir do momento que viu José sementes de reunir e pô-lo em depósitos 14 e preservá-lo para os anos de fome. E o povo do Egito alimentou-se nela durante 15, o primeiro ano da sua fome, mas quando Israel viu que a fome era muito grave na terra, e que não houve a libertação, ele disse a seus filhos: "Vai outra vez, e obter alimentos para nós que morremos 16 não. " E eles disseram: 'Nós não devem ir, a menos que o nosso irmão mais novo vá conosco, que não devem ir. " 17 E Israel viu que se ele não mandá-lo com eles, todos eles devem morrer por causa da fome 18 E Rúben disse: 'Dê-lhe em minha mão, e se eu não levá-lo de volta para ti, matar meus dois 19 filhos, em vez de sua alma. " E disse-lhe: "Ele não deve ir contigo." E Judá se aproximou e disse: "Mande-o comigo, e se eu não levá-lo de volta para ti, deixe-me culpado antes 20-te todos os dias da minha vida. " E ele mandou com eles, no segundo ano desta semana no [2.172 dias] Am primeiro dia do mês, e vieram para a terra do Egito com todos aqueles que foram, e (eles) 21 apresenta em suas mãos, estoraque e amêndoas e nozes carvalho e mel puro. E eles foram e se apresentaram diante de José, e viu a Benjamim, seu irmão, e ele sabia, e disse-lhes: É este vosso irmão mais novo? E disseram-lhe: "É ele". E ele disse: O Senhor esteja 22 compadeça de ti, meu filho! " E ele mandou-o em sua casa e ele trouxe a Simeão los e ele fez uma festa para eles, e apresentou-lhe o dom que trouxeram em sua 23 mãos. E que comer antes e ele deu-lhes todos os uma parte, mas a porção de Benjamim era 24 sete vezes maior que a de qualquer deles. E comer e beber e levantou-se e permaneceu com 25 seus burros. José e concebeu um plano que ele possa aprender os seus pensamentos quanto ao facto de pensamentos de paz prevaleceu entre eles, e disse ao comissário que estava sobre sua casa: "Preencha todos os sacos com comida, e retornar até o seu dinheiro-los em seus navios , e minha taça de prata de que eu bebo, colocá-lo no saco do mais novo, e mandá-los embora. " [Capítulo 43] 1 E José fez como lhe tinha dito, e encheu todos os sacos com comida para eles e colocar os seus 2 dinheiro em seus sacos, e colocar o copo no saco de Benjamim. Aud no início da manhã, eles partiram, e aconteceu que, quando tinha ido dali, disse José Prosseguir até o mordomo de sua casa: "eles, executar e aproveitar-lhes, dizendo:" Para vós bom ter me pagou com mal, você roubou de mim o cálice de prata que bebe meu senhor. " E trazer de volta para mim seus 3 irmão mais novo, e buscar (ele) rapidamente antes de eu sair para a minha sede de julgamento ». E ele correu 4, após eles e disse-lhes de acordo com estas palavras. E disseram-lhe: "Deus não permita que teus servos deve fazer tal coisa, e roubar a casa do teu senhor qualquer utensílio, eo dinheiro também, que encontramos em nossos sacos da primeira vez, nós teus servos trazidos de volta da terra de 5 Canaã. Como, então, devemos roubar qualquer utensílio? Eis aqui somos nós e nossa busca de sacos, e sempre que tu achares a taça no saco de qualquer homem entre nós, deixá-lo ser morto, e nós e os nossos 6 jumentos servirão teu senhor. ' E disse-lhes: «Não é assim, o homem com quem eu encontrar, ele só 7 º tomo como um servo, e sereis voltar em paz até sua casa. " E enquanto ele estava procurando em suas embarcações, começando com o mais velho e terminando com o mais novo, ele foi encontrado em Benjamin 60

8 saco. E eles rasgaram as suas vestes, e carregavam os seus jumentos, e retornou para a cidade e veio para o 9 casa de José, e todos eles se prostraram sobre os seus rostos para o chão antes dele. José e disselhes: «Vós tendes feito mal. E eles disseram: «Que havemos de dizer e como vamos nos defender? Nosso Senhor descobriu a transgressão dos seus servos, eis que somos o 10 agentes de nosso Senhor, e também os nossos jumentos. "E José disse-lhes:« Eu também temem o Senhor, como para você, ide para vossas casas e deixar o seu irmão ser o meu servo, para vos ter feito mal. Não sabeis 11, que um homem se deleita em seu copo como eu com esse copo? E vós ainda tê-lo roubado de mim. " E Judá disse: 'Ó Senhor meu, rogo-te, peço-te, dizer uma palavra aos ouvidos de meu senhor dois irmãos tivessem sido o teu servo a mãe de nosso pai: um se afastou e se perdeu, e não tem sido encontrado, e ele Só resta de sua mãe, e teu servo, nosso pai o ama, e sua vida também está ligada 12, a vida desse rapaz (). E isso vai acontecer, quando nós vamos ao teu servo, nosso pai, o rapaz é 13, não conosco, que ele vai morrer, e vamos derrubar o nosso pai com tristeza a morte. Agora, deixe-me um pouco, teu servo, ao invés de cumprir o menino como um escravo até meu senhor, e que suba o moço com os seus irmãos, pois se deu por fiador por ele na mão do teu servo, nosso pai, e se eu não 14 trazê-lo de volta, o teu servo ouvirá a culpa de nosso pai para sempre. " E José, vendo que todos eram concordantes na bondade de um com o outro, e ele não poderia abster-se, e disse-lhes 15, que foi José. E ele conversava com eles na língua hebraica e caiu sobre seu pescoço e 16 chorou. Mas eles não o conheceram e começaram a chorar. E disse-lhes: «Não chores por mim, mas apressar e trazer meu pai para mim, e vereis que é minha boca que fala eo 17 olhos de meu irmão Benjamim vê. Pois eis que este é o segundo ano da fome, e há 18 ainda cinco anos sem a colheita de frutas ou de árvores ou lavouras. Desce depressa vós e vossas famílias, para que não pereçais através da fome, e não se magoava por causa de suas posses, para 19 O Senhor enviou-me diante de vocês para definir as coisas a fim de que muitas pessoas possam viver. E dizer ao meu pai que eu ainda estou vivo, e vós, vós ver que o Senhor fez-me como um pai de Faraó, 20 e governador de sua casa e sobre toda a terra do Egito. E dizer ao meu pai toda a minha glória, e 21 todas as riquezas e glória que o Senhor me deu. " E pelo comando da boca de Faraó, deu-lhes carros e provisões para o caminho, e ele deu-lhes todas as multicoloridas 21 vestidos e prateado. E a seu pai enviou roupas e prata, e dez jumentos que carregava milho, 23 e mandou-os embora. E subiram, e seu pai disse que José estava vivo e foi medindo milho para todas as nações da terra, e que ele era governador sobre toda a terra do Egito. 24 E seu pai não acreditou, pois ele estava fora de si em sua mente, mas quando viu os carros que José tinha enviado, a vida de seu espírito reviveu, e ele disse: "É o suficiente para mim se a vida de José; Eu irei para baixo e vê-lo antes de eu morrer. " [Capítulo 44] 1 E Israel partiu de Harã de sua casa na lua nova do terceiro mês, e foi a caminho do Poço do Juramento, e ele ofereceu um sacrifício ao Deus de seus 2 pai Isaque no sétimo deste mês. E Jacó lembrou do sonho que ele tinha visto 3 em Bethel, e temia ir para o Egito. E enquanto ele estava pensando em mandar palavra a José para chegar a ele, e que ele não iria descer, ele permaneceu lá por sete dias, se 4 acaso ele pôde ver uma visão de saber se ele deveria permanecer ou cair. E ele comemorou a festa da colheita dos primeiros frutos com grãos de idade, pois em toda a terra de Canaã, não havia um punhado de sementes [na terra], porque a fome era sobre todos os animais e gado e 5 aves, e também sobre o homem. E no décimo sexto do Senhor apareceu-lhe e disse-lhe: "Jacó, Jacó", e ele disse: 'Eis-me aqui " E disse-lhe: «Eu sou o Deus de teus pais, o Deus de Abraão e 61

Isaque, não temas descer ao Egito, para ali farei de ti 6 uma grande nação, eu vou descer contigo, e vou trazer-te para cima (de novo), e nesta terra tu ser enterrado, e José porá as mãos sobre os teus olhos. Medo não, vá para o Egito. 7 E os seus filhos se levantaram, e os filhos de seus filhos, e eles colocaram seu pai e seus pertences em cima Oito vagões. E Israel se levantou do Poço do Juramento no dia dezesseis deste mês, em terceiro lugar, e ele 9 foi para a terra do Egito. E Israel enviou Judá adiante dele para seu filho José para examinar a terra de Gósen, porque José havia dito a seus irmãos que eles deveriam vir e morar lá que eles 10 poderá estar perto dele. E esta foi a goodliest (terra) na terra do Egito, e próximo a ele, para todos os 11 (um deles) e também para o gado. E estes são os nomes dos filhos de Jacó, que entrou em 12 Egito com Jacó, seu pai Rúben, o primogênito de Israel, e estes são os nomes de seus 13 filhos de Enoque e Palu, Hezrom e Carmi e cinco. Simão e seus filhos, e estes são os nomes de seus filhos: Jemuel, Jamin, e Ohad, e Jaquim, e Zoar, e Saul, filho 14 da Zephathite mulher e sete. Levi e seus filhos, e estes são os nomes de seus filhos: Gérson, Coate e Merari e quatro. Judá e seus filhos, e estes são os nomes de seus filhos: 15 Shela e Perez e Zerá e quatro. Issacar e seus filhos, e estes são os nomes de seus filhos: 17 Tola, e Phua, e Jasub, Sinrom e cinco. Zebulon e seus filhos, e estes são os nomes dos 18 de seus filhos: Sered, Elom e Jaleel quatro. E estes são os filhos de Jacó e seus filhos que Lia deu a Jacó na Mesopotâmia, seis, e sua irmã uma, Dinah e todas as almas dos filhos de Leah, e seus filhos, que ia com seu pai Jacó para o Egito, foram 29, e Jacó, os seus 19 pai estar com eles, que eram trinta. E os filhos de Zilpa, serva de Lia, a esposa de 20 Jacó, que deu a Jacó Gad e Ashur. E há os nomes de seus filhos, que foram com ele para o Egito. Os filhos de Gad: Zifiom e Haggi, e Suni e Esbom (e Eri, e Areli, 21 e Arodi e oito. E os filhos de Aser: Imna, e Isvá (e Isvi), e Berias, e Serah, 22,23 a uma irmã de seis anos. Todas as almas foram catorze anos, e todos aqueles de Leah, foram quarenta e quatro. E o 24 filhos de Raquel, mulher de Jacó: José e Benjamim. E nasceram a José no Egito antes de seu pai veio para o Egito, aqueles que Asenate, filha de Putifar, sacerdote de Heliópolis 25 até deu-lhe, Manassés e Efraim e três. E os filhos de Benjamim: Bela, Bequer e Asbel, Gera, Naamã, e Ehi e Rosh, e Muppim e Hupim e Ard-onze. 26,27 e todas as almas de Raquel quatorze. E os filhos de Bila, a serva de Raquel, a 28 esposa de Jacó, a quem ela deu a Jacó, foram Dan e Naftali. E estes são os nomes de seus filhos, que ia com eles para o Egito. E os filhos de Dan foram Husim e Samon, e Asudi. 29 e 'Ijaka e Salomon e seis. E que morreu no ano em que entrou no Egito, e ali 30 foi deixado para Dan Husim sozinho. E estes são os nomes dos filhos de Naftali: Jaziel, Guni 31 Jezer e Salum, e "IV. E "IV, que nasceu depois dos anos de fome, morreu no Egito. 32,33 E todas as almas de Raquel eram 26. E todas as almas de Jacó, que foi para o Egito, foram setenta almas. Estes são os seus filhos e os filhos de seus filhos, em todos os setenta anos, mas cinco morreram 34 no Egito antes de José, e não tinha filhos. E na terra de Canaã, dois filhos de Judá morreu, Er e Onã, e eles não tinham filhos e os filhos de Israel enterrados aqueles que morreram, e foram contados entre as setenta nações Gentile. [Capítulo 45] 1 E Israel entrou no país do Egito para a terra de Goshen, na lua nova do quarto [2172 AM]. Dois meses, no segundo ano da terceira semana do jubileu quadragésimo quinto. E José foi ao encontro de seu 62

3 pai Jacó, na terra de Gósen, e ele caiu no colo de seu pai e chorou. E Israel disse a José: "Agora me deixe morrer desde que eu te vi, e agora pode o Senhor Deus de Israel será abençoado o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, que não tem retido Sua misericórdia e graça de 4 Seu servo Jacó. É o suficiente para mim que eu tenho visto o teu rosto, enquanto eu ainda estou vivo, sim, é verdade é a visão que eu vi em Betel. Bendito seja o Senhor meu Deus, agora e para sempre, e bendito seja o 5 Seu nome. " E José e seus irmãos comemos o pão antes de seu pai e bebeu vinho, e Jacó se alegrou com grande alegria, porque ele viu José comendo com seus irmãos e bebendo perante ele, e ele abençoou o Criador de todas as coisas que ele tinha preservado, e tinha preservado para ele a sua 6 doze filhos. E José deu a seu pai e seus irmãos como um dom do direito de habitação na terra de Goshen e Ramsés e toda a região aproximadamente, que ele governou durante diante de Faraó. E Israel e seus filhos moravam na terra de Gósen, a melhor parte da terra do Egito 7 e Israel foi 130 anos de idade, quando ele veio para o Egito. E José sustentou seu pai e seus irmãos e também os seus bens com pão, tanto quanto bastou-lhes para a 8 de sete anos de fome. E a terra do Egito sofreu por causa da fome, e José adquiriu toda a terra do Egito para Faraó em troca de comida, e ele tem a posse das pessoas 9 º e seu gado e tudo para o faraó. E os anos de fome foram realizadas, e José deu ao povo da terra e sementes de alimentos que possam semear (a terra), em oitavo 10 anos, para o rio havia transbordado toda a terra do Egito. Para nos sete anos de fome que tinha (ou não) transbordou e tinha irrigado apenas alguns lugares, nas margens do rio, mas agora transbordou 11 e os egípcios semeou a terra, e deu muito milho naquele ano. E este foi o primeiro ano de [2178 A.M.] 12, a quarta semana do jubileu quadragésimo quinto. E José tomou do milho da safra a quinta parte do rei e deixou quatro partes para eles e para o alimento para as sementes, e José fez um decreto para 13 da terra do Egito até hoje. E Israel viveu na terra do Egito dezessete anos, e todos os dias que ele viveu três jubileus, 147 anos, e morreu na quarta [2188 AM] 14 anos da quinta semana do jubileu quadragésimo quinto. Israel e abençoou seus filhos antes de morrer, e disse-lhes tudo o que cairia sobre eles na terra do Egito, e ele fez conhecido a eles o que viria sobre eles nos últimos dias, e os abençoou e deu a José, em duas parcelas 15 a terra. E ele dormiu com seus pais, e foi enterrado na caverna de casal na terra de Canaã, perto de Abraão, seu pai na sepultura que cavaram para si mesmo na caverna duplo em 16, a terra de Hebrom. E ele deu todos os seus livros e os livros de seus pais, seu filho Levi para que ele pudesse preservá-los e renová-los para os seus filhos até hoje. [Capítulo 46] 1 E aconteceu que depois de Jacó morreu os filhos de Israel multiplicou na terra do Egito, e eles se tornaram uma grande nação, e eles estavam de acordo no coração, para que o irmão amado irmão e cada um ajudou o seu irmão, e eles aumentaram muito e multiplicaram-se muito, dez [2242 AM] Duas semanas de anos, todos os dias da vida de José e não houve Satanás nem mal, todos os dias da vida de José, que viveu depois de seu pai Jacó, para todos os egípcios honraram as crianças 3 de Israel todos os dias da vida de José. E morreu José de cento e dez anos de idade, dezessete anos ele viveu na terra de Canaã, e dez anos, ele era um servo, e três anos de Quatro de prisão, e oitenta anos que estava sob o rei, governando toda a terra do Egito. E ele morreu e todos os Cinco de seus irmãos e toda aquela geração. E ordenou aos filhos de Israel antes de sua morte que 6 Eles devem levar os seus ossos com eles quando eles saíram da terra do Egito. E fê-lo jurar sobre os seus ossos, pois sabia que os egípcios não voltaria a dar à luz e enterrar na terra de Canaã, para 63

Makamaron, rei de Canaã, enquanto que habitam na terra da Assíria, lutou no vale do rei do Egito, eo matou lá, e perseguiu os 7 egípcios até os portões do 'Ermon. Mas ele não era capaz de entrar, por outro, um novo rei, tornou-se rei do Egito, e ele era mais forte do que ele, e ele voltou para a terra de Canaã, e as portas do 8 O Egito foram fechadas, e ninguém saiu e ninguém entrou no Egito. E José morreu no ano do jubileu quadragésimo sexto, na sexta semana, no segundo ano, e foi sepultado na terra do Egito, e [2242 AM] 9 todos os seus irmãos morreram depois dele. E o rei do Egito, saiu para a guerra com o rei de Canaã [2263] AM no ano do jubileu quadragésimo sétimo, na segunda semana do segundo ano, e os filhos de Israel trouxeram todos os ossos dos filhos de Jacó salvar os ossos de José, e sepultaram-los no 10 em campo a dupla caverna na montanha. E a maioria (deles), regressou ao Egito, mas alguns dos 11 delas permaneceram nas montanhas de Hebron, e Amram teu pai permaneceu com eles. E o 12, rei de Canaã foi vitorioso sobre o rei do Egito, e ele fechou as portas do Egito. E ele criou um dispositivo de mal contra os filhos de Israel de que os aflige e ele disse ao povo de 13 Eis que o Egito: "o povo dos filhos de Israel aumentou e se multiplicaram mais do que nós. Venha e deixe-nos lidar sabiamente com elas antes que se tornem demais, e deixe-nos afligirem com a escravidão antes que a guerra descerá sobre nós e, antes de lutar muito contra nós, senão eles vão juntar-se aos nossos inimigos e levá-los para fora da nossa terra , para seus corações e os rostos são para a terra 14 de Canaã. E pôs sobre eles feitores, para os afligirem com a escravidão, e eles construíram cidades fortificadas de Faraó, Pitom e Ramsés e construíram as muralhas e as fortificações que 15 tinham caído nas cidades do Egito. E eles fizeram servir com rigor, e quanto mais eles maldosamente tratado com eles, mais eles cresceu e se multiplicou. E o povo do Egito, abominava os filhos de Israel [Capítulo 47] 1 e na sétima semana, no sétimo ano, no quadragésimo sétimo jubileu, o teu pai saiu [2303] AM da terra de Canaã, e nasceste na quarta semana, em seu sexto ano, no [2330 AM] 2 jubileu quadragésimo oitavo, este era o momento de tribulação sobre os filhos de Israel. E Faraó, rei do Egito, emitiu um comando sobre eles que eles deveriam lançar todos os seus filhos do sexo masculino que foram 3 nascido no rio. E lançá-los por sete meses, até o dia em que nasceste 4 E a tua mãe te escondeu por três meses, e disseram a respeito dela. E ela fez uma arca para ti, e cobriu-o com betume e asfalto, e colocá-lo nas bandeiras na margem do rio, e colocou-te no que sete dias, e tua mãe, vieram de noite e te amamentou, e por dia 5 Miriam, tua irmã, te guardei das aves. E naqueles dias Tharmuth, a filha de Faraó, veio tomar banho no rio, e ela ouviu o choro a tua voz, e ela disse-lhe para moças 6 trazer-te para fora, e trouxe-te dela. E ela que te tirei da arca, e ela teve 7 compaixão de ti. E tua irmã disse-lhe: "Quer que eu vá chamar uma ti do 8 mulheres hebraico para enfermeiro e este bebê mamar para ti? E ela disse (a ela): 'Go'. E ela 9 e fui chamado de tua mãe, Joquebede, e ela deu-lhe os salários, e ela cuidou de ti. E depois, quando foste cresceram, trouxeram-te a filha de Faraó, e tu tornar-se seu filho, e teu pai, Amram ensinou a escrever-te, e depois de teres completado três semanas 10 Eles te trouxe para a corte real. E foste três semanas de anos na corte até o momento [2351 -] quando tu sair da corte real e te ver um egípcio que feria o teu amigo que era [2372 AM] 11 dos filhos de Israel, e fizeste matar ele e escondê-lo na areia. E no segundo dia tu fizeste e dois dos filhos de Israel lutando juntos, e tu lhe dizer que era 64

12 fazendo o mal: "Porque irmão tu ferirás o teu?" E ele estava irritado e indignado, e disse: 'Quem te constituiu príncipe e juiz sobre nós? Ou pensas tu que me matar como mataste o egípcio ontem? " E o medo fizeste e fugir por causa destas palavras. [Capítulo 48] 1 º e no sexto ano da terceira semana do didst (fazer)quadragésimo nono jubileu te afastar e morar (em [2372 AM], a terra de Midiã, cinco semanas e um ano. E tu voltar para o Egito na segunda semana Duas no segundo ano do jubileu de cinquenta anos. E tu sabes que te Ele te falei em [2410 AM] Monte Sinai, e que o príncipe Mastema desejado para fazer contigo quando tu voltar para o Egito 3. Ele não com todo o seu poder tentar matar-te e entregar os egípcios da tua mão quando viu que foste enviado para executar 4 julgamento e vingança contra os egípcios? E eu te livrei da sua mão, e tu executar os sinais e maravilhas que foste enviado para executar no Egito contra o Faraó, e 5 contra toda a sua casa, e contra os seus servos e seu povo. E o Senhor executou uma grande vingança sobre eles por causa de Israel, e feriu a (as pragas do) sangue e as rãs, piolhos e cachorromoscas, e furúnculos malignos irrompendo em blains, e seu gado com a morte, e por granizo pedras, assim, Ele destruiu tudo o que cresceu para eles, e por gafanhotos, que comeram o resíduo que havia sido deixado pelo granizo e pela escuridão, e (pela morte) do primeiro-nascidos de 6 homens e animais, e em todos os seus ídolos, o Senhor tomou vingança e os queimaram com fogo e tudo foi enviada através de tua mão, que tu declare (essas coisas) antes de serem feitas, e tu falar com o rei do Egito antes todos os seus servos e diante do seu povo 7 E tudo aconteceu de acordo com as tuas palavras, dez grandes e terríveis julgamentos entrou em 8 terra do Egito que tu vingança sobre ele por Israel. E o Senhor fez tudo por amor de Israel, e de acordo com a sua aliança, que tinha ordenado a Abraão que Ele 9 tomaria vingança sobre eles como eles tinham trazido à força para a escravidão. E o príncipe Mastema levantou-se contra ti, e tentou lançar-te nas mãos de Faraó, e ajudou 10 os magos do Egito, e se levantou e fez de ti o mal, com efeito, permitido 11-los a trabalhar, mas os remédios que não permitem que sejam feitos por suas mãos. E o Senhor os feriu com úlceras malignas, e não eram capazes de suportar, pois destruiu a fim de que 12 não poderia realizar um único sinal. E apesar de todos (os sinais) e prodígios Mastema o príncipe não foi posto à pena, porque ele tomou coragem e gritou para os egípcios a persegui-te com todos os poderes dos egípcios, com seus carros, e com seus cavalos, e com todos o 13 hostes dos povos do Egito. E eu fiquei entre os egípcios e Israel, e libertou Israel das mãos e das mãos de seu povo, e o Senhor trouxe através da 14 meio do mar como se fosse terra seca. E todos os povos, que ele trouxe para perseguirem a Israel, o Senhor nosso Deus os lançou no meio do mar, nas profundezas do abismo sob os filhos de Israel, assim como o povo do Egito tinha lançado os seus filhos para o rio Ele levou um milhão de vingança sobre eles, e mil homens fortes e enérgicos foram destruídos em 15 conta de uma amamentação dos filhos de teu povo, que haviam atirado ao rio. E no décimo quarto dia e no décimo quinto e décimo sexto e no sétimo e no décimo oitavo do príncipe Mastema foi amarrado e preso atrás dos filhos de Israel que ele 16 não pode acusá-los. E no século XIX vamos deixá-los soltos que possam ajudar a 17 egípcios e perseguir os filhos de Israel. E endureceu seus corações e os fizeram teimoso, eo dispositivo foi criado pelo Senhor, nosso Deus, que Ele possa ferir os egípcios e 18 lançá-los no mar. E no décimo quarto dia que vinculado a ele que não poderia acusar os filhos de Israel no dia em que eles pediram aos egípcios para os navios e peças de vestuário, objetos de prata, e vasos de ouro, e vasos de bronze, a fim de espoliar os egípcios em voltar para o cativeiro no 19, que tinham os obrigou a servir. E nós não levar por diante os filhos de Israel do Egito de mãos 65

vazias. [Capítulo 49] Lembre-se de um mandamento que o Senhor te ordenou sobre a páscoa, para que tu celebrá-la em sua temporada no décimo quarto dia do primeiro mês, que tu matá-lo antes que seja tarde, e que eles deveriam comer à noite na noite da décima quinta do 2 tempo da configuração do sol. Para este início de noite do festival e o início da alegria-se estavam comendo a páscoa no Egito, quando todos os poderes do Mastema tinha sido solto para matar todos os primogênitos na terra do Egito, da primogênito de Faraó, para o primeiro-nascido 3 º do cativeiro serva na fábrica, e para o gado. E este é o sinal que o Senhor deu-lhes: Em cada casa no lintéis de que eles viram o sangue de um cordeiro de um ano, em (a) da casa não devem entrar a matar, mas deve passar por (ele) , que todos aqueles que devem ser salvos Quatro estavam na casa, porque o sinal do sangue estava em sua vergas. E os poderes do Senhor fez tudo de acordo como o Senhor lhes ordenara, e eles passaram por todos os filhos de Israel, e a praga não veio sobre eles para destruí-los de entre toda a alma, quer de gado, ou 5 O homem, ou um cão. E a praga foi muito grave no Egito, e não havia nenhuma casa no Egito 6, onde não houve um morto, e choro e lamentação. E todo o Israel estava comendo a carne do cordeiro pascal, e beber o vinho, e louvando e abençoando, e dando graças ao Senhor Deus de seus pais, e estava pronto para sair de debaixo do jugo do Egito, e de 7 da escravidão do mal. E lembra-te neste dia todos os dias da tua vida, e observá-lo de ano para ano, todos os dias da tua vida, uma vez por ano, em seu dia, de acordo com todo o direito a mesma, e não 8 adiar (isto) de dia para dia, ou de mês a mês. Porque é uma ordenança eterna, e gravado nas tábuas celestes sobre todas as crianças de Israel que eles devem observar que a cada ano em seu dia uma vez por ano, em todas as suas gerações, e não há limite de dias, por isso é ordenado 9 para sempre. E o homem que está livre de impurezas, e não vem para observá-lo por ocasião do seu dia, a fim de trazer uma oferta aceitável perante o Senhor, e para comer e beber antes de o Senhor no dia do seu festival, que homem que é limpa e fechar a mão deve ser cortado: porque ele não ofereceu a oferta do Senhor a seu tempo determinado, ele deve tomar a culpa para si. 10 Que os filhos de Israel veio e observar a Páscoa no dia de seu tempo fixo, no décimo quarto dia do primeiro mês, entre as noites, a partir da terceira parte do dia para a terceira parte Uma noite, para duas partes do dia são dadas à luz, e uma terceira parte para a noite. Este 12 é o que o Senhor te ordenou que tu observá-lo entre as noites. E não é permitido matar-lo durante todo o período da luz, mas durante o período de fronteira com a noite, e deixá-los comer na hora da noite, até a terceira parte da noite, e tudo o que sobra de toda a sua carne a partir da terceira parte da noite em diante, vamos queimar 13-o do fogo. E eles não devem cozinhar com água, nem se comê-lo cru, mas assada no fogo: eles devem comê-lo com diligência, não a sua cabeça com a sua fressura e seus pés que será assado no fogo, e quebrar qualquer osso º ; para os filhos de Israel nenhum osso deve ser triturada. 14 Por esta razão o Senhor ordenou aos filhos de Israel para observar a Páscoa no dia de seu tempo fixo, e não deve quebrar um osso mesmo, pois é um dia de festival, e um dia de ordenado, e não pode haver nenhuma passagem mais de dia para dia e mês a mês, mas no dia da sua 15 festival que seja observado. E se tu comando dos filhos de Israel a respeitar a páscoa em todo o seu dia, a cada ano, uma vez por ano, no dia de seu tempo fixo, e ele será um memorial para agradar aos olhos do Senhor, e nenhuma praga virá sobre eles matar ou ferir naquele ano em que comemoram a Páscoa em sua temporada em todos os aspectos, de acordo com Sua 16 comando. E eles não devem comê-lo fora do santuário do Senhor, mas diante do santuário do Senhor, e todo o povo da congregação de Israel deve celebrá-lo em seu tempo determinado. 17 E todo homem que se abateu sobre o seu dia a comerá no santuário do seu Deus diante do Senhor de vinte anos para cima, porque assim está escrito e ordenado que eles deveriam comer 66

18, no santuário do Senhor. E quando os filhos de Israel entrar na terra que estão para possuir, para a terra de Canaã, e armaram a tenda do Senhor no meio da terra em uma de suas tribos até o santuário do Senhor tem sido construída na terra, deixá-los vir e celebrar a páscoa no meio do tabernáculo do Senhor, e deixe-se matar 19 diante do Senhor, de ano para ano. E nos dias em que a casa foi construída em nome do Senhor na terra de sua herança, que deve ir lá e matar a páscoa à tarde, no 20 por do sol, na terceira parte do dia. E eles devem oferecer o seu sangue no limiar do altar, e deve colocar a gordura sobre o fogo que está sobre o altar, e comerão a sua carne assada 21 com o fogo no átrio da casa que foi santificado em nome do Senhor. E eles não podem celebrar a Páscoa em suas cidades, nem em qualquer lugar salvar diante do tabernáculo do Senhor, ou antes de sua casa, onde seu nome tem habitava e que não deve se desviar do Senhor. 22 E tu, Moisés de comando, os filhos de Israel a observar as ordenanças da Páscoa, como foi ordenado a ti, tu para declarar todos os anos e no dia dos seus dias, o festival de pães ázimos, que devem comer pães ázimos por sete dias, (e) que eles devem observar a sua festa, e que trazem uma oferenda a cada dia durante os sete dias de 23 alegria diante do Senhor no altar do seu Deus. Para vós comemorado este festival com pressa, quando vos saíram do Egito até vós entrou no deserto de Sur; para a costa do mar vós completou. [Capítulo 50] 1 E depois dessa lei eu fiz conhecido a ti os dias de sábados, no deserto de Sinai, que 2 está entre Elim e Sinai. E eu disse-te dos sábados da terra no Monte Sinai, e eu disse-te do ano jubilar nos sábados de anos, mas o ano mesmo que eu não te disse até vós 3 entrarem na terra que vós sois a possuir. E a terra também devem manter seus sábados enquanto eles habitam 4 em cima dele, e eles devem saber o ano do jubileu. Pelo que tenho ordenado por ti semanas do ano e os anos e os jubileus: há quarenta e nove jubileus, desde os dias de Adão até hoje, [2410 AM] e uma semana e dois anos, e ainda há quarenta anos para vir (lit. 'distante') para a aprendizagem da [2450 mandamentos AM] do Senhor, até passar para a terra de Canaã, atravessando o Jordão para a 5 Oeste. E os jubileus deve passar, até que Israel é limpa de toda culpa da fornicação, a impureza, e da poluição, e do pecado, e erro, e mora com a confiança em toda a terra, e não haverá mais a Satanás ou maligno ea terra será limpa a partir desse momento para sempre. 6 E eis o mandamento sobre os sábados, tenho escrito (eles) para baixo para ti7 e todas as decisões de suas leis. Seis dias farás trabalho, mas no sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Em que haveis de fazer nenhuma obra, vós e vossos filhos, e seus homensOito funcionários e sua servas, e todos os seus bovinos e também o estrangeiro que está com você. E o homem que faz qualquer obra nele morrerá: quem profana naquele dia, quem está com a (sua esposa), ou quem diz que ele vai fazer algo sobre ele, que ele partiu em uma viagem nela em relação a qualquer compra ou venda, e quem chama a água nela que ele não havia preparado para si no sexto dia, e quem toma qualquer encargo para realizá-lo de sua barraca ou fora de sua casa 9 morrerá. Fareis nenhum trabalho que seja sobre o dia do sábado, exceto o que vos tenho preparado para vós no sexto dia, para comer e beber e descansar, e guardar o sábado de todo o trabalho nesse dia, e para abençoar o Senhor vosso Deus , que lhe deu um dia de festa e um dia santo; 10-dia do santo reino por todo o Israel está hoje entre os seus dias para sempre. Pois grande é a honra que o Senhor deu a Israel que eles devem comer e beber e ficar satisfeito, neste dia festival, e nela descansar do trabalho de todos que pertence ao trabalho dos filhos dos homens sem queimar incenso e trazendo oferendas e sacrifícios diante do Senhor por dias e para 11 sábados. Este trabalho só deve ser feito no sábado, dia no santuário do Senhor, teu Deus, para que eles possam expiar Israel com o sacrifício contínuo do dia a dia de um memorial bem agradável 67

diante do Senhor, e que Ele pode recebê-los sempre de dia para dia, de acordo como tu 12 tens sido ordenado. E cada homem que faz qualquer obra nela, ou vai uma viagem, ou lavra (fazenda), mesmo em sua casa ou em qualquer outro lugar, e quem acende um fogo, ou passeios em todo besta, ou viajar de navio no mar, e quem ataca ou mata qualquer coisa, ou abate um animal ou um pássaro, ou 13 Quem pegar um animal ou um pássaro ou um peixe, ou quem jejua ou faz a guerra nos sábados: O homem que faz qualquer uma dessas coisas no sábado deve morrer, para que os filhos de Israel deve observar os sábados, de acordo com os mandamentos sobre os sábados das terras, como está escrito nas tabuletas, que deu em minhas mãos que eu deveria escrever para ti as leis das estações, e as estações de acordo com a divisão dos seus dias. Excelência é concluída a conta da divisão dos dias.

68

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful