Você está na página 1de 9

EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 2

26 - Sr. Osvaldo possui certa quantia com a qual deseja adquirir um RESOLUÇÃO:
eletrodoméstico. Caso a loja ofereça um desconto de 40%, ainda
lhe faltarão 1000 reais. Aritmeticamente, temos:
Se o Sr. Osvaldo aplicar sua quantia a juros (simples) de 50% ao
mês, ajunta, em três meses, o montante correspondente ao valor HABITUALMENTE
do eletrodoméstico sem o desconto.
Assim, o valor do eletrodoméstico e da quantia que o Sr. Osvaldo INÍCIO: 6h
possui somam, em reais, 3
+ de 8h (1º expediente)
4
a) 4000 c) 7000
12h
b) 5000 d) 8000
+ 1h 45 min (almoço)
RESOLUÇÃO: 13h 45 min
+ 2h (2º expediente)
15h 45 min
0,6y = x + 1000

 x 5 HOJE:
 y = x + 3 ⋅ 2 ⇒ y = 2 x
TRANSCORRIDO: x FALTA: 24 – x
4
x = (24 − x) ⇒ x = 6h 24min
Substituindo em , vem x = 2000 e y = 5000 11

Logo: x + y = 7000 INÍCIO: 6h 24 min


+ 6h (1º expediente)
RESPOSTA: opção c 12h 24 min
4
+ de 1h 45min= 1h 24 min (almoço)
27 - Perguntaram a Gabriel qual era seu horário de trabalho e ele 5
respondeu: 13h 48 min
+ 2h (2º expediente)
“Habitualmente começo às 6 horas da manhã minha jornada de 15h 48 min
trabalho que é de 8 horas diárias, dividida em dois expedientes.
3 Como Gabriel trabalhará até 15h 45min, ele ficará devendo 3 min
Cumpro no primeiro expediente dessa jornada, tenho um 1
4 em sua jornada de trabalho, ou seja, de sua jornada.
intervalo de almoço de 1 hora e 45 minutos e retorno para cumprir 160
o tempo que falta, ou seja, o segundo expediente.
RESPOSTA: opção d
Hoje, excepcionalmente, quando cheguei, o relógio de ponto
registrou um horário tal que o tempo transcorrido do dia era igual
4 28 - Considere todos os números complexos z = x + yi , onde x ∈ ,
aos do tempo restante do dia e eu fui, então, alertado que
11 2
estava atrasado. Acertei meu relógio pelo relógio de ponto e, para y ∈  e i = −1 , tais que z − −1 
1+ i
3
compensar meu atraso, pretendo cumprir os de minha jornada Sobre esses números complexos z, é correto afirmar que
4
e sair para almoçar reduzindo o tempo de meu intervalo de almoço em a) nenhum deles é imaginário puro.
1 b) existe algum número real positivo.
Imediatamente retornarei para o trabalho e sairei no meu
5 c) são todos imaginários.
horário habitual.” d) apenas um é número real.

Considerando que o relógio de ponto estivesse certo e em perfeito RESOLUÇÃO:


funcionamento, é correto afirmar que, nesse dia, Gabriel, com sua
pretensão 2
z − −1 
a) sairá para o almoço antes de 12 horas e 23 minutos. 1+ i
b) retornará após o intervalo de almoço, exatamente, às 13 horas
e 50 minutos. 2
z −i 
c) cumprirá sua jornada diária na íntegra e ainda sobrarão dois 1+ i
minutos.
1 2
d) ficará devendo de sua jornada diária.
160 x + yi − i 
1+ i

2
x + (y − 1)i 
2

x 2 + (y − 1)2 1

x2 + (y – 1)2  1 é um círculo de
centro C(0, 1) e raio r = 1
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 3

a) Falso. 1 1 1
P(0, 2) é afixo do imaginário puro 2i a1 + a2 + L + a97 = − − + 1− L − =
2 2 2
b) Falso.
 1 65 1
O único número real é zero = 65 ⋅  −  + 32 ⋅ (1) = − + 32 = −
c) Falso.  2 2 2
O zero é real
d) Verdadeiro.
III) Verdadeira.
RESPOSTA: opção d P.G. (3, a, b) P.A. (a, b, 45)
a r =b−a
q=
3 a + 45
29 - Considere as proposições abaixo. b=
a2 = 3b 2
I) A soma dos infinitos termos da seqüência cujo termo geral é
n 3  a + 45  2
, n ∈ *, converge para II em I: a2 = 3 
3n 4  2a – 3a – 135 = 0  a = 9 e b = 27
 2 
 2kπ  Então: q = 3 e r = 18
II) Se ak = cos   ; k ∈ *, o valor de a1 + a2 + L + a97 é
 3  r
Logo: =6
zero. q
III) Se (3, a, b) formam uma progressão geométrica de razão q e
(a, b, 45), uma progressão aritmética de razão r, com a, b ∈
RESPOSTA: opção a
r
, então = 6
q
30 - João Victor e Samuel são dois atletas que competem numa
Pode-se afirmar que, entre as proposições, mesma maratona. Num determinado momento, João Victor
encontra-se no ponto M, enquanto Samuel encontra-se no ponto
a) apenas uma é falsa. c) todas são falsas. N, 5 m à sua frente.
b) apenas duas são falsas. d) todas são verdadeiras. A partir desse momento, um observador passa a acompanhá-los
registrando as distâncias percorridas em cada intervalo de tempo
RESOLUÇÃO: de 1 segundo, conforme tabelas abaixo.

I) Verdadeira. João Victor Samuel


1 2 3 4 n Intervalo Distância ( m ) Intervalo Distância ( m )
, , , , ... , n o 1 o 1
3 9 27 81 3 1 1
1 1 2 2
= 3 3
3 3 2o 2o
2 1 1 4 4
= + 9
9 9 9 3o 3o 1,0
3 1 1 1 8
= + +
27 27 27 27 M M M M
4 1 1 1 1
= + + +
81 81 81 81 81
Sabe-se que os números da tabela acima que representam as
M M M M M
distâncias percorridas por João Victor formam uma progressão
S S1 S2 S3 L geométrica, enquanto os números da tabela acima que
representam as distâncias percorridas por Samuel formam uma
Somando membro a membro as igualdades, tem-se progressão aritmética.
lim Sn = lim S1n + lim S2n + lim S3n + L Com base nessas informações, é INCORRETO afirmar que ao
n→∞ n →∞ n→∞ n →∞ final do
1
1 1 1 3 2 a) 5o segundo, João Victor já terá atingido o ponto N
lim Sn = + + +L = =
n→∞ 2 6 18 1 4 b) 5o segundo, Samuel percorreu uma distância igual à que os
1− separava nos pontos M e N
3
c) 6o segundo, João Victor terá alcançado Samuel.
d) 8o segundo, João Victor estará mais de 8 metros à frente de
II) Falsa. Samuel.

 2kπ 
ak = cos   RESOLUÇÃO:
 3 
2π 1 1 3 9  3
a1 = cos =− João Victor: P.G.  , , ,L q =
3 2 2 4 8  2
4π 1 1 3  1
a2 = cos =− Samuel: P.A.  , ,1,L  r =
3 2
2 4  4
a3 = cos2π = 1
4π 1 a) Verdadeira.
a1 = cos 2 ⋅ =−
3 2 1  3 
5 
M   − 1
2  2   = 6,59 m
194π 1 S5 =
a97 = cos =− 3
3 2 −1
2
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 4

b) Verdadeira. 32 - As senhas de acesso a um determinado arquivo de um


1 1 3 microcomputador de uma empresa deverão ser formadas apenas
a5 = + 4 ⋅ = por
2 4 2
6 dígitos pares, não nulos.
 1 3
 2 + 2⋅5 Sr. José, um dos funcionários dessa empresa, que utiliza esse
S5 =   =5m=d
AB
microcomputador, deverá criar sua única senha.
2
Assim, é INCORRETO afirmar que o Sr. José
c) Falsa. 12
a) poderá escolher sua senha dentre as 2 possibilidades de
1  3  
6
  − 1 formá-las.
2  2   b) terá 4 opções de escolha, se sua senha possuir todos os
João Victor: S6 =  = 10,39 − 5m = 5,39m dígitos iguais.
3
−1 c) poderá escolher dentre 120 possibilidades, se decidir optar por
2 uma senha com somente 4 dígitos iguais.
1 7 d) terá 480 opções de escolha, se preferir uma senha com
7  2 + 4⋅6 apenas 3 dígitos iguais.
Samuel: a6 = e S6 =   = 6,75 m
4 2
RESOLUÇÃO:
d) Verdadeira.
Possibilidades de escolha dos dígitos iguais: {2, 4, 6, 8}
1  3  
8
Total 4
  − 1
2  2   Possibilidades de posições a serem ocupadas pelos dígitos iguais:
João Victor: S8 =  = 24,62 − 5 = 19,62 Total C6,4 = 15
1
Possibilidades de os 3 dígitos não escolhidos ocuparem as 2
2
posições restantes:
1 9
9  + ⋅8 Total A3,2 = 6
e S8 = 
2 4 Pelo Princípio Fundamental da Contagem: 4⋅15⋅6 = 360
Samuel: a8 = = 11 m
4 2
19,62 − 11 = 8,62 m RESPOSTA: opção c

RESPOSTA: opção c
n
 2
33 - Com relação ao binômio  x2 +  é correto afirmar que
3 2 2  x
31 - O polinômio P1(x) = mx – 2nx – mx + n , onde {m, n} ⊂  é
unitário e não é divisível por P2(x) = x a) se o 5o termo do desenvolvimento desse binômio, segundo as
2
Sabe-se que P1(x) = 0 admite duas raízes simétricas. potências decrescentes de x, é 560x , então n é igual a 7
b) se n é ímpar, seu desenvolvimento possui um número ímpar
Sobre as raízes de P1(x) = 0 é INCORRETO afirmar que
de termos.
c) possui termo independente de x, ∀ n ∈ *
a) o número n é uma das raízes.
b) nenhuma delas é número imaginário. d) a soma de seus coeficientes binomiais é igual a 64 quando
c) todas são números inteiros. esse binômio possui seis termos.
d) uma delas é um número par. RESOLUÇÃO:
RESOLUÇÃO:
n n 
Termo Geral de (x + a) : Tp + 1 =   xn −pap
3 2 2
Se P1 é unitário, então m = 1 e P1(x) = x – 2nx – x + n p 
n 
( ) ( 2)p ( x −1 )
n −p p
Tp +1 =   x 2
Sejam a, –a e b as raízes de P1 p 

1 a – a + b = 2n  b = 2n n 
Tp +1 =   x 2n − 2p ⋅ 2p ⋅ x −p
2 –a2 + ab – ab= –1  a = ±1 p 
n2 n 
3 –a2b = –n2  b= Tp +1 =   x 2n −3p ⋅ 2p
a 2 p 

2 5º termo → p = 4
Como b = –2n e a = 1, então
n = 0 (não convém)
n2  n 
2n = ⇒ n2 − 2n = 0 ⇒ ou T5 =   16x 2n − 3p
1 n = 2 ⇒ b = 4  4
 2
x → 2n – 3(4) = 2 ⇒ n = 7
7
T5 =  16 = 560
∴ As raízes de P1 são x = 4 ou x = 1 ou x = –1  4

a) Incorreto, n = 2 e 2 não é raiz de P1


b) Verdadeira. RESPOSTA: opção a
c) Verdadeira.
d) Verdadeira.
34 - No lançamento de um dado viciado, a face 6 ocorre com o dobro
RESPOSTA: opção a da probabilidade da face 1, e as outras faces ocorrem com a
probabilidade esperada em um dado não viciado de 6 faces
numeradas de 1 a 6
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 5

Dessa forma, a probabilidade de ocorrer a face 1 nesse dado que se resolva o sistema, pois o total de despesas de cada uma
viciado é das famílias já indicaria que a alternativa b é INCORRETA.
RESPOSTA: opção b
1 1
a) c)
3 9 36 - Analise as proposições e classifique-as em verdadeiro (V) ou
2 2 falso (F).
b) d)
3 9
( ) Seja A uma matriz quadrada de ordem 2 em que det (3A) = 36
a
RESOLUÇÃO: Se dividirmos a 1 linha de A por 2 e multiplicarmos a 2a
coluna de A por 4, o valor de det A será 8
P(face 6) = 2p
P(face1) = p ( ) Sejam M e N matrizes quadradas de ordem 3 e N = aM, a ∈
*
1 1 1 1 3 t t
P(face 2) = , P(face 3) = , P(face 4) = e P(face 5) = Sabendo-se que det M = , det (N ) = 96 e que N é a
6 6 6 6 2
Portanto transposta de N, então a vale 12
4 bc a a2 1 a 2 a3
3p + = 1
6
( ) Se A = ac b b2 e B = 1 b2 b3 , então A = B
1
p= ab c c 2
1 c2 c3
9
( ) Sejam A e B duas matrizes quadradas de ordem n
RESPOSTA: opção c 2 2
É correto afirmar que (A + B)(A – B) = A – B , quaisquer que
sejam A e B
35 - Um trailer de sanduíches anunciou para a segunda-feira, a
seguinte promoção: Marque a seqüência correta.

a) V – F – V – F c) V – V – F – F
b) F – V – F – V d) V – F – V – V

RESOLUÇÃO:

(V)
Como o movimento da noite de segunda-feira estava fraco, o det (3A) = 36
proprietário resolveu manter os preços individuais de cada 2
3 detA = 36
componente da oferta para quaisquer combinações de pedidos
detA = 4
dos produtos citados.
1
Assim, as famílias A, B e C pagaram juntas 56 reais pelos ⋅ 4 ⋅ det A = 8
produtos consumidos, conforme o quadro abaixo: 2

(F)
3
N = aM ⇒ detN = a3 detM ⇒ 96 = a3
2
3a3 = 192 ⇒ a3 = 64 ⇒ a = 4

(V)
Sabendo-se que a família A gastou 3 reais a mais que o dobro do bc a a2
valor gasto pela família B e que a família C gastou 3 reais a menos ac b2 bc a2 bc a2
ac b b2 = −a +b −c
que a família B, é INCORRETO afirmar que ab c 2 ab c 2 ac b2
ab c c 2
a) 6 refrigerantes em lata custam tanto quanto 10 porções de
batatas fritas. = −a2c 3 + a2b3 + b2c 3 − a3b2 − b3c 2 + a3c 2
b) a família B gastou o equivalente a 30% das despesas das
famílias A e C juntas. 1 a2 a3
c) o preço y da promoção sugerida não ultrapassa R$ 7,50 b2 b3 a 2 a3 a2 a3
d) a famíla B poderia ter optado por pedir duas promoções e sua 1 b2 b3 = 1 −1 +1
despesa seria a mesma. c2 c3 c2 c3 b2 b3
1 c2 c3
RESOLUÇÃO: = b2c 3 − b3c 2 − a2c 3 + a3c 2 + a2b3 − a3b2

Para o gasto de cada família, temos: (F)


2 2
(A + B) (A – B) = A – AB + BA – B
A = 2B + 3 e C = B – 3
Como A + B + C = 56, temos que A = 31, B = 14 e C = 11 Se A e B são comutáveis
2 2
(A + B ) (A – B) = A – B
Sendo x, y e z o preço do X-bacana, da porção de fritas e do
refrigerante em lata, respectivamente, então temos: V–F–V–F

RESPOSTA: opção a
5x + 4y + 4z = 31

3x + + 2z = 14 ⇒ x = 3, y = 1,5 e z = 2,5
 x + 2y + 2z = 11 37 - Sobre as retas (r) (1 – k)x + 10y + 3k = 0 e

Logo, a única alternativa INCORRETA é a opção b. x = 2 − t
(s)  onde k, t ∈ , pode-se afirmar que
OBS.: Para fazer o julgamento dessa alternativa não é necessário  y = −1 + (1 − k)t
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 6

6+7+8
a) poderão ser paralelas coincidentes para algum valor de k h= =7
3
b) nunca serão perpendiculares entre si.
1 
c) se forem paralelas, não terão equação na forma reduzida. Sc1c 2c 3 = det c1c 2c 3 
d) sempre poderão ser representadas na forma segmentária. 2  21
−1 2 1  Sc1c 2 c3 =
21 4
RESOLUÇÃO: det c1c 2c 3 = − 3 2 1 1 = 
2
7 −3 1 
−(1 − k) k − 1
mr = =
10 10
S ⋅h 49
(s) t = 2 – x ⇒ y = –1 + (1 – k)(2 – x) ⇒ y = –1 + 2 – 2k – x + kx Volume do tetraedro ⇒ V ⋅ ⇒ V=
⇒ y = x(k – 1) + 1 – 2k 3 4
ms = k – 1
RESPOSTA: opção d
a) Falsa
 3 39 - Suponha um terreno retangular com medidas de 18 m de largura
k −1 y = − (r)
= k − 1⇒ k = 1⇒  10 por 30 m de comprimento, como na figura abaixo:
mr = ms ⇒ 10  y = −1 (s)

r = s Impossível

b) Verdadeira
 k − 1
 ⋅ (k − 1) = −1 ⇒ k − 2k + 11 = 0 ⇒ ∃k ∈ 
2
r⊥s⇒ 
 10 

c) Falsa Um jardineiro deseja construir nesse terreno um jardim elíptico que


tenha os dois eixos com o maior comprimento possível. Ele
3
k −1 (r) y = − escolhe dois pontos fixos P e Q, onde fixará a corda que vai
r // s ⇒ mr = ms = =k–1⇒ 10 que estão na auxiliar no traçado.
10
(s) y = − 1 Nesse jardim, o jardineiro pretende deixar para o plantio de rosas
forma reduzida uma região limitada por uma hipérbole que possui:

d) Falso k = 1 ⇒ retas horizontais • eixo real com extremidades em P e Q;


5
RESPOSTA: opção b • excentricidade e =
4

Considerando o ponto A coincidente com a origem do plano


38 - Os vértices de um triângulo ABC são os centros das
cartesiano e a elipse tangente aos eixos coordenados, no primeiro
circunferências:
quadrante, julgue as afirmativas abaixo.
2 2
(λ1) x + y + 2x – 4y – 1 = 0
2 2 (01) O centro da elipse estará a uma distância de 3 34 m do ponto
(λ2) 4x + 4y + 12x – 8y – 15 = 0
2 2
A
(λ3) (x – 7) + (y + 3) = 8 (02) Para fazer o traçado da elipse o jardineiro precisará de
menos de 24 m de corda.
O tetraedro cuja base é o triângulo ABC e cuja altura, em metros, é (04) O número que representa a medida do eixo real da hipérbole,
igual à média aritmética dos quadrados dos raios das em metros, é múltiplo de 5
3 (08) Um dos focos dessa hipérbole estará sobre um dos eixos
circunferências acima, também em metros, possui volume, em m ,
igual a coordenados.

21 49 A soma dos itens verdadeiros pertence ao intervalo


a) c)
2 2 a) [1, 5[ c) [7, 11[
21 49 b) [5, 7[ d) [11, 15]
b) d)
4 4
RESOLUÇÃO:
RESOLUÇÃO:
2 2
(λ1) (x + 1) + (y – 2) = 6
2
 3
(λ2)  x +  + ( y − 1) = 7
2

 2 
(λ3) (x − 7)2 + (y + 3)2 = 8

ae = 15 
 ⇒ c e = 12
be = 9 
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 7

O'(15,9) a) Verdadeiro
O'P = 12 = O'Q b) Incorreto, se a < x  0, então f(x) < g(x) < h(x) e 0 < x < –a,
então f(x) < h(x) < g(x)
ah = 12
c) Verdadeiro, f e g possuem coeficientes angulares iguais e
c 5 c 5 ⋅12 f(x) < g(x) ∀x ∈ 
eh = = = ⇒c = = 15 ⇒ c = 15
a 4 12 4 d) Verdadeiro, se x < a, então f(x) < g(x) e g(x) < h(x)

F1 (0, 9) F2 (30, 9) RESPOSTA: opção b

(1) Verdadeiro 2
42 - Considere que g :  → B, definida por g(x) = –bx + cx – a é
C(15, 9) dAC = 3 34
função par e possui como gráfico o esboço abaixo.
(2) Falso
(4) Falso
ah = 24 não é múltiplo de 5
(8) Verdadeiro
Soma: 1 + 8 = 9

RESPOSTA: opção c

40 - Se f : →  é uma função afim crescente de raiz r < 0, g :  →  é Marque a alternativa INCORRETA.


uma função linear decrescente e h : A →  é uma função definida
1 a) A função t :  →  dada por t(x) = g(x) + a é positiva ∀x ∈ 
por h(x) = , então, o conjunto A, mais amplo
− [ f(x)] ⋅ [ g( − x)]
20 7 b) Se B = [– a, +∞[ , então a função g é sobrejetora.
c) b<c<a
possível, é dado por d) A função h:  →  dada por h(x) = – g(x) – a possui um zero
real duplo.
a) ] r, 0 [ c) ] r, + ∞ [ – { 0 }
b) ] – ∞, 0 [ – { r } d) ] – ∞, 0 [ RESOLUÇÃO:
RESOLUÇÃO:
• Se o gráfico de g é uma parábola com a concavidade voltada
20 7 para cima, então –b > 0  b < 0
• h está definda ⇔ –[f(x)] ⋅ [g(–x)] > 0 • Se a função é par, então c = 0 e as coordenadas do vértice são
• Se g é linear e decrescente, então g(x) = bx (b < 0) (0, –a)
Portanto g(–x) = –bx é crescente. • Se –a < 0, então a > 0

a) Incorreta, conforme gráfico abaixo, t(x) 0 ∀x ∈ 


20
sinal de –[f(x)]
7
sinal de [(g(–x)]
[f(x)]20
sinal de −
[g( − x)]7

A = ]– ∞, 0[ – {r} b) Verdadeira
Im(g) = [–a, +∞[
RESPOSTA: opção b c) Verdadeira, pois
b < 0, c = 0 e a > 0 ∴ b < c < a
d) Verdadeira, conforme gráfico abaixo a função h possui um
41 - Considere as funções reais f :  →  dada por f(x) = x + a, g :  → zero real duplo.
 dada por g(x) = x – a, h :  →  dada por h(x) = – x – a
Sabendo-se que a < 0, é INCORRETO afirmar que

a) h(x)  f(x) < g(x) x –a


b) se a < x < – a, então f(x) < h(x) < g(x)
c) ∃ x ∈  | g(x)  f(x)
d) se x < a, então f(x) < g(x) < h(x)

RESOLUÇÃO:
RESPOSTA: opção a
Observando o gráfico das funções f, g e h abaixo, têm-se que
43 - Alguns cadetes da AFA decidiram programar uma viagem de férias
à cidade de Natal para janeiro de 2009. Fizeram pesquisa de
preços das diárias de alguns hotéis e verificaram que as duas
melhores propostas seriam as dos hotéis Araújo’s e Fabiano’s, que
foram as seguintes:

Hotel Araújo’s: possui 40 quartos disponíveis, todos


individuais, sem direito a cama extra. A diária de cada
quarto é dada por uma taxa fixa de R$ 200,00 mais
R$ 10,00 por quarto não ocupado.
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 8
x
Hotel Fabiano’s: possui 50 quartos disponíveis, todos * tal que f(x) = a
44 - Considere as funções reais f :  →+ , *
g :  →+
individuais, sem direito a cama extra. O valor da diária x x
* tal que h(x) = c
tal que g(x) = b , h :  →+
de cada quarto é 0,6 de 6 décimos de 125 milésimos
de Sabendo-se que 0 < a < 1 < b < c, marque a alternativa
R$ 6000,00 INCORRETA.
a) h(x) < g(x) < f(x), ∀x ∈ ] –1, 0 [
A viagem citada foi programada para x cadetes ( x ≤ 40 ) e, no f(x) − 2
b) Se x ∈ ] – ∞, loga 2 [ , então <0
período em que eles estiverem hospedados, os hotéis só h(x) − 1
receberão como hóspedes esses x cadetes. –1
c) A função real t : A → B dada por t(x) = (fof )(x) é crescente.
Com base nisso, marque a alternativa INCORRETA. d) A função real s : M → D definida por s(x) = − g(x) + 1 é
positiva ∀x ∈ M
a) Se forem viajar menos de 30 cadetes, então é mais vantajoso
para os cadetes optarem pelo Hotel Fabiano’s.
RESOLUÇÃO:
b) O faturamento diário do Hotel Araújo’s será de R$ 8000,00 se,
e somente se, o número de cadetes que forem à viagem for 20
a) Verdadeira,
c) Se 15 cadetes forem viajar, então o valor da diária do Hotel
Considerando as funções f, g e h, tem-se os gráficos
Fabiano’s é 0,6 do valor da diária do Hotel Araújo’s.
d) O maior faturamento diário que o Hotel Araújo’s poderá ter,
caso os cadetes optem por hospedarem nele, acontecerá
quando
10 quartos não forem ocupados.

RESOLUÇÃO:

• Se x cadetes (x  40) viajaram, então (40 – x) cadetes não


viajaram
• Diária do Hotel Araújo’s: 200 + 10(40 – x)
125
• Diária do Hotel Fabiano’s 0,6 ⋅ 0,6 ⋅ ⋅ 6000 = 300 reais b) Verdadeira,
1000
• Chamando de A(x) o faturamento diário do Hotel Araujo’s e
F(x) o faturamento diário do Hotel Fabiano’s, então, caso os
cadetes optem por um dos dois hotéis, tem-se
A(x) = x ⋅ [200 + 10(40 –x)] ⇒ A(x) = –10x2 + 600x
F(x) = 300x

→ f(x) – 2

→ h(x) – 1

f(x) − 2
Se x ∈ ] –∞, loga 2 [, então < 0 (conforme análise
h(x) − 1
gráfica)
c) Verdadeira,
t: A → B
–1
t(x) = fof (x)
–1
f (x) = loga x
–1
f of (x) = aloga x = x , (para x > 0) é crescente
d) Incorreta
Analisando o gráfico acima, tem-se

a) Verdadeira
b) Incorreta, se x = 20 ou se x = 40 o faturamento do Hotel
Araujo’s é de R$ 8000,00
c) Verdadeira, se x = 15, então a diária do Hotel Fabiano’s é
R$ 300,00 e a diária do Hotel Araujo’s é
200 + 10(40 – 15) = 450
0,6 de 450 = 300
d) Verdadeira, para x = 30 A(x) é o maior possível e 10 quartos s(x) 0 ∀x ∈ 
não foram ocupados.
RESPOSTA: opção d
RESPOSTA: opção b
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 9

45 - Se a função real f é definida por f(x) = log3 (3x + 4) − log3 (2x − 1) , 47 - Considere a função real f : A → [1, 3 ] definida por
então o conjunto de valores de x para os quais f(x) < 1 é
x π
1 sen  − 
f (x) = 2 6
 1 7  1 7
a) x ∈  | < x <  c) x ∈  | x < ou x >  −2 1
 2 3  2 3
Sabendo-se que a função f é inversível, é correto afirmar que um
 1   7 
b) x ∈  | x <  d) x ∈  | x >  possível intervalo para o conjunto A é
 2  3
 π 7π   4π 10π 
a) 3, 3  c)  3 , 3 
   
RESOLUÇÃO:
 4π 7π   7π 10π 
b)  3 , 3  d)  3 , 3 
 4    
x>−
3x + 4 > 0  3 1
Condição de existência  ⇒ ⇒x>
 2x − 1 > 0 1 2 RESOLUÇÃO:
x >
 2
 x π
3x + 4 3x + 4 3x + 4 f(x) = 1 + 2sen  − 
f(x) < 1⇒ log3 < 1 ⇒ log3 < log3 3 ⇒ <3⇒ 2 6
2x − 1 2x − 1 2x − 1
−3x + 7 1 7
< 0 ⇒ x < ou x > Fazendo seu gráfico para y ∈ [1, 3], temos:
2x − 1 2 3

7
∩  x>
3

RESPOSTA: opção d

46 - Um estudo sobre a concentração de um candidato em provas de


memorização indicou que, com o tempo decorrido, sua capacidade Para que uma função sja inversível é necessário que ela seja
de reação diminui. bijetora, logo, dos intervalos dados, o único que a torna inversível
A capacidade de reação (E), E > 0, e o tempo decorrido (t), medido  4π 7π 
é  , 
2t + 1 3 3 
em horas, podem ser expressos pela relação E =
1
t−
3 RESPOSTA: opção b
Sendo assim, é INCORRETO afirmar que
48 - Em relação à função real f definida por
a) a concentração tende a ser máxima por volta de 20 minutos do
início da prova. f(x) = 1 − 8sen2 (2x)cos2 (2x) − 2 é INCORRETO afirmar que
b) a capacidade de reação nunca é menor que 2
c) a cada intervalo de 1h de prova há uma queda de 33,3% na a) Im ( f ) = [ − 2 , − 1 ]
capacidade de reação.
π π
d) se a capacidade de reação é 24, então o tempo t decorrido é b) tem seu valor mínimo como imagem de algum x ∈  , 
maior que 24 minutos. 8 4
π
RESOLUÇÃO: c) seu período é igual a
8
Analisando o gráfico de E abaixo, tem-se  π 3π 
d) é estritamente crescente em  , 
16 16 

RESOLUÇÃO:
2 2
f(x) = |1 – 8sen (2x)cos (2x)| – 2 então, f(x) = |cos 8x| – 2
 π π
Pelo gráfico da função f temos que no intervalo  ,  a função
16 8 
 π 3π 
é estritamente crescente e no intervalo  ,  a função é
 8 16 
estritamente decrescente.
a) Verdadeiro
b) Verdadeiro
c) Falso, a variação da capacidade de reação não é constante
2t + 1 9
d) Verdadeiro : 24 = ⇒ 24t − 8 = 2t + 1 ⇒ t = hora
1 22
t−
3
t ≅ 24,6min

RESPOSTA: opção c

RESPOSTA: opção d
EA CFOAV/CFOINT/CFOINF 2009 PROVAS DE LÍNGUA INGLESA E MATEMÁTICA – CÓDIGO 11 10

49 - Considere num mesmo plano os pontos da figura abaixo, de tal o


1 ) toma-se um cubo de aresta 3pcm
forma que: 2o) em cada encontro de três arestas, retira-se um tetraedro cuja
base é um triângulo equilátero de lado p 2 cm e
(I) AW ≡ CW ≡ EW ≡ GW ≡ IW ≡ LW ≡ NW ≡ PW
3o) no sólido restante, são acopladas pirâmides triangulares de
(II) BW ≡ DW ≡ FW ≡ HW ≡ JW ≡ MW ≡ OW ≡ QW
altura 3p 3 cm e pirâmides octogonais de altura 3pcm ;
(III) ˆ ≡ BWC
AWB ˆ ≡ CWDˆ ≡ L ≡ PWQ
ˆ ≡ QWAˆ
ambos os tipos de pirâmides são retas e possuem bases
(IV) PC ≡ AE ≡ CG ≡ EI ≡ GL ≡ IN ≡ NA ≡ LP ≡ a coincidentes com as faces desse sólido.

Se o volume desse “sputinik” é xp3 cm3 , então x é um número do


intervalo

a) [ 73, 78 [ c) [ 83, 88 [
b) [ 78, 83 [ d) [ 88, 103 ]

RESOLUÇÃO:

3
(I) Volume do cubo: V = (3p)
V = 27p3cm3

A área da região sombreada da figura, em função de a, é Sbh


(II) Volume dos 8 tetraederos: V =
3
a) 6a2 − 4a2 2 c) 12a2 + 8a2 2
b) 6a2 + 4a2 2 d) 12a2 − 8a2 2 4p3
V= cm3
3
RESOLUÇÃO:

Pela figura temos: Sbh


(III) Volume das 8 pirâmides triangulares: V =
3

V = 12p3cm3

Sbh
(IV) Volume das 6 pirâmides octogonais: V =
3

2 2 2
(a – 2x) = x + x
2 2
2x – 4ax + a = 0
2a + a 2 V = 42p cm3
x' = (não serve)
2
2a − a 2
x" =
2
Entao, a área da região sombreada é dada por:

2
x2  2a − a 2  1
S = 8⋅ ⇒ S = 8⋅  ⋅
2  2
  2 (V) Volume do “sputnik”: V = (I) – (II) + (III) + (IV)
S = 6a2 − 4a 2
4p3
RESPOSTA: opção a V = 27p3 − + 12p3 + 42p3
3
239 3
V= p cm3
50 - Ultimamente, vários adereços têm sido utilizados em bailes e em 3
festas noturnas. Em alguns casos, “lá pelas tantas horas”, são 239
distribuídos óculos coloridos, colares, chapéus e plumas. É um dos x= ⇒ x ≅ 79,6
3
momentos de maior descontração na festa.
Em geral, acima da pista de dança, é colocado um objeto
luminoso, chamado “sputinik”. RESPOSTA: opção b
Considere um “sputinik” construído do seguinte modo: