CONTRATO DE TRESPASSE Entre: F1 ___________________, contribuinte fiscal n.º __________, portador Bilhete de Identidade n.º ______, emitido em _________ pelos S.I.C.

Lisboa, solteiro, maior, residente em ____________________, (adiante designado Primeiro Contratante), e F2 ___________________, contribuinte fiscal n.º _____________, portador do Bilhete de Identidade n.º ______, emitido em _________ pelos S.I.C. de Lisboa, casado, residente em ____________________, (adiante designado Segundo Contratante), É celebrado o contrato de trespasse nos termos das seguintes cláusulas: 1ª O Primeiro Contratante é titular de um estabelecimento comercial onde exerce a actividade de farmácia, sito em ___________, e com o nome "_____", estabelecimento comercial esse que funciona em local dado arrendamento por contrato celebrado em _____, sendo a renda mensal actual ________ . 2ª Pelo presente contrato, o Primeiro Contratante trespasse ao Segundo, que aceita, o estabelecimento "________", pelo preço de _________, o qual é pago nesta data, dando-se por este contrato integral quitação. 3ª O estabelecimento "_______" está devidamente licenciado através do Alvará n.º _______ emitido pelas entidades competentes, documento esse entregue ao Segundo Contratante, possuindo este habilitações e título bastante para a exploração de estabelecimentos de farmácia, sendo licenciado em Ciências Farmacêuticas e possuidor da Carteira Profissional n.º __________ emitida pela Ordem dos Farmacêuticos em ________ . 4ª 1. O Primeiro Contratante declara que o estabelecimento "_______" se encontra provido dos equipamentos, móveis, utensílios, medicamentos, acessórios e produtos próprios e necessários, e em estado adequado, à normal prossecução da actividade farmacêutica, nomeadamente venda de medicamentos ao público, conforme descrição constante do Anexo A ao presente contrato. 2. Os trabalhadores que laboram no estabelecimento "________" são os constantes da relação anexa como Anexo B, encontrando-se em dia todas as contribuições para a Segurança Social a eles inerentes. 5ª se de de de do de

com renúncia expressa das partes a qualquer outro. O Segundo Contratante comunicará a realização do presente trespasse aos serviços competentes do Ministério da Saúde. nos termos do n. O Segundo Contratante. o proprietário do local onde está instalado o estabelecimento "_________". para se manifestar quanto ao exercício do direito de preferência de que goza. para nele passar a prosseguir a respectiva actividade. em dois exemplares que incluem três anexos. 9ª Todos os litígios emergentes da interpretação e execução do presente contrato serão dirimidos pelo Tribunal da Comarca de ________. 8ª 1. 6ª a o O trespasse do estabelecimento "________" é efectuado livre de qualquer passivo. por forma a ser averbada no Alvará mencionado a presente transmissão. devendo enviar cópia de tal comunicação ao Primeiro Contratante. que dele toma posse. não tendo o mesmo manifestado interesse por tal exercício. O Primeiro Contratante. O estabelecimento comercial é entregue nesta data ao Segundo Contratante. 2. que vão devidamente rubricados pelas partes.º 1 do artigo 116º do Regime do Arrendamento Urbano. 7ª O Primeiro Contratante garante ao Segundo que notificou. não existindo dívidas a fornecedores de medicamentos e produtos conexos resultantes da actividade nele prosseguida. ficando um exemplar para cada parte. Feito em __________. em ____________.O trespasse do estabelecimento "________" inclui os créditos sobre Administração Regional de Saúde relacionados no Anexo C. renunciando Primeiro Contratante à respectiva cobrança. . por carta registada com aviso de recepção.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful