Você está na página 1de 35

Criando Spins do Fedora

Como criar o seu próprio Fedora


Preparação
● Criar diretório na pasta “home” do
usuário
– spins
● spins/cache/released/packages
● spins/ks
● Copiar arquivos RPM do DVD para:
● spins/cache/released/packages
● Configurar SELinux para o modo
Permissivo
Definição de Spins
● Termo se tornou uma marca forte do
Fedora
● É usado para denominar variantes
personalizadas da distribuição
● Envolve criar algo seu, mas que não deixe
de ser baseado no Fedora
● Existem vários Spins oficiais
– KDE
– Desktop (GNOME)
– XFCE
3
Possibilidades
● Alteração no conjunto de programas
padrão
● Alteração no comportamento padrão dos
programas
– Nautilus para modo navegador
● Inclusão de repositórios não oficiais
– Livna
● Localização
– Alterar mapa do teclado, idioma, fuso-horário
4
Possibilidades
● Configurações de segurança
– Firewall
– SELinux
● Configurações de vídeo
– Inicialização do X
– Resolução
● Configurações de serviços
– Serviços ativos e inativos

5
Aplicabilidade
● Normalmente Spins são utilizados para
cumprir objetivos específicos
● Podem ser bem aproveitados em
ambientes homogêneos
● Podem ser utilizados para a criação de
uma distribuição totalmente nova
● É possível gerar LiveCDs, LiveDVDs e
DVDs de instalação

6
Ferramentas
● Há uma diversidade de ferramentas para
a criação de spins
● São simples de serem utilizadas
● Serão utilizadas aqui as mesmas
ferramentas usadas pelos
desenvolvedores do Fedora
● Algumas são mais próximas do nível do
usuário e outras nem tanto
– Influi no grau de personalização

7
Revisor
● É uma ferramenta gráfica que possibilita
realizar várias personalizações simples
● Gera imagens Live e de instalação
● Permite a seleção de programas clique a
clique
● Aproveita configurações padrão para
facilitar para o usuário
– Fedora
– Red Hat Enterprise Linux
– CentOS
8
Revisor
● Vantagens
– Possui interface gráfica
– Avisa sobre o estado do SELinux
– Evita a edição de arquivos de configuração
● Desvantagens
– Em geral gera imagens muito grandes
– Não possibilita personalizações mais
específicas

9
LiveCD Tools
● É um conjunto de ferramentas para a
criação e manipulação de imagens live
● Gera imagens através do livecd-creator
● Utiliza arquivos kickstart para definir
programas e configurações
● Consegue gerar uma imagem Live com
apenas um comando

10
LiveCD Tools
● Vantagens
– Gera imagens mais enxutas que o Revisor
– Possibilita um alto grau de personalização
– Possui uma ferramenta para instalar a
imagem em um Pendrive
● Desvantagens
– É um pouco mais complexa que o Revisor
– É executada em modo texto
– Necessita a edição dos arquivos kickstart

11
Pungi
● Também é utilizada para compor spins
através da linha de comando
● Além disso, é um conjunto de bibliotecas
em Python para a construção de outras
ferramentas de composição
● É utilizada para compor as imagens de
instalação oficiais do Fedora

12
Pungi
● Vantagens
– É a base de todas as outras ferramentas
– É extremamente flexível
● Desvantagens
– Uso mais complexo que as outras
ferramentas
– Necessita da edição de arquivos de
configuração
● Arquivo próprio: /etc/pungi/pungi.conf
● Arquivos kickstart para a criação das imagens
13
Conhecendo e instalando o
Revisor

14
Arquivos Kickstart
● São os grandes responsáveis por fazerem
a mágica acontecer
● Possuem uma organização simples
● Lembram arquivos de código-fonte
– Podem ser modularizados
● Podem ser usados comandos pré-
estabelecidos para algumas
personalizações
● Podem abrigar scripts para a realização
de personalizações mais específicas
15
Arquivos Kickstart
● Estrutura básica de um arquivo .ks

# Meu spin

%include livecd-fedora-9-desktop.ks

# Definição dos pacotes


%packages

%end

# Configurações posteriores
%post

%end

16
Criando o nosso .ks
● O pacote livecd-tools já vem com alguns
.ks oficiais
● Vamos utilizá-los como base
● Arquivos estão disponíveis em:
– /usr/share/livecd-tools/
● Copiar os seguintes arquivos para a pasta
“spins” dentro da pasta pessoal do
usuário:
– livecd-fedora-9-desktop.ks
– livecd-fedora-9-base-desktop.ks
17
Criando o nosso .ks
● Precisamos criar um novo arquivo que
representará o nosso spin
● Este novo arquivo conterá
– Inclusão para um dos arquivos anteriores
– Personalizações de idioma
– Personalizações do ambiente
● Nomeio-o como meu_spin.ks

18
Criando o nosso .ks
● Usar o esqueleto disponibilizado
# Meu spin

# Definição dos pacotes


%packages

%end

# Configurações posteriores
%post

%end

19
Criando o nosso .ks
● Incluir o arquivo livecd-fedora-9-
desktop.ks
# Meu spin

%include livecd-fedora-9-desktop.ks

# Definição dos pacotes


%packages

%end

# Configurações posteriores
%post

%end

20
Criando o nosso .ks
● Incluir as configurações de idioma
# Meu spin

%include livecd-fedora-9-desktop.ks

lang pt_BR.UTF-8
keyboard br-abnt2
timezone America/Sao_Paulo

# Definição dos pacotes


%packages

%end

# Configurações posteriores
%post

21
%end
Criando o nosso .ks
● Incluir os pacotes de idioma
# Meu spin

%include livecd-fedora-9-desktop.ks

lang pt_BR.UTF-8
keyboard br-abnt2
timezone America/Sao_Paulo

# Definição dos pacotes


%packages

@brazilian-support
hunspell-pt
%end
...

22
Criando o nosso .ks
● Incluindo os programas que queremos
# Meu spin

...

# Definição dos pacotes


%packages

@brazilian-support
openoffice.org-langpack-pt_BR
hunspell-pt

@java
ntfs-3g
ntfsprogs
brasero
%end
23 ...
Criando o nosso .ks
● Excluindo os programas que não
queremos
...

# Definição dos pacotes


%packages

@brazilian-support
openoffice.org-langpack-pt_BR
hunspell-pt

@java
ntfs-3g
ntfsprogs
brasero

-abiword
-gnumeric
24 %end
Criando o nosso .ks
● Configurando o nautilus para modo
navegador
...

-abiword
-gnumeric

%end

%post

# Configura o nautilus para o modo navegador:


gconftool-2 --direct --config-
source=xml:readwrite:/etc/gconf/gconf.xml.defaults -s -t bool
/apps/nautilus/preferences/always_use_browser true

%end
25
Edição dos arquivos base
● É possível realizar personalizações
adicionais
● livecd-fedora-9-base-desktop.ks
– Alterar o estado do SELinux
– Alterar os repositório padrão
● livecd-fedora-9-desktop.ks
– Remover grupos de idiomas
– Alterar o tempo de login

26
Usando o livecd-creator
● Comando para criar a imagem (como
root)
– livecd-creator --cache=/home/usuario/spins/cache --
fslabel=Fedora-Spin --
config=/home/usuario/spins/ks/meu_spin.ks
● Arquivos necessários serão baixados e
depois instalados
● O processo de construção da imagem é
feito posteriormente

27
Uso da marca “Fedora”
● Há restrições para o uso da marca
● Nem todos os spins podem ser chamados
de “Fedora”
● Há processos definidos para que um spin
seja aceito como oficial
● Spins oficiais devem seguir todas as
diretrizes do projeto internacional

28
Uso da marca “Fedora”
● Spins oficiais só podem conter pacotes
que estão no Fedora
● Não é permitido usar repositórios não
oficiais
● Não é permitido incluir código patenteado
● Não é permitido incluir software
proprietário

29
Uso da marca “Fedora”
● Faça a sua própria distribuição
– O processo é facilitado
– A marca do Fedora pode ser facilmente
substituída
● Pacote fedora-logos e generic-logos
– Você tem liberdade para incluir o que quiser
● Você pode usar as mesmas ferramentas, o
repositório oficial e ainda adicionais mais pacotes
– Você ainda poderá usar a marca “Fedora
Remix”

30
Vantagens de usar o Fedora
como base para sua distro
● Diluição do custo de manutenção
– Você pode usar todos os aplicativos dos
repositórios do Fedora
– Manter apenas a sua marca em um
repositório separado
– Incluir repositórios não oficiais do Fedora
● Atualizações constantes
● Grande suporte da comunidade
● É importante trabalhar com o upstream!

31
Repositório de arquivos
kickstart
● Serão oferecidos aos usuários diversos
arquivos .ks em um pacote específico
● Você pode usá-los como base para o seu
spin
● Já incluirá kickstarts padronizados e
modulados
● Entre eles:
– Spin Desktop em Português
– Spin KDE
– Spin XFCE
32
Spin BrOffice.org
● Primeiro LiveCD oficial para o Brasil
● Criado com o intuito de oferecer o
software e a marca BrOffice.org aos
usuários
● Baseado no LiveCD Fedora Desktop
● Contemplará as personalizações de
idioma, mapa do teclado e fuso-horário

33
Spin BrOffice.org
● Passou pelo crivo das seguintes
instâncias do Projeto Fedora:
– Spin SIG
– Aprovação de uso da marca pela Fedora
Advisory Board
– Release Engineering
● Será distribuído via torrent
– Seeders serão bem-vindos
● Arquivo .ks disponível no Kickstart Pool
– http://git.fedorahosted.org/git/?p=spin-
34
Etapas finais
● Testando a imagem com o virt-manager
● Gravando a imagem no pendrive
– Procedimento não destrutivo
– df -h para ver os dispositivos
– livecd-iso-to-disk --overlay-size-mb 896 Fedora-Spin.iso
/dev/sdb1

35