Você está na página 1de 14

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO


CURSO DE BIBLIOTECONOMIA
DISCIPLINA: BIB03022 - GESTÃO DE RECURSOS INFORMACIONAIS

Professora: Jussara Pereira Santos


Aluna: Carla V. Rangel de Castilhos

PROGRAMA DE NECESSIDADES PARA REFORMA E AMPLIAÇÃO DAS


DEPENDÊNCIAS DA BIBLIOTECA SETORIAL DA MATEMÁTICA DA UFRGS

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA

a) designação: Biblioteca Prof. Antônio Rodrigues - Biblioteca Setorial da


Matemática;

b) mantenedora: Universidade Federal do Rio Grande do Sul;

c) tipo de biblioteca: universitária;

d) motivos da reforma: a área de consulta e estudo está mal organizada, a


área de trabalho dos funcionários está misturada à área de consulta e
existe muito espaço mal aproveitado;

e) objetivos da reforma: melhorar o atendimento aos usuários, construir


salas de estudo, melhorar a preservação do acervo e modificar o
layout para melhor utilizar os espaços disponíveis.
2 DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA

3 DADOS GERAIS DA BIBLIOTECA

a) componentes da equipe: 2 bibliotecárias, 4 funcionários e 4 bolsistas


(rotativos);

b) usuários registrados: 2.718;

c) usuários por tipo:

- professores: 108;

- alunos de pós-graduação: 307;

- alunos de graduação: 2.252;

- outros: 50.

d) fluxo de pessoas: máximo 20 usuários em horários de maior


movimento. Movimento regular de segunda à quinta-feira e baixo
movimento na sexta-feira. Os horários de pico situam-se entre 9h e
16h;

e) tipo de acesso ao acervo: livre;

f) dias e horários de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h30min


às 19h30min;

g) quantidades de volumes componentes do acervo e sua categorização


por tipo:

- total: 26.830 volumes;

- folhetos: 1652 volumes;

- CD’s: 55 volumes;

- livros: 23.023 volumes;

- periódicos: entre 30.000 e 35.000 volumes, aproximadamente. 395 títulos


de periódicos, 223 assinaturas correntes (coleção em crescimento).
h) serviços:

- empréstimo;

- comut (trocas de cópias de artigos de periódicos entre bibliotecas);

- catalogação na fonte (elaboração de fichas catalográficas);

- normalização de trabalhos acadêmicos;

- relatórios de novas aquisições para os professores.

i) dimensões: 375,95 m².

4 SETOR DE ACERVO

a) números de pessoas que trabalham no local: 4 bolsistas;

b) função exercida: guarda de material

c) mobiliário:

- estantes de metal;

- carrinho para transporte de livros.

d) existência de público no setor: 20 pessoas;

e) fluxo máximo de utilização do ambiente: 30 pessoas;

f) tipo de documentos:

- monografias;

- periódicos;

- folhetos.

g) números de volumes: 55.000 volumes;

h) condições de armazenamento:

- monografias: 45 estantes de metal de face dupla e 5 estantes de


face simples, com aproximadamente 30 volumes por prateleira. Há
um espaço de 1,20m entre as estantes;
- periódicos: 39 estantes de metal de face dupla e 7 estantes de
face simples. Alguns estão em caixas, outros estão amarrados, etc.
Há pouco espaço entre uma coleção de revistas e outra. Há um
espaço de 1,20m entre as estantes;

- folhetos: 1 estante de face simples, com os folhetos em caixas.

i) dimensões: aprox. 210 m².

5 SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO

a) números de pessoas que trabalham no local: 2 bibliotecárias;

b) função exercida:

- realizam o processamento técnico dos livros e periódicos;

- inserção de dados na base;

- comut (envio de material para outras bibliotecas);

- atendimento aos usuários;

- impressão de etiquetas;

- funções gerenciais;

- funções de chefia.

c) mobiliário:

- três mesas do tipo escrivaninha;

- três mesas de tamanhos diversos;

- duas estantes de livros pequenas;

- três cadeiras;

- dois armários.

d) equipamentos: 3 computadores;

e) existência de público no setor: 2 usuários, eventuais;


f) fluxo máximo de utilização do ambiente: 5 pessoas;

g) dimensões: aprox. 30 m².

6 SETOR DE PREPARAÇÃO DE ITENS PARA EMPRÉSTIMO

a) números de pessoas que trabalham no local: 2 funcionárias;

b) função exercida; etiquetar e carimbar livros;

c) mobiliário:

- 3 mesas;

- 3 cadeiras;

- 1 gaveteiro.

d) materiais empregados para o desenvolvimento da tarefa:

- livros;

- etiquetas;

- papel contact;

- carimbos, etc.

e) existência de público no setor: 6 usuários - 3 sentados e 3 circulando;

f) fluxo máximo de utilização do ambiente: 6 pessoas;

g) dimensões: aprox. 15 m².

7 SETOR DE EMPRÉSTIMO

a) número de pessoas que trabalham no local: 4 bolsistas e 2


funcionários;
b) função exercida;

- atendimento ao público;

- empréstimo;

- devolução.

c) mobiliário:

- 2 computadores;

- 2 balcões;

- 2 estantes de face simples;

- 1 mesa na parte interna;

- 4 cadeiras;

- 1 arquivo para cds;

- 1 frigobar;

- 1 estante para mantimentos;

- 2 armários para a guarda de material dos usuários (um baixo,


composto de 6 módulos com 4 armários cada e um alto, composto
de 2 módulos com 9 armários cada);

- 2 antenas de segurança;

- 1 mesa para o apoio de materiais.

d) materiais empregados para o desenvolvimento da tarefa: 2


computadores;

e) existência de público no setor: 20 usuários;

f) fluxo máximo de utilização do ambiente: 25 pessoas;

g) dimensões: aprox. 30 m².

8 SETOR DE LEITURA E CONSULTA


a) números de pessoas em estudo simultâneamente: 28;

b) mobiliário coletivo:

- 6 mesas de 3 m²;

- 28 cadeiras;

- 4 mesas para computadores;

c) equipamentos eletro-eletrônicos: 4 computadores;

d) dimensões: aprox. 48 m².

9 CIRCULAÇÃO

a) mobiliário:

- expositor;

- mural de recados.

10 NECESSIDADES PARA A AMPLIAÇÃO E REFORMA

11 SETOR DE ACERVO

a) função: armazenar livros e periódicos e possibilitar o acesso a eles;

b) localização: junto das janelas da parede sul;

c) pessoas circulantes: 15;

d) mobiliário:

- estantes duplas: 100 (50 para livros e 50 para periódicos);

- estantes simples: 4 (duas para livros e duas para periódicos);


e) equipamentos:

- termohigrômetro: 2;

- ar-condicionado: 4;

- desumidifcador: 2.

12 SALA DA CHEFIA

a) função: administrativa;

b) localização: junto das janelas da parede norte;

c) pessoas fixas: 1;

d) pessoas circulantes: 2;

e) mobiliário:

- mesa: 1;

- cadeiras: 3;

f) equipamentos:

- computador: 1;

- impressora: 1;

- ar-condicionado: 1.

13 SETOR DE REFERÊNCIA

a) função: atendimento aos usuários;

b) localização: ao lado do balcão de empréstimo;

c) pessoas fixas: uma;


d) pessoas circulantes: duas;

e) mobiliário:

- mesas: 2;

- cadeiras: 4;

f) equipamentos:

- computadores: 2;

- impressora: 1;

- ar-condicionado: 1.

14 SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO

a) função: colocar os materiais (livros, periódicos, etc.) no sistema;

b) localização: ao lado da sala da chefia;

c) pessoas fixas: duas;

d) pessoas circulantes: nenhuma;

e) mobiliário:

- mesas: 2;

- cadeiras: 2;

- estantes: 2;

f) equipamentos:

- computadores: 2;

- impressora: 2;

- ar-condicionado: 1.
15 SETOR DE PREPARAÇÃO DE ITENS PARA EMPRÉSTIMO

a) função: preparar os materiais para empréstimo;

b) localização: na sala de processamento técnico;

c) pessoas fixas: 2;

d) mobiliário:

- mesas: 2;

- cadeiras: 2;

e) equipamentos:

- computadores: 1;

- impressora: 1.

16 SETOR DE EMPRÉSTIMO

a) função: emprestar e receber livros dos usuários;

b) localização: na entrada, próximo a porta;

c) pessoas fixas: duas;

d) pessoas circulantes: 30;

e) mobiliário:

- balcão com parte rebaixada para cadeirantes:

- cadeiras: 2;
- estantes simples: 2;

f) equipamentos:

- computadores: 2;

- impressora: 2;

- ar-condicionado: 1.

17 SETOR DE LEITURA E CONSULTA

a) função: leitura e consulta do material;

b) localização: junto ao acervo;

c) pessoas circulantes: 10;

d) mobiliário:

- poltronas: 6, espalhadas entre as estantes;

- escrivaninhas: 4;

- cadeiras: 4.

18 SALAS DE ESTUDO EM GRUPO

a) função: permitir o estudo em grupo;

b) localização: junto às janelas da parede sul, próximo ao acervo;

c) número: 4;

d) pessoas: 20, 5 por sala;

e) mobiliário:
- mesas: 1 por sala;

- cadeiras: 5 por sala;

f) equipamentos:

-computadores: 1 por sala;

- ar-condicionado: 1 por sala.

19 SALAS DE ESTUDO INDIVIDUAIS

a) função: possibilitar o estudo individual;

b) localização: ao lado das salas de estudo em grupo;

c) número: 10;

d) pessoas: 10;

e) mobiliário:

- mesas: 1 por sala;

- cadeiras: 1 por sala;

f) equipamentos:

- computadores: 1 por sala;

- ar-condicionado: 1 por sala.

20 REQUISITOS FÍSICOS

A obra e o projeto precisam seguir as normas NR – 17 Ergonomia, NBR 10152:


Níveis de Ruído para Conforto Acústico e NR-26: Sinalização de Segurança.
21 SEGURANÇA

4. 1. 1 Furtos

Deve ser feita instalação de circuito fechado de tv (CFTV). As antenas antifurto


devem ser colocadas após os armários para guarda de material. As janelas e os
aparelhos de ar-condicionado devem estar protegidos por grades.

4. 1. 2 Incêndios

O local precisa de sinalização das saídas de emergência, instalação de portas


corta-fogo, sistemas de alarme automáticos e de extinção. Sistema de gases inertes
devem ser instalados, especialmente nos setores de acervo.

4. 1. 3 Inundações

As instalações hidráulicas precisam ser substituídas e o acervo deve ser


isolado de canos e calhas. Além disso, o ambiente deve ser impermeabilizado para
evitar vazamentos de um andar para outro.

4. 1. 1 Ventos

Brises-solei devem ser instalados nas janelas para permitir a proteção em


casos de ventanias e temporais.

22 LEIAUTE

O leiaute deve ser panorâmico, isto é, com divisórias superiores transparentes,


que permitam uma vizualização de toda a biblioteca por parte dos setores de chefia
e empréstimo.
23 CONFORTO AMBIENTAL

O sistema de ar-condicionado precisa ser independente entre as salas e o


acervo, conforme descrito anteriormente. Ventiladores devem ser instalados junto ao
acervo para casos de emergência e as janelas devem possuir brise-solei.

24 ILUMINAÇÃO

As lâmpadas devem ser do tipo fluorescente com proteção (filtros). Cada mesa
individual deve ter uma luminária móvel, em formato de cone, para lâmpadas
incandescentes.

25 ACÚSTICA

As salas de estudo devem ter vidros duplos e carpetes para isolar o som.

26 CORES

O piso deve ser frio, de cor escura. As paredes devem ser claras, em tons
beges. As salas de estudo devem proporcionar concentração, portanto devem
apresentar tons de amarelo. A sala de processamento técnico deve ter tons de
verde, que traz harmonia e que menos fadiga a visão. Por fim, a da chefia deve ter
tons de azul, pois facilita a comunicação.