Você está na página 1de 70

Copyright 2011 por Cláudio Nunes Horácio

Capa Cláudio Nunes Horácio
(C&C Catálogos)

Tetélestai - Está Consumado
Cláudio Nunes Horácio ISBN XXX-XX-XXXXXX-X-X

Este livro pode ser reproduzido, divulgado e citado desde que seja sem fins lucrativos.

Contato com o autor: claudiodocaminho@gmail.com www.sustodeamor.blogspot.com

meu amor: Adriana Rocha. Obrigado pelas dicas. batalhadora. por fazer os contatos necessários para o registro da obra. Escritora talentosa. por enviar-me o arquivo de seu livro para que eu pudesse ver como o montou. por tudo. sou tão somente um recipiente de carne que abriga a graça de Deus na vida. 5 . amiga. meu bem. mas que está dentro de nós. A Ele sejam a honra e a glória. hoje e pelos séculos dos séculos. Reconheço todos os talentos que me foram dados por Ele e procuro multiplicá-los para a glória do Seu Reino que não vem em visível aparência. por arrumar os últimos detalhes do arquivo.AGRADECIMENTOS Agradeço a Deus pelos muitos dons maravilhosos que Ele me proporcionou na vida. uma mulher que admiro e amo. Amém! Agradeço à pessoa que primeiro me incentivou a escrever este livro. companheira. enfim. Obrigado! Jesus em você lhe faz maravilhosa. que Ele abençoe a você e aos seus amados. Nada vem de mim.

meu irmão Ivo. Wendel. paz. Cláudio Agradeço ao meu irmão Mauro. Mano. antes de tudo. paz seja sobre você e os seus amados. Luciene. meu irmão: Graça. pastor amado como eu. Bella. que nos amou primeiro e nos deu o exemplo. 6 7 . Alan é um servo do Senhor Jesus. pela qual pude alterar algumas coisas. amor e sabedoria sejam sobre você e os seus amados. René é um servo do Senhor Jesus. que revisou este livro e sem o qual não teria condições de corrigi-lo. o qual ensinou-me o que conheço hoje do Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo e sem o qual este livro não existiria. Obrigado ao Roberto. meu sobrinho Paulinho. um remanescente que não foi contaminado pelos muitos outros evangelhos que invadiram o Brasil. Lara Tereza. Mano: Graça. paz. sem que o livro existisse ainda. René. confiou de cara no Evangelho que prego e disse que encomendaria alguns livros para presentear aos amigos. Obrigado à minha amiga Deka. mas que Deus sabe quem são. e é mais um que não se contaminou pelos muitos outros evangelhos que invadiram o Brasil. que leu carinhosamente o manuscrito enquanto não havia capítulos nem divisões definidas e por sua opinião sincera. a Rô e a Clélia. a todos os manos do Caminho da Graça e tantos outros que posso não ter citado. Isto. O Amor de Jesus seja sobre você e os seus. que também leu este livro antes de haver capítulos ou divisões definitivas.Obrigado ao irmão amado e amigo querido. Talita. amor e sabedoria sejam sobre você e os seus. Mana do Caminho: obrigado! Nele. pastor amado como eu. dentro e fora. Aos muitos amigos que me estimularam: Edu. minha filha Larissa. que o conhecimento e a sabedoria de Deus invadam tudo em você. Meu muito obrigado ao Caio Fábio. mentor amado. René. Dora. Seus dons são incríveis! Jesus é com você! Paz seja sobre você e a sua casa. Ao Alan Capriles que. que me fizeram refazer a capa. Chico.

...........4 – Quem são os samaritanos.....114 3........014 1...............022 1..................................................................................................Noções básicas do Evangelho................. o que é graça?..........7 – Igreja..................................................1 – Vivendo na graça........059 1.....................6 – Sinédrios.......041 1...3 – Sinédrio apostólico............................................................................. 014 1...... 082 2....................................................................... 095 CAPÍTULO 3 ...............Quem é Jesus?.............2 – Reconhecendo o que não pode dar certo..5 – O dízimo....................................063 CAPÍTULO 2 .Vida consciente...........068 2..................................................................2 – O que os crentes não estão entendendo...051 1..SUMÁRIO AGRADECIMENTOS......................................... 005 PREFÁCIO.....................................2 – Vinho novo requer odre novo................034 1.114 3......128 9 ............................. 122 CAPÍTULO 4 ............................................068 2........1 – As duas dimensões da cruz.....................Pensando a história.........1 – Quem são os grupos religiosos que lemos na bíblia................................. 010 CAPÍTULO 1 .......3 – Mas afinal..........

Agora saiba: “Quem nele crê não é julgado.PREFÁCIO Na época do Novo Testamento. era colada em sua cela a ordem de soltura. Aquilo que Jesus disse é idêntico à ordem de soltura dos presos: está pago. pois.18). este selo. publicamente os expôs ao desprezo. e. vos deu vida juntamente com ele. nossos pecados. poderia ser libertado. o que não crê já está julgado. perdoando todos os nossos delitos” (Colossenses 2. Já que está consumado.” (Colossenses 2. quando um preso condenado cumpria a sua pena. veremos A-CA-BOU! 10 11 . rendeu o espírito” (João 19. E é sobre as diversas histórias e os diversos convívios que tratarei neste livro. consumado.14-15). porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (João 3. Nesta ordem havia um sinete feito pelo imprimatur com a palavra “TETÉLESTAI”. despojando os principados e as potestades. lemos: “Quando. que era contra nós e que constava de ordenanças. sua sentença foi cumprida. está terminado. feito em cera quente era a garantia de que o preso havia cumprido sua sentença e de que ESTAVA PAGO e. o qual nos era prejudicial. triunfando deles na cruz. Esta chancela. foram pagos pelo Filho de Deus.13).30). Jesus tomou o vinagre. “tendo cancelado o escrito de dívida. disse: TETÉLESTAI! (Está consumado! Está Pago! TERMINOU!) E. inclinando a cabeça. portanto. que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne. encravando-o na cruz. Na crucificação de Jesus. Nossas dívidas. Jesus. Agora não somos mais devedores. removeu-o inteiramente. “E a vós outros.

É muito claro que nossa metamorfose apenas começou ao chorarmos a primeira vez no momento do parto e só acabará quando todos nós nos tornarmos plenamente semelhantes a Ele: Jesus! Acomode-se e venha comigo nesta incrível viagem rumo à percepção do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.os olhares. Cláudio 12 . Só depende de viajarmos no tempo de nossa história para reencontrarmos com cada ser que já fomos. Façamos uma viagem interior para buscar nossas muitas personalidades transformadas pela graça de Deus. somos muitos. pois. os nossos erros e acertos no decorrer de nossas vidas no planeta Terra. as percepções. como o possesso de Gadara.

Quem são os membros de um dos principais grupos religiosos gentios hoje? Quem acha que o Reino é só deles e que todo o resto do mundo é filho do diabo? Os fariseus seguiam rigorosamente a Lei de Moisés e as tradições e os costumes dos antepassados. Quem hoje diz que segue a bíblia. Quem tem ensinado hoje que os dons cessaram. Faziam parte desse grupo. grupo religioso dos israelitas. Quem briga entre si hoje.CAPÍTULO 1 NOÇÕES BÁSICAS DO EVANGELHO: 1. mas que na verdade segue. além da bíblia. os sacerdotes e as pessoas ricas e de influência. Quem tem ressuscitado a lei hoje? ensinamentos Os saduceus negavam a ressurreição. Os fariseus não se davam com os saduceus. que não há mais milagres e são frios como ‘iceberg’? 14 15 . mas se une para combater outro grupo religioso e os pregadores da graça de Jesus? Os saduceus eram membros de um pequeno. os costumes e as tradições religiosas? Os fariseus acreditavam na ressurreição e na existência de seres celestiais. mas se uniram a eles para combater a Jesus e aos seus seguidores. Quem faz parte deste pequeno e seleto grupo clerical hoje? Os saduceus baseavam os seus principalmente no pentateuco. mas poderoso. o juízo final e a existência de anjos e espíritos. Quem são os separatistas hoje? Os fariseus eram membros de um dos principais grupos religiosos dos judeus.QUEM SãO OS GRUPOS RELIGIOSOS QUE LEMOS NA BÍBLIA? Identificando os grupos em nossos dias: Fariseu significa os separatistas.1 .

eu porém vos digo”. Por que eles não aceitaram que Jesus era o Messias? Simples. que Ele escandalizasse os Judeus e Se pusesse acima de Moisés como Ele fazia dizendo: “ouviste o que foi dito. dos saduceus e dos escribas? DE QUEM VOCÊ É DISCÍPULO? Esses personagens que descrevi acima eram TODOS CRENTES. Os escribas criaram aos poucos um sistema complicado de ensinamentos conhecido como “a tradição dos anciãos”. Porque segundo a hermenêutica tradicional. que fosse amigo de samaritano. foi com eles que Jesus teve os maiores confrontos. eles gerenciavam o Reino de Deus na Terra.. Jesus Cristo JAMAIS poderia ser o Messias. eles “faziam a obra”. Eles eram chamados também de “doutores da lei”. A qual de nós Jesus ainda censura por termos nos tornado discípulos dos fariseus. Era inaceitável que o Messias vivesse daquela maneira que Jesus viveu.Os saduceus não se davam com os fariseus. era se colocar ACIMA delas e isso os fanáticos religiosos NUNCA 16 17 .. que Ele não cumprisse as tradições. eles se achavam os certos. O que de fato Jesus estava fazendo era NEGAR as interpretações malucas das Escrituras. mesmo sendo da mesma religião? O escriba era o homem que copiava e interpretava a lei de Moisés. Quais grupos religiosos não se dão hoje. Quem são hoje os modernos escribas? Quem interpreta oficialmente a bíblia hoje? Quem são os que compilam “a tradição dos anciãos” hoje? Quem sistematiza o ensinamento das Escrituras e são considerados os intérpretes autorizados das Escrituras? Jesus censurou os escribas! Eles tiveram parte na morte de Cristo e perseguiram a Igreja primitiva. São estes os únicos a darem trabalho pra Jesus e inclusive matá-Lo.

assim como é inaceitável para os modernos fariseus igualar crentes e descrentes. ou seja. pois “texto fora de contexto é pretexto para heresia”. Caio Fábio que me ensinou que Jesus é a chave hermenêutica que abre as Escrituras. que Jesus JAMAIS poderia ser o Messias. divorciados e casados. há 2000 anos atrás. tiraram os textos de seus contextos para provar que Jesus era o Cristo e isso na regra hermenêutica que aprendi é totalmente errado. heterossexuais e homossexuais. até acabar. escravos e livres. como judeus e gentios. mas me tornara discípulo da religião e do cristianismo? Eu reli o antigo testamento em ordem cronológica dia após dia. brancos e negros. Paulo. o autor aos Hebreus entre outros. Era inaceitável Jesus igualar as pessoas. que a interpretação das Escrituras conforme a igreja praticou desde Constantino é TOTALMENTE ERRADA. 18 19 . sempre ficam violentos e cegos a ponto de matar. Com isso dei início às minhas pesquisas sobre hermenêutica e reencontrei o Rev. logo vi que os judeus estavam certos. filhos de Deus e filhos do diabo. homens e mulheres. Quando eu cheguei ao Novo Testamento com todas as informações fresquinhas na minha cabeça. Aí ou eu apostatava da fé em Jesus. Por que cheguei a esta conclusão? Porque são inúmeras passagens bíblicas onde Mateus. ininterruptamente por muitas horas. Foi assim antes. fiéis e adúlteros. magros e gordos. Pensei comigo: “se eu fosse judeu eu também não acreditaria que Jesus é o Cristo”! Ele seria no máximo um falso Messias.aceitam. que a única forma correta de ler a bíblia é a partir de Jesus. israelitas e samaritanos. ou continuava crendo que Jesus é o Messias e que o problema está na hermenêutica. e é assim hoje! Os fariseus e companhia não aceitam que algo seja CONTRA a interpretação limitada que têm das Escrituras. Como eu finalmente entendi que não era discípulo de Jesus.

Faça você mesmo o teste. pegue a sua bíblia e a cada versículo do Antigo Testamento mencionado nos livros que citei acima. cartas de Paulo e Hebreus. Aí um universo imenso se abriu diante de mim e enxerguei TUDO muito diferente dos mais de vinte anos de protestantismo presbiteriano. ou Jesus não é o Messias ou a hermenêutica tradicional NÃO serve para interpretar as Escrituras! Você decide! 20 21 . vemos que não dá para aceitar o argumento dos apóstolos como prova SE usarmos as regras da hermenêutica tradicional. vá no texto original do Antigo Testamento e veja o contexto e observe que os textos originais não estão dizendo nada do que os autores do Novo Testamento dizem em relação a eles.Então temos de entender as Escrituras a partir de Jesus e não Jesus a partir das Escrituras. tire a prova dos 9. a saber: Mateus. mas quando lemos estes textos junto com seus contextos no Antigo Testamento. Pela primeira vez depois da minha conversão eu entendi o Evangelho de Jesus Cristo. Então. As citações são dos textos fora dos seus contextos para provar o que os escritores do Novo Testamento queriam provar.

tem que ser exatamente aquilo que Jesus ensinou e não QUALQUER outra doutrina maluca que Ele NÃO ensinou. quer seja oportuno. se pregarmos doutrina que TEMOS que fazer isso ou aquilo. Temos que pregar o Evangelho de Jesus Cristo e NÃO OUTRO evangelho. repreende. de obras. pelo contrário. caímos da graça e vamos pro inferno porque tentamos nos tornar justos perante a imposição de regras. porém.2 . se assim o fizermos. O que isso significa? Significa que o Evangelho proclamado. suporta as aflições. ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado. perante Deus e Cristo Jesus. exorta com toda a longanimidade e doutrina. o Evangelho que pregamos. 9 Assim. seja anátema. de regulamentos. somos MALDITOS DE DEUS como podemos ler em Gálatas 1: “8 Mas. como já dissemos. cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças. que há de julgar vivos e mortos. cumpre cabalmente o teu ministério. insta.1. se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes.” O que muitos crentes não estão entendendo é que não basta pregar QUALQUER COISA em Nome de Jesus. faze o trabalho de um evangelista. 4 e se recusarão a dar ouvidos à verdade. pela sua manifestação e pelo seu reino: 2 prega a palavra. como que sentindo coceira nos ouvidos. pois. e agora repito. corrige. seja anátema.” Além disso.O QUE OS CRENTES NãO ESTãO ENTENDENDO II Timóteo 4: “1 Conjuro-te. sê sóbrio em todas as coisas. 3 Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina. quer não. entregando-se às fábulas. de leis conforme lemos em Gálatas 5: 22 23 . 5 Tu.

“Vós sois meus amigos. paz.” Tudo isso é muito sério. O objetivo do diabo é matar. ou seja. que toma conta das viúvas e dos órfãos. é aquela que aquece o coração gelado. temos de dar bons frutos. Quando alguém prega OUTRO evangelho. roubar e destruir. ou seja. Então. Jesus ensina que toda árvore boa produz bons frutos. como Seus discípulos. longanimidade e misericórdia. quando uma pessoa que se diz pastor ensina coisas que 24 25 . na verdade este está servindo ao diabo. O Evangelho verdadeiro é que Deus estava em Cristo reconciliando-Se com o mundo e isso foi e é feito através da Sua graça. então. pois de conhecermos o Evangelho verdadeiro. mas teve um alto custo pra Ele. é aquela encontrada nos justos (entenda-se justo como aquele que foi justificado por Cristo). aceitamos Seu imenso sacrifício por nós. portanto.“4 De Cristo vos desligastes. o aceitarmos e praticá-lo depende nossa salvação. é aquela que produz aroma suave. vós que procurais justificarvos na lei. é de graça mesmo. é aquela que dá comida aos pobres. conhecemos e sabemos quem são os dEle quando os frutos são frutos de justiça. Não basta dizer que crê em Jesus. isso é o que as Escrituras nos ensinam. pois é ele o pai da mentira. se fazeis o que eu vos mando” (João 15:14). isso é o que necessitamos praticar. Isso é o verdadeiro Evangelho e não OUTRO evangelho. é aquela que prega a Verdade e que não se desvia para encher seus templos. não tem custo pra nós. da graça decaístes. A fé que salva é a fé viva e eficaz. amor. pois até o diabo crê e treme. isso é o que temos e devemos pregar. pois é pelo fruto que se conhece a árvore. E só cremos em Jesus quando praticamos o Evangelho por Ele nos ensinado e quando pregamos Jesus Cristo crucificado. ao crermos na justiça de Cristo a nosso favor. que socorre os feridos.

então nos acomodemos e acreditemos nas mensagens que o inferno nos trás. ou seja. este sujeito está servindo ao inferno e aqueles que nele crerem irão se perder e morrer sem salvação. lhes respondo que é melhor esse emissário de Satanás não fazer nada do que contaminar o povo com um OUTRO evangelho. dos ensinos. Muito bem. Agora você que NUNCA leu nem ao menos um dos Evangelhos me responda: como é que você irá conhecer a Deus se NUNCA se dispôs a ouvi-Lo através da Palavra contida nas Escrituras? Os “evangélicos” de hoje agem como os católicos de sempre. O que me deixa indignado é que muitos crentes não aceitam os apologistas falarem A VERDADE daqueles que são. muitos não gostarão e nos atacarão e muitos serão feridos pela verdade do Evangelho e acordarão para aceitarem suas verdades e receberem a vida eterna. o sacerdote falou. Sei que há muitos analfabetos em nosso país. porque são ignorantes dos textos. portanto fere quem ouve e quem prega. A pregação do Evangelho verdadeiro fere dos dois lados. malditos de Deus e vêm em sua defesa. pois estes que acreditarem neste evangelho do diabo NUNCA mais irão querer saber do VERDADEIRO Evangelho. Isto significa que ao pregarmos a Verdade. de pesquisar e de se dedicar a conhecer e a entender aquilo que chamam de A PALAVRA DE DEUS. por isso erram por não conhecerem as Escrituras. 26 27 . Mas a acomodação e a facilidade em acreditar no que um ungidão qualquer diz é mais prática e exige NADA deles. então está correto. é o certo. de estudar. certamente conseguiriam deixar de ser analfabetos. mas se verdadeiramente quisessem conhecer e entender e saber realmente o que Deus nos revelou. muitos anônimos me escrevem dizendo que o pastor tal ou qual faz a obra e que para criticá-lo a pessoa tem de fazer mais do que ele. com um evangelho FALSO E MENTIROSO.Jesus ensinou diferente e até ao contrário. tão somente porque tiveram preguiça de ler. sabe por quê? Porque esses falsos profetas atam fardos pesados neles. ou seja: estes estão defendendo o diabo e ainda pensam que estão servindo a obra de Deus. segundo a bíblia. pois é espada de dois gumes. Outra coisa.

portanto. não para fazer a minha vontade.38-39). mas que eu o ressuscite no último dia. nem os principados.14). Como sabemos. que está em Cristo Jesus. e o que vem a mim. nem a profundidade. nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus.mas eles mesmos não os carregam. Acontece que quem aceitou o Senhorio de Jesus está seguro. Então. nem do porvir. amanhã e sempre. isso tudo é mentira do diabo. de modo nenhum o lançarei fora”. Como disse Jesus: “Porque eu desci do céu. pelo contrário. depende da aceitação do Senhorio de Jesus e a nossa garantia de permanência nEle é o Seu Espírito Santo e a Sua própria promessa de nos guardar (Efésios 1. mas a vontade daquele que me enviou. NUNCA mais perderão NADA. invencíveis SEMPRE. nem a vida. serão vencedores. estamos bem certos “que nem a morte. hoje. nosso Senhor” (Romanos 8. ou doentes. esse virá a mim. nem os anjos. pois Jesus em João 6:37 nos ensina: “Todo aquele que o Pai me dá.” (João 6. ou se divorciarem dirão: “JÁ FUI EVANGÉLICO E O EVANGELHO NÃO FUNCIONA. nem os poderes. tenha a vida eterna. Porquanto esta é a vontade de meu Pai: Que todo aquele que vê o Filho e crê nele. nem você mesmo conseguirá separarse de Jesus se um dia o Evangelho realmente tiver lhe alcançado. nem a altura. NUNCA mais serão abandonados pelo cônjuge.38-40) A nossa salvação. não pelo ungidão. temos de ser levados pelo Pai. mas os ingênuos não sabem disso. E a vontade do que me enviou é esta: Que eu não perca nenhum de todos aqueles que me deu. É MENTIRA E EU NUNCA MAIS CREREI EM JESUS E EM NINGUÉM”. e quando somos trazidos a Ele pelo Pai. então quando ficarem ou pobres. NUNCA mais terão dificuldades financeiras. Jesus não nos lança fora. O que é ter um Senhor? 28 29 . prósperos. primeiro para ir a Jesus. e eu o ressuscitarei no último dia. Por isto. nem as coisas do presente. porque ensinam heresias do tipo: venham para Jesus e NUNCA mais ficarão doentes.

é pecado hoje. mas executa a vontade de seu dono. se temos um Senhor. pecamos. Só crê em Jesus aqueles que praticam Seus ensinamentos. Como assim? Sabemos que somos pecadores. A salvação é tão somente pela fé em Jesus. terão lugar no inferno juntamente com Satanás e seus demônios. Nós não somos de nós mesmos.Senhor é um soberano. aquele que governa as nossas vidas e.47). não é a religião que salva uma pessoa: é a fé viva em Jesus que a salva. no que é bom. não é morta nem passiva. portanto. abomina a prática. Primeiro vem a fé que salva o individuo. seriam salvos. ou seja. São somente os convertidos que herdarão o Reino de Deus. Então. pois foi salvo por Cristo na cruz e não pode sentir prazer no pecado. mesmo que peque. 30 31 . não tem nada a ver com o que praticamos ou fazemos. pois a fé que salva é ativa. Ele não estava dizendo que aqueles que crerem nEle verbalmente e intelectualmente teriam a vida eterna. no que é digno. são na verdade convencidos e jamais convertidos. mas a salvação que Jesus veio nos oferecer não é pelas obras. portanto aquele que ama a Deus odeia o pecado e não sente prazer no pecado e por isto. Quando Jesus disse “Quem crê em mim tem a vida eterna” (João 6. Não é por medo. depois vem a santificação que o faz caminhar nos trilhos do Evangelho com o maior prazer. nossas vidas e nossos frutos serão segundo os parâmetros estabelecidos por este Senhor. Os convencidos que vivem na prática do pecado. será pecado para sempre. estamos sujeitos aos mandamentos de Jesus que é o Nosso único Senhor e dono. no que é honroso. mas por amor que os convertidos que amam a Jesus e Lhe são infinitamente gratos. O escravo não faz a sua própria vontade. os outros que confessam a Jesus sem prática alguma. procuram viver no bem. Tanto a salvação quanto a santificação são graça de Deus. sabemos que por sermos pecadores. portanto. Então o que era pecado ontem. é viva e eficaz.

Há pecados praticados do lado de fora da gente, mas há pecados praticados do lado de dentro da gente igualmente. Por exemplo: “Ouvistes o que foi dito aos antigos: Não matarás; e: Quem matar estará sujeito a julgamento. Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo.” (Jesus) Isto significa que mesmo que não matemos alguém do lado de fora, quando desejamos a morte de alguém do lado de dentro, já nos tornamos assassinos diante de Deus. Com esta ampliação mostrada por Jesus sobre a justiça de Deus, TODOS nós somos culpados de pecado, pois para pecadores cumprirem a ordem de não se irar com o irmão é impossível. Por isso a lei, as ordens de Deus, não podem nos salvar, mas tão somente aumentar a nossa culpa. Justamente por isso Deus manda e Jesus Se oferece ANTES da fundação do mundo para através da Sua GRAÇA, favor imerecido SEM CUSTO pra nós, vir e morrer

por nós e nos salvar da morte eterna ou do inferno. Então basta você dar o primeiro passo que é crer em Jesus Cristo e aceitar que Ele é o Messias, o Filho de Deus, que isto já será o gatilho para que todo o resto lhe aconteça: Justificação, Regeneração, Salvação e Santificação. Não importa a ordem e não importa o nome. Importa ser Nova Criatura em Cristo Jesus.

32

33

1.3 - MAS AFINAL, O QUE É GRAÇA? A melhor maneira de entender a graça é lendo o livro bíblico de Romanos escrito por Paulo, o apóstolo. É lá que conseguimos enxergar claramente o significado da graça de Deus. Quando vamos a um show com entrada franca, sabemos que não iremos pagar absolutamente nada para entrar, sabemos que é de graça, é gratuito e portanto nada precisaremos fazer para entrar. Não há pagamentos a fazer para que a nossa entrada seja possível, desta maneira, não ficamos na bilheteria tentando pagar para entrar num show que é de graça. A graça de Deus é igualmente sem custo para nós, é favor imerecido, é Deus nos presenteando sem que tenhamos méritos, sem que precisemos merecer esse favor. Paulo nos ensina em Romanos que se a salvação “é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça” (11.6), pois “ao que trabalha, o salário não é considerado como favor (graça), e sim como dívida” (4.4),

portanto, o que a Palavra nos ensina é que para herdarmos a vida eterna, basta não tentarmos ficar na bilheteria do céu tentando pagar pelo favor imerecido que Deus já nos concedeu de graça, através unicamente da fé em Seu Filho, Senhor Jesus Cristo. Caso tentemos pagar ou fazer por merecer a nossa salvação através de nossas boas obras, estaremos com isto declarando para Deus que não aceitamos o que Jesus fez por nós, e que Jesus é mentiroso, que Seu grito de “está consumado” é mentira. Significa que não acreditamos na veracidade do TETÉLESTAI de Deus para a humanidade. Com isto estaremos negando a graça de Deus e dela desistindo e, por isto, caímos da graça conforme Gálatas 5.4. Por outro lado, Paulo nos explica que a graça de Deus não é graxa de Deus, que é favor imerecido, que o mérito é dEle que nos chamou, mas que não é para usarmos da graça para darmos lugar aos nossos desejos perversos, às nossas inclinações para o mal e ao pecado. “Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que seja a graça mais abundante? De modo nenhum!

34

35

Como viveremos ainda no pecado, nós os que para ele morremos?” (Romanos 6.1-2). E mais: “Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei, e sim da graça? De modo nenhum! Não sabeis que daquele a quem vos ofereceis como servos para obediência, desse mesmo a quem obedeceis sois servos (escravos), seja do pecado para a morte ou da obediência para a justiça?” (Romanos 6.15-16). Portanto nossos frutos de justiça, de amor, de paz, de longanimidade, de santidade, de amizade, de perdão, de acolhimento, de obediência são naturais nos renascidos de Deus, naqueles que creram e colocaram-se sob o Senhorio de Jesus. Não pode haver frutos ruins numa boa árvore, portanto, como disse Jesus: “Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus. (Mateus 7.16-17). Então é claro que se somos de Deus, somos gente boa dEle na vida, com o próximo, pois não é porque tivemos

o patrocínio de Deus para herdar a vida eterna, que por isto iremos destruir o show, ou proibir alguém de entrar. A exemplo daqueles que vão aos shows com entradas francas na vida e não destroem tudo, mas participam de tudo com alegria, nós igualmente entramos e nos mostramos gratos pela entrada gratuita que nos foi oferecida. E pela mesma graça acolhemos aos necessitados, amamos aqueles que desconhecem a Deus e que estão de fora do corpo de Cristo, que são todos os que não vivem por Deus e para Deus. Amamos porque Deus nos amou primeiro (1 João 4.19), agimos iguais a Ele, porque Ele nos deu o exemplo para seguirmos aos Seus passos (1 Pedro 2.21). Sendo assim, não interessa a diferença que encontramos nas pessoas, se são pervertidas, se são profanas ou filhas do ódio, não podemos nos deixar contaminar pelo mal, mas devemos vencer o mal com o bem (Romanos 12.21). É esta graça que acolhe, que sofre o dano (Mateus 5.40), que salva, que nos faz crescer em consciência diante de Deus, dos Homens, da vida e do nosso interior. Por tudo isto, a graça não é graxa de Deus, é grata, é

36

37

mediante a fé. só os anjos são chamados a separar o joio do trigo. ou seja.24). é dom de Deus. quem. se não tiver obras. Então.” (João 6. também a fé. “Porque pela graça sois salvos.47). temos as seguintes verdades do Evangelho para mantermos em mente: 1) A Salvação é pelas obras? Não. mas frutos adquiridos depois que a salvação nos alcançou de graça. não crer será condenado. se alguém disser que tem fé.16). “Em verdade.22). Pelo exposto acima. da justiça e do juízo (João 16. mas não tiver obras? Pode.” (João 5. por si só está 38 39 .” (Efésios 2.abundante. Portanto nossas obras atestam e certificam a nossa fé em Jesus. “Em verdade. temos em nós os frutos do Espírito Santo (Gálatas 5.14). Não são meios de alcançar a salvação eterna. para que ninguém se glorie. 4) Como sabemos se uma pessoa é salva ou não? Na verdade NÃO sabemos. 3) Os que creram serão condenados no dia do juízo? Não. mas Tiago contrasta a fé viva com a falsa fé que é morta: “Meus irmãos. acaso. e isto não vem de vós. 2) É por fé? Sim. semelhante fé salválo?” (Tiago 2. longanimidade. paz. 2) Se cremos em Jesus Cristo e no Evangelho. concluindo temos: 1) A salvação e portanto nossa ida para o céu é de graça e pela graça de Deus através da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. amor.” (Marcos 16. bondade e tudo o que Jesus nos ensinou. é santificação do Espírito que nos convence do pecado. é gozo no Espírito Santo. “Assim. não de obras. não entra em juízo. daremos frutos de justiça. qual é o proveito. porém. em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna. mas passou da morte para a vida. pois “Quem crer e for batizado será salvo.8-9). domínio próprio. em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna.8).

se a obra de alguém se queimar. Concluindo: “como está escrito: Não há justo. temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5.” (Tiago 2.morta.4 – QUEM SãO OS SAMARITANOS? Jacó (suplantador. e sim da graça? De modo nenhum!” (Romanos 6.17). sofrerá ele dano. “E daí? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei. o qual Deus mudou seu nome para Israel (que reina com Deus) teve duas esposas: Lia e Raquel. 40 41 . todavia.15). nem um sequer” (Romanos 3. pois. Como por exemplo: Dimas. mediante a fé. independentemente das obras da lei” (Romanos 3. que prefiro chamar de “o condenado arrependido”. “Justificados. “Concluímos.10). mas esse mesmo será salvo. enganador). 5) Se uma pessoa realmente crer e não tiver obras ela irá para o céu? Sim.14-15). como que através do fogo.” (1 Coríntios 3. Raquel lhe deu sua escrava de nome Bila para que com ela Jacó tivesse filhos e Lia também lhe deu sua escrava de nome Zilpa pela mesma razão. 1. pois. esse receberá galardão.1). que o homem é justificado pela fé.28). A imagem acima mostra todos os filhos de Israel e aqueles que não estão riscados formam as 12 tribos de Israel. “Se permanecer a obra de alguém que sobre o fundamento edificou. o “bom ladrão”.

O de Levi também está riscado.de 931 a. O Reino do Sul – chamado Judá ficou com 2 tribos – sua capital era Jerusalém – seu Rei era Roboão . criando assim uma rixa religiosa e política entre estes dois povos: Judeus e Samaritanos. A divisão das 12 tribos de Israel em dois reinos.C. entraram seus dois filhos: Manassés e Efraim. O cisma ocorreu mais intensamente após os Judeus terem retornado do exílio. foi o que deu início à separação religiosa e política dos israelitas. No lugar de José. Minas Gerais. e Diná não recebeu um território por ser mulher. pois ele já havia morrido. Eles consideravam os samaritanos um povo não temente ao Deus de Israel por suas misturas de crenças. Então a nação de Israel era o conjunto de suas 12 tribos. Rio de Janeiro.C As Tribos de Israel são: Dã Naftali Efraim Manassés Rúben 42 43 . Deus era a sua herança. sendo o do Norte chamado reino de Israel e o do Sul chamado reino de Judá. Observem que o nome de José está riscado. cada uma com seu próprio território. As Tribos de Judá são: Judá Benjamim O Reino do norte . Muitos anos depois da divisão do território de Canaã aos filhos de Israel.C a 722 a. houve A DIVISÃO DO REINO.C a 597 a. pois Deus o escolhera para servi-Lo e portanto não teve herança. Em Israel temos as tribos e cada tribo tem um território. São Paulo.chamado Israel ficou com 10 tribos – sua capital era Samaria – e seu rei era Jeroboão – de 931 a.Aqui no Brasil temos os estados.

uma só casa de Deus. Estes povos pagãos levaram suas crenças e costumes e logicamente não eram tementes ao Deus de Israel. E um de seus principais adversários era o reino de Israel. só restava aos súditos do reino do norte. permaneceu fiel à sua fé no Deus de Israel e sob a dinastia dos descendentes do Rei Davi. Na cultura israelita como há um só Deus. mas teve reis que fizeram o que era mau aos olhos de Deus. os súditos do reino de Israel foram deportados e o rei da Assíria reabitou a cidade de Samaria com outros povos. onde iam prestar culto ao Deus de Israel. Já o reino do sul. Para que não fizessem mais essa travessia e colocassem seu reino em perigo. crendo na vinda do Messias. Judá. o que já era blasfêmia. Quando Israel foi conquistada pelos assírios. Depois da tomada do reino do norte. portanto. Judá passou a ser 44 45 . ou reino do sul. Jeroboão mandou construir dois templos e dois bezerros de ouro e estabeleceu como sacerdotes homens do próprio povo. Lembre-se que a capital do reino do norte era Samaria. Seus súditos faziam peregrinações a Jerusalém.Simeão Gade Aser Issacar Zebulom Jeroboão foi o primeiro rei de Israel. Jerusalém era a capital do reino de Judá. visto que a única tribo ordenada por Deus a constituir sacerdotes era a tribo de Levi. descerem para Jerusalém para adorar a Deus. Judá sofreu vários ataques. Estes dois templos com um bezerro de ouro em cada um estavam localizados nas seguintes geografias: um em Dã e outro em Betel. há um só templo. O termo “samaritano” passou a referir-se aos descendentes do reino do norte que foram deixados em Samaria e dos pagãos que foram levados para lá pelos assírios. pelos assírios. Israel. Este reino era politicamente estável e teve alguns bons reis. que introduziram na terra de Israel o culto aos seus próprios deuses.

1-33). Demoliram seus muros e seus palácios e o templo foi incendiado. 4) Castigo do reino do norte chamado Israel (2 Reis 17. Confira a história toda na fonte. quando Jesus elogia um samaritano.alvo dos ataques assírios. Este ódio dos judeus pelos samaritanos não é como um presbiteriano almoçar na casa de um batista. são os da religião e das doutrinas corretas e samaritanos são os “vira-latas”. Então. são os hereges e os imorais. espíritas.2123). homossexuais. quando Ele anda com os samaritanos. prostitutas. Judá foi saqueada e parte de seus habitantes foi levada para o cativeiro. 3) A origem dos Samaritanos (II Reis 17. as Escrituras: 1) Deus anuncia a divisão do reino de Israel a Jeroboão através do profeta Aías (1 Reis 11. tradição e ortodoxia. come com eles. Então judeus são aqueles que possuem ‘pedigree’. 6) Ruína de Jerusalém e o cativeiro na Babilônia (2 Crônicas 36).29-32). quem não tem tradição e são heterodoxos. ou um assembleiano andar com um membro da Deus é Amor. 29. muçulmanos.30-37). permanece em seu território e usa um samaritano para exemplificar quem foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores na parábola conhecida como “O Bom Samaritano” (Lucas 10. os elogiando e os colocando como heróis em Suas parábolas. pois eram inimigos de fato. eram guerras e amarguras a ponto de matarem-se uns aos outros. pais de santo. O que Ele está fazendo é elogiar aos inimigos dos judeus. 34). mães 46 47 . até que Jerusalém foi totalmente destruída. 2) Divisão do Reino e idolatria do reino do norte chamado Israel (1 Reis 11. é como se sugeríssemos a um judeu que celebrasse a ceia da páscoa na casa de um palestino. Ele choca terrivelmente aos judeus. Hoje os modernos samaritanos são todos os considerados hereges e promíscuos. Seus tesouros foram roubados e a população restante levada ao cativeiro na Babilônia. O que Jesus faz em relação aos samaritanos. budistas. macumbeiros. Os judeus sentiam ódio de fato e de verdade dos samaritanos. é exaltar àqueles a quem odeiam de fato e de verdade.43 a 1 Reis 12.24.

Acontece que os amigos de Jesus sempre foram os samaritanos e os inimigos dEle sempre foram os judeus. 49 . Jesus não é uma história bonitinha. Se no lugar de deixar os samaritanos em paz nós aumentarmos os preconceitos contra qualquer subgrupo 48 Isto porque o mal foi perdoado na cruz e a justiça saciada quando o amor de Deus se vestiu de gente e viveu entre nós. Se no lugar de perdoar a pecadora a gente mandar atirar pedra. agir. aqueles que eram os gerentes do Reino de Deus na Terra. E. sair.solteiras. dos donos da revelação de Deus. se relacionar. Se nos associarmos aos espíritos dos fariseus.” Nas palavras do Rev. nós NÃO temos nada a ver com Ele. E foram estes que mataram o Senhor Jesus. incluir. silenciar. pensar. tratar. perdoar. fiéis às Escrituras e à lei de Deus. sacerdotes e religiosos rigorosos. estaremos do lado OPOSTO ao de Jesus. portanto o resgate vem dEle e não de nossos esforços vãos. entrar. Caio Fábio: “O que não for parecido com Jesus NÃO tem NADA a ver com a gente. NÃO tem nada a ver com a gente. ser amigo. acolher pessoas. “os que faziam a obra” nos tempos do Novo Testamento. nós estamos indo CONTRA Ele. mas uma pessoa e como pessoa pede relacionamentos. dos que determinam o modo como o ser humano deve ser. O que NÃO for conforme o modo de Jesus ser. considerado samaritano por nós. se estivermos desse lado.

teve vários filhos: Rúben. acontece que Jacó. Levi. Aser. Judá. o qual Deus mudara o nome para Israel e depois fez de seus descendentes uma nação. A fé implica em relacionamento com Ele. 1. a qual até hoje é a nação de Israel. Gade. Acontece que o dízimo é uma ordem da lei que teve o seu fim em Cristo: “Porque o fim (término) da lei é Cristo. 50 51 .Só nos relacionando com Ele poderemos dizer que O conhecemos. mas candeia que colore a escuridão da vida. NÃO é teoria escondida nas catacumbas da mente humana. para justiça de todo aquele que crê” (Romanos 10:4). Dã.5 – O DÍzIMO Há muitas desculpas para enganar ao povo e lhe obrigar a pagar o dízimo. Como e por que Deus estabeleceu o dízimo? Bem. Zebulon. Simeão. Issacar.

do teu azeite e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas.26. que apresentam ao SENHOR em oferta. porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel. Para ser sacerdote tinha de ser da linhagem levítica. Assim. que vos dei por vossa herança. deles apresentareis uma oferta ao SENHOR: o dízimo dos dízimos. teu Deus. sempre em produtos ou animais: “Certamente. aos descendentes de Levi. o sacerdote. Quando a nação de Israel chegou a Canaã. E. todos os dias. E os levitas também tinham que separar os 10% dos dízimos e entregar ao sacerdote: “Também falarás aos levitas e lhes dirás: Quando receberdes os dízimos da parte dos filhos de Israel.22-23). comerás os dízimos do teu cereal. também apresentareis ao SENHOR uma oferta de todos os vossos dízimos que receberdes dos filhos de Israel e deles dareis a oferta do SENHOR a Arão. pois apenas os levitas foram separados para servir a Deus. teu Deus. Benjamim.” (Números 18. Naftali e Diná. para que aprendas a temer o SENHOR. no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome. nenhuma herança tereis” (Números 18:24). 52 53 .28). perante o SENHOR.José. mais os dois filhos de José. Deus dividiu o território entre estes 10 filhos de Israel. Manassés e Efraim como já vimos antes. que ano após ano se recolher do campo. do teu vinho. “Porque os dízimos dos filhos de Israel. darás os dízimos de todo o fruto das tuas sementes. Os levitas não receberam um território e portanto todos os outros deveriam separar os dízimos (10%) e entregar aos levitas.” (Deuteronômio 14. ou seja. Os dízimos nunca eram entregues em dinheiro. dei-os por herança aos levitas.

tirarás todos os dízimos do fruto do terceiro ano e os recolherás na tua cidade. escolher. Então. dos órfãos. escolher para ali pôr o seu nome. e leva o dinheiro na tua mão. então. pois não tem parte nem herança contigo. Ao fim de cada três anos. e te alegrarás. Alguns poderão objetar dizendo que Abraão pagou o dízimo a Melquisedeque ANTES da lei. que os não possas levar. às viúvas e aos peregrinos. vende-os.29) Visto o que estudamos acima. virão o levita (pois não tem parte nem herança contigo). por estar longe de ti o lugar que o SENHOR. teu Deus. portanto Sua “casa” também era uma só e em Jerusalém.24-28). te abençoe em todas as obras que as tuas mãos fizerem. fica fácil entender. ou vinho. ou ovelhas. teu Deus. por vacas. O propósito dos dízimos era ajudar aos órfãos. pois Deus é um só. então vendia-se tudo.” (Deuteronômio 14. comprava-se produtos e/ou animais e entregava-se como dízimo. o estrangeiro. ou bebida forte. come-o ali perante o SENHOR. porém não desampararás o levita que está dentro da tua cidade. e comerão. o órfão e a viúva que estão dentro da tua cidade. ou qualquer coisa que te pedir a tua alma. 54 55 . teu Deus. das viúvas e dos estrangeiros. te tiver abençoado. “Quando o caminho te for comprido demais. e vai ao lugar que o SENHOR. quando o SENHOR.” (Deuteronômio 14. tu e a tua casa. Nunca era entregue nada em dinheiro. Sinagogas não eram templos. teu Deus.Não havia mais de um templo. Quando a distância era longa demais e não havia condições de entregar os dízimos em produtos e ou animais. dá-lo-ás por tudo o que deseja a tua alma. Os dízimos eram para socorro dos levitas. teu Deus. transformava-se em dinheiro e tão logo chegasse a Jerusalém. Esse dinheiro. e se fartarão. para que o SENHOR. mas escolas.

. a misericórdia e a fé. fazer estas coisas. devíeis. Hoje vivemos pela graça e contribuímos voluntariamente como lemos em 2 Coríntios 9:7: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração. Depois de Sua morte. do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça. porque Deus ama a quem dá com alegria. pois Jesus é o nosso único sacerdote. visto que não existia lei ou mandamento para isso.” Quem Deus diz que O estava roubando??? A resposta você encontra lendo todo o livro de Malaquias. não com tristeza ou por necessidade. a lei e o dízimo morreram. vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. ó sacerdotes. hipócritas. que em alguns casos eram 100% e não 10%. no Capítulo 2 verso 1 lemos: “Agora. Jesus ainda não havia cumprido TODA a lei. assim como podemos optar em não pagar hoje. mas ofertas voluntárias.onde há testamento..Sim. porém. “Ai de vós. Com o FIM do sacerdócio levítico. sem omitir aquelas!”. mas só adiantando. ressurreição e ascensão. Na Igreja Primitiva não tinha dízimos. escribas e fariseus. 56 57 . ou tão somente ofertar quanto quisermos e pudermos. ou em dar tudo como na Igreja Primitiva. é necessário que intervenha a morte do testador”.6. não havia consumado todas as coisas. Em relação a Mateus 23:23. por isto lemos em Hebreus 9:16 que “. porque dais o dízimo da hortelã.” Quanto a Malaquias 3:8: “Roubará o homem a Deus? Todavia. para vós outros é este mandamento”. E Abraão também pagou o dízimo UMA ÚNICA vez a Melquisedeque. bem como a velha aliança. mas pagou porque quis. Leia também 1. finalizou-se a ordem levítica e portanto não há mais dízimos a pagar. Dizimar foi uma opção dele.

um tribunal eclesiástico composto por saduceus (sacerdotes). Todos estes com seus fiéis mais rígidos. portanto.47). os escribas. líderes da religião. legalistas e perversos. 58 59 . é um Sinédrio. eram os teólogos. Era composto por 71 membros incluindo o presidente (João 11. Os saduceus eram sacerdotes incrédulos. anciãos (presbíteros). Obviamente.6 – SINÉDRIOS Vemos no Novo Testamento as reuniões do Sinédrio. Comunidades de pessoas Acontece que OS SACERDOTES estavam roubando a Deus porque não repassavam os dízimos aos órfãos. um Sinédrio é a reunião entre pessoas religiosas. Era o mais alto tribunal religioso dos judeus e tanto o atual sumo sacerdote quanto os anteriores faziam parte dele. eram hipócritas. legalistas que viviam da aparência. com os intérpretes autorizados das Escrituras: teólogos e doutores em teologia. fariseus (fundamentalistas hipócritas). escribas ou doutores da lei (teólogos). os fariseus eram os fundamentalistas. onde há um conselho deste tipo de líderes religiosos com seus seguidores. às viúvas e aos estrangeiros. mesmo que este concílio seja virtual. bispos e presbíteros.1. como pastores. não criam em ressurreição nem em anjos.

quem é de Deus e quem não é de Deus. Os samaritanos de hoje.. matam o Filho e o Evangelho para roubar a vinha. a misericórdia. mas não. que são os fariseus fundamentalistas. criaram seu próprio tribunal. mesmo acreditando que O estão servindo. em suas muitas caras e máscaras e em seus julgamentos do próximo. que tatuam moralmente as pessoas. aqueles cujo o juízo do Sinédrio fundamentalista decretou a sentença os excluindo do céu. exclui os fariseus do Reino. o bem. São estes os inimigos de Jesus no Novo Testamento. dos taxados pelos hipócritas fariseus de hereges. assim como o Sinédrio fundamentalista. os julgamentos e a pretensão de gerência do Reino de Deus. o Sinédrio dos samaritanos. que arbitram a vida alheia. emprenharam-se do ódio. AMBOS se perderam. estes são aqueles que mataram o Senhor Jesus e são inimigos do bem e da verdade. os considerados hereges pelos fariseus. dos sem ‘pedigrees’. para a paz. Mas há outro tipo de Sinédrio.. perderam-se pelo CONTÁGIO. Os Sinédrios existem até hoje. para permanecerem em seus cargos de autoridades humanas e são CONTRA Deus. o perdão. marcam a ferro a pele dos diferentes e possuem a mente cauterizada para o amor de Deus. odeiam e condenam as pessoas. entre gente da ortodoxia e gente da heterodoxia. de gente do diabo. excluem. Os assassinos de Jesus. é intolerante e os odeia igualmente. julgam. geraram e pariram o Sinédrio dos samaritanos onde condenam e excluem de suas vidas tudo o que se pareça com farisaísmos ou fundamentalismos religiosos. perderam-se em seus legalismos e em sua rigidez. Assim.legalistas e julgadoras. Se excluíssem somente as hipocrisias. tudo bem. condenam. entre gente com ‘pedigree’ religioso e vira-latas da religião. estão em vigor e seus participantes continuam perversos e se julgam os gerentes do Reino de Deus na Terra. pois foram contaminados pelo ódio dos fariseus. Este outro Sinédrio. que queiram 60 61 . Nesta guerra entre fariseus e samaritanos. que dizem quem são os hereges.

provando o contágio do mal em si mesmos. nunca passou na cabeça de Jesus afirmar que o cristianismo prevaleceria sobre as portas do inferno.IGREJA O entendimento da proposta de Jesus para os Seus discípulos é fundamental para a descontaminação da religião e dos Sinédrios. Jesus disse a Pedro que Ele edificaria a Sua Igreja. Jesus jamais referiu-Se à Sua Igreja como alguma denominação cristã. os dois grupos precisam de conversão a Jesus. como uma religião que Ele fosse o líder máximo. prevaleceria sobre o inferno. é sal dissolvido na É SIMPLES ASSIM! CONVERTAM-SE! 62 63 . AMBOS estão doentes e desviados. por isto pecam CONTRA o amor.ou não. são seus próximos. A Igreja de Jesus não tem endereço. que é o conjunto dos seus discípulos. Só nos livramos do contágio quando lemos o Novo Testamento com a consciência de quem são os mocinhos e os bandidos da história. tanto que escreveu que Jesus é a Pedra em sua carta.20). pois “quem diz que ama a Deus e odeia a seu irmão é MENTIROSO” (1 João 4. 1. Disse que esta assembléia dos justificados. quando sabemos quem são os amigos e quem são os inimigos de Deus. que chama-se ‘ekklesia’ em grego e é traduzida em português como igreja. Pedro entendeu. a Pedra.7 . salvos e santificados por Ele. sobre Ele mesmo. a Rocha Viva.

Ele é! Numa terra onde o sagrado domina tudo e todos. em meio ao caos. pessoas desprovidas de Deus e de virtudes. itinerantes. pulsa. é a glória de Deus manifesta no amor ao próximo. Ele faz. na vida. Ele não temia que Sua imagem fosse arranhada ou destruída. e nada há fora do Homem que o possa contaminar (Marcos 7. em meio às perversões. Ele Se mistura com todos os que são considerados gente do mundo. é o amor que atua na pessoa. pois nas exterioridades da caminhada de Jesus. é global. e não há contágio que possa contaminá-lo. gente do diabo.15). é luz que não se sabe de onde vem e para onde vai. o Santo entra e sai das geografias batizadas de profanas. Quem ama não se contamina. visto que ressuscita. o que importa é o reflexo do Pai. caminha. Sabemos disto. E esta invisibilidade inviabiliza a sua destruição. dos títulos ou dos ‘pedigrees’ religiosos e das castas. na generosidade. Isto nos é proporcionado por Sua morada em nós que nos faz hebreus. na humildade. é invisível. Nem por isto vemos Jesus Se preocupando com Sua imagem de Messias ou com as perversões que O associarão a estes pecadores que têm por amigos. como nos foi ensinada pelo protestantismo evangélico. enamora-se por tudo o que reflete a glória do Pai. bebe. toca. na humanidade do amor não fingido. clero ou leigos. faz suas refeições. em meio aos pecadores. vence tudo e todo o mal.vida. isto independentemente das etnias. dorme. O ‘marketing’ pessoal e a preservação da Sua imagem simplesmente não fazem parte da escala de valores do Filho de Deus. Jesus não está nem aí para o que falam dEle. missionários. simplesmente não existe para Jesus. mutantes. Esta Igreja é vida e é indestrutível até pela morte. para o que pensam ser o certo. na solidariedade. ambulantes. come. é universal. pois somos corpos templos do Deus vivo. o que julgam que Ele deve fazer. Judeus ou romanos. SEMPRE! A idéia de separação do mundo. celebra a Ceia com todos. há gente de todas as etnias salgando e iluminando. até com Judas. pois tudo acontece do lado de dentro e não nas aparências e exterioridades do ser. pois é gente boa de Deus no mundo. 64 65 . está vacinado e por isto pega.

visto que o pão é nosso e não somente meu. É a criança faminta e o rico esbanjador. E aí. mas abriga-nos nEle. desalinhados. descobrimos que o Pai não é abrigado por templos. é aquele desprovido de cultura com os eruditos que tiveram oportunidades fantásticas de estudos. toda associação de seres humanos com direitos desiguais. é a nudez em contraste com os Shopping Centeres da Terra que jorram abundância de roupas e de tudo que todos nós necessitamos. É comermos o nosso pão e o pão do próximo. é a Sua doutrina. Sua vida é a interpretação dos textos. É eu ter 10 casas enquanto milhares de pessoas dormem ao relento sem um teto e sem dignidade. é a mulher dominada pelo Sátiro masculino. é eu ter 2 carros enquanto a população se amontoa nos ônibus ou anda a pé. É nesta trilha do Evangelho que adquirimos nossas convicções das verdades eternas. Nós que somos templos vivos é que somos por Ele cobertos. é a revelação das Escrituras. 66 67 . entendemos que todo andar de Jesus é a aplicação dos Seus ensinos. jugo desigual já não é mais tão somente o casamento de um crente com um pagão.Enxergando a encarnação da Palavra. mas toda injustiça em que haja dois pesos e duas medidas.

o Pai. Ele decidiu enviar Jesus para consertar as coisas. derrama-se o vinho. decidiu por redimir e resgatar a criação lá na eternidade. Lá. rompem-se os odres.18-20. 69 68 .AS DUAS DIMENSÕES DA CRUz Depois desta exposição explícita do Evangelho e dos seus personagens. podemos dar seqüência ao que Deus nos revela através do que está dito nos textos. Assim. do contrário. A consumação de todos as coisas proclamada na cruz histórica e temporal de Jesus.8). podemos pensar a história. Tudo o que não anuncia esta boa nova não é Evangelho e já que entendemos o básico e conhecemos a maneira correta de ler e interpretar as Escrituras. Mas põe-se vinho novo em odres novos. já que agora sabemos que Evangelho significa a boa nova.1 . Deus não nos criou e. Apocalipse 13. Nas Palavras de Jesus: “Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha. houve cruz. pois “o cordeiro foi imolado. Nem se põe vinho novo em odres velhos. o “haja luz. antes de todas as coisas serem criadas. e ambos se conservam” (Mateus 9.16-17). e fica maior a rotura. O que estou dizendo é que não existiu remendo de pano novo em veste velha na ordem da criação.3). o Filho e o Espírito Santo. ocorreu há cerca de dois mil anos atrás em Jerusalém. e houve luz” (Gênesis 1. ANTES da fundação do mundo (I Pedro 1. que desde sempre vivem em harmonia e comunhão familiar perfeitas. porque o remendo tira parte da veste. antes que houvesse luz.CAPÍTULO 2 – PENSANDO A HISTÓRIA: 2. Deus demonstrou o que fora feito desde toda a eternidade. ou a boa notícia de que Deus estava em Cristo nos reconciliando com Ele. Posteriormente veio o ‘Fiat Lux’. A comunidade divina ou a família de Deus. foi morto. e os odres se perdem. como algo deu errado.

que Deus trás todas as coisas à existência já redimidas. Conforme a história da humanidade ganha consciência. 70 71 . andamos pela Terra. experimentamos tudo. conhecemos gente de todos os tipos.. A partir do TETÉLESTAI da obra consumada na cruz supra histórica. do bem sobre o mal. ganâncias. egolatrias. até o dia que estiver novamente enrolado nas mãos do Eterno. o pergaminho histórico vai sendo enrolado. lugares inimagináveis. experiente. Sabedores deste mistério. É no TETÉLESTAI supra histórico que a vida surge. o que dá para saber claramente é que fomos criados a partir da redenção. conforme as Escrituras. já não andamos mais desesperados. e retornamos para casa no final. O que teve princípio. vaidades. A cruz supra histórica é como que uma caução.Sem ter a pretensão de explicar os mistérios de Deus.. O tempo deixa de ser inimigo e passa a ser aliado. semelhante ao Seu Filho Unigênito. ela é o centro de tudo e ela é o penhor. retorna a Ele crescido. vivemos intensamente tudo o que a vida nos oferece para viver. com a certeza plena da vitória da vida sobre a morte. resgatadas. uma garantia de que a humanidade daria certo. maduro. o relógio já não mais nos pressiona. egoísmos. nos aventuramos. vivemos. Neste que é O Dia. somos curados. do perdão. pois no findar da nossa existência retornamos ao ponto de partida: É como uma longa viagem. o pergaminho da vida se desenrola na história humana e dia a dia traz luz e dissipa as trevas humanas: desamores. ignorâncias. da santidade sobre o pecado. Senhor Jesus Cristo. do céu sobre o inferno. a garantia do nosso êxito. desafetos. Por isto a cruz é o começo. já não corremos mais contra o tempo. nos machucamos. da aceitação e do amor de Deus. nos apaixonamos. o que começou no TETÉLESTAI eterno. passeamos. Fecha-se o círculo voltando-se ao ponto de origem. saímos de casa. o meio e o fim.

ao útero do Eterno. a passagem do tempo e a morte deixam de significar o término. Este despertar gera paz e tranqüilidade. novas vivências. a extinção da vida e torna-se o que realmente é: Saímos infantis. Há a inversão da ótica que passa a enxergar a morte não mais como a tragédia inevitável. se ficássemos não aprenderíamos. cessa. à verdadeira vida. Toda esta maturidade e vivência só ocorreram porque saímos. como Jesus nos ensinou. mas como a esperança do susto de amor sem fim que encontraremos ao regressarmos ao lar. do prazer à dor tornamo-nos mais que vencedores por meio dAquele que nos amou primeiro. testados. O resfolegar fibrilante.Quando temos esta consciência do retorno ao lar. mas saindo descobrimos novos horizontes. a angústia constante da sensação que temos de: “o tempo está acabando”. O desabrochar para a verdadeira vida no lar com a família redimida na companhia do Eterno. aprovados. pois sabemos nosso tamanho exato no universo. temos consciência da nossa pequenez e com isto ajuntamos tesouros nos Céus e não na Terra. 72 73 . vivemos e retornamos maduros. vividos. experientes.

terno. amoroso. não é adquirido de fora para dentro. crianças morrendo de inanição. quando na verdade já nascemos sendo. é miopia da percepção. no intelecto. escravizada. não teríamos homicídios. Até mesmo um feto já é alguém! A perversão dos valores é que nos ensinou a pensar que temos que ser alguém. mas o que seriam tesouros eternos? São aquisições internas. generosidade. inabalável. 74 75 . estupros. vacinado e impermeável às maldades que encontramos deste lado da vida. injusta e sádica. paz. por isto o mundo está como está. Já observou que todos nós nos julgamos gente boa? Pois é. já que nascemos SENDO alguém. trancafiada. nada disto é prioridade aqui. não haveria tanta maldade no mundo. não são as coisas que nos fazem ser. desigualdades brutais. assaltos. esperança. compaixão. então por que o mundo é mau? Se a grande maioria fosse realmente gente boa de Deus. gente passando falta do básico. Somos como crianças perversas no ‘playgroud’ da existência. na formosura de um espírito manso. cada qual tomando à força seu brinquedo favorito. na alma. A simples observação de como as coisas são já nos leva à conclusão inevitável de que o desejo de Deus para a humanidade não está sendo observado: graça. Além disto.Tá. Nosso ser é parte da nossa natureza. gente sendo torturada. A luta para ser alguém é ferrenha. amor.

não somente das coisas materiais. um objetivo. o tempo se esgota e o rico e próspero morre pobre e miserável. sem jamais chegar a lugar algum. portanto trabalho é bênção de Deus para a raça humana. não é para guardarmos nos cofres. a vida passa. já estarão de olho noutra meta para aí ser alguém. almejamos tesouros na Terra e ao retornarmos ao lar eterno descobrimos que tudo o que adquirimos fora do nosso ser tivemos que deixar aqui. É claro que somos seres bio-psico-pneumáticos. corram. E nesta correria insana. 76 77 . porém nem só de pão vive o Homem. Isto foi antes da entrada do pecado no mundo.15). a ordem de Deus é: TRABALHE. por isto necessitamos da matéria que não é má. não é maldição. Já ouvi algumas pessoas perguntando: mas afinal quem foi que criou o trabalho? Respondo: Foi Deus! “Tomou. não é castigo. antes da queda. faz com que a maioria das pessoas corram. o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar” (Gênesis 2. ou seja.nós é quem fazemos que as coisas sejam. pois ao alcançar um alvo. mas boa. ‘hatah’ – errar o alvo. Como precisamos de coisas materiais para suprir aquilo que é biológico e psíquico em nós. é saúde para o ser. É trabalhando que devemos adquirir coisas materiais para suprirmos as nossas necessidades. mas das intangíveis também. pois. A palavra pecado é isto. Observe que este simples conceito deturpado. e toda abundância e prosperidade que alcançamos não é para ajuntarmos em celeiros. é bom. somos corpo. mente/alma e espírito. mas para abençoar ao próximo.

a destra de comunhão. e ele separará uns dos outros. a mim e a Barnabé. preso. perguntarão os justos: Senhor. enquanto houver um único faminto na Terra. tive sede. era forasteiro. Desta maneira. então. se assentará no trono da sua glória. Cefas (Pedro) e João. e me hospedastes. recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres. Porque tive fome. Então. sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos. o que também me esforcei por fazer” (apóstolo Paulo em Gálatas 2. e fostes ver-me. como o pastor separa dos cabritos as ovelhas.9-10). e me destes de beber. é nossa! “e. então. e me visitastes. me estenderam. estava nu. “Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele. benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. a responsabilidade é minha. quando conheceram a graça que me foi dada. e todas as nações serão reunidas em sua presença. a fim de que nós fôssemos para os gentios. mas os cabritos. à esquerda. a mim o fizestes. quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei. e porá as ovelhas à sua direita. jamais para nos colocarmos em jugo desigual com o faminto. enfermo. é tua. e me destes de comer. 78 79 . e eles. e me vestistes. para a circuncisão. respondendo.A bênção financeira SEMPRE é para abençoar a nós e ao próximo. lhes dirá: Em verdade vos afirmo que. dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde. Tiago. que eram reputados colunas.

quando foi que te vimos com fome. tudo o que fizermos ao próximo. 4) O inferno existe mesmo. sendo forasteiro. para a vida eterna. o certificado de qualidade. ou seja. Este lugar foi criado para Satanás e seus Pelas Palavras de Jesus acima. forasteiro. e não me destes de beber. não fostes ver-me. E eles lhe perguntarão: Senhor. e não me destes de comer. tive sede. 3) Podemos enganar a todo mundo. achando-me enfermo e preso. Quem é discípulo pratica o que é bom e o bem. é a Ele que estaremos fazendo. lhes responderá: Em verdade vos digo que. para o fogo eterno. mas faz Sua morada nas pessoas. nu. preparado para o diabo e seus anjos. Aqueles que tornarem-se diabos compartilharão do mesmo destino que ele. não me vestistes. com sede. malditos. porém os justos. portanto Ele está oculto no próximo.31-46).” (Jesus Cristo em Mateus 25. são as boas obras dos discípulos. estando nu. enfermo ou preso e não te assistimos? Então. não me hospedastes. E irão estes para o castigo eterno. mas diante de Deus estamos nus e sem camuflagens. 1) Deus não habita em templos construídos por mãos humanas. pois é Jesus quem ensina sobre ele. o ISO 9000 do Reino. 2) A comprovação da salvação unicamente pela graça de Deus são as obras dos discípulos. constatamos algumas verdades: 80 anjos. a mim o deixastes de fazer.Então. sempre que o deixastes de fazer a um destes mais pequeninos. o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim. Porque tive fome. 81 .

30). para extrairmos mais uma verdade histórica. 31-31). murmuravam contra os discípulos de Jesus e lhe perguntavam o porquê de eles comerem e beberem com os publicanos e os pecadores (Lucas 5. juntamente com seus teólogos. Passando Jesus em frente a um posto da receita federal romana. viu um fiscal da receita chamado Levi e disse: “segue-me”.VINHO NOVO REQUER ODRE NOVO “E ninguém põe vinho novo em odres velhos. Os religiosos fundamentalistas hipócritas. e pecadores. pois a fermentação do vinho novo romperá o odre velho que já foi dilatado o máximo que podia. Não vim chamar justos.2 . por isto não colocamos vinho novo em odres velhos. entornar-se-á o vinho.” (Lucas 5:37-38). vinho novo deve ser posto em odres novos e ambos se conservam. Vamos ver qual foi o contexto em que Jesus disse que devemos por vinho novo em odres novos e não vinho novo em odres velhos. Pelo contrário. e sim pecadores. este publicano (Mateus) ofereceu a Jesus um grande banquete em sua casa.2729). que eram os fiscais corruptos da receita. A seguir. ambos conhecidos como fariseus e escribas. Jesus lhes responde: “Os sãos não precisam de médico. onde havia publicanos. a fermentação do vinho o faz dilatar. 33). ao arrependimento” (vers. e os odres se estragarão. e sim os doentes. pois o vinho novo romperá os odres. 82 83 . é um saco feito em pele. Então os religiosos dizem que os seus discípulos e os discípulos de João Batista freqüentemente jejuam e oram e que os discípulos de Jesus apenas comem e bebem (vers. Odre é um recipiente feito em couro.2. gente de fora da religião judaica (Lucas 5. mas colocamos vinhos novos em odres novos. Quando colocamos vinho nele.

tempo de chorar e tempo de rir. vocês não podem ser de Deus como nós somos de Deus. tempo de guerra e tempo de paz. pois como nos ensinou Salomão no Eclesiastes 3: “2 . tempo de buscar e tempo de perder. não participamos de churrascos com estes pagãos impuros. tempo de matar e tempo de curar. tempo de rasgar e tempo de coser. vivemos em jejuns e orações. tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras.Ou seja: nós que somos de Deus não fazemos estas coisas que você e seus discípulos fazem. Ao invés disto. não era tempo de jejuns. portanto. mas de festas. tempo de guardar e tempo de deitar fora. 5. presente fisicamente com os discípulos. nem nos assentamos na roda dos escarnecedores. 7. tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar. não nos detemos no caminho dos pecadores. conforme aprendemos no Salmo primeiro. 8. não comemos com pecadores.” Depois que Jesus ensina aos religiosos fundamentalistas que os tempos dos jejuns ainda não chegaram para os 85 . tempo de derribar e tempo de edificar. tempo de prantear e tempo de saltar de alegria. tempo de amar e tempo de aborrecer. Nós somos os bem-aventurados que não andam no conselho dos ímpios. tempo de estar calado e tempo de falar. há tempo de nascer e tempo de morrer. 6. 3. tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou. 84 Então Jesus lhes diz que há tempo para todo o propósito debaixo do sol e que enquanto Ele estava aqui. 4.

receberá mais luz. mais consciência. mas o vinho novo receberá um novo odre. e os odres se estragarão. mais clareza. entornar-se-á o vinho. revelações! Deus vai tirando o véu e revelando-Se a nós no decorrer da história. As Escrituras lançam progressivamente cada vez mais luz a nós. o que nos salvava era a fé na vinda do Messias.” (Lucas 5. que as nossas boas ações é que nos levariam aos céus. logo a seguir Ele conta a parábola do vinho novo em odres novos. 39). O que tem a ver os discípulos dos fariseus e de João Batista fazerem jejuns e orações. vinho novo deve ser posto em odres novos e ambos se conservam. uma nova aliança. Será que Jesus havia bebido demais com os corruptos e os pecadores e não estava falando coisa com coisa? Ou talvez Ele estivesse de olho nalguma prostituta e surtou? Seria esta afirmação uma sandice divina? 86 87 . A salvação da humanidade SEMPRE foi pela fé. Da Antiga Aliança à Nova Aliança há evolução do entendimento. há apocalipses. mais tempero. no Velho Testamento. pois o vinho novo romperá os odres. pois a revelação de Deus é progressiva.Seus discípulos. E ninguém põe vinho novo em odres velhos. ou seja. Ele conclui que dias virão em que Ele não estará mais presente fisicamente com Sua Igreja e neste período sim. na Nova Aliança.36-38). no Novo “Ninguém tira um pedaço de veste nova e o põe em veste velha. jejuarão. com não por vinho novo em odres velhos? Na verdade esta afirmação do Messias equivale a dizer que o vinho velho. que é excelente (vers. pois rasgará a nova. JAMAIS pelas obras. permanece. há pedagogia nova. Pelo contrário. Na Antiga Aliança. NUNCA houve sequer uma única revelação de Deus a nós que dissesse que os nossos méritos é que nos salvariam. e o remendo da nova não se ajustará à velha.

. Portanto. mas está dentro de nós (Lucas 17.20-21). com clero e leigos. Senhor Jesus Cristo de Nazaré. purificações.. não da letra. já que ele não vem em visível aparência. sacrifícios. lugares sagrados e lugares profanos.a nossa suficiência vem de Deus. Como o mano Paulo nos ensina: “. 88 89 . da revelação.Testamento. DESTA MANEIRA. um novo odre para abrigar o Evangelho que é o vinho novo. mas do espírito. a estrutura. a excelência do vinho. é a mesma. ritos. o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. a fôrma é outra. sacerdotes e Esta estrutura eclesiástica não pode suportar o vinho novo. fiéis. da mensagem de Deus. É necessário que tenhamos outra visão do Reino de Deus. corresponde ao odre velho. jejuns e orações públicas.5-6). mas o espírito vivifica. mas o odre. A SALVAçÃO SEMPRE FOI PELA GRAçA DE DEUS. o qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança. o que nos salva é a fé no Messias. porque a letra mata. ATRAVÉS DA FÉ EM JESUS. intermediários entre Deus e os Homens. A religião judaica com sua estrutura de templo. (2 Coríntios 3. Faz-se necessário uma nova estrutura.

pois a perversão do odre Santo. de normas e valores intrínsecos. Eram os funcionários celestes com carteira assinada. 9 Então. Por isto os fiéis passaram a adorar os lugares ao invés de adorarem a Deus e é neste contexto que Jesus encontra-Se com a mulher samaritana e há o seguinte diálogo: 5 (Jesus) Chegou. 6 Estava ali a fonte de Jacó. que faziam o serviço para receber o salário e não por prazer ou por amor a Deus e aos Homens. lhe disse a mulher samaritana: Como. No decorrer da história houve o adultério dos valores e o clero cercou-se de ritos e regras. criando geografias sagradas e profanas. pois a verdade é que: A estrutura foi feita por causa do Homem e não o Homem por causa da estrutura. dos sacrifícios. veio uma mulher samaritana tirar água.A letra que mata não é somente a teologia sem Deus. chamada Sicar. Os Homens passaram a servir à estrutura da religião e não a estrutura religiosa a servir aos Homens. a uma cidade samaritana. em odre sagrado. 8 Pois seus discípulos tinham ido à cidade para comprar alimentos. pedes de beber a mim. que eram incrédulos. perto das terras que Jacó dera a seu filho José. pois. criam servir a Deus através das mecânicas dos rituais. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. 7 Nisto. perverteu a mensagem de Deus aos Homens e perverteu os santos tornando-os apenas religiosos. assentarase Jesus junto à fonte. por volta da hora sexta. Por isto. sendo tu judeu. não é somente o intelecto sem Espírito. que sou mulher samaritana 90 91 . azedou o vinho. dos sacros-ofícios. abandonou-se o Santo e enamorou-se do sagrado. não há vinho bom que resista a este odre velho. mas as estruturas eclesiásticas dos saduceus. com corações de gelo. Cansado da viagem.

isto disseste com verdade. dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. eu que falo contigo. porque a salvação vem dos judeus. vejo que tu és profeta. foi à cidade e disse àqueles homens” (João 4. 11 Respondeu-lhe ela: Senhor. 26 Disse-lhe Jesus: Eu o sou. 19 Senhor. 18 porque cinco maridos já tiveste. nos anunciará todas as coisas. seus filhos. dá-me dessa água para que eu não mais tenha sede. em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. 14 aquele. 17 ao que lhe respondeu a mulher: Não tenho marido. tu lhe pedirias. e. nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela? 28 Quanto à mulher. a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna. tu não tens com que a tirar. bem assim. nem precise vir aqui buscá-la. 20 Nossos pais adoravam neste monte.5-28). porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. 23 Mas vem a hora e já chegou. 21 Disse-lhe Jesus: Mulher. não tenho marido. respondeu a mulher. vós. 15 Disse-lhe a mulher: Senhor. entretanto. o nosso pai. porém. e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. disse-lhe a mulher. quando ele vier. onde. Replicou-lhe Jesus: Bem disseste. e o poço é fundo. chegaram os seus discípulos e se admiraram de que estivesse falando com uma mulher. pois. maior do que Jacó. e seu gado? 13 Afirmou-lhe Jesus: Quem beber desta água tornará a ter sede. e esse que agora tens não é teu marido. que há de vir o Messias. todavia. e ele te daria água viva. tens a água viva? 12 És tu. podes crer-me que a hora vem. quando nem neste monte. pelo contrário. que nos deu o poço. nem em Jerusalém adorareis o Pai. chama teu marido e vem cá.(porque os judeus não se dão com os samaritanos)? 10 Replicou-lhe Jesus: Se conheceras o dom de Deus e quem é o que te pede: dá-me de beber. deixou o seu cântaro. 27 Neste ponto. 25 Eu sei. 24 Deus é espírito. nós adoramos o que conhecemos. 22 Vós adorais o que não conheceis. do qual ele mesmo bebeu. Imediatamente percebemos que as preocupações do sagrado encontram-se impregnadas nas pessoas desde 92 93 . porventura. que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. 16 Disse-lhe Jesus: Vai. chamado Cristo.

as Palavras de Jesus à samaritana passaram despercebidas por entre nossos ouvidos cauterizados pela religião: 2.os tempos bíblicos. 3 as suas vestes tornaram-se resplandecentes e sobremodo brancas. Pedro. veio uma nuvem que os envolveu. 6 Pois não sabia o que dizer. tomando a palavra. 4 Apareceu-lhes Elias com Moisés.46). outra. como nenhum lavandeiro na terra as poderia alvejar. e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” (João 4. “Deus é espírito. e nesta busca interminável.24). para Elias.SINÉDRIO APOSTÓLICO O Evangelho nos mostra em dois episódios como a possessão do poder é renitente e obstinada. O que fica claro. 5 Então.3 . Tiago e João e levou-os sós. 7 A seguir. 94 95 . tomou Jesus consigo a Pedro. Foi transfigurado diante deles. para Moisés. e outra. a ele ouvi. a um alto monte. por estarem eles aterrados. à parte. vejamos: O DESEJO DE CONFINAMENTO: Marcos 9: 2 Seis dias depois. disse: Mestre. bom é estarmos aqui e que façamos três tendas: uma será tua. e dela uma voz dizia: Este é o meu Filho amado. é que no decorrer da história nos perdemos na procura das geografias sagradas. e estavam falando com Jesus. que as pessoas procuram os lugares sagrados enquanto que o Santo faz morada no próximo (Mateus 25-31.

de relance. E daí. Não há a menor chance de se geografar Deus ou confináLo na lâmpada de Aladin para futuras esfregadinhas ou de aprisioná-Lo em templos. Nas palavras do Rev. um centro de poder. tabernáculo. deste sentimento de posse da glória de Deus. nós vivemos até hoje. eu sirvo o Deus indisponível. Façamos três tendas que em grego é ‘skene’ ou seja. Equivale a dizer que. O que Pedro iria aprender é que eu tenho de confiar pra sempre no Deus indisponível. olhando ao redor. Caio Fábio: “A tenda é confinamento. Eu sei que Ele é disponível apenas pra vontade dEle quando eu me alinho a ela. num estado de glória discutindo sobre a cruz é o ensino ainda mais ignorado de todos. Eu sei que Ele responde às minhas orações 97 96 . desejou confiná-La à tenda. Deus é absolutamente indisponível em relação ao meu capricho. é Deus à minha disposição. de Elias (os profetas) e de Jesus. a ninguém mais viram com eles. tendas ou Vaticanos. construir três igrejinhas. senão Jesus. um Vaticano. A isto demos o nome de culto de adoração.8 E. uma geografia do sagrado. construindo templos e tentando alojar Deus para que Ele fique à nossa disposição tão somente agindo quando acionamos as engrenagens que O obrigarão a nos atender. ao ver a glória de Deus. assim como todos nós. O encontro de Moisés (a lei). Dois milênios se passaram e até hoje a absoluta maioria dos cristãos não aprendeu que o objetivo da glória de Deus não é o Seu encapsulamento e venda no varejo.

1). Deus entrou na tenda e virou ‘hamster’.” 98 Pouco tempo depois. o mundo já teria acabado. Se Deus tivesse ouvido todas as minhas orações. E pela graça dEle.” (Marcos 9:34). o maior no reino dos céus?” (Mateus 18. Se Deus for em direção dos nossos desejos. A escatologia da transfiguração é: Acabou tudo e ficou só Jesus. “E ele (Jesus). chamando uma criança. como Marcos nos relata: “. vejamos: Mateus 18: 2 E Jesus.” (Marcos 9.35). 99 .. será o último e servo de todos. pelo caminho. assentando-se. O desejo apostólico de ser o maior era a ambição pessoal deles. Ele não responde às orações que pedem segundo o meu capricho e salva a mim e ao mundo. haviam discutido entre si sobre quem era o maior. porventura. colocou-a no meio deles. se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças.que pedem segundo a Sua vontade. mas Deus não entrou na tenda: a nuvem luminosa veio e acabou com a tenda. de modo algum entrareis no reino dos céus. Mateus também nos narra o mesmo episódio com mais detalhes. Pedro. E Jesus está sempre dizendo vem e segueme. chamou os doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro. 3 E disse: Em verdade vos digo que. Tiago e João descem do monte da transfiguração com Jesus e Lhe perguntam: “Quem é..

49-50). os repreendeu dizendo que em relação aos discípulos.” (Lucas 9. Jesus enxergando longe. que tivesse poder acima dos demais e usurpasse Seu Sacerdócio Universal. só Ele faz a ponte entre Deus e os Homens.4 Portanto. o Santo é”. mas como a ambição de poder é obstinada. em meu nome. alguém SERVIDO. O Evangelho rompe os odres velhos. tal como esta. arrebenta com as fôrmas da religião. Vejamos: A IGREJA DE CONOSCO: “Falou João e disse: Mestre. faz-se necessário odre novo. logo a seguir há mais uma manifestação do espírito da ambição dos discípulos. Somente Jesus é o supremo pontífice do Eterno. pois quem não é contra vós outros é por vós. expelia demônios e lho proibimos. vimos certo homem que. seu clero. idolatrado. aquele que se humilhar como esta criança. 5 E quem receber uma criança. Mas Jesus lhe disse: Não proibais. suas mecânicas e seus lugares sagrados. temido. porque não segue conosco. visto que “o sagrado a gente faz. tão superiores que tomaram para si a declaração que Jesus fez de Si mesmo: 100 101 . esse é o maior no reino dos céus. a mim me recebe. Acontece que com o passar dos anos os discípulos se sentiram tão importantes. que fosse Seu representante junto aos Homens. em fôrmas velhas. “quem não é contra vós é por vós”. com seus ritos. em teu nome. O Evangelho de Jesus Cristo não cabe em odres velhos. tão ungidos. que Deus abominou a idéia infantil de um Vaticano e que Deus é totalmente contra a idéia de um Papa. Não dá para casar o Evangelho com as estruturas religiosas.” Pelo exposto acima fica claríssimo que Jesus JAMAIS desejou um centro de poder. Com este episódio institucionalizouse a igreja de conosco na história.

terreno e diabólico. praticamente cada esquina tem uma igreja de conosco. sendo que no ensino de Jesus o Reino de 102 103 . Esta declaração de Jesus deveria ter sido suficiente para que entendêssemos que o que importa não é seguir conosco. Bispos e discípulos se levantam tão furiosamente contra nós que desconhecemos aqueles que um dia disseram nos amar. aí os Papas de conosco e seus fiéis Cardeais. Acontece que o “amor” de conosco não é o amor descrito por nosso mano Paulo em I Coríntios 13. e quem comigo não ajunta espalha”(Lucas 11:23). Agora. mas esta declaração Jesus fez de Si. Esta igreja está localizada em diversos endereços sobre o planeta Terra. mas é o amor pagão. vemos nos Evangelhos que mesmo antes de haver cristianismo na Terra já existia a igreja de conosco.“Quem não é por mim é contra mim. mas seguir a Ele. o que Jesus ensinou é que aquele que não é contra nós. quando decidimos deixar conosco para seguir o Evangelho. Conosco é a máfia que cuida bem dos filhos e odeia. discípulos. a Palavra de Deus encarnada. O espírito de conosco é pagão. Quanto a todos nós. despreza e persegue a tantos quantos não fazem parte de seus guetos. Quando nos tornamos membros de conosco somos bem recebidos. é a confraria dos que se julgam os detentores do Reino de Deus na Terra. Portanto. é por nós. paparicados e aceitos. não dos discípulos. que privilegia tão somente aos membros de conosco em detrimento de toda a humanidade.

Estes ensinavam que deveríamos crer em Jesus e guardar a lei de Moisés para que fôssemos salvos. segundo os preceitos e doutrinas dos homens? Pois que todas estas coisas. como se vivêsseis no mundo. caluniar.Deus está dentro de nós (Lucas 17. pois tendiam a seguir a Antiga Aliança e a fazer um híbrido entre a lei e a graça. Em conosco é onde é permitido odiar aos diferentes. ou seja. esculhambar a tantos quantos ousarem querer seguir a Jesus fora da confraria oficial e eclesiástica. vos sujeitais a ordenanças: não manuseies isto.” (Gálatas 1:6-7). senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. porque é OUTRO evangelho e não o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. maltratar. por que. com o uso. ele passa a ensinar o Evangelho da graça de Deus àqueles que estão fora das fronteiras do judaísmo. Conosco é uma potestade. Quando Paulo. tentaram pegar o vinho novo e colocá-lo no odre velho da religião judaica. então chamado Saulo. que seja amaldiçoado. um poder temporal para perseguir.20).1). não toques aquiloutro. Paulo chega a chamar os membros da Igreja da Galácia de “Insensatos” (Gálatas 3. Havia um grupo de judeus que supostamente havia se convertido ao Evangelho. Isto. perseguir aos desavisados e maltratar a tantos quantos não são de conosco. não proves aquilo. se converte. Paulo dá início à carta aos Gálatas da seguinte maneira: “Admira-me que estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho. humilhar. o qual não é outro. maldizer. Estes judaizantes perseguiram tanto a Paulo que isto o obrigou a escrever a epístola aos Gálatas dizendo que se alguém pregar Evangelho diferente do dele. Como o apóstolo dissera aos colossenses: “Se morrestes com Cristo para os rudimentos do mundo. 104 105 .

todavia.19-20). com efeito. Esta é a primeira encíclica papal. Assim ressurge.” (Atos 15. Este espírito quer um Vaticano. o maior é o que tem mais influência. Tais coisas. pois o espírito de conosco e do centro de poder é poderoso. tudo o que vemos são perversões do ensino de Jesus e do Evangelho em relação à Sua Igreja.se destroem.se abstenham das contaminações dos ídolos. presidido por Tiago. Aqui o maior é o que menos serve. é renitente. pela primeira vez na história posterior à ascensão de Jesus. o Papa e o cardinalato. e de rigor ascético. e também é um dos irmãos de Jesus. é insistente e obstinado.. Deste ponto da história em diante. vai e volta sempre. ainda elogia a Igreja em Éfeso por ela odiar as obras do clero. aqui surge o Vaticano. um Papa. o que é servido pelos demais. no Apocalipse.” (Colossenses 2. Tudo ao contrário do ensino de Jesus no Evangelho. e de falsa humildade. É nesta queda de braços entre Paulo e os judaizantes que nasce o Sinédrio cristão e temos o primeiro Supremo Concílio em Jerusalém. Jesus é tão maravilhoso que posteriormente. um colégio de Cardeais. não têm valor algum contra a sensualidade. assinada pelo “Papa” Tiago em Jerusalém. bem como das relações sexuais ilícitas.20-23). que é o autor da epístola que carrega seu nome. o Sinédrio cristão determinou como norma às igrejas que: “. Aqui renasceu a igreja de conosco. como culto de si mesmo. têm aparência de sabedoria. da carne de animais sufocados e do sangue. a igreja de conosco. aos Seus discípulos. ou seja.. Neste 1º concílio em Jerusalém. os bispos e os peões do Reino. 106 107 . Está em Atos capítulo 15.

foi tentar limpar as cabeças dessas hidras. não reformar os odres velhos. as quais eu também odeio” ( Apocalipse 2:6). foi reformar o odre velho. O cristianismo como conhecemos hoje. que significa povo. Faz-se necessário matar essa hidra a pauladas. pegar o vinho novo. o imperador Constantino acaba de destruir o que sobrara do odre novo que abrigava o vinho novo e estabelece e dá início ao cristianismo. entre o papado e cardinalato e Seus fiéis. o Evangelho puro e simples de Jesus e por em odres novos. no ano 325 d. tirando o máximo de paganismo que havia nelas. mas por em novas fôrmas. O que a reforma protestante do século XVI fez. cada qual misturada ao paganismo vigente em todas as épocas da história nestes últimos 2000 anos. Portanto. Posteriormente.. em odres novos. por isto não deu certo. novas 108 109 . por isto não resolveu. o que Jesus odeia é esta divisão entre o clero e os leigos. contudo. Para o novo vinho é necessário um novo odre.“Tens. a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas.C. com perversões do Evangelho em todas elas. Nicolaítas é a junção de ‘nicao’ que significa dominadores. mais ‘laos’. é uma hidra de várias cabeças. entre aqueles que dominam e aqueles que são dominados.

que não sejam mais do que dois ou quando muito três. A proposta do Evangelho é que seja vida e vida abundante. novo agir. vier revelação a outrem que esteja assentado. é corpo com funções distintas. a assembléia toda participa. um organismo. doutrina. 110 111 . e isto sucessivamente. e sim de paz. porém. como esplendidamente nosso mano Paulo nos narra em 1 Coríntios 14: 26 Que fazer. 33 porque Deus não é de confusão. 30 Se. em graça. não há profissionais da fé. A Igreja do Senhor Jesus é desde sempre um corpo. há funções. mas é o Corpo de Cristo em união. e haja quem interprete. cale-se o primeiro. e os outros julguem. mas NUNCA existiu profissionais da fé. interpretação. 28 Mas. para todos aprenderem e serem consolados.revelações. nova consciência. Deus não é empregador e não assina a carteira profissional de ninguém. fique calado na igreja. ninguém é pago para conhecer pelo outro. não havendo intérprete. falando consigo mesmo e com Deus. este traz revelação. em harmonia fazendo com que o Seu corpo vivo seja edificado. aquele. 27 No caso de alguém falar em outra língua. outra língua. Seja tudo feito para edificação. nova estrutura. não são somente os profissionais que fazem o show e os fiéis apenas assistem. em dons. pois. é o Espírito derramando-Se em carismas. falem apenas dois ou três. há dons. e ainda outro. um tem salmo. edificando-se e sendo edificado. nova vida. outro. irmãos? Quando vos reunis. 31 Porque todos podereis profetizar. mas não há cargos. um após outro. 29 Tratando-se de profetas. Esta Igreja em nada se parece com o que conhecemos como igreja hoje. 32 Os espíritos dos profetas estão sujeitos aos próprios profetas. JAMAIS foi uma instituição religiosa. mas é viva e tem diversos ministérios.

operadores de milagres. semelhante ao seu Senhor. em graça. sábia. dons de curar. variedades de línguas. em terceiro lugar. outros para evangelistas e outros para pastores e mestres. “E ele mesmo concedeu uns para apóstolos. em esperança. em segundo lugar.28). 112 113 . em amor. para Deus e para o próximo. em paz. depois. (Efésios 4:11). outros para profetas. em viver para o bem. profetas.O Espírito é livre e distribui os dons aos discípulos que os usam para a edificação de todos.” (1 Coríntios 12. Isto não são cargos. pois: “A uns estabeleceu Deus na igreja. apóstolos. mestres. depois. em misericórdia. são serviços nos quais o Espírito qualifica os discípulos de Jesus para a construção de uma Igreja consciente. são dons do Espírito Santo. socorros. primeiramente. governos.

minha esposa linda e maravilhosa morreram tão novinhos? Por que. Aí aquelas perguntas que não se calam em nossos solilóquios. por quê??? Estas questões deixam de ter importância e este escrutínio Nos aperfeiçoarmos no amor a Deus e ao próximo. pedófilos. já que fomos criados para glória de Deus e para o louvor da Sua graça e estamos no mundo para: Por que uns são prósperos e saudáveis e outros são pobres e doentes? Por que uns têm oportunidades fantásticas.CAPÍTULO 3 – VIDA CONSCIENTE 3. meu pai. destinada a nós.Gn 5. políticos corruptos que matam milhões de pessoas com seus furtos.29)? Por que Deus deixa viver monstros torturadores. e outros horrorosos e deformados? Por que há retardados e gênios? Por que alguns morrem na infância e outros na idade de Matusalém (969 anos . moral e cívica. tipo: 114 115 . A graça de Deus. nazistas. salva-nos de nós mesmos e de nossas sandices ideológicas. enquanto minha mãe.1 – VIVENDO NA GRAÇA Nossas descobertas da real proposta de Jesus e o conhecimento histórico que nos revela como é que o Evangelho virou ideologia religiosa. nos ajudam a caminhar seguros no Amor de Deus. enquanto para outros a vida é dura. daquelas buscas tolas que nos levam às perversões do objetivo da criação. perfeitos. desértica e árida? Por que alguns são lindos. por que. seqüestradores. seca.

é idêntica para todos. viver na história é o principal. a comunhão. pois a vida é mais que os cenários. visto que encurtaram o tempo de espera para desfrutarem da glória celeste a nós destinada e ambicionada por aqueles que comigo e com todos os discípulos dizem: é participarmos do jogo. já que não temos respostas. “Para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro” (Paulo em Filipenses 1. de Deus e do próximo. a solidariedade. Tanto faz em quais condições e com quais reservas de talentos é dada a partida deste lado da vida. é nos desenvolvermos no absurdo. é pacificado ao recebermos as respostas do Evangelho da graça de Deus. visto que a inconsciência de nós mesmos. no desenvolvimento da humildade. a paz. Aqueles que viveram uma semana. Aqueles que viveram 120 anos aperfeiçoaramse diariamente no amor ao próximo e no amor a Deus. o amor. que tentamos fazer calar no decorrer de nossas vidas. e o importante sempre será o fim da nossa estadia aqui. assim como o espírito é mais que o nosso corpo. É graça recebermos a vida nas condições que a recebemos. multiplicaram seus talentos dados por Deus. e desenvolveram-se de acordo com os exercícios que tiveram na vida e que foram proporcionados pela pedagogia do Eterno. são mais bem aventurados ainda. jamais as circunstâncias e os cenários que exercitamos: a piedade. para viver 120 anos ou para vivermos uma semana. e que freqüentemente foge dos porões do inconsciente para nos atormentar. O fato é que não importam os cenários.interno que cria questionários sem fim.21). Tudo é graça e graça é tudo. entrar no tempo/ espaço. as muitas experiências nos diversos convívios e situações que a vida nos proporciona. o entendimento. Observamos a curiosidade dos discípulos no Novo 116 117 . as circunstâncias. Desta forma. na construção de um ser verdadeiramente humano. na paciência e na perseverança.

Este cego específico nasceu cego para ser curado por Este perdeu uma excelente oportunidade de ser solidário e de crescer no amor e em sua humanidade. isto não significa que esta seja uma verdade universal e que TODOS os cegos nascem cegos pela mesma razão. Cada qual é responsável pelos seus próprios pecados e por sua própria vida. A filosofia do sofrimento é individual. nem seus pais. E os seus discípulos perguntaram: Mestre.” (João 9. Nenhuma maldição hereditária. este ou seus pais. para que nascesse cego? Respondeu Jesus: Nem ele pecou. cada caso é um caso e não há uma resposta única para todos os casos. Vejamos: “Caminhando Jesus.1-3) A resposta de Jesus nos ensina duas verdades: 1) “Nem ele pecou” – equivale a dizer com isto que não existe reencarnação ou carmas. quem pecou. 2) “nem seus pais” – significando que não há cobranças dos pais nos filhos. Desperdiçou a graça que recebemos para podermos 118 119 . as pessoas nascem cegas. não é para ser pensada no coletivo. paterna ou materna. alcança os filhos. pobres. viu um homem cego de nascença. A verdade é que quem quer saber o porquê do sofrimento. não está nem aí para o sofredor! Coou o mosquito e engoliu o camelo. paralíticas porque nascem. mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus. Jesus e assim se manifestasse nele as obras de Deus.Testamento quando se deparam com um cego de nascença e tentam entender a filosofia do sofrimento terreno.

E mesmo sabendo disto. na esperança e na misericórdia. Ao contrário. nós é quem ganhamos muito mais. mas sempre no amor. mas recipientes da graça de Deus que nos amou primeiro e é Ele que dia a dia nos faz virtuosos.auxiliar ao outro. Não desejando nada é que ganhamos tudo. ou nas preocupações da vida e muito menos na teologia que tem uma filosofia do sofrimento. visto que o nosso tesouro é invisível e é contabilizado no amor ao próximo e não nos serviços religiosos. entesourar no aspecto divino é crescer em solidariedade e em graça. no bem. nosso coração não está nas recompensas. ao ajudarmos ao outro. Não somos usinas que produzem virtudes. 120 121 . nós é quem somos abençoados. na graça. visto que nada disto veio de nós mesmos. Pois.

teremos de negar a nós mesmos e dia a dia teremos de tomar a nossa cruz e prosseguir.2 – RECONHECENDO O QUE NãO PODE DAR CERTO Jesus nos ensina a calcular os custos antes de começarmos a construir qualquer coisa (Lucas 14. é pura sabedoria. que há dores. ou adiar nossos sonhos até o tempo oportuno. ou nalguns casos.. saber antecipadamente se teremos cacife para a aquisição e a manutenção dessas coisas. antes de tudo. devemos saber que não será fácil. Podemos sonhar com um cruzeiro marítimo. tudo o que é oposto a Deus e ao bem.28-30). Portanto mais uma das “chaves da felicidade” chama-se: PLANEJAMENTO. No ensino de Jesus. Por isto. conhecer o nosso fluxo de caixa mensal e. há responsabilidades. é para pagar o mal com o bem. não é ansiedade. calcular os custos emocionais e práticos que a convivência e a manutenção desta união terão.3. pois ser de Cristo não é fácil. isto é prudência. um carro. precisamos calcular o custo/benefício deste bem. às mortes. podemos desejar nos casarmos com alguém e com isto devemos 122 123 . é viver em meio ao absurdo. Não seremos mais de nós mesmos. não é antecipação. Aí. disputas. é Abrir mão. é viver em meio ao caos. discórdias. às guerras. Este ensino do Filho de Deus cabe em inúmeras áreas de nossas vidas: Podemos desejar uma casa. invejas. Se não tivermos. um barco. ou passar a lua de mel na Itália ou em outro lugar da Europa. Se decidirmos nos converter. será trabalhoso. mas bom senso. se adquirimos consciência do Evangelho e queremos seguir a Jesus. Viver neste planeta. ódios. sabedores que a ordem de Jesus é para não revidarmos. às vezes. desistir mesmo. Jesus instrui aos discípulos que a empolgação e as decisões irresponsáveis não são sabedoria e causam sofrimento. Assim. não poderemos seguir nossas inclinações.. será necessário reprogramar nossos desejos.

Claro que 124 125 . Vemos isto o tempo todo na vida. Claro que isto tudo é proporcionado pela comunhão com Ele. a mansidão. será praticamente impossível acertarmos. nos seduz. não têm emprego e estabilidade financeira e casam-se pretendendo viver de amor. Precisaremos antes calcular se estamos dispostos a viver segundo estes padrões básicos do Evangelho. Quando analisamos nossa história. no dia a dia: Gente que ganha R$ 500. a paz.dar a outra face.00 . Com isto não estou dizendo que não acontecerão erros. enxergamos inúmeras coisas que fizemos e que hoje jamais faríamos. copula conosco e gera os frutos do Espírito de Cristo em nós. paz. a saber: Amor.000. sua vivência com erros e acertos. é andar duas milhas quando alguém nos obriga a andar uma. a bondade. mas o certo é que a Lei da Entropia nos ensina que a tendência natural de todos os sistemas é ir do organizado para o desorganizado. mansidão. Ela chega devagar. casais que não têm onde morar. mas de fato se tivéssemos a maturidade atual antes. pessoas da classe média fazendo financiamentos longos para adquirirem um carro zero e satisfazerem o sonho antigo. longanimidade. Justamente por isto.22). alegria. domínio próprio (Gálatas 5.00 e gasta R$ 1. fé. benignidade. se começarmos errados. são puras molestações da graça de Deus em nós. O amor. obviamente não cometeríamos os mesmos erros. cada pessoa tem seus próprios arrependimentos e dores. bondade. A organização e o planejamento fazem parte da vida regrada. e uma vida regrada estatisticamente terá maiores probabilidades de acertos.

mas não podemos ser alienados e não ignoramos como as coisas são enquanto deste lado da vida.6).1-2). não é para vivermos irresponsavelmente e sermos inconseqüentes. A fé é o antídoto para a ansiedade.” (Colossenses 3. pois vivemos por fé. jovens entrando nas drogas para fugirem das angústias das não realizações.não vos inquieteis com o dia de amanhã. vivemos da forma que Paulo nos ensinou: “Portanto. não cabe a ANSIEDADE. Ele cuidará de nós. pois quando cremos de fato e de verdade.. Porém nesta organização e neste planejamento. não nas que são aqui da terra. Pensai nas coisas lá do alto. não alienação da vida. buscai as coisas lá do alto. pois o amanhã trará os seus cuidados. porém focados no que é eterno e não temporal.34). “. Então nosso olhar é para o alto e para o além. Claro que o que Jesus está dizendo. nossa confiança está no intangível e no invisível. Jesus nos ensina algo muito simples e que é a base da felicidade de qualquer um. visto que Ele já nos ensinara a viver de forma planejada e organizada.. Por tudo isto.meninas começando faculdades sem ter com que pagar a mensalidade e virando garotas de programa para alcançarem o canudo dos seus desejos. sabemos que se Deus cuida dos pardais e dos lírios. basta ao dia o seu próprio mal” (Mateus 6. Vejamos: Deus” (Hebreus 11. assentado à direita de Deus. confiamos na providência de Deus. onde Cristo vive. Por isto a receita do bom senso é que haja planejamento e total ausência da ansiedade. pois ansiedade é falta de fé e: “Sem fé é impossível agradar a 126 127 . se fostes ressuscitados juntamente com Cristo.

CAPÍTULO 4 – QUEM É JESUS? Certo dia em conversa com uma psicóloga de meu convívio. tem uma opinião formada de quem seja o Senhor de Nazaré. você é feliz porque esta verdade não foi revelada a você por nenhum ser humano. mas veio diretamente do meu Pai. Simão Pedro respondeu: — O senhor é o Messias. outros. — E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? — perguntou Jesus. que é Jeremias ou algum outro profeta. é Elias. filho de João. Minha ênfase é dada na perspectiva do que Jesus diz de Si mesmo. como todo mundo. ninguém jamais poderia chegar a esta conclusão a respeito de Jesus Cristo sem que Deus revelasse esta verdade ao coração. 129 128 . que Em outras palavras. e outros. Ali perguntou aos discípulos: — Quem o povo diz que eu sou? Eles responderam: — Alguns dizem que o senhor é João Batista. vemos que Jesus Cristo concorda com Pedro e ainda lhe diz que esta verdade de que Ele é O Messias ou O Cristo.1317 NTLH). Então. o Filho do Deus vivo. foi revelada a Pedro diretamente por Seu Pai que está no céu. Quem Jesus Cristo disse que Ele era? Vejamos: “Jesus foi para a região que fica perto da cidade de Cesaréia de Filipe. O que achei muito interessante é ver a atualidade do Evangelho. visto que no tempo de Jesus as pessoas faziam o mesmo. surgiu o assunto a respeito de Jesus e ela.” (Mateus 16. O Filho de Deus. que está no céu. Jesus afirmou: — Simão.

ao dizer isso. “Vocês nunca conheceram a Deus.Continuemos. mas vocês não crêem porque não são minhas ovelhas. mas eu o conheço. Eles responderam: — Não é por causa de nenhuma coisa boa que queremos matá-lo.” (João 10. Eu e o Pai somos um. ficou alegre ao ver o tempo da minha vinda. Pois você. mas vocês não acreditaram. As minhas ovelhas escutam a minha voz. eu as conheço.24–33 NTLH). o pai de vocês. serei mentiroso como vocês. mas porque. Abraão. e por isso elas nunca morrerão. — Você não tem nem cinqüenta anos e viu Abraão? — perguntaram eles. Ele viu esse tempo e ficou feliz. você está blasfemando contra Deus. “Então o povo se ajuntou em volta dele (Jesus) e perguntou: — Até quando você vai nos deixar na dúvida? Diga com franqueza: você é ou não é o Messias? Jesus respondeu: — Eu já disse. e ninguém pode arrancá-las da mão dele. Então eles tornaram a pegar pedras para matar Jesus. Por causa de qual delas vocês querem me matar? 130 131 . O poder que o Pai me deu é maior do que tudo. — Eu afirmo a vocês que isto é verdade: antes de Abraão nascer. Eu lhes dou a vida eterna. e elas me seguem. mas ele se escondeu e saiu do pátio do Templo. que é apenas um ser humano...55-59 NTLH).” (João 8. Então eles pegaram pedras para atirar em Jesus. “EU SOU”! — respondeu Jesus. Ninguém poderá arrancá-las da minha mão. mas eu o conheço e obedeço ao que ele manda. Se eu disser que não o conheço. está se fazendo de Deus. E ele disse: — Eu fiz diante de vocês muitas coisas boas que o Pai me mandou fazer. As obras que eu faço pelo poder do nome do meu Pai falam a favor de mim.

da mesma essência e substância do Pai. para outros um homem de bem. e a verdade. Mas o que importa é apenas mostrar quem Jesus diz ser. Deus todo poderoso criador dos Céus e da Terra apresentado no Antigo Testamento é “EU SOU”. para outros um sábio. Se Ele teve essa preocupação de saber quem o povo achava que Ele era e em seguida esclareceu diversas vezes nos Evangelhos que Ele é o Filho de Deus. Vejamos: “Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. nEle. um Buda.” 133 .Um dos Nomes do Pai. Acontece que o próprio Senhor Jesus pergunta aos discípulos qual havia sido o resultado do ibope em relação a quem era Ele. acredito ser coerente acreditar no que Ele disse de Si mesmo. ninguém vem ao Pai senão por mim.” (Êxodo 3:14). o Evangelho e a Palavra de Deus afirmam que Jesus Cristo é o Filho único de Deus. corporalmente. Finalizando escutemos o que Ele disse: “Porquanto. Para alguns Ele é um iluminado. habita. para outros o governador do planeta Terra. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros. Poderíamos ficar aqui verificando que a Escritura. toda a plenitude da Divindade” (Colossenses 2:9). bem como tem todos os atributos divinos conforme as palavras de Paulo: Na opinião de várias pessoas desde os tempos do Novo Testamento há um escrutínio a respeito da Pessoa de Jesus. e a vida. para outros o mestre dos cristãos. 132 “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho.

igrejas. nos disse o que espera de nós. Portanto. o que deseja de nós. Isto é saber quem é Jesus. A segunda. são aqueles que acreditam que Deus existe e que Ele revelou-Se a nós.(João 14:6). nem através de religiões. então o deus dos deístas não passa de ídolo. o que Ele ama e o que abomina. pois no deísmo as pessoas é que batizam seu deus com os atributos que eles mesmos julgam que um Deus deva ter. são aqueles que acreditam que Deus existe. quer dizer que é possível que nós consigamos nos religar a Deus de baixo para cima. é a tentativa vã e inútil de atingir o patamar da divindade. Os discípulos de Jesus Cristo são teístas e acreditam que Deus Se revelou à humanidade e Ele mesmo nos contou quem Ele é. 134 135 . que em latim é ‘religare’. Existem duas correntes que acreditam em Deus: A primeira. como pensa. filosofias humanas e tolices. A religião. isto é ser discípulo de Jesus. Daí existirem religiões com livros sagrados e oráculos. a religião é a vã tentativa do Homem em alcançar a Deus. chamada teísmo. bispos ou apóstolos. chamada deísmo. de boas obras ou da caridade. Descreveu todas as Suas características e gostos. Agora. credos. O raciocínio do teísta é que se há um Deus e Ele Se revela. não iremos ao Pai através de reencarnações.

Os cristãos nunca tiveram autorização de julgar como é Deus. porque Se revelou e nos contou. o deus deísta não passa de configurações de mentes humanas que criam seu próprio deus. Nossa função é aceitar o que Deus diz de Si mesmo. Todas as citações bíblicas são da versão de João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada 136 .Sendo assim. mas apenas entender que Ele é como É.