Você está na página 1de 8
Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa I NTRODUÇÃO AO S ISTEMA OPERATIVO Miguel Ribeiro

Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa

INTRODUÇÃO AO SISTEMA OPERATIVO

Miguel Ribeiro

Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa I NTRODUÇÃO AO S ISTEMA OPERATIVO Miguel Ribeiro
Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa I NTRODUÇÃO AO S ISTEMA OPERATIVO Miguel Ribeiro
Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa I NTRODUÇÃO AO S ISTEMA OPERATIVO Miguel Ribeiro
1 Conhecendo o Computador 1.1 Hardware e software Hardware é o nome que damos para

1 Conhecendo o Computador

1.1 Hardware e software

Hardware é o nome que damos para classificar a parte física do computador, ou seja, tudo aquilo que podemos ver e tocar, como os dispositivos de entrada, os dispositivos de saída e a CPU. Cada um dos componentes do hardware é composto de outros componentes eletrónicos, como placas, conexões, cabos, etc.

O software é a parte lógica dos computadores, ou seja, os programas. É o software que

permite o funcionamento do hardware. Programas de processamento de texto, jogos,

enciclopédias digitais, etc., são alguns exemplos.

1.2 A CPU Unidade Central de Processamento

A CPU ou Unidade Central de Processamento (1), é o cérebro do computador, pois é

nele que são executadas as instruções e cálculos que permitem que os resultados

desejados pelo usuário sejam obtidos.

A CPU também pode ser designada por Processador ou por Microprocessador.

o disco rígido (2), responsável pelo armazenamento principal dos dados no

computador;

a placa de vídeo (3), que é uma placa eletrónica que faz a conexão da CPU com o

monitor;

a placa de rede (4), também uma placa eletrónica que permite a conexão de um

computador com outros computadores;

a fonte de energia (5), onde conectamos o cabo de força que fará a alimentação de energia elétrica do computador.

a placa-mãe (6), que centraliza e permite a comunicação de todas as conexões das placas e do processador numa só estrutura;

os módulos de memória (7), cuja funcionalidade é armazenar as informações utilizadas pelo processador. É um componente importante para definir o desempenho do

computador;

leitor de CD/DVD (8), que permite ao computador ler CDs de áudio ou dados.

1.3 Dispositivos de entrada e saída de dados Os dispositivos, ou periféricos, permitem a comunicação

1.3 Dispositivos de entrada e saída de dados

Os dispositivos, ou periféricos, permitem a comunicação entre o computador e o

exterior.

Existem três tipos de dispositivos:

de entrada (input);

de saída (output);

de entrada e saída (input/output);

Os dispositivos de entrada

computador.

permitem que o

Os dispositivos de entrada computador. permitem que o utilizador envie informação para o O áreas distintas:
Os dispositivos de entrada computador. permitem que o utilizador envie informação para o O áreas distintas:

utilizador envie informação para o

permitem que o utilizador envie informação para o O áreas distintas: Teclado teclado pode Rato ser
permitem que o utilizador envie informação para o O áreas distintas: Teclado teclado pode Rato ser

O

áreas distintas:

Teclado

teclado

pode

Rato

ser dividido

Impressora

em quatro

Joystick

1 2 3 4
1
2
3
4

(1)

Funções

(2)

Alfanumérico

(3)

Edição

(4)

Numérico

O rato possui dois botões e uma esfera de rolamento no centro.

2 1
2
1
1
1

Botão esquerdo

2
2

Botão direito

Clique simples para

selecionar um objeto;

Duplo clique para

executar um programa ou abrir um trabalho;

Clicar e arrastar para mover um objeto.

Clique simples sobre um

dado objeto para abrir o menu de trabalho com os comandos de uso frequente.

Os dispositivos de saída permitem enviar informação do computador para o exterior. Exemplos: Monitor, impressora,

Os dispositivos de saída permitem enviar informação do computador para o exterior.

Exemplos: Monitor, impressora, video projector (data show), etc.

Os dispositivos de entrada e saída, ou mistos, permitem que o utilizador envie informação para o computador e que o computador envie informação para o utilizador.

Disco
Disco
que o computador envie informação para o utilizador. Disco D i s q u e t

Disquetes

envie informação para o utilizador. Disco D i s q u e t e s CDs

CDs e DVDs regraváveis

envie informação para o utilizador. Disco D i s q u e t e s CDs

Pen drive

2 Sistema operativo de ambiente gráfico O sistema operativo é o software que faz arrancar

2

Sistema operativo de ambiente gráfico

O

sistema operativo é o software que faz arrancar o computador e que serve de interface

entre o utilizador e o computador. Tendo um papel tão importante, é necessário que o utilizador consiga executar todo o tipo de tarefas de uma maneira rápida e intuitiva.

2.1 Ambiente Gráfico

Um sistema com ambiente gráfico, como o Windows Vista, permite ao utilizador comum trabalhar num ambiente agradável, de fácil utilização.

2.1.1 O ambiente de trabalho

O ambiente de trabalho (desktop) do Windows Vista pode ser personalizado para ter

diferentes fundos, cores, etc. No entanto, o seu conteúdo é sempre o mesmo: a área de trabalho onde se abrem as janelas, os menus e as caixas de diálogo.

o seu conteúdo é sempre o mesmo: a área de trabalho onde se abrem as janelas,
2.1.2 A barra de tarefas A barra de tarefas, normalmente situada na parte inferior do

2.1.2 A barra de tarefas

A barra de tarefas, normalmente situada na parte inferior do ambiente de trabalho,

contém o botão/menu INICIAR, atalhos para aceder rapidamente a programas como o navegador de Internet, o controlo de volume, o estado da impressora, os botões que representam as janelas minimizadas dos programas com que estamos a trabalhar, o relógio, etc.

dos programas com que estamos a trabalhar, o relógio, etc. 2.1.3 As janelas As janelas são

2.1.3 As janelas

As janelas são as áreas onde se abrem os programas de computador. A lógica do sistema

Windows é, precisamente, uma lógica de janelas (window significa janela).

5
5

Qualquer janela do Windows apresenta os elementos assinalados na figura.

2 6 3 1 4 7 9 8 10 11
2
6 3
1
4
7
9
8
10
11

1. Barra de controlo

Abrir um menu com os comandos dos botões 3,4 e 5

2. Barra de título

Mostrar o nome do documento e da aplicação.

3. Botão Minimizar

Reduzir a janela a um botão na barra de tarefas.

4. Botão Maximizar/Restaurar

Aumentar a janela de modo a ocupar todo o ecrã/Redimensionar a janela para o seu tamanho anterior.

5. Botão Fechar

Fechar a janela.

6. Barra de menus

Barra com grupos de comandos.

7. Botões de retroceder e avançar

Voltar para a localização anterior ou avançar para a seguinte.

8. Área de trabalho

Parte da janela onde se mostram os conteúdos (unidades, pastas, listagem dos ficheiros ou o conteúdo dos ficheiros).

9. Barra de rolamento vertical

Barra para deslocar a área de trabalho para cima ou para baixo.

10. Barra de rolamento horizontal

Barra para deslocar a área de trabalho para a direita ou para a esquerda.

11. Barra de estado

Barra com informações sobre o objeto selecionado ou a aplicação aberta.

2.1.4 As pastas As pastas são usadas para organizar os assuntos ou programas do computador.

2.1.4 As pastas

As pastas são usadas para organizar os assuntos ou programas do computador. Doutra

maneira, ter-se-iam os ficheiros todos misturados na raiz das unidades (disco, disquete,

cd ou pen), o que tornaria a execução de tarefas no computador muito complicada (seria

o mesmo que ter um escritório sem arquivos, apenas papéis amontoados).

Dentro de uma pasta podem encontrar-se outras pastas ou ficheiros.

de uma pasta podem encontrar-se outras pastas ou ficheiros. 2.1.5 Os ícones Os ícones são pequenos

2.1.5 Os ícones

Os ícones são pequenos objetos gráficos que se encontram, um pouco por toda a parte,

no ambiente de janelas.

No ambiente de trabalho, por exemplo, podemos encontrar os seguintes ícones:

por exemplo, podemos encontrar os seguintes ícones: 2.1.6 Os atalhos Os atalhos são ligações diretas a

2.1.6 Os atalhos

podemos encontrar os seguintes ícones: 2.1.6 Os atalhos Os atalhos são ligações diretas a unidades (disco,
podemos encontrar os seguintes ícones: 2.1.6 Os atalhos Os atalhos são ligações diretas a unidades (disco,
podemos encontrar os seguintes ícones: 2.1.6 Os atalhos Os atalhos são ligações diretas a unidades (disco,
podemos encontrar os seguintes ícones: 2.1.6 Os atalhos Os atalhos são ligações diretas a unidades (disco,

Os atalhos são ligações diretas a unidades (disco, disquete, cd/dvd, pen), impressoras,

pastas, programas ou ficheiros do computador ou de uma rede (conjunto de computadores ligados entre si). Os atalhos distinguem-se dos restantes elementos pelo símbolo , que apresentam no canto inferior esquerdo da respetiva imagem.

distinguem-se dos restantes elementos pelo símbolo , que apresentam no canto inferior esquerdo da respetiva imagem.
2.1.7 Criar um novo ficheiro ou pasta Crie um novo ficheiro ou pasta usando o

2.1.7

Criar um novo ficheiro ou pasta Crie um novo ficheiro ou pasta usando o rato. Para tal, clique no botão do lado direito do rato no sítio onde deseja criar o item, escolha a opção Novo e, em seguida, clique no tipo de item a ser criado. Para concluir, dê o respetivo nome.

de item a ser criado. Para concluir, dê o respetivo nome. 2.1.8 Apagar um ficheiro ou

2.1.8 Apagar um ficheiro ou pasta

Para apagar um ficheiro ou pasta basta arrastar o ícone para a reciclagem ou selecioná-

lo e clicar na tecla Delete. O item vai para a reciclagem, a menos que pressione a tecla

SHIFT quando executa a operação. Nesse caso, o item é apagado automaticamente sem passar pela reciclagem. Tenha cuidado com esta opção, pois pode apagar um ficheiro ou pasta importante acidentalmente.

2.1.9 Selecionar múltiplos ficheiros ou pastas

A seleção de múltiplos itens torna-se muito importante quando deseja efetuar certas

operações, por exemplo: copiar, apagar ou cortar. Para efetuar a seleção, clique no primeiro ícone e mantenha pressionada a tecla SHIFT enquanto clica no último ícone a ser selecionado. Para excluir o ícone da seleção mantenha pressionada a tecla CTRL

enquanto seleciona o ícone.