Você está na página 1de 24
FUNDAGAO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA ESCOLA DE ENGENHARIA DE PIRACICABA ENGENHARIA MECANICA ENGENHARIA CIVIL ESTATICA | MECANICA GERAL | CENTRO DE GRAVIDADE Prof. Otavio José Menegali Forcas ibuidas: Centréides e Baricentros Freqiientemente consideramos a forca peso dos compos como cargas concentradas atuando num Unico ponto, quando na realidade 0 que se passa € que 0 peso 6 uma forca distribuida, isto 6, cada pequena poréo de matéria tem 0 seu proprio peso. Esta simplificacéo pode ser feita se aplicarmos a forca concentrada num ponto especial denominado Baricentro. Este ponto deve ter uma distribuigo homogénea de matéria em tomo de si. Tera importancia também a determinacéo de um ponto de uma superficie e nao somente de um corpo tridimensional que teré uma distribuigéo homogénea de érea em tomo de si A este ponto especial chamaremos Centroide (ou Centro de Gravidade CG). Demonstra-se que as coordenadas deste ponto serao obtidas no caso geral, tomando-se um elemento de area dS e partindo do centrdide deste elemento (xa ; Ya ) fazemos a integragao em toda a area S. As coordenadas deste ponto serao: A integra J x4 dS € conhecida como Momento Estético de 1* ‘Ordem ou Momento Estatico de Area em rela¢do ao eixo y. Analogamente, a integral J ya dS define o Momento Estético de 1° Ordem ou Momento Estético de Area em relacao ao eixo x. Determinagao do Centréide a) Por integragdo Escolha do elemento de area — Pode-se escolher qualquer elemento de area para o cdlculo do CG. A resolugéo da maior parte dos problemas sera possivel com elemento de area em forma de uma faixa retangular ou um setor circular. Calculo do CG para as figuras mais comuns 1) Retangulo ¥ Xe