O local possui um total de 25 leitos ativos e contam com o trabalho de seis nutricionistas que atuam em regime de plantão, duas

por dia, uma responsável pela clínica e outra pela produção, além dos quatro estagiários que colaboram com o trabalho e três auxiliares de nutrição. São servidas, aproximadamente, 300 refeições por dia, o que atende cerca de 70 pessoas/dia entre pacientes, funcionários e acompanhantes. O local possui uma sala pequena para a clínica e baixo número de funcionários, assim não tendo condições adequadas para realizar dieta especializada para cada paciente, portanto são padronizadas de acordo com a patologia, sendo controladas através de mapas e separadas por cartões de cores diferentes para cada tipo de dieta (líquida e semi-líquida - rosa; pastosa – azul; livre – verde; normal a branda – branco; diabético – amarelo; renal – laranja). Esses cartões são utilizados para saber qual tipo da dieta de cada paciente, sendo identificados pelo número do leito e anotados mudanças e/ou rejeição, onde serão alterados de acordo com a aceitação do paciente e encaminhados para a copa dietética atualizados. Apenas os pacientes renais ou em estado muito grave que é feito o cálculo das necessidades energéticas, pois há um cardápio para cada tipo de refeição, por patologia e de diferente consistência. O diálogo entre o setor da nutrição e os médicos é bem aceito e de grande importância, havendo a evolução diária do paciente e tendo a dieta introdutória prescrita pelo médico e modificada ao critério do nutricionista quando convier. As dietas enterais são provenientes do Hospital Walfredo Gurgel, em parceria realizada devido à dificuldade financeira decorrente da prefeitura com relação à suplementação nutricional e seu controle é realizado por ofícios e mapas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful